Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Mocinhas ou vilãs? Relembre as anti-heroínas da telinha

17 de março de 2012 3

Em Avenida Brasil, novela que estreia dia 26, a protagonista da história, vivida por Débora Falabella, não será uma mocinha ingênua. João Emanuel Carneiro aposta em uma mocinha com jeito de vilã, capaz de tudo para concretizar sua vingança.

Mas outras novelas já mostraram anti-heroínas, ou seja, mocinhas que também fazem algumas maldades ao longo da trama. E são essas que seduzem o público, já que na vida real ninguém é completamente bom ou mal, não é mesmo? Relembre algumas dessas personagens:


Donatela – A Favorita

A grande dúvida de A Favorita era sobre quem estava falando a verdade. Quem era a mocinha, Flora (Patrícia Pillar) ou Donatela (Claudia Raia)? Mesmo com a revelação de que Flora era a grande vilã, Donatela também não era uma flor de pessoa. De boa índole, claro, mas deslumbrada com o luxo e riqueza e capaz de humilhar quem considerasse inferior, ela muitas vezes agia como uma megera.


Beatriz – Sete Pecados

A protagonista de Sete Pecados, Beatriz (Priscila Fantin) aprontou muito para conquistar o taxista Dante (Reynaldo Gianecchini). A trama de Walcyr Carrasco mostrou que, para se tornar uma pessoa melhor, a moça precisava realizar os sete pecados capitais.


Maria Paula – Duas Caras

Se no início de Duas Caras, Maria Paula (Marjorie Estiano) era uma mocinha ingênua que foi enganada pelo vilão, na segunda fase da história a situação se inverteu. A jovem planejou uma terrível vingança contra Marconi Ferraço (Dalton Vigh), o homem que a enganou no passado. Apesar de amar o pilantra, ela levou seus planos até o fim, mas os dois acabaram juntos no final da história.


Ana Francisca – Chocolate com Pimenta

Chocolate com Pimenta voltou ao ar em Vale a pena ver de novo, mostrando a história de uma mocinha vingativa. Na adolescência, Ana Francisca (Mariana Ximenes) foi humilhada pelo povo de Ventura, incluindo seu amado Danilo (Murilo Benício). Anos depois, como uma viúva milionária, ela volta para se vingar de todos que a fizeram sofrer.


Camila – Laços de Família

Na novela Laços de Família, muita gente chegou a odiar Camila (Carolina Dieckmann) por ela ter roubado o namorado da própria mãe, Helena (Vera Fischer). Teve até quem torcesse por Íris (Deborah Secco), a vilãzinha da novela. Mas Manoel Carlos virou o jogo ao fazer Camila sofrer de leucemia. O sofrimento da jovem comoveu o público e todos passaram a desejar que ela tivesse um final feliz ao lado de Edu (Reynaldo Gianecchini).


Cláudia – Fera Radical



Essa é direto do túnel do tempo… Em Fera Radical, Cláudia (Malu Mader) viu sua família morrer em um incêndio quando ainda era criança. Após 15 anos, ela volta à cidade onde nasceu para descobrir quem foi responsável pela tragédia e colocar em prática seus planos de vingança.

Bookmark and Share

Comentários (3)

  • fernando diz: 17 de março de 2012

    esqueceu da norma de insensato coração

  • Neuza maria Green diz: 18 de março de 2012

    Fera radical…ta aí uma novela q pudia reprisar no vale a pena ver d novo!!! Choco com pimenta ja reprisou três vezes..

  • Mona DK diz: 5 de agosto de 2012

    É sempre promissor ver uma anti-heroína vingativa, mas, destas histórias, a única que valeu a pena, foi a história de Maria Paula. A personagem era irritante às vezes, mas sua história com Ferraço foi linda e imprevisível e o charme e química do casal (ele, viril e com uma pegada; ela feminina, delicada, mas pimentinha) , foi marcante. Já as outras… Só se escapa Márcia, de Ferra Radical. Beatriz e Camila eram insuportáveis e não impactaram com seus pares e Aninha amava um bobalhão sem nenhum charme.

Envie seu Comentário