Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Autora de Lado a Lado garante que Isabel encontrará o filho em breve

30 de outubro de 2012 16

O sofrimento de Isabel (Camila Pitanga) não vai durar a novela inteira, fiquem tranquilos. Pelo menos é o que garante a autora Claudia Lage, em entrevista ao blog Telinha.

A autora revelou que Isabel descobrirá que seu filho está vivo bem antes do final da trama:

- Isabel passará por momentos muito difíceis e a “perda” do filho será um sofrimento muito grande para ela. Ela não imagina que o menino está vivo, embora diga que sente sua presença e que parece que ele não morreu. Tem um tempo necessário antes dela descobrir, justamente pra Elias se relacionar com Afonso (Milton Gonçalves), Zé Maria e a própria Isabel, sem que eles saibam quem ele é. Mas isso não é daquelas coisas que só se resolvem no último capítulo, não.

Antes que isso aconteça, Berenice (Sheron Menezzes) ainda vai se divertir muito com o sofrimento da rival. Por ironia do destino, Isabel resolve doar as roupinhas que seriam de seu bebê para o filho de Zenaide (Ana Carbatti), sem imaginar que está contribuindo para o enxoval de seu próprio filho. Como sempre, Berenice tripudia:

- Mas essa vida não é mesmo cheia de surpresa? Espia só, onde os panos do bastardinho vieram cair!

É muita maldade, não acham?

>>> O Noveleiros também tem um espaço no Facebook. Clique aqui, curta, compartilhe e comente.

Bookmark and Share

Comentários (16)

  • Apaixonada diz: 30 de outubro de 2012

    Isso será muito bom, a Isabel recuperar o filho e a Constância ter que implorar para vê-lo. Porque provavelmente a Isabel não denunciará a Constância por causa da Laura. Qual será a reação do Albertinho??

    Anjo Colorado eu respondi, quer dizer tentei responder sua pergunta sobre a mãe de Isabel no outro post. Na verdade eu estou tentando ver o vídeo que eu acho que a Isabel explica, mas não consigo. Quanto ao seu comentário que a Isabel vai ter que escolher entre um herói e um homem que não consegue mudar. Na verdade não vai ter nem escolha né? O que autor está fazendo ou tentando fazer é deixar bem nítido que não há triângulo amoroso que em nenhum momento a Isabel gostou do Albertinho. O problema é que está claro que não era essa a intenção inicial.

    Como disse a Rita é um desperdício um papel desses para o Rafael Cardoso. Não vai acontecer mais nada? Nem do filho ele não vai nem tomar conhecimento? Queria que pelo menos fosse ele que descobrisse sobre o próprio filho, mas com andar da carruagem estou apostando que será o Zé Maria.

    Desde ontem não consigo ver nenhum vídeo da globo. Fui tentar ver a cena de Salve Jorge que perdi e nada. É só comigo??

  • Thais diz: 30 de outubro de 2012

    Ainda bem, nenhuma mãe merece ficar sem seu filho, nem numa novela!

  • silvana diz: 30 de outubro de 2012

    Deixei de assistir esta novela depois que tiraram o bebe da Isabel pois o mundo ta cheio de maldades e ainda temos que assistir a isso, melhor desligar a tv.
    Creio que nas novelas devam acontecer algumas maldades mas que sejam esclarecidas
    no capitulo seguinte, caso contrario não mais assistirei novela alguma.abraços7

  • Anjo Colorado – Zé diz: 30 de outubro de 2012

    Ainda bem que Isabel desobrirá a verdade sobre o filho dela antes do último capítulo. Temia prolongar essa agonia só tornasse a novela mais pedante.

    Eu li a tua resposta lá no outro tópico, Apaixonada. Bem, se Isabel é filha de uma mestiça com um homem negro a possibilidade dela ter um filho mais escuro que ela própria é maior. No entanto poderia não ter sido assim. O bebê poderia vir ao mundo mais puxado geneticamente ao pai que se tratade um branco. Não dava pra garantir como deveria ser a criança iria substituir aquela que vingou.

    Bem, o fato, Apaixonada é que não há mesmo triângulo amoroso. Nunca houve. O que ocorreu foi um plano de sedução que deu certo. Albertinho criou um personagem para se aproveitar pra se aproveitar de uma situação que deixou a mulata fragilizada. Foi só.

    Ah! Mas ele se encantou por Isabel? Claro que sim! Isto ficou óbvio, mas se encantar não significa o mesmo que se apaixonar.

