Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Lado a Lado: Camila Pitanga conta que sofrimento de Isabel a deixou doente

03 de outubro de 2012 3

Desde a primeira semana de Lado a Lado, Isabel (Camila Pitanga) vem comendo o pão que o diabo amassou. Logo no capítulo de estreia, a mocinha foi abandonada no altar pelo noivo Zé Maria (Lázaro Ramos). E a quantidade de lágrimas da moça só aumentou de lá pra cá.

Após o casamento fracassado, Isabel descobriu que não tinha mais onde morar, já que o cortiço onde morava foi destruído. Ela e os outros moradores foram obrigados a reconstruir suas vidas no morro.

Pouco depois, a morena caiu na lábia de Albertinho (Rafael Cardoso) e acabou entregando sua virgindade a ele. Mesmo consumida pela culpa, Isabel retomou o namoro com Zé Maria, achando que poderia apagar o grande erro que cometeu ao se deitar com outro homem.

O que ela não esperava é que uma noite de fraqueza fosse ter sérias consequências. Isabel descobriu que está grávida e perdeu de vez o amor de Zé Maria, que não perdoou a traição. Pra piorar, a pobrezinha foi expulsa de casa pelo pai e ainda perdeu o emprego na casa de Madame Besançon (Beatriz Segall).

Camila Pitanga contou ao Extra que sente na pele o sofrimento de sua personagem:

- O certo seria fazer uma massagem ou alguma outra coisa para aliviar a tensão. Fiquei até doente. Há umas duas semanas, estive muito gripada. Conscientemente, você sabe que é ficção, mas seu corpo vive aquilo, sofre aquilo. Não tem como explicar para o corpo que esse coração apertado não é seu. A gente tem que manter um distanciamento, mas não posso me defender muito disso. Tenho que embarcar mesmo.

A atriz acredita que a pior coisa que aconteceu com Isabel foi ser renegada pelo próprio pai:

- Do que eu já gravei, é o mais dramático. No casamento, ela achou que foi abandonada, mas não entendeu bem o que aconteceu. Agora, foi o pai, a maior figura de afeto, que a expulsou.

Vocês acham que o ator sofre junto com seu personagem? Será que é possível manter o distanciamento e não levar para a vida real tudo o que acontece na ficção?

Bookmark and Share

Comentários (3)

  • Anjo Colorado – Zé diz: 4 de outubro de 2012

    Acho que é mesmo possível se envolver tanto com um personagem a ponto de nutrir alguns sentimentos pelo ser fictício.

    Uma atriz ou um ator tem que expressar e passar a emoção. É normal evocar tais sentimentos, buscar algo de verdadeiro durante uma interpretação para que seja a mais convicente que puder.

    São tantos ensaios por meses. Creio que é relativamente natural esse tipo de situação.

  • Apaixonada diz: 4 de outubro de 2012

    Com certeza não é fácil se desligar. Assim como em outras profissões que exigem muito do emocional do profissional. Médicos, professores enfim…

    Eu já sofri junto com uma aluna, quando o pai se suicidou, fiquei dias sem dormir. É muito complicado. No caso do ator ou atriz é importante uma família legal, uma turma de amigos para curtir e uma outra atividade, mas aí vem a questão que segundo eles, durante a filmagem eles praticamente moram dentro do projac, principalmente se tratando de personagens principais da trama.
    A cena da Camila com a Marjorie ontem foi linda! Realmente elas estão se tornando o principal elo central da novela. O que me remete a Manu e Ana que tudo acontecia em torno delas.
    Uma pena a Maria Eduarda sair da novela, apesar do pessoal do teatro não me fazer rir muito, a atuação dela é muito boa. Tomara que fizesse outra novela logo.

  • Apaixonada diz: 4 de outubro de 2012

    Anjo Colorado, só agora vi sua pergunta no outro post! Sou mineira uai!! rs rs e muito fã dos gaúchos. Babo com essas expressões de vocês. Aliás é o que mais amo no nosso país, essa diversidade cultural. Porto Alegre, é um dos lugares que sonho conhecer, meu planos é para 2013. kkk

Envie seu Comentário