Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Autor de Avenida Brasil defende mocinha que age como vilã: "É a grande novidade"

15 de março de 2012 7


Assim como em A Favorita (2008), em que Flora (Patrícia Pillar) enganou a todos como mocinha que, na verdade, era a grande vilã. Em Avenida Brasil, o autor João Emanuel Carneiro criou Nina (Débora Falabella), uma protagonista não muito convencional. A trama tem previsão de estreia no dia 26 de março.

Avenida Brasil mostra a trajetória de Nina, uma jovem que deseja fazer justiça, conta o autor. Na infância, ela sofre nas mãos da madrasta, Carminha (Adriana Esteves), e, mais tarde, perde tudo e é abandonada em um lixão. Anos depois, Nina reencontra a ex-madrasta para acertar as contas.

O título da novela é uma referência à Avenida Brasil mesmo, local onde acontece um acidente que muda os rumos de todos os personagens – revela João Emanuel Carneiro ao Extra.

Mocinha ou vilã?

No desejo de se vingar, Nina fará coisas terríveis por uma justa causa, que é atingir quem é realmente mau. É uma heroína, que age como vilã. É a grande novidade desta novela, confidencia Carneiro.

Nina surgiu porque sempre tive vontade de torcer pelos bandidos. Quando escrevi A Favorita eu gostava da Flora, mas não podia torcer por ela.

A Favorita surpreendeu ao público ao trocar a mocinha pela vilã e mostrar quem realmente era a má. A mesma fórmula deve funcionar em Avenida Brasil, já que as pessoas estão cansadas de mocinhas que não tomam a iniciativa e nem se defendem, como a Marina (Paola Oliveira) de Insensato Coração (2011).

Você acredita que a fórmula “mocinha vilã” funcionará?

Bookmark and Share

Comentários (7)

  • vanessa diz: 15 de março de 2012

    Espero que essa novela seja muto boa, pois adorei A Favorita; a atual novela é dose, só Crô e Baltazar salvam…

  • nanda diz: 16 de março de 2012

    Pois é; se só o CLô e o Baltazer salvam a novela, é de se preocupar. Credo.

  • Daniela diz: 16 de março de 2012

    Acho que essa novela será boa… Pois pelo o que entendi, a protagonista será uma espécie de justiceira… Tipo a boa moça que puni os vilões… Aquela que vai a luta, batalha e expõe todos aqueles que fazem mal… Ela, pelo jeito, vai, como diz uma expressão popular, “rodar a baiana e descer das tamancas”!

  • Daiana diz: 16 de março de 2012

    Olha, eu gostava de A Favorita justamente porque fugiu um pouco do óbvio e da mesmisse da maioria das novelas….claro que teve aqueles clichês de sempre tbm, mas pelo menos eu conseguí assistir toda a novela, coisa que não se repetiu com as novelas posteriores do horário…

  • Raffael diz: 16 de março de 2012

    Ai que saudade da Nazaré…viã-comedia

  • danilo diz: 16 de março de 2012

    Falam tão mal de fina estampa, mas só quero ver se avenida brasil vai manter a boa audiência que a novela vem registrando!

  • alba lucia diz: 25 de junho de 2012

    Literalmente estou ara deixar de assistir as novelas de joão emanuel em q o enredo o malvence o bem muito igual a favorita odieie. A gente corre o dia inteiro trabalha fora, trabalha em casa numa correria infernal querendo assistir a novela e o q ele faz? Queremos o jorginho c a nina.Não e justo transformar a nina em vilã..se novelas é fixão queremos sentir alegria de ver o bem vencendo o mal.Ja existe tanta violencia q nos vimos no dia-a-dia .vou tentar ver os canais eu nao mereço correr tanto e no final a novela terminar desagradando ao úblico. nina sofreu bastante merece ter o jorginho e ser feliz eternamente.

Envie seu Comentário