Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Final feliz e emocionante em A Vida da Gente

02 de março de 2012 278


A novela que arrebatou o coração do público terminou sem surpresas, mas com aquele clima de “final feliz” que deixa todo mundo suspirando. Depois de meses de muito sofrimento, conflitos familiares e grandes lições de vida, o saldo final foi de uma história encantadora, que vai deixar muita saudade.


O quarteto amoroso principal encontrou o equilíbrio perfeito para cuidar de Júlia (Jesuela Moro). Ana (Fernanda Vasconcellos) e Rodrigo (Rafael Cardoso) encerraram de vez sua história de amor através de e-mails, nos quais relembravam tudo o que viveram juntos, desde a infância. Enquanto os dois narravam tudo, várias cenas antigas passavam pela tela, dando a entender que aquele ciclo estava fechado.


Rodrigo e Ana entenderam que havia chegado a hora de seguirem em frente com as novas histórias que construíram. Ele, ao lado de Manu (Marjorie Estiano), a companheira de tantos anos. Ana voltou para Lúcio (Thiago Lacerda), que por incrível que pareça a perdoou por tantos abandonos. No final, ao som de “Oração ao Tempo”, Júlia passeia pelo parque de mãos dadas com suas duas mães e seus dois pais.


Alice (Sthefany Brito) conseguiu conviver em paz com suas famílias: o pai biológico Renato (Luiz Carlos Vasconcelos), os pais adotivos Cícero (Marcelo Airoldi) e Suzana (Daniela Escobar) e as irmãs por parte de mãe, Sofia (Alice Wegmann) e Bárbara (Pietra Pan).

Marcos (Ângelo Antônio) terminou a trama do mesmo modo que começou. Ele se envolveu com outra mãe carente, interpretada por Rosana Garcia. Já Dora (Malu Galli) encontrou a felicidade nos braços de um primo de Celina (Leona Cavalli), um homem “sensível, mas com os pés na realidade”.

Lourenço (Leonardo Medeiros) e Celina viveram felizes para sempre ao lado de seus dois filhos, Tiago (Kaic Crescente) e o recém-nascido Bernardo. O professor finalmente voltou a escrever um livro, intitulado “A Vida da Gente”.


Senti falta de uma punição para Jonas (Paulo Betti), que acabou bem ao lado da secretária Ângela (Sílvia Massari). Se bem que ele continou um homem solitário, sem o amor dos filhos e mergulhado no trabalho, o que já é um grande castigo. Cris (Regiane Alves) voltou a ser personal trainer e já começou a mirar um novo coroa rico.


Eva (Ana Beatriz Nogueira) também permaneceu a mesma de sempre, mesmo com a tentativa falsa de se aproximar de Manu na saída do hospital, quando levou um prato de sopa para a filha. No final, ela acabou revelando que só fez isso por pressão de Ana. A sábia dona Iná (Nicette Bruno) constatou que aquilo era o melhor que Eva poderia fazer e que o maior castigo era ser do jeito que ela era, o que a levaria a continuar solitária.


Vitória (Gisele Fróes) é outra que terminou sem ninguém, já que não perdoou Mariano (Francisco Cuoco) por suas falcatruas. Amargurada, ela olhou com ressentimento para um cartaz com a foto da filha Sofia, que se tornou uma tenista de sucesso.


Ao final do capítulo, Iná fez um belo discurso no meio de um de seus bailes. Ela ressaltou a importância do tempo, que continua passando e deixando marcas em todos nós. O tempo passou, a novela chegou ao fim, mas as cenas inesquecíveis e diálogos emocionantes ficarão na memória de muitos telespectadores. O elenco inteiro acertou, mas os destaques foram Marjorie Estiano e Fernanda Vasconcellos, que com certeza viveram seus melhores momentos na telinha. A pequena Jesuela Moro também impressionou com seu talento de gente grande. Há muito tempo não havia um fenômeno como esse na teledramaturgia, espero que Lícia Manzo venha com novos trabalhos futuramente, sempre levando emoção ao público.

O segredo do sucesso de A Vida da Gente foi a simplicidade, mas sem deixar de ser intensa e dramática em vários momentos. A novela mostrou que não é preciso inventar mistérios, crimes sem solução ou vilões cruéis para prender a atenção do público. Foi justamente por retratar situações que poderiam acontecer com qualquer um de nós que a trama deu certo. Na vida real, ou melhor, na vida da gente, não há mocinhos ou vilões. Assim como as heroínas Ana e Manu, todos estão sujeitos a errar e acertar, basta deixar a coração falar mais alto.

E vocês, gostaram do final de A Vida da Gente?

Bookmark and Share

Comentários (278)

  • GEDEANE diz: 2 de março de 2012

    LAMENTÁVEL!!! deveria terminar assim: tempo, tempo , tempo tempo PERDIDO!!!! Por favor onde está acena dos olhares romanticos de Manuela e Rodrigo? perdi, quem viu??? acho que Licia comeu cocô.” foi fabulosa a cena de amor no retorno de Rodrigo com Manuela foi tanto amor e sentimento que eu chorei de vergonha”KKKKKK!!! Merecem o OSCA KKKK!! acho que vou assistir apenas as novelas da Record pelo menos o autor sabe conduzir a historia com a mínima coerência até o final, MEUS PESAMES A AUTORA.

  • Márcio C.M. diz: 2 de março de 2012

    Final lindo e irretocável. Essa foi pra mim a melhor novela de todos os tempos. Ela era digna de estar no horário nobre (21 horas). Dizer que vai deixar saudades será redundante.
    Espero que lancem ela em DVD (ou Bluray) pois, esperar por um Vale a Pena Ver de Novo ou uma reexibição no Viva vai ser complicado.

  • Luciani diz: 2 de março de 2012

    Onde está o “felizes para sempre”?????
    Isso não é final feliz…
    A pessoa passa a vida toda declarando amor por uma e depois fica com outra????

    O que sobrará nas nossas vidas se nem a ilusão das novelas existir mais????

  • Solange diz: 2 de março de 2012

    AMEI o final da novela, é a primeira vez que eu fico feliz e com um final de novela.
    Para quem assistiu a novela de coração aberto, conseguiu perceber o que a autora queria passar. A diferença de paixões e amores. Parabéns a autora! Ainda estou com os olhos marejados!

  • Karoline diz: 2 de março de 2012

    Lamentável a Ana e o Rodrigo não terminarem juntos depois de tanto sofrimento. Aff. Odiei esse final, foi muito forçado. A autora pecou no final, deixou a desejar depois de uma novela tão bonita.

  • Renata – R diz: 2 de março de 2012

    NÃO ME CONVENCEU ESSE FINAL CHUCRO, SEM NEXO E SEM SAL.
    Esse comentário disse tudo o que eu não consigo expressar:
    Sorocaba: – “A autora tinha que ter definido antes com quem os personagens iam ficar.
    Assim ela teria construído uma estória, com mais sentido, onde durante o casamento
    de Rodrigo e Manu tivesse um pouco mais de tempero. Onde Rodrigo poderia sim
    ter traído a Manu num momento de tentação, já que a trama favoreceu este episódio, mas não da forma que foi, onde Rodrigo se atirou de corpo e alma pra cima de Ana de forma exagerada, se esqueceu de Manu, ficou no pé da Ana, construíram apartamento, pediu pra Ana não se casar com Lúcio, ficou enfim no pé dela o tempo todo.
    Esse exagero por ela poderia ter evitado.
    A autora colocou a relação de Manu com Rodrigo sem graça, sem emoção. Ela então deveria ter criado momentos de emoção entre os dois durante a novela.
    Eu vi a Lícia Manzo como se pintando uma casa num quadro e nas últimas pinceladas, quando já aparecia o telhado, as portas, tudo, ela então coloca galhos e transforma a casa em árvore na última hora.
    A estória poderia sim terminar entre Rodrigo e Manu, e seria lindo.
    Mas a autora precisava ter preparado o terreno pra isso, e não exagerado em mostrar um final e na última hora dar outro.
    Mas ela está começando… ela aprende.
    De uma forma geral, considerando todos os núcleos a novela emocionou.”

    Agora é torcer como a Clair para um final alternativo, rsrsrsr

  • gedeane diz: 2 de março de 2012

    Não merece nem comentários!! Acho que por isso só eu comentei , e preciso que alguém diga quanto essa novela poderia ter sido boa e o quanto a autora foi infeliz ao escrever as ultimas semanas . Para ter este desfecho , antes não tivesse escrito!!! Manuela nao teve direito nem sequer a um pedido de desculpas quanto mais uma demonstração de amor com pelo menos um beijo, faça-me o favooooor !!!!!!!! Falando sério foi o pior final que já vi Lícia superou Gilberto Braga em INSENSATO CORAÇÃO

  • Luciana Ferreira diz: 2 de março de 2012

    Amei,…, lindo ,simples, tocante, delicado!!!! Um homem maravilhoso com o Dr lucio, merecia um final ao lado da amada e a Manu merecia viver esse amor construido com tantas dificuldades… Parabéns a autora!!!!

  • Julia diz: 2 de março de 2012

    Ridiculo…sy

  • Jessica diz: 2 de março de 2012

    Foi um final muuito ridiculo! Eu não vi final feliz nenhum aí, porque toda a história de amor entre a Ana e o Rodrigo foi jogada no lixo?! Não teve sentido nenhum ele ficar com a Manu. Simplismente ODIEI.

  • Barbara diz: 2 de março de 2012

    NEM PERDI MEU TEMPO! Depois de ler, dias antes, o que ia acontecer, me poupei, pois sabia que minha indignação ia ficar pior ainda e nem assisti à cenas patéticas…realmente, pois acompanhar todas as etapas da novela, sinto que realmente perdi diversos capitulos, pois os que eu vi demonstravam que o Rodrigo não sentiu falta da Manuela em todos esses meses, especialmente ao lado da Ana e após ela admitir que ainda se amavam e ele implorar p/ que ela não se casasse, como num passe d mágica tudo isso foi esquecido!!
    O que esse dois casais sentem é GRATIDÃO e não amor! Essa autora TEM SIM favoritismo pela Manuela!!

  • Dayana diz: 2 de março de 2012

    Gedeane…
    Concordo COM TUDO que você falou, foi ridiculo o final dessa novela, bem perca de tempo mesmo, a historia se passou TODA ao redor do sofrimento de Ana e Rodrigo,pra no final não ficarem juntos? Eles se olhavam apaixonados (claro, ótimos atores, ao contrario da SEM SAL da Marjorie), essa entrada do Gabriel na novela foi a gota d’agua mesmo, NADA A VER COM NADA, o Rodrigo pediu pra Ana nao se casar, a Ana não se casou, largou tudo, mesmo depois dos milhões de vai e volta, novela fora da realidade, REALMENTE meu pesames a autora, fiquei decepcionada. Pra acabar com tudo Manu e Rodrigo não se combinam em nada, não tinham olhares apaixonados, não sentia amor neles, fora o Lúcio ne, pelo amor de Deus, nem combina com a personagem da Ana, ele é 2 metros maior que ela, se fosse pra ela ficar com outra pessoa que nao fosse o Rodrigo, que colocassem um ator que combinasse com ela. Resultado: ODIEI!

  • gabriel diz: 2 de março de 2012

    Novela fabulosa, história fantástica e coerente sim, só não gostou quem não entende a vida como realmente ela é! parabéns para a autora e por a novela ter retratado um pedacinho do nosso amado Rio Grande do Sul.

  • marcela diz: 2 de março de 2012

    kkkkkkkkkkkk novelinha ruim hein nada concreto ,rodrigo ficou c manu amando ana..q final ridiculo uma novela q tinha td p ser linda e deu esse fim????rs..pelo amor DE deus prefiro assistir maria do bairro ou as novelas de miguel falabelakkkk autora ruinzinha viu!cade a quimica de manu e rodrigo,o bjo?????kkkk palhaçada uma novela q começou tãoooo linda !ela deve ficar no lugar da novela das 9;00 hs de tão boa q foi kkkkkkkkkkk…vai ganhar o OSCAR TROFEU LIXO!

  • gedeane diz: 2 de março de 2012

    Marcio, pelo amor de Deus!!! antes ela tivesse plagiado o final de” APAIXONADA”, seria bem melhor do que este FIAAAAASCO!!! foi boa para quem se contenta com pouco ou nada!! o homem espera a novela toda sem uma demostração de afeto pela mulher, e querem que agente engula que ele esqueceu o grande amor da sua vida em 6:00hs e descobriu nesse tempo loooooongo, que era apaixonado por outra e nem se digna a dizer isso a ela. Foi o cúmulo da medilcridade .

  • Apaixonada diz: 2 de março de 2012

    Parabéns pelo post, perfeito!

    Eu tentei colocar isso no antigo, mas minha net caiu, não conferi se foi ou não foi. Desculpe alguns erros, mas eu estava eufórica KKKK Fazia tempo, mas tempo mesmo que um final de novela me emocionasse tanto… incrível! Agora eu entendo porque a Marjorie e a Fernanda ainda estavam emocionadas na entrevista com Ana Maria ontem. Foi impecável. Faltou um beijo apaixonado dos dois casais. Talvez… mas pensando bem, todos os beijos que eles já trocaram já estão na nossa memória!!

    O FINAL DA NOVELA FOI PERFEITO!!!

    Acho que a Lícia fez um marco com essa novela, os autores terão que mudar muito para superá-la. Aguinaldo Silva então por mim pode aposentar! ( maldade) Posso até estar exagerado. Mas alguém já viu um final de novela sem quatrocentos casamentos, um monte de mulheres grávidas, um monte de história mal acabada?

    A novela terminou sem casamento, sem violência, sem cena de sexo e simplesmente emocionante, todas as histórias seguindo seu curso, todas as histórias foram lembradas e o final dos protagonista apesar de ter acontecido de fato no finalzinho foi tecida durante todo o capítulo. E para quem falava que a Manu e o Lúcio seria o plano B de Ana e Rodrigo; No meu olhar eles foram a escolha um do outro. O Lúcio já tinha declarado que queria a Ana e a Manu que tinha se desarmado para o Rodrigo.

    Na verdade nem um beijo ardente teve, tudo leve, simples, falado com os olhos, com a expressão e beleza. Os poemas, os texto e a interpretação, especialmente dos quatro foi um espetáculo. LINDO, LINDO, LINDO!!!
    Acho que vou assistir as cenas mais algumas vezes, na semana que vem.

    Até o Eriberto Leão conseguiu me emocionar kkk kkk e olha que eu não sou fã da interpretação dele, mas do lado da Marjorie também fica fácil.

    Depois daquele email lindo que o Rodrigo mandou para Manu quando se separaram. a Lícia repetiu a dose e eu que achei que seria sem graça, foi o mais bonito. A lembrança de tudo que eles viveram e a explicação do Rodrigo…

    Ai gente.. se eu ficar escrevendo… vai virar um texto gigante.

    Enfim… deixa eu tomar um banho, deixar a emoção de lado, e estudar mais um pouco. Segunda volto para ler os comentários… vou sentir saudades de tudo da novela e de vocês!!!

    VALEU GALERA!!!!

  • aline diz: 2 de março de 2012

    SIMPLESMENTE ODIEI, não tenho nem palavras pra expressar a minha insatisfação com este final, foi totalmente decepcionante!!!
    Kadê a Ana a Rodrigo no final, criando a filhinha deles???
    Fala sériOoOO!!!!!!!
    ai que raiva desse final, parece q as cenas lindas e marcantes de apagara com este final tão horrivel!!!
    Licia Manzo, eu fiquei totalmente chateada com este final!!

  • Dani diz: 2 de março de 2012

    Final maravilhosa, harmonisos, delicado, adulto e muito maduro… o que importa é que a Licia deu a novela o final que ela sempre deixou nas meias palavras, que ela smepre deu a entender… Não achei surpreendente porque sempre foi isso que esperei acontecer devido a ter acompanhado e entendido esssa novela que foi maravilhosa… Lindo final, elenco maravilhoso, direção excelente… a autora nem preciso dizer que foi maravilhosa… Bom Ana e Rodrigo tinham um olhar apaixonado memso no inicio da trama, após Ana voltar do coma sempre deixaram a desejar não convencia mais, mas não me refiro a olhares apaixonados, desejo, porque isso não era caracteristica da novela , os beijos eram leves, as cenas suaves, e muita gente não compreendeu isso!!! Dizer que Manu e Rodrigo eram sem sal, final sem nexo??? Aonde??? de que novela estamos falando??? A autora explorou a paixão de Ana e Rodrigo o tempo todo, nas roupas de Ana, no jeito que se olhavam, na paixão mal resolvida… porque após Ana acordar Rodrigo despertou para aquela paixão, que ele memso chegou a conclusão de não existir mais… e que ela mesma percebeu isso… Manu e Rodrigo formaram um casal lindo quando se envolveram, era suave, o jeito de se olharem, de se falarem, de lidarem um com o outro sempre pontuaram a diferença de sentimentos que envolviam os quatro…

  • Antônio diz: 2 de março de 2012

    hauhau… tem muita gente burra nesse mundo mesmo…afff
    Vcs estão tão acostumados a matar vilões e eleger heróis nessas novelas da globo… que quando ocorre uma novela bem escrita, bem dirigida, fugindo dos tradicionais esteriótipos, que traz um final como “a vida da gente”, vcs acham ridículo…. por favor… continuem lendo seus harry potters e senhor dos anéis com finais comuns….

    Parabéns a autora por finalmente colocar um conteúdo de qualidade em uma novela!!!!

  • Helba diz: 2 de março de 2012

    Eu acompanhei toda a novela e, acho que foi linda do início ao fim. Essa autora, a Lícia Manzo é uma excelente escritora, com textos simples e, como disse a personagem de D. Iná: tempo, tempo, tempo…. Eu, pessoalmente me emocionei do início ao fim.

  • Cris diz: 2 de março de 2012

    Amei achei tudo de bom o final!!!!!!!! As palavras Ina foram muito tocantes e de uma sensibilidade única -MARAVILOSA novela

  • Francisco diz: 2 de março de 2012

    Gostei muito da novela, a melhor dos últimos tempos!
    Ao menos soube tratar dos assuntos do nosso cotidiano sem exageros, impossível não se identificar com algum personagem, ou situação vivida pelos personagens.
    Muitas destas situações foram por mim vivenciadas ou por por pessoas conhecidas.
    Não se trata de um Final Feliz mas sim de que a vida continua apesar dos tombos q levamos.

  • Isis diz: 2 de março de 2012

    Gostaria de agradecer a autora, atores e todos os envolvidos na produção da novela “A Vida da Gente” por terem me feito refletir sobre a vida e chorar de alegria sobre o que até então era o natural, a invisível trama da vida. Foi a melhor novela que já vi por mostrar com uma simplicidade genial e com profundidade os dramas, alegrias, tristezas e superações que fazem parte do que é o ser humano! Os personagens foram bem construídos e a trama e o texto não deixaram falhas para que eu pudesse desistir de acompanhar as transformações da vida que foi criada diante de meus olhos…Foi uma novela que me surpreendeu, pois teve como autora alguém que mostrou ser uma leitora de livros e de pessoas…Um enredo redondinho! Depois de mais de 20 anos sem ver uma novela por perceber em 5 minutos falhas, cliches mal construídos e esteriótipos ambulantes e apastelados, pude mudar de opinião e aprender com um produto de massa, mas de massa pensante! Inesquecível! Muito obrigada!

  • patrícia diz: 2 de março de 2012

    Concordo 100% com a “Apaixonada”, na minha opinião essa novela foi um marco na teledramaturgia, estava cansada de sempre ver o mesmo final, atire a primeira pedra quem passa o resto da vida com a “primeira pessoa amada”, não é assim na vida, não era justo o Rodrigo ficar com a Ana pois foi um caso de amor adolescente, e amores adolescentes passam nem sempre é com eles que se passa o resto da vida, com a Manuela ele amadureceu, cresceu, virou homem, nada mais justo que ficar com ela.
    Minha opinião: quem achou ridículo não entendeu a essência da novela! FATO!

  • Rosenira Sann diz: 2 de março de 2012

    Não gostei como foram conduzidas as histórias dos personagens principais na reta final da novela.
    Me deu uma sensação, que tanto Ana, quanto o Rodrigo, ficaram com seus pares por garantia de segurança, apoio, equilíbrio. Como se fossem indecisos, imaturos e precisam de alguém para estar sempre ali, conduzindo-os pela mão, indicando o caminho correto a ser seguido.

    Foram emocionantes as palavras do email do Rodrigo para a Ana, embora não me convenceram que ali, chegava o fim de um sentimento muito forte, que simplesmente deveria ficar na lagoa azul…

    Quanto aos demais personagens, final muito coerente para cada um. Um momento, menos o do nascimento do bebê da Celina. Demorou quase 200 capítulos para nascer.

    A música Oração do tempo, no final, foi muito, mas muito linda e tocante. Enfim, foi uma novela boa, gostosa de assistir, lindos cenários, textos emocionantes e muito bem escrito, atores ma-ra-vi-lho-sos. A Lícia trouxe uma proposta diferente e inovadora. Mas, para mim, não vai valer a pena ver de novo.

  • Rayana diz: 2 de março de 2012

    eu queria q a ana ficasse com o rodrigo e Júlia ñ com o lucio,e a manu com o gabriel.

  • Juliana diz: 2 de março de 2012

    Parabéns à autora e produção! Como mãe e pessoa com esperança na evolução da nossa humanidade achei a novela perfeita sem cenas medíocres de sexo e demais apelações. Penso que para novelas deste horário o enredo foi perfeito e o final delicado e possível. Obrigada por mostrar nossas belas cidades Porto Alegre e Gramado. O melhor de tudo foi ver na televisão amor, ainda que imperfeito, entre pessoas, nas famílias que podem e devem mudar suas imperfeições para melhor .A vida e o tempo são realmente fundamentais para nós.

  • Josiele. diz: 2 de março de 2012

    Ótimo o final… como toda a novela, emocionante, nos faz pensar nas nossas vidas. Quem reclamou é por que precisa mudar seus conceitos. A vida é feita de pequenos detalhes e sentimentos. Parabéns a autora. Adorei!

  • Kelly diz: 2 de março de 2012

    Final perfeito..Fiquei até mais leva com esse final…Adorei…

  • Apaixonada diz: 2 de março de 2012

    Márcio, Isis ( comentário perfeito), Francisco, Cris, Antônio, Dani,Gabriel, Luciana, Solange, Patricia…

    Que bom ler os comentários de vocês, estava começando a pensar que havia assistido outra novela. kkk

    (…) pude mudar de opinião e aprender com um produto de massa, mas de massa pensante! Inesquecível! Muito obrigada! Isis amei seu comentário.

    Um exemplo clássico é a novela Fina Estampa. Eu sou noveleira, mas sinceramente depois do primeiro mês já estava tudo cansativo, tudo exagerado. E cada dia que passa fica pior. É uma pena, porque o elenco é muito bom.

    Por isso eu disse que essa novela é um marco. A última novela das seis, que representava um cordel, ou seja ela era um conto de fadas, mas foi muito boa, mas o final nem tanto. A Lícia e o Jayme para perfeito, com certeza ainda vamos ver muitos trabalhos deles juntos. Ela acertou em cheio em tudo. O único erro foi a gravidez da Celina, que não tinha como não perceber por ela ter ficado grávida na mesma época que a separação da Manu. Então ficou nítido que eles se perderam nesse “tempo”. Mas é um erro pequeno diante de todo o resto…

  • Caroline diz: 2 de março de 2012

    Nunca li tantos absurdos numa página só como hoje, a narrativa do Rodrigo e da Ana parece q foi em vão pq a maioria não entendeu ou somente entende aquilo q é conveniente. O q eles viveram foi uma paixão de adolescência q até poderia ter dado certo desde q a Ana não tivesse ficado 5 anos em coma. O q ninguém entende é q a vida não parou nesses anos q a Ana ficou em coma, várias coisas aconteceram: o Rodrigo teve q amadurecer na marra p poder cuidar da Júlia pq com a Eva com certeza ela não poderia ficar. A Manu q se responsabilizou pela sobrinha, essa missão q não é p qualquer um, pq eu duvido q a maioria de vcs abriria mão de festas e viagens p cuidar de uma menina. E ainda tem gnt q vem dizer q a Manu roubou a vida da Ana. Como se rouba a vida de uma pessoa qdo ela está fora do convívio??? Sim, pq a Ana estava em coma e o tempo passa, as coisas mudam e as pessoas amadurecem. O tempo não parou gnt e ninguém tem a obrigação de se guardar p outro, ainda mais qdo eles não tinham certeza de qdo ela acordaria novamente. É natural a confusão mental do Rodrigo pq ele achou q deveria terminar o q haviam começado, mas tudo ficou p trás, não há mais o q fazer e a Ana tentou resgatar a vida de onde ela parou! Concordo q não deveria ter entrado o Gabriel na estória mas tudo bem, ele fez com q a Manu desse conta de q poderia voltar a ficar com o Rodrigo. Então acho q nada mais justo os dois ficarem juntos pq a Manu viveu de fato uma história de amor e de amadurecimento com o Rodrigo.

  • Rita Porto Alegre diz: 2 de março de 2012

    Que final perfeito! Maravilhoso! Estou de alma lavada, renovada. Lícia, estás de parabéns e toda equipe dessa novela.
    Para aqueles que torciam por outro final, espero que as lindas cenas, os belos diálogos, tenham tocado o coração de vocês.
    Rodrigo e Manuela construíram uma relação maravilhosa, mereciam um final juntos. Isso é amor.

  • Letícia diz: 2 de março de 2012

    Eu não vou negar que senti falta de um bejinho entre Manu e Rodrigo… Mas fiquei tão feliz com esse final que isso nem importa!

    Muito lindo, real, e ao mesmo tempo delicado. É uma pena que uma novela como essa não tenha tido vez no horário nobre.

    Gostei tanto desse final que fiz até um post sobre ele no meu blog: http://eproblematico-letyhyuuga.blogspot.com/

    Valeu mesmo, a tempos eu não acompanhava uma novela do início ao fim. Acompanhei essa, e acompanharia ela toda de novo. ;)

  • Claudia diz: 2 de março de 2012

    Ah gente, eu não gostei…
    Ana foi falar com o Lúcio que é muito grata…
    Rodrigo também sempre foi grato a Manu, sentia falta deles cuidando da Júlia… Deu tantos beijões na Ana para a Manu nada. Ficou muita gratidão para o meu gosto.

    Acho que a autora poderia não ter feito o Rodrigo ficar atrás da Ana tanto tempo, demonstrar tanto sentimento por ela. Ficou estranho… Aí ele chega na porta da Manu e pronto. Cadê a conversa entre eles? Ele traiu, implorou para a Ana não se casar e simplesmente voltou para casa. Sei que é realista, que isso acontece, mas a Manu era uma personagem tão forte. Foi mais emocionante o fim dela com o Gabriel que o retorno com o Rodrigo.

    Como disse o Francisco, não foi exatamente um final feliz, mas uma demonstração da vida seguindo. Eu esperava mais romance.

  • Gílson diz: 2 de março de 2012

    Achei perfeito!! O melhor final de novela que vi em minha vida! Antes disso, durante a novela, tenho certeza que muitas pessoas visualizaram-se em um dos personagens pelo menos! O texto, a poesia, o cenário, a história, … tudo, tudo, tudo perfeito! Li muitos comentários dizendo ter sido perca de tempo olhar esta novela. Creio que todas estas pessoas, infelizmente, não compreenderam a profundidade da obra desta autora!
    Parabéns!!

  • .angela stoll diz: 2 de março de 2012

    Uma novela “vida da gente” . Não é preciso apelativos sexuaiais nem maracutaias de bandidos para fazer o público participar. , prova disso éstá na divisão de opiniões dos comentários,. A autora conseguiu polemizar com a ingenuidade do dia a dia da VIDA. Parabéns1

  • Morena diz: 2 de março de 2012

    Final poético, lindo, só faltou um beijo entre os casais.

    Rodrigo:
    Ana, minha querida.
    Dizem que o amor acaba. Que o amor termina. Mas não é a verdade. Nada acaba. Tudo dura, continua e transforma.
    Enquanto eu aguardava aquela cirurgia, mil anos se passaram. As duas estavam lá dentro e eu pensava, se acontecer algo com as duas eu morro. Dizem que passa um filme da nossa vida na nossa cabeça e por isso, eu vi. Vi vocês duas meninas chegando à nossa casa. Vi nós três juntos ainda pequenos em tantos e tantos momentos. Vi você erguendo taças, troféus. Tua imagem na revista, inacessível. Distante da criança que eu era e que você era também. Depois a nossa fuga de casa e o nosso medo e a nossa coragem. E o salto sem rede que tantas vezes se chama amor. Vi você indo embora, sendo levada, de diferentes formas, tantas e tantas vezes. E depois vi você voltando e no fundo dos seus olhos, como num rio, tudo que a gente não tinha vivido. A partir daí eu me vi dividido entre dois amores, entre duas vidas. Uma que eu tava vivendo e a outra que eu jamais tinha podido viver. Durante os meus piores momentos enquanto eu aguardava naquela sala, como se a doença da nossa filha tivesse me curado, eu entendi que não tinha mais divisão nenhuma. O que tinha sido vivido, o que tinha ficado pra trás. Tudo era parte de uma mesma história, de uma mesma vida e de um mesmo sentimento: amor. E foi então que eu vi, nós dois juntos, cruzando a fronteira.(e que lindo ver nessa frase ele indo ver Manu no quarto de hospital, que simbolismo lindo)

    Ana:
    Como se tivesse alcançado a outra margem de um rio. O rio quando a gente se amou pela primeira vez, o rio do meu acidente. Mas sempre um rio. E porque naquele momento eu precisava ser forte, finalmente e sem escapes, eu consegui atravessar aquele rio eterno, como se num instante eu tivesse vivido todos os anos que ainda estavam parados em mim, me esperando. Do outro lado da fronteira que sem perceber nós já tínhamos cruzado. Uma infância compartilhada, uma adolescência trancada, uma juventude não vivida. Do lado de cá dois adultos maduros finalmente libertos daquele fardo pesado, feito de lembranças, de sonhos antigos. Por que há novos sonhos do lado de cá da fronteira. E agora, podemos viver.

  • Vini diz: 2 de março de 2012

    RUIM pra caramba! Sem mais!

  • Dani diz: 2 de março de 2012

    Apaixonada, Rita Porto Alegre, Patricia, Isis, Gilson, Juliana, Angela Stoll, Leticia, Josiele, que bom que vcs concordam comigo também… E é verdade pessoal pra quem criticou o final é porque não compreendeu essa novela maravilhosa, me emocionei demais hj, o Gabriel terminando com a Manu, o Rodrigo beijando e acariciando o rosto dela no hospital, o Lourenço em sua aula na facul, a Ana e o Lucio com aquelas trocas de olhares maravilhosos, o email que Ana e Rodrigo trocaram, o amor que sentiam por Julia e as mudanças e tranfosmações que esse amor em comum trouxe para todos, a superação de Ana de Manu de Julia…. gente lindaaaaa simplesmente lida essa novela…

    E Josiele concordo com vc, tem pessoas que precisam rever seus conceitos…
    Novela linda, pura, verdadeira que irá deixar uma saudade imensa… fazia tempo que não assistia uma novela assim.. Não foi apelativa, não precisou usar cenas de sexo, sensuais, exageradas, eram situações reais… O novo conceito de familia que a Licia fez questão de mostrar e tocar… tudo excelente, cenário lindo, gente é muito elogio pra uma novela só… rs… simplesmente Amei…

    Apaixonada vou sentir sua falta, rs… adorei trocar ideias com vc, pessoa bacana, sensata e madura, acho que por aqui faltaram opiniões maduras ainda bem que tinha as suas e de mais alguns sensatos corações, rs… Rita Porto Alegre me diverti muito com vc defendendo Rodrigo e Manu… AMEI!!!

  • Luciano diz: 2 de março de 2012

    Parabéns a Autora pela linda novela! O diferencial é que sem exageros ela conseguiu nos emocionar do inicio ao fim. Opiniões diferentes entre o final de Rodrigo e Ana ou Rodrigo e Manu…Na minha opinião isso não muda o legal de toda a novela…Adorei a novela e espero ver outra da mesma autora em breve!!!

  • v diz: 3 de março de 2012

    Todas as novelas terminan com finais felizes , e prefisiveis; esse gostei,terminou como uma realidade. Nada tem ponto final.todo continua acho q foi isso q deu á entender ;a “vida da gente” não acaba ;todos tem um pouco ou conhece algueem q tem um pouco do q aconteceu na novela .pode não ter sido surpreendente .mas a vida real tbm pode ser assim.

  • Marisa diz: 3 de março de 2012

    Eu amei o final da novela, chorei, me comoveu muito.
    Que essa novela sirva de exemplo para mostrar que não precisa deixar homens e mulheres pelados e nem o “pastelão” desagradável para ter audiência e aceitação do público.

  • Natalia diz: 3 de março de 2012

    Ai gente eu adorei o fim da novela! me surpreendeu! sempre fui do time Ana e Rodrigo e CLARO que gostaria que eles ficassem juntos. mas foi convincente o que aconteceu e pela primeira vez vi os olhos de rodrigo brilhando pra manuela( coisa q so via ele fazendo pra Ana) e a Ana por sinal ficou mt feliz com akele medico gatooo e perfeito que nao tinha duvidas do amor que sentia por ela. Achei o final bem realista , bem a vida da gente mesmo, Eva continuou megera, Marcos continou folgado, Cris interesseira…
    Sempre adorei mt mais a ana que a manu, mas tava parecendo q quem ficasse com o rodrigo que ia tipo ‘ganhar’ na novela e nao acho q foi assim… bom o final me surpreendeu… adorei… bjos a todos

  • Marina diz: 3 de março de 2012

    Achei a novela muito boa, diferente de qualquer outra e se passava no nosso RS. Mas teve o erro desde o começo, a Manuela não devia ter se envolvido com o Rodrigo. Poxa se coloquem no lugar, traição de irmã. Criou a menina como SUA filha, sendo que era sua sobrinha. A Ana passou a novela inteira só sofrendo e não teve direito nem de amar verdadeiramente. Não é que não aceito a realidade, mas isso já é demais. A Manuela pra mim, era a vilã da história. E concordo com a Bárbara do favoritismo que a autora teve com a personagem Manuela.

  • Apaixonada diz: 3 de março de 2012

    Eu jurei que não ia ficar defendendo minha visão de novo, mesmo porque não adianta. Mas para aqueles que dizem não ter visto nenhum amor entre Manu e Rodrigo, vejam a entrevista da Marjorie e da Fernanda. A Fernanda declarou que usou as imagens do blog da Manu, para se inspirar para fazer algumas cenas… porque a forma como essa família se fez é emocionante.

    Rita Porto Alegre,

    Acredita que eu assisti a novela e pensava em você. Eu ainda estava com medo de que Licia resolvessse deixar Manu e Rodrigo separados, só partir daquele momento que ao mesmo tempo a Ana abraça o Lúcio e o Rodrigo sai correndo para ver a Manu eu tive certeza que o final seria o nosso preferido.

    Especulando: Você sabe que o Tiago, o Rafael e Marjorie irão fazer um filme de Jayme Bonjardim, e os dois já falaram que estão escalado para um próxima novela. Seria a mesma novela? Será que esse casal que alguns insistem em dizer que não teve química serão um casal protagonista novamente? Aguardando!!!!

    Foi tudo de bom!!!!
    Agora estou órfã de novela, porque a Lícia me deixou exigente demais para voltar a assistir fina estampa ou aquele beijo, e a próxima não faz meu estilo. Acho que vou assistir novelas só de autores novos, quem sabe outros nos surpreende.

    Abraço meninas.

  • Natalia diz: 3 de março de 2012

    senti falta de mais cenas entre manu e ana…. afinal como elas mesmas disseram elas foram o ‘casal’ principal da novela…

  • Elizane Garcia Costa diz: 3 de março de 2012

    Amei o fim da novela!!! Era assim que imagina o fim da historia de Manu e Ana!!! Espero que venham outras novelas tao simples e tocantes como essa.É bem como o titulo da novela A VIDA DA GENTE, assim é nossa realidade,momentos bons e momentos ruins.Direcionamos um caminho,julgando ser esse,e ao final se da conta de que pode mudar,que nao tem certeza.Faz ,desfaz,refaz,ate acertar,eu acho que tem que ser assim.Mas nem todos tem condiçoes para isso,ou coragem…

  • Giane Bitencourt diz: 3 de março de 2012

    Li estes post e vi que o povo,é eu digo POVO gosta mesmo é de ver porcaria,porque uma novela que mostra o amor e os mais puro sentimento não agrada,e sim bunda sacanagem e trapaças…Esse é o nosso Brasil!!!

  • Maria Augusta Wolowski Stadnik diz: 3 de março de 2012

    Uma das novelas mais bem escritas que jás vi!!!! Principalmente pelo fato de ser mais “real”!!! Novela simples, sem rodeios, onde atitudes e gestos simples e corriqueiros tecem a trama e amarram vidas, crônicas. Sem aquela máxima piegas do mocinho e da mocinha…. Quantos casais juvenis não tiveram seus amores perdidos e esquecidos. Quantas paixões imaturas não terminaram e ganharam em seguida novos amores adultos.
    Fotografia, atuação dos participantes, enredo…. Tudo muito perfeito!!! Mas o mais lindo era o texto lindamente e inteligentemente bem construído!!!!
    Parabéns a autora!!!
    Aos que não gostaram, o melhor mesmo é ver aberrações como algumas novelas temáticas que não precisam ser bem escritas… Bastam apenas mostrar bizarrices de um mundo estranho, amores piegas e irreais ou homens sarados tentando provar alguma coisa!!!

  • Apaixonada diz: 3 de março de 2012

    Dani perdoe o meu atrevimento, mas eu tive que pegar seu comentário do outro post e colar aqui, está perfeito. Acabei de ver a cena que marca o momento que eles atravessaram a “fronteira” , a Ana só vê o Lúcio e o Rodrigo cede ao impulso de atrás da Manu, eu não vi só gratidão como estão dizendo… Achei que o Rafael interpretou tão bem hoje, desde esse momento ele demonstrou a certeza dos seus sentimentos. Mas não consigo mais ter argumento, acho que não adianta kkkk .

    Um abraço para você e para Rita Porto Alegre, Morena, Lu, Andrea, Andrea D., Day, Thamires e todas as meninas. Anjo Colorado, senti falta do seu comentário.

    Dani diz:
    2 de março de 2012
    Que pena que muitos não conseguiram compreender o final da novela mesmo ele tendo acabadop do jeito que a autora sempre deu a entender que acabaria… rs… Entrelinmhas sim, as interpretações na maioria das vezes eram em cima de entrelinhas… Nada tãoc laro, tão facil… foi uma novela maravilhosa, Licia foi muito sensata no final que escolheu independente de as torcidas estarem divididas e até um pouco de pontos para Ana e Rodrigo…

    Apaixonada fico feliz por Licia ter sido fiel a sua ideia original e não ter se deixado levar pela preferencia… a hsitoria se teceu toda com base nos conflitos gerados e que foram aparecendo na vida dos personagens, o destino deles, a forma como a vida os conduzia a situações inusitadas, dificeis, conflituosas, isso é a vida!!!

    Torno a repetir, Manu e Rodrigo realemente foi um casal de dificil compreensão para o publico, precisava de um olhar diferenciado e maduro para entender a decisão de Licia deixar os dois juntos no final…

    Meninas Rita Porto Alegre, Apaixonada, Morena, Lu, Andrea, Andrea D., Day, Thamires entre outras estavamos certas… Para alguns a Manu foi a segunbda opção, aonde??? Na verdade o Rodrigo sempre soube que a amava, ele tinha certeza dos seus sentimentos por ela, e não por Ana… a vida é assim complexa, devemos tentar, errar, acertar, nos envolver, viver, voltar atrás… é assim A Vida da Gente!!! Novela maravilhosa!!!

  • Claudia Daenekas diz: 3 de março de 2012

    Que final lindo, puro e muito bem entrelaçado. O Lorenço declamando o seu texto foi perfeito na explicação de td o que aconteceu e ainda ia acontecer. Foi claro.

    Ana e Rodrigo se transformaram, e o texto de Ana falando sobre a passagem pelo rio foi demais.

    Rodrigo correndo até o quarto de Manu foi de um desespero tocante. A troca de olhar entre os personagens, falava por si só. Não houve a necessidade de meias palavras.

    Ana chegando na casa de Lúcio, foi muito fofo. Depois de td o que aconteceu, quem não aceitaria mudar a situação???? E Ana de sapatinho vermelho. O vermelho presente como sempre.

    Lúcio dando alta pra Júlia me fez descarregar em lágrimas. Tiago deu o toque perfeito pra cena. E Júlia só acompanhou lindamente.

    Lícia mostrou que algumas pessoas mudam ou estão dispostas a mudar. Outras nem tanto.

    Exemplos como Jonas (que só queria mesmo uma secretária como esposa), Cris (que continua querendo vida mansa), Eva (que fez o agrado a pedido de Ana), Marcos (que só quer alguém pra se encostar) simplesmente não mudam. Faz parte da índole deles. É real.

    Adorei não ter enxurradas de casamentos, nascimentos e mortes como é de clichê.

    O final foi tão perfeito que a sensação que tive era de que queria fazer daquele momento alí. Acho que a Lícia fez muito bem, fazer com que o espectador sentisse vontade de estar alí. De ser amigo deles. O fato de ser fora do traçado Rio-São Paulo já aproximou ainda mais o público.

    Parabéns a todos que estiveram envolvidos com a grande obra A vida da gente. Td estava perfeito. E torço para que os demais autores aprendam a fazer novela de qualidade, pq já assistimos muito lixo por aí.

  • Débora diz: 3 de março de 2012

    Adorei o final!!!!!!!!!!!!!!!
    Novela com cenários do Rio Grande do Sul com maior sucesso!!

  • maira diz: 3 de março de 2012

    Quem esta criticando o final da novela ,não entendeu nada do que a autora quis passar.A novela foi sim um espetáculo.

  • Lia diz: 3 de março de 2012

    “Novela emocionante”… chorei o tempo inteiro… principalmente pelo final, porque não foi o que eu imaginava que fosse… queria tanto ver Júlia, Rodrigo e Ana juntos….. que tristeza!!

  • alexsandra diz: 3 de março de 2012

    Essa novela foi maravilhosa, vai deixar saudades… Não teve apelação, bundas e peitos sobrando como num açougue, não teve gente completamente ruim ou tresloucada, maldades gratuitas, crimes ou situações escatológicas. Talvez por esse motivo não tenha agradado a todos, já acostumados com escatologia na tv brasileira. Certamente essa novela não agradou os telespectadores de programas como Pânico, Marcos Mion, Cristina Rocha, Ratinho, Fina Estampa e outras bizarrices… Foi uma novela bonita de se ver, com uma sutileza incomum, aliás, a melhor novela dos últimos anos. Parabéns à autora, continue nos dando alguns momentos de leveza, emoção e felicidade dentre tanta coisa ruim que somos obrigados a assisitir.

  • Francisca diz: 3 de março de 2012

    Achei lindo o final! A cena do Rodrigo beijando a Manu enquanto ela estava anestesiada foi emocionante… Aliás, perfeito todo o final. Tinha muito tempo que eu não assitia uma novela e essa foi quase integralmente vista na internet. Gostei muito.
    As pessoas criticam a autora porque a Ana não ficou com o Rodrigo, mas quem aqui casou com a paixão da adolescência?
    Amei o final!

  • Francisca diz: 3 de março de 2012

    E ainda bem que eu não pude ver essa novela todos os dias, era capaz de arrumar as malas e voltar para o Rio Grande! Saudades demais!

