Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Fina Estampa: Rafael acusa Antenor de roubo

06 de setembro de 2011 3

Antenor (Caio Castro) é um grande pilantra em Fina Estampa, já que foi capaz de contratar uma atriz para interpretar sua mãe diante da família da noiva. Sem falar nas coisas horríveis que ele disse à mãe e aos irmãos.

Mas Antenor é “café pequeno” diante de Rafael (Marco Pigossi), mais um “bonitinho, mas ordinário” da trama. Por dinheiro, ele trapaceia, mente e será capaz até de incriminar o amigo para livrar sua cara.

Com o acidente de Antenor, logo vem à tona que o carro que ele dirigia pertence a Juan (Carlos Casagrande). Para se livrar das suspeitas do patrão, Rafa presta queixa na delegacia por furto do veículo, deixando Antenor em maus lençóis, de acordo com o Extra.

Além disso, ele rouba dinheiro da oficina Fashion Moto para pagar o cachê de Mirna (Ângela Vieira). Porém, na hora de pagar a atriz, ele oferece uma noite de sexo ao invés do dinheiro. Após embolsar a grana, o pilantra cobra a quantia de Antenor.

Enquanto isso, a ingênua Amália (Sophie Charlotte) continua achando que encontrou seu príncipe encantado. Como será que ela irá reagir ao descobrir com quem se envolveu?

Marco Pigossi está se especializando a viver cafajestes na ficção. Meses atrás, ele deu vida ao malandro Pedro, em Ti-ti-ti. Mas na trama anterior, o filho de Jacques Leclair (Alexandre Borges) acabou se regenerando por amor a Gabi (Carolina Oliveira). Será que em Fina Estampa Rafael também pode mudar por causa de Amália?

Bookmark and Share

Comentários (3)

  • SA AUGUSTO diz: 6 de setembro de 2011

    Acredito que Rafael vai ser mau até o fim, mesmo com Amália. Em TI TI TI, Pedro ficou bonzinho “do nada”, arrependeu-se de tudo(!?) pois no horário das 7 horas as novelas tendem a ser mais fantasiosas, mais longe da vida real, daí a mudança radical do personagem. Em FINA ESTAMPA, torço até para que Rafael seja sempre o vilão…assim não será surpresa se no final sumir, fugir ou se dar bem. Ou, a surpresa será vê-lo arrepender-se de seus erros… Para uma novela das 9 horas vilão que vira bonzinho não existe, no máximo seu castigo é ir para a prisão ou morrer…

    Abs,
    SA

  • Bibe diz: 7 de setembro de 2011

    Apesar de Rafael e Pedro serem dois cafajestes que aparentemente terão a mesma trajetória (mocinha romântica se apaixona por mau caráter, come o pão que o Diabo amassou, mas consegue redimi-lo com seu amor), percebo diferenças entre eles.

    Pedro era impulsivo e inconsequente, fazia e dizia o que dava na cabeça sem se preocupar com o que os outros iriam sofrer ou pensar dele. Ele sempre foi um bad boy, péssimo filho, irmão e marido, e nunca escondeu isso. Só caiu na real quando se ferrou mesmo por culpa desse tipo de comportamento.

    Rafael, ao contrário, é frio e dissimulado. Ele pensa bem antes de agir, para tirar vantagem de tudo, e se preocupa com o que outros pensam, toma cuidado de passar uma imagem de bom moço (o que ele não é). Ele é falso e ardiloso. O Pedro só se mostrou ardiloso quando tentou a todo custo conquistar a Gabi; Rafael é ardiloso sempre, em todos momentos.

    Ainda assim, concordo com o SA Augusto e espero que o Rafael vire um vilão até o fim. Primeiro, porque é mais fácil acreditar em um piá caindo na real depois de se ferrar (mesmo que com uma história corrida) do que em um bandido falso e dissimulado virando santo por amor; segundo, porque eu não quero rever a mesma história de redenção que eu vi há poucos meses atrás.

  • SA AUGUSTO diz: 7 de setembro de 2011

    Boa tarde! Bibe, vc. conseguiu separar os dois personagens. Muito boa sua explcação, e realmente para uma novela mais realista, o Rafael tem que ser mal até o fim, qualquer que seja o seu destino…

    Abs,
    SA

Envie seu Comentário