    Entendam… Qualquer homem se encantaria por uma mulher linda, inteligente e carismática, mas se ele estivesse mesmo apaixonado estaria suspirando por Isabel. Teria procurado meios de ajudá-la de alguma maneira como fez o Zé Maria que mesmo se sentido traído ainda a indicou para um emprego.

    Isabel chegou a gostar de Albertinho? É claro que sim. Ela até foi pra cama com o janota. Todavia ela mesmo disse a Constância: “Eu fui pra cama com um personagem que seu filho inventou”.

    A musa negra teve sentimentos, sim, mas por um homem que nunca existiu. O Albertinho real, como é de fato, ela jamais sentiu nada além de desprezo.

    As pessoas se deixaram levar por cenas “fofuxas” entre Isabel e Albertinho e desejaram que houve nelas algo mais porque tornaria tudo mais interessante.

    O problema é que o autor criou Albertinho como um imaturo irresponsável e assim o manteve.

    Alguns pensaram que o filho seria uma motivação para torná-lo mais maduro e servir de elo de ligação com Isabel, mas Constância não permitiu essa evolução. E o pior: nem exército mudará seu jeito. Entretanto há uma esperança.

    Como Isabel descobrirá logo a verdade é de supôr que em dado momento Albertinho tambem ficará ciente do fato.

    Haverá, portanto, um elo entre os dois personagens. Vamos ver o que acontece depois disto.

  • Rita Porto Alegre diz: 30 de outubro de 2012

    É Claudia Lage, é bom mesmo não demorar. Está cansativo em ver a Isabel às lágrimas, com pesares…Bah!
    Mas ainda teremos que assistir o sofrimento da Laura (que agora se tornou uma mulher frágil e medrosa), pela perda do feto. Para quem é mãe e anseia pela chegada do filho, não importa quanto tempo de vida ele tem. Perca é sempre uma perca.

  • Rita Porto Alegre diz: 30 de outubro de 2012

    Anjo Colorado…

    Embora o teu comentário não seja para mim, gostaria de falar algo a respeito do Alberto. Acredito que ele se apaixonou pela Isabel. O envolvimento com ela, o estava modificando, a ponto dele ensaiar um enfrentamento com a Constância. Ele mesmo confessa para mãe seus sentimentos, confessa para Isabel seus planos a princípio, abriu o coração e foi sincero.
    Porém os autores perceberam a grande emplogação dos noveleiros quanto à esse casal, e não gostariam. Acho que contrariou a idéia original. Então resolveram descaracterizar o personagem a ponto de não mais fazê-lo continuar irresponsável, frio, inconsequente. Agora eles o transformaram em um marginal. A Apaixonad leu um resumo, no qual diz que ele atropelará seu Afonso, o pai da Isabel e nem prestará socorro. Isso não é nada legal.

  • Claudia diz: 30 de outubro de 2012

    Anjo Colorado,

    Acho que as pessoas não esperavam que o Albertinho mudasse, mas evoluísse um pouco. Não para ter um romance com a Isabel, mas para gerar alguma dúvida nela, conquistar alguns telespectadores. Ela olharia para cada passo dele e pensaria que é o pai do filho dela, que poderiam ser uma família. Aí haveria um triângulo amoroso, poderíamos torcer pelos personagens. Mas com o Albertinho sendo esse idiota só dá para torcer para ele levar um tiro de canhão ao entrar para o exército (piada, né…).

    Achei a novela péssima hoje. Isabel chorando a morte do filho e a Laura na cama resmungando. Muito pesado! Apesar da Isabel ter voltado ao trabalho e estar tentando se reerguer, pensando num futuro com Zé Maria, acho muito sofrimento ao mesmo tempo.

    To achando a Laura fraca demais. Óbvio que ela estaria nervosa e deprimida com a possibilidade do marido ter se acertado com a ex em Portugal, mas daí a não se alimentar é demais. Ela está mais preocupada com o marido que com o próprio filho, logo ela, que queria tanto esse bebê. Não to entendendo, não combina com ela. A menos que apareça alguma doença que justifique isso, acho um exagero ela estar tão deprimida a ponto de não conseguir comer para auxiliar no crescimento do bebê.
    Hoje até desisti de assistir…

  • Apaixonada diz: 31 de outubro de 2012

    Anjo Colorado, Claudia e Rita Acho que estava sim previsto o Albertinho não ter coragem de assumir o filho ou a própria Isabel diante da sociedade, mas não da forma como aconteceu. Concordando com a Rita a sensação de que o autor passou a descaracterizar ou aumentar os defeitos do personagem, para mim é nítida. Como a Claudia disse o autor deixou o Albertinho um idiota e está cada vez pior. Eu preferia que ele tivesse feito do Albertinho, um vilão logo. No final das contas acho que nós quatro concordamos em uma coisa , seria um triângulo amoroso muito interessante. Mas o autor não quis né? A novela é dele… paciência…

