Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Internautas torcem para que Eva se regenere no fim de A Vida da Gente

01 de março de 2012 14

Por mais que tenha sido uma mãe megera durante toda a novela, os fãs de A Vida da Gente torcem para que Eva (Ana Beatriz) se redima de seus pecados no último capítulo.

Conforme a enquete que publiquei outro dia, a maior parte dos internautas escolheu que a megera deve se regenerar e pedir perdão às filhas, principalmente a Manu (Marjorie Estiano). Para 50% dos internautas, Eva ainda tem salvação.

Porém, pelo andar da história, só mesmo um milagre para redimir Eva. Pelo menos até o penúltimo capítulo, ela continuará alfinetando Manu. A maluca insiste em ser doadora do fígado para Júlia (Jesuela Moro) e não se conforma em “perder” para a filha mais velha. Ela tentará convencer os médicos que Manuela tem a saúde frágil e não irá suportar uma cirurgia.

Será que até o último capítulo teremos alguma reviravolta na história? Vocês acham que Eva ainda tem salvação?

Bookmark and Share

Comentários (14)

  • Day diz: 1 de março de 2012

    Se regenerar no último capítulo? Nada a ver.

    Depois de tudo que ela foi para as filhas, no fim se regenera e vivem felizes para sempre?

    Não concordo, mas também não tenho opinião para dar sobre o fim de Eva, para mim não é o ponto principal da novela, assim como a gravidez esquecida de Celina.

  • Claudia Daenekas diz: 1 de março de 2012

    Regenerar acho difícil mas melhorar seria o ideal…

  • Thielle Catarine diz: 1 de março de 2012

    Pra mim uma das personagens que mais gostei na novela foi a Eva, ela tem um amor incodicional pela filha ficou todos aqueles anos esperando ela, enquanto os outros continuaram suas vidas, fora que ela e a unica que fala a verdade.Eu acho que ela tem salvação sim.

  • Apaixonada diz: 1 de março de 2012

    Achei interessante, trouxe para vocês:

    Trágico acidente de carro, recuperação de estado de coma, separações dolorosas, filhos criados sem amor dos pais, irmãs dividas por uma paixão e uma criança doente à espera de um transplante de fígado. A inacreditável soma de desgraças que parecia pesada para o horário das seis tornou-se uma verdadeira febre entre o público e termina, amanhã, causando a comoção digna de final de campeonato de futebol. Tudo porque os fãs de Ana (Fernanda Vasconcellos) e Manuela (Marjorie Estiano) se dividiram como torcidas de clubes rivais.
    — Essa divisão entre elas foi muito interessante. A história dos times nas redes sociais… Como é que tantas pessoas podem aderir a uma causa e outra com tamanha convicção? Isso parece demonstrar que não existe uma verdade absoluta — diz Lícia Manzo.
    A autora entregou os derradeiros capítulos na última quinta-feira, e, de acordo com o desfecho revelado pela “Telinha”, Rodrigo (Rafael Cardoso) ficará com Manu. Essa decisão se baseou no gosto popular, no caminho trilhado pelos atores, e claro, na vontade de Lícia.
    — O fim da novela é uma alquimia destas três coisas. Mas o melhor foi poder falar ao longo da trama sobre vínculo (afetivo), a responsabilidade do vínculo, seja entre pai e filho, mulher e marido, irmãos ou amigos — explica Lícia.
    Aprendizado geral
    Marjorie Estiano, que fez de sua personagem a grande heroína, encerra o trabalho satisfeita.
    — Tenho uma carreira recente e Manu é muito importante na minha trajetória — comemora a atriz.
    Rafael Cardoso, destaque como um dos protagonistas, diz ter aprendido uma lição:
    — A gente nunca sabe o que vai acontecer na nossa vida, o que vem pela frente…
    “A vida da gente” termina sem clima de felicidade generalizada. Júlia (Jesuela Moro) se recupera após o transplante. Ana e Lúcio (Thiago Lacerda) reatam. Mas Marcos (Ângelo Antônio) se separa de Dora (Malu Galli). Vitória (Gisele Fróes) vê Mariano (Francisco Cuoco) ser preso por lavagem de dinheiro. Cris (Regiane Alves) tenta dar golpe do baú em outro coroa e Eva (Ana Beatriz Nogueira) segue intragável.
    — A novela deu espaços para as pessoas melhorarem. Mas tem gente que não muda. É como a própria vida — compara Ana Beatriz.