  • Marilda diz: 3 de março de 2012

    Adorei! Segui a novela do começo ao fim, gravando episódios para não perder nenhum, apreciando as lindas imagens de nossa cidade, boa trilha sonora, os bailes da terceira idade retratados com dignidade e elegância, foi muito bem escrita fugindo da formula de vinganças, sexo e traição das novelas das 8. Uma pena que acabou porque parece que a próxima segue o ritmo da formula banal…

  • Ida diz: 3 de março de 2012

    Só sei que chorei muito….principalmente quando a Sábia Iná (quem não queria ter uma vovozinha assim hien) sobre o tempo e o e-mail do Rodrigo para Ana. Respeito os comentários de quem não gostou da novela mas ela falou de sentimentos.
    Quem não se perguntou nenhuma vez na vida porque não ficou com “alguém do seu passado’?
    O que aconteceu com a Ana e o Rodrigo acontecem nas nossas vidas…as veze não ficamos com quem amamos e sim encontramos pessoas que iremos amar com o tempo.
    Não teve “beijão” porque estamos acostumados a isso nas novelas….a autora fez um texto belo principalmente no final da novela. Tinha cenas que nossa as falas serviam para mim….
    Quem viu a novela com os olhos do coração sempre recordará da Vida da Gente…..saudades!!! E daqui a alguns anos iremos fazer uma nova releitura da novela. amei!!!!!

  • Fabrício diz: 3 de março de 2012

    Gostei principalmente daquelas imagens do guaibão.

  • Aline diz: 3 de março de 2012

    Detestei o final, mas tenho que admitir, a novela foi muito boa. Tanto que ficamos aqui lendo e escrevendo, alguns até “brigando”. Enfim, na vida real, quando uma paixão mal resolvida fica para trás e não mantemos contato com a pessoa é uma coisa. Agora, passar o resto da vida convivendo de tão perto com uma pessoa a quem se diz amar tanto acho extremamente complicado. Se fosse na vida real, Rodrigo e Ana sempre guardariam lá no fundo o sentimento de “e se ninguém tivesse atrapalhado”, “e se ninguém se magoasse com nosso amor”? Esse “e se” eterno jamais deixaria a relação dos três 100% natural. Como a autora sempre preferiu a Manuela, acho que ela deveria ter deixado Ana e Rodrigo juntos por um tempo para perceberem que não se amavam naturalmente, sem ser como foi, por caprichos da Julia. Incoerente, o Rodrigo demonstrou muito amor pela Ana para acabar com a Manu. E concordo com quem disse que a pobre da Manu não teve direito nem a um pedido de desculpas descente, ou uma declaração de amor… Enfim, finais de novela sempre deixam a desejar em algum aspecto…. A gente fica com raiva, fala que não vai mais assistir, mas quando a trama da nova novela começa a ficar boa, lá estamos nós de novo assistindo….

  • Rodrigo K. Mello diz: 3 de março de 2012

    Eu não perdi um capítulo dessa linda novela estão de parabéns pela maneira de como a trama foi conduzida. Realmente tocante pra quem tem coração.
    ps* o comentário maldoso da sra. GEDEANE, está ai para provar que gente mal amada como os personagens de EVA e VITÓRIA existem mesmo aqui na vida real.

  • Morena diz: 3 de março de 2012

    Algumas pessoas sentiram falta de Rodrigo (principalmente) e Ana se explicarem com Manu e Lucio, mas se prestarem atenção nos email’s deles, o que a DR de Manu e Rodrigo estava no email dele, o que ocorreu com ele, com os sentimentos dele e o que fez ele descobrir a força do amor dele por Manu, se tornar inteiro para ela. O restante seria me perdoe por nessa divisão ter te magoado ou algo do tipo. O mesmo vale para Ana.
    Não sei se notaram a diferença de como os dois abrem as portas. Lucio já estava entregue, Ana já vinha notado isso e correu para o abraço,Ana já sabia que ele a desejava ainda (isso podia ser visto nas cenas do hospital). Rodrigo precisava ainda ser perdoado de fato, e isso é mostrado de forma implícita na sambadinha que Manu deu ao dizer a Rodrigo que não precisava dormir lá. Já Rodrigo, teve mais dificuldade, mas não foi mostrado. Pode ver que quando ela abre a porta, não há sorriso da parte dela, só uma cara meio espantada.
    —————————————————–
    Que cena linda a dos casais quando recebem a noticia que correu tudo bem com o transplante.

  • Yone diz: 3 de março de 2012

    O pior! Rodrigo e Ana terminarem VIA E-MAIL uma relação que mal havia começado, e nem tinha se solucionado. Nunca vi uma coisa dessas! Se a autora quisesse fazer imagens com passagem de tempo, seria melhor colocar um velho sentado num banco e contando a estória. Poderia até ter começado assim, quem sabe Lourenço já com alguns anos lendo seu próprio livro? Porque um casal que se AMA ou AMOU pelo menos, nunca acaba uma relação dessa maneira. Ficou muito estranho!

    Nem Manuela teve uma emoção tão grande assim, quando abraçou Ana. Não sei se é dela ou foi pedido pela direção. Mas senti muito mais emoção de Manuela quando estava com Gabriel e este se despedindo dela. Não senti nenhum lance de emoção entre Rodrigo e Manuela também. Mas uma coisa precisa ser vista com urgência: Marjorie Estiano é ótima atriz, mas repito, tem PÉSSIMA DICÇÃO! Assisti ao final via internet e com fones de ouvido. Pois mais de uma vez tive que voltar o vídeo para rever pois não entendia o que ela falava. Alguém aqui falou que ela fala como dentes cerrados e é essa impressão que me passa também. Não vem de agora. Desde DUAS CARAS era assim. Isso irrita muita gente e por isso Marjorie pode ser ótima mas nem todos gostam da interpretação dela.

    Agora interessante o comentário da blogueira Michelle Vaz… Que Lúcio aceitou Ana depois de TANTOS ABANDONOS. Tantos????? Quantos?????? Só foram DOIS!!!!! kkkkkkkkkk… E que Manuela foi companheira de Rodrigo por TANTOS ANOS… Só uns 7… ou 8… Tantos é bem mais que isso.

    MORNO, TOTALMENTE MORNO este final. A única coisa de fato BOA no final foram as belas imagens de nosso estado e capital.

    Mas não se preocupem. Manuela Carlos já disse que vai se aposentar. Fará mais uma Helena e para de vez com novelas. Aí Lícia Manzo fica no lugar dele. Ela pode criar uma eterna heroina como MC fez com suas Helenas. Lícia pode criar suas MANUELAS. Já que ESTA é sua heroina.
    Manuela criou Júlia, Manuela foi a mãe mais amada de Júlia, Manuela cuidou de Rodrigo, Manuela é a doadora de Júlia… Manuela…. kkkkkkkkkkkkk

  • Yone diz: 3 de março de 2012

    Bom gente, aqui me despeço.

    Um abraço Claudia, Claudia D., Rita, Andrea, Apaixonada, Rosenira San, Rena R., Anjo Colorado… Dani, Day… Aline, Jen, e me perdoem se alguém não foi mencionado pois é muita gente e nem todos participam todos os dias. Ah, também um abraço à Michele e à Michelle Vaz Pradela, a blogueira!

    Foi muito bom debater com vocês todos, de coração.
    Não sei se assistirei esta próxima novela… Eu já estou me desvencilhando das novelas pois se perde muito tempo assistindo. Deixei de acompanhar depois de PASSIONE. Mas quando esta começou, foi assim sem me dar conta. Liguei a TV e vi que começaria o primeiro capítulo. Estranhei pois mostrava Porto Alegre. Mas pensei ser somente uma passagem, como geralmente acontece. Eles estão numa cidade e depois se mudam para o eixo Rio-SP. Mas não. Me dei conta que a estória era aqui mesmo e foi por isso que passei a olhar diariamente. Depois me envolvi com o tema. A da TV passei a olhar via internet.

    Esta nova novela é interessante, mas não sei… Não estou muito empolgada. Em todo caso, um abraço e tudo de bom! De repente, quem sabe? Apareço por aqui.

  • Martha diz: 3 de março de 2012

    Há tempos eu não via uma novela tão emocionante, essa deixará saudades, meu lamento é por ter perdido alguns capítulos. Essa novela ensinou muito da vida da gente.
    PARABENS.

  • Dany diz: 3 de março de 2012

    Como algumas pessoas, eu também queria que o Rodrigo ficasse com a Ana, pois acompanhei a novela toda e sempre torci para os dois. Mas eu acho que só quem estava com o coração e a mente aberta conseguiu entender o final da novela, que foi muito emocionante. Os e-mails trocados entre Ana e Rodrigo foram uma espécie de explicação para o público e foi muito legal, a conversa do Gabriel com a Manu também. Eu acho que é isso, tem muito de realidade no final da novela. O tempo passa e só ficam as lembranças, nunca vai ser do mesmo jeito, assim falou Lourenço enquanto Rodrigo olhava o Rio em que ficou com Ana,acho que isso foi muito esclarecedor.
    Eu adorei o final da novela, aliás adorei a novela, realmente muito boa, uma estória diferente das quais todos já estavam acostumados a ver à anos.E Parabéns a autora!!!!

  • Mariana Costa diz: 3 de março de 2012

    Eu gostei da novela em si… relatou muito da “vida da gente” … onde nem tudo dá certo como a gente espera… .com idas e vindas… nao precisou de cenas de sexo, nudez, violencia pra mostrar que pode prender o publico e contar uma historia gostosa… nao precisou de bandido, nem vilão… mostro apenas o amor… tao esquecido nos dias de hoje…

  • Sílvia diz: 3 de março de 2012

    Fiquei muito feliz com este final de novela,foi uma novela simples sem grandes firulas mas que tenho certeza todos nós nos enxergamos ali,final muito coerente,pois na vida a gente erra,acerta,tenta de novo.Parabéns pra autora e as atrizes maravilhosas dessa novela que se destacaram muito mais que os homens.Era uma novela muito feminina.

  • marcia diz: 3 de março de 2012

    gostei,foi bem a vida do brasileiro mesmo.

  • Lili diz: 3 de março de 2012

    Com eu disse em outro post, o final foi lindo MAS os casais não me convenceram nem um pouco!!! Aqui vai novamente minha análise, rs:

    Por um lado foi lindo, emocionante, com belos discursos sobre o tempo e as mudanças da vida. Devido às circunstâncias da vida real, muitas vezes não se vive o “felizes para sempre” ao lado do primeiro amor. Então é bom ver que a vida continua e novas pessoas cruzam os nossos caminhos (como foi o caso do Lúcio com a Ana), o tempo cura as feridas e é sempre possível recomeçar.

    Mas, francamente, nem o último capítulo conseguiu me convencer de que Rodrigo sentia por Manu mais do que um amor fraternal… Pelo contrário, ficou parecendo que o fator determinante que o fez ficar com a Manu foi a enorme GRATIDÃO por tudo o que ela fez por ele e pela filha (em especial a cirurgia de transplante). Nesse ponto, eu repito: amor entre um casal tem sim a ver com respeito, cumplicidade, amizade, parceria, mas vai muito além disso. Se tais atributos fossem suficientes para manter um relacionamento todo mundo se casaria com o melhor amigo. PAIXÃO, como a de Rodrigo e Ana, que muitos subestimam por ter tido início na adolescência, de modo algum é desnecessária em uma relação… pelo contrário, é o primeiro estágio rumo ao amor pleno.

    Rodrigo mesmo após todos os anos em que a Ana esteve em coma manteve a \”paixão\” por ela acesa, fato notório já que ele durante quase toda a novela CORREU ATRÁS DA ANA, e esse sentimento só não amadureceu porque a Ana vivia se sentindo culpada pela irmã e a Júlia não conseguia aceitar o relacionamento (e não acho que a Ana tenha sido fraca ao se afastar do Rodrigo pois optou pelo caminho que naquele momento ela achava melhor para a filha). Com o perdão da Manu e o amor da Júlia já conquistado pela Ana, todos os obstáculos haviam saído do caminho e Rodrigo e Ana poderiam finalmente viver o que sentem um pelo outro. Ainda que descobrissem depois que não era amor, mas somente uma paixão interrompida, seria mais coerente que tivessem tentado efetivamente do que simplesmente terem percebido isso \”do nada\” como aconteceu na novela.

    Concordo com todos que entenderam que o grande erro da autora foi deixar essa drástica mudança de rumo pro último capítulo, quando poderia ter mostrado aos poucos que o sentimento de Rodrigo por Ana, por exemplo, já não era mais o mesmo (ora, poucos capítulos atrás ele estava desesperado implorando pra ela não se casar com Lúcio!). Acho que foi uma forma encontrada para manter o suspense que acabou resultando em um final bonito, mas incoerente.

    ps: Quanto aos demais personagens, gostei dos finais… Só o bebê da Celina que realmente demorou séculos pra nascer, rsrs… Acho que a autora deixou pro último capítulo pq o nascimento de uma criança é bem apropriado com discursos sobre o tempo. Abraços, galera!!!

  • Morena diz: 3 de março de 2012

    Minha visão das cenas: se perceberem o que Rodrigo diria a Manu foi dito no email, a DR que ele teve com Manu depois de sua chegada a casa dela e que não vimos teria aquele tom, ali expressava tudo, o que ocorreu com ele, com os sentimentos dele e o que fez ele se tornar o homem inteiro que ela merecia.
    Até na forma como ele começou o email já distingue os sentimentos dele de Manu e Ana: no email para Manu: meu amor, para Ana: minha querida.
    A declaração de amor foi a cena do hospital, cheia de simbolismos: diziam que Rodrigo correu o tempo todo atrás de Ana, e, por isso, muitos queriam que Rodrigo corresse atrás de Manu por algum tempo, a autora não fez isso antes, mas o fez simbolicamente, no final Rodrigo correu para Manu, já sabendo que ali estava um homem inteiro, de forma definitiva, mesmo sabendo que ela não ouviria, sem qualquer intenção de ser retribuído.
    A cena deles na casa, penso, foi uma forma de mostrar que Rodrigo não voltaria assim do nada para Manu, não seria em um instalar dos dedos dele (a recusa dela em deixar ele dormir lá mesmo com Julia pedindo).
    A cena de Gabriel e Manu foi para explicar os sentimentos de Manu por Rodrigo, e de o porquê Gabriel parecia ser um personagem avulso, tão alheio aos fatos ocorridos com a namorada.
    É claro que como todos acho que faltou um beijo entre eles ou pequenas cenas fofas do cotidiano deles, de resto perfeito.

  • Julia diz: 3 de março de 2012

    Gente… simplesmente lindo!!! chorei do início ao fim! Final perfeito e coerente para todos os personagens… Lindoooo Ana e Lucio juntos, Manu e Rodrigo felizes… A Julinha radiante!!! A melhor novela dos ultimos tempos…

  • Simone diz: 3 de março de 2012

    Concordo com a Patrícia, eu amei a Manu e o Rodrigo terem ficado juntos, afinal o que ele sentia pela Ana era só uma paixão adolescente, amor foi o que ele construiu com a Manu.

  • Marisa diz: 3 de março de 2012

    Final EMOCIONANTE!
    Só entendem isso os FORTES! Os fracos de alma reclamam e acham que não teve felicidade!
    Pois como a Iná mesmo falou no discurso o TEMPO É MESTRE e ele que mostra quando ALGO (no caso do AMOR DO RODRIGO PELA ANA E VICE VERSA) passou mais eles não entendiam isso! e SIM que o TEMPO mostrou que era hora deles se libertarem do AMOR QUE CONTINUAVA! Caso não lembrem dos emails trocados entre eles! Que adorei!
    Foi lindo, amei… melhor novela PRA MIM!

  • ana diz: 3 de março de 2012

    O final da novela ontem foi relamente emocionante, aliás, como todo o transcorrer da novela.

    Confesso que também senti falta de uma reaproximação maior entre Manu e Rodrigo, um envolvimento mais intenso,esse ponto para mim foi a única lacuna que houve.

    Ressalto a forma maravilhosa que a autora encontrou para expor situações que podem acontecer com qualquer pessoa. Todos os personagens viveram e dividiram seus dilemas de forma intensa conosco. Todos possuiam uma história complexa, com problemas, conflitos existenciais e alegrias.

    De todas as novelas que já assisti essa foi, com certeza, a que conseguiu melhor explorar seus personagens, todos viraram meio que protagonista, não ficando apenas focada no desenrolar dos personagens principais.

    A autora foi além e mostrou que as mocinhas também erram, falham, têm defeitos pois afinal são humanas e por isso também são um pouco egoístas e indecisas, somos mesmo assim. Sem falar nos viões, que na vida real não são cem porcento maus, também possuem qualidades e por fim, nem sempre se regeram, são presos ou morrem, apenas seguem seu errôneo caminho.

    Parabéns a autora,

    Sentirei saudades da novela.

  • Anjo Colorado – Zé diz: 3 de março de 2012

    Alguns estão brabos pelo simples fato de Ana não ter ficado com Rodrigo, mas, sim, Manu. Viram nisso uma derrota.

    Vamos ser bem claros.

    Como foi dito aqui nem sempre a gente termina com o primeiro amor da vida da gente. Rodrigo foi o primeiro amor de Ana e vice e versa, mas não significam que eram definitivamente o grande amor um do outro.

    Na vida real a gente tem o primeiro amor, mas nem sempre ficamos com essa pessoa. A vida é assim mesmo. Essa novela terminou sem ser um conto de fadas moderno.

    Manu não foi vitoriosa sobre Ana só porque ficou com Rodrigo.

    /’aline diz:2 de março de 2012

    SIMPLESMENTE ODIEI, não tenho nem palavras pra expressar a minha insatisfação com este final, foi totalmente decepcionante!!!
    Kadê a Ana a Rodrigo no final, criando a filhinha deles???/’

    Não assistiu até o fim? A novela terminou com Ana e Rodrigo criando a filha deles… juntos com Manu e Lúcio.

    Todos os 5 estavam felizes.

    Agora alguns conselhos:

    - Quem achou que Ana era uma vagabunda, precisa de um curso de interpretação de texto;

    - Quem achou que Manu era uma vagabunda, precisa de um curso de interpretação de texto;

    - Quem achou que Eva era uma pessoa que dizia verdades e admirava sua franqueza, precisa de um curso interpretação de texto;

    - Quem não entendeu o sofrimento e a confusão de Júlia ao rejeitar Ana e ficaram co raiva, precisa de um curso de interpretação de texto;

    Quem não entendeu que a rejeição de Júlia por Ana era parte de seu sofrimento e confusão e vibrou como algo justo e admirável, precisa de um curso de interpretação de texto.

    Mas em geral foi muito bom participar dos posts da novela “A Vida da Gente”. São tantas as pessoas nem vou me arriscar a citar algumas temendo a injustiça de esquecer de alguma.

    Não pretendo acompanhar a próxima novela das 6 por causa de sua temática espírita, especialmente porque tem pessoas com poderes. Se eu quisesse assistir uma novela de pessoas com poderes eu ficaria com “Caminhos do Coração” da Record que era cheia de mutantes capazes de voar, correr a velocidade da luz, derrubar uma parede de aço e lançar raios pelas mãos ou pelso olhos.

    Iná era mística, mas seus “poderes” não influenciaram a novela de maneira importante.

    Não estava acompanhando as outras novelas, então ficarei meio ausente nesse blog.

    Uma abraço a todos e desculpem se fui meio grosso em certas coisas.

    Grande novela!

    P.S.

    O que houve com o cachorro que Ana comprou pra Júlia??????

  • Juju diz: 3 de março de 2012

    Foi bonito sim, emocionante, mas ficou uma idéia de conformismo. Como se fosse mais fácil cada um ficar com o par que lhe dá segurança. Normalmente é o que escolhemos na vida, mas quando assistimos novela queremos superação, romance.
    A parte mais romântica da novela toda foi Ana e Rodrigo e a mais emocionante do final foi eles dizendo que o amor se transformou, o encontro entre os casais, foi só arranjo da autora que não durou nem 5 segundos.

  • Elisabete diz: 3 de março de 2012

    NOSSA QUE DELICIA!!!
    Acho que todas as outras novelas da globo atualmente perderam a graça, chega de viloes imperduaveis que no ultimo dia, vai preso morre ou foge. Chega de mocinhas sempre santinhas e melhores que todo o resto dos personagens. Chega de desequilibrados que vão para uma clinica ou melhoram e se regeneram.
    Concordo que gostaria que tivesse mais cenas romanticas entre Rodrigo e Manuela…..Mas de verdade nem sei quanto tempo tem que uma novela me faz ficar com os olhos rasos d’agua! Que delicia assistir essa novela, de uma forma simples e delicada fui levada a analisar nao o final escolhido pela autora, mas tambem minha vida em funçao das tantas transformações o tempo me trouxe. Um final culto, parecia que estava lendo um lindo livro. Na verdade não sei se gostaria que Rodrigo e Manuela ficassem juntos, mas a forma como os textos foram colocados, explicando os sentimentos, explicando a vida da gente….fiquei encantada. E no final, na nossa historia real, nao existem grandes, viloes, grandes assassinos, pessoas tão boas, ou tão certinhas. No final somos seres humanos, cheios de falhas, somos fracos, estamos sujeitos e erros e acertos, amores e desilusões. No final somos assim mesmo, só aprendemos a dar valor quando vemos que estamos perdendo algo muito importante…… e claro, a todo momento, existirao problemas, obstaculos, confusões que teremos de enfrentar. Seja quando for, ou a idade que tivermos, ou com quem escolhermos ficar.Portanto, nao existe, nem nunca existira um final com felizes para sempre na vida da gente. Parabens a Licia, ao elenco e aos diretores, tenho certeza que todos se envolveram nao so com o trabalho, mas com a historia da novela e da vida de cada um de voces. Ah, e claro, nosso muito obrigado.

  • jo diz: 3 de março de 2012

    A novela tiInha td p ser linda como no começou,mais no decorrer do texto ela se perdeu e deixou a desejar!Meus pesames SENHORA LM.VC N NASCEU P SER AUTORA,N TEM O DOM SABE!o publico qr entretenimento,e as novelas dependem do publico p ganhar dindim é como um comercio sabe,sem o cliente o comercio pode falir,se não agradar!CAI FORA OU VAI P MEXICO SER AUTORA POR LÁ !

  • RENATA VARGAS diz: 3 de março de 2012

    Juju concordo com você! A parte mais gostosa da novela era a esperança de enfim Ana e Rodrigo ficarem juntos. Ana sofreu muito, não teve a oportunidade de ficar os primeiros anos com a filha, que por sinal a Manu se apoderou da garota, e além disso perdeu seu grande amor, durante toda a novela Rodrigo correu atrás de Ana, que por sua vez também sempre o amou. Bom o final venceu a gratidão e não o amor que todos gostariam de ver. E o final ficou assim: “E viveram conformados e gratos para sempre” É uma pena a opinião da maioria não ter sido ouvida, além de ignorar as próprias enquetes do site da novela.

  • RENATA VARGAS diz: 3 de março de 2012

    E o final ficou assim: “E viveram conformados e gratos para sempre”
    Detalhe: o amor de Ana e Rogrigo era tão grande que a autora nem os colocou para fechar o ciclo cara a cara. Não tinha como né! A novela toda eles se amavam!
    É realmente incoerente o final!

  • MARTHA diz: 3 de março de 2012

    AS PARTES Q ME FIZERAM FICAR EMOCIONADA,E BOTOU P LÁ DE LINDOS SÓ FOI ANA E LUCIO.NO ABRAÇO (NO HOSPITAL)NA CONVERSA Q QDO A CENA TAVA TÃO LINDA E A ENFERMEIRA VEIO E ATRAPALHOU O CLIMA…E ATÉ O MOMENTO Q ANA FOI AO ENCONTRO DO LUCIO NO AP DELE,ELA PULOU NOS BRAÇOS DELE FICOU DE PONTA DE PÉ COM SUAS SAPATILHAS VERMELHAS.E SE ABRAÇARAM.A FERNANDA E O THIAGO LACERDA BRILHARAM NO FINAL DA NOVELA.Q CASAL LINDO.JA A MANU E RODRIGO Q FINAL MAIS SEM NOÇÃO SEM GRAÇA KKKKKKKKKKKKKK,AQUILO É AMOR?!MUITO RUIM O FIM DELES NOTA: 0,5.N TEVE NADA COMPLETAMENTE NADA DE DE EMOÇÃO ENTRE MANU E RODRIGO A NOVELA INTEIRA SEM GRAÇA ENTRE ESSE CASAL…TALVEZ A MANU N TENHA QUIMICA C NINGUEM,ACREDITO Q COM O GABRIELPODERIA DAR CERTO!MAIS COM O RODRIGO TÁ LONGE DAQUILO SER AMORRRRRRRRRRRRR,ESTÃO MAIS P DOIS MORTOS VIVOS VIVENDO JUNTOS! CASAL MAIS SEM GRAÇA!NOSSA SENHOR A QUIMICA DELES ESTÁ DO OUTRO LADO DO MUNDO.NEM OS IDOSOS DA NOVELA!!!RS..TINHAM MAIS QUIMICA DOQUE ELES.OLHA AÍ P QM TAVA TORCENDO PELO CASAL MAIS SEM GRAÇA DA TV BRASILEIRA,FOI ESSE FINAL FULEIRO Q ELES TIVERAM BEM FEITO KKKK

  • Karina Avelar diz: 3 de março de 2012

    Foi o final merecido, pois era ”A Vida da Gente” e não ”Um conto de Fadas” é o que de fato retrata a vida, sem cortes, com verdade assim como nem sempre pessoas más tem o fim que merece! Mas deixo bem claro, com certeza foi a melhor novela dos últimos tempo, precisamos mais disso na telinha.. Por favor, chega de ilusões, mostrem a vida como é com imperfeições, sim, imperfeições que nos fazem aprender a conviver com pessoas e que todos estamos sujeitos a erros e acertos, injustiças que contecem diariamente que nos fazem forte e que nos ensina a viver.. Uma ótima novela! Espero o próximo trabalho dessa Autora maravilhosa, que mostrou de não precisa ”contar mentiras para chamar a atenção do público”! Parabéns.. Principalmente a Marjorie Estiano que mais uma vez deu um show, maravilhosa em tudo que faz, que emocionou nos fazendo sentir com ela cada lágrima! ótima cantora, ótima atriz, como sempre um trabalho feito! Um trabalho PERFEITO! ;)

  • Thamires diz: 3 de março de 2012

    LINDO! Foi realmente maravilhoso, ainda não conversei com uma pessoa que não tenha gostado.. inclusive, aqueles que torciam por Ana e Rodrigo. O problema, talvez, é que muitas pessoas estão acostumadas com aqueles finais de novela fora da realidade, sem nexo.. onde todo mundo pe feliz pra sempre, se regenera ou morre! Não, isso não existe! É muito difícil uam pessoa com desvio de caráter mudar de verdade e nós sabemos disso. Novela boa é a que retrata a REALIDADE! O final de Eva foi perfeito para mostrar isso. Jonas,se realmente existisse, seria assim.. ele sempre encontraria uma mulher para ficar ao seu lado, afinal, ele é rico e poderoso.. e essa é a realidade. Foi perfeita a última cena da novela.. Rodri, Manu, Júlia, Ana e Lúcio. Como ainda tem gente que não consegue ver amor ali? Isso sim é amor. O amor construído por Manu e Rodrigo, vencendo barreiras, e apesar de tudo sempre esteve ali.. gardadinho, esperando.. e agora, Rodrigo estava inteiro pra Manu. E Lúcio e Ana? Linda a cena! Ele disse que era PAI DA JÚLIA. Meu Deus, se alguma mão ouvisse isso de um homem tão especial como ele? Amor recíproco com certeza. Não vi nenhum casal pela metade, não vi faltar de amor e nem de equilíbrio. Vi pessoas extremamente felizes, ao lado daqueles que amam.. esse sim é o final que todo mundo espera da vida.
    Quem REALMENTE entendeu a novela, sabe que não poderia existir outro final.

    #Apaixonada, adorei todos os seus comentários.. sentirei falta deles :D

    Grande beijo a todos!

  • Jean diz: 3 de março de 2012

    Aconteceu o final que eu queria, mas acho que a autora pecou um pouco mesmo na execução.

    Achei o final de Ana e Lucio bem coerente. Só quem não entendeu a novela pra achar que a Ana não amava ele. Só que a Ana se mostrou durante 99% da novela uma pessoa insegura das suas decisões e não conseguia entender o que sentia. Mesmo assim em vários momentos passados ela já tinha afirmado amar o Lucio e a depressão serviu pra ela botar as idéias no lugar e entender seus sentimentos.

    Por outro lado nada justifica o Rodrigo e a Manuela do jeito que foi. Eu torci pra este casal boa parte da novela, mas a verdade é que Rodrigo estava dividido entre as duas até Manu ir pra Floripa, depois disso ele praticamente esqueceu da ex-mulher a novela toda! Só voltou a lembrar dela nas duas últimas semanas.

    Se a Lícia queria que o casal só ficasse juntos aos 45 do segundo tempo, no mínimo devia ter feito pelo menos uma cena com o Rodrigo explicando seus sentimentos. Falando pro Lourenço, pra irmã, ou pra própria Manuela, que ele tinha se sentido tão mal por ter magoado a ex-mulher do jeito que magoou que não tinha nem coragem de ter uma conversa de igual pra igual com ela. Mas nem isso tivemos, então fica meio que como se magicamente ele descobrisse o amor da sua vida no fim, ou como outros dizem, se conformou em enterrar a relação com a Ana.

    Mais 10 minutos de capítulo e acho que o final teria sido ótimo…

  • Karina Avelar diz: 3 de março de 2012

    Foi o final merecido, pois era ”A Vida da Gente” e não ”Um conto de Fadas” é o que de fato retrata a vida, sem cortes, com verdade assim como nem sempre pessoas más tem o fim que merece! Mas deixo bem claro, com certeza foi a melhor novela dos últimos tempo, precisamos mais disso na telinha.. Por favor, chega de ilusões, mostrem a vida como é com imperfeições, sim, imperfeições que nos fazem aprender a conviver com pessoas e que todos estamos sujeitos a erros e acertos, injustiças que contecem diariamente que nos fazem forte e que nos ensina a viver.. Uma ótima novela! Espero o próximo trabalho dessa Autora maravilhosa, que mostrou de não precisa ”contar mentiras para chamar a atenção do público”! Parabéns.. Principalmente a Marjorie Estiano que mais uma vez deu um show, maravilhosa em tudo que faz, que emocionou nos fazendo sentir com ela cada lágrima! ótima cantora, ótima atriz, como sempre um trabalho feito! Um trabalho PERFEITO!

  • Yone diz: 3 de março de 2012

    Eu de novo pois esqueci de dizer umas coisas:

    Não sei quem escreveu que a nova novela em temática espírita? Não estou vendo TV aberta e por isso não vi as chamadas, mas se for assim até penso em seguir esta novela também.

    DICAS:

    Gente! Estive olhando o site da novela e tem ali coias bem interessante.
    Clicando no link onde Ana Beatriz Nogueira e Gisele Fróes comentam sobre suas personagens, mostra cenas de EVA e MANUELA logo após o acidente. Ana está sendo operada, Manuela não sabe o que aconteceu com a irmã. manu está em desespero e quer notícias. Eva dribla o pessoal do hospital. Ela teve um piti e a colocaram num leito para descansar e deram-lhe um calmante para apagar. Eva não tomou o remédio e o escondeu na boca. Assim que a enfermeira sai do quarto, ela tira o comprimido da boca, sai do quarto, anda pelo hospital atrás da EMERGÊNCIA. Entra na ala e vai ao quarto de Manuela. Ali a filha em desespero implora por notícias de Ana. Eva lhe dá da pior maneira possível ainda tem uma briga feia com Manuela. Feia mesmo em que até chama a filha de VACA.
    Me lembro desta cena e a revi. Muito boa e olha… duas atrizes FANTÁSTICAS! Vale a pena ver de novo.

    Outra dica é no link onde Jayme Monjardim fala sobre a cena do acidente. A gravação foi feita numa piscina. Marjorie e Fernanda ficaram 40 MINUTOS debaixo da água e dentro do carro submerso. Vez por outra davam-lhes oxigênio para continuar a gravação. Marjorie nem sabe nadar. E a bebezinha participou junto pois está acostumada a fazer natação, por isso foi fácil pra bebe. Mas na cena dentro de carro, nota-se que é um boneco, daqueles que de tão perfeitos parecem humanos.

    Muito interessante o que Jayme diz e a cena da gravação melhor ainda!
    Recomendo olharem.

    E pra quem quer ter capítulos para a eternidade, olha, tem cenas no youtube e é só conseguir baixar um conversor de vídeos e assim pode ter pra sempre essa novela. Ou procurar num site em que guarde capítulos de novela e tentar baixar os desta.

    Um abraço!

  • Milena diz: 3 de março de 2012

    Não gostar do fim da novela não significa não entender. Vamos respeitar a opinião alheia.
    Eu achei que, após tudo que a Manu fez para ajudar o Rodrigo, ele ainda precisou que ela doasse um fígado para a filha e quase morresse para voltar para ela. Seria amor ou gratidão? Fica difícil distinguir isso diante de uma mulher tão maravilhosa que sempre salva ele nas horas de necessidade. Qualquer homem voltaria por ela, mas feliz completamente? Não sei… A autora deveria ter reforçado o amor homem e mulher e não só o companheirismo e o carinho entre esse casal. Eles estão na casa dos 20 e não dos 60.
    Já Ana e Lúcio, mas fácil de acreditar, afinal, a Ana tinha uma escolha, sempre teve. Os dois lutaram muito por ela e ela ficou com cada um deles quando quis.

  • Morena diz: 3 de março de 2012

    Apaixonada,
    sobre a cena do Rodrigo desfocado é como se ali Rodrigo se libertasse do seu sentimento de paixão (amor idealizado) por Ana e fosse atrás do amor real.
    E quem disse que Manu foi segunda opção de Rodrigo, entendeu o email dele, as falas dos personagens, como, por exemplo, a conversa de Alice e Renato, na qual falaram sobre a idealização do outro, o desconhecido é o terreno ideal para a fantasia.
    O final foi mais uma vez reafirmando o que sempre foi colocado que Rodrigo amava Manu: não faltou uma declaração de amor para Manu, por que ela estava ali o tempo todo na novela e, no capíutlo final. Esteve presente quando Rodrigo diz que morreria se a perdesse, na forma como a beijou, suas lágrimas caindo, de uma forma não egoísta, diferente da forma como ele se declarava a Ana, pois sabia que ela não retribuiria.
    Nos olhares trocados por eles (e vimos isso na cena em que ele a leva em casa) e depois apontado por Gabriel dizendo a Manu que que eles assim, de um jeito só deles (mais um personagem percebendo que eles se amavam, que Rodrigo a amava).
    Nanda falando sobre a necessidade de um parceiro em sua conversa com Manu (o que nos faz relembrar a frase de Iná para Manu: ele é o seu parceiro de vida).
    Julia dizendo que sentiu falta do cheirinho da casa, nos remetendo a cena em que Lourenço disse a Rodrigo que a casa tinha ar de felicidade e ele responde que isso se devia a Manu.
    É claro que como todos acho que faltou um beijo entre eles no final. De resto, final perfeito

    —————–

  • Mi diz: 3 de março de 2012

    Lili, perfeito o teu comentário.
    A autora tentou fazer muito suspense e acabou deixando o amor entre Rodrigo e Manu muito fraternal. Companheirismo, gratidão e amizade são essenciais numa relação, mas tem ter ali um foguinho para distinguir a esposa de uma grande amiga. Faltou essa chama entre Manu e Rodrigo. Não precisava ser um incêndio como ele tinha com a Ana, mas algo além de um grande companheirismo e gratidão.
    Também achei horrível poucos capítulos antes ele ter implorado para Ana não se casar e pior ainda, ao saber da briga entre as irmãs, ir atrás da Ana. Ele deveria, em algum momento ter optado pela Manu. Ela merecia algo mais.

  • Apaixonada diz: 3 de março de 2012

    Cláudia Daenekas e Morena,

    Desculpe amigas, acho que não citei vocês acima, mas adorei trocar opiniões com vocês. Aliás o comentário de vocês foi perfeito. Morena eu também senti isso, os olhares e as atitudes falaram mais do que tudo. A cena do Rodrigo correndo em direção a Manu foi digna de cinema, linda… e por isso eu só queria fazer três críticas que nada diminui a beleza do último capítulo mas acho que faria a diferença no nosso coração kKK

    1º na hora que o Rodrigo chega na casa de Manu ela se assusta aí ele sorri, faltou a câmera voltar no rosto da Manu para a gente ver ela aceitando o momento, não precisava de palavras nem beijo, só o olhar da Manu desprotegida e apaixonada que a gente conhece, como fizeram com a Ana e o Lúcio.

    Aliás disseram por aí que a Lícia protegia a Manu então eu posso dizer que o Jayme protege a Ana. Porque nada vai ao ar sem a aprovação dele, e eu acabei de ver duas fotos no site oficial que me chamou a atenção e aí vai minhas outras duas críticas:

    Eu não sei se pode postar fotos aqui, vou tentar. A primeira é a do abraço que o Rodrigo deu na Manu e que o Gabriel viu. O foco que deram na cena eu tive a impressão que a Manu nem tinha abraçado o Rodrigo e na verdade eles se abraçaram sim como pode ser visto na foto que está na coletânea de foto do site sobre a doença da Julia.

    Outra coisa é o momento em que o Rodrigo se derrama em beijos na Manu um dos beijos é na boca e na cena não mostra. Mas tem uma foto mostrando.

    Ou seja as duas emoções foram diminuídas na edição. Mas tudo bem, eu fiquei feliz demais com o final e encantada pelo fato de nenhuma história ter sido esquecida, todos tiveram uma importância incrível no final e isso para mim é respeito pelo trabalho de toda a equipe. Lícia saiu do clichê pode estar recebendo muitas críticas mas também conquistou uma legião de fãs. As próximas novelas dela já vou assistir com o coração aberto para me emocionar, aprender, reviver….

    Claro que a Marjorie e a Fernanda são destaques na novela, mas o Rafael Cardoso deu um show no último capítulo ele se destacou em todas as cenas. A gente conseguiu perceber cada emoção dele, a emoção com a noticia de que Júlia e Manu estavam fora de perigo, o sufocamento e o desejo de expor o que estava sentindo quando saiu correndo do hospital, o desejo de suplicar para ficar quando a Manu não permitiu… ele foi perfeito. Imagina ele fazendo aquela cena no hospital, a gente estava vendo as imagens ele não. Foi muito convincente. Aliás a narração do email foi perfeita a parte feita por ele, a Fernandinha chorou demais eu tive que assistir de novo para entender tudo com clareza.

    Mas enfim… a novela acabou com aquele gostinho de quero mais. Como você disse Morena, a gente ficou com vontade de conhecê-los, de fazer parte da história.

    Não consegui postar as fotos uma está nesse site http://www.correio24horas.com.br/noticias/detalhes/detalhes-1/artigo/ana-fica-com-lucio-e-manu-volta-com-rodrigo-no-final-de-a-vida-da-gente/

    e a outra no site oficial.

    Abraço meninas!!!!

    Só mais uma coisa: Fiquei até com vergonha do final que eu tinha escrito, com Paris, Londres… a Lícia foi muito melhor e com tudo bem mais simples. Mas uma coisa eu acertei o Rodrigo precisou voltar à Lagoa Azul para encerrar sua história com a Ana. Só que ele foi sozinho. Melhor assim, não correu riscos kkk kkk

    Bom… agora eu vou. E com certeza eu vou assistir a novela de novo hoje… e com outro olhar… porque eu não sou mais a mesma de ontem!!! kkk kkk

    Fiquem bem meninas… uma hora eu apareço por aí!!!!

  • Mérici diz: 3 de março de 2012

    Eu gostaria de parabenizar o elenco e a autora, pois a sensibilidade das palavras colocada a cada personagem para expressar a importancia do companherismo, da cumplicidade, da necessidade que temos de refletir e nao simplesmente viver… foi LINDOOO… Cada palavra da Vó Iná levaram-me äs nuvens da reflexão do que faço com minha vida e o que quero… quero ter cotagem de viver… errar … e olhar para o tempo e agradecer por tudo que vivi… PARABÉNS GRANDE AUTORA!!!

  • Michelle diz: 3 de março de 2012

    Nem perdi meu precioso tempo vendo esse final PIADA dessa novela que tanto gostei no inicio! Cade o amor dos protagonistas? Simplesmente a sonsa e ridicula da Manuela que se deu bem ficando com Rodrigo, outro abobado! Ah fala serio essa autora deve ser banida da globo por esse final ridiculo que eu achei um desrespeito com os telespectadores que acompanharam por meses! Torciamos por um final feliz que nem o tempo apagou! E esse Lucio por favor que homem idiota depois de ser abandonado 50 x ainda quis a Ana? Como assim? E o amor proprio! So tenho uma palavra para sescrever esse final LAMENTÁVEL!!!!!!!!!!!

  • Luci diz: 3 de março de 2012

    pois é gente… Não gostar do fim da novela não significa não entender. Vamos respeitar a opinião alheia. MILENA, MUITO BEM DITO!!!! Mas enfim é a vida da gente nem sempre é como esperamos, muitas vezes tomamos rumos os quais nunca teriamos se nao fosse o ciclo natural da vida, assim como muitos, queria que Ana e Rodrigo tivessem tido a oportunidade de viver o amor interrompido ou tivessem descoberto o final deste amor após ter VIVENCIADO o mesmo, parte daí o inconformismo deste final. Entender acredito que todos entenderam… ACEITAR É DIFERENTE DE ENTENDER. Só aceita-se o incoerente quando se é CONFORMADO, na minha opinião a VIDA DA GENTE é pra ser lutada e nao simplesmente aceitar aquilo que é mais cômodo… mas enfim novela linda, pena que prevaleceu o amor fraternal e não o amor entre um homem e uma mulher…

  • LARA diz: 3 de março de 2012

    Eu adoreiiiii o final!!!! Que alívio
    Lavei a alma de corpo e tudo… foi lindoooo!!!
    Só faltou o beijo da Manu com o Rodrigo e do Lúcio com a Ana pra ficar perfeito.
    A novela terminou coerente com o que a autora quis mostrar com os diferentes sentimentos que temos (paixão x amor) e que temos que escolher o que é melhor para nós. Quem não entendeu a novela… paciência

    A história do Rodrigo e da Ana era um romance não vivido e por isso inacabado,
    A doença da Júlia fez os dois se aproximarem e descobrir que o tempo havia passado e eles tinham amadurecido e a paixão havia acabado!!!
    Porque o grande protagonista da novela é o tempo!!!!

  • Jaburu diz: 3 de março de 2012

    Achei o final dessa novela r-í-d-i-c-u-l-o! Essa autora é muito sem noção. Nunca vi tantos personagens indecisos em uma novela. Ninguém sabia o que queria e no final todos tiveram uma epifania! Nunca mais assisto nada feito por esta mulher. A bem da verdade, um final idiota já era previsível pois a novela toda foi um horror (e uma chatice) só. Mas deixar aquela songamonga da Manu ficar com o Rodrigo, que também era um ser vegetativo de tão sem sal, foi a gota d ‘água.

    Aliás a Globo anda pródiga em novelas imbecis. A novela “Aquele beijo” também, meu senhor! Tem que ter muito saco para aguentar.

    Espero que a safra de autores melhore, caso contrário, a nossa única opção vai ser importar novelas de autores portugueses e mexicanos, que atualmente ainda estão melhores do que as nossas. Cáspite!