    Claudia também comentei a mesma coisa, essa não é a Laura. Claro que nós mulheres somos uma metamorfose, mais características fortes como ela tem de independência, não poderiam sumir assim, só por ciúme. A Isabel ao contrário era um mulher mais romântica que só sonhava em casar com o Zé Maria e construir família. Eu acho que pelo que a Isabel passou ela está até bem. Afinal por esse filho ela perdeu seu grande amor, brigou com o pai, perdeu o emprego e depois de enfrentar tudo o filho morre. É barra! Confesso que não gostei muito da conversa dela ontem de que se o Zé soubesse que não tem mais criança ele voltaria. Dá uma sensação ruim… sei lá.

    Vamo que vamo!

  • Apaixonada diz: 31 de outubro de 2012

    Não riam de mim. Mas eu estava lendo os nossos comentários em A Vida da Gente kkk A gente acabou criando um afeto né? Em outros post de outras novelas não tem essa troca de carinho.
    Mas falando de novela, depois de ler uma análise que eu fiz dos quatro personagens principais de A Vida da Gente em resposta a uma análise da Yone ( lembram dela?) eu percebi que talvez a maior diferença entre a A Vida da Gente e Lado a Lado, seja que a primeira a gente podia fazer suposições, as histórias tinham vários rumos possíveis de se seguir. O quinteto amoroso (Manu,Rodrigo,Ana, Lucio e Gabriel) com várias possibilidades reais, lógicas e felizes e outras histórias que poderiam ter inúmeros desfechos. A gente debatia, debatia… tem post com mais de 280 comentários.

    Lado a lado é meio previsível, quer dizer no máximo a gente assiste para ver os dramas, mais a gente já sabe o final. A gente sabe que Catarina vai interferir no casamento de Laura e Edgar, mas ela é uma vilã então não tem chances de ficar com o Edgar. E Albertinho sendo um mala também não tem chance de atrapalhar o amor de Isabel e Zé Maria. Constância vai morrer ou ficar louca. Bonifácio perde o poder. Berenice presa. etc etc etc Enfim… estou loucamente com saudade da A Vida da Gente, não que eu não goste de Lado a Lado, mas tomara que Lícia Manzo escreva logo outra novela. kkk

    Abraço galera!!!!

  • Kicka- São Paulo diz: 31 de outubro de 2012

    Concordo em gênero número e grau com o comentário da Rita sobre o Albertinho, ele realmente teve esse enfrentamento com a Constância a ponto de admitir que gostava da Isabel, uma coisa que está me desanimando em relação a esta novela e que não consigo entender uma coisa, se a intenção dos autores é que a Isabel ficasse com o Zé Maria, pra que fazê-la engravidar do Albertinho?, ela poderia ter até se entregado pra ele, o que naquela época já seria um erro grave e motivo o suficiente para causar uma separação entre ela e o Zé Maria, já que é isto que os autores queriam, outro ponto, como não existe a intenção de que ela fique com o Albertinho, não vejo lógica na sobrevivência do bebê deles, a Isabel poderia ter perdido o bebê e desta forma não ter nenhum vínculo com o Albertinho, agora imaginem isto, depois de 10 anos a Isabel e obviamente em algum momento o Albertinho, vão descobrir que o filho deles está vivo, e a Isabel estará junto com o Zé Maria, que vai descobrir que a criança de outro homem que ele não teve coragem de assumir agora está viva, e é um vinculo eterno entre a Isabel e o Albertinho que querendo ou não ele vai ter que aceitar se quiser permanecer com ela, suponho que ele após regressar das forças armadas até aceite esta situação, porém ele, machista como é, ainda vai te lidar com o fato de que a Isabel será rica e bem sucedida, como é que eles vão fazer isso funcionar e parecer natural para os telespectadores???? (acho que os autores estão se perdendo feio neste ponto da novela) . Que o Albertinho é inconsequente, confuso, irresponsável e fraco, concordo plenamente, mas a impressão que eu tenho é que os autores ás vezes tentam forçar uma barra para que os telespectadores odeiem o Albertinho, e torçam pelo Zé Maria, nada contra o Zé, (e respeito a opinião de quem torce por ele) mas também concordo com a Rita pois, na minha opinião acho que a Isabel com o Albertinho é bem mais interessante, mais empolgante, o Zé pra mim, tá mais pra uma espécie de herói, de um cara que pode mudar algo muito mais importante na época dele (como exemplo a revolta da vacina) do que de par romântico da Isabel, não que ele tenha que ficar sozinho, mas desde Insensato Coração par romântico entre os personagens destes 2 atores excepcionais, não empolga (tanto que o outro casal protagonista Eriberto Leão e Paola Oliveira,chamaram muito mais a atenção do público), faze o quê, acontece, o mesmo se deu com Murilo Benício e Débora Secco em América, tanto que a personagem dela acabou ficando com o personagem do Caco Ciocler, que era o romance que empolgava o público, a novela é um primor, mas conheço muitas pessoas que deixaram de assistir porque queriam que a Isabel ficasse com o Albertinho, souberam que ela vai ficar com o Zé Maria e não entenderam porque os autores colocaram um vínculo tão forte entre ela e o Albertinho se não vai ter mais envolvimento nenhum entre dois, a novela tem apenas 1 mês e 22 dias de exibição, espero sinceramente que os autores escutem mais os telespectadores, levem em conta nosso ponto de vista, porque é uma judiação ver uma novela tão bem feita como essa declinar na audiência, por passar uma impressão equivocada de acontecimentos para o público.