  • Yone diz: 2 de março de 2012

    Também não gostei. Li que Iná vai dizer uma verdades à Eva com relação à Manuela. Porém nada que espante. E eu esperava que fosse um segredo do passado, como Eva ter sido responsável de alguma forma pela deficiência de Manuela e por isso desprezava a filha, uma maneira de não assumir seu erro. No entanto é algo bem besta. Iná irá criticá-la que sempre quis do bom e melhor da vida, a perfeição e beleza e que nunca aceitou Manu por ela não ter tido isso. QUE BOBAGEM! Pra começar Manuela não é feia e nunca foi! E quem disse que puxar de uma perna é visto como um defeito grave? Se ela fosse defeituosa na face, deformada nos membros, algo de fato forte e que não pudesse ser oculto ou disfarçado, aí tudo bem. PARA UMA CABEÇA DE EVA, bem dizendo. Mas puxar de uma perna e só por isso ela desprezar Manuela????? Ah vá! Esse final dessa novela é o PIOR que já vi.

    Já nem assistia as outras novelas, parei de olhar depois de PASSIONE, e as da 18 horas a última que vi foi ESCRITO NAS ESTRELAS, pela temática espírita. Assisti a VIDA GENTE por ser gravada aqui e com temática daqui do sul. Mas depois desse final infeliz, parei total! As novelas da Globo estão ficando como os políticos. Muda nome e personagens, mas o enredo e final são sempre os mesmos. Não posso deixar de votar, mas posso deixar de assistir. E é o que farei.

  • eduardo diz: 2 de março de 2012

    Pelo AMOR de DEUS. me tirem do AR aquela CHORONAAA.. desde o inicio da NOVELA ela so chora. chega da nojo. novelinha fraca e sem graça.

  • Anjo Colorado – Zé diz: 2 de março de 2012

    “Thielle Catarine diz:1 de março de 2012

    Pra mim uma das personagens que mais gostei na novela foi a Eva, ela tem um amor incodicional pela filha ficou todos aqueles anos esperando ela, enquanto os outros continuaram suas vidas, fora que ela e a unica que fala a verdade.Eu acho que ela tem salvação sim.”

    Acho que tu se confudiu as coisas. O que eva tem obsessão por Ana. Eva sempre manipulou Ana. Ela obrigou a filha a realizar seus sonhos. E o amor dela sempre consistiu a perfeição de Ana. Não na pessoa em si. Ficar todos aquele anos foi uma prova da sua obsessão.

    Ana amava Rodrigo e o que fez Eva? Todos os truques possíveis para afastá-lo de sua vida.

    Ana teve uma filha desse homem. O que Eva fez? Tentou convencer Ana a abordar a criança. Depois tentou fazer com que Ana doasse a criança. Depois quis que ela não assumisse a maternidade.

    Eva até “envenenou” Júlia para que ela rejeitasse Ana.

    Eva foi contra o Ana treinar Sofia no momento em que aquilo era bom pra ambas.

    E chega de confundir arrogância com sinceridade e franqueza. Dizer o que pensa nem sempre é virtude. Se o que tu pensas é distorcido.

    E quem diz que Eva fala a verdade? Eva destila veneno e expõe a própria arrogância e preconceito. Ela enxerga tudo de forma maldosa e pisa em pessoas de bom caráter como Manu, Iná e até na própria neta.

    Se a Eva fosse o que tu diz ela nem precisava se regenerar.

  • Anjo Colorado – Zé diz: 2 de março de 2012

    “Thielle Catarine diz:1 de março de 2012

    Pra mim uma das personagens que mais gostei na novela foi a Eva, ela tem um amor incodicional pela filha ficou todos aqueles anos esperando ela, enquanto os outros continuaram suas vidas, fora que ela e a unica que fala a verdade.Eu acho que ela tem salvação sim.”

    Acho que tu se confudiu as coisas. O que eva tem obsessão por Ana. Eva sempre manipulou Ana. Ela obrigou a filha a realizar seus sonhos. E o amor dela sempre consistiu a perfeição de Ana. Não na pessoa em si. Ficar todos aquele anos foi uma prova da sua obsessão.

    Ana amava Rodrigo e o que fez Eva? Todos os truques possíveis para afastá-lo de sua vida.

    Ana teve uma filha desse homem. O que Eva fez? Tentou convencer Ana a abordar a criança. Depois tentou fazer com que Ana doasse a criança. Depois quis que ela não assumisse a maternidade.

    Eva até “envenenou” Júlia para que ela rejeitasse Ana.

    Eva foi contra o Ana treinar Sofia no momento em que aquilo era bom pra ambas.

    E chega de confundir arrogância com sinceridade e franqueza. Dizer o que pensa nem sempre é virtude. Se o que tu pensas é distorcido.

    E quem diz que Eva fala a verdade? Eva destila veneno e expõe a própria arrogância e preconceito. Ela enxerga tudo de forma maldosa e pisa em pessoas de bom caráter como Manu, Iná e até na própria neta.

    Se a Eva fosse o que tu diz ela nem precisava se regenerar.

    Gente louca não diz verdades.

    Gente louca diz loucuras.

    Gente louca não ama.

    Gente louca fantasia o amor.