  • Priscila diz: 3 de março de 2012

    Final ridiculo….. Não por Rodrigo ter ficado com a Manuela, mas sim por todo o tempo que ele fico implorando pra ficar com a Ana, dizendo que a amava, sem nem se quer demonstrar um minimo de afeto pela Manu, ela merecia bem mais……
    A Ana tambem disse com todas as letras que amava Rodrigo e tals…. Ambos tiverão tempo suficiente para pensar em ficarem só, e voltarem para suas vidas com lucio e manu….
    Mas num fim sem nexo e incoerente, resolveram deixar o sentimento de gratidão ser maior que o amor que sentiam um pelo outro….

    assistir essa novela foi realmente um tempo perdido…

  • Jo diz: 3 de março de 2012

    Ridiculo!! A novela foi do início ao fim em torno do amor do Rodrigo e da Ana, para no final, ele ficar com a sem sal da Manu. Claro que o Lucio foi um belo prêmio de consolo, mas mesmo assim, o Rodrigo deveria ter ficado com a Ana. DECEPÇÃO TOTAL. A novela foi linda do início até a última semana…. lamentável….

  • Amandha diz: 3 de março de 2012

    Nas primeiras semanas de novela eu achava q esse novela era digna de “horario nobre”, mas eu estou completamente decepicionada com esse final.
    A Ana passou por tudo q ela passou, “viveu uma historia de amor linda com o Rodrigo q so conseguiu durar praticamente vinte quatro horas, aturava aquela mãe que exigia dela mais do q ela podia dar, teve uma filha q ela nem pode registrar, sofreu um acidente q a deixou em coma por 5 anos, acordou e viu tudo q ela perdeu por um simples blog.” e no final ainda teve q se contentar com um relacionamento q seria mais como um premio de consolaçao. Equanto a manuela q se aproveito d seu acidente pra roubar toda a sua vida, “sua filha Julia (tendo a criado como se fosse sua mae e n como tia q seria o certo), tendo roubado o seu grande amor rodrigo( q nunca demonstrou nenhum sinal de amor como homem pela manu e vivia uma relaçao praticamente de amizade, o mesmo sentimento q ele sentia pela nanda)” e no final ainda ficou com o rodrigo.
    Nossa Licia! n precisava jogar esse balde de agua fria em quem verdadeiramente acredita no amor!
    Na vida da gente n é td perfeito, mas a gente n tem q se contentar com o mais ou menos, ou ficar confundindo amor com amizade. Viver so de paixao n dá, mas é PRECISO mais q amizade p ter um relacionamento feliz. As pessoas se enganam quando pensam q podem contruir amor atraves do tempo, vc pode viver cinquenta anos em armonia com uma pessoa sem ama-la, mas n consegue ser completo nunca, sempre faltara algo. Foi exatamente isso q eu vi nas despedidas de ana e rodrigo “comformaçao, desistencia” e com as seguintes palavras subentendidas nas entrelinhas “A gente tentou, mas n deu. eu vou sofrer pro resto da vida com esse amor q n da certo e sempre vou esta pensando em vc, VAI SEMPRE FALTA ALGO!”.
    Eu so tenho a dizer q a gente ve novelas porque nelas os errados sempre são punidos, amor e a paixao sempre vencem e muitas das vezes são as novelas q nos dao força p acreditar q um final feliz ainda é possivel se lutarmos p telo. Mas a autora estragou todo o encanto das novelas escrevendo esse final pior q “romeu e julieta” q pelo menos prefiriram morrer de amor do q se contentar com uma vida mais ou menos como consolo. Resumindo esse foi um belo de um FALSO FINAL FELIZ!

  • Nani diz: 3 de março de 2012

    Gente não era o final que eu esperava, mas confesso que fiquei emocionada e entendi perfeitamente a mensagem que a autora quis passar.
    Novela linda, com conteudo familiar, fazendo a gente perceber que existem muito mais pessoas boas nesse mundo do que pessoas más.
    Pessoas dispostas a passar por cima de tudo por amor, amor a um filho, amor a uma irmã, enfim todos os tipos de amor que existe na vida de cada pessoa.
    Mostra que amores aparecem na nossa vida a todo momento e que eles não acabam, mas permanecem ali para sempre, guardados na forma de carinho e que uma hora precisamos escolher com qual deles queremos passar o resto de nossas vidas, aquele que amamos nem mais ou menos que os outros, mas que nos fazem crescer e nos sentir melhor a cada dia.
    Espero, muito em breve poder assistir mais uma linda historia contada por Licia. Merecedora do horario nobre com certeza.

  • Rita Porto Alegre diz: 3 de março de 2012

    Apaixonada,

    Confesso que me deu um pouco de medo sim, que na última hora, a autora mudasse o final coerente da história. Mas confiei em minha intuição, e em tudo o que nos foi mostrado no decorrer da trama.
    Abraços para ti.

    Dani,

    Um abraço para ti também, guria. Bah, tinha que defender esse casal tão harmonioso. Pena, que nem todos conseguiram perceber e aceitar a história de amor tão linda desses dois.

    Yone, Claudia, Renata-R, Rosenira Sann, Clair,

    Estavamos diante do mesmo rio, porém em margens opostas. Cada uma, visualizando e interpretando da sua maneira, o que acontecia com este rio. Ao final, constatou-se que da minha margem, a visão era mais privilegiada, e assim, o meu relatório foi mais coerente com a realidade.
    Abraços, gurias. Quem sabe em outra oportunidade, teremos a mesma visão dos fatos?

  • LAILA diz: 3 de março de 2012

    KI MERDA!!!!!!!!!!!PELO AMOR DE DEUS……A ANA TINHA KE TER FIKADO KOM O RODRIGO…CHOREI DE RAIVA DESSE FINAL RIDICULO!!!!!!!!A GENTE JA ASSISTE NOVELA PRA VER ALGO DE EMOCIONANTE QUE NEM ACONTECE NA VIDA DA GENTE NA REALIDADE!!!!!!!!DEPLORAVÉL ESSE FINAL….A MANU DEVERIA TER MORRIDU….UUUUU KI DÓO!!!!!!!! UUU C PULDESSE O AUTOR DEVERIA MUDA ESSE FIANL E PASSAR DE
    NV….

  • hugospot diz: 3 de março de 2012

    Bem, eu achei alguns pontos positivos e outros negativos. O Final, com a música, e tudo ficou maravilhoso e emocionante. Mas, depois do baraco que o Rodrigo fez pra Ana não se casar, como agora ele vai ficar com a Manu. E tem mais, a Ana desfaz o CASAMENTO pra ficar com o Rodrigo e então, no final da novela, do nada, ela aparece na porta do cara, beija ele e fim, ela começa a namorar o Lucio. Nada a ver isso. KK

  • Karini diz: 3 de março de 2012

    Foi a melhor novela que assisti. Simples e realista. Parabéns à autora!

  • Yone diz: 3 de março de 2012

    COLUNA ZAPPING DO JORNAL FOLHA ONLINE:

    03/03/2012
    01h20
    ‘A Vida da Gente’ tem pior ibope de novela das seis desde 2008
    Muito elogiada, a novela “A Vida da Gente”, da Globo, deixou a desejar no quesito audiência. Ontem, seu último capítulo marcou 24 pontos na prévia do Ibope da Grande SP, contra 30 pontos do desfecho da antecessora, “Cordel Encantado”. A novela de Lícia Manzo termina com média geral de 22 pontos. De 2006 até os dias atuais, só ficou à frente de “Negócio da China” (2008), que teve 20 pontos. O amor maduro, construído ao longo de uma relação de parceria, venceu no final, e Manu (Marjorie Estiano ) ficou com Rodrigo (Rafael Cardoso ).

  • Gabriela diz: 3 de março de 2012

    Nossa, sou obrigada a dizer que o final foi lindo! Mesmo já tendo desistido de torcer pela Manu e o Rodrigo…
    A cena do Rodrigo na sala de espera, apavorado com a possibilidade de perder a filha e a Manu, deixou claro que naquele momento ele percebeu tudo o que sentia realmente pela Manu e pela a Ana.
    Gostei também dele ter escrito o e-mail antes de receber o da Ana; o que para mim também deixou claro que os dois sairam bem resolvidos daquele amo doentio…
    Belo final! Bela novela!

  • Le diz: 3 de março de 2012

    Eu acompanhei essa linda novela do início ao fim, e apesar de ter achado inicialmente que o desfecho da Ana-Lucio e Manu-Rodrigo não estava muito coerente com a história que foi sendo escrita, ao ver o final eu me emocionei muito e a beleza de como esse final foi mostrado é incrível, AMEI!!!!! Quase não vejo novelas, por sempre a mesma coisa , sempre a mesma fórmula cansativa e tosca entre violencia, deslealdade, corrupção e vulgaridade, Mas A Vida da Gente superou de longe essas porcarias atuais. Parabéns por toda essa historia emocionante, linda e muito bem mostrada em video, cada cena mostrava uma fotografia belíssima, tudo muito bom de se ver e sentir!

  • JANA diz: 3 de março de 2012

    NOVELA INCRÍVEL REALMENTE! ESPERO QUE A AUTORA LEIA ESTES COMENTÁRIOS PARA SEU PRÓPRIO CRESCIMENTO. SOU LEIGA, SEI DISSO, MAS SOU ADMIRADORA DAS ARTES EM GERAL E A ESCRITA DE UMA ESTÓRIA É UMA ARTE A SER APRIMORADA… DIGO ISTO PORQUE A NOVELA FOI LINDA, DIÁLOGOS INESQUECÍVEIS ETC. PORÉM, APESAR DE SER ALGO SUBJETIVO, EU ADMITO, TEMOS QUE CONCORDAR QUE AS ESTÓRIAS BEM ESCRITAS TEM O MÍNIMO DE COERÊNCIA E, COMO DISSE ALGUÉM MAIS ACIMA, FALTARAM PALAVRAS, DIÁLOGOS´, CAPÍUTULOS, BEIJOS, CENAS DE AMOR, OLHARES, POIS O QUE VIMOS AO FINAL FOI UM MEIO QUE NÃO JUSTIFICOU O “FIM”, DEVERIA TER CONDUZIDO A ESTÓRIA PARA AQUELE FINAL, NÃO CONDUZIU, PARECEU UM ESBOÇO NÃO UM FINAL. NÃO HAVIA QUÍMICA ENTRE OS CASAIS LÚCIO E ANA E MANUELA E RODRIGO, CULPA DA AUTORA? CULPA DOS INTÉRPRETES? NÃO SEI, MAS NÃO CONVENCEU… A EVA FINALMENTE VENCEU DE ALGUMA MANEIRA, POIS ODIAVA TANTO A MANU QUANTO O RODRIGO, A NÃO SER QUE A ESTÓRIA JUSTIFICASSE O FINAL DOS DOIS JUNTOS, O QUE NÃO OCORREU, NÃO PASSARAM PAIXÃO, SERÁ QUE ESTA ERA A INTENÇÃO DA AUTORA? TALVEZ.. ENTÃO ME RECOLHO A MINHA HUMILDADE DE SIMPLES TELESPECTADORA. ELA – A AUTORA – TEM TODO O DIREITO DE TRANSMITIR AQUILO QUE PENSA E TALVEZ O DESEJO ERA PASSAR JUSTAMENTE ISTO: O QUE IMPORTA É O CONFORTO DE UMA VIDA PLANEJADA E SEM SURPRESAS DO QUE SE ENTREGAR AOS SENTIMENTOS E ISTO OCORRE MUITO E MUITO NA VIDA REAL, TALVEZ O TÍTULO JUSTICA: A VIDA DA GENTE – POIS, REALMENTE MUITA GENTE SE ENTREGA AO COMODISMO E NÃO AQUILO QUE REALMENTE DESEJA, NÃO DIGO QUE ISTO SEJA ALGO ERRADO OK? JÁ FALEI QUE ME RECOLHO À CONDIÇÃO DE MERA ESPECTADORA. MAS É ISSO, AGORA SÓ PARA RELAXAR:CREIO QUE A MARJORIE SEJA UMA GRANDE ATRIZ, MAS VAMOS COMBINAR, A INTERPRETAÇÃO ERA A MESMA DAQUELA PERSONAGEM DA NOVELA DO JUVENAL ANTENA, SÓ QUE COM MEGA HAIR, VEJA BEM, ESTOU FALANDO DA INTERPRETAÇÃO E NÃO DAS PERSONAGENS. PARECIA QUE O TEMPO TODO ESTAVA VENDO A MESMA PERSONAGEM POR CAUSA DA INTERPRETAÇÃO QUE ERA IDENTICA.

  • elizabeth silva diz: 3 de março de 2012

    Amei o final !!! Tb acho q foi o melhor final q já vi em novelas, com todo o respeito as críticas aqui ditas….a Vida Gente é assim mesmo !!! Quantos “amores” eu deixei prá trás,
    por N motivos não deu certo, até casei…separei…procurei…hoje com 42 anos optei por uma vida mais tranquila e sem sonhos de Cinderelas, e estou feliz messsmo ! E sobre as pessoas q não mudaram na novela, isso tb é pura realidade, tem gente que vive, mas nega se aprimorar, aprender, sem fé….vão indo até 82 anos ou mais ( conheçi 2 pessoas assim )…morrem e não deixaram nada prá trás…nem saudades, dedicaram a vida toda só para acumular bens….não viajaram, não festejaram, não amaram…mas deixaram bens e que as 2 netas amaram. Desejo que elas saibam somo usar , e não sejam escravas como eles…beijos a todos…e a Vida da Gente continua, né ? vamos lá !!!!

  • Carla diz: 4 de março de 2012

    A novela foi simples e linda do inicio ao fim, mas infelizmente nem tudo é perfeito, a autora nunca agradaria a todos, pois a novela dividiu muitas opiniões, o que prova que cativou e prendeu a atenção. Eu particularmente sempre torci pelo amor das duas irmãs que foi belamente demonstrado com cenas e palavras emocionante, quanto ao triângulo amoroso que se formou, sempre fui a favor do amor, a cena de ana e lucio foi linda, poderia dizer perfeita, não sentir falta de palavras, mas a cena de manuela e rodrigo sim, até porque manuela estava inconsciente quando ele fez umas das poucas demonstrações de amor que ela sempre mereceu, embora torcesse pelo casal sentir falta talvez de uma pequena frase ” Me perdoe por te fazer sofrer, eu te amo” para mim bastaria, pois na vida real como seres humanos precisamos sermos afirmados do amor que o outro sente, faz parte de nós, mesmo sabendo por ação que o outro nos ama é sempre bom ouvir isso da pessoa é a confirmação do sentimento. Fora isso a novela foi otima, sem apelação e emocionante. Parabéns a todos os envolvidos. Com certeza sentirei saudades. Beijos a todos

  • Euzinha diz: 4 de março de 2012

    Gente, ficar com o Rodrigo não é uma vitória. Tem gente aqui que acha ótimo contanto que a Manu fique com ele. Pensamento pobre.

    A questão, como disseram acima foi como se deu o final. O Rodrigo esqueceu a Manu lá em Floripa e só lembrava dela para cuidar da Júlia. Até quando as duas brigaram o impulso dele foi procurar a Ana, sabendo que a Manu estava arrasada. Depois dela doar o fígado para a Júlia claro que a gratidão se multiplicou e eu, sendo ele, também voltaria, nem que fosse por carinho.

    Claro que o fim faz sentido, a Manu é doce, companheira, fiel e linda. Mas… E tem sim o mas… ficou uma coisa muito de gratidão, de companheirismo entre os dois. Como disseram acima, faltou alguma coisa. Talvez se a autora fizesse mais uns capítulos ficaria mais claro. Gostei das duas irmãs,mas o final da Manu ficou fraquinho. Já o da Ana também acho que seria ótimo com qualquer um dos dois pois ambos lutaram tanto por ela que a mereciam.

    Final lindo, emocionante, mas eu queria uma despedida real entre Ana e Rodrigo e não um e-mail e queria também uma declaração dele para Manu e não ele chegando na porta e pronto.

  • Claudia diz: 4 de março de 2012

    Não sei se já havia postado isso, mas lá vai…
    Gostei do final da Eva, muito realista. Jamais ela viraria um doce e a decisão da família de mantê-la relativamente perto mas sem deixar ela saber muita coisa foi perfeita.
    Gostei muito da interpretação da Ana Beatriz e do Paulo Betti, Eva e Jonas respectivamente, ela me fez sentir raiva com sua crueldade e ele me fez rir em várias cenas.

    Meninas e meninos,

    Fim de novela nem sempre agrada a todos. Eu nunca tive torcida por uma irmã ou por outra, via as duas com suas qualidades e defeitos. Porém, como sou uma romântica incorrigível e, vou contar para vocês, casei com o meu amor da juventude, claro que me identifiquei mais com a paixão de Ana e Rodrigo. E garanto para vocês, é possível sim manter a chama acesa, mesmo com a passagem dos anos, talvez por isso eu tenha achada a história da Manu e do Rodrigo, embora linda e emocionante, faltando aquele tempero.

  • Paloma diz: 4 de março de 2012

    Sabe o que eu achei estranho não porque eu tava torcendo para uma ou outra mais eu achei estranho a Manuela nunca ter dado um beijo de verdade no Rodrigo.Muito estranho a novela passou meses e nem quando ela terminou o casamento com ele ele tentou voltar com ela e deu um beijo de verdade nela.Eu me recordo e não me lembro de nenhuma cena de beijo do casal.Ana com Rodrigo tiveram algumas bem fortes.To falando beijo arrebatador

  • jessica diz: 4 de março de 2012

    não gostei. Rodrigo deveria ficar com Ana. e formar uma família feliz

  • Graça Maria de Almeida Ferreira diz: 4 de março de 2012

    Não suportei o final e o desfecho da mesma de uns meses para cá. A novela foi muito ruim.
    Depois de tudo o que a Ana fez, ela tinha que ficar sozinha. Não sabia o que queria , uma hora era com Rodrigo, outra hora era com o Lucio. Outro babaca, que depois de tudo o que ela fez, ainda teve coragem de aceitar a mesma.
    Achei que a Eva foi muito crucificada. Ela só errou em regeitar a Manu, mas foi uma ótima mãe para a Ana.
    Não sei que mal existiu em levar a neta para fazer propaganda de Yogurt.
    Depois de tudo, de humilharem demais an Eva. A Ana e a avó ainda elogiaram a propaganda da Julia.
    Para mim essa novela foi feita para malucos.
    Nunca vi tanto absurdo na mesma.
    Francamente, foi ridículo o desfecho da mesma.

  • Aristela Soares diz: 4 de março de 2012

    Fiquei arrasada com este final eu acompanhei a novela inteira sem perder nenhum capitulo e toda a novewla foi construida pra o rodrigo terminar com a ana ai de ultima hora ela resolve separar os dois um absurdo pra quem asiste novela de verdade sabe q ñ tinha como ter este final ñ q eu torcesse pela ana mas a autora construiu a historia em volta dos dois e ñ deixou nenhuma esperança pra a manu na ultima descuçao das duas ana confessa q os dois ela e rodrigo iam se amar pra sempre q absurdo ela terminar com o lucio e rodrigo com a manu sendo q os dois continuaram a se amar uma tremenda falata de respeito com os telespectadores acíduos como eu era a mesma coisa de no final a gloria peres ñ deixar q a jade ñ terminasse com o lucas estou profundamente indignada e triste a lizia ñ teve nenhuma consideraçao com as pessoas q acompanharam a historia por completo como eu e quem asistiu a novela de verdade sabe q ñ teve cabimento este final

  • Mel Lopes diz: 4 de março de 2012

    Agradável final da novela. Fazia tempo em que eu não assistia um final estruturado, tudo muito delicado.
    Eu só queria que a Eva no final pedisse no mínimo perdão pelas atitudes anti-mãe com a Manuela.
    No mais, tudo muito lindo!

  • Apaixonada diz: 5 de março de 2012

    Claudia, li seu comentário e gostaria de colocar meu ponto de vista.

    Eu também sou casada com meu amor de juventude, éramos amigos e aos 18 anos ele se apaixonou por mim e a partir daí foi uma fase de transformação para mim, eu sentia desejo por ele, mas tinha medo de não dar em nada e perdê-lo como amigo. Até que um dia depois de muita insistência ele disse que estava desistindo… aí eu fiquei louca e percebi o quanto eu já o amava. Bom… para resumir tudo, sábado agora fizemos 13 anos de casados com mais 6 de namoro, estamos juntos por 19 anos. Já tivemos várias fases, a fase do fogo de juventude, de fazer maluquices… a fase do incio do casamento… da transformação em mãe e pai… a fase de desgaste… a quase separação, e agora estamos em um momento pleno, com muito mais cumplicidade, respeito, nos conhecemos como ninguém, aceitamos nossas fraquezas, e principalmente nos amamos… temos necessidade um do outro. E isso para mim não é conformismo ao contrário é amadurecimento emocional, e claro como você disse a chama tem que ser mantida acessa, se você esquecer disso aí sim vira mesmice. E por isso, me identifiquei mais com Manu e Rodrigo. O carinho que um tinha pelo outro, a cumplicidade… é o momento que eu estou hoje.

    Essa novela tem esses fatores interessantes nos leva a discutir e refletir nossa vida.

    Mas eu queria chegar é que a sua história de amor e a minha história tem um diferencial crucial com a de Ana e Rodrigo. Eles não viveram a história deles. Na verdade ela durou exatamente um dia. Eu achei lindo, quando ele falou: ” o salto sem rede, que tantas vezes é chamado de amor”. Não sei se entendi bem, mas a paixão ela tem algumas opções, ela pode ser vivida e aí se transformar em nada ou em amor; ou ela pode ser não vivida e aí pode se tornar eterna se a pessoa não consegui fechar o ciclo. E no caso deles tinha o agravante do coma e principalmente da Júlia.

    Não estou tentando te convencer que Manu e Rodrigo era melhor, eu me encantei mais pela forma como o amor deles foi construído. Mas encantamento não tem jeito cada um tem o seu, dependendo da sua história, da sua vida… o Rodrigo poderia sim ter ficado com a Ana, seria a paixão tomando forma de amor. O problema é que na novela, a autora queria comparar as várias formas de amar e a escolha que você faz para você, que escolha vai te fazer feliz. E feliz de verdade, independente das circunstância o Rodrigo e a Manu só foram juntos.

    E ela escreveu a história para que Rodrigo ficasse com Manu. Eu sempre pensei assim, como já coloquei aqui no blog, porque não teria sentido um investimento no amor de Rodrigo e Manu e no amor de Ana e Lúcio, se não fosse assim, mas tive certeza agora, vendo um vídeo da participação da Marjorie no Altas Horas, onde ela fala que nessa novela ela já recebeu a sinopse da história do inicio e do fim. Ela só não sabia como iria acontecer mas já sabia o final.

    Paloma:
    Tem alguns beijos deles Manu e Rodrigo que eu gosto muito, não sei se é assim arrebatador… kkk A declaração dele para ela e o pedido de casamento ( vídeo 15/11)
    Mas temos que considerar duas coisas, primeiro é uma novela e a autora queria deixar claro as diferentes formas, aí a relação tinha que ser diferente. Depois que se imaginarmos na vida real, eles não tiveram aquele desejo arrebatador, porque a Manu e o Rodrigo já estavam convivendo, há três anos, com todas as responsabilidades de marido e mulher. Enfim… eu gosto de todos, quando ele se declara para ela na frente de Lourenço, quando ele a surpreende com a viagem para Paris… nas cenas deles dois eu não sentia falta de beijos de tirar o folego, normalmente eram tem perfeitas…

    no youtube tem alguns vídeos que mostram não só beijos mas resumos dos dois juntos: http://www.youtube.com/watch?v=oCG0SvuDKLM
    esse é lindo: http://www.youtube.com/watch?v=Ho4PiL-mcPI&feature=fvwrel

    Tudo bem podem rir de mim, também estou me sentindo uma boba viciada, que ainda não conseguiu dizer adeus a trama. Mas a questão é que hoje estou tensa, fiz a prova do concurso, estou esperançosa… mas estava muito nervosa, e para variar com insônia.
    Aí resolvi tomar um escaldo de vida da gente, para ver se eu me desligo de vez. kkk kkk

  • Apaixonada diz: 5 de março de 2012

    Acho que a dona do blog nem vai atualizar esse post mais. rs rs rs
    Bom de qualquer forma, parabéns pelo blog, um cantinho legal para quem precisa de um tempo para jogar conversa fora, aliás melhor terapia para a vida.

    Meninas, não vou citar nomes porque já cometi o erro de esquecer algumas. Obrigada, a todas! Só descobri esse espaço na reta final da novela, mas vocês me receberam com muito carinho.
    Um abraço para cada uma de vocês. A internet tem esses encantos…. desejamos o bem para quem não conhecemos. Pegando carona na campanha “não precisa conhecer para doar…” não preciso conhecer para desejar tudo de bom na vida de vocês!!!

    Ri muito da Marjorie dizendo que iria pedir para Lícia continuar mandando capítulos para ela decorar porque tinha ficado um vazio depois do término da novela. E é mais ou menos isso mesmo. Acabou. E agora??? Bom agora é fechar o ciclo e assim como o Rodrigo precisou ir a “Lagoa Azul” eu recorri aos vídeos, os meus favoritos… tornei assisti todo o encontro desse casal que me encantou para entender o que eu vi que muitos não viram. Passei por algumas falas desde que eles se separaram… foram sutis mas como já foi dito aqui por algumas pessoas e por mim também, o Rodrigo não tinha dúvidas sobre o que sentia pela Manu. Isso ficou bem claro. Enfim…
    Está confirmado que a história sempre foi essa… talvez a Lícia comentou que ela se surpreendeu com a repercussão da história das duas irmãs. Talvez ela não esperasse que algumas pessoas considerasse a Manu uma vilã e a condenasse tanto. E nem que grande parte do público rejeitasse o casal Manu e Rodrigo, não só quem idolatrou a Ana como quem idolatrou a Manu que não queria vê-la com o Rodrigo. E por isso se dá o resultado das pesquisas. O estranho é que todo mundo que está em minha volta e seguiu a novela torcia por Manu e Rodrigo. Mas tudo bem… acabou Rodrigo e Manu ficaram juntos. Por mais que eu concorde com as posições da Morena, que tudo ficou nas entrelinhas, por mais que eu tentei me convencer, não adianta, faltou sim um pouco mais de “cuidado” da produção com as cenas de Rodrigo e Manu. Principalmente o final, porque afinal mesmo a gente sabendo que a Manu já tinha perdoado o Rodrigo, já tinha se desarmado ela não sabia os sentimentos dele, ela não viu ele chorando sobre ela… então faltou sim, pelo menos um beijo sem palavras, principalmente par matar nossa saudade… porque a Ana e o Lúcio estava ressente ainda mas Manu e Rodrigo não. Mas como nem tudo é perfeito, temos que nos conformar afinal ACABOU!!

    Por isso me despeço de vocês…. da “Vida da Gente” e da “Apaixonada” kkk
    E vou fechar com os dois textos, que na minha opinião explica toda a história os dois são do Rodrigo, esse personagem lindo que eu não consegui ver como um fraco, banana etc etc etc… Apenas um menino que precisou se tornar um homem antes do tempo e só dele ter feito a escolha de ser um homem melhor do que o seu pai, já o torna uma grande pessoa.

    Ah! galera só mais uma coisa…. já começou a votação no domingão do faustão. Independente de terem gostado ou não do final da novela, a obra como um todo foi linda. Foi um presente para as família brasileiras, que pode ver na tela dilemas familiares tratados com cuidado, sem apelação, sem violências gratuítas, e com um texto inteligente e reflexivo, enfim uma novela especial e por isso, para demonstrar o que sentimos acho que deveríamos votar muito em tudo que for da novela. Essa semana a Jesuela está em votação e vamos combinar essa pequena deu show, principalmente por ser sua primeira novela.

    Um abraço, daqueles que revigoram e quebram os osso!
    Só vou voltar para ler se tem comentários de vocês! FUI

  • Carol X. diz: 5 de março de 2012

    ADOREI!
    Só senti falta de um beijo da Manu e do Rodrigo…mas a forma como foi conduzido o último capítulo achei perfeito! E a felicidado do sorriso do Lúcio foi algo lindo mesmo!
    Ótima novela, sem mocinhos e vilões, sem baixaria!!!!

  • Apaixonada diz: 5 de março de 2012

    Grandes amores.. Ana e Rodrigo, Manu e Rodrigo, Ana e Lúcio mas o que venceu mesmo foi o amor de Ana e Manu e dos quatro por Júlia! Linda história!!!!

    Manu meu amor…

    Os fogos lá foram avisam do ano que começa, enquanto dentro de mim eu só consigo pensar no que parece ter acabado. A casa que a gente construiu juntos, o nosso amor, a nossa família. Não sei se nossa história termina aqui assim como não sei ao certo quando ela começou. O que eu sei que não é justo pedir que você me perdoe, mas… a gente sabe que a vida não foi justa com a gente… por isso que eu te peço, um dia se der… tenta me perdoar. A vontade de correr até você, implorar, insistir… fica paralisado pela certeza de que não é certo retomar nossa história desse jeito. Uma mulher inteira como você não merece um homem pela metade, partido. Mas a vida é tão absurda e complexa que permite que uma pessoa possa sentir um AMOR DESSE TAMANHO e ainda assim se sentir dividida. De qualquer modo o que você me deu, o que você trouxe para a minha vida, nunca termina, nunca me abandona, mesmo com você longe e separada de mim.
    Com todo amor…
    do seu Rodrigo.

    Ana, minha querida.

    Dizem que o amor acaba, que o amor termina. Mas não é a verdade. Nada acaba. Tudo dura… continua… e se transforma. Enquanto eu aguardava aquela cirurgia, mil anos se passaram. As duas estavam lá dentro e eu pensava: Se acontecer alguma coisa com elas eu morro. Dizem que passa um filme da nossa vida na nossa cabeça e por isso, eu vi… Vi vocês duas meninas chegando na nossa casa. Vi nós três juntos ainda pequenos em tantos e tantos momentos… Vi você erguendo taças, troféus… Tua imagem na revista, inacessível, distante da criança que eu era e que você era também. Depois a nossa fuga de casa e o nosso medo e a nossa coragem. E o salto sem rede que tantas vezes se chama amor. Vi você indo embora, sendo levada, de diferentes formas…tantas e tantas vezes. E depois vi você voltando e no fundo dos seus olhos, como num rio, tudo que a gente não tinha vivido. A partir daí eu me vi dividido entre dois amores, entre duas vidas. Uma que eu tava vivendo e outra que eu jamais tinha podido viver. Durante os meus piores momentos enquanto eu aguardava naquela sala. Como se a doença da nossa filha tivesse me curado, eu entendi que não tinha mais divisão nenhuma. O que tinha sido vivido, o que tinha ficado pra trás, tudo, era parte de uma mesma HISTÓRIA, de uma mesma VIDA e de um mesmo sentimento: AMOR. E foi então que eu vi, nós dois juntos, cruzando a fronteira…

  • Camila diz: 5 de março de 2012

    O comentário da Lili no outro post disse tudo:
    “Com o perdão da Manu e o amor da Júlia já conquistado pela Ana, todos os obstáculos haviam saído do caminho e Rodrigo e Ana poderiam finalmente viver o que sentem um pelo outro. Ainda que descobrissem depois que não era amor, mas somente uma paixão interrompida, seria mais coerente que tivessem tentado efetivamente do que simplesmente terem percebido isso \”do nada\” como aconteceu na novela.”
    Pelo amor de Deus, onde já se viu terminar a história deles por e-mail? Não tenho nem palavras pra expressar minha indignação! Não por eles não terem ficados juntos, por mais que eu torci por isso, mas não precisava dar um final desses pra eles.
    Por que essas palavras lindas e emocionantes trocadas por e-mail não podiam ter sido ditas olho no olho? Depois de tudo que viveram e sofreram, era assim que tinha que acabar?
    Queria muito ter visto os dois tendo essa conversa naquele lago, se abraçando e se perdoando. Era o mínimo que mereciam os fãs da novela que torciam pelos dois.
    Até a Manu e o Gabriel tiveram uma cena linda, me emocionei muito!
    Sinceramente, achei que faltou muita coisa. A cena da Ana pulando nos braços do Lúcio (que foi muito linda *-*) mostrou muito mais “felizes para sempre” do que Rodrigo e Manu, muito sem graça os dois, não demonstrou todo aquele amor que Rodrigo demonstrou por Ana a novela toda. Achei que o motivo de Rodrigo ter descoberto que amava Manu tbm foi muito nada a ver. É lógico que ele ia ficar com medo de perder ela, por favor né?! Ele passou a vida toda ao lado dela, como irmão, como cunhado, como marido, como companheiro… Idiota seria se ele não se preocupasse! Mas isso não quer dizer que ele amava ela. Aposto que até a Eva ficou com medo de perder a Manu, isso não tem nada a ver. O que aconteceu de verdade foi que o Rodrigo percebeu que não podia mais ter o amor da Ana, que a vida dele não seria tão tranquila e perfeita como foi com a Manu, foi só isso.
    Sem contar o motivo de Eva odiar tanto a Manu. Sério? Era só isso? Dá licença né, que piada!
    Enfim, fiquei insatisfeita com esse final, apesar de alguma cenas muito lindas que me emocionaram de verdade, achei que ficou incompleto.

    Ah, também quero saber o que aconteceu com o bendito cachorro da Júlia! kkkk

  • Morena diz: 5 de março de 2012

    Apaixonada,
    mas acho que também no final cenas fofas dos dois ou um beijo final (na ultima cena), o que para mim não precisava era a DR, porque o que seria dito por Rodirgo a Manu já estava na carta.
    A sensação que eu tenho é que Licia ficou muito preocupada em encerrar de forma definitiva, se deixar dúvidas Ana e Rodrigo; especialmente Rodrigo que era o dividido, e dar um final digno ao termino de Manu e Gabriel, isso porque, depois do flagra, muitos fãs de Manu não a queriam mais com Rodrigo e sim com Gabriel, então era preciso deixar claro o porquê eles não terminaram juntos.
    Como foi a primeira novela dela, a gente dá um desconto.
    E estou como você revendo os videos.

  • ALINE diz: 5 de março de 2012

    Gente vcs podem falar o que quiserem, afinal cada um tem sua opnião…mais o ibope não mente….os numeros abaixo do esperado no final de A VIDA DA GENTE mostra que a maioria do publico NÃO gostou do final Manu e Rodrigo. Eu achei o final lindo, mais, sem paixão…muito fraterno. E sobre a autora ela tem que caminhar muito para chegar no nivel de MANECO. Pois tenho certeza que ele não daria esse final, ou então até daria, mais faria o decorrer da novela ser diferente. Há outra coisa que precisava desabafar é sobre a idade das pessoas que queriam ver Ana e Rodrigo juntos….tenho mais de 30 anos e aqueria muito o final que a Clair escreveu para Ana e Rodrigo no final….

  • Andréa diz: 5 de março de 2012

    Só hoje pude dar uma passadinha aqui pra comentar.
    E que novela LINDA!!!
    Texto, elenco, direção, cenários… enfim, tudo maravilhoso e perfeito!!
    A Licia mostrou que é possível fazer uma grande novela, uma grande história, com fatos do dia a dia, com coisas e situações simples… Claro que com alguns dramas, encontros e desencontros, momentos muito tristes, mas sempre possíveis!!
    E acho que foi isso que mais me encantou! Foi ver em todos aqueles personagens, pessoas possíveis, daquelas que podemos encontrar no nosso trabalho, na nossa familia, até em nós mesmos!
    Assisti o último capítulo totalmente encantada!!
    Cada cena, cada diálogo, cada interpretação, cada desfecho… tudo foi se encaixando de uma maneira tão delicada, tão poética, tão perfeita.
    E desculpem os fanáticos por um ou outro personagem, mas se o par romantico de um personagem ser diferente do seu preferido, não te deixa perceber a beleza que esta novela teve como um todo, é uma pena!! Estas pessoas se tornaram obsessivas por um determinado personagem (Ana ou Manu) e focaram apenas nessa “disputa”, deixando de lado o essencial, a linda história de amor (todos os tipos de amor) da “A vida da gente”.
    Sinceramente, fico bem chateada de ler pessoas falando que a Licia não é autora, que não assistem mais novelas que ela escreve, que ela não nasceu pra isso, e tantos outros absurdos!
    Mas na verdade o problema é que não estamos acostumados a ver novelas assim, que pedem um olhar mais sensível do telespectador!
    Parece ser mais fácil aceitar uma Tereza Cristina matando um personagem por semana, do que entender que pessoas podem, por circunstancias da vida, se aproximarem, se apaixonarem, sem planejar, sem premeditar, sem odiar, sem roubar, como muitos aqui insistrem em rotular!!
    Mas enfim, independente de com quem cada personagem ficou no último capítulo, o mais importante é entender a beleza da novela como um todo!!
    E particularmente AMEI a novela, do primeiro ao último minuto!! Sempre torci pela Manu, que foi a personagem que me conquistou. Mas a minha torcida é que ela fosse feliz, não importa com quem… E ele foi!!
    Assim como a Ana, o Lucio, o Rodrigo e principalmente a Julia!!
    E no fim da novela, fiquei sim com o coração apertado, com um nó na garganta, uma pontinha de tristeza… Mas não pq a “vaca” da autora não fez fulano ficar com beltrana, mas pq sei que a partir de segunda-feira não verei mais essa bela história.
    Com certeza uma das melhores novelas que a minha geração já assistiu!!

    Aproveito pra me despedir de todas as noveleiras e noveleiros que participaram, vou citar alguns: Anjo Colorado, Dani, Day, Apaixonada, Rita Porto Alegre, Rosenira Sann, Claudia , Claudia Daenekas, Morena, Marisa, Yone, Francisco… e tantos outros que estiveram aqui estes meses, e que não citei aqui, mas com certeza fizeram esse blog muito animado!! rsrs
    Adorei debater com todos vcs!!
    Agora vou dar um tempo, até pq não sou uma telespectadora muito fiel de novelas… Mas A vida da gente me cativou!!
    A próxima novela tem um tema que não me identifico, e até prefiro não me envolver muito rsrs.
    Apaixonada, espero que vc tenha feito uma boa prova e quando souber o resultado posta aqui pra gente!! Vou dar uma olhada de vez em qdo!! rsrs
    Vivemos essa expectativa contigo e com certeza torcemos pelo seu sucesso!!

    Agora me despeço!! rsrs
    Beijão noveleiros!!

  • Claudia diz: 5 de março de 2012

    Apaixonada,

    Achei a relação de Rodrigo e Manu linda. Não é conformismo por ter cumplicidade, isso é essencial, assim como o companheirismo. Porém, casais jovens, mesmo juntos desde a juventude se beijam com paixão sim, eu ao menos… Ele não apresentou nem 1/10 do que apresentava com a Ana com a Manu. Manu parece mais uma grande amiga. Falo de amor entre homem e mulher no qual deve haver desejo e não só carinho.

    Para mim o casal apresentou amizade demais e paixão de menos, aliás, um amor lindo, mas decepcionante para quem é jovem. É lindo ter necessidade emocional um do outro, mas tem que ter também a necessidade física, não achas?

    Meu amor é meu grande amigo, o melhor de todos os amigos, mas não me dá beijinho na testa, exceto quando estou doentinha. Isso que quero dizer Apaixonada. Para mim faltou “a pegada” sendo bem direta, por isso achei a relação mais baseada no carinho e na gratidão. Achei pouco para a Manu, ela merecia algo mais vivo, mais caliente.

  • Veridiana diz: 5 de março de 2012

    Decepcionante. A novela foi toda de muito bom gosto. Muita coisa aconteceu entre os personagens principais, mas o final deixou a desejar.
    Vitória e a história do dopping de Cecília não deu em nada. Ela deveria ter tomado um castigo com isso. Deixar de treinar, sua carreira ir pro fundo do poço. Eva deveria ficar sozinha mesmo. Todos deveriam cortar relação com ela. Jonas tb deveria ter tomado um castigo. Ficou tudo na mesma. Final de Dora e Marcos um nojo. E sem contar o do triângulo amoroso. De uma hora pra outra, Rodrigo viu que amava mesmo era a Manu. Ficou claro que ele descobriu isso ali no momento da cirurgia. E depois foi até o lago que nadou com Ana. Doido. E mais: ao escrever o e-mail para Ana ele diz: “Minha querida Manu”.
    Uma pena, pois me emocionei muito com a novela, com as cenas de Porto Alegre, mostrando nossa cidade tão linda pra todo o Brasil e quem sabe para o mundo todo. Nunca uma novela das seis tinha sido tão completa. Completa até a última semana. Depois…uma droga!!!!

  • Rosenira Sann diz: 5 de março de 2012

    Olá Rita Porto Alegre,

    Dei uma passadinha aqui, para ler mais alguns comentários que compartilhavam a insatisfação de assistir ao desfecho da novela e me deparei com sua historinha de rio, margem, visão privilegiada…rsrsrsrsrsrs…
    Meu bem, sempre vai haver pessoas com uma visão diferente das coisas, e outras, que fazem determinadas observações, da maneira que lhe convêm.

    No meu caso, aliás, a maioria das pessoas, que estavam comigo na mesma “MARGEM”, não gostou do que foi apresentado na conclusão da novela. O final dos casais, não justicou os meios, entende?

    Poxa, deixar o Rodrigo correr o tempo todo atrás da Ana, ratificando seu amor pelas atitudes, para no final, ele retornar para a Manuela, não deu para engolir que foi por ele descobrir que sempre amou ex esposa. Passou a idéia de que esse retorno foi mais por GRATIDÃO, pelo derradeiro gesto de amor, dessa pessoa maravilhosa, que é (foi) a Manu.

    Como Claudia, e outras pessoas inclusive você, gostei da relação entre Rodrigo e Manu. Tinha muita cumplicidade, companheirismo, entrosamento, enfim, havia parceria, porém, não via ali o fogo da paixão. (gostei Claudia, fogo da paixão…rsrsrs)

    Quando a Ana voltou do coma, o desenrolar das coisas, me fizeram torcer por um final feliz com Rodrigo. Dava gosto de ver esse casal em cena. Entre eles, só faltava, os elementos de uma relação que ele conquistou com a Manu, que já citei, e que todo relacionamento a dois, precisa ter, porém isso é conquistado através do dia a dia. Ana e Rodrigo, não tiveram essa oportunidade, devido as adversidades impostas pelo tempo/Lícia.

    Como já citaram um pouco acima, e eu concordo, a autora já havia decidido que Manu e Rodrigo iríam ficar juntos, porém não foi convincente a maneira que as coisas foram conduzidas.
    1- A conversa tardia, mas franca do Rodrigo com a Manu, afirmando que o sentimento por Ana era mais forte, pois havia sobrevivido há anos de felicidade e que foi capaz de suplantar o que sentia por ela.
    2- A própria Ana confessando para a irmã que o amava e iria amá-lo sempre.
    3- Até o ALÉM, confirmou esse amor, quando a dona Iná lê nas cartas, que a relação que foi interrompida por causa da Júlia, não havia terminado.
    4- Ana desiste do casamento com Lúcio, por causa do pedido do Rodrigo, também.

    Pode-se citar tantos outros acontecimentos, tantas outras atitudes e falas, mas enfim, já acabou. A autora quis inovar, porém, não foi feliz nessa primeira experiencia. Digo NÃO FOI FELIZ, devido ao baixo indice de audiência no último capítulo como a Yone postou. Desagradou a maioria dos noveleiros, que não era só composta de adolescentes, mas de pessoas maduras, e experientes também.

  • ALINE diz: 6 de março de 2012

    Passei aqui porque ainda não consegui me desapagar desse site e da novela..kkkkkkk…Quero elogiar muito a Rosenira Sann o que vc escreveu é o que eu penso e queria escrever também. principalmente esse final ” O Final desagradou a maioria dos noveleiros, que não era só composta de adolescentes, mas de pessoas maduras, e experientes também” Eu ameiiiiiiiiiiiii porque muitas pessaos maduras como eu queria ver Rodrigo e Ana juntos por tudo que passaram e lutaram….Enfim a novela acabou mais fiquei com aquele gostinho de quero mais…quero mais ver Ana e Rodrigo juntos..kkkkkkkkkkk

  • maria luiza ramos diz: 6 de março de 2012

    não gostei do fim, manu deveria ficar com Gabriel homem sincero que gostava muito dela, ficou com rodrigo que pra mim só por gratidão,nunca mais quero assistir novela dessa autora;

  • Maristela diz: 6 de março de 2012

    Final e novela perfeitos!! Realmente a melhor novela de todos os tempos. Tocante e verdadeira sem ser piegas. Muito fiel “à vida da gente” e sem aqueles finais fantásticos e maravilhosos onde até quem não era bom fica sendo. E também acho que quem não gostou é porque realmente não entendeu, ou não tem vivências suficientes para se identificar…

  • Day diz: 6 de março de 2012

    MINHAS QUERIDAS COMPANHEIRAS(OS) DE BLOG!
    INFELIZMENTE SÓ HOJE PUDE ACESSAR O BLOG PARA EXPRESSAR TAMANHA FELICIDADE COM O FINAL DE AVDG!
    ENFIM, LENDO OS COMENTÁRIOS, ME FALTAM ARGUMENTOS, VOCÊS JÁ DISSERAM TUDO! rs
    E É NESSA PEGADA QUE EU ME DESPEÇO DE TODOS VOCÊS, AGRADEÇO MAIS UMA VEZ A COLABORAÇÃO DE TODOS, COM SEUS COMENTÁRIOS TÃO VIVOS, MADUROS, SENSATOS, (MUITAS VEZES UM POUQUIIIIINHO EXAGERADO! rs! MAS E DAÍ? QUEM NÃO EXAGERA ALGUMAS VEZES NA VIDA NÃO É MESMO?) ENFIM, COMENTÁRIOS E PESSOAS QUE EU SENTIREI MUITAS SAUDADES…

    PEÇO AGORA A LICENÇA A MINHA COLEGA ANDRÉA PARA DAR UM CTRL C + CTRL V + EM SEU COMENTÁRIO PARA CITAR AS PESSOAS QUERIDAS QUE CONHECI AQUI:

    Andréa diz:
    5 de março de 2012

    Aproveito pra me despedir de todas as noveleiras e noveleiros que participaram, vou citar alguns: Anjo Colorado, Dani, Day, Apaixonada, Rita Porto Alegre, Rosenira Sann, Claudia , Claudia Daenekas, Morena, Marisa, Yone, Francisco… e tantos outros que estiveram aqui estes meses, e que não citei aqui, mas com certeza fizeram esse blog muito animado!! rsrs

    E APROVEITO PARA MANDAR UM SALVE PARA AS NOVELEIRAS ALINE E THAMIRES, ENFIM MENINAS, VALEU VIU? GOSTEI DE VERDADE!
    EMBORA EU TENHA FALADO (POSTADO) MUITO POUCO, EU SIMPLESMENTE ME ALIMENTEI DOS COMENTÁRIOS DE TODAS VOCÊS!!!

    BOM, A NOVA NOVELA DAS 6, PRA FALAR A VERDADE AINDA NÃO TIVE TEMPO DE VER, MAS COMO DISSE A COLEGA YONE, TAMBÉM NÃO VOU FAZER MUITA QUESTÃO DE ACOMPANHAR, PORQUE REALMENTE OCUPA DEMAIS O TEMPO DA GENTE! rsrs!!!

    MAS… A GENTE SE VÊ POR AÍ!

    TENHO CERTEZA QUE OS PAPOS NÃO ACABAM POR AQUI.

    UM ABRAÇÃO,

    DAY MARIANO (A Day DO BLOG NOVELEIROS!)

  • Maristela diz: 6 de março de 2012

    Que lindo o que a Andreia escreveu acima: “… entender que pessoas podem, por circunstancias da vida, se aproximarem, se apaixonarem, sem planejar, sem premeditar, sem odiar, sem roubar, como muitos aqui insistrem em rotular!!” Concordo plenamente!

  • Rita Porto Alegre diz: 6 de março de 2012

    Essa novela ainda não acabou…KKKKKKK…
    Rosenira Sann, eu só quis “irritar” um pouco aqueles que torciam para o final Rodrigo e Ana, principalmente a ti, Renata-R, Claudia, Yone, Clair. E consegui, pelas tuas palavras guria, mostras o quanto ainda estás chateada.

    Uma coisa que tu citaste me chamou a atenção:

    “Entre eles, só faltava, os elementos de uma relação que ele conquistou com a Manu, que já citei, e que todo relacionamento a dois, precisa ter, porém isso é conquistado através do dia a dia. Ana e Rodrigo, não tiveram essa oportunidade, devido as adversidades impostas pelo tempo/Lícia.”

    Isso é uma verdade. Só com o tempo, o dia a dia, torna uma relação a dois, mais sólida, porém tanto o Rodrigo, como a Ana, não conseguiriam amadurecer a relação entre eles nunca.

    O Rodrigo se tornou um homem, graças a Manuela. Ela o fez amadurecer. Vou te falar uma coisa. Não sei a tua idade, mas acho que ainda não és casada, e também, não és mais uma adolescente, pela lógica de teus comentários.

    Bem, tem homem, que precisa de uma mulher ao seu lado, que faça o papel de mãe, de vez em quando, ou sempre. A Manuela fazia isso, e gostava de exercer esse papel, lembra da cena da cozinha, onde ela pensa nele todo atrapalhado para dar-lhe uma ajuda? Lembra do olhar e riso de desapontamento, quando ela vê, que o Gabriel é do tipo mais independente? Já sabe o que fazer, vai até além do que se pediu.

    Já a Ana, apesar de ser uma mulher quando acordou do coma, ainda tinha a personalidade de uma adolescente, ainda está no processo de maturação. Portanto, precisaria de alguém ao seu lado que lhe desse amparo e segurança. O Lúcio, era a pessoa mais qualificada para tal função.

    A insatisfação de alguns com o desfecho tem uma certa lógica, no quesito de que a autora, deu muita ênfase no investimento do Rodrigo para ficar com a Ana. Eu mesma, nos últimos dias fiquei temerosa, de que o meu palpite, desse errado. Talvez ela pudesse deixar certas dúvidas no ar, principalmente das ações do Rodrigo em relação à Manuela.
    É isso, guria. Abraços para ti. Não vi o comentário da CLAIR. Era tão entusiamados os posts…

  • Mara diz: 6 de março de 2012

    Como muitos falam que faltou o pedido de perdão do Rodrigo para a Manu, acho que o que a autora quis demonstrar, é que os conflitos e dores nem sempre poderiam ou deveriam ser evitados. Foi pela dor e sofrimento que todos ficaram livres da energia estagnada ou do “fardo pesado” que a Ana mencionou e puderam seguir adiante. A Manu não é uma coitada que aceita, nem o Rodrigo um monstro que magoa, eles apenas seguiram seus sentimentos em cada momento como acontece conosco na vida real. E a Manu não tem o que perdoar, pois tudo que aconteceu só veio para resolver e fortalecer as relações de todos.

  • Rita Porto Alegre diz: 6 de março de 2012

    APAIXONADA,

    Ouvi falar do filme de Jaime Monjardim, “O tempo e o vento”. Acho que será ano que vem e vai passar na tv depois. Engraçado, que o diretor não escalou a Fernanda Vasconcellos para esse filme. Talvez, ele não tenha ficado muito satisfeito com a atuação dela, na novela. Para mim desses 4, quem deu show de interpretação foi a Marjorie e Rafael. Esse guri me surpreendeu. Gosto do Thiago e Fernada, nessa novela, eles atuaram muito bem, mas ainda os acho instáveis.
    Abraços, guria.

  • eliane diz: 6 de março de 2012

    Só entende o desfecho da novela quem é mais velho mesmo, e viveu muitos conflitos na vida, a vida leva a gente por caminhos que nem percebemos e de repente paramos e enxergamos que não é esse o caminho, então somos obrigados a retornar e analisar tudo de novo, foi isso que Rodrigo, Manu e Ana fizeram, maravilhoso. A Eva coitada não tem jeito mesmo como disse a sábia Iná, tem gente que não tem jeito, é melhor deixar para lá. Adorei. E gente, não esqueçam a trama principal era o amor e o conflitos entre as irmãs, que graças a deus deixaram o amor falar mais alto, pois ninguém traiu ninguém eram muitos sentimentos envolvidos no meio de tanta tragédia, é natural a confusão de sentimentos. Claro, a não ser que as pessoas sejam robos, aí tudo bem! Novela que falou da confusão de sentimentos e não ficou no finalzinho idealizado de todas as outras novelas, tirando os contos de fadas, que o nome já diz tudo. Acorda galera, a vida real é mais complicada que contos de fadas. Parabéns amei o final.

  • Apaixonada diz: 6 de março de 2012

    Galera estou aqui rindo um monte…vim dar uma espiadinha no noveleiros e descobri que tem mais comentários aqui do que nos post das novelas atuais. E rindo também que não só sou eu a maluca noveleira de novela que já terminou. kkkk kkk

    Galera, a Lícia deixou pra gente imaginar como seria a “DR” dos casais. O abraço do Lúcio que já estava bem resolvido e a ansiedade do Rodrigo que ainda não sabia a reação da Manu. Então visto que nós noveleiras e noveleiros estamos sofrendo de abstinência da “Vida da Gente”. Eu proponho uma brincadeira:
    Pegando da onde a Lícia deixou, a hora que a Manu abre a porta para Rodrigo ou que o Lúcio abre para Ana”. cada um faz o dialogo que gostaria de ter visto, ou de um casal predileto ou dos dois casais. Assim… a gente exercita o cérebro, brinca de ser autora ou autor e o melhor de tudo se diverte!!!!
    Não vale mudar o final, porque afinal de contas depois desse “dialogo” que não vimos, o cinco terminam felizes andando no parque! Então mãos á obra!!!! kkk kkk

    Quem sabe a blogueira se empolga e cria um post só para isso… depois pode até ter uma votação!!!!
    Hora da janta!!! Daqui a pouco volto para escrever o meu!!!

    Abraço!!!

  • Apaixonada diz: 6 de março de 2012

    Meu texto:

    Manu olha surpresa para Rodrigo, ali diante dela:
    _ Rodrigo, aconteceu alguma coisa???

    Rodrigo emocionado e demonstrando ansiedade, responde já entrando para a sala:
    _ Aconteceu Manu, e eu preciso falar se não eu vou explodir.
    _ Rodrigo…
    _ Por favor, Manu me ouve. Depois se você quiser eu vou embora, mas me deixa falar.

    Ela não responde… encara no Rodrigo e ouve
    _ Manu eu sei que eu te magoei, eu sei que você está tentando seguir sua vida. E você está certa, você merece ser feliz. Mas eu precisa te falar Manu… que aquele sentimento que me paralisava, que me deixava imóvel, acabou ou não acabou talvez eu simplesmente tenha conseguido compreender…
    Manu, eu te amo! É você a mulher da minha vida.

    Os dois já estão chorando emocionados… Rodrigo continua:
    O dia que e te vi com Gabriel, eu achei que tinha te perdido pra sempre… mas esses dias… em alguns momentos parece que eu vi o olhar da Manu… da minha Manu…
    Vamos dar uma chance para nós dois, pra nossa família… eu sei que não vai ser mais a mesma coisa… mais como a gente um dia arquitetou essa casa, que já estava pronta… a gente pode juntos, arquitetar nossa vida, e fazê-la ficar ainda mais feliz.. se é que isso é possível…
    Ele se aproxima… dela: Manu fala alguma coisa!
    Ela sorri: Como? Você não parou de falar um minuto. Os dois riem e choram…
    Manu diz determinada: Chega, Rodrigo.
    Ele olha espantado e ouve dela: Para de falar e me beija…
    E os dois se beijam, daquele jeito gostoso deles!!!

  • LeoMídia diz: 7 de março de 2012

    Lamento mt àqueles que, como escrevem muito mal o português nestes comentários acima, falam mal também do belíssimo final que foi A VIDA DA GENTE.
    Àqueles que se acham a altura de apontar erros, que apresentem um projeto, um roteiro, uma sinopse (sei lá se entendem o que digo) para a Rede Globo. Estariam com certeza reprovados.

    Li a cada um dos depoimentos aqui escritos. Antes de criticar qualquer forma de arte, revejam seus conceitos linguìsticos e reescrevam o que querem dizer.

    A VIDA DA GENTE foi de uma sintonia plena, atores geniais e uma equipe genial.
    Não vejo nada de errado num final genial e surpreendente.
    Acompanho e gravo finais de novela das 18h da Globo desde 2007. Ao todo, são 10 novelas consecutivas…

    Abraço a todos!

  • Karla diz: 7 de março de 2012

    Final péssimo!!!! Puxa vida… como conseguiram fazer uma novela tão ruim. Até parece que a autora perdeu o fio da meada no meio da trama…aff… lamentável…

  • Juju diz: 7 de março de 2012

    É fato que a maioria não gostou, tanto que o último capítulo não teve muita audiência. É fato também que a autora já havia definido que o Rodrigo ficaria com a Manu, mas não conduziu a história tão bem tanto que a grande maioria do público ficou com a sensação de gratidão e conformismo.

    Não gostar não significa não entender, significa, simplesmente NÃO GOSTAR.
    Acho lamentável que algumas pessoas atribuam à idade o fato de alguém pensar diferente. Como se a idade tornasse, necessariamente, alguém mais inteligente ou mais capacitado. Muita gente jovem tem experiência de vida superior a pessoas idade, depende dos rumos da vida de cada um e não dos anos que se passaram.

    Pelo visto, algumas pessoas, mesmo com muita idade, não aprenderam algo básico na vida: respeitar a opinião alheia.

  • Claudia diz: 7 de março de 2012

    Apaixonada,

    Acredito que se a autora tivesse lidos teus posts o final agradaria a todos, inclusive a mim que senti muita falta de romantismo entre esse casal, pois não restaria duvida de que o que o Rodrigo sente pela Manu é amor e não apenas gratidão. Acho até que tens um dom. Poderias escrever romances.

    Na verdade, acho que o público em geral não queria que o Rodrigo ficasse com uma irmã ou com outra, queria que ele ficasse com o seu grande amor. A questão toda foi que a autora se perdeu após a Ana voltar do coma e deixou claro demais que esse grande amor era a Ana. As pessoas com quem conversei, mesmo as que torciam por Rodrigo e Manu, estavam desapontada com a forma com ela foi tratada pelo Rodrigo após o retorno da Ana e com a forma como se deu a volta do casal. Todos esperavam mais.

    Acredito que após a discussão das irmãs, quando Nanda conta para o Rodrigo que a Manu estava arrasada, o impulso dele deveria ser procurar a Manu e ver como ela estava. Aí começaríamos a ver alguma paixão. Digo nós, as pessoas que viram a novela como ela aconteceu e não as que ficaram imaginando o que a Lícia quis dizer ou quis mostrar, mas o que foi, efetivamente, dito e mostrado. Pois se ficarmos na imaginação pessoal, muito mais fácil imaginar que Rodrigo voltou para a Manu por gratidão já que ela salvou a Júlia doando o fígado e passa muito mais segurança que a Ana.

  • Claudia diz: 7 de março de 2012

    Apaixonada,

    Não critiquei a tua brincadeira de imaginar o final, aliás, gostei dela, não me entenda mal. Quando eu falei em imaginar o que a autora quis dizer ou quis mostrar estava me referindo a alguns comentários nos quais as pessoas transformam os acontecimentos da novela em outra coisa que não aconteceu e que não foi dita para torná-la diferente do que foi.

    Abraços a todos.

  • ALINE diz: 7 de março de 2012

    Gente fui atras do final escrito po Clair, que me fez chorar…Concordo com a opnião de todos…tanto que nunca fui mau criada com ninguem..kkkkkkkk…mas precisava postar isso (Clair espero não ter problema)
    clair diz: 29 de fevereiro de 2012 (Eu ameiiiiiiiiiii)
    Final feliz: depois de Julia ficar bem, “Manuela chama Ana e Rodrigo e diz a eles que ela esta levando sua vida, ela percebeu que precisa viver sua própria história” e “diz que eles precisam um do outro para cuidarem de Julia juntos”. Julia se despede do Lúcio mas diz a ele que sempre vai gostar dele como se fosse seu pai. Rodrigo viaja a negócios e acaba passando pelo lago onde ele e Ana viveram seus momentos. Ana sente falta de Rodrigo e se da conta do seu amor por ele. Eles acabam se encontrando por coincidência no lago aonde novamente fazem juras de amor. Ana fala que agora esta pronta e inteira para viver essa relação intensamente, ao lado dele e Julia. Eles se beijam muito e choram abraçados. Passa um tempo, aparece Ana grávida, e fazendo sucesso como treinadora, Julia morando Com eles mas sempre vendo Manuela que decide viajar com Gabriel para fazer um curso no exterior e expandir os negócios juntos. Lúcio volta de Londres e reencontra a Laura e se aproximam novamente.
    No fim mostram todos numa festa de aniver da Julia e todos tiram uma foto juntos… Fim!!!
    GENTE ESSE É O MELHOR FINAL QUE LI…SIMPLES E COERENTE, POIS A MANU VAI FAZER SUA PROPRIA HISTORIA E OS PAIS QUE SE AMAM DE JULIA (ANA E RODRIGO) FICAM JUNTOS E CRIAM A FILHA….MARAVILHOSOOOOOOOO

  • Apaixonada diz: 8 de março de 2012

    Imagina, Claudia depois de um elogio desses eu vou me prender a detalhe??? kkk

    Eu entendi o que você quis dizer. É sobre o fato de termos comentado os olhares, os textos, enfim… não foi verbalizado. E aí eu pego um gancho em um comentário que li de um jornalista da revista contigo, que elogiou muito a novela, ele falou que os textos eram intrínsecos, e eu completo , sempre foi necessário os olhares, as expressões, os ouvintes, os textos poéticos isso, desde o inicio da trama.

    Quanto a audiência, pode até ser, apesar que a diferença foi mínima. A última novela teve média 26 pontos com picos de 30, e A vida da gente teve média 24 com picos de 28. E alguns fatores precisam ser levados em consideração, nos dias de hoje muita gente assisti a novela na internet. E sinceramente, as críticas em todos os sites especializados em novela são sempre positivas. Uma ou outra observação, mas o menos comentado é esse final dos protagonistas, como se fosse o menos importante depois de toda a história.

    Sabe Claudia, essas últimas semanas eu estava estudando muito e nos últimos 20 dias minha única distração era a novela e dar uma espiadinha aqui. A novela acabou, meu concurso foi no domingo aí bateu um vazio. Nunca uma história me envolveu tanto. Então me fiz um desafio, rever a novela, não toda, mas a história dos três protagonista. Até para ver se mudo a minha visão. E comecei do primeiro dia. Estou na parte que Ana decidi ganhar o campeonato e fugir com a Júlia. E mais um vez achei lindo o amor de Ana e Rodrigo. Observei como a direção se preocupa com detalhes, eles fizeram dois adolescentes perfeitamente, a maquiagem estava impecável e as atitudes nos reverteram a nossa adolescência, a irresponsabilidade, as briguinhas por bobagens, as promessas, as certezas e incertezas. Enfim todo mundo que já teve um grande amor nessa idade se identificou com eles. Não sei quantos anos você tem, mas outras pessoas aqui com a minha idade 38 anos, ou menos ou mais, com certeza já teve uma paixão dessas… talvez sem a paisagem o Rio Grande do Sul, mas no meu caso com direito a montanha, rio e cachoeira… proibição da minha mãe e etc e atire a primeira pedra se quando rever esse primeiro amor não dá um friozinho na barriga, o coração não dispara… Não tem jeito primeira paixão é sempre forte.

    Poderiam ter vivido a vida toda juntos? Sim, talvez por que não? O problema é que não viveram, essa paixão foi interrompida, várias vezes como o Rodrigo disse e da última vez, foi como se fosse para sempre. Quando me coloco no lugar do Rodrigo, é como se a Ana ressuscitasse, era impossível que ele não ficasse mexido.

    Seria um romance lindo, mas irreal se a Ana acordasse cinco anos depois e o Rodrigo tivesse sozinho ou com alguém que ele não amasse só para criar a Júlia. Mas a verdade é que ele estava com uma pessoa que ele amava e estava muito feliz.

    Eu sofri muito. junto com a Ana, primeiro quando a dona Iná não disse mas deu a entender que o Rodrigo tinha outra pessoa, depois qdo ela fica sabendo que essa pessoa é a Manu. Ali era como se tirassem dela qualquer chance de reconquistá-lo. Mas apesar de tudo eu nunca desejei que a Manu deixasse o Rodrigo para a Ana, como foi o final que a Clair fez.

    Quanto ao fato que foi citado acima, de depois de saber da briga ele foi atrás da Ana e não da Manu. Não foi só isso não. Depois de ver a Eva massacrando a Manu ele nem perguntou como ela estava e foi atras da Ana de novo.

    Eu vou falar a verdade eu tive vontade de fazer picadinho do Rodrigo kkk kkk. Mas isso é característica de quem está obcecado. Observem que em nenhum momento ele se demonstrou preocupado com a Ana. Ele não perguntou como a Ana estava, ele foi por causa dos sentimentos dele e não dela. Isso é o que? Egoísmo. Como o Rodrigo andava depois que resolver viver esse amor com Ana? Egoísta, irresponsável, bebendo, não dando atenção á filha…

    E para resumir o que já está gigante. Falar que o Rodrigo escolheu a Manu porque ela era uma mãe para ele, é um pouco demais.. Mas para mim a escolha do Rodrigo e da Ana foi por amores mais concretos, cúmplices, companheiros, que davam equilíbrio a eles… e ainda tinha troca de carinhos sim. E só por isso, eu acho que faltou sim principalmente um beijo no final, para que ficasse mais claro..

  • Rosenira Sann diz: 8 de março de 2012

    Oi, galera.

    Nossa, eu prometo a mim mesma que quero esquecer o final dos casais que me desagradou profundamente, mas não tem jeito, sempre dou uma passadinha aqui, para ler mais comentários e me solidarizar com aqueles, que como eu, torciam por um final mais coerente.

    Me perdoem, mas fico profundamente irritada, com aqueles que teimam em afirmar que a escolha do Rodrigo e Ana por seus pares foi por AMOR. Ai, gente, nem com uma SKOL, desce redondo!!!!

    Apaixonada, discordo do seu penúltimo parágrafo, quando vc diz que o Rodrigo ficou irresponsável quando resolveu ficar com a Ana. Ele passou a ter esse comportamento, quando a mesma ROMPEU a relação precocimente. Isso denota ações, de uma pessoa frustrada. Ora, ele abandonou uma relação estável, cômoda e feliz, por seu verdadeiro amor e este, por culpa e insegurança (e Júlia) resolveu romper com a concretização de um sonho, desejo. Natural que ele, desencadeasse esse comportamento.

    Resumindo, Rodrigo e Ana desistiram de lutar por eles, pela relação deles e optaram por ficar com seus respectivos pares por gratidão, segurança como a Claudia postou no finalzinho. Ah, e um pouco de carinho também. Um final contraditório pela afirmação da autora que enaltecia o amor em detrimento da paixão. No final, não prevaleceu nem um e nem o outro sentimento . O comodismo venceu.

  • Stella diz: 8 de março de 2012

    Q Exagero do povo…dizer q o casal Ana e Rodrigo passaram a vida toda declarando amor e não terminaram juntos….q vida toda? eles eram adolescentes, ficaram juntos uns 2 meses pq ela já ficou gravida de cara, ficou um ano fora, voltou e qdo decidiram voltar houve o acidente e ficou quase 5 anos em coma….q vida toda???? pelo amor…adorei a novela e adorei o final….final sensado e mais lógico…

  • Apaixonada diz: 8 de março de 2012

    MULHER…
    Tão complicada e tão simples ao mesmo tempo…
    Contraditórias e sensatas.
    Não conseguimos localizar uma rua que já passamos duzentas vezes…
    Mas conseguimos detalhar uma flor no meio de um jardim inteiro e
    Até de ver um fio de cabelo preto feminino na camisa preta
    de quem amamos… ( rs rs)
    E no amor? Nos entregamos completamente ou nem tanto…
    O suficiente para nos fazer bem…
    Pobres homens que lutam para nos compreender
    Não percebem que mais vale uma fugida do trabalho para nos ver,
    ou uma ligação no meio do dia só para dizer: Como você está?
    Do quê um buquê de rosas…
    Queremos que eles nos compreenda na TPM, coisa, aliás, que nem
    nós mesmas conseguimos. Mas e daí?? Custa tentar???
    De tudo que foi conquistado desde as mulheres que morreram queimadas,
    Em 1857, o direito ao divorcio, o direito ao voto, o direito ao uso do anticoncepcional,
    O direito de não ser violentada, maltratada, espancada , caluniada…
    e tantos outro direito que vem sendo conquistados … só representam uma coisa:
    Que temos o direito de ser quem a gente decidir que quer ser:
    Empresária, empregada, dona de casa. Direito de ser mãe ou de nunca ser…
    Direito de constituir família ou de ficar solteira…
    Direito de amar ou só curtir…
    Simplesmente DIREITO DE SER FELIZ!!!
    Parabéns a todas as mulheres!
    E a todos os homens que tentam desesperadamente nos compreender!

  • Apaixonada diz: 8 de março de 2012

    Rosenira San,

    Não se irrite… cada um tem uma visão do que viu. Graças a Deus!
    Eu assisti a mesma novela que você e enxerguei fatos que você não viu e vice-versa.
    Mas não acho que a trama toda deve ser condenada pelo o final dos protagonistas. A novela foi linda, tão linda que estamos aqui quase uma semana depois do final, tentando nos despedir dela.

    Quanto ao meu comentário do comportamento do Rodrigo, ele foi verbalizado pelo próprio Rodrigo e pela Ana, em diversas passagens na novela. Estou assistindo algumas cenas da novela na net (vergonha kkk) , quando eu encontrar eu posto aqui.

    Amor que desequilibra, que cega… para mim paixão, uma linda e doce paixão, que não foi vivida:

    “Não existe nada mais forte, mais indestrutível do que um amor impossível. E sabe porque ele nunca acaba? Porque ele nunca começa de verdade, ele não se resolve aí fica tudo aí na sua cabeça na sua idealização, achando que ela é uma mulher perfeita.. que ela seria uma mulher perfeita…
    Lourenço para Rodrigo, cena 06/10

    E eu completo com minha forma de pensar: Só mesmo um amor concreto, construído no dia a dia, com cumplicidade, alegria, sonhos, realizações, frustrações. Só esse amor é capaz de superar um amor idealizado, e esse amor o Rodrigo construiu com a Manu.

    Viu Rosenira, não adianta a gente se irritar, eu continuo pensando que no final só faltou um beijo, mais para satisfazer a minha vontade de vê-los juntos, do que por qualquer outra coisa e na sua visão ele deveria ficar com a Ana. E pronto.

    Abraço!!!!

    Concordo com você Stella
    Stella diz:
    8 de março de 2012
    Q Exagero do povo…dizer q o casal Ana e Rodrigo passaram a vida toda declarando amor e não terminaram juntos….q vida toda? eles eram adolescentes, ficaram juntos uns 2 meses ( na verdade foi menos do que isso) pq ela já ficou gravida de cara, ficou um ano fora, voltou e qdo decidiram voltar houve o acidente e ficou quase 5 anos em coma….q vida toda???? pelo amor…adorei a novela e adorei o final….final sensato e mais lógico…

    Pois é, é o que eu digo, poderia sim ter sido um amor perfeito, mas não foi porque a vida não permitiu isso.

  • Rosenira Sann diz: 8 de março de 2012

    Oi, Apaixonada.

    Poema bonito. Valeu por todas nós.
    Quanto a trama, eu não a condeno de tudo. Gostei da novela do início ao fim. Simplismente, o final entre os casais achei incoerente, o que me “irritou” rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs…
    Voltando ao final entre os casais, achei que a autora investiu muito na relação Ana/Rodrigo, para no final, deixá-los separados. Seria mais convincente, se ela desse evidências para justificar que a volta de Rodrigo/Manu foi por amor e não por gratidão, como deixou transparecer. Em apenas 1 ou 2 dias, ele decide “pensar” na ex, mediante a uma situação de vida/morte, sendo que ficou meses assediando e se declarando a outra.
    Sinceramente, não acredito que o “amor contruído”, foi superado pelo “amor idealizado”. A partir do momento que o sentimento do Rodrigo foi capaz de se manter vivo (cito o dele, porque a Ana “adormeceu” amando-o, portanto para ela, o tempo não passou), apesar dos anos de ausência, de felicidade e conquistas ao lado da Manu, não era mais uma mera paixão nem idealização.
    Mas enfim, como vc disse, cada uma de nós fez uma análise de todos os acontecimentos e deu seu parecer final e esse é o meu. Torcia por Rodrigo/Ana, por achar bonito o envolvimento deles, toda a história. Até pelo olhar, percebíamos o amor, o desejo entre eles. Era emocionante vê-los juntos. Talvez por isso, tenha ficado tão frustrada. Embora tenha achado bacana a relação Rodrigo/Manu, só percebi um amor unilateral.
    Li em um site (não lembro onde agora), onde a Marjorie explicava que, quando receberam a sinopse da novela, os atores principais já sabiam com quem iam ficar no final, só não sabiam como iria acontecer.
    Então, se já estava previsto que a vitória seria do “amor construído”, que a autora já desse indicativos dessa conquista no decorrer da trama, após a traição, ou poderia também ter sido após o rompimento Rodrigo/Ana por causa da Júlia, ou após a volta da Manu de Floripa. Enfim, havia um leque de opções. Se fosse assim, haveria mais coerência, haveria mais aceitação.
    Ai, cansei! Um abraço para vc também.
    PS.: Onde vc está conseguindo assistir aos capítulos? Pois no site da globo já não estão mais disponíveis, pelo menos ontem tentei acessar e não consegui.

  • Apaixonada diz: 8 de março de 2012

    Rosenira Sann

    Imagina não é poema… só uns pensamentos.,,, acordei hoje com vontade de escrever… afinal nós mulheres merecemos!

    Os vídeos você pode colocar no google: A vida da gente, aí ai aparecer o endereço do site oficial e já cai lá OU você clica na vida da gente na globo.com, vai aparecer o site da nova novela, nele tem um ícone “reveja a vida da gente”

    E agora eu te pergunto, o que leva uma pessoa sofrer tudo de novo, com aquele acidente delas??? Estou aqui com vontade de quebrar a cara da Eva. rs rs rs
    E ainda teve gente falando que a Eva era boa, só falava algumas verdades…
    Bom… descobri um bom motivo, liguei a TV e está um barraco atrás do outro no BBB. Povo chato! Vou voltar para a A Vida Da Gente! rs rs rs

    Você tem razão, também cansei, parece que só restou nós duas aqui kkk kkk

    Um abraço, a gente se encontra por aí!!!!

  • Pâmela Ferreira diz: 9 de março de 2012

    Só tenho a dizer que a novela tinha tudo pra ser linda ,e a autora tinha tudo para ser aplaudida,no começo achei que essa novela éra digna de ser a novela das 9h ,mais me
    DECEPCIONEI DEMAIS com a AUTORA ,TENHO CERTEZA QUE A ANA E O RODRIGO SE AMAVAM DE VERDADE , E ASSA AUTORA AI FEZ TUDO ERRADO DESDE O MOMENTO EM QUE ELA COLOCOU MANUELA(MARJORIE ESTIANO ) UMA OTIMA ATRIZ ,NO CAMINHO DE RODRIGO…POXA LILIA DEICHEI DE VER REBELDE PRA VER ESSA NOVELA QUE ME DECPCIONOU MUITO NO FINAL….POXA TUDO BEM SE NEM TODO FINAL TERMINA FELIZ ,MAIS POXA SE PRA QUE QUE VC COLOCOU TANTAS ESPERANÇAS TANTOS CLIMAS ROMANTICCOS ,TANTAS TROCAS DE OLHARES ,TANTAS FRASES DITAS EU TE AMO ENTRE ANA E RODRIGO NAO DA BOCA PRA FORA…O QUE MAIS ME DECPCIONOU NO SEU TRABALHO NAO FOI O FATO DDE MANU E RODRIGO TEREM FICADOS JUNTOS NO FINAL…FOI O FATO DE DESDE O COMEÇO VC TER MOSTRADO UM AMOR INFINITO ENTRE ANA(FERNANDA VASCONCCELOS)UMA OTIMA ATRIZ E RODRIGO …POXA A NOVELA FOI LINDA DESDE O COMEÇO MAIS SAIBA QUE PELOS COMENTARIOS E PELAS PESSOAS QUE OUSSO FALAR DO SEU TRABALHO COMO EU SE DECPCIONARAM MUITO…E TENHO CERTEZA QUE DEPOIS DA BURRADA QUE VC FEZ VC MESMA SE ARREPENDEU …MAIS SAIBA QUE TODO MUNDO TEM O DIREITO DE ERRAR ….MAIS ESPERO QUE COM O SEU ERRO VC ACERTE DA PROXIMA …MAIS CUIDADO A PRIMEIRA CHANCE PODE SER A UNICA PENSSE NISSO!!!
    E SAIBA QUE SEU ERRO NAO EMPEDE VC DE FAZER DIFERENTE NA PROXIMA E MOSTRAR QUE VC É UMA EXCELENTE AUTORA.

  • Rosenira Sann diz: 9 de março de 2012

    Apaixonada.
    Além de ser uma forte candidata a escritora, és também uma poetisa? Pelo menos nesse blog, tiveste a oportunidade de por essas habilidades em prática…rsrsrsrsrsrsrsrsrsrss…
    Obrigada pela dica do site. Pois é, parece que só nós, ainda estamos trocando idéias a respeito da novela. Parece os animais ruminantes, no qual mastigam bem os alimentos, depois parece digerí-los, mas aí, o bolo alimentar volta outra vez, para ser mastigado…rsrsrsrsrsrsrsrsrs… quero ruminar algumas cenas. Um abraço.

  • ALINE diz: 9 de março de 2012

    Meninas vcs não estão sozinhas…eu estou aqui também….apegada a essa novela..kkkkkkk..a esse final que não desce..kkkkkkk…Adorei o comentario das duas, mas uma coisa eu pergunto “para começar um amor, a pessoa se apaixona antes..pelo menos eu e a metade das pessoas que conheço foi assim….Conheci o meu marido com 26 anos…nossa uma paixão louca e avassaladora…nem ficamos começamos a namorar no dia do primeiro beijo…hoje tenho 32 anos…posso dizer que a loucura passou, porque agora depois de lutarmos um pelo outro…vivemos o amor calmo e construido que todos tanto falam….A Manu e o Rodrigo não tiveram esse momento de paixão…ja começou na calmaria e tranquilidade da vida a dois como se tivesse 20 anos juntos…Acho que a Ana e Rodrigo diz mais o que aconteceu comigo..obvio que não fiquei em coma….Mas para mim agora no final da novela…ou desde quando a Ana acordou…não via mais os dois (Rodrigo e Ana) como uma paixão e sim como um amor que sobreviveu há cinco anos de silencio…que fez ele abandonar a segurança para viver esse amor VERDADEIRO…por isso que acho que os dois deveriam ter ficado juntos no final porque para se amar tem que se apaixonar primeiro…..ou todos aqui ja começaram um relacionamento amando e calmo? acho dificil…..Há e outra coisa todos dizem que o final foi a realidade que a novela se chamava A VIDA DA GENTE…vcs acham que existe homem que nem o Dr. Lucio? Porque por mais que tenhamos homens maravilhosos na vida real, eles não são como ele….enfim também cansei…E PARA RETRATAR O QUE ACHO QUE ACONTECEU NO FINAL DA NOVELA…AI VAI UMA LETRA DA MUSICA DE NANA CAYMMI “NÃO SE ESQUEÇA DE MIM” ANA E RODRIGO SEMPRE….

    Onde você estiver,
    Não se esqueça de mim
    Com quem você estiver não se esqueça de mim
    Eu quero apenas estar no seu pensamento
    Por um momento pensar que você pensa em mim
    Onde você estiver, não se esqueça de mim
    Mesmo que EXISTA OUTRO AMOR QUE TE FAÇA FELIZ
    Se resta, em sua lembrança, um pouco do muito que eu te quis
    Onde você estiver, não se esqueça de mim
    Eu quero apenas estar no seu pensamento
    Por um momento pensar que você pensa em mim
    Onde você estiver, não se esqueça de mim
    Quando você se lembrar não se esqueça que eu
    Que eu não consigo apagar você da minha vida
    Onde você estiver não se esqueça de mim

  • Apaixonada diz: 9 de março de 2012

    Aline, kkk kkk que bom, mais um louca!!!

    Concordo com você para amar tem que se apaixonar. Mas a palavra apaixonar pode ser vista de duas formas ou ter dois sentidos ou não. Eu vou tentar explicar: A primeira coisa que sentimos é uma atração, mas por algumas pessoas ou em alguns momentos esta atração é muito forte, e esse momento ele pode virar amor como foi o seu caso, o meu e de outras noveleiras que já desabafaram aqui ou pode simplesmente acabar.

    O caso da Ana e do Rodrigo foi dessas paixões fulminantes, até se levando em conta a idade deles na época e o pior é que foi um amor proibido o que torna esse sentimento ainda mais forte e como eu falei se essa paixão não tivesse sido interrompida teria chance sim de se transformar. O problema é que foi. E o Rodrigo, com a certeza de que a Ana nunca mais voltaria se permitiu viver outro amor e se apaixonou pela Manu. O título do vídeo que eles quase beijam é “Rodrigo e Manu sentem uma forte atração”. a questão e que os dois já estava mais maduros, já estavam praticamente vivendo vida de casado, e o amor foi o mais forte da relação. As cenas dos dois juntos são lindas. Simples do dia a dia, com certeza te faz reverter ao seu casamento. Na novela, em nenhum casal puxou para esse lado do sexo, com eles não seria diferente, principalmente pela autora querer mostrar a diferença. Então na minha opinião, pegando gancho no texto da Lícia, o Rodrigo e a Ana tiveram oportunidade de sentir um grande amor e não vivê-lo e de viver um outro amor por outras pessoas. Cada um em um momento diferente da vida, de uma forma diferente e o que eles fizeram foi escolher o que os deixavam mais felizes.
    “eu entendi que não tinha mais divisão nenhuma. O que tinha sido vivido, o que tinha ficado pra trás, tudo, era parte de uma mesma HISTÓRIA, de uma mesma VIDA e de um mesmo sentimento: AMOR.”

    Bom é isso que penso.

    Abraço Aline e Rosenira companheiras de loucura!!!! kkk

  • Marcos Mendes diz: 10 de março de 2012

    Eu não sou mresuito de assistir novela não, mas esta me cativou pela simplicidade, leva e pela força dos diálogos, verdadeiros e carregados de emoção. Esperava um final feliz entre Rodrigo e Ana, mas compreendi que justo “o tempo” que passou para todos, menos para Ana (em coma) foi o grande responsável pelos desencontros da trama. Quando Ana e Rodrigo perceberam de verdade que o tempo tinha passado e que suas vidas tinham sido mudadas(amadurecido), as respostas vieram por si só. O resultado foi um final feliz com desfecho homenageando o grande Autor Manoel Carlos (novela Por Amor), fã da trama.

  • Rita Porto Alegre diz: 10 de março de 2012

    Bah, que bom encontrar vocês gurias!!!!!!
    Pensei que os assuntos da novela já haviam sido retirados pelo site. Hoje, me deu uma saudade, e resolvi verificar e para surpresa minha, encontro as gurias ainda por aqui trocando idéias a respeito do fim da trama. Trilegal!!!!!!!
    Essa novela, foi maravilhosa, tanto é, que ainda algumas pessoas não se desprenderam dela.
    Rosenira Sann, tenho uma filha, que acompanhou a novela e assim como a ti, se “irritou profundamente” com esse final… KKKKKKKKKKKKK…ela torcia por um final Rodrigo e Ana, Manuela e Gabriel. Ah, e o Lúcio com a Laura.
    Apaixonada, li seus posts, e vi que em um deles, tu te reportas que alguém insinuava que o Rodrigo ficou com a Manuela, por ela fazer o papel de mãe para ele. Acho que referias a mim, pois eu falei isso para a Rosenira Sann, explicando que há homens, que gostam de mulheres, que as vezes, exerça esse papel, e é o que aconteceu com esse casal. Ao lado da Manuela, o Rodrigo transformou-se num homem. Praticamente ela o tomou pela mão, e o conduziu à caminhos seguros. Porém, não significa dizer, que Rodrigo voltou para ela, só por causa disso, porque assim, eu estaria me contradizendo. Havia amor sim e esse amor superou tudo no final.
    Agora uma coisa tive que admitir, primeiro fiz isso com minha filha, agora aqui. Investiu-se muito numa possível volta da Ana para o Rodrigo. Eu tinha certeza, que esses dois não terminaria juntos, mas há alguns dias do final, comecei a ficar temerosa, e em dúvidas quanto ao meu palpite, a minha torcida. Ainda bem, que tudo deu certo, ao contrário de muitos, e eu respeito as opiniões, o final foi coerente com a proposta da autora.
    Abraços, gurias!!!!!!! Bom final de semana!!!

  • Rosenira Sann diz: 10 de março de 2012

    Oi, gente.

    Encontrei esse comentário no blog da Patrícia Kourgut, interessantíssimo. Aline, dá uma lida quando puder. Abraços!!!!!

    Nome: Maria Irene – 3/3/2012 – 21:10

    1º Parte:
    Assim como a autora, muitos desqualificam o amor entre Ana e Rodrigo como uma “mera paixão”, ao contrário do “amor construído”, no casamento de Manu e Rodrigo.
    Ana e Rodrigo foram criados juntos, se amam desde adolescentes e o sentimento entre eles vai muito além de uma “tarde na lagoa”.
    Fernando Pessoa já dizia:”o valor das coisas não está no tempo que duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis”.

    Outra situação incoerente, foi a autora justificar o fim do romance entre Ana e Rodrigo, usando o pensamento do filósofo Heráclito de Éfeso, restrigindo-o apenas ao casal.
    Na cena onde Rodrigo vai a lagoa, Lourenço cita o pensamento do Heráclito:

    “Ninguém entra num mesmo rio uma segunda vez, pois quando isso acontece já não se é o mesmo, assim como as águas, que já serão outras. O fluxo eterno das coisas é a própria essência do mundo”.

    Em seguida, cita Guimarães Rosa: “o mais importante e bonito do mundo é isto, que as pessoas não são sempre iguais, ainda não foram terminadas, mas que elas vão sempre mudando, afinam ou desafinam, verdade maior é o que a vida me ensinou.”

    Diante disso, fica a pergunta: Por que a autora restringiu esse pensamento que “ninguém entra num mesmo rio uma segunda vez, pois quando isso acontece já não se é o mesmo, assim como as águas que já serão outras”, apenas ao casal “Ana e Rodrigo”?

    Esse pensamento se aplica a todos, principalmente, Rodrigo e Manu que ao retomarem o casamento, depois de tantos percalços, Rodrigo se relacionar com Ana e Manu com Gabriel, certamente, Manu e Rodrigo não eram os mesmos, assim como o casamento deles.

    Aliado a tudo isso, Rodrigo e Ana terminarem uma linda história, por email, foi deplorável. A impressão que se dá é que, frente a frente, as máscaras iriam cair. O email da Ana para o Rodrigo, falando sobre a libertação do sentimento entre eles foi patético:

    …” como se tivesse alcançado a outra margem do rio, do outro lado da fronteira, dois adultos maduros, finalmente, libertos daquele fardo pesado feito de lembranças de sonhos antigos, porque há novos sonhos do lado de cá da fronteira e, agora, podemos viver”.

    Desqualificar uma linda história de amor em “fardo pesado”, foi demais!!!

    Final decepcionante e incoerente!!!
    E eu, Rosenira Sann, assino em baixo!

