Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Novela de Walcyr Carrasco abordará erro médico e adoção por homossexuais

27 de outubro de 2012 3

A próxima trama das 21h, que substitui Salve Jorge em 2013, deve abordar assuntos polêmicos. Walcyr Carrasco faz sua estreia no horário nobre e já chegará mostrando assuntos que vão dar o que falar, de acordo com o blog NaTV.

Entre os temas abordados, estará a delicada questão do erro médico. Na história, um médico irá operar o órgão errado de uma paciente e deixará uma das enfermeiras em um grave dilema.

Outra polêmica será a adoção de crianças por homossexuais. Um dos protagonistas da trama, um rapaz gay e solteiro, brigará na justiça pela guarda de uma criança abandonada pela mãe.

No elenco, já estão confirmados nomes como Antonio Fagundes, Paolla Oliveira, Malvino Salvador, Leona Cavalli, Fabiana Karla, Rosamaria Murtinho, Nathalia Thimberg, Cássia Kis Magro, Fulvio Stefanini, Elizabeth Savalla, Anderson Di Rizzi, Paulo Vilhena, Ingrid Guimarães, Rodrigo Andrade, Giovanna Lancellotti e Bárbara Paz.


>>> Agora o Noveleiros também tem um espaço no Facebook. Clique aqui, curta, compartilhe e comente.

Bookmark and Share

Comentários (3)

  • fernando diz: 27 de outubro de 2012

    desde q n tenha pastelão nem gente falando caipirês ele pode até colocar uma gêmea siamesa de duas cabeças na trama

  • Elis diz: 27 de outubro de 2012

    Não sei não, mas acho que esse autor não tem “cacife” pra bancar uma novela das 21h. Tudo bem que as novelas da 19h que ele fez foram sucesso, mas era uma coisa de humor, tramas mais leves, que até se podia engolir um parque de dinossauros no final…Mas para uma novela em horário nobre?
    A julgar por Gabriela, que já ´tem um enredo consagrado, e se resumiu a bordões (“Não me fale dos meus córnios…) (Quenga! Chimbungo!)… Os diálogos das novelas dele são sofríveis…
    Tomara que eu esteja enganada e que a novela das 21h ainda seja um momento agradável do dia…

  • Lea diz: 28 de outubro de 2012

    Com certeza vai ter pastelão, caipirês e guerra de comida. É a cara dele, infelizmente.

Envie seu Comentário