  • Soní diz: 31 de outubro de 2012

    Kicka, concordo contigo em parte. Acontece que a Isabel sempre amou o Zé e nunca amou Albertinho. Ela sempre quis o Zé. Albertinho foi “um acidente de percurso”. Nao significou nada para ela e ainda a decepcionou demais. Vamos aguardar e ver como o autores (s) vao desenrolar essa novela que tem muito por acontecer e quem sabe até futuramente possamos concordar com o final que eles reservarem para esses tres.

  • Soní diz: 31 de outubro de 2012

    Quanto a cor do filho da Isabel, só lembrem que o filho do Neymar , que é mulato, embora ele negue e a mae branca, nasceu bem clarinho.

  • Rita Porto Alegre diz: 31 de outubro de 2012

    Kicka de São Paulo.

    Vamos ver como os autores vão resolver a respeito da descoberta da vida do filho da Isabel. Se era ele que separava a relação dela com o Zé Maria, vamos ver…se bem que podemos ter uma previsão bem básica. O Zé Maria passando por cima do orgulho e assumindo a Isabel com a cria. Quanto ao Alberto, será morto, ou não reconhecerá o próprio filho e continuará sendo um inconsequente para o resto da vida. Certissimo o que tu fala, “estão fazendo com que odiemos o janota”. Com toda certeza sim. O que é odioso.
    Por mais que o descacterizem, não consigo deixar de estimá-lo. Quando ele se encontra com a Isabel, como no capítulo de ontem 30/10, tenho vontade que esses encontros sejam mais prolongados e calorosos como no início.

    Apaixonada,

    Também tenho saudades da época da A vida da gente. Criamos um laço sim. Lembro das noveleiras que travavam uma “briga” calourosa, na torcida pelos casais de protagonistas, com seus comentáriso. Como não lembrar da Yone? Já chegamos a nos estranhar algumas vezes…kkkkkk
    Uma pena, a maioria não estejam aqui, através dos comentários. Ou quem sabe estão, mas não querem se manisfestar.
    A Lícia Manzo demonstrou ser uma ótima escritora. Já na estréia, foi muito feliz e inteligente. Os autores de Lado a Lado, poderiam aprender o pouco com ela.

  • LUCIANA diz: 6 de novembro de 2012

    A VERDADE GENTE É QUE O AUTOR ESTÁ DANDO UM TIRO NO PÉ MECHENDO ONDE O PÚBLICO ESTÁ AMANDO QUE É O CASAL ALBERTINHO E ISABEL.A NOVELA TÁ CHATA DEMAIS E TENHO ESPERANÇA QUE ISABEL DESENVOLVERÁ
    UM GRANDE AMOR POR ALBERTINHO QUE VAI MUDÁ-LO MESMO COM TODOS OS ERROS QUE ELE TEM.

  • m_sinistra diz: 8 de novembro de 2012

    Seis anos depois, Isabel retorna ao Rio de Janeiro rica e famosa.
    Como Isabel agora é uma artista de sucesso, nesta nova fase ela irá contar com dois figurinos: um para seu dia a dia e outro para suas apresentações. Eu só quero ver A cara da Berenice vai morrer de inveja

  • m_sinistra diz: 8 de novembro de 2012

    Quem e o pai do carlos Guerra?

Envie seu Comentário