  • Aline diz: 11 de março de 2012

    KKK…Adorei Apaixonada!!! Realmente 3 loucas aqui nesse site…gostei do que vc escreveu…mais ainda assim queria ver Ana e Rodrigo juntos…assistir as cenas de Rodrigo e Manu, mais infelizmente não consegui ver quimica, como vc viu….Há e sobre o amigo ai que comparou a novela ou autora com Manoel Carlos…não vi com uma homenagem…porque para ela (licia) se tornar um Manoel Carlos vai ter que comer muito capim…Sobre os 4 de mãos dada no final…”por amor” tinha outro conceito era mãe e filha segurando a mão do filho que a mãe cedeu para a filha…na vida da gente era Mãe de verdade e tia…que ainda ficou com o carinha que a irmã gostava..kkkkkkkkkkk….enfim Manoel Carlos é mestre…licia é iniciante…aiai..muito que aprender

  • Solange diz: 11 de março de 2012

    Bem que podia ter uma continuação né? Tipo a vida da gente 2 :) Com os mesmos personagens, claro.

  • Apaixonada diz: 12 de março de 2012

    Olha eu aqui de novo!!! kkkk Dessa vez me despedindo, acabei de fazer minha inscrição para o concurso da caixa. Estudar e estudar… Adeus A Vida da Gente!
    Acabei de encerrar os vídeos também. Queria assistir os dois relacionamentos, então assisti do primeiro dia até o dia que o Rodrigo pede a Manu em casamento. E novamente amei os dois casais mas me encantei pelo amor de Manu e Rodrigo e para mim não tinha lógica os dois terminarem separados.

    Rosenira… apesar de ter dedicado a Aline eu li ( rs rs rs). Tenho uma ressalva a fazer, desse pedacinho: “daquele fardo pesado” ,não é a primeira vez que o amor de Rodrigo e Ana é colocado assim. Me lembro que no dia que Ana terminou com o Rodrigo ( a última vez) ele desabafou com o Lourenço e disse que abriu mão de tudo pela Ana, que bancou porque esse era o fardo dele”
    Só que diferente do que a pessoa comentou eu acho que os dois se referiram a fardo por causa do sofrimento que esse amor mal resolvido causavam aos dois, desde o principio. Quanto ao email, quando vi o final divulgado fui a primeira a criticar, mas ficou tão bonito, tão leve… enfim achei perfeito.

    Quanto a esse pensamento: \”Ninguém entra num mesmo rio uma segunda vez, pois quando isso acontece já não se é o mesmo, assim como as águas, que já serão outras. O fluxo eterno das coisas é a própria essência do mundo\”.

    Só servia para Ana e Rodrigo mesmo, porque o tempo todo eles queriam resgatar aquele amor que tinha sido interrompido, tanto que na tentativa de volta eles foram lá no mesmo lugar. E aquele tempo já tinha passado e eles não eram mais as mesmas pessoas, aqueles adolescentes tinham amadurecido, diferente de Manu e Rodrigo que estavam retornando o casamento para dar continuidade e não viver a mesma história. Não sei se fui clara. Mas o fato é que quem tinha certeza que Ana e Rodrigo terminariam juntos não gostou de nada mesmo. Engraçado é que eu duvidei que Manu e Rodrigo ficariam juntos, mas tinha certeza que Ana e Lúcio sim. Até o momento do hospital eu achei que a autora tinha optado pelos três separados.

    Aline
    Amiga vou discordar de você mais uma vez… Gosto muito das novelas de Manoel Carlos, mas… na minha opinião a Lícia o superou. Ela superou na beleza dos textos ( acho que mesmo quem não gostava de poesia ficou com vontade de ler), ela foi mais próxima ainda da realidade, mais correta nos fechamentos das histórias, porque o Manoel deixava alguns fios soltos ou inventava uns amores de última hora, enfim… eu só torço para que ela continue me surpreendendo porque vai ser difícil uma história tão boa assim.

    Enfim acho que vou indo galera!!! E vou demorar para voltar ( acho) kkkkk kkkk

    Abraço, a gente se vê ou quer dizer a gente se Lê!! kkk kkk

  • Apaixonada diz: 12 de março de 2012

    Só mais uma coisa.

    Solange amei a idéia!! Poderia ser com outras histórias principais, um novo amor de Sofia, ou então o amor da Julia pelo Tiago… kkk kkk
    Abraço

  • Day diz: 12 de março de 2012

    Tem um espacinho pra mim também? rs

    Meninas vocês não estão sozinhas, eu também me sinto uma louca! kkkkk

    Depois do final da novela continuo vindo aqui para ler todos os comentários. Leio um por um.

    Apaixonada: Concordo contigo, é abstinência pura o que estou sentindo, principalmente porque não me interessei pela nova trama das 18h.

    ALGUÉM ESTÁ ACOMPANHANDO?

    Bjs!!!

  • Day diz: 12 de março de 2012

    APAIXONADA:

    Querida, boa sorte então!

    Poxa, vou sentir saudades de seus comentários, como eu disse uma vez aqui, eu quase não posto minha opinião, pois quando leio seus comentários é como se eu me alimentasse deles, e sempre concordo com tudo, então resta muito pouco ou quase nada a ser dito! rs

    Enfim, todos precisamos levar a vida adiante, tocar nossos projetos, mas sempre que puder dar uma passada por aqui, pode ter certeza que encontrará pelo menos UMA leitora fiel: EU!

    Um abração, bons estudos, boa sorte de coração!

  • Day diz: 12 de março de 2012

    Apaixonada:

    Só mais uma coisa! rs

    Você poderia criar um blog para postar “suas” novelas, seus textos, pensamentos, poemas, idéias, enfim… te acho muito criativa e com um dom muito raro, quem o possui é muito abençoado: o de ler pessoas! #ficadica.

    Beijos!!! :)

  • Mirela diz: 12 de março de 2012

    Nossa, os comentários continuam rsrsrs
    Eu fiquei super decepcionada com o fim. Embora lindo, poético, deixou muito a desejar.
    Ana e Rodrigo deveriam ter uma conversa sim, olho no ollho. Era o mínimo…

    Fora isso, Manu e Rodrigo poderiam ter tido algum envolvimento a mais depois do término do casamento. Como disseram, ele esqueceu ela em Floripa e só lembrava dela para cuidar da Júlia e só lembrou da esposa após a doação do fígado. Também fiquei com a sensação de amor fraternal, gratidão. Eu preferia que ele tivesse dado algum beijo na Manu antes, que fosse demonstrado o interesse dela por ela como mulher. Que aparecesse a confusão dele. Parecia desejo pela Ana e segurança com a Manu.

    Rosenira, concordo contigo…

    Aline, também lembrei muito o fim de “Por Amor”. Quando a cena apareceu, dos 4, me veio na cabeça a Regina Duarte, a Gabriela Duarte e seus parceiros. Nãos sei se autora copiou ou não se deu conta. Mas ficou igualzinho.

    Eu gostei da novela. Só não digo gostei muito porque acho que faltou a parte leve. Foi muito sofrimento e pouca comédia. Alguns períodos eu até deixei de ver porque a novela me entristecia. Gostei da história das duas irmãs mas fiquei com peninha da Manu no fim. A Ana ainda ficou com um baita homem, louco por ela, já a Manu ficou com alguém que nada fez por ela e que dependia dela. Tive dificuldade em achar isso bom para a Manu.

  • ALINE diz: 12 de março de 2012

    Rosenira Sann li seu comentario somente hoje 12/03/2012…e adoreiiiiiiiii…tudo que esta escrito é o que sinto e penso…muito obrigado por lembrar de mim…..

    Apaixonada!!! boa sorte no cursinho e vou sentir falta de nossos debates…apesar de pensarmos bemmmm diferente..kkkkkkk…gosto de ler o que vc escreve.

    Day seja benvinda as nossas eternas discursões..kkkkkkk

    Rita Porto Alegra!!! Vc apareceu..kkkkkkk

    Rosenira Sann e eu sempre vamos querer ANA E RODRIGO juntos….Há e todos tem que concordar com uma coisa:
    Tudo bem (que saco..kkkkk) Ana e Rodrigo não terminaram juntos…mais a autora deu muito mais enfase no termino dos dois (ANA E RODRIGO ROUBARAM A CENA MAIS UMA VEZ)…do que na volta do “amor construido” de Manu e Rodrigo…até a volta de Ana e Lucio foi mais bonita!!!
    Mas enfim Ana e Rodrigo não ficaram juntos como eu queria…mais roubaram a cena e me fizeram chorar com as cartas…..
    POR FAVOR COLOQUEM FERNANDA VASCONCELLOS E RAFAEL CARDOSO…fazendo par romantico em outra novela…porque eles dois juntos são lindos e tem muita quimica….

  • Rosenira Sann diz: 12 de março de 2012

    Oi, galera.

    Rita Porto Alegre apareceu!!!!!!!!!!! Tinha torcida contrária em sua casa…rsrsrsrsrsrsrsrs…
    Oi, Apaixonada! Boa sorte na tua prova. Eu enderecei o comentário para Aline, pois assim como eu, torcíamos por um final entre os casais contrário ao seu. Achei bem interessante o que a Maria Irene escreveu. Li seu post, porém, não concordei com as suas colocações. Para mim, se a autora já havia decidido que Ana e Rodrigo não ficariam juntos, seria mais coerente e convincente, se a Lícia deixassem todos separados. Menos Manu, gostaria que ela permanecesse com o Gabriel. Porém, todos voltaram ao mesmo rio… somente a Ana e o Rodrigo, com essa ação, não poderiam ser mais os mesmos…ah, tenha dó!
    Rodrigo e Ana na segunda chance de vivenciarem o romance, não tiveram a calmaria de uma relação, as conquistas diárias e necessária para se gerar um equilíbrio, como aconteceu com ele e Manu. Pelo contrário, foi muito sofrimento, muitos porém.
    Depois de tudo o que aconteceu, fica dificílimo aceitar a idéia de que eles ficaram com seus pares por os amarem intensamente. Havia sim um sentimento, porém, não tão intenso quanto ao dos pais biológicos da Júlia. Nessa escolha, pesou a gratidão, o equilíbrio, a segurança que tanto a Manu e o Lúcio, proporcionavam a eles. Depois eu vim entender a frase da Lícia, quando questinada quanto ao destino do quadrilátero amoroso no final. Ela falou, que todos alcançariam um amadurecimento e encontrariam um equilíbrio. Mais ou menos assim. E foi exatamente o que aconteceu. Ela não mensionou a palavra amor.
    Apaixonada, Rita Porto Alegre entre outros. Não concordaremos em nossas opiniões, não tem jeito… rsrsrsrsrsrsrsrsrss…
    Aline, quem sabe em outra novela, os dois atores façam um par romântico? Assim, imaginaremos que são Ana e Rodrigo em outra vida? rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs…
    Beijos a todos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • ALINE diz: 12 de março de 2012

    Mirela se eles Ana e Rodrigo tivessem a conversa olho no olho…eles se beijariam..kkkkkkk…os dois tinha tanta quimica que a autora preferiu deixar os dois longe do que perto…Fazer o que né?..kkkkkkkkkkk

  • Apaixonada diz: 12 de março de 2012

    Day!!!

    Fiquei emocionada, imagina você escreve tão bem. Quanto ao blog, você não vai acreditar mais domingo a minha irmã me falou isso. Eu postei a mensagem que fiz para as mulheres no meu orkut e deu o que falar…
    Eu gosto muito de ler e escrever sobre tudo, não só novelas, mais música, política, poesia… enfim…
    Pode deixar eu vou sempre aparecer por aqui, para ver até quando vai essa mania da Vida da Gente.

    Meninas obrigada pelo apoio, não vou fazer cursinho não. Estou estudando sozinha com a cara e a coragem.

  • Apaixonada diz: 12 de março de 2012

    Fiquei tão emocionada com o carinho de vocês, que entrei aqui para comentar outras coisas e acabei fechando sem comentar:

    1-Rita amiga, sabia que você tem o nome da minha mãe? Eu não mandei o recado para você não, outras pessoas já tinham falado isso. Mas agora achei que você foi mais clara, não é mãe é alguém que te dê segurança. Isso todos nós precisamos sempre.

    2-Ai meninas… tudo bem que vocês torciam pela Ana e o Rodrigo, mas dizer que o que ele sentia pela Manu não era amor?? Ficou por gratidão? Ah gente ninguém ficaria com outro por gratidão.
    Bom… depois de deixar maridinho na cama ( rs rs) acabei assistindo mais alguns vídeos e encontrei um que não tinha visto. O dia que ele chama ela para ir para o Rio de Janeiro. Eu sei que era um tentativa de salvar o casamento, mas ele falou tão fofo…
    “Eu sei disso tudo meu amor … mas a gente tá precisando ficar junto. Brincar de ser nós dois de vez em quando.”
    Ai que lindo… E na viagem “Eu adoro essa paz que você me dá, meu amor…adoro…”

    3- A contigo abriu a votação para o prêmio TV e a Vida da Gente está em quase todas as categorias. Votei na vida da gente de “cabo a rabo”, mas consciente claro, só no melhor ator que votei no Rafael Cardoso mas confesso que o coração apertou porque Rodrigo Lombardi estava lá e o ano foi dele. Mas sei que o
    Rodrigo Lombardi vai ganhar, mas votei no Rafael Cardoso para incentivá-lo kkk kkk

    4- Por falar em Rafael Cardoso… alguém está precisando de um colírio aí??? Não sou fã de homem musculoso demais, mas ele está no ponto. Alguém pode me dizer onde o Rodrigo escondia os músculos do Rafael Cardoso ? kkk kkk
    Deem uma olhada meninas, vale a pena: http://rafaelcardosooficial2010.blogspot.com/

  • Rita Porto Alegre diz: 13 de março de 2012

    Rosenira Sann, Aline e outros que torciam pelo final Rodrigo e Ana.

    Meninas, vocês, infelizmente gostaram tanto da química entre os atores que interpretavam esses personagens que acabaram não percebendo toda lógica da novela. Eles formavam um casal bonito? Sim formavam. Mas gurias, um casamento não só é feito de formusura não, isso é só um detalhe. Por favor, parem de afirmar que Rodrigo ficou com a Manuela por gratidão. Eles conviveram por 5 anos, só por isso? O que os uniu, foi isso? Será que assistiram a todo o envolvimento desse casal? Todos os acontecimentos que fizeram dessa relação, uma história sólida de amor? Bah!!!
    Apaixonada, tudo bem? Pensei realmente que referias a mim, quanto a afirmação que Rodrigo nutria pela Manuela, amor materno…
    Quer dizer que tua mãe é minha xará? Aqui no Sul, esse nome é muito comum, principalmente em pessoas que já estão na terceira idade.
    Quanto ao site do Rafael Cardoso, darei a uma de minhas filhas que ainda encontra-se solteira. Ela se “apaixonou” pelo guri. Ela diz: “onde estava escondido esse guri, que passou despercebido!”…KKKKKKKKKKKKK… somos conterrâneos….
    Um abraço.

  • Rosenira Sann diz: 13 de março de 2012

    Apaixonada,
    Ameeeeeeeeeeeeeeeiiiii, esse colírio que vc trouxe para nós….rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs…
    Nossa, esse cara é lindo demais. Acessei na hora e me deparei com aquela foto linda na minha tela! rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs…
    Meninas, acessem, vale muuuuuuuuuiiiito a pena.
    É Apaixonada, fomos divergentes com o final entre os casais, mas sobre o talento e beleza desse moço, somos praticamente “almas gêmeas”…rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs…
    Quanto aos músculos, acho que não dava para se perceber muito, porque Rodrigo sempre usava camisa de mangas compridas. Pode ser também, que durante a novela, ele não os estava trabalhando muito na academia, deu uma manerada e agora, ele voltou a intensificar as “puxadas de ferro”. Lembro que vi uma entrevista dele dizendo que ia para o Sul, gravar um filme chamado Senhores da guerra. Deve exigir um tipo mais musculoso, fortão!…rsrsrsrsrsrsrsrsrs. Obrigada! Tchau!

  • ALINE diz: 13 de março de 2012

    Oi meninas…todo dia tenho que passar aqui para ver os comentarios e principalmente o de Rosenira Sann minha amiga de opniões…Gente tava pensando ontem…Se a autora tivesse dado o final que a maioria queria Ana e Rodrigo juntos…eu com certeza não estaria mais visitando esse site para expor meus pensamentos como tantos que vi aqui…acho que a autora fez esse fim para ficarmos debatendo por muito tempo até que um dia outra novela possa prender novamente..kkkkkkkk…Todos sabiam tanto que o final não estava agradando a maioria das pessoas que saiu nos sites “Final de novela divide opniões”, “A maioria dos internaltas querem Ana e Rodrigo juntos”, “O verdadeiro par romantico da novela era ANA E MANU”…kkkkkkkk..me poupe…a autora sabia tanto que esse final iria desagradar a maioria que ficou enfatizando que o que importava era que ANA E MANU estavam bem…
    Pode ser que no começo da novela o intuito era sempre exaltar o relacionamento das irmãs, mais o que chamou atenção foi o triangulo amoroso…ou o casal apaixonado ANA E RODRIGO…muitos assistiam a novela para ver o dois..e as chamadas antes de começar a novela prendia nossa atenção em passar sempre o amor deles…
    Achei legal a autora querer colocar a realidade na novela…mais tenho certeza quem não existi uma vida tão sofrida como a deles e nem uma irmã que se apaixona pelo grande amor da outra irmã…porque o final ANA E RODRIGO também é realidade…e mesmo que não seja acho que a autora podia colocar um pouco de magia nessa novela…porque o publico gosta disso…magia, conto de fadas…tanto que CORDEL ENCANTANDO teve muito mais audiencia….Porque podemos querer ver a vida da gente na televisão, mais de uma forma mais branda e amorosa…porque realidade ja basta os jormais que falta soltar sangue….hoje vou ficando por aqui!!! Beijo meninassssssss…

  • Claudia diz: 13 de março de 2012

    Meninas, vcs ainda por aqui?? Quanta empolgação!!!

    Apaixonada, acho que ninguém pensa que Rodrigo ficou com Manu só por gratidão. Contudo, a relação foi sempre muito fraternal. E, da forma como a autora fez o desfecho a gratidão pesou demais na escolha dos casais e eu não gostaria que fosse assim.

    Senti falta de uma relação mais homem/mulher entre Manu e Rodrigo. Foi uma falha da autora porque com Ana e Lúcio essa relação aconteceu e ficou clara. Ele transmite segurança a ela sim, mas aparecia uma paixão ali. Via a dúvida entre Rodrigo e Lúcio na Ana. Mas no Rodrigo a dúvida só pareceu mesmo no último capítulo, antes ele sempre escolheu a Ana em todas as situações. Acho que só faltou demonstrar entre Rodrigo e Manu o que foi demonstrado entre Ana e Lúcio para todos ficarem satisfeitos.

  • Rita Porto Alegre diz: 13 de março de 2012

    Oi, Claudia,

    Sei que não te reportas a mim, mas não pude ficar quieta, ao ler teu post. Não entendi, guria, não vistes uma relação homem/mulher entre Manuela e Rodrigo? O casamento entre eles foi o que então? Aliás para ti, que espécie de relação era aquela? Garanto que não estavam brincando de casinha…

  • Rosenira Sann diz: 13 de março de 2012

    Ai, Rita Porto Alegre…

    Eu não disse que o Rodrigo ficou com a Manu SÓ por gratidão. Foi também pelo carinho, a força, o equilíbrio, a segurança que ela passava para ele. Não foi só Aline e eu, que percebemos que do modo como foram arquitetadas as coisas, esses sentimentos pesaram na decisão do Rodrigo.

    Agora sinceramente, Manu não merecia voltar para ele. O cara passou a novela quase inteira atrás da Ana, evidenciando o seu amor, para no finalzinho, após um gesto de amor e coragem da Manu, ele decidir retomar a relação e pior, ela aceitá-lo de volta. Sinto muito, mas foi uma espécie de “prêmio de consolação” dado pela autora, para “pagar” as tantas provas de um amor solitário da Manu.

    Estava numa expectativa enorme de saber a opinião dos atores envolvidos no quarteto amoroso, a respeito do final da novela (se bem, que eles já sabiam o desfecho, quando receberam a sinopse). Deparei-me com uma entrevista do Rafael Cardoso, onde ele dizia, que gostaria que o Rodrigo não ficasse com nenhuma das irmãs. Excelente opinião, e se ocorresse dessa forma, ficaria mais convincente para ambas as torcidas.

    Ele explica as duas relações. Com a Ana houve um começo, meio e fim (discordei dele nessa parte, pois praticamente não existiu o “meio” , pois ele foi muito conturbado ocasionando um “fim” precoce). Com a Manu, foi uma relação mais madura, sólida. Ele pára aí, mas dá para entender, que apesar dessa relação ter tido mais tempo, mais tranquilidade para ser consolidada, faltava à ela, o essencial: a PAIXÃO. E isso foi evidenciado no decorrer da trama. Não há o que se discutir. Se a proposta da autora, era mostar a vitória de um “amor construído’, os fins, não justificaram os meios. Parte desse princípio, o meu descontentamento com o desfecho dado aos casais.

  • Apaixonada diz: 14 de março de 2012

    Galera passando aqui para dar uma quase boa notícia, rs rs rs… Fiz 85% da nota do último concurso . É uma média boa, mas devido a concorrência… 239 por vaga, ainda não é certo. Mas me deu energia e ânimo para estudar para o da Caixa.

    E mais uma vez, obrigada pelo carinho.
    ***********************
    Rosenira,
    Eu já tinha visto, antes do final da novela a opinião deles. O Tiago queria o Lúcio com a Ana e ainda afirmou que amor concreto na novela foi o da Manu e do Rodrigo. O Rafael disse que qualquer um dos dois amores seria interessante e até ele sozinho. A Marjorie também falou que ficar com o Rodrigo era interessante, desde que eles entendessem o que realmente sentiam um pelo outro e ficar os três separados seria mais próximo do real. A Fernanda disse que tinha torcida para um e que a torcida dela era para quem ela tinha ficado, ou seja o Lúcio. Mas o que os três falaram é que não importava o final, o mais importante da novela era tudo que tinha sido vivido ou o caminho pelo qual se chegou nesse fim.

    *****************
    Achei lindo gente… parece até a gente! kkk Quem não viu a reportagem completa ele coloca o que viu de positivo e negativo na novela. Concordei com quase tudo.

    Jorge Brasil, comentarista da revista Contigo:

    Adeus, Manu, Ana, Júlia, Lúcio, Nanda… Adeus sábia Dona Iná! Esses e outros personagens de A Vida da Gente me acompanharam durante alguns meses e marcaram minha vida para sempre, de uma forma como há muito tempo uma obra de ficção não fazia. E agora eles me deixaram órfão… É impressionante como uma novela pode fazer diferença na vida da gente. Essa sensação de tristeza e saudade que me abateu após o último capítulo da trama de Lícia Manzo, na sexta 2, certamente atingiu a centenas de outras pessoas também. Felizmente o encerramento dessa saga familiar foi realizado de forma sóbria, madura e extremamente sensível. E mesmo quem se irritou por Rodrigo (Rafael Cardoso) ter ficado com Manu (Marjorie Estiano) e não com Ana (Fernanda Vasconcello), dificilmente ficou imune a tamanha carga de emoção. Eu sempre fui favorável a esse final e queria muito que Lúcio (Thiago Lacerda) fosse o escolhido de Ana. A relação da ex-tenista com Rodrigo foi fruto de uma paixão juvenil nunca concretizada, enquanto o relacionamento dele com Manu foi construído com calma, companheirismo e, principalmente, amor. Gostei demais de todo o capítulo final. O discurso de Iná (Nicette Bruno) sobre o tempo foi de arrepiar, criando uma introdução maravilhosa para a voz de Maria Gadú desfiar Oração ao Tempo, enquanto os finais de outros personagens desfilavam com delicadeza. Foi coerente Cris (Regiane Alves) voltar à academia de ginástica para tentar descolar um novo coroa rico e Marcos (Ângelo Antônio) se envolver com outra mulher que o deixe se “encostar” nela. A grande verdade é que os personagens da novela não tiveram exatamente finais, como acontece na vida da gente. E sim inícios de novas fases. Nanda (Maria Eduarda) com a chance de amar novamente, Ângela (Silvia Massari) tomando as rédeas da vida de Jonas (Paulo Betti) sem que ele mude uma vírgula de seu comportamento, Celina (Leona Cavalli) tendo seu filho ao lado de Lourenço (Leonardo Medeiros) e Eva (Ana Beatriz Nogueira) continuando a ser exatamente a mesma mulher obsessiva e intransigente. Mas essa não teria jeito mesmo. A Vida da Gente é a prova viva de que boa audiência não significa qualidade e, graças a Deus, a autora não precisou revirar sua história ao avesso por causa disso. Confira alguns dos muitos pontos altos de A Vida da Gente e os pouquíssimos deslizes da produção.

    *******************************
    E pensando bem: …
    Manu e Ana se perdoaram na troca de olhares na hora em que contaram do remedinho para a Júlia.
    Ana e Rodrigo encerraram suas dúvidas antes mesmo do email, no abraço fraterno no hospital…
    Ana e Lúcio se reconciliaram na troca de olhares e no abraço no hospital…
    Manu e Rodrigo um amor que nasceu do companheirismo e da cumplicidade começaram a voltar, mesmo sem perceber desde a união para ajudar Nanda, a união para defender Júlia de Eva e depois juntos um cuidando do outro e cuidando da Júlia, na doença dela. Lembram da cena em que mesmo preocupada com Júlia, Manu se preocupa com a reação do Rodrigo? E ele com ela, mesmo com a dificuldade que os dois estavam de se aproximar. Na cena do retorno do hospital já não existia mais nenhuma barreira em nenhum dos dois, mas existia o Gabriel.

    E quem ainda não viu amor na relação dos dois eu indico os vídeos a partir do dia 15/11 e mesmo as cenas depois do retorno da Ana. “Eu amo a Manu, disso eu tenho certeza” e “Manu é a mulher da minha vida” foi dita por Rodrigo inúmeras vezes. Beijos e troca de carinhos gostosos de se ver. E beijos ardentes entre Ana e Rodrigo, foi só durante o proibido, a urgência lembram? depois que assumiram foi normal. E para finalizar, Rodrigo e Ana finalmente estavam livres, então escolheram o que os faziam felizes.

    E AMO FALAR DESSA NOVELA COM VOCÊS. Nós já estamos ficando repetitivas, tentando achar argumentos de uma novela que já terminou e que não vai mudar.

    ÊTA VÍCIO…. ALGUÉM SE CUROU POR AÍ?????
    Tratamento: Uma nova novela desse nível… kkk kkk De preferência com a Lícia e o Jayme
    Abraço!!!!!

  • Claudia diz: 14 de março de 2012

    Rita,

    Relação homem/mulher, no meu casamento e na minha visão de casamento é onde há cumplicidade, carinho, confiança (isso Manu e Rodrigo tinham de sobra) e DESEJO (isso nunca apareceu entre eles, ao menos não da parte dele). Tudo bem que com os anos o desejo diminui (sei bem pois sou casada há bem mais de 5 anos), mas não vira beijinho no rosto como Rodrigo era com Manu. Há ali um grande amor, mas não entre homem e mulher, mas entre dois grandes amigos, dois grandes companheiros.

    Sinceramente Rita, vi carinho demais e paixão nenhuma. Casamento de pessoas jovens não é assim, ao menos não quando não são casadas por comodismo. Quando digo jovem, me refiro a qualquer pessoa com menos de 40 anos, meu caso. Acho que é possível ter amor e paixão na mesma relação, pois tenho isso há varios anos. Se depois de muiiiiiitos anos de casamento se transformar numa linda e forte cumplicidade como a de Manu e Rodrigo, tudo bem, mas isso a vida inteira não dá. Ao menos não para quem já viveu o outro lado. E esse outro lado eu queria para a Manu e fiquei desapontada porque ela não teve.

    Conheço vários casamentos iguais ao de Manu e Rodrigo e em todos eles as pessoas permanecem casadas porque o outro é bom demais para ser abandonado. A pessoa faz demais, dá segurança, amor, compreensão… Tudo isso é lindo, é gratificante e pode sim segurar uma relação. Ah, mas nunca viver uma paixão é triste, é muito triste. Essa paixão virando ou não um grande amor.

    Respeito as opiniões diversas mas como tive uma paixão/amor que perdura até hoje sei muito bem que a diferença entre paixão e amor que a Lícia apresentou muitas vezes é “uma desculpa” para o conformismo. Digo isso porque quem vive as duas coisas com a mesma encontrou a sua alma gêmea e não tem dúvida alguma disso.

  • Karla diz: 14 de março de 2012

    Olha só encontrei um monte de gente com saudades também!!!!

    Então um presente para vocês, acabei de encontrar. Vídeo bem feito, que conta em 14 minutos toda a história. Perfeito.
    http://www.youtube.com/watch?v=T9FxI2M1xb0&feature=colike

    Espero que gostem. Valeu!

  • Karla diz: 14 de março de 2012
  • Rita Porto Alegre diz: 14 de março de 2012

    Rosenira Sann, Aline, Claudia ( aparecestes guria, que bom.) e outros que torciam por Rodrigo/Ana.

    A paixão é um sentimento bom. Quem não se apaixonou na vida? Porém, esse sentimento só tem valor, quando tem como pano de fundo o amor. Quando não, a paixão se torna avassaladora, obsessiva, turbulenta. Ela traz inquietação, urgência, muitas vezes sentimento de posse. Rodrigo com Ana era assim.
    Vocês não cansam de afirmar que a relação dele com Manuela, era morna, parada, não existia paixão. A relação desse casal foi construída passo a passo. A cada dia uma descoberta, foram se percebendo, cativando um ao outro, até culminar em amor. O amor gurias, é assim. Traz paz, tranquilidade, mansidão, segurança, equilíbrio, cumplicidade, parceria. Tudo isso, visualizamos nesse casamento. Será que vocês não conseguiram enxergar, perceber? Perdão, mas do jeito que vocês se colocam aqui, acho que não. Pois, não cansam de desqualificar essa relação. Sempre tem um porquê, um questionamento. Houve coerência na proposta da autora. Se Rodrigo optasse pela Ana, como queriam alguns, aí sim, ela estaria se contradizendo.

  • Day diz: 14 de março de 2012

    Queridas amigas, bom dia!!!
    Olha eu aqui, Deus, ainda não me curei do vício de AVDG! rsrs

    Apaixonada:

    :) Que legal, você leu meus posts! rs

    Parabéns querida, 85%, puxa que massa! Parabéns de verdade!

    Reforço o que você disse, é interessante como muitas vezes nos damos muito melhor com pessoas das quais convivemos apenas “virtualmente” do que com pessoas que conhecemos a tempos.

    Pode parecer estranho, afinal, eu só conheço da sua vida o que você nos escreve aqui, a propósito, achei LINDA a sua história de amor com seu esposo. Felicidades!!!

    E é por esse motivo que lhe desejo muito sucesso, muita SORTE, não tem problema se não vai fazer o cursinho, afinal sua decisão foi estudar por conta própria e isso é muito bacana, pois o que vale é o esforço que você está fazendo para atingir seus objetivos.

    Seja por conta própria ou fazendo o cursinho, você vai conseguir pois é lutadora!

    A novela!!!

    Pois é, estou seguindo o seu conselho e assistindo tudo outra vez, é tão lindo ver a transformação dos personagens, Ana, Manu e Rodrigo na fase adolescente e depois com toda a reviravolta que a trama deu, é incrível!

    Alguém se curou sim!!!

    Meninas, uma de nós parece ter se curado. Dani! Estou sentindo muita falta da minha miguxa!!!
    Mas conhecendo um pouco de sua rotina, eu sei que ela não está passando por aqui ultimamente pois o trabalho não permite.
    Assim como eu, que apareço aqui de teimosa! rsrsrs! Tenho tanta coisa pra fazer mas é difícil desapegar né?

    :) Um abração em todas, e uma ótima semana!

  • Day diz: 14 de março de 2012

    Apaixonada:

    Poxa, seria bom demais para ser verdade!

    Como diz naquela musiquinha: Sonho meu, sonho meeeeu! rsrsrsrs!!!

    Pensei numa nova trama com a Lícia e o Jayme fazendo uma maravilhosa parceria, e de quebra no horário nobre! 21h, puxa que legaaaaal seria! rs

    Mas como todo sonho, acho que vamos esperar MUITO tempo por uma novela boa como foi AVDG.

    :( E sobre passar no horário nobre acho que nunca vai acontecer. Buá buá!

  • Day diz: 14 de março de 2012

    Alguém escreveu que a novela foi “feita para malucos”.

    :) E eu como BOA CORINTIANA que sou, concordo!

  • ALINE diz: 14 de março de 2012

    Oi meninas…depois de ler todos esses comentarios e ainda sim continuar com a minha opnião digo que ESTOU CURADA…acho que vou dá uma paradinha…afinal tenho que me dedicar a MINHA VIDA DA GENTE..KKKKKK…mais pode ter certeza que vou continuar lendo e visitando o site sempre que der…beijos e adoro vcs…

    ROSENIRA SANN (AMIGA DE TODAS A HORAS E OPNIÕES), Apaixonada, Day, Claudia, Rita Porto Alegre beijossssssssssssssssssssssssss

  • Claudia diz: 14 de março de 2012

    Rita,

    O amor não é necessariamente assim. Não só assim, ao menos. Eu sei porque vivo um diferente. É muito bom ter mais do que paz, mansidão e companheirismo num casamento. Aliás, é excelente ter mais do que isso.

    Insisto contigo que o amor pode ter cumplicidade, carinho, segurança E desejo. O desejo é muito importante, ou todas poderíamos nos casar com um excelente amigo.
    Não desqualifico a relação de Rodrigo e Manu, a grande maioria dos casamentos se mantém assim, na base do companheirismo, massss, sim, lá vem o mas, é ótimo ter as duas coisas, amor E paixão. A autora trabalhou a novela com amor OU paixão e eu discordo desse ponto de vista, pois devemos ter os dois.

    Como o Rodrigo seria completamente feliz? Com uma mistura da Manu com a Ana. Ele não encontrou tudo em um mulher só, por isso a confusão. Já a Ana, pelas cenas com o Lúcio, encontrou as duas coisas nele. Me parece que ela e Lúcio tiveram o melhor final. O desejo é o diferencial da relação. Todas os adjetivos que mencionastes, sem o desejo, são ingredientes de uma amizade.

  • ALINE diz: 14 de março de 2012

    É gente realmente me CUREI..depois de ver o video que a Karla postou eu chorei bastante e deixo esse site com a minha convicção ANA E RODRIGO SEMPRE!!!

  • Day diz: 14 de março de 2012

    Aline, kkkkkk, adorei a MINHA VIDA DA GENTE!

    Florzinha, então tá né! Que bom que está curada!
    Volta sim, volta sempre que der, eu ainda NÃO estou curada, ó Deus! kkkkk, mas falta muito pouco viu, acho que quando eu assistir novamente alguns capítulos, me saciarei desse vício!

    Eu acabei de fazer a mesma coisa que você, assisti o vídeo, só que não pude externar minha emoção, pois estou no trabalho, mas com toda certeza assistirei novamente em casa, assim que instalarem minha net! rsrs!!

    E assistirei em alto e bom som, porque daqui só consegui ver as imagens, e ainda assim é emocionante, o som nem é necessário com uma novela tão viva como essa, arrisco a dizer que, se fizessem uma adaptação a “la Charles Chaplin” (cinema mudo) ficaria incrível.

    Um beijão em todas!!!

  • Rosenira Sann diz: 14 de março de 2012

    Olá, galera!

    Aline, beijos para vc também, obrigada!!!!!!
    Visitei o site também, e mais uma vez, me decepcionei com o final…rsrsrsrsrsrsrsrs…sofri de novo…rsrsrsrsrsrsrsrsrss…

    Rita Porto Alegre, também, não desqualifico a relação de Rodrigo com a Manu, nunca fiz isso, aliás. Ainda não sou casada, ainda não tive a oprtunidade de conviver amorosamente com alguém no dia a dia, crescendo junto, construindo algo junto. Também não sou mais uma adolescente. Já me apaixonei, já experimentei o “sabor” da paixão. Porém em minha relações, não havia turbulência, sentimento de posse, obsessão, como a senhora cita logo acima “as consequências que uma paixão traz”.
    O que a senhora mensionou, são sintomas de uma paixão doentia. Graças a Deus, nunca passei por isso e nem vou passar.
    Também, não vi isso na relação Rodrigo/Ana. Essa relação tinha paixão, com amor, fazendo o “pano de fundo”. Um sentimento que resiste há 5 anos de ausência, não é mais uma simples paixão, pois ela não permanece, por muito tempo.
    Depois de saber um pouco sobre mim, agora é que a senhora não irá considerar meus questionamentos…rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs…talvez diga: “essa guria, não possui experiência de vida para se colocar contra uma relação de amor” ….rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs.
    Falando sério agora. Aqui, já lemos vários relatos de pessoas que torciam por Ana/Rodrigo com “bagagem” de sobra, para afirmarem com convicção, que não foi PAIXÃO/AMOR que uniu Rodrigo à Manuela na primeira vez, nem tão pouco foi o “causador” da preferência dele no final (vide relato da Claudia).
    Embora ainda não tenha experiência de vida à dois, sei distiguir os sentimentos que foram abordados, e afirmar com convicção, que do modo que a autora conduziu as coisas, o verdadeiro amor do Rodrigo é, era, foi, a Ana e ponto final.

  • Rosenira Sann diz: 14 de março de 2012

    Gente,
    Valeu demais trocar idéias com vcs, pós encerramento da novela. Como diz Apaixonada: LOUCURA!!!!!!!!!!!!! rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs…
    Deus abençoe a todos. Ah, parabéns Apaixonada!!! Que vc consiga sucesso profissional. Emprego público é tudo de bom! Boa sorte.
    Aline, Claudia, Rita Porto Alegre, um grande beijo para vcs!!!!!!!!!!
    Preciso me ausentar, assim como a amiga Aline, também já me “curei” dessa “doença” A vida da gente! rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs…
    Quem sabe a Lícia proporciona nosso reencontro via net, com outra trama? Mas que seja com um final mais coerente de preferência. Beijos, já fuuuuuiiii amores!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Apaixonada diz: 14 de março de 2012

    Ai gente que bom que vocês não estão curadas… kkk kkk

    Estava aqui estudando matemática financeira e imaginando o que que eu estou fazendo? Sou pedagoga, já fui professora, supervisora, já tive minha escolinha… e agora estou estudando para trabalhar em um banco. Não sei se fiquei maluca ou se estou precisando dar uma sacudida na vida…

    Mas vamos a diversão:
    Day minha querida!!!! Não deixe de assistir o vídeo com som, faz toda a diferença, a pessoa pegou o email do Rodrigo e da Ana e acrescentou cenas, resumindo toda a história… lindo! Mas concordo também que daria um lindo cinema mudo…

    Para quem gosta de novidades e principalmente a galera do sul, o Rafael Cardoso postou no seu blog tudo sobre o filme de Jayme que ele, a Marjorie, o Tiago e vários outros artistas irão filmar. Parece que vai ser show!!!

    Claudia, Rosenira e Aline

    Claudia de que beijos no rosto você fala?? Eu vi o tempo todo beijos na boca sim, não aqueles beijos de desentupir pia ( kkk) como alguns da Ana e do Rodrigo, mas beijos lindos. Aliás as cenas de Manu e Rodrigo não tinham aquelas paisagens lindas, aqueles efeitos… eram simples do dia a dia e mesmo assim encantadoras.

    A forma como se olhavam, a alegria dos dois… mesmo depois da volta da Ana que os dois estavam mexidos, a Manu insegura e ele dividido, mesmo assim teve cenas lindas dos dois. Eu não vi mansidão… conformismo e gratidão como vocês falam eu vi um relacionamento completo, inteiro, cúmplice enfim: amor.
    Rosenira: Não se preocupe, eu pelo menos não vou julgá-la pela sua vivência, mesmo porque na minha opinião não há receita para o amor. Cada um tem uma forma de amar, cada um se completa de uma forma e você vai encontrar sua cara metade… a tampa da sua panela… seu parceiro… kkk kkk

    Rita amei seu post hoje. Perfeito e discordando da Rosenira, Ana e Rodrigo era essa paixão avassaladora, obsessiva, turbulenta, que traz inquietação sim. Claro que não é paixão doentia, doentia é aquela que mata, que faz qualquer loucura. Mas a maior prova é o fato deles terem traído a Manu, mesmo a gente sabendo que os dois a amavam, que não queriam fazê-la sofrer, mesmo assim a paixão falou mais alto.

    Eu estava lendo uma reportagem hoje, enquanto sofria no ponto de ônibus ( coisa de pobre), de uma revista que comprei, dessas cheias de coisinhas de mulher, a revista se chama Máxima. Nela veio uma reportagem que na hora lembrei dos nosso incansáveis debates sobre amor, paixão, gratidão, acomodação…

    A reportagem se chama Paixão sem fim. Fala de se apaixonar-se constantemente pelo mesmo companheiro. E a cumplicidade é citada como o principal para isso acontecer em relacionamentos longos. Não é o sexo, nem a beleza mas tudo que está relacionado a cumplicidade. Ao perguntar para os homens entre anônimos e famosos porque continuam loucos pela suas mulheres olhem só as respostas:

    ” Nos momentos bons ou ruins, não há diferença ela sempre tem um carinho para oferecer” ( casado há seis anos)
    Esse eu achei muito interessante me lembrou Manu e Rodrigo: “Ela me surpreende todos os dias, como mãe, esposa e mulher. É o pilar da nossa família” ( Daniel cantor, casado há 2 anos)

    “A garra que ela tem para conquistar a própria independência me faz sentir orgulho dela”
    “Todas as nossas afinidades, como sair para jantar, curtir um samba, assistir um jogo de futebol me fazem ser apaixonado por ela. ( casado há 5 anos)

    “A Ju minha mulher, é uma pessoa solidária, parceira, extremamente divertida e bem humorada. E o mais legal de tudo é que, seis anos depois, eu a vejo no papel de mãe e me apaixono de novo” Mario Frias, apresentador da Rede TV casado há 6 anos.

    Bom tem vários outros… todos desse mesmo nível. Portanto meninas eu continuo acreditando que o que Rodrigo sentia por Manu era amor sim e do mais concreto que consegue sobreviver aos balanços da vida.

    Olhem só esse depoimento do Paulo Goulart marido da Nicete Bruno:
    “É claro que a paixão ressurge quando olhamos para trás e vemos a nossa família encaminhada e feliz, apesar de todos os desafios e obstáculos, naturais na vida de qualquer um. É nessa fase de amadurecimento, de envelhecimento, que percebemos que somos completamente apaixonados” 58 anos de casamento!

    Lindo né gente??? Com diz aquela música:
    Se isso não é amor…. o que mais pode ser? Estou aprendendo também!!!!

    Quanto à sobrevivência do amor de Ana e Rodrigo… sobreviveu o amor ou as lembranças e o desejo daquilo que não foi vivido??

    Rosenira, Rita, Day, Aline, Claudia, Karla as sobreviventes…
    Não sumam por favor!!! Abraço!

  • Yone diz: 14 de março de 2012

    MAS VOCÊS AINDA ESTÃO AQUI?????????? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…. Lícia deveria saber disso pois prova que a novela mexeu com os sentimentos mais profundos das noveleiras!
    A Apaixonada está mais apaixonada que nunca! Rosenira San, me solidarizo com teu sentimento de indignação. Também queria um final mais quente e não vi nenhum. Adorei Aline ter postado o final de Clair, que aliás, final perfeito! Claudia sempre coerente e corretíssima!
    Muitas de nós que não gostamos do final somos chamadas de SONHADORAS, pois a vida é diferente e queremos um CONTO DE FADAS. Ora essa! Claro que se quer um conto de fadas! Afinal a TV, para muita gente, é melhor e mais barato que um analista… kkkkkk…. Mas uma coisa quero postar depois de ler os comentários que em dez dias do término da novela, ainda ardem aqui no blog como as últimas labaredas de uma fogueira.

