Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Qual foi a maior bola fora de Avenida Brasil?

18 de outubro de 2012 8

Avenida Brasil vai chegando ao fim e já se consolida como um grande sucesso da teledramaturgia. Mesmo entre tantos acertos, o público não deixou passar alguns erros que comprometeram o andamento da trama.

A exemplo do que fez o jornal O Dia, separamos alguns furos da novela, que não passaram despercebidos aos telespectadores mais atentos. Confiram:


A vingança “analógica” de Nina


Em pleno século XXI, a mocinha Nina (Débora Falabella) não usou a tecnologia a seu favor para se vingar de Carminha (Adriana Esteves). A cozinheira passou meses na mansão, ouviu muitas conversas comprometedoras e flagrou a vilã em momentos íntimos com Max (Marcello Novaes), tudo isso sem registrar nada. Foi só no capítulo 100 que Nina resolveu usar uma máquina fotográfica e clicou a dupla de vilões em cenas calientes. Mas a “analógica” mocinha não se deu ao trabalho de salvar as imagens em um pendrive, simplesmente mandou revelar as fotos e espalhou por vários lugares. Quando Carminha roubou todas as provas, Nina se desesperou, já que não tinha cópias digitais do material. Na internet, rolou até a campanha “Doe um pendrive para Nina”. A mocinha passou meses tentando se vingar da ex-madrasta, mas não teve coragem de agir. Max destruiu Carminha em um capítulo, coisa que Nina não conseguiu fazer durante toda a novela.


As paredes de aço da mansão


Em uma casa onde todos falavam aos berros, é incrível que a família de Tufão (Murilo Benício) nunca tenha ouvido as conversas comprometedoras de Max e Carminha, Nina e Jorginho (Cauã Reymond). A vilã berrava com o amante, os dois se agarravam pelos cantos da mansão, tudo sem serem flagrados por ninguém. Jorginho, por sua vez, cansou de berrar com a mãe, gritou todos os podres da megera, mas a “família toupeira” deve ter problema de audição, só pode… Ou Tufão construiu sua casa com paredes de aço e à prova de som!


O lixão “limpinho” e seguro


Nunca houve um lixão tão limpo e bem frequentado como o de Avenida Brasil. Pelo local passavam os milionários Tufão, Carminha, Jorginho e Débora (Nathalia Dill), como se aquilo fosse uma praça de cidade do interior, onde todos se encontravam. Sem contar que é possível deixar carros importados estacionados no local com a maior segurança, impressionante…


Cadê a Soninha Catatau?


Soninha Catatau, ou melhor, Dolores (Paula Burlamaqui), chegou ao Divino pra quê? Ela veio, bagunçou a vida de Diógenes (Otávio Augusto), casou novamente com ele e foi embora sem fazer nada produtivo. Qual foi mesmo a função da personagem?


Pernas de Pau Futebol Clube


Os jogadores de futebol do Divino só treinavam (ou melhor, jogavam a bolinha pra lá e pra cá sem a menor vontade) e nunca partiam para uma partida de verdade. E Jorginho, anunciado como o craque do time, raramente aparecia nos treinos e não levava a carreira nem um pouco a sério. A impressão que deu é de que ele só estava no time por ser filho adotivo de Tufão, talento que é bom, nada…


O núcleo nada cômico de Cadinho e suas mulheres


Se o núcleo de Cadinho (Alexandre Borges) e suas mulheres era pra ser engraçado, não funcionou… As confusões do malandro com suas famílias só enchia a paciência do telespectador e dava a impressão de estar ocupando o espaço de cenas que poderiam ser bem mais interessantes.

Qual foi a maior bola fora de Avenida Brasil?


>>> Agora o Noveleiros também tem um espaço no Facebook. Clique aqui, curta, compartilhe e comente.

Bookmark and Share

Comentários (8)

  • Anjo Colorado – Zé diz: 18 de outubro de 2012

    Bem, eu posso ser minoria (e acredito que sou mesmo), mas gostei de Cadinho e suas mulheres. Não é a melhor coisa que já assisti, porém consegui dar algumas risadas.

    É estranho mesmo que o time do Divino se limitou a treinos. Eu me lembro, por exemplo, que o Cantareira da novela VEREDA TROPICAL também tinha um time que disputava a segunda divisão do Campeonato Paulista, mas isto nunca prejudiciou a trama da novela. O personagem Lucas participava dos grandes momentos da história sem se descuidar de sua carreira de jogador e acabou sendo contratado pelo Corinthians. Faltou habilidade pro JEC para conciliar a carreira do personagem central com a trama principal.

    Soninha Catatau tinha somente função cômica e mostrar que Roni tinha mãe. Foi somente isto. Ao menos era uma gostosa que andou seminua em algumas cenas.

    Dizer que os personagens “passeavam” pelo lixão é um pouco demais. Eles somente iam até lá porque tinham algo definido pra fazer. Carminha e Mx só iam lá quando se sentiam obrigados a tanto. Odiavam de coração aquele lugar. E convenhamos… Só porque quem vive num lixão é pobre não quer dizer que ladrão.

