Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Qual foi a história mais dramática de Gabriela?

26 de outubro de 2012 0

Gabriela chega ao fim hoje à noite após quatro meses de muitas cenas picantes, momentos divertidos e dramas que prenderam a atenção do público. A protagonista vivida por Juliana Paes acabou perdendo espaço para outras tramas mais interessantes.

Mas qual foi a história mais dramática da novela? Relembre alguns momentos de pura emoção e vote no que fez você chorar:

O calvário de Lindinalva


A mocinha vivida por Giovanna Lancellotti colecionou tristezas ao longo da trama. Primeiro, ela perdeu os pais em um acidente, ficou órfã e endividada. Aproveitando-se da fragilidade da noiva, Berto (Rodrigo Andrade) a desonrou, deixando a coitadinha mal falada na cidade inteira. Sem ter a quem recorrer, ela acabou virando quenga no Bataclan. Quando tudo parecia perdido, a jovem encontrou o amor nos braços de Juvenal (Marco Pigossi), mas caiu em mais uma armação de Berto e quase foi morta pelos jagunços do ex-noivo. De volta ao Bataclan, ela demorou a descobrir que Juvenal não tinha nada a ver com a armadilha, mas logo ficou sabendo de toda a verdade e fugiu para Salvador com seu grande amor. Antes, porém, ela levou mais um susto quando Berto tentou matá-la, mas Negro Fagundes (Jhe Oliveira) acabou com a vida do vilão e salvou a vida da mocinha, que finalmente ficou livre para ser feliz. Ufa!


O amor proibido de Mundinho e Gerusa


Gerusa (Luiza Valdetaro) se apaixonou perdidamente por Mundinho Falcão (Mateus Solano), o maior desafeto de seu avô. O Coronel Ramiro Bastos (Antonio Fagundes) jamais permitiu o romance e acabou trancando a neta em um convento. Mesmo sabendo que a moça está grávida, o Coronel proibiu qualquer visita e ordenou que o bebê seja entregue à adoção.


O assassinato de Sinhazinha e Osmundo


Coronel Jesuíno (José Wilker) caiu na boca do povo com seu bordão “Deite que vou lhe usar”. O modo bruto com que tratava a esposa Sinhazinha (Maitê Proença) fez com que ela procurasse consolo nos braços do dentista Osmundo (Erik Marmo). Ao descobrir que estava sendo traído, o Coronel assassinou a esposa e o amante a sangue frio. Mas ele pagou por seus crimes no capítulo de ontem, ao ser condenado pela justiça.


O sofrimento de Malvina


Moderna e com ideias à frente de seu tempo, Malvina (Vanessa Giácomo) chocava os pais com seu comportamento. O Coronel Melk (Chico Diaz) não admitia a desobediência da filha e a surrava constantemente. Quando a jovem pensou ter descoberto o amor nos braços de Rômulo (Henri Castelli), foi seduzida e abandonada pelo rapaz. Para fugir de um casamento forçado, Malvina fugiu da cidade com a ajuda de Mundinho. No trem, a caminho de Salvador, ela encontrou o professor Josué (Anderson Di Rizzi), dando a entender que os dois acabarão ficando juntos.


O “corno” Nacib


Apaixonado por Gabriela, Nacib (Humberto Martins) enfrentou o preconceito da cidade inteira e se casou com a cozinheira. Mas a morena não se acostumou à vida de “senhora da sociedade” e acabou caindo na lábia de Tonico Bastos (Marcelo Serrado). Deu dó ver a decepção do turco ao flagrar sua amada na cama com outro homem. Mas no último capítulo, o amor deve falar mais alto e tudo indica que Nacib e Gabriela irão se entender.

Qual foi a história mais dramática de Gabriela?

Bookmark and Share

Envie seu Comentário