    Claudia, tens toda razão quando falaste sobre o AMOR e PAIXÃO. Um casal novo não deve conviver por gratidão e comodismo. Observemos que Rodrigo e Manuela não tiveram nem 10 anos de casamento. Ocorreu esse terremoto na vida de todos eles, Ana, Rodrigo e Manuela. Ana e Rodrigo JAMAIS saberão o que vem a ser uma vida a dois sem problemas de interferências de mãe, de filha ou irmã. Por isso gostei do final de CLAIR. Mostra um final coerente com toda a novela que seguia um rumo e depois foi pra outro sem mais e nem menos. As coisas não são assim e a vida não é assim.

    Tenho uma amiga que vive um relação muito parecida com de Ana e Rodrigo. Claro que não é igual, mas ela é mais velha que o rapaz. A mãe dele faleceu e nunca quis o envolvimento dele com essa amiga minha. Ele se afastou dela depois da morte da mãe e ficou de cuidar de um irmão menor de idade. Para isso, se deixou aproximar e se levar (por amigos e parentes) a conhecer e viver com outra mulher que o tratava com responsabilidade, carinho e até um grau de maternidade (como alguém aqui postou que a mulher se torna MÃE do homem e que esse homem gosta), então ele como Rodrigo, se ACOMODOU nessa situação.

    Bem… adivinhem? Nem UM MÊS ele ficou longe dessa minha amiga. Se envolveram novamente mesmo que não querendo. Quando ele se dá conta, já está na porta do apartamento dela. Passam noite juntos. Então, ele trai a tal mulher dele na maior. Esse quadro não faz bem a ninguém, nem a minha amiga que não o quer assim. Mas ele mostra que deve muito a outra, que ela o ajuda com o irmão menor e tal e coisa e coisa e tal… e aí? A novela poderia ter uma segunda parte, com Júlia adolescente e Ana e Rodrigo vivendo essa paixão que não viveram. Isso é fato! Tudo isso prova e mostra que há MUITOS CASAIS vivendo assim. Ficam juntos por gratidão ou comodismo e depois mantém uma AMANTE para lhes dar a PAIXÃO que não tiveram no início com a mulher. E por isso que eu, como muitas aqui e outros tantos internautas NÃO ACEITARAM o final de Lícia. Porque ficou feijão com arroz. Até um dia que ele escolhe comer um belo vatapá. BEM APIMENTADO.

    Conheço casais JOVENS, hoje na base do quase trinta anos, que namoraram por 10 anos e se acomodaram e hoje não vivem mais juntos pois o namoro ou convivência virou uma fraternidade. Por isso entendo o que Claudia quis dizer. É PRECISO PAIXÃO SIM. Nem que haja decepção bem depois. Mas é preciso viver isso. E Ana e Rodrigo não viveram. Portanto deixo a dica: A VIDA DE GENTE 2 – A SAGA DAS IRMÃS FONSECA CONTINUA. Pois mesmo Lícia tentando mostrar o quanto o amor e gratidão são lindos, a novela mostrou que uma história de amor mal resolvida, gera discórdia para resto de vida. No caso tudo ficou BONITINHO e de MÃOZINHAS DADAS pois tinha que ser mostrado isso no contexto da novela. O AMOR VENCEU. “Lindo!” Só que ficou INCOERENTE com que foi mostrado por quase 6 meses.

    “RITA PORTO ALEGRE postou: Rita Porto Alegre diz:
    6 de março de 2012

    Ouvi falar do filme de Jaime Monjardim, \”O tempo e o vento\”. Acho que será ano que vem e vai passar na tv depois. Engraçado, que o diretor não escalou a Fernanda Vasconcellos para esse filme. Talvez, ele não tenha ficado muito satisfeito com a atuação dela, na novela. Para mim desses 4, quem deu show de interpretação foi a Marjorie e Rafael. Esse guri me surpreendeu. Gosto do Thiago e Fernada, nessa novela, eles atuaram muito bem, mas ainda os acho instáveis.
    Abraços, guria.”

    Rita, Fernanda Vasconcelos não fará este filme não é porque Jayme não gostou da atuação dela. Jayme já trabalhou com ela em PÁGINAS DA VIDA e gostou muito da atriz. Mas Fernanda tem outro projeto em andamento e logo que terminou a novela, ela se dedica a este projeto, que se não me engano é no teatro. Ela se separou de Henri Castelli e não foi em viagem de férias com ele, como andaram comentando por aí na imprensa. Ela já tinha o tal projeto teatral em mente.
    Se Marjorie, Rafael e Thiago foram escalados para o filme O TEMPO E O VENTO, é porque estão livres no momento e os personagens são parecidos com eles. Sem contar que o sotaque será mais real do que foi na novela. E Thiago Lacerda tira os ERRES e EXEXXX do carioca. Thiago já fez Bento Gonçalves, já fez Giuseppe Garibaldi e sabe ocultar seu sotaque de raiz. Creio que foi por esse motivo a escolha dele. E igualmente Jayme gosta da performance de Thiago já que também trabalhou com ele em Páginas da Vida e Viver a Vida. NADA VER COM ANTIPATIAS, Rita. Ficaste com tanta RAIVA de Fernanda Vasconcelos como Ana ( A OUTRA… rsrs…) que até da atriz já pegaste aversão…kkkkkkkk…
    E quanto ao Rafael Cardoso, vai no Youtube e/ou Google mesmo e pesquisa o filme DO COMEÇO AO FIM. Um ótimo filme e que aliás mostra que para fazer as cenas que ele fez, é preciso ser muito homem mesmo! Parabéns ao ator.

    Vim aqui dar uma olhadinha nos comentários depois da novela e me deparo com MUITOS comentários com mais de 10 dias de término da mesma. Por isso Lícia deve repensar se escreve uma nova novela ou continua essa, com segunda parte.

    Tchau meninas! Um beijo a todas e até uma outra passadinha por aqui.

  • Yone diz: 14 de março de 2012

    Só uma coisinha a mais a respeito do filme O TEMPO E O VENTO:

    Um filme é planejado bem antes de sair a notícia na imprensa. Jayme portanto, já tinha tudo em mente mesmo com a novela AVDG em andamento. E Fernanda, não se encaixaria nos personagens. Marjorie fará Bibiana jovem, depois outra atriz fará Bibiana mais madura e por fim Fernanda Montenegro será Bibiana já idosa. Se observarmos as três atrizes, os traços delas de rosto e corpo, são muito parecidos. Assim como Glória Pires fez a Ana Terra quando o romance foi passado em capítulos na Globo já faz muitos anos, agora Cléo Pires será Ana Terra. Exatamente como a personagem do livro.

    A escolha de atores e atrizes não se dá no “gosto deste e não gosto daquele”. É preciso muito mais que isso para se fazer um filme.
    E este filme, sendo realizado pelas mãos de Jayme, com certeza será belíssimo!

    Quando fizerem um outro filme sobre imigração alemã ou italiana por estas bandas do sul, quem sabe Fernandinha não faça um belo papel?

  • Apaixonada diz: 15 de março de 2012

    insônia = assistir a vida da gente. kkk kkk

    Tem muita gente como nós por aí… achei um monte de vídeo novo, principalmente da Manu e Rodrigo… lindos…
    http://www.youtube.com/watch?v=LvJMrBbQt74&feature=related
    http://www.youtube.com/watch?v=ttOwmM0nHPM
    http://www.youtube.com/watch?v=T9qbIBLKBp0&feature=related

    Lindos!!! Tem outros…

    Vou tentar dormir… abraço,
    boa noite!!!

  • Day diz: 15 de março de 2012

    APAIXONADA:

    Bom dia querida! :)

    Agora entendo porque a minha amiga Dani se identificou tanto com você, poxa que bacana, você é pedagoga!

    Pois é, veja como são as coisas, à alguuuuuns anos atrás, eu estava me fazendo a mesma pergunta:

    – O que estou fazendo na área de telemarketing? Como vou me firmar em outra área se não tenho outra experiência a não ser com construção civil?

    E foi no meio de tantas perguntas, dúvidas e medos que achei todas as respostas, achei um caminho do meio para trilhar, e consegui vencer por quase 3 anos em outra área que não fosse a da construção civil, entrei como atendente, virei instrutora líder e graças a Deus recebi uma super promoção para trabalhar em um banco e passei dias muitos felizes lá.

    Por motivos que só a vida pode explicar, eu não fiquei nesse banco Apaixonada, mas consegui provar para mim mesma que não estava ficando louca!
    É possível sim, trilhar novos caminhos, caminhos desconhecidos, e que só você conseguirá desmatar, só você conseguirá abrir passagem para seguir, esse é o grande barato de se viver, aceitando desafios, lutando… muitas vezes perdendo mas por vezes ganhando também!

    E é com esse discurso animador que eu lhe dou A MAIOR FORÇA para continuar sim, vou torcer, vou orar por você, e espero de todo meu coração que você consiga, bom, você já está no meio do caminho, conseguiu uma ótima pontuação, independente se a colocação não foi tão boa assim, mas de coração, tomara que você seja selecionada!

    Porxa, gosto de conversar com pessoas assim como você, pessoas que vivem a vida real, vão a luta sem medo, pessoas simples, humildes, batalhadoras.

    Você merece a vitória!

    Um bjão, não desanime! Força, força e força! E muita fé em Deus.

    ;) p.s. Ainda não me curei! kkkkkkkkkkk Portanto vamos nos encontar muuuuito por aki.

  • Rita Porto Alegre diz: 15 de março de 2012

    Apaixonada, obrigada pelas palavras. Sabe que escrevi aquele post emocionadíssima? Sim pois, ao escrevê-lo, lembrei-me dessa história de amor tão bem escrita, através da tela. Mas…tu só amaste esse post? E os outros nos quais defendi esse casal com unhas e dentes? KKKKKKKKKKKKKK

    Claudia, Rosenira Sann, Aline, não irei (pelo menos hoje) rebater, a opinião de vcs, gurias. Só lamento que não conseguiram enxergar o nascer do amor entre Rodrigo e a Manuela, não conseguiram valorizar um sentimento tão bem construído e sólido dessa relação, que graças a Deus, prevaleceu no final.

    Rosenira Sann, como a Apaixonada, de maneira nenhuma vou julgar a ti, guria. Quem sou eu, para praticar tal ação? Tinha uma ligeira impressão, que ainda não eras casada. Toquei nessse assunto em outro post, acho que tu não vistes. Insinuei também, que não eras mais adolescente. Agora acho que não tens nem 25 anos…(será que acertei outra vez? KKKKKKKKKKK
    Não quero que com isso penses que desqualifico teus comentários, ao contrário, eles são interessantes. Tu guria, defendes muito bem teu ponto de vista, sem ser deselegante, sempre respeitando opiniões contrárias às tuas. Gostei de trocar idéias contigo. Digo gostei, pois pelo que li, tu já se despedistes de nós. Uma pena. Pelo visto, a Aline também. Não some. Um abraço, gurias!

    Yone,
    Já chegaste ofendendo ao próximo, guria? Aprende com tuas amigas de torcida a Claudia, a Rosenira Sann, que mesmo não concordando com opiniões contrárias às delas, nunca destrataram a outrem.
    E quem te informou que tive aversão à atriz Fernanda Vasconcellos? Sei separar as coisas. Bah! Só estranhei o fato do diretor não chamá-la para o filme, já que dos 4, só ela foi preterida. Por isso fiz aquela cogitação.

  • Claudia diz: 15 de março de 2012

    Apaixonada,

    Respondendo a tua pergunta se sobreviveu o amor entre Ana ou Rodrigo ou as lembranças, não sabemos e jamais saberemos pois o amor não foi vivido, foi interrompido duas vezes. Eles jamais saberiam se teria dado certo ou não. E o “e se…” impediria Manu, Rodrigo e Ana de serem felizes. Aí acho que ficou o erro da novela. Rodrigo e Ana deveriam ter convivido e terminado por vontade própria e não por vontade da Júlia. Aí sim Rodrigo e Ana poderiam avaliar se queriam ficar juntos ou não. A forma como se deu o final da novela ficou parecendo uma desistência e não uma escolha. Isso me desagradou muito.

    E quanto as cenas de Rodrigo e Manu, sim, eram lindas, mas muito fraternais para o meu gosto (e olha que sou casada há mais de 5 anos). Uns beijões fazem parte da relação do casal ou a relação começa a ficar monótona. Como você está vendo vídeos específicos agora pega cenas esparsas, mas quando acompanhamos a novela era uma coisa bem morninha, embora muito bonita. Digo isso na minha opinião pois vejo o casamento como um eterno namoro e num namoro sempre temos beijos cheios de paixão.

  • Mi diz: 15 de março de 2012

    Sou do time daquelas que não queriam um final específico, mas um final bonito e convincente. Bonito foi, mas convincente não. Também fiquei com a sensação de gratidão, desistência de um amor, opção pela segurança. A relação de Manu e Rodrigo foi bonita, calma e cômoda.
    Não podemos dizer que a novela não foi realista porque as pessoas acabam optando pela segurança na vida. Agora, imaginem a Manu vendo a Ana entrando na sua casa para buscar a Júlia e pensando: será que esse olhar do meu marido é carinho ou paixão? Jamais daria certo esse triângulo porque o Rodrigo tentou demais ficar com a Ana, implorou por ela. Seria horrível para a Manu conviver com esses dois perto um do outro porque a incerteza e o medo estariam sempre rondando.

  • Andréa diz: 15 de março de 2012

    Meu Deus, a vida da gente ainda vive!!!! rsrsrs
    A dias passo por aqui, (tbem não me curei rsrs), mas apenas leio, pq ando sem tempo pra postar!
    E adorei ver que as mais fieis continuam aqui, firmes e fortes!! rsrs

    Então gurias, acho que vamos ficar a vida toda aqui e nunca vamos mudar de ideia!! rsrs
    Nunca me convencerão que o que Rodrigo e Manu sentiam (sentem rsrs) não é um grande amor, e nem que a Ana e o Rodrigo teriam que ter ficado juntos!!
    E tbem não vamos convencer as que torciam por outro final, que este foi o final perfeito!

    Na verdader cada um teve uma visão da novela, baseada nas suas experiencias ( e isso não tem nada a ver com idade).
    E acho que essa é a beleza da história da Licia! Mostrar que a vida da gente não tem um unico caminho, que as coisas mudam, as pessoas mudam, a vida muda… existem varios caminhos e podemos escolher qual seguir!
    Eu, talvez por minhas vivencias, sempre vi amor entre o Rodrigo e a Manu e sempre torci por eles!
    Pq ja vivi um relacionamento parecido com o da Ana e do Rodrigo e hj vivo um como o dele com a Manu, e eu não trocaria por NADA a vida que eu tenho hj!!
    E não é um casamento sem desejo, como alguns insistem em rotular a Manu e o Rodrigo!
    Mas sim de companheirismo, onde coisas simples e sem graça para quem ve de fora nos fazem, muito felizes!! Pq nãop tem coisa melhor que ver um filme juntinhos, brincar com nossa filha no chão da sala cheia de brinquedos espalhados, namorar “escondidos” nos poucos minutos que nos sobram antes da nossa pequena querer pular pra nossa cama rsrs, espera-lo chegar do trabalho com uma mesa bem linda e a sua comida preferida! E claro, temos nossos momentos “calientes” rsrs, mas tbem temos beijos na testa e carinhos nos cabelos e é TÃO bom!!!
    Provavelmente a nossaa vida não manteria uma novela, mas uma paixão avassaladora e inconsequente não manteria um casamento, uma vida a dois!!

    E gente, é obvio que a Manu e o Rodrigo tinham momentos de intimidade, e desejo, como todos os casais, mas não forasm enfatizados, pq a autora quiz diferenciar os relacionamentos!
    Agora me digam UM UNICO DIA q a Ana e o Rodrigo foram felizes juntos! A Ana chorou em TODOS os capitulos!
    Quando um relacionamento te traz mais lágrimas do que sorrisos, não vale a pena!!
    E não adianta culpar os outros por essa infelicidade! Problemas e obstaculos todos os relacionamentos enfrentam!

    Ou alguem acha que foi facil pra Manu e o Rodrigo assumirem o que sentiam??
    Só os radicais dirão que sim!
    Se coloquem no lugar deles! Mas como a Manu mesmo disse, eles bancaram!!

    Enfim, eu acho que no final os 4 foram verdadeiramente felizes. E a Julia tbem!!

    Vamos superar né gente!! rsrs

    Beijão pra todas noveleiras!!

  • Day diz: 15 de março de 2012

    Poxa, que legal, estão quase todas aqui!
    Para o time ficar completo, só falta a Dani! rsrs…

    Andréa querida, bem vinda!!! rsrs!!! Amei essa parte do teu post:

    “Quando um relacionamento te traz mais lágrimas do que sorrisos, não vale a pena!!
    E não adianta culpar os outros por essa infelicidade! Problemas e obstaculos todos os relacionamentos enfrentam!”

    #FATAÇO!

    Um gd bj em todas!!!

  • Yone diz: 15 de março de 2012

    RITA PORTO ALEGRE postou:

    “Yone,
    Já chegaste ofendendo ao próximo, guria? Aprende com tuas amigas de torcida a Claudia, a Rosenira Sann, que mesmo não concordando com opiniões contrárias às delas, nunca destrataram a outrem.
    E quem te informou que tive aversão à atriz Fernanda Vasconcellos? Sei separar as coisas. Bah! Só estranhei o fato do diretor não chamá-la para o filme, já que dos 4, só ela foi preterida. Por isso fiz aquela cogitação.”

    Para veres como és MAL INFORMADA. Fernanda Vasconcelos não foi PRETERIDA. Então um elenco inteiro deveria ser? Só porque ela não vai fazer parte do filme é que foi preterida? E ela não tem outros projetos? Isso prova com tu gostas de uma BOA FUTRICA!

    Engraçado Rita que enxergas tudo uma OFENSA o que escrevo, de onde concluo que devas estar muito mal. Não vou ficar aqui me desculpando do que não fiz. E por favor, não faça comparações no intuito de deixar umas contras as outras. ISSO eu já “pesquei” de ti. Tens uma certa “mania” de fazer comparações e angariar torcidas. Comigo isso não cola. Claudia e Rosenira têm sua maneira de ser e portanto são mais elegantes e delicadas. EU NÃO! Principalmente quando sinto um cheiro de intriguinha no ar. E não, por favor não coloca os teus 60 anos nisso pois em primeiro lugar nem sei se de fato os têm ou se és quem afirmas ser aqui. Independente de seres A ou B, o fato é que TU não podes vir provocando e usando um ar de falsa delicadeza por baixo.

    Olha bem o que escreveste lá em cima sobre a atriz e me diz se não houve SEGUNDAS INTENÇÕES TUAS? E agora na tua resposta pra mim usaste o termo PRETERIDA.. e depois vem toda ofendidinha se queixar de mim. A diferença RITA é que eu não preciso me fazer SANTINHA para dizer o que quero. Vou na cara-dura mesmo. Porque não gosto de gente que faz de SANTINHA, vindo com provocações, com insinuações e depois que são descobertas, pula pra trás como que ofendidas. Conheço bem gente assim e comigo não cola.

    De todas as pessoas aqui deste blog que postaram sua opiniões, mesmo as que não compactuaram comigo, a única que fiquei com muita precaução foste TU. Exatamente por agires como ages. Provocas, insinuas e depois se faz de coitada e ofendida. Lamento que sejas assim. Mas isso é problema teu. Só NÃO TIRO O MEU DIREITO de dar a MINHA OPINIÃO TAMBÉM. Se levas como OFENSA então te digo que igualmente me OFENDI com tuas palavras. Pronto! Feliz agora? Então tá.

    Tenha uma boa semana ou final dela!

    Para as meninas, um abraço e até outra oportunidade!

  • Mi diz: 15 de março de 2012

    Gente, vejo que o que não foi mostrado entre Manu e Rodrigo, o tão comentado desejo, algumas dizem que ocorria na intimidade. Que intimidade?? Isso é uma novela, o que não apareceu não aconteceu kkkkk.
    O casal Manu e Rodrigo foi fofíssimo, bonitinho, meiguinho e doce, mas seria mais apropriado se os personagens tivessem 50 anos. A maioria dos beijos eram bitoquinhas e um que outro que era beijo mesmo, era bem sem sal. Casamento pode ser assim, mas não precisa ser assim.
    A Ana passou a novela toda chorando e boa parte foi pelo Rodrigo. Ele sofreu muito e sempre foi por ela. Não ficaram juntos porque isso magoaria demais a Manu. Foi uma escolha sensata, mas não me digam que felicidade é só isso. Eu quero mais!!! Quero o Rodrigo companheiro da Manu e o Rodrigo apaixonado da Ana. Nada menos!!!!

  • ALINE diz: 15 de março de 2012

    Gente sei que me despedi…tentei não escrever e somente ler..mais depois das coisas escritas tive que falar…Mi to adorando os seus comentarios e meninas (Rita e Yone) não façam isso!!! Tenho a mesma opnião da Yone em relação a novela e a atriz FERNANDA VASCONCELLOS adoroooooooo..e acho que ele é EXCELENTE atriz, se não está no filme é porque tem projetos diferentes o fato dela não ter ficado com o Rodrigo (Ana e Rodrigo) no final, não sgnifica que ela é uma atriz ruim….muito pelo contrario tem projetos que vão alem de Jaime Monjardim e atores da novela…Mais enfim vamos cada um respeitar o seu espaço..não concordo com a opnião da Rita mais gosto de ler os comentarios dela do mesmo jeito com a Yone.

    Meninas me desculpem me meter…mais gosto de vcs e não quero que nenhuma das duas saiam desse site por causa da outra e sim porque se CURARAM de A vida da Gente..kkkkkkkkkk

    Beijos a todasssssssssssss

  • Apaixonada diz: 15 de março de 2012

    Galera do céu, passamos dos 200 comentários, de uma novela que já acabou. kkk kkk

    Para quem apareceu hoje: Yone, Mi e Andréia Oiiiiiiiiiiiiiiiiiii Sejam bem vindas, ao nosso hospício A Vida da Gente! kkkk E para quem já estava por aqui Oiiiiii também!

    Já vi que meu comentário vai ser longo… vamos do começo:

    Day, meu anjo!
    Como assim??? Eu decido vir aqui e me despedir, não porque estou curada, mais porque estou precisando de tempo para estudar mesmo… aí encontro essas palavras lindas que você escreveu para mim. Fiquei emocionada, sem palavras. OBRIGADA! Foi mais do que animador … foi inspirador!!! Fiquei com mais vontade de estudar ainda, apesar de ter uma forte esperança de conseguir uma vaga no último que fiz que é mais a minha praia.

    Não sou sempre destemida e nem sempre tão forte. Sou apenas uma mulher normal que sempre trabalhou fora e fez uma opção de passar um tempo com os filhos, mas nesses três anos, descobriu que não consegue ser feliz assim. Então estou na batalha para entrar no mercado de trabalho novamente. Lembrei de uma frase da Clarice Lispector, que gosto muito: “Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania, Depende de quando e como você me vê passar.
    Acho que essa frase vale para todo mundo, né? Também torço muito por você! E afinal você voltou a trabalhar na sua área? Fiquei curiosa. Abraço na Dani. Senti falta também da Claudia Daenekas e da Morena e do Anjo Colorado.

    Andréa: Só não vou copiar seu comentário e colar aqui, porque não tem necessidade. Mais você falou tudo, tudo e mais um pouco! É isso que eu tento dizer, claro que na relação deles existia amor sim. Amei essa parte:
    “Provavelmente a nossaa vida não manteria uma novela, mas uma paixão avassaladora e inconsequente não manteria um casamento, uma vida a dois!!” E como a Lícia quis mostrar o mais próximo da vida real… perfeito seu comentário!

    Eu já falei aqui do meu casamento de 13 anos, tivemos uma crise séria no sexto ano do casamento e quase nos separamos. E quando juntos, decidimos continuar, não foi por comodismo foi por amor. Amor que tínhamos um pelo outro, amor que tínhamos pelos nossos filhos. E são nas coisas simples que somos felizes.

    Mi você disse que é uma novela e que a gente não tem que supor que Manu e Rodrigo tinha intimidade, não é questão de supor é questão de lógica, ninguém mostra tanta felicidade ao lado de uma pessoa durante tantos anos, se na cama as coisas não estiverem boas. Sem falar nas inúmeras vezes que o Rodrigo repetiu que a Manu era a mulher da vida dele e que ele o amava…

    Mas tudo bem , suponhamos que quem torcia por Manu e Rodrigo viu nas entrelinhas, mas quem torcia por Ana e Rodrigo é um pouco pior porque foi mostrado na novela e não quer aceitar. Foi falado tanto por Ana como por Rodrigo que o sentimento deles os deixavam desequilibrados, egoístas que agiam como se não existissem mais ninguém, mas vocês insistem em dizer que não era paixão. Foi falado pelos dois que depois do sofrimento que passaram com Júlia, eles entenderam que o que sentiam e o que eles viveram tinha ficado do outro lado do rio, em um outro momento da vida, e que agora maduros poderiam viver seus novos amores… e você não aceitam.
    Então estamos tecnicamente empatadas! Mi eu desejo que você encontre sim esse homem companheiro e apaixonado, foi isso que eu encontrei e pode ter certeza que é o que vimos entre Rodrigo e Manu.

    A Lícia fez uma novela com muitas possibilidades e é por isso que depois de 12 dias, ainda estamos aqui debatendo.

    Claudia… eu insisto teve beijos lindos sim. E quanto aos vídeos montados, só agora dei para assisti eu vi a história dos dois na novela e depois tornei assisti na internet e continuei vendo amor, muito amor. E fiz questão de ver de novo a relação de Rodrigo e Ana ( pós acidente) e não vi sintonia entre os dois, apesar dos beijos ardentes.

    Ai.. ai.. nós e nosso eterno impasse. Mas isso é bom, para argumentar precisamos fazer o cérebro funcionar… e isso nos faz ficar mais vivas!!!!

    Dizem que o universo conspira ao nosso favor… eu já li vários poemas e frases de Mario Quintana, mas esse eu não conhecia, uma amiga me mandou hoje no email. Olha que interessante o que ele escreveu sobre o casamento. Vou deixar em um outro comentário para não ficar muito grande esse aqui.

  • Apaixonada diz: 15 de março de 2012

    Para todas as noveleiras que ainda estão por aqui, escrevendo ou só lendo… as casadas, as divorciadas, as solteiras…

    CASAMENTO INTELIGENTE

    “Em maio de 98, escrevi um texto em que afirmava que achava bonito o ritual
    do casamento na igreja, com seus vestidos brancos e tapetes vermelhos, mas
    que a única coisa que me desagradava era o sermão do padre:
    - “Promete ser fiel na alegria e na tristeza, na saúde e na doença,
    amando-lhe e respeitando-lhe até que a morte os separe?”

    Acho simplista e um pouco fora da realidade. Dou aqui novas sugestões de sermões:

    - Promete não deixar a paixão fazer de você uma pessoa controladora, e sim
    respeitar a individualidade do seu amado, lembrando sempre que ele não
    pertence a você e que está ao seu lado por livre e espontânea vontade?

    - Promete saber ser amiga(o) e ser amante, sabendo exatamente quando devem
    entrar em cena uma e outra, sem que isso lhe transforme numa pessoa de
    dupla identidade ou numa pessoa menos romântica?

    - Promete fazer da passagem dos anos uma via de amadurecimento e não uma
    via de cobranças por sonhos idealizados que não chegaram a se concretizar?

    - Promete sentir prazer de estar com a pessoa que você escolheu e ser
    feliz ao lado dela pelo simples fato de ela ser a pessoa que melhor
    conhece você e portanto a mais bem preparada para lhe ajudar, assim como
    você a ela?

    - Promete se deixar conhecer?

    - Promete que seguirá sendo uma pessoa gentil, carinhosa e educada, que
    não usará a rotina como desculpa para sua falta de humor?

    - Promete que fará sexo sem pudores, que fará filhos por amor e por
    vontade, e não porque é o que esperam de você, e que os educará para serem
    independentes e bem informados sobre a realidade que os aguarda?

    - Promete que não falará mal da pessoa com quem casou só para arrancar
    risadas dos outros?

    - Promete que a palavra liberdade seguirá tendo a mesma importância que
    sempre teve na sua vida, que você saberá responsabilizar-se por si mesmo
    sem ficar escravizado pelo outro e que saberá lidar com sua própria
    solidão, que casamento algum elimina?

    - Promete que será tão você mesmo quanto era minutos antes de entrar na
    igreja?

    Sendo assim, declaro-os muito mais que marido e mulher: declaro-os
    maduros.”

    ” Mário Quintana”

    Meninas fiquem bem!!! Vou ficar mais off, preciso cuidar do meu futuro, da Minha Vida da Gente, como bem disse a Aline.

    ABRAÇO APERTADO!!!!

  • Day diz: 16 de março de 2012

    Apaixonada:

    Bom dia! :)

    Pode deixar, eu mando seu beijo para Dani!

    Então, continuando nosso assunto…
    Sim, depois que saí do banco fiquei alguns meses parada, e o desespero começou a bater: morando de aluguel, as contas começaram a acumular e com medo de que as coisas ficassem piores, aceitei o primeiro emprego que vi pela frente, em uma copiadora. O salário não era lá essas coisas, eu mal conseguia pagar a prestação do carro e ficava sem 1 centavo o resto do mês, e aí algo que eu não queria aconteceu, comecei a me tornar escrava dos “vales”. Todo mês era um “valinho de 50, de 100…” e no mês seguinte estava mais enrolada do que antes.
    Foi uma turbulência muito grande em minha vida, fui bastante provada nos meses em que trabalhei nessa copiadora, até receber uma proposta para o emprego que me encontro hoje.
    Trabalho junto com a minha irmã como projetista e graças a Deus estou muito feliz e de volta à minha área e de toda minha família: Construção Civil!

    Também pego carona no seu último comentário e vou tentar ficar off por alguns dias, me desapegar um pouco do blog, pois isso está começando a me atrapalhar aqui no trabalho.
    Vou tentar só ler e comentar menos, prometo!!! VOU TENTAR! Espero conseguir! rs

    Apaixonada, tudo de bom viu querida, muita sorte, você vai chegar lá!
    Pelo pouco que nos conta, você tem uma história de vida muito bonita, uma história de coragem mesmo, pois conheço muita mulher que faz o que você fez e mesmo infeliz, se acomoda a situação e fica com medo de sair de casa, arrumar o que fazer, um trabalho, um curso, enfim, e você está firme e forte, e quem tem determinação consegue, pode apostar!!!!

    Um abração e um beijão em todas as sobreviventes!!!

  • Claudia diz: 16 de março de 2012

    Meninas, me despeço de vocês. Foi um prazer dialogar…

    Ressalto que eu nunca tive casal preferido e que a novela não me desagradou porque o Rodrigo ficou com a Manu, mas foi como aconteceu. Eu, como eterna romântica que sou, não aceito que ele tenha feito tanto pela Ana e nadinha pela Manu. Então não sou time Rodrigo e Ana como algumas dizem. Eu só queria mais paixão para a Manu, queria um homem que movesse o mundo por ela como Rodrigo e Lúcio fizeram pela Ana. Esse homem poderia ter sido o Rodrigo se a autora tivesse dado uma semaninha para ele se mover em direção à Manu e mostrar seu arrependimento e seu amor.

    Adorei as duas irmãs com todas as suas qualidades e imperfeições. Fiquei triste mesmo porque eu queria muito mais para a Manu justamente por ela ter tentado ser tão correta e tão generosa. Quando ela errou foi tentando acertar. A Ana, da mesma forma, com todo seu desequilíbrio sempre quis o bem de todos.

    O fim da Ana, embora eu tenha odiado o término dela e de Rodrigo por e-mail e no último minuto pois queria uma conversa cara a cara que é mais convincente, me agradou, porque ela já vinha mostrando muita coisa em seu relacionamento com o Lúcio. Rodrigo e Manu me decepcionou muito porque ficou para mim a sensação de conformismo e olha que eu achei muito linda a relação deles. Para mim ficou faltando… Fico feliz com que achou o final perfeito porque do meu grupo de noveleiras (5 amigas apaixonadas pela novela) nenhuma ficou completamente satisfeita.

  • Rosenira Sann diz: 16 de março de 2012

    Olha eu aqui, outra vez? Sei que me despedi, mas não resistir a curiosidade de saber o que a Rita Porto Alegre comentou sobre parte do meu post…
    Obrigada por considerar as minhas opiniões, mesmo com milhas de experiências à minha frente. Bem, tenho 22 anos, portanto, a senhora acertou mais uma vez. Lê cartas como a dona Iná? rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs…
    YONE, RITA QUAL A CAUSA DA AGRESSIVIDADE MÚTUA? O QUE É ISSO? GOSTO DAS DUAS E NÃO QUERO VÊ-LAS ASSIM RISPIDAS UMA COM A OUTRA. MENOS GENTE! OLHA O BOM SENSO. PASSAMOS MESES DEBATENDO, ALIÁS, AINDA ESTAMOS, FOI SÓ UMA NOVELA QUE MEXEU E MUITO, COM NOSSAS EMOÇÕES, E QUE CULMINOU COM UM FINAL INCOERENTE E SEM LÓGICA PARA UNS E PARA OUTROS TEVE COERÊNCIA DE SOBRA. PORTANTO, FAÇAM AS PAZES. BEIJOCAS PARA AS DUAS!!!!!!!!!!!!

  • Rita Porto Alegre diz: 16 de março de 2012

    Yone,

    Pena que tu tomaste prevensão contra minha pessoa. Me chamo Rita o “Porto Alegre”, é homenagem à minha cidade, e tenho a idade que mensionaste, só acrescente + 1. Não me faço de “coitadinha” para que usaria esse artifício?
    De maneira nenhuma afirmei que a Fernanda foi preterida do filme por ser mal atriz. Fiz um questionamento por ver que só ela não havia sido chamada para as filmagens. Acho que tu é que estas confundindo as coisas.

    Rosenira Sann, não leio cartas, mas é como tu afirmaste: são as “milhas de experiência”…kkkkkkkkkk… Quanto a Yone, não tenho nada contra a guria, só acho que não nos entendemos nas trocas de opiniões. Ela tem a idéia fixa, que gosto de fazer intrigas, me faço de “santinha”, mas deixa pra lá. No que depender de mim, já fizemos as pazes.

    Claudia, me assustei quando li teu post. Tu não vistes beijos na boca entre Rodrigo e Manuela? Mas como não?
    Um abraço.

  • Rosenira Sann diz: 16 de março de 2012

    Oi, Noveleiras “sobreviventes”!

    Eu não poderia deixar de voltar aqui, e relatar o que aconteceu hoje na minha aula. Meu professor de Psicologia Social, achou por bem, colocar a turma para debater o final da novela e principalmente, o do triângulo amoroso formado por Ana, Rodrigo e Manu. Ele deixou a “poeira” dos acontecimentos baixar, para então tocar no assunto.

    A sala virou uma espécie de blog presencial. 30 pessoas foram contrárias ao final que a autora promoveu, 12 pessoas a favor. Foi muito divertido, acalourado, chegou a ficar bem quente em alguns momentos. Visualizei naquela sala a Rita Porto Alegre, Yone, Claudia, Morena, Clair, Apaixonada, Anjo Colorado, Renata-R, Aline, Day, Claudia Daenekas, enfim, todos do blog. O professor foi uma espécie de mediador (ele também acompanhou a trama) e no fim, expôs seu comentário:

    “A personagem Manuela, foi a mais sacrificada pela autora. Logo ela, a mais correta dos três, fora condenada à infelicidade. Por tudo o que ela fez, passou na vida, não merecia esse desfecho. Embora a mesma tenha construído uma história de superação e conquistas ao lado do Rodrigo, o mais importante ela não havia conseguido, mesmo demonstrando muito amor: o “coração” desse rapaz na sua totalidade.
    Se houvesse transposição do fictício para o real, veríamos a Manuela numa eterna insegurança, quanto ao marido e a sua própria irmã. Pois a história deles, não havia chegado ao fim. Fora simplesmente interrompida, por fatores externos. Ainda havia muita intensidade de sentimentos.
    O final deixou a sensação de que tanto o Rodrigo como a Ana desistiram de fazer uma nova tentativa como casal, desistiram de lutar pelo amor que sentiam. Optaram pelo conformismo da situação. Os casais formados pela Lícia, nunca experimentariam um estado de felicidade plena de uma relação, depois de todos os acontecimentos que foram desencadeados”.

    Nossa, fiquei arrepiada de ouvi-lo falar. Ele é uma pessoa madura, cabelos branquíssimos, casado há 40 anos com uma pessoa, que ele conheceu aos 14 anos de idade, sua amiga no colegial. Ele já foi jubilado da Universidade devido a idade, porém, ele diz que ama o que faz, e não consegue se afastar da sala de aula. Bom para os alunos que têm a oportunidade de conviver com um grande professor. Falei a ele do nosso blog, que ainda promove debates calourosos… kkkkkkkkkkkkkkkk…
    Claudia, Aline, Yone, Mi, é para nós. Um beijão.

  • Rosenira Sann diz: 16 de março de 2012

    Oi gente.

    Esqueci de esclarecer o seguinte: eram 42 alunos na sala. Das 30 pessoas que foram contrárias ao final da novela, quer dizer o final dos casais principais, 10 pessoas se juntaram a nós após o comentário do professor. Antes, elas optaram por ficar à parte, pois entre elas, haviam pessoas que não acompanharam a novela, e outras acompanhavam uma vez ou outra e nem assistiram às últimas semanas. Portanto, no início dos debates, 20 pessoas não concordaram com o final da Lícia e somente 12 se mantiveram a favor. Pronto, era isso.

  • Rita Porto Alegre diz: 17 de março de 2012

    Oi, Rosenira Sann

    Que interessante esse episódio na tua sala de aula. Mas não concordei em nada, com o teu professor. Dizer que a Manuela foi condenada à infelicidade? Que exagero! Ficou uma dúvida no ar. Que tipo de felicidade plena, ele se referia?
    Veja que interessante. Assim como ele, também completarei 40 anos de casada no próximo ano. Já possuo cabelos brancos, aliás, branquíssimos, porém, eu uso tintura. Com o passar do tempo, me tornei “loira”. Posso afirmar que tanto eu, como teu professor temos vivências semelhantes, porém ponto de vista completamente diferentes.
    Bom final de semana, guria. Serás psicóloga?

  • Mi diz: 17 de março de 2012

    Rosenira Sann,
    É exatamente essa a leitura que a maioria das pessoas fez, que a felicidade jamais seria plena porque Rodrigo e Ana interromperam sua história e Manu jamais teria certeza de que realmente não se amam. Ficaria sempre uma dúvida na cabeça da Manu, em cada olhar, cada troca de gentileza… Perfeita a avaliação dele.
    Tenho uma amiga psicóloga, acompanhou e novela e me disse o mesmo que ele. Ela tem 31 anos, é bem menos experiente que o teu professor, mas acredito que é tudo tão evidente que não precisa nem ser psicólogo, pois eu fiz a mesma interpretação.
    Como disseram acima não foi o final que desagradou, mas como aconteceu o final.

  • Apaixonada diz: 18 de março de 2012

    Estou quebrando meu juramento e a culpa é da Rosenira….
    Fez um comentário interessante, pronto olha eu escrevendo por aqui.

    Que legal seu professor trazer um programa de TV para levantar um debate. Eu assisti um ( on line) sobre reality BBB 9, com Max e Francine. As partes que vi no youtube foram interessantes. Fiquei com a curiosidade da Rita, você faz psicologia ou jornalismo?

    Quanto a conclusão do seu professor, eu respeito, mas discordo. Porque o que ele fez foi uma suposição através do que ele percebeu da novela. O mesmo que a gente faz aqui.
    Na transposição do fictício para o real, ele viu Manuela numa eterna insegurança, quanto ao marido e a sua própria irmã. Pois eu não vejo assim, porque pela primeira vez a história deles (Ana e Rodrigo), tinha chegado ao fim por opção deles. E isso ficou claro na escrita do email, quando eles escreveram ao mesmo tempo. Eles não terminaram por causa da Júlia que já tinha demonstrado aceitar os dois casais, não terminaram por causa da Manu que estava com o Gabriel.

    A Lícia não quis colocar no final as “Drs” já feitas durante toda a novela, mas ela deixou isso claro em vários momentos. A cena do abraço fraterno entre Ana e Rodrigo, a troca de olhares da Ana com o Lúcio, a dor do Rodrigo por não estar do lado da Manu durante o processo da cirurgia. As palavras do Gabriel sobre o quanto era “natural” ela e o Rodrigo juntos. A troca de olhares da Manu e do Rodrigo. Achar que não poderia dar certo é o mesmo que dizer que um casal que se separou por causa de um paixão da mulher ou do marido por outra pessoa, não pode nunca mais dar certo e eu te afirmo que se for uma escolha dos dois o casamento pode sim se recuperar e ser ainda melhor.

    Quanto ao fato dele dizer que os casais formados pela Lícia, nunca experimentariam um estado de felicidade plena de uma relação, eu discordo de novo, a Manu e o Rodrigo viveram isso, antes da Ana acordar, e a Ana e o Lúcio viveram essa plenitude antes da Ana ficar insegura por conta do que gritou no calor de uma discussão.
    Enfim… quando eu faço a transposição da ficção para realidade, eu vejo quatro adultos, que depois de todos os acontecimentos se viram bem resolvidos com os seus sentimentos. E não falo só da Ana e do Rodrigo não. A Manu assumiu o quanto estava sentindo falta de tudo que viveu com o Rodrigo e o Lúcio também confessou para Celina que teria ter a Ana para sempre do lado dele.
    E por isso, na minha opinião, os dois casais teriam sim grandes chances de serem felizes com seus parceiros. Para sempre? Por alguns anos? Nunca saberemos, assim como não sabemos na vida real.

    Enfim eu senti vontade de estar no debate… deve ter sido uma aula e tanto…

    Claudia…
    Lendo seu comentário, não sei se foi impressão minha, mas percebi que ficou chateada e provavelmente comigo, porque questionei seu ponto de vista. Olha, eu brinco muito na vida real e esqueço que escrevendo as vezes isso não fica claro. Mas isso aqui para mim é uma grande diversão e apesar de pensar diferente de você sobre a relação Manu e Rodrigo, adoro seus comentários, concordo com muita coisa da sua visão do amor. Então se de alguma forma eu te ofendi, me desculpa não foi minha intenção.

    Um grande abraço meninas de coração!!!!

  • Apaixonada diz: 18 de março de 2012

    E para quem criticou que essa novela teve baixa audiência, essa reportagem é interessante:

    WEB, TV e CONVERGÊNCIAS
    O fato de um programa de TV explodir na internet é diretamente proporcional à sua boa audiência na televisão? Nem sempre. Um exemplo disso é a última novela das 18h da Globo, “A vida da gente”. A história de Lícia Manzo alcançou média geral de 22 pontos, menos do que o ambicionado pela Globo. Na web, porém, motivou debates e inúmeros cliques. O site oficial (na Globo.com) bateu o recorde do horário com mais de 1 milhão e 700 mil visitas em um dia já no terceiro mês da história no ar (dados do Google Analytics). Segundo o Ibope, seu recorde foi de 3 milhões e 272 mil visitantes únicos no mês, 37% acima do recorde anterior de uma novela das 18h. Em 16 dias de exibição, chegou a mais de 1 milhão de visitas num dia, patamar só alcançado por novelas das 21h.
    (…)

    Ou seja a audiência dela na internet foi bem maior e está sendo até hoje. Olha a gente aqui! kkk kkk

  • Claudia diz: 19 de março de 2012

    Rosenira Sann,

    Eu já havia me despedido e voltei para ver os comentários e gostei do debate na tua sala de aula. Foi exatamente essa a minha visão da novela e também da minha irmã que sempre discutia comigo. Achei a maneira como aconteceu o fim muito ruim para a Manu. Ela ficaria numa eterna insegurança, ainda mais se Ana e Lúcio tivessem qualquer problema. Não seria uma relação plena até porque a convivência de Rodrigo e Ana seria muito próxima em função da filha.