    Me diga uma coisa boa que Eva fez Ana depois que a filha saiu do coma.

    Eva precisa se tratar antes de se regenerar.

  • Claudia Daenekas diz: 2 de março de 2012

    Apaixonada….

    Muito bom o texto que vc trouxe e concordo com o que foi falado.

    A novela é muito boa por isto, pq é real. As pessoas se recuperam, ou não. O fato de não haver casamentos e gestantes em quantidade absurda e comum como em outras, é que a torna especial e cativante.

    Mas como gosto não se discute, tem gente que prefere ver Tereza Cristina matando todo mundo e fazendo o mal ao elenco todo rsrsrsrs

  • Claudia diz: 2 de março de 2012

    Yone,
    Também achei muito pouco esse problema da Manu para Eva ter essa raiva e esse desprezo todo pela filha. Claro que nada justificaria uma mãe agir assim, mas arrastar uma perna não é nada que pudesse causar rejeição e revolta, mesmo em uma cabeça perturbada como a da Eva. Até porque o problema foi resolvido logo e a Manu é bonita e inteligente. Acho que nesse caso o melhor era nem justificar. Gosta mais de uma e é doida.
    Quanto ao fim de Eva, acho que mesmo sendo doida, não merece nada horrível. Só os cortes que a Ana dá nela já causam muito sofrimento. Acho que ela poderia terminar a novela tentando melhorar, mas sem perder aquela acidez porque senão seria muito forçado.

  • Day diz: 2 de março de 2012

    Li um post sobre a novela se passar no sul do país e olha que interessante que eu achei na página do MSN:

    “Outro ponto alto de ‘A Vida da Gente’ foi escolher o Sul do país como cenário da história. Gramado e Porto Alegre deram um tom acolhedor aos dramas das irmãs que dificilmente teriam esse ritmo tão intimista em uma cidade como São Paulo ou Rio de Janeiro. A trilha sonora também foi outro trunfo. Desde a regravação de ‘Tempo, Tempo, Tempo’, por Maria Gadú, até a já batida ‘Ovelha Negra’, de Rita Lee. Vale lembrar que Hans Donner voltou a sua boa forma ao criar a abertura do folhetim.”

    Realmente, tendo acompanhado a novela do início ao fim ( hoje :-( ) não imagino a trama se passando em SP ou RJ. Perfeito!

    “AVDG – Novela digna de vale a pena ver de novo” ( mal posso esperar! :-) )

    Bjs meninas!!!

  • Apaixonada diz: 2 de março de 2012

    Eu não sabia se postava aqui ou no outro. Mas por enquanto é só um comentário rápido de desabafo:

    O FINAL DA NOVELA FOI PERFEITO!!!

    Acho que a Lícia fez um marco com essa novela, os autores terão que mudar muito para superá-la. Aguinaldo Silva então por mim pode aposentar! ( maldade) Posso até estar exagerado. Mas alguém já viu um final de novela sem quatrocentos casamento, um monte de mulheres grávidas, um monte de história mal acabada. A novela terminou sem casamento, sem violência, sem cena de sexo e simplesmente emocionante, todas as histórias seguindo seu curso, todas as histórias foram lembradas e final dos protagonista apesar de ter acontecido de fato no finalzinho foi tecida durante todo o capítulo. E para quem falava que a Manu e o Lúcio seria o plano B de Ana e Rodrigo eu prefiro ver que Manu e Lúcio foi a escolha deles.
    Na verdade nem um beijo ardente teve, tudo leve, simples, falado com os olhos, com a expressão e belo. Os poemas, os texto e a interpretação, especialmente dos quatro foi um espetáculo. LINDO, LINDO, LINDO!!!
    Até o Eriberto Leão conseguiu me emocionar kkk kkk e olha que eu não sou fã da interpretação dele, mas do lado da Marjorie também.
    Enfim… deixa eu tomar um banho, deixar a emoção de lado, e estudar mais um pouco. Segunda volto para ler os comentários… vou sentir saudades de tudo da novela e de vocês!!!

    VALEU GALERA!!!!

  • Claudia Daenekas diz: 2 de março de 2012

    Apaixonadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    O final foi tão bom quanto o que vc havia escrito.

    PERFEITOOOOOOOOOOOOOOOO.

    Parabéns Lícia, pela delicadeza em escrever uma história tão bela, tão simples e tão envolvente.
    Td foi explicado, nada foi deixado pra traz.

    E foi perfeito.

  • Yone diz: 3 de março de 2012

    Desde ARAGUAYA, creio eu, que as novelas das 18 horas passam fora do eixo Rio-SP. Não me lembro de outra, assim… na frequencia. Esta a estória se passou aqui no sul e agora a próxima e MINAS GERAIS E PARÁ. Bom isso! Diversifica.

Envie seu Comentário