Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Esther ameaça matar Beatriz em Fina Estampa

19 de fevereiro de 2012 9

Esther (Julia Lemmertz) e Beatriz (Monique Alfradique) vão travar uma verdadeira batalha pela guarda da pequena Vitória em Fina Estampa. E em cena que está prevista para ir ao ar dia 23, a estilista chegará a ameaçar a arquiteta com uma espátula.

Beatriz fica sabendo que Esther está voltando para o Rio com a criança e invade seu apartamento, implorando para ver a filha:

“Ela é legalmente minha filha!”, dirá a ex-mulher de Paulo (Dan Stulbach), segundo o portal F5.

Com a insistência, a ruiva pega uma espátula e aponta para a moça:

“Se insistir eu te furo! Juro que te mato!”, grita, alterada.

No fim, é apenas uma briga, e cada uma segue sua luta pelo bebê. Esther se encontra com o jornalista Beto Junior (Danilo Sacramento) na Fio Carioca. Beatriz pensa em ir atrás, mas é convencida do contrário.

Bookmark and Share

Comentários (9)

  • claudete diz: 19 de fevereiro de 2012

    Sou a favor de que a criança permaneça com Esther. Beatriz doou os ovulos de livre e expontaneia vontade, portanto´ela não tem direitos de ficar com a bebe. Mesmo que a fecundação tenha sido feita com o esperma do homem que ela amava. Nossa justiça é muito falha em todos os sentidos. Esther lutou por esse filho, não acho justo ela perder a guarda por um erro da médica. Torço para que a autora não deixe um vácuo no coração das mulheres que desejam procurar esse método, quando impossibilitadas de se tornarem mães naturalmente. Seria uma avalanche sem precedentes…. boa sorte

  • Marcos diz: 20 de fevereiro de 2012

    Matar! Matar! e de novo Matar! e outra vez Matar!
    O autor só sabe Matar!
    Não é assim que as civilizações resolvem seus problemas.
    Chega de tanto Matar!

    Se falta criatividade, vamos dar oportunidade para outros escritores, por favor.

    CHEGA DE MATAR!

  • Rosy diz: 20 de fevereiro de 2012

    Gostaria de saber de onde Beatriz tirou a idéia de que é mãe de Vitória?? Os óvulos eram dela mas ela mesmo os doou. E se não tivessem sido fecundados em Esther mas sim em outra mulher, ela iria atrás tbm. Essa Beatriz é muito ridícula…. Não tem direito nenhum sobre a menina….

  • Roberto Mathias diz: 20 de fevereiro de 2012

    Beatriz e dra. Danielle Fraser, ou Clara e dr. Augusto Albieri?

  • Luis diz: 20 de fevereiro de 2012

    Rosy, vc gostaria de saber de onde a Batriz tirou a idéia? Da cabeça deste autor que já demonstra não ter criatividade nenhuma e cria polêmicas que na vida real não existem, porque os óvulos foram doados e ela não tem direito algum. Quer dizer, tem sim, na cabeça de autores sem criatividade! Babaquice.

  • gilson diz: 20 de fevereiro de 2012

    Tem todo direito. A ester só é mãe porque existiu um óvulo da outra para gerar, caso contrário jamais seria. A mãe de fato, biológica e de direito é beatriz.

  • dally diz: 20 de fevereiro de 2012

    isso é um absurdo a unica mãe de victoria é esther que é a maior vitima de toda essa historia , beatriz deu seus ovulos de liver e espotanea vontade e assumui as consequencias desse ato quando os dooou. deixa de capricho beatriz……

  • Cil diz: 21 de fevereiro de 2012

    Danielle pode ter errado (erro que se resumia a ELA SABER quem são o pai e mãe biológicos de Victoria) e isso deve ser julgado pelo CRM e na polícia/justiça se for o caso, mas a Beatriz fez a doação e pronto. Qualquer pessoa que já fez ou já pensou em fazer qualquer procedimento envolvendo doação de sêmem ou óvulos, assina um contrato na clínica, se isentando de toda responsabilidade. Tanto é assim que existem hoje projetos de lei tentando garantir as crianças desses procedimentos a possibilidade de saber quem foram seus país biológicos, obrigando as clínicas a divulgar estes dados, que são sigilosos, quando a criança atingir 18 anos. Por enquanto, uma vez a doação feita, o material doado não pertence mais a doadora, consequentemente, idem para a vida que dele for gerada. A pequena Victoria tem que ficar com a Esther. Se for assim, todos os tipos de adoção correm riscos de serem desfeitas simplesmente porque os pais decidiram que querem seus filhos de volta. Já pensou, adotar uma criança, passar a amar e de repente ter um estranho na sua porta dizendo que quer o bebe ou criança de volta?????? Cada uma! Beatriz deveria ter pensado antes.

  • Rosa Maria diz: 22 de fevereiro de 2012

    Concordo plenamente com Cil! A garota Beatriz entrou numa piração da batatinha que vamos respeitar! Eu tenho vontade de pular no pescoço dela e esgoelar! Mas, justiça seja feita, palmas para a interpretação da Monique Alfradique. Se ela me deixa com nojo da Bia é porque está interpretando muito bem. Agora, voltando à trama, ninguém fala da psicopata da secretária da Danielle! Me conta: o que é que tinha de sair por aí falando pros outros?! Ferrando a vida de todo mundo em nome da ética, da moral e dos bons costumes e agora fica lá, com aquela cara de coitada, se compadecendo do sofrimento que ela mesma causou! E vai ficar até o final da novela como a pura santa que fez o que tinha de fazer?! Será mesmo que todas as verdades devem ser ditas, doa a quem doer, mesmo sabendo que só vai causar dor?! Pois eu acho que essa é que tinha de ser a reflexão desse caso e não quem é a mãe da criança, até porque nós já vimos essa novela antes….

Envie seu Comentário