    Apaixonada,

    Imagina, não fiquei chateada com nada. São avaliações diferentes. A única coisa que me irrita mesmo é quando as pessoas dividem entre torcida Manu/Rodrigo e Ana/Rodrigo e me colocam em uma delas porque acho muito infantil e nunca vi o Rodrigo como um troféu ou uma irmã boa e outra má. Eu queria acreditar no amor pleno de Rodrigo e da irmã com a qual ele ficasse e não acreditei. Fiquei com a sensação de desistência e nao de escolha. Acho que foi uma falha da autora porque a grande maioria do público ficou com essa sensação e não era a intenção dela.

    Torci muito pelas duas irmãs (pela relação delas, principalmente) e gostei dos dois casais em momentos diferentes, mas, infelizmente, a novela terminou e fiquei esperando aquele desejo entre Rodrigo e Manu e não consegui ver. Acho que em uma próxima novela a autora vai saber misturar melhor o amor e a paixão para que o casal não fique tão fraterno, afinal, eles teriam uns 25 anos apenas e víamos o Rodrigo com a Ana, então ele não era uma pessoa morninha na relação como aparentou ser com a Manu.

  • ALINE diz: 19 de março de 2012

    Oiiiiiiiiiiiiiiiiii….gente estou cuidando da “minha vida da gente”..kkkkkkk..mais não posso deixar de expressar como eu amei o que a ROSENIRA SANN escreveu…nossa lindo demais…é exatamente o que penso….vi todas as cenas de Rodrigo e Manu e também vi as de Manu com Gabriel (não esqueçam que ele fez parte dessa novela), que beijos mornos e sem vida da Manu e do Rodrigo e que Beijos deliciosos e quentes da Manu e Gabriel…eu como gosto da Manu apesar de muitos acharem que não pelo fato de torcer muito por Ana e Rodrigo….Acho que a Manu merecia alguem que quis ficar com ele desde a primeira vez que viu…que falou para ele como era linda, linteligente, divertida e etc…e essa pessoa era o Gabriel…muitos queriam que tivesse uma virada e que Manu ficasse com o Gabriel…isso não aconteceu porque a autora não quis…porque eles tinham tudo para ter sido perfeito. Se fosse na vida real pode ter certeza que varias Manus iam querer viver um outro amor e a Ana e o Rodrigo queriam viver o que sentiam desde pequenos..um amor a prova de tudo….aiai…é isso…
    Bjsss…Claudia, Yone, Mi e principalmente Rosenira Sann que me fez voltar para os comentarios…

  • Apaixonada diz: 19 de março de 2012

    Meninas….

    Vocês viram meninas? Marjorie e Rafael na próxima novela das seis. Porém ela é uma mocinha e ele o vilão. Mesmo assim torcendo para os personagens dos dois se encontrarem na trama. Quem sabe né???

    Vocês viram a entrevista do Rafael no blog dele?? Estou cada dia mais fã desse menino. Como ele amadureceu entre as entrevistas antes da novela e pós novela, impressionante.
    http://rafaelcardosooficial2010.blogspot.com.br/2012/03/entrevista-completa-do-rafael-cardoso.html#disqus_thread

    Poxa vida Aline, não mereço nem um abraço seu? Só porque sou do contra???
    kkk kkk

    Abraço galera do core!!!! Todas… todas… afinal agora estamos no mesmo barco. Somos apenas um monte de mulher saudosas da Vida da Gente!

  • Rosenira Sann diz: 19 de março de 2012

    Oi, Meninas!

    Terei aula desse professor novamente na próxima sexta, e falarei a ele da repercussão da análise final aqui no blog kkkkkkkkk…
    Apaixonada e Rita, não faço nenhum dos cursos que vcs mensionaram. Sou formada em Pedagogia, finalizando uma Pós em Psicopedagogia e prestes a iniciar uma nova graduação em Psicologia em 2013. Loucura né? Sou extremamente anciosa, e preciso ocupar meu tempo.
    Que bom que gostaram do debate em minha turma na faculdade. Foi uma surpresa, por isso não deu para escrever ou gravar tudo na íntegra. Coloquei aqui, algumas coisas que deu para anotar e outras que gravei na memória. Como gostaram, embora algumas não concordando, irei transcrever mais:

    “Manuela é uma mulher forte, decidida, equilibrada. Porém, a autora pôs em contradição essas caracteristicas da personagem no final, fazendo-a retroceder e retomar o casamento com o Rodrigo.
    A Manuela que nos foi apresentada no “durante”, jamais praticaria essa ação. Não da forma como as coisas foram sendo conduzidas, após a separação desse casal. Essa recusa dar-se-ia não por orgulho, mas por inteligência e por ela demonstrar uma maturidade incrível.
    Embora ela tenha experimentado momentos de felicidade e valorização ao lado do Rodrigo, ela sabia que o mesmo, não a amava por inteiro. O próprio já havia feito essa confissão, através de email e pessoalmente, olhando-a nos olhos. Gabriel, foi quem exclusivamente, a valorizou como mulher, foi quem a percebeu como “um todo”. Não por ela ter lhe dado estabilidade na vida, ou por cuidar tão bem da filha. Ou seja, ele não havia recebido nada em troca.”

    “O Rodrigo amou as duas irmãs. Cada uma em momentos distintos de vida. Cada uma de forma diferente. Porém deixou evidente, a quem ele devotou maior intensidade de sentimento.”

    “O término de uma relação, deve ser feita sempre que possível, de forma presencial, para não se deixar dúvidas quanto ao que se realmente quer e deseja. O “fim” da relação entre Ana e Rodrigo através de email, denotou falta de coragem de ambos de se encararem e admitirem o que realmente sentiam um pelo outro. Um sentimento com aquela magnitude, não se dilui assim de uma hora para outra, através palavras digitadas, nem meras palavras filosóficas.”

    “A relutância da Ana em retomar a relação com o Rodrigo, mesmo o amando e após a melhora do estado psíquico da filha, se devia ao fato de que no fundo, ela ainda se sentia culpada, por ser a causadora da separação da irmã. Por isso a escolha dela pelo Lúcio. Assim, ela estaria com a consciência tranquila de que ao lado desse homem, não estaria magoando e ferindo ninguém.”

    “O melhor seria que cada um, desse continuidade da vida de onde parou antes da manifestação da doença da criança. Manuela continuaria com Gabriel, daquela relação, nasceria um amor recíproco. Lúcio deveria ter feito a viagem, reencontrando a Laura ou não. Ele estava consciente da indecisão da Ana quanto aos próprios sentimentos e da relação inacabada com o Rodrigo. Quanto a este e a Ana, após vindas e idas, deveriam refletir e avaliar, após todos os acontecimentos, se valeria a pena ou não, retomarem a relação entre eles, depois de uma conversa sincera, franca, e aberta. Viveriam o resto da vida felizes juntos, ou separados.”

    Perguntamos no final da aula ao professor, por quem ele torcia. Qual casal tinha lhe chamado mais atenção. Ele respondeu que fez uma análise da novela como um todo. Não tinha preferência por este ou por aquele casal. O foco central estava voltado para o triângulo amoroso, na expectativa do seu desfecho. E esse desfecho o deixou decepcionado, pois ele achou que devia ter sido mais coerente com tudo o que foi mostrado ao longo dos meses.

    Claudia,
    Acho que eu te deixei irritada, pois em algumas vezes, te incluir na minha torcida. Fiz isso recentemente, no post do debate. Perdão. Mas não achei infantil, a atitude de ser torcer por um e outro casal. É natural. Infantil é demonizar uma das irmãs, difamar as atrizes, ofender com palavras pejorativas as personagens, enfim, o que vimos aqui e em outros sites.
    A própria autora tornou o Rodrigo numa espécie troféu para as duas irmãs. Na reta final, o foco da novela foi voltado para esse acontecimento. Na discussão das duas, isso ficou evidente. Pois as duas confessaram que o amava e Ana se vangloriou de ser a “vencedora”, pelo fato dele amá-la.

    Apaixonada,
    “Antes da Ana acordar, Rodrigo e Manu foram felizes…”
    Rodrigo provou que estava conformado e convencido que a Ana não voltaria mais. Por isso investiu nessa relação. Mas tudo mudou quando a Ana acordou, e tudo mudou outra vez, quando a Manu doou parte do fígado para a Júlia.

    Beijão, para todas!!!!!!!!

  • Day diz: 20 de março de 2012

    Bom dia meninas!

    APAIXONADA:

    Menina, aonde você viu isso?
    Nossa até engasguei com a água quando li Marjorie e Rafael na próxima novela das seis!!! rs..

    Que legaaaaaaaaaaaaaaal!!!! :) Vai ser muito bom vê-los atuando juntos novamente, isso era um sonho, agora está se tornando realidade (mais rápido do que pensamos!), para a felicidade de todas as amantes de AVDG!!!

    Você pode mandar o link desta notícia por favor? Quero ler!

    Um beijão!!!

    p.s. ;) Então, pelas minhas contas, estaremos aqui muito breve, depois de Amor Eterno Amor, comentando a próxima novela das 18hs, oba!!! Mal posso esperar…

  • Rita Porto Alegre diz: 20 de março de 2012

    Olá, Rosenira Sann.

    Mas esse teu professor, hein? Bah, sinceramente, ele teve uma visão distorcida de tudo! Lógico que respeito a opinião dele, porém não concordo com nenhuma palavra.
    Tenho uma filha que é Pedagoga também. É uma profissão maravilhosa e nobre. Pena que em termos de remuneração, deixe muito a desejar. Mas guria, do jeito que tu ocupas teu tempo, não sobrará nenhum para que connheças um amor de verdade. Conheceste a paixão, porém, precisas experimentar e viver um amor. Aí, sentimentalmente, terás uma nova visão da vida.
    Outra coisa, quando falaste a Claudia a respeito de atitudes infantis, que lestes aqui, não estavas se referindo a mim e a Yone, não é? Quero acreditar que não.
    Um abraço.

  • Apaixonada diz: 20 de março de 2012

    NÓS!!!! AS LOUCASSSSSSSSSSSSSSSSSSSS KKK KKK

    Rosenira estudar nunca é demais querida! Eu também fiz pedagogia e minha terceira pós foi psicopedogogia, isso por causa do velho sonho de fazer psicologia e na minha cidade ainda não tinha. É um curso maravilhoso, apesar que não saí me sentindo preparada para atuar como psicopedagoga, mas porque o curso não foi bem administrado e porque sou muito exigente comigo mesma, mas mesmo assim me acrescentou muito.

    Amiga, falando sério, a única afirmativa que concordo em parte é essa:
    \”O Rodrigo amou as duas irmãs. Cada uma em momentos distintos da vida. Cada uma de forma diferente. Lembrando que foi esse o final do desfecho, quando ele diz que tudo fazia parte de uma mesma história e de uma mesma vida, e de um mesmo sentimento AMOR. Conclusão Ana foi o amor do passado e Manu do presente. “Porém deixou evidente, a quem ele devotou maior intensidade de sentimento.\” Eu não o vi devotanto maior intensidade, sério, eu vi ele demonstrando as formas diferentes que amou cada uma. Ele repetiu várias vezes que não achava justo procurar a Manu enquanto não tivesse resolvido o que estava dentro dele. E nunca ouvi do Rodrigo que tinha deixado de amar a Manu.

    Outra observação para encerrar, não existe está questão de mulher forte quando se ama. Claro que a mulher tem que ter amor próprio e a Manu demonstrou isso a novela toda. Quando saiu de cena e foi sofrer sozinha para que ninguém a visse sofrer, quando mesmo sem conseguir nem olhar nos olhos do Rodrigo se manteve forte e decidida. Mas… não tem força que faça uma mulher que ama como ela amava o Rodrigo, tê-lo na frente dela dizendo que é ela que ele quer para a vida dele e ela dizer não. Dizer não porquê? Se era isso que a faria feliz. Isso deixa de ser força e passa a ser burrice. Ninguém joga um amor verdadeiro fora.
    Só mais um… kkk
    Meu comentário:”Antes da Ana acordar, Rodrigo e Manu foram felizes…\”
    Seu comentário: Rodrigo provou que estava conformado e convencido que a Ana não voltaria mais. Por isso investiu nessa relação. Mas tudo mudou quando a Ana acordou, e tudo mudou outra vez, quando a Manu doou parte do fígado para a Júlia.

    Pois é isso para mim é mais uma prova que atualmente o amor mais importante para ele era o da Manu. E não venha me dizer que foi por causa da doação, porque não foi. Se ele não amasse a Manu ele teria ficado agradecido e teria mais um motivo para deixá-la viver sua vida com o Gabriel. O Rodrigo pode até ter ficado dividido entre dois amores, mas sempre mostrou muita coerência em todas as suas outras atitudes. Era um momento que tanto Ana como Rodrigo estavam livres para viver o amor proibido deles se assim decidissem. Nem a Manu e nem o Lúcio estavam atrás deles suplicando e exigindo nada. Por isso continuo achando que pela primeira vez eles fizeram uma escolha consciente e por eles mesmo e por isso uma escolha definitiva.

    **********************************************
    Day meu anjo, está no blog oficial do Rafael Cardoso ( espio todo dia) Virei fã desse menino kkk kkk e aqui no noveleiros fala da Marjorie.

    Bom, não sabemos se os dois personagens irão se encontrar na novela. O par da Marjorie vai ser Tiago Fragoso. Mas quem sabe, né??? De qualquer forma
    vê-los atuando juntos ou separados será muito bom. O tema parece interessante, tem um teor político que eu gosto muito. Vai falar como foi o inicio da formação de favelas no Rio de Janeiro.

    Com certeza estaremos por aqui, porque já estou com vontade de assistir a novela.

    Rita vou responder sua pergunta mesmo não sendo dirigida a mim. Mas eu estou no meio da conversa. Vou resumir, depois você dá uma olhada nos comentários acima: Eu perguntei para a Claudia se ela estava chateada comigo. Ela disse que não, que só não gostava quando incluíamos ela em alguma torcida de casais (Mandri ou Andri ) porque ela achava isso infantil. Então a Rosenira fez esse comentário. Certo, querida???

    Três noites sem dormir, com meu pequeno com crise de bronquite. Por isso não estou com vontade de fazer nada. Mas tenho que fazer, faze o quê???

    ABRAÇO NOVELEIRASSSSSSSSSSS

  • Claudia diz: 20 de março de 2012

    Rosenira/Rita/Yone /Apaixonada

    Não fiquei chateada com nenhuma de vocês.
    Rosenira, no fim torci sim por Ana e Rodrigo, mas foi pela forma como a novela foi conduzida e porque achei que ele foi ótimo para a Ana, mas não o foi para a Manu. Se o Rodrigo tivesse mostrado mais interesse pela Manu após o retorno da Ana minha opinião poderia ser diferente, mas não aconteceu.

    O que eu quis dizer quando disse que eu ficava irritada quando me incluíam em uma torcida específica foi relativo àqueles comentários do tipo “vc diz isso porque torcia para a Ana ficar com o Rodrigo” tentando desqualificar o ponto de vista diferente. Meus comentários foram todos conforme a minha visão da novela e não porque eu torcia para um final específico. Tanto que eu nunca achei que nenhuma das irmãs foi falsa ou ruim, ambas erraram tentando acertar.

    Acho que devemos respeitar a visão dos outros. Eu discordo de algumas, mas entendo.
    Um ponto de vista que eu gostei muito foi em outro blog, para quem gostava das duas irmãs, foi de uma fã da novela dizendo que Rodrigo realmente não fez nada pela Manu e não a merecia, mas se era ele a felicidade dela, ela merecia ser feliz. Já a Ana fez a escolha dela e a escolha foi por conviver com todos os seus amores Lúcio, Manu e Rodrigo porque ficou bem claro que ela amava os três.

  • Nina diz: 20 de março de 2012

    A novela acabou e o debate continua….
    Não gostei do final. Não pelo fato de Ana não ter ficado com o Rodrigo, mas pelo desfecho da história… Acho a Ana tão encantadora que para mim o importante era ela ser feliz, uma história de vida igual a dela é simplesmente uma lição de vida…
    Se ao menos tivesse acontecido uma conversa franca entre Ana e Rodrigo, Ana e Lúcio e Manu e Rodrigo, mas isso não aconteceu… e não venham me dizer que o olhar deles disse tudo, apenas demonstrou a intenção deles, que era de pedir perdão, mas eu não me contentei com esse gesto… Ana e Lúcio até que foi bem legal, mas Manu e Rodrigo como sempre, sem sal… Depois de tantos diálogos interessantes ao longo da novela, no final, onde deveríam ser colocados todos os pingos no” ÍS” isso não ocorreu… Eu acredito que é impossível ser feliz da maneira como foi retratado o final da novela. Vão sempre existir as dúvidas da Manuela em relação ao sentimento de Ana e Rodrigo. Vocês lembram o que a Ana disse para a Manu na briga delas? “MESMO QUE A GENTE NÃO FIQUE JUNTOS, MESMO QUE O MUNDO INTEIRO IMPESSA, O AMOR ENTRE EU E O RODRIGO SEMPRE VAI EXISTIR”. E agora de uma hora para outra eles “descobrem” que não se amam mais… que todo aquele sentimento virou pó.

    Li que a autora no início da novela já tinha escolhido que a Manuela e o Rodrigo ficariam juntos, mas porque conduzir a história deles de uma maneira tão sem noção? Porque até uma semana antes de terminar a novela Rodrigo SEMPRE estava decidido pela ANA, ela até terminou o noivado com o Lúcio por causa do pedido desesperador do Rodrigo…
    Mas, cada um com sua opinião… mas lembrem-se: Os filhos crescem, a gente envelhesse e o amor, se não for cultivado, se não for regado diariamante, ele pode morrer…

  • Mi diz: 20 de março de 2012

    Rosenira, esse teu professor é um sábio. Obrigada por compartilhar!

    Ele disse exatamente tudo o que penso. Também esperava por um final maravilhoso e fiquei desapontada. Não podemos resumir tudo a quem ficou com quem, mas ao desenlace dos acontecimentos.
    Rodrigo amou as duas, mas sempre optou pela Ana, a maior intensidade realmente foi dela, não há como negar. Na briga entre as irmãs Rodrigo deveria ter procurado a Manu,mas não, como sempre foi atrás da Ana.
    Em algum momento eu pensei que o Rodrigo tentaria voltar para a Manu mas ela não o aceitaria por saber que o amor dele pela Ana era forte demais e por não querer um homem que ficasse com ela por segurança. Achei que o fim da Manu foi sem graça pela maturidade que a personagem apresentava.
    Ana, como sempre escolheu o caminho mais fácil, Lúcio, já que também o amava e não magoaria ninguém, podendo reatar com a irmã. Isso fez sentido de acordo com a trajetória da personagem, sempre tentar agradar todo mundo.

  • Day diz: 21 de março de 2012

    Bom dia a todas as sobreviventes! Loucaaaaaaaaaaas!!!!!! kkkkkkkkkk! :)

    APAIXONADA,

    Obrigada queridona, eu acabei de ler a matéria no blog dele, e também fiquei com a ansiedade no volume máximo para assistir!!!
    O tema é realmente atraente, agora é torcer para os dois contracenarem juntos, independente se vão ou não ter envolvimento na trama, vai ser um novo desafio, vai ser legal com certeza!

    Bom, continuo por aqui, com saudades de AVDG, e ansiosa pela nova novela “Lado a Lado”!

    Bjs ;)

  • Rosenira Sann diz: 21 de março de 2012

    Oi, Meninas!

    Apaixonada, Rita Porto Alegre, não adianta, não iremos concordar NUNCA!!!!!!!
    A minha visão da novela, coincidiu com a do meu professor e suas pontuações.

    Apaixonada,
    …”Mas… não tem força que faça uma mulher que ama como ela amava o Rodrigo, tê-lo na frente dela dizendo que é ela que ele quer para a vida dele e ela dizer não. Dizer não porquê? Se era isso que a faria feliz. Isso deixa de ser força e passa a ser burrice. Ninguém joga um amor verdadeiro fora….”
    Sinceramente, a autora fez com que a Manu jogasse sua inteligência, sua dignidade, amor próprio, na lata do lixo. Por mais que ela ainda sentisse amor pelo Rodrigo (afinal, haviam só alguns meses de separação, de acordo com a novela), não deveria voltar para ele, após ouvi-lo confessar que não havia conseguido esquecer a Ana, ao lado dela. Sendo extremista, soou como a justificativa da mulher que apanha do marido, sai de casa, e depois retorna: “ele me bateu, mas eu o amo.”
    Melhoras para seu filho. Um abraço.

    Rita Porto Alegre,
    Por favor, EU NÃO ME REFERI A SENHORA E NEM A YONE QUANDO FALEI A RESPEITO DE ATITUDES INFANTIS AQUI. POXA, AS VEZES A SENHORA LEVA AS COISAS PARA OUTRO LADO…

  • Rita Porto Alegre diz: 21 de março de 2012

    Pelo que observo, tanto a Apaixonada, como a Rosenira Sann, ficaram chateadas comigo.
    Desculpem-me, não foi minha intensão. Passou realmente na minha cabeça, guria, que estavas se referindo a mim e a Yone, devido as nossas divergências nos últimos posts.

    Quanto a nossa visão a respeito do final, Rosenira Sann, realmente, não concordaremos. E tu, já não estavas satisfeita com todos os acontecimentos, após os comentários do teu professor, fostes ainda mais influenciada e convencida a respeito da inesistência do amor entre a Manuela e o Rodrigo. Uma pena. Mas és ainda muito nova. Quando estiveres encontrado teu verdadeiro amor, terás uma nova visão. Abraços.

  • Apaixonada diz: 21 de março de 2012

    Day
    “Estamos juntas e misturadas querida” !

    Rita meu anjo, de forma nenhuma, pelo menos não da minha parte. Eu só quis te explicar que não era sobre você o comentário, mas sim de uma conversa que comecei lá em cima com a Claudia.

    Rosenira: Seus comentários sempre me fazem voltar a comentar.
    Não gostei da sua comparação extremista, mas não vou me sentir ofendida por dois motivos. Primeiro porque você não me conhece, se me conhece saberia que algo que não sou é submissa. Comecei a namorar muito nova, com 12 anos, e a lição que minha mãe me deu foi: “Se o homem que tiver do seu lado alterar a voz para você, termine. Ele não te merece. ” Eu nunca esqueci isso, o fato de ter um casamento tão longo não é por ser submissa mas por ter encontrado a pessoa certa.
    Outra questão é que com 22 anos ainda estamos no 8 ou 80. Temos dificuldades de ver o meio termo, eu era assim também. Porque você foi mais do que extremista A relação de Rodrigo e Manu não passa nem perto da relação doente de um casal que o homem violenta a mulher e a mulher aceita. É impossível comparar.

    E só para completar, já tem tempo que você afirma que o Rodrigo assumiu para Manu que o amor dele pela Ana era maior. A conversa não foi assim. Veja o vídeo de novo. Esse eu não vi novamente mas vou tentar puxar pela memória: Primeiro ele começou falando que desde que ela tinha ido embora ele tinha ficado perdido e inerte e que ela tinha conseguido refazer a vida dela. Deixando bem claro que a escolha da separação foi dela. Não sei se você se lembra, mas ele implorou para ela não sair de casa e teria implorado para ela não ter ido embora de Porto Alegre se ela tivesse permitido.

    Depois ele disse “debaixo dos escombros da minha história com a Ana, tinha algo vivo, que sobreviveu aos anos mais felizes da minha vida. Anos de entrega e de felicidade que eu jamais tinha vivido ( ..). Tinha que ser algo forte para me fazer arriscar tudo isso (…) Por isso eu resolvi resgatar esse amor que ficou para trás, que é para não viver o resto da vida imobilizado por ele.. algo assim.

    Ou seja, visto que ela tinha escolhido a separação e estava decidida a não voltar com ele, ele iria tentar entender os sentimentos que ainda tinha pela Ana.

    Em nenhum momento ele disse que esse sentimento do passado era maior do o que ele sentia por ela. No máximo era tão forte quanto.

    Enfim não vamos concordar nunca. Provavelmente pelo momento diferente de nossas vidas, não é questão de idade, mas de momento mesmo sabe?
    Um dia você vai entender que nada na vida tem um lado só e que nada é definitivo. Nem um amor do tipo da Ana e do Rodrigo e nem um amor do tipo do Rodrigo e da Manu.

    Abraço meninassssssssssss. Já que não consigo ficar longe, pelo menos vou tentar aparecer só uma vez por semana. SERÁ????

  • ALINE diz: 21 de março de 2012

    Meninas volteiiii..kkkkkkkk..Apaixonada não esqueci de vc é porque mandei beijos para as que concordam comigo..mais te adoro tanto que estamos nos falando em outros post (Novela lado a lado)..kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Gente ontem fiz uma coisa vi todas as cenas Manu e Rodrigo e todas as Ana e Rodrigo…Apaixonada eu tentei juro que tentei gostar da Manu e do Rodrigo, mais não consegui….se vcs entrarem no site de a “vida da gente” pelo google e colocar em cima dos videos Ana e Rodrigo aparecem 83 assistir todos chega fiquei vesga..kkkkkk..e são lindos teve capitulos da novela que não assistir e vi que tinha amor entre eles antes do acidente e depois que ele acordou do coma…Adorei quando ele esta ajudando ele a arrumar o partamento que compra uma cama para ela (Ana) e aos beijos diz que quer inalgurar e depois os dois ja fazendo amor e ele diz que quer tomar um vinho, mais a Ana brinca dizendo que não tem abridor os dois se beijam e riem e a Ana diz que não precisam de vinho que ela precisa dele na vida dela os dois dizem que se amam e ficam juntos na cama de dengo…
    Nisso na maioria dos videos tem falando (O Beijos de Ana e Rodrigo é destaque na semama)(O reencontro de Ana e Rodrigo é destaque da semana) e etc….Tem uma enquete no R7 que pergunta qual atriz se destacou em A VIDA DA GENTE e Fernanda Vasconcellos ganhou disparada….Há e li que as maiores audiencias da Novela era quando Ana e Rodrigo estavam juntos (pois na época que Ana entrou em coma a nobela ficou chata e monotona)…Mais mesmo assim coloquei de coração aberto Manu e Rodrigo…apareceram 59 videos nenhum tendo Manu e Rodrigo como destaque da semana, nenhum tendo aqueles beijos ardentes, mais varios ploques, achei linda algumas cenas, mais bem fraternal de pai e tia que fazem de tudo para a felicidade da filha e da sobrinha e não um Homem e uma Mulher que se amam…Enfim mesmo tentando me desfazer dessa novela tentei tirar a prova do que todos dizem e mais uma vez fiquei com a minha opnião e ainda mais forte.
    Mas tive a tristeza de ver todas as enquetes que a novela fez no decorrer de 6 meses em que Ana e Rodrigo venciam e que a autora não levou isso em conta, por isso me pergunto se ele sempre quis Manu e Rodrigo juntos para que fazer tanta enquete?
    Há e mais uma vez sobre o que o professor da Rosenira Sann escreveu eu concordo, morreria de insegurança de ver o meu marido perto da minha irmão que foi o seu grande e primeiro amor…porque como todos dizem o primeio amor agente nunca esquece e sempre meche com agente…agora imagina isso tendo contato sempre….dificil

  • Ju diz: 21 de março de 2012

    Rita, olha eu me metendo onde não fui chamada…

    Mas quando dissestes que quando q Rosenira encontrar seu verdadeiro amor terá outra visão, estás falando de como você vê a vida, talvez uma visão da tua geração. Vi em outro post que já tens bastante experiência. Meus pais continuaram casados pelos filhos, pela casa, pela comodidade… Não são infelizes, mas felizes também não. E quando pergunto porque manter o casamento minha mãe dá aquela resposta: “a experiência diz que…”. Minha experiência está me trazendo expectativas maiores e não menores.

    Acho que antes de amar alguém precisa ter amor próprio e esse amor nos impede de aceitar determinadas coisas. Uma delas é ter o teu marido correndo atrás da tua irmã ou de qualquer outra mulher. O seu homem tem que ser só seu e estar feliz por ter conseguido uma mulher como você. Quando uma mulher é humilhada demais o amor que ela sente por si deve se sobrepor ao amor que ela sente por um homem.

    Eu não sou casada, mas já vivi uma relação estável e terminei, não por falta de amor da minha parte, mas por falta de amor da outra parte. E olha que ele não me traiu como aconteceu com a Manu, mas eu sentia que ele estava ali por estar, que gostava muito de mim, mas não o suficiente. Poderia ter levado aquela situação até sempre. Ele é uma pessoa de caráter, uma ótima pessoa, mas preciso de bem mais que isso.

    Estou só mas não me arrependo porque não era feliz naquela situação, naquela insegurança pois eu sabia que faltava alguma coisa naquela relação. Se eu me contentasse com aquilo jamais teria o que sonhei e essa busca é que empolga, é que dá sentido a vida.
    Antes só do que conformada! O que serve para algumas, não serve para outras. Eu não me contento com pouco!

  • Claudia diz: 21 de março de 2012

    Aline, fiz o mesmo que você menina. Procurei os vídeos e também continuei achando a relação de Manu e Rodrigo linda, mas fraternal. Não adianta meninas, cada um vai avaliar a novela conforme a sua história. Alguns acham que foi bom para a Manu voltar para o Rodrigo e outros vão continuar pensando que ela merecia um homem completo como o Gabriel e uma relação com mais desejo e não apenas de companheirismo.

  • Mi diz: 21 de março de 2012

    Rita,
    Não vi ninguém falando em inexistência de amor entre Manu e Rodrigo e sim em amor fraterno com falta de paixão. A maioria do público que assistiu a novela ficou decepcionada não porque o Rodrigo ficou com a Manu mas pelo fato dele, até a doença da Júlia estar tentando se reconciliar com a Ana e ter reafirmado seu amor por ela.
    É claro que ele ama a Manu, mas precisaria, após ela sustentar ele e a filha, ajeitar a vida dele, ainda doar um fígado para a menina para ele voltar para ela? O amor e gratidão podem sim andar juntos, o problema é quando há só gratidão e companheirismo. Ele ama muito a Manu, precisa dela, mas deseja a Ana. Essa foi a mensagem final da novela. Nenhuma mulher quer isso.

  • Rosenira Sann diz: 21 de março de 2012

    Oi, Meninas.

    Passei por aqui, para pedi desculpas a Rita Porto Alegre, pois acho que fui um pouco ríspida nas palavras. Rita, não estava me referindo a vc, com certeza, pode ficar tranquila. Me desculpa também.
    Quanto a ser influenciada, eu já tinha minhas convicções, os comentários do meu professor, só vieram acrescentar e confirmar tudo aquilo que eu pensava, pude constatar que estava certa a minha linha de raciocínio.
    Nunca falei a respeito da “inesistência” de um amor entre Mandri (copiei esse Mandri da Apaixonada…rsrsrsrsrsrsrsrs). Ele a amava sim, pois podemos amar de várias formas. Porém amor na sua totalidade e intensidade, foi dedicado a Ana. (ai, como torci por esse casal!).
    E Olha que coisa interessante. A senhora escreveu que quando eu encontrar um amor, ou viver um amor, terei uma outra visão da vida, especificamente da relação entre Mandri. Entretanto, vimos aqui pessoas com mais idade e experiência, que tiveram a mesma visão que eu. Portanto, estou no lucro! Beijos.

    Apaixonada,
    Como a Rita, vc entendeu mal o que quis dizer. Minha intensão não foi te ofender, jamais faria isso. Dei aquele exemplo extremista, para demonstrar a minha insatisfação de ver a Manu voltar para o Rodrigo depois de tudo o que nos foi apresentado e a sensação que ficou. Não morria de amores pela personagem, mas também, não gostei dela só “dar”, e não ser retribuída à altura. E discordando de vc sempre, o Rodrigo naquela conversa que vc relembrou, estava sim, confessando que o sentimento pela Ana era maior. Aquela confissão para mim, doeu bem mais do que receber um tapa. Assiste a cena novamente, e presta bem atenção na expressão do rosto da Manu. Tudo o que ela fez, os anos de dedicação, amor e todas as coisas boas que acompanha esse sentimento, não tinham sido suficientes para conquistar o amor do Rodrigo, na sua totalidade.
    Para finalizar, vamos esquecer a minha idade? Sou adulta tanto quanto você. Um beijo.
    Boa noite a todas!!!!!!

  • Rosenira Sann diz: 21 de março de 2012

    Aline, seguirei seu exemplo e da Claudia. Vou reassistir as cenas do casal Andri, nos vídeos, até ficar vesga…rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs. Depois que a novela acabou, ainda não tinha tido coragem de fazer isso, pois fiquei bastante chateada pelo final nada convincente da Lícia. Outra coisa, que posts são esses dessa novela Lado a Lado? Fiquei curiosa. É real ou foi uma brincadeira sua com a Apaixonada?
    Beijos!

  • ALINE diz: 22 de março de 2012

    Ro é aqui mesmo nesse site…. na pagina principal tem uma foto do Rafael Cardoso que esta cotado para essa novela Lado a Lado e a Marjori também…ai coloquei um post de proposito e deu o que falar..kkkkkkkkkkkkkkkk…veja lá..
    beijossssssss te adoro

  • Rita Porto Alegre diz: 22 de março de 2012

    Rosenira Sann,

    Só porque houveram pessoas que tiveram a mesma visão que a tua, eram experientes e com mais idade, sentes realizada…KKKKKKKKKKKKKKKKK…Mas como a Apaixonada falou, ainda és muito nova, é fase. Meus filhos eram assim, meu caçulinha então…ele está prestes a completar 31 anos.
    Sei que a resposta se dirige a Apaixonada, mas vou me intrometer. Já és adulta, porém, falta a ti, experiência de vida, para amadurecer (não estou dizendo com isso, que tu não és). Ainda tens longo caminho pela frente…Não gostei do teu exemplo de violência. Logo com a Manuela? Acho que odiaste a personagem e ficastes mais furiosa ainda porque foi ela quem o Rodrigo amou em todo tempo. Pena que não conseguiste perceber isso. Gosto de ti, guria. Abraços.

    Ju,
    Não só a minha geração viu amor na relação entre Manuela e Rodrigo. E foi por amor que els voltaram.

  • Rosenira Sann diz: 22 de março de 2012

    Aline,

    Por sua causa, fui para o trabalho com ENORMES olheiras. Peguei no sono já pela madrugada, revendo os vídeos. Não vi todos como vc, mas vou proseguir a missão… kkkkkkkkkkkkkkk…Ah, vi os posts sobre o Rafael Cardoso, deixei o meu lá também…obrigada.

    Amiga, nesses vídeos, observei mais um ponto contraditório da novela. Revi a cena do Rodrigo e do Lúcio brigando na frente da casa da Manu. Onde ele diz que o casamento com ela tinha sido a coisa mais importante e sagrada para ele, e não admitia que ninguém desqualificasse. Pois bem. Lá atrás, quando a Ana acorda do coma, o próprio Rodrigo macula o local mais sagrado do casamento: a cama do casal. Era nela, ao lado da Manu, que ele o “profanava”, pensando na Ana inúmeras vezes.
    Até mais e um beijão!!!!!!!!!!

  • Rosenira Sann diz: 22 de março de 2012

    Oi, Gente,

    São quase meia-noite e eu aqui revendo a cena maravilhosa da Ana e Rodrigo no apartamento novo inaugurando a cama nova… Ai, meu Deus que cena linda, perfeita. Após o coma, só existiu essa, porém foi suficiente para se confirmar que eles se completavam.
    Bem, engraçado é que não se passou nenhuma cena desse tipo entre Manu e Rodrigo. Concordo com Aline, com a Claudia, as cenas de vida a dois desse casal, denota fraternidade, carinho, porém desejo, não. Aliás, entre eles, nenhuma cena de maior intimidade foi mostrada. O máximo era os dois no leito, já preparados para dormir, uma encostadinha de lábios e só. Nem um simples beijo mais ardente aconteceu.
    Boa noite!!!!!!!!

  • Apaixonada diz: 23 de março de 2012

    Discordo Rosenira, teve outras cenas da Ana e do Rodrigo, pós coma que foram bonitas. Essa, o retorno na Lagoa Azul e os dois no baile e o Rodrigo incentivando ela a voltar para o tênis. Só o também, o restante foi ela insegura e o Rodrigo insistindo para eles começarem de verdade a relação.

    Mas não tem jeito. O amor que mais me encantou foi esse… Essas são as cenas que me marcaram e que demonstraram o quanto o Rodrigo amava a Manu. Algumas são depois da Ana acordada e outras depois da separação. Indo contra os que afirmam que desde que a Ana acordou ele só demonstrou certeza do amor por ela. Na verdade ele se mostrou e falou em estar confuso, dividido. Mas sempre amando a Manu. Esse é meu ponto de vista.

    Quanto a questão do pensar na cama, olha o 8 ou 80 de novo. Ele desqualificou a relação quando não teve coragem naquela conversa que a Manu propos de falar os dois lados. Fez aquela declaração linda para Manu mas não disse que estava confuso em relação a Ana. E quando beijou a Ana, porque isso sim ele poderia ter controlado, ter evitado. Mas pensamento?? Ninguém consegue evitar.

    Bom… mas meus vídeos preferidos e que me encantam, é a relação a Manu e Rodrigo claro. E em todas as fases que eles passaram, pois afinal um amor não é feito só de mar de rosas. Aliás sou suspeita, porque amo todas as cenas, até depois da separação. O encantamento dele quando ela se arrumou para sair com a Nanda. O dia da aranha. O dia que ele pediu para ela voltar. O dia que ela ligou falando que voltaria… enfim todas.

    Um resumo da história deles em vídeo:

    http://tvg.globo.com/novelas/a-vida-da-gente/videos/t/cenas/v/cena-1511-rodrigo-e-manu-sentem-forte-atracao-um-pelo-outro/1697560/

    http://tvg.globo.com/novelas/a-vida-da-gente/videos/t/cenas/v/cena-1511-rodrigo-e-manuela-se-beijam/1697566/

    http://tvg.globo.com/novelas/a-vida-da-gente/videos/t/cenas/v/cena-1511-rodrigo-pede-manu-em-casamento/1697497/

    http://tvg.globo.com/novelas/a-vida-da-gente/videos/t/cenas/v/cena-1611-rodrigo-e-manu-compram-uma-casa/1698625/

    http://tvg.globo.com/novelas/a-vida-da-gente/videos/t/cenas/v/cena-2111-na-formatura-rodrigo-dedica-seu-diploma-a-manu/1704060/

    http://tvg.globo.com/novelas/a-vida-da-gente/videos/t/cenas/v/cena-2511-manuela-e-rodrigo-conversam-com-a-psicologa-de-julia/1709305/

    http://tvg.globo.com/novelas/a-vida-da-gente/videos/t/cenas/v/cap-1512-cena-rodrigo-e-manu-se-divertem-na-praia/1732723/

    http://tvg.globo.com/novelas/a-vida-da-gente/videos/t/cenas/v/cap-1412-cena-rodrigo-chama-manu-para-viajar/1731304/

    http://tvg.globo.com/novelas/a-vida-da-gente/videos/t/cenas/v/cap-1512-cena-manu-e-rodrigo-namoram/1732686/

    http://tvg.globo.com/novelas/a-vida-da-gente/videos/t/cenas/v/cap-2012-cena-rodrigo-da-um-presente-para-manu/1738415/

    http://tvg.globo.com/novelas/a-vida-da-gente/videos/t/cenas/v/cap-2812-cena-rodrigo-diz-a-manu-que-a-ama/1747422/

    Frases principais desse vídeo abaixo: “Como eu fui capaz de pisar de trair da maneira mais baixa a pessoa que eu mais amo na vida?
    A Manu é a mulher da minha vida. A Ana é outra coisa. A Manu me dá um sentido na minha vida a Ana me tira o sentido de tudo, com ela eu me sinto outro cara, outro Rodrigo. Agora a Manu foi embora e eu não sei mais o caminho de volta para minha vida.”
    http://tvg.globo.com/novelas/a-vida-da-gente/videos/t/cenas/v/cap-2912-cena-rodrigo-procura-lourenco/1748668/

    http://tvg.globo.com/novelas/a-vida-da-gente/videos/t/cenas/v/cap-3112-cena-rodrigo-envia-email-para-manu-pedindo-perdao/1750835/

    E depois disso, mesmo vocês afirmando que não. Tem outras cenas demonstrando que ele não esqueceu a Manu. Depois eu faço. Agora estou terminando o almoço. Na minha vida da gente.

    kkkk

    Bom final de semana garotas!!!

  • Nina diz: 23 de março de 2012

    É, a autora mostrou bem a nossa realidade!
    Quantas mulheres já perdoaram a traição de seus maridos, hem? Inúmeras… E vocês acham que foi “por amor” que elas perdoaram? E depois de uma traição eles não vão fazer denovo? Eu duvido….
    Tem muitas mulheres que sabem que são traidas e não se separam por causa da “casa que construiram juntos, dos filhos, da seguarança financeira que o marido proporciona etc”….

    ESSA É NOSSA REAL ” A VIDA DA GENTE” TRAIÇÕES, FALTA DE ÉTICA, DE MORAL… SÃO ESSES OS EXEMPLOS QUE AS NOVELAS ESTÃO NOS DANDO, E MUITOS AINDA ACHAM TUDO ISSO NORMAL, LINDO…..

  • ALINE diz: 23 de março de 2012

    Oi genteeeeeee…Nossa Apaixonada vc ta querendo de todo custo mostrar que Rodrigo e Manu se amavam….kkkkkkkkkkkkkk…Acho legal….Mas eu não tenho jeito Ana e Rodrigo mecheram comigo e não quero acreditar que meu casamento com o passar do tempo vai ficar como o de Rodrigo e Manu…não dá para mim….
    Rosenira Sann amigaaaaaa…adorei os seu post…agora olha que coisa engraçada…ontem fiquei acordada até tarde para assistir o House na record, mais era um episódio que ja tinha visto…com isso fiquei fula da vida..kkkkkkk..mais quando mudo o canal advinha quem ia ser entrevistada pelo Jô FERNANDA VASCONCELLOS…nossa ela é muito linda, dai mostraram algumas cenas de novelas que ele fez e adivinha que cena mostraram de A VIDA DA GENTE? Ana e Rodrigo..kkkkkkkk…e ela jogando tenis…dai pensei..se a relação irmã era tão importante era o principal da novela deviam ter mostrado MANU E ANA…mas não mostraram o casal que a MAIORIA queria e torcia…tanto que os picos de audiencia que a novela teve sempre era em torno de ANA e RODRIGO…
    Mas enfim ela falou que teve 5 DIAS para sair da sofrida ANA e entrar no papel de DONA FLOR isso é que é atriz…mais precisou da ajuda de uma terapeuta, porque normalmente os atores levam meses treinando o seu personagem tanto em novela como no teatro e ela só teve 5 DIAS para ensaiar ver todas as falas e fazer com louvou…adoroooooooooo.
    Há Rosenira vi uma coisa!!! Sabe a novela nova AVENIDA BRASIL (O personagem do Cauã e da Debora) vai ser de um amor de infancia que quando se reencontram se transforma em amor adulto e pelo visto vão lutar para ficar juntos….Agora em A VIDA DA GENTE ..ANA TEVE UMA FILHA COM O SEU GRANDE AMOR…é uma ligação aterna e mesmo assim não ficaram juntos…acharam melhor que o Rodrigo ficasse com a tia do que com a MÃE de sua filha…aiai fazer o que!!!

  • Ju diz: 23 de março de 2012

    Rita,
    Só falei na tua geração porque você fala bastante em experiência de vida. Mas mais idade não significa sempre mais experiência. Minha vó adorou Rodrigo e Manu e disse que perdoaria também porque “homem erra as vezes e a mulher tem que fechar um olho.” Só consegui responder “ai vó”.
    Não estou dizendo que tu pensas assim, mas como falou tanto em experiência, só quis dizer que a experiência de outras pessoas pode levar a pensar de outra maneira, especialmente pessoas mais jovens que se preocupam mais em ser feliz no casamento do que em manter um casamento.
    A grande maioria do público queria Rodrigo com Ana não por não gostar de Manu, mas por achar o casamento sem graça, sem paixão. Desejo faz parte e é uma grande parte, só isso que quis dizer.

  • Rosenira Sann diz: 23 de março de 2012

    Oi Meninas,

    Somos as únicas loucas mesmos…kkkkkkkkkkkkkkk, hoje, fomos tentar fazer com que aquele professor fizesse mais comentários a respeito da novela, e ele respondeu: “Gente, outra vez? Já acabou, assim como a novela…”
    Eu esperava vir aqui e escrever mais um monte de pensamentos do sr. Robert Von Verhane. Como diz aquele comercial: Desapega, filha!!!!!!!!…kkkkkkkkkkkkkk…

    Oi, Apaixonada,
    Claro que entre Andri, houveram muuuuuuuuuuitas cenas lindíssimas. Porém eu citei aquela para falar de sexo, desejo. Só houve duas desse tipo entre eles. Muito gostoso de assistir. Agora entre Mandri, não houve nenhuma que nos desse evidências, ou que deixasse em entrelinhas. Eles começaram a se relacionar como marido e mulher, havia dois anos. Ainda estavam em lua de mel. Não justificava aquele comportamento tão “frio”.
    O que víamos dos dois na cama era conversa, beijinho formal e depois, cada um virava de lado. Nenhum beijo mais longo. Tudo sem emoção.
    Tirando o 8 e 80, Rodrigo só estava na relação com a Manu de corpo presente. Ele estava distante. Até a própria percebe essa mudança no comportamento do marido. Então, ele profanava o leito matrimonial, na medida que dormia com uma, mas desejava estar com a outra. Isso vai além do que apenas pensar.
    Depois vou reassistir aos vídeos que vc postou, mas tenho certeza que não mudarei de idéia. O olhar de Rosenira, sempre vai dizer que o Rodrigo tinha um respeito, um carinho muito grande pela Manu, porém o verdadeiro amor era a Ana.

    Oi, Rita Porto Alegre.
    Gostei da Ana, torci até o último minuto para que a mesma terminasse ao lado do Rodrigo. Porém não significa dizer que odiei a personagem Manu, nem tão pouco a odiei, por ela ter sido escolhida para ficar com o Rodrigo, apenas não me convenceu que a volta dele foi por amor a ela.
    Beijos.

    Aline,
    Pois é, que decepção. A Lícia nos deu um baile…Onde já se viu, não permitir que um amor daqueles fosse devidamente vivido?
    Bom final de semana!!!!!!!!!

  • Apaixonada diz: 23 de março de 2012

    É Rosenira… seu professor tem razão. Vou gritar bem alto para ver se a gente escuta:
    CHEGAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA rs rs rs

    Aline não quero provar nada não menina só quis mostrar. Isso que vocês estão fazendo de assistir os vídeos eu fiz na primeira semana, ontem eu só fui atrás dos meu preferidos. Mas esqueci alguns. Ele convidando ela para Paris.

    Aline e Rosenira… quanto aos beijos e as cenas quentes, eu acho que a questão é que Lícia e Jayme quiseram mostrar a diferença das relações através disso. Não só das relações mas da personalidade de Ana e Manu. Ana sempre com roupas mais sensuais e a Manu sempre com roupas mais discretas. Se vocês observarem a Manu sempre se retraia um pouco com os beijos do Rodrigo, como que se fugisse, mostrando uma pessoa mais retraída mesmo. A Ana sempre com camisolas mais sensuais e Manu com aquelas camisolas de malha ( que eu não uso nem morta). Foi uma forma de diferenciar. Mas mesmo assim, na minha opinião as cenas de Manu e Rodrigo passavam longe de cenas fraternais, mas sim de um casal que se amavam, que tinham um carinho enorme, cumplicidade, , amei todas as cenas dos dois, principalmente a alegria nos olhos dos dois, era contagiante.

    Depois tentando mostrar uma outra fase da Manu, o dia que ela saiu com a Nanda ela estava com aquele vestido lindo. E o Gabriel dava uns beijos mais ardentes nela, mas mesmo assim não me convenceu kkk Juro que tentei gostar dos dois, mas continuei encantada por Madri.

    Que pena que perdi a Fernanda Vasconcelos no Jô. Vou ver se encontro vídeos. É uma pena esse programa acabar tão tarde, ADoro.

    Bom final de semana, sobreviventes e insistentes do contra ou a favor. Vocês viram que já não tem mais a Vida da Gente entre as principais novelas no cabeçalho do blog?? kkk kkk

    Mas continua sendo o post mais comentado.

  • Apaixonada diz: 23 de março de 2012

    Aline, valeu a dica. Achei o vídeo http://www.youtube.com/watch?v=8v66HVQxamg
    foi divertidíssima a entrevista dela.

    Eu li uma matéria que a globo criou uma comissão para investigar porque a audiência da novela A Vida da Gente, teve baixa audiência, mas foi a novela mais comentada na Web , mais acessada no blog oficial e mais elogiada por todos os críticos. Eles poderiam aproveitar e investigar porque Fina Estampa foi tão criticada é tem essa audiência tão grande. KKK KKK

    Fui.

  • Apaixonada diz: 26 de março de 2012

    Bom dia, galera!!!

    Passando para deixar minha indignação. Rafael Cardoso não estar entre os finalistas dos melhores do ano do faustão, tudo bem. A concorrência era grande, os que foram mereciam e além do Rafael ficou o Cauã e o Tiago Fragoso que arrebentou no Astro. Atriz coadjuvante eu espera a atriz que interpretou a Eva, o papel dela foi mais interessante do que das três que estão lá, não foi.

    Agora melhor atriz, eu realmente esperava ou a Marjorie ou a Fernandinha lá. Porque Cristiane Torloni ´´e uma grande atriz, mas na minha opinião Tereza Cristina foi o pior papel dela. Tomara que Gloria Pires ganhe, porque ela e o Gabriel ( fez o Léo) carregaram aquela novela. Mas agora já foi. A única representante da AVDG é a Jesuela mesmo, tomara que ela ganhe.

    Bom meninas, quem acompanha o Rafael Cardoso no twitter, sabe que esse menino não para. Fez o roteiro, está dirigindo e atuando no clipe de uma banda. Virou surfista com direito a tatuagem enorme e tudo ( de mentirinha claro). Ele está no projeto de Surf para portador de necessidades, muito interessante. Quem quiser dá uma espiadinha e não tem twitter é só ir no blog dele, no cantinho tem as atualizações do twitter, clica em cima do @rcrafacardoso e pronto. Tem fotos lindas.

    Uma semana maravilhosa galera!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Claudia diz: 27 de março de 2012

    Apaixonada,

    Para mim a melhor atriz foi Beatriz Nogueira. Não teve um exagero, um deslize, nada. Quem não odiou a Eva do início ao fim? Aquela cara de louca e aquelas maldades ditas sempre no mesmo tom de voz, as chantagens… Achei ela perfeita. Foi uma coadjuvante, mas roubou várias cenas. Quando ela aparecia não tinha para ninguém.

    Eu te digo porque a vida da gente teve baixa audiência. Pelo menos para mim, foi porque teve desgraça demais e comédia de menos. Eu confesso que desliguei a TV algumas vezes porque a novela me entristecia e vi só as cenas que me interessavam depois. Até deixei de ver uma semana inteira porque só dava Ana e Rodrigo se lamentando e achei muito chato.

    A novela fina estampa, mesmo sendo ruim, sem história, era divertida e leve e até eu vi algumas vezes por causa do Crô. As pessoas querem rir e AVDG era um mar de lágrimas sem fim, do início ao fim. Uma história linda, emocionante, mas muito triste para o horário.

  • Apaixonada diz: 27 de março de 2012

    Pois é, eu também acho que a Beatriz Nogueira merecia todos os prêmios de atriz coadjuvante. Ela foi 10.

    Quanto a baixa audiência da AVDG eu discordo em parte com você. Eu atribuo mais ao horário. Novela das 18:00 o índice é no máximo 30, 34 pontos. Sem falar que eles pegaram o horário de verão, que é um pouco pior. E essa avaliação deveria ser feita pela internet também. Segundo o site de Patricia Kogut ela bateu record de acesso aos vídeos do site oficial da novela.
    E quanto ao excesso de drama, eu realmente não achei. Quando a gente se predispõe a assitir uma novela, já temos uma ideia do que nos espera. A gente já sabia que teria drama, sendo a Lícia do time do Manoel Carlos. E os dramas foram interessantíssimos, a gravidez e o coma de Ana e as consequências disso para Manu e Rodrigo e por fim a doença de Júlia. O que você citou acima eu entendi era o fato dos desabafos com os conselheiros, realmente teve um momento que ficou cansativo, mas necessário para que a gente entendesse os sentimentos confusos deles. E por fim eu achei que teve um humor equilibrado e inteligente com o pessoal da terceira idade e com o Jonas e o puxa saco Cleber.

    Quanto a Fina Estampa, sinceramente de leve essa novela não tinha nada. Começou excelente com uma proposta interessante condizente com o nome, as diferenças sociais representadas pelos extremos da Griselda, uma mulher forte, determinada e ética que teve que se virar para criar os filhos, sem um pingo de vaidade, identificando com muitas brasileiras e a Tereza Cristina que a princípio era um dondoca preconceituosa, insegura, depressiva, sem ética e extremamente vaidosa.
    Tinha personagens contraditórios e por isso muito interessantes, como Caio Castro ( esqueci o nome do personagem), que era um rapaz estudioso que queria vencer pelos seus méritos, verdadeiramente apaixonado e mesmo assim morria de vergonha da mãe. Tinha o Rafael que não tinha caráter nenhum mas era apaixonado pela outra lá . Várias tramas interessantes como a médica que se não envolvia afetivamente com ninguém e se viu com um amor incondicional pelo sobrinho. A Ester com o desejo de ser mãe não compartilhada pelo seu marido. E diga-se de passagem o casal mais bonito da novela e que não deveria ter ficado junto, porque beirou a loucura a rejeição dele por ter um filho. O que ele fez com a Ester foi pior do que traição. Eu teria medo de deixar meu filho com ele.

    Ai Meu Deus, está ficando grande. Lembrei do Rodrigo falando para Jùlia: ” Não estica coversa…”” KKK
    Estou esticando demais o que eu quero falar é que a novela não era de humor, como algumas novelas que a gente já assiste sabendo que vai ter exageros porque a proposta é humor. Não sou muito fã, mas assisti e até gostei de Morde e Assopra.
    Fina Estampa, a principio tinha um humor para equilibrar e que era muito bem feito pelo Crô. Tinha histórias interessantíssimas e que se perderam durante a novela e muitas não tiveram final. Ele banalizou a violência de uma forma impressionante, a Tereza Cristina mandava matar como trocava de roupa e sem nenhum motivo. A loira periguete ( esqueci o nome) simplesmente além de só se aproximar do filho por interesse no dinheiro da Griselda tentou matar o marido lutador. E isso foi perdoado e esquecido. O Renné que tinha tanto amor pela Griselda não perdoou o fato dela ter dado um restaurante para ele sem pedir nada em troca. E o segredo da Tereza Cristina? Que se ela fosse só o que eu citei acima, tudo bem teria lógica. Mas ela era uma assassina, o que segredo não justificava em nada os crimes e ainda era protegida pelo dono da pensão e por Crô. E o Pereirinha com aquele filho ? ??? Enfim para mim do meio para cá a novela ficou sem pé e sem cabeça, e por isso parei de assistir. E acho que a audiência se dá pelo fato do hábito do brasileiro de assistir televisão nesse horário e não ter outro programa. Pegando minha mãe e minha irmã como exemplo ela criticava, criticava mas assistia. Quando eu perguntei porque ela disse que estava esperando acontecer alguma coisa e claro para ver o Crô.

    Quanto aos melhores do ano acho intrigante que os críticos que condenam tanto a novela tenham indicado tantos personagens dela. Acho que isso é a globo querendo fazer jus à audiência. Ouvi dizer que o questionário é feito em dezembro, se for até se justifica porque até aí Fina Estampa ainda tinha lógica, mas mesmo assim AVDG já era ótima. Mas tudo bem… eles sabem que foram bem, não é atoa que todos já estão escalados para outros trabalhos, inclusive a Fernanda Vasconcelos que só não quis dizer ainda para qual.

    Abraço!!!

  • Apaixonada diz: 27 de março de 2012

    Claudia, eu esqueci de colocar seu nome no inicio, mas escrevi para você. Ficou enorme… desculpa aê!! Estiquei conversa!!! KKKK

  • Claudia diz: 28 de março de 2012

    Apaixonada, vi muito pouco Fina Estampa, só algumas cenas por causa do Crô mesmo, mas do enredo da novela só sei dos personagens principais… Nem vi o final.

    Também adorei as cenas do Jonas em AVDG (corno jurídico como ele disse rsrsrs), mas uma novela precisa balancear o drama e a comédia, e acho que faltou esse equilíbrio. O excesso de lamentações da Ana com a Alice também era muiiito chato. Quanto ao horário, outras novelas desse horário, com menos conteúdo ao meu ver, tiveram bem mais audiência por serem mais leves. Eu adorei a novela, mas acho que a autora pesou na mão. O sucesso na internet se deve também a isso, muitas vezes a gente não via a novela e escolhia as cenas para ver depois.

  • ALINE diz: 29 de março de 2012

    Oi meninas passei aqui para dar um oi…ja me desapeguei da AVDG…Graças a Deus..kkkkkk…mais não me desapeguei de vcs…sempre passo aqui para ver o que estão falando.
    Mas agora vou sumir um pouquinho mais sempre com vcs na memoria esperando outra novela que nos prenda para voltarmos a nos encontrar…

    BEIJOS ADORO VCS….Mando um beijos em especial a Rosenira Sann e Apaixonada!!! E a todas um beijo muito carinhoso também…

    beijos e até breve!!!

  • Maria diz: 30 de março de 2012

    Gente, no fundo Licia sempre quis dar esse final para a trama. Achei a novela maravilhosa, perfeita. Me pego até hoje analisando a história, realmente me tocou, acho que é a primeira novela global que posso dizer que aproveitei algo para minha vida. O final foi lindo também, mas como já comentaram por aqui, Manu e Rodrigo realmente não convenceram. A novela se dividiu em amor sem sal de um lado e paixão arrebatadora do outro. Se a decisão era entre os dois, o amor de Manu e Rodrigo deveria ter sido melhor trabalhado, a meu ver eles pareciam mais amigos, não tinha quimica nenhuma, e mesmo em um amor como o deles, tem que existir essa quimica, senti falta de um beijo apaixonado, um momento intimo, não teve nada disso. Talvez se tivesse, teria convencido melhor. O grande problema foram as cenas maravilhosas e intensas entre Ana e Rodrigo, contrastadas com a coisa cotidiana DEMAIS e muito parada de Manu e Rodrigo. Entendi a linha de pensamento da autora, mas realmente, isso criou uma coisa meio confusa. O fato de Rodrigo correr atras de Ana até vai, ele estava perdido, mas em nenhum momento foi atras de Manu, nenhuma hora disse que queria vê-la. E quando passou um tempo com Ana, não lembro dele ter falado que sentia falta de Manu, vale lembrar que ele não queria terminar, e só o fez porque Ana estava devastada em estar perdendo a filha. Faltou isso. A novela pendeu para o lado de Ana e Rodrigo, e no final deu aquela reviravolta, que achei um tanto superficial. Se Julia não tivesse ficado doente, Rodrigo não teria percebido o amor por Manu? Ou seja, percebeu por causa de Julia? Como uma pessoa percebe que ama outra por causa de uma terceira. Pareceu muito mais admiração e gratidão do que realmente amor. O mesmo para Ana e Lucio. A trama ia bem até começar o vai e vem de Ana com Lucio, entrar o Gabriel perdido do nada.. Pareceu que as coisas se perderam um pouco ali. Li criticas sobre Marjorie e descordo completamente, ela foi maravilhosa em seu papel, o problema é que Manuela era tão, mas tão sensata, que não conseguiu ter química com o ex-cunhado. Faltou trabalhar mais esse final, fazer a gente se conectar mais com ele. Entendi a mensagem que Licia passou e achei maravilhosa, mas tive que fantasiar um pouco para aceitar. Pra mim, Ana teria sim que ficar com Rodrigo, ele foi seu primeiro amor, teve uma filha com ela, eles demonstraram ao longo da trama que se amam. E outra, Manuela era boa demais para terminar com os restos da irmã, com a vida da irmã, na verdade. Ela merecia uma vida dela, um amor dela, uma filha dela.
    Começou naquela correria, Ana e Rodrigo se apaixonando, ela grávida de repende a filha nasceu ai ela estava em coma… Quando Ana acordou parece que o ritmo desacelerou, e a meu ver faltou história para o final. Portanto, minha opinião: Ana e Rodrigo, Manu com alguém dela, Lucio no tal doutorado em Londres, feliz e contente com a profissão, e Julia linda feliz também.

  • Rose diz: 30 de março de 2012

    Oi meninas,

    Caramba!! fiquei surpresa quando me deparei com essa pagina rsrsrs
    Faz quatro semanas que “A Vida da Gente” acabou e ainda vcs estão comentando… rsrsrss
    Também, uma novela como essa linda, emocionante e com personagens “tão reais”
    Fica difícil desapegar rsrsrs
    Apesar de estar atrasada, eu preciso aproveitar a deixa e falar o que eu achei do final da novela rsrsrsrs
    O Fim dos protagonistas não poderia ter sido mais perfeito; foi coerente, Lúcio e Ana,
    Manuela e Rodrigo, o poema que a Lourenço leu, foi lindo e tirou todas as
    Dúvidas em relação a Rodrigo e Ana.Não posso deixar de mencionar as trocas
    De olhares entre Manu e Rodrigo, naquele momento deu para perceber, que não havia
    Mais magoas entre eles e sim amor.Lúcio e Ana também me passaram isso, quando
    Ela o abraçou, depois da noticia do sucesso da cirurgia. Agora só achei que
    as cenas com os secundários (como aquela, do Marcos flertando com a mulher, na
    aula de natação e a da Vitória com o Mariano) foram desnecessária, mas não
    Ofuscou o brilho do final, ficou belo e emocionante o discurso sobre o tempo que Iná fez,
    a cena final, foi a que eu mais amei, os cinco de mãos dadas caminhando com a música Oração ao tempo no fundo.
    Essa novela ficara na minha memória, sem duvidas a melhor já feita.

    Apaixonada, eu li todos os seu comentários ( dessa pagina) tenho
    Que te parabenizar, pois mesmo tendo a sua opinião vc respeita a
    do próximo, e alem disso são bastante coerentes e tiraram algumas pequenas
    dúvidas que eu tinha em relação a novela. Rsrsrsrs

    Abraços para todas!!

    Ps: foi uma pena eu não ter tido a oportunidade de comentar
    a Novela (enquanto ela estava no ar) com vcs. Quem sabe na próxima??

  • Rose diz: 30 de março de 2012

    Oi meninas,

    Caramba!! fiquei surpresa quando me deparei com essa pagina rsrsrs
    Faz quatro semanas que “A Vida da Gente” acabou e ainda vcs estão comentando… rsrsrss
    Também, uma novela como essa linda, emocionante e com personagens “tão reais”
    Fica difícil desapegar rsrsrs
    Apesar de estar atrasada, eu preciso aproveitar a deixa e falar o que eu achei do final da novela rsrsrsrs
    O Fim dos protagonistas não poderia ter sido mais perfeito; foi coerente, Lúcio e Ana,
    Manuela e Rodrigo, o poema que a Lourenço leu, foi lindo e tiro todas as
    dúvidas em relação a Rodrigo e Ana.Não posso deixar de mencionar as trocas
    De olhares entre Manu e Rodrigo, naquele momento deu para perceber, que não havia
    Mais magoas entre eles e sim Amor.Lúcio e Ana também me passaram isso, quando
    Ela o abraçou, depois da noticia do sucesso da cirurgia. Agora só achei que
    as cenas com os secundários (como aquela, do Marcos flertando com a mulher, na
    aula de natação e a da Vitória com o Mariano) foram desnecessária, mas não
    ofuscou o brilho do final, ficou belo e emocionante o discurso sobre o tempo que Iná fez,
    A cena final, foi a que eu mais amei, os cinco de mãos dadas caminhando com a música Oração ao tempo no fundo.
    Essa novela ficara na minha memória, sem duvidas a melhor já feita.

    Apaixonada, eu li todos os seu comentários ( dessa pagina) tenho
    Que te parabenizar, pois mesmo tendo a sua opinião vc respeita a
    Do próximo, e alem disso são bastante coerentes e tiraram algumas pequenas
    dúvidas que eu tinha em relação a novela. Rsrsrsrs

    Abraços para todas!!

    Ps: foi uma pena eu não ter tido a oportunidade de comentar
    A Novela (enquanto ela estava no ar) com vcs. Quem sabe na próxima??

  • Apaixonada diz: 30 de março de 2012

    Aline,
    Obrigada pelo carinho.

    Noveleiras da AVDG!!! SAUDADES DE VOCÊSSSSSSS AVDG foi mas meu carinho por vocês não.

    Estou nessa também. Curada ( ou não?). Já tem tempo que não vejo vídeos. Mas… estou acompanhando o Rafael Cardoso e Marjorie Estiano no twitter. Depois de quase um ano sem twittar eles me fizeram voltar.

    A Fernanda não tem twitter, mas tem o twitter do fã clube, muito legal.

    O RAfael fez dois twittcam, para quem não sabe é quando eles usam a webcam e a gente pode vê-los ao vivo.. Coisinha mais linda, barbudo, mais gordo provavelmente por conta do filme e tatuado ( pintura) por causa do clipe que ele fez o roteiro, dirigiu e atuou, aliás O objetivo do twittcam era apresentar essa banda “Mente Sã”, música muito boa . Foi bom vê-lo natural, de chinelo, super simples.. um fofo, até tocou violão, cantarolou, mandou beijos… rs rs . Ele e a esposa tem uma cumplicidade ímpar. Ela parece que embarca em todas as loucuras dele, porque ele é elétrico.

    A Marjorie já está gravando com Fernanda Montenegro e Tiago Lacerda, ela não é muito de twittar não, mas tem fotos maravilhosas dela por aí.
    E a Fernandinha arrebentando no teatro, tem fotos lindas dela.

    Enfim… acho que não estou tão curada assim, só mudei o foco kkk kkk

    Um abraço apertado, para todas as noveleiras que eu amei dialogar.

    Em Lado a Lado a gente se encontra!!!!! Ou antes, quem sabe, vou ficar procurando vocês nos outros post. kkkk Eu sempre comento, quando o foco do post não é a novela.

    ABRAÇOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

  • Rosenira Sann diz: 30 de março de 2012

    Oi, galerinha.

    Tudo bem com vcs? Beijos para todas as sobreviventes!
    Aline, beijos especiais, querida, obrigada!
    Meninas, quanto a audiência da novela, concordo com a Claudia. Havia muito drama e pouco dose de humor. Essa última ficava por conta do seu Wilson e suas atrapalhadas. Já na reta final, surpreendentemente, a baixa audiência, se deu pelo fato do público não concordar com o caminho do desfecho, traçado pela autora. Não lembro de ter acompanhado uma novela que no último capítulo, poucas pessoas se interessaram em rever.
    Uma pena. Novela linda, assunto polêmico, outros interessantes, porém conduzida para um final sem nexo, decepcionante, contraditório.

  • Rita Porto Alegre diz: 30 de março de 2012

    Gurias,

    Estou superfeliz, e quero dividir essa alegria com todas. Nasceu meu netinho, o Benjamin, primeiro filho da minha filhota, que mora lá em Salvador na Bahia. Bah, agora tenho um neto soteropolitano, oxente, tchê!!!!!!!!!
    Ele é lindo, fofinho (coisa de avó coruja…KKKKKKKKK). Graças a Deus, está tudo bem.
    Pelo visto, parece que por aqui, estamos nos despedindo pouco a pouco. Uma pena. Para mim, todas fazeram parte da minha família. Convivemos juntas por meses. Discutindo, opinando, as vezes sendo mal compreendida, mas valeu a pena. Foi gratificante conhecer um pouco de vocês. O contato quase que diário, renovaram as minhas forças, me motivaram. Sempre estava aqui, diante dessa máquina, que para mim no início, era um desafio a ser vencido, mas conseguir ultrapassar as dificuldades. Quando visualizava meu nome nas respostas de cada uma, era emocionante. Me sentia importante, valorizada. Minha opinião tinha sido considerada, mesmo que as vezes, não concordada. Obrigada gurias, obrigada mesmo de coração. Vocês não imaginam como isso é importante para pessoas que alcançaram a terceira idade. Fiquem com Deus. Torço para que nos reencontremos pela net outra vez. Beijos para todas.
    Rita Czarnowisky.

  • Catarina diz: 1 de abril de 2012

    Veja os eleitos “Melhores do Ano”, do “Domingão do Faustão”

    01/04/2012 – 08h53

    VIVIAN MASUTTI

    DO AGORA

    Foi gravado ontem, no Rio, a entrega do prêmio Melhores do Ano, do “Domingão do Faustão”, que vai ao ar hoje, na Globo. Lília Cabral foi eleita a melhor atriz, e Marcelo Serrado, o ator coadjuvante. Fátima Bernardes, a melhor jornalista. A melhor música foi “Ai se Eu te Pego”, e Luan Santana ganhou como cantor.

    Veja a lista completa de vencedores:

    Melhor atriz – Lília Cabral (a Griselda de “Fina Estampa”)

    Melhor ator – Gabriel Braga Nunes (o Léo de “Insensato Coração”)

    Melhor ator coadjuvante – Marcelo Serrado (o Crô de Fina Estampa)

    Melhor atriz coadjuvante – Cássia Kis Magro (a Dulce de Morde & Assopra)

    Melhor ator revelação – Domingos Montagner (o Herculano de “Cordel Encantado”)

    Melhor atriz revelação – Giovana Lancelloti (a Cecília de “Insensato Coração”)

    Melhor atriz-mirim – Jesuela Mouro (a Júlia de “A Vida Gente”)

    Cantor revelação – Léo Magalhães

    Melhor ator de comédia – Rodrigo Santana (Valéria Bandida)

    Melhor jornalista – Fátima Bernardes

    Melhor dupla – Vitor e Léo

    Melhor cantora – Paula Fernandes

    Melhor cantor – Luan Santana

    Melhor música – “Aí se Eu te Pego” (Michel Teló)

    A ÚNICA QUE SALVOU A NOVELA FOI A MENINA. Pois NENHUM ator ou atriz de A VIDA DE GENTE foi escolhido… um absurdo! Mas já era esperado. Afinal a Globo parece ter somente UMA novela. E Fátima Bernardes já ENCHEU de tantos troféus que ganha. Mas nem Marjorie? Nem Ana Beatriz Nogueira?????

  • Mila diz: 1 de abril de 2012

    Abandonei o blog a tempos mas passei para conferir.
    Bom saber que o público não ficou com a idéia de irmã boa e irmã e de que alguma merece sofrer. Eu também só não gostei do “como” aconteceu o final. Fiquei com muita expectativa e me pareceu mais gratidão do que amor o sentimentos dos casais.
    Uma pena que a autora tenha feito tanta questão de diferenciar amor e paixão deixando Manu e Rodrigo parecendo dois irmãozinhos e não um casal. Foi só essa a minha decepção.
    Acho que poderia ter alguma paixão entre o casal. Pareceu que ele tentou tudo com a Ana e se conformou em ficar com a Manu e ela aceitou. Achei o fim péssimo, com aquela sensação de que ficou faltando.

  • Apaixonada diz: 2 de abril de 2012

    “Ninguém esquece um amor…” ( Manu)
    Ninguém esquece uma galera tão boa de papear! A gente se despede, se despede mas está sempre aqui.

    Rita Porto Alegre – Parabéns pelo seu neto baiano, nome lindo! Que Deus abençoe Benjamim com muita saúde que é o que importa!

    Rose, obrigada pelo elogio. Estamos marcando para curtir e comentar Lado a Lado. Mas como você pode ver, acho que até lá, estaremos sempre passando por aqui. Eu não estou acompanhando as novelas atuais por uma questão de opção, porque parece que a nova novela das 21:00 é muito boa. Mas quando começar Lado a Lado estaremos firmes e fortes de novo. rs rs rs

    Catarina entendo sua revolta eu já tinha manifestado aqui, logo que começou as votações. Fiz um comentário no post de hoje aqui no blog sobre esse assunto. De qualquer forma vibrei muito com a Jesuela – coisinha mais fofa!
    A gente pode dar um rumo diferente na votação da Contigo. Tem uma campanha enorme no twitter para Marjorie e Rafael Cardoso. Quem sabe??

    Rafael Cardoso já está lá no Rio Grande fazendo o filme. Ele postou uma foto no twitter. Está um autêntico gaúcho!

    Abraço apertado para todas vocês!!! Até mais.

  • Dani diz: 4 de abril de 2012

    Meninas que saudades da A vida da gente… fico revendo os capituos no youtube… que saudades de trocar ideias com vcs, de falar da novela, de ficar na expectativa do que aconteceira no capitulo seguinte…

    As novelas atuais estão deixando a desejar… quando a Licia Manzo volta´ra hein??? precisamos de novelas normais, com temas reais e não surreais, que final foi aquele de Fina Estampa??? que lixo… parei com novelas depois de ter tido a oportunidade de assistir uma novela tão linda quanto A vida da gente… o resto sempre deixa algo a desejar

    Li em algum lugar que o Rafael Cardoso vai fazer papel de vilão em uma próxima novela… será??? com aquela carinha lidna de anjo… kkk

  • Dani diz: 4 de abril de 2012

    Apaixonada

    Adorei o depois da Manu abrindo a porta e dando de cara com o gato do Rodrigo… fiquei aqui imaginando tudo o que vc escreveu… seria maravilhoso…kkk… concordo com a Claudia vc poderia escrever romances… e se fosse novela tbm acho que se sairia bem… rs… sempre gostei das suas ideias…

  • Dani diz: 4 de abril de 2012

    Gentemmmmm to perdida que é isso Lado a Lado??? novela nova??? desculpe a ignorancia mas não passo aqui faz tempo… vou vortarrr…. hehehe

    Eu quero um Rafael Cardoso pra mim… kkkkk…. me apaixonei…. como o garoto é simples, humilde, fofo… tudo de bom né meninas??? kkkkk

  • Apaixonada diz: 4 de abril de 2012

    Dani querida!

    Romance, novela?? Imagina estou longe disso… Mas um blog sobre vários assuntos ainda quero fazer. Lógico, só não vamos falar de novela porque para isso já temos o noveleiro que é show de bola.

    Pois é o nosso carinha de anjo vai mesmo fazer um vilão, e eu estou apostando que ele vai fazer muito bem. A Marjorie é protagonista da mesma novela. A torcida é para que as personagens dos dois se cruzem. Mas o par romântico dela é Tiago Fragoso. Lado a Lado promete, vai contar como se deu as formações das favelas no Rio de Janeiro.

    O danado me fez voltar para o twitter, depois de ficar afastada quase um ano. Mas vale a pena, seguindo ele e a esposa você fica sabendo de tudo.

    Eu lembrei da Manu chamando ele de equilibrista de olho azul, ele é mais ou menos isso na vida real, vive cheio de projetos e faz mil coisas ao mesmo tempo.

    Se quiser matar a saudade dele tem vídeo no youtube com esse título: Twittcam de Rafael Cardoso e Mente Sã. é uma banda que ele está ajudando divulgar. Ele fez o roteiro, dirigiu e atuou no clipe. O clipe ainda não está pronto, esse vídeo é parte de um bate papo que ele fez no twiiter com os fãs. E a loka aqui fugiu da cama meia noite para acompanhar, ganhei até beijinho dele.. kkk
    Já pensou se maridinho acordasse??? rs rs rs

    Abraço minha flor!!!! Espero que leia! kkk kk
    Abraço na Day

    Um final de semana ( delicia falar isso na quarta feira) maravilhoso para todas as noveleiras, que ficam na moita lendo, que eu sei. kkkk

  • Rosenira Sann diz: 4 de abril de 2012

    Oi, gente!!!!!!!!!

    Parece incrível, mas não consigo ficar longe desse blog por muito tempo? kkkkkkkkkk

    Rita Porto Alegre,
    Parabéns pelo seu netinho, soteropolitano. Nome diferente, escolheram para ele. É bíblico. O irmão caçula de José do Egito. Deus abençoe a vida desse pequeno. Mas sua filha mora longe, hein? A distância entre vocês, é quase como o Oiapoque e o Chuí.
    Quanto aos nossos debates, dá saudades, sim. Apesar da distância e de não nos conhecermos pesoalmente, pode-se dizer que entre todas aqui, pelo menos as “sobreviventes” se criou um laço de amizade. Mas voltaremos aos debates, e “encontros diários”, Lado a Lado está chegando…beijos!

    Apaixonada,
    Você está completamente apaixonada pelo Rafinha Cardoso…kkkkkkkkkkk, por sua causa, entro no blog dele sempre. Vi até um recado seu lá. Mas está coberta de razão, como disse a Dani, ele é tudo de bom! Só precisa parar de fumar.
    Hoje eu estava na moita sim, não resisti e resolvi escrever…kkkkkkkkkkkkk
    Beijos e ótimo feriadão!

    Aline,
    Também está na moita? kkkkkkkk… revi a cena da Ana, quando chega da primeira visita à casa de Mandri. Ela sonha confortando a Júlia, que tem um pesadelo e chama pela mãe. Logo depois, ela vê Rodrigo no quarto também, e eles dão um beijo super, hiper, mega apaixonado, que coisa liiiiiiindaaaaaaaaa!!!!!!!
    Ai, ai, só revendo cenas assim, para tentar esquecer algumas surpresas nada coerente da Lícia Manzo.
    Beijos!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Maria,
    Li seu comentário, muito bom. Li em um blog, não sei se é verdade, uma pessoa comentando que a autora não levou em consideração a opinião da maioria dos telespectadores da novela, que queria um final entre Andri, porque esse ser constituído de pessoas muito jovens. Então, ela resolveu seguir com a proposta original, e dar aquele final completamente incoerente, depois de tudo que vimos no durante.
    Um abraço.

  • Dani diz: 5 de abril de 2012

    Olá Apaixonada… que saudades de vc…
    Pq não escrever romances??? vc leva o maior jeito… gostei mais do seu final do que do da Licia Manzo para a Manu e o Rodrigo depois que ela abre a porta e da de cara com aquele gato de olhos maravilhosos… kkk

    É Rosenira não sou só eu que acho ele tudo de bom hein??? rs… mas fala sério que homeme é aquele??? já adorava ele de Jorgito ai vem a Licia e me deixa mais mal acostumada ainda, vendo aquele gato todo dia as 18 hs na minha casa…kkk

    Lado a lado será novela das 21 hs? to tatalmente por fora… e gente vamos combinar o Rafael Cardoso dá de 10 no Thiago hein??? queria o Rafael fazendo par romantico com a Marjorie… acho que os dois ainda tem que viver um amor mais intenso em uma proxima novela… kkk to loka né??? acho que foi o final da Apaixonada que me deixou assim…

    Apaixonada ta podendo em menina ganhando beijinho do Rafael Cardoso??? rs… que inveja … kkk…

    Rita Porto Alegre

    Parabéns pelo Netinho… muita saúde e felicidades p ele e para todos vcs da sua familia

  • Rita Porto Alegre diz: 6 de abril de 2012

    Oi, Gurias,
    Obrigada Apaixonada, Rosenira Sann, Dani pelas felicitações.
    Mas o que é isso? O Rafael Cardoso chegou para arrasar corações…kkkk o guri é de encher os olhos mesmo e além disso é humilde e talentoso. Por isso chegou onde está. Parabéns para ele e muito sucesso em todas as áreas da vida.
    Pelo visto, a Apaixonada ganhou o dia, quando este lhe mandou um beijo kkkkkkkk
    Rosenira Sann, não lhe tiro a razão, guria. Minha filha está longe, há muitos quilômetros de distância! Sinto uma saudade, uma vontade imensa de estar perto deles. Mas meu genro serve às forças armadas, e foi transferido para lá. Não há previsão de quando voltam para o Sul. Mas o importante é que todos estão bem, graças a Deus.
    Agora, que loucura é essa que vistes nesse tal blog? Essa pessoa que insinuou tal atitude é totalmente sem noção. Com certeza a Lícia não iria se prestar a um papel desse. Isso é resultado de certos tipos pessoas que não aceitaram o retorno do casal, e acabam espalhando coisas sem fundamentos . Espero que não te contaminaste com tais declarações.
    Dani, pelo que Apaixonada trouxe, essa novela Lado a Lado, substituirá a atual das seis. Agora a grande questão é: será que conseguiremos odiar o Rafael nessa nova trama já que será um vilão? kkkkkkk, mas esse guri tem talento de sobra, com certeza fará um ótimo personagem.
    Um beijo para todas e feliz Semana Santa! Que o amor, a paz, a solidariedade, o autruísmo reine nos corações da humanidade sempre.

  • Rita Porto Alegre diz: 8 de abril de 2012

    Bah, perdão meninas, mas cometi um erro de gramática horrível. Escrevi altruísmo com “U”. abraços.

  • Apaixonada diz: 9 de abril de 2012

    Dani, Rita, Rosenira, Day(sumida) e todas a noveleiras na moita

    Pois é virei fã desse menino, não só pelo talento mas pela forma que ele encara a vida. Acho que o Rafael ele tem uma preocupação de aprender sobre tudo que envolve a carreira dele diferente de alguns artistas da mesma idade que se preocupam só com com a fama e a curtição. Acho que ele ainda tem muito o que aprender em interpretação mas acredito que ele vai longe. Este clipe que ele está fazendo é com uma dedicação incrível, além de divulgar a banda Mente Sã, é uma forma de levantar o nome do projeto do Rio de Janeiro, chamado adapsurf que é o surf para deficientes físicos, muito interessante.
    Quanto ao beijo ele mandou para todo mundo que estava no twittcam e que estava batendo papo com ele. Mas confesso que foi bom. kkk kkk

    Rosenira, pois é se eu não tivesse visto aquele vídeo no youtube dele fumando no intervalo das gravações da Vida da Gente eu não acreditaria. Ele defende alimentação saudável e atividade física, é estranho né?? Mas como dizem, ninguém é perfeito! rs rs Mas ele deu uma engordada quem sabe não é porque parou? rs rs Aliás eu elogiei o corpo dele uma vez, agora já acho que passou do ponto está forte demais. Talvez tenha sido para o clipe, o filme e quem sabe para a novela nova né? Eu imagino que ele vai ser um traficante. Sei lá! O que eu quero mesmo é vê-lo arrebentando como vilão.

    Dani pois é eu também como fã da Manu e do Rodrigo amaria ver mais cenas dos dois juntos mesmo que em outros personagens. No filme não vai rolar porque ele está gravando coma Bibiana na meia idade, a Marjorie faz a Bibiana jovem quando ela se casa com o Capitão Rodrigo e acho que os personagens são parentes. Mas quem sabe em Lado a Lado, rs rs rs

    Meninas espero que a páscoa de vocês tenha sido incrível. A minha foi maravilhosa Tudo que uma boa mineira gosta: sítio, família, banho no rio, comidinha no fogão a lenha e muito chocolate e alguns quilinhos a mais. kkk

    Abraço amores. Reta final para o concurso da caixa, vou dar uma sumidinha ( eu acho)

  • Rita Porto Alegre diz: 10 de abril de 2012

    Apaixonada,

    Guria, acho que só ficamos nós, aqui… Que Páscoa maravilhosa, hein? Trilegal!!!! Ainda não tive a oportunidade de experimentar uma comidinha mineira, mas deve ser uma delícia, assim como passar momentos assim em família. Boa sorte no teu concurso. Beijos.

  • Rita Porto Alegre diz: 15 de abril de 2012

    Bah, não tem mais ninguém! Onde estão gurias? Que saudade! Não vejo a hora da próxima novela das 6 começar, para podermos nos encontrar novamente.
    Beijos, para quem lê, e permaneca na moita, como disse a Apaixonada.

  • Apaixonada diz: 18 de abril de 2012

    Oi galera do bem!!!

    Oi Rita, sumi mesmo. Mas hoje passei para deixar um abraço. Você não animou com a novela das 21:00 e nem das 19:00??? Parecem boas. Eu é que no momento não está podendo seguir.

    Vim dar uma espiadinha no blog e dei de cara com a notícia que Fina Estampa foi indicada para concorrer a um prêmio internacional. Eu queria saber quem indica. Com certeza deve ter pressão dos patrocinadores, né?? Porque fora isso não tem lógica. A pior novela dos últimos tempos. Já imaginou A Vida da Gente lá, mostrando aquelas imagens lindas, texto impecável??? Não daria outra!

    Meninas resto de semana maravilhoso para vocÊs!!!
    ABRAÇO APERTADO!!!!!!!!!!!!!

  • Luciana diz: 26 de julho de 2012

    Horrível, é essa palavra que define o final da novela!
    Nunca mais assisto novelas dessa autora, ela não sabe escrever novela alguma. Fez questão de colocar Manuela e Rodrigo no final, mas NUNCA houve nenhuma demonstração de AMOR entre eles, era mais um “companheirismo” por terem criado a Julia juntos, quando na verdade, o amor de verdade era o que a Ana e o Rodrigo sentiam um pelo outro, sem contar no exemplo de pessoa que era a Ana, que foi capaz de diversas vezes abrir mão da sua felicidade pela felicidade dos outros, atitude essa que foi caracterizada como covardia INJUSTAMENTE, pois as pessoas hoje não sabem o que é isso, é óbvio que a Ana deveria ter pensado um pouco mais em si, mas as atitudes que ela teve demonstraram que ela era muito mais corajosa do que a própria irmã que se dizia uma super mulher por enfrentar as coisas. E falando nisso, eu não aguentava de indignação pelo fato da autora, durante toda novela, deixar a Manuela como coitadinha e a Ana sem nem retrucar de verdade as coisas que a irmã falava, pois a irmã ROUBOU SIM o amor da vida da Ana, roubou toda a vida da Ana: A filha, o Rodrigo… e ainda se acha no direito de se sentir traída (QUANDO NA VERDADE FOI A PRÓPRIA MANUELA QUE TRAIU A IRMÃ), quando vê que a linda história da Ana e do Rodrigo não morreu. É OBVIO QUE NÃO MORREU, ela quis tapar um espaço que nunca seria dela, pois assim que a irmã acordasse ela iria retomar o espaço que sempre foi dela. Não sei que “a vida da gente” foi essa novela, pois na vida real uma irmã invejosa, que sempre quis tudo que era da Ana, que toma o lugar da própria irmã, e AINDA POR CIMA DEIXA A SOBRINHA CHAMÁ-LA DE MÃE ( o que foi uma maldade sem tamanho por parte da Manuela, porque se ela realmente tivesse boas intenções, teria no mínimo ensinado a Julia que ela era sua tia) NUNCA TERIA UM FINAL FELIZ ASSIM!
    Enfim, deixo aqui minha indignação por não ter tido o final mais que merecido da Ana e do Rodrigo juntos criando a Julia.

  • Amanda diz: 28 de setembro de 2012

    Melhor novela de todos os tempos, vocês ficam falando que tinha que ter acabado a ana e o rodrigo, por favor né? isso não é a vida de verdade, a situação era muito complicada, se vocês se botassem realmente na situação de qualquer um dos personagens, tenho certeza que iam ver que essa foi a novela mais bem escrita, melhor dirigida e mais bonita que a rede globo teve o privilégio de transmitir.

Envie seu Comentário