    Pouca coisa foi escutado pelos outros. Nina escutou algumas coisas, mas ela estavam sempre atenta e espionando. Somente Ágata ouviu sem querer Carminha gritando com Max. Talvez por conta de tantos berros o pessoal daquela mansão tenha problemas de audição.

    Votei na “Vingança analógica de Nina” porque é o erro mais importante da novela. É o tipo de coisa que só faria sentido nos anos 80 pela falta de tecnologia. É uma falha que fez diferença na trama. Estranho que ninguem que trabalhava com JEC deu-lhe um toque sobre esta questão.

  • fernando diz: 18 de outubro de 2012

    a maior bola fora vai ser q a novela vai chegar ao fim sem ngm saber onde carminha enfiou td os dinheiro q roubava de tufão

  • carlos eduardo escobar diz: 18 de outubro de 2012

    vou citar mais 2 erros drasticos de AVENIDA BRASIL. 1- Porque, em pleno seculo 21 a policia não requesitou as imagens do aeroporto no setor em que NINA e JORGINHO estavam para ver quem realmente trocou as bolsas ? 2-quando é que alguem em sã consciência sai hoje em dia de um banco com mais de um milhão numa bolsa?Existe doc, transferencia eletrônica, não é mesmo?

  • Ana Vergara diz: 18 de outubro de 2012

    Realmente Avenida Brasil deu um show de bola. Seja com o elenco, aquele time de gostosos do Divino FC, ou a grande Adriana, com sua Carminha que por muito tempo será insuperável. Mas o autor pecou terrivelmente quando insistiu em cenas de vingança da Nina contra Carminha, por longos 30 dias. Ninguém aturava mais tanta chatice. Isso me fez, confesso, trocar de canal muitas vezes. Mas como todo brasileiro e noveleira, e estando em greve a Universidade onde estudo, voltei a circular por Avenida Brasil, para novamente ver todos os problemas de 200 capitulos resolvidos no ultimo. Quanto aos nucleos, fica difícil, mas optei por Cadinho. Primeiro: aturar um marido é complicado, mas aturar um marido, com mais duas mulheres e três filhos, realmente nessa o autor se superou. E a maneira preconceituosa que trata as esposas, duas peruas burras, que vivem há 20 anos com um homem que se ausenta por longos períodos. E uma amante que aceita entrar no grupo. Hilário e grotesco, prá não dizer utópico. Nem nas Arábias!!!!!!!!!.

  • Aline diz: 19 de outubro de 2012

    Existe dois outros erros que quase ninguém se lembra.

    1) quando o Max saiu da mansão incentivado por Nina, ele foi morar em uma casa alugada por Carminha onde os dois sempre se encontravam. A nina até achou um comprovante de pagamento de aluguel e guardou. Capítulos depois, o mesmo cenário apareceu como uma chácara da família Tufão. Eu perdi algum capítulo que explicava isso?

    2) O dinheiro que foi roubado da Nina ficou com o Lúcio, certo? E aí? ninguém vai falar nada? Vai ficar por isso mesmo? Nem mostra o Lúcio torrando a grana e ninguém descobre. Muito estranho.

  • Apaixonada diz: 19 de outubro de 2012

    Tantos erros e tanta audiência…
    Talvez a não preocupação com a perfeição tenha feito a novela se movimentar a ponto de alcançar uma audiência que há tempos não se via.

    Mesmo sem seguir a novela, mas é impossível não saber o que está acontecendo, ontem eu questionei para duas amigas minhas, viciadas, que assistem comentando no face e no twitter. Que explicação que o autor deu para o fato de Santiago ser um homem tão ruim, que exerce um domínio psicológico sobre a filha, ter deixado ela em paz tantos anos, mesmo sabendo onde ela morava e o que estava fazendo. ???

    Segundo minhas colegas não teve explicação, eu acho isso um outro grande fora. Mas pelo menos o “segredo” entre Lucinda, Nilo, Max e Carminha tinha sentido e peso, mesmo ele tendo que arrumar um Santiago para levar a culpa. Não foi como o segredo ridículo de Fina Estampa. Já foi ponto para o autor.

  • joanne diz: 20 de outubro de 2012

    em um capitulo nina fala para betania e para o valdo q tem as fotos no pen drive, acho q tava na bolsa q ele roubou :(

  • Zhungarian Alatau diz: 22 de outubro de 2012

    E mesmo com um pen drive, as fotos não estariam a salvo, pois Carminha, que tudo podia, não teria qualquer problema em roubar o pendrive, a senha da internet, o e-mail da Nina, enfim, roubar TUDO. Os furos da novela são inúmeros: o que aconteceu com o Santiago? E a Ágata, que sumiu depois da prisão da Carminha? E a cena da Mãe Lucinda chorando, lembrando-se do dia em que Carminha chegou no lixão? Ora, se a mãe Lucinda foi presa depois do assassinato da mãe da Carminha, então a mãe Lucinda não poderia estar no lixão quando a pequena Carminha foi mandada pra lá. Foi um festival de absurdos, enfim. Mas deu pra divertir.

Envie seu Comentário