Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Elenco de Cordel Encantado grava cenas no Rio São Francisco

25 de março de 2011 0

Fotos: Zé Paulo Cardeal, TV Globo

A equipe de Cordel Encantado, próxima novela das 18h, gravou cenas nos municípios de Canindé do São Francisco, em Sergipe, e Olho d’Água do Casado, em Alagoas. O cânion do Rio São Francisco, que passa pelos dois estados, foi o lugar escolhido pela equipe de direção para ambientar a primeira fase da trama. Foram quatro dias de filmagem, que envolveram 70 profissionais da emissora e cerca de cem moradores da região.
O diretor Gustavo Fernandez gravou imagens do Complexo do Xingó, como é conhecida a região, logo nas primeiras visitas ao lugar. A grandiosidade do cânion impressionou o diretor e foi destacada nas cenas para demonstrar o deslumbramento da realeza com a natureza do Brasil.

– Esse ambiente sertanejo com o rio e a vegetação bem característica da caatinga é perfeito para mostrar o forte contraste que há entre os dois universos da novela – conta Gustavo.

Carmo Dalla Vecchia, que interpreta o rei Augusto, fotografou tudo, encantado com a beleza da região.

– Além de contar a história esteticamente, estar aqui facilita muito o nosso entrosamento com o personagem – comenta o ator.


A cena da partida da corte de Seráfia, após a morte da rainha Cristina (Alinne Moraes), foi realizada no leito do rio São Francisco com a ajuda de uma plataforma flutuante que serviu de porto. Para produzi-lo, baús de vime, chancelas (suporte para o brasão da família real), bandeiras, cadeiras e baldaquins (uma espécie de guarda-sol) foram transportados em um caminhão do Rio de Janeiro. Por avião, foram levados os objetos mais frágeis como chocalhos de prata, espadas da guarda real e taças de cristal.

A equipe de figurino levou 20 malas e precisou sujar com barro as roupas de Nicolau (Luiz Fernando Guimarães) e Cristina para a cena em que os dois travam uma briga na mata. Além desta cena, a dupla também gravou o momento quando a carroça da rainha cai no penhasco, que contou com a equipe de efeitos especiais.

Cláudia Ohana e Domingos Montagner também gravaram como seus personagens, Benvinda e Herculano. Mulas, cachorros e cavalos de sertanejos da região foram usados para as filmagens. Ao todo, participaram cerca de 20 figurantes caracterizados de cangaceiros que, no bando de Herculano, levavam lampiões, bíblias e trouxas de roupa. O tom seco e árido das cenas ficou por conta da vegetação com seus cactus enormes e o barro típico do sertão.

Bookmark and Share

Envie seu Comentário