Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Lado a Lado: Zé Maria não aceita que Isabel volte a dançar

08 de dezembro de 2012 18

Vai durar pouco a lua-de-mel de Isabel (Camila Pitanga) e Zé Maria (Lázaro Ramos). Tudo vai às mil maravilhas, até que a moça resolva voltar a trabalhar…

A crise entre o casal começa quando Isabel fala sobre casamento. Ela planeja uma grande festa, mas alega que não pode se casar antes de conseguir um bom emprego. Claro que ele jamais aceitaria ser sustentado por uma mulher, não é mesmo?

A situação só piora quando Isabel anuncia que voltará aos palcos. Ela planeja um espetáculo de dança no Teatro Alheira, mas Zé Maria não gosta nem um pouco da novidade. O rapaz diz que não quer ver a amada se exibindo para os outros homens. Quanto machismo!

Aposto que essa notícia deixou os fãs de Albertinho (Rafael Cardoso) cheios de esperança. Não é mesmo, Apaixonada, Carol, Mariana, Dani…?

As informações são da revista Minha Novela.

>>> O Noveleiros também tem um espaço no Facebook. Clique aqui, curta, compartilhe e comente.

Bookmark and Share

Comentários (18)

  • Apaixonada diz: 8 de dezembro de 2012

    Não Michelle como eu já expliquei no post abaixo, não estou com esperança nenhuma. Estou de verdade torcendo para que a Gilda seja uma grande personagem e nos encante e que o Albertinho tenha nela uma motivação para mudar e que mude. Torcendo para os dois roubarem a cena na novela. Ainda bem que de acordo com os resumos, aquela cena divertida do Albertinho se declarando para Isabel é a última ele já vai conhecer a Gilda. Vamos virar o disco dessa vez kkk

    E sinceramente não me empolga nem um pouco essas discussões dos dois, pelo jeito o Zé Maria vai ofender a Isabel de novo porque no resumo ela vai expulsá-lo de novo de casa. Como eu tinha tido alguns post atrás previsível como sempre!

    Bom final de semana galera do bem!!!!

  • Claudia diz: 8 de dezembro de 2012

    Michele,

    Eu queria uma “briga” pelo coração da Isabel onde os dois tivessem chances. Vou te confessar que com as últimas cenas, apesar da falta de progresso do Albertinho, estou pendendo para o lado dele. Não gostei da Isabel com o Zé Maria. Eu queria muito que os dois tivessem um romance de verdade, sem o seu Afonso importunando como era no início, mas não adiantou. Ao meu ver, o casal realmente não tem química, não convence.

    Gostei da cena dos dois no parque, mas na casa quando conversavam, achei que faltou intimidade para um casal que era noivo. Além disso, não to gostando do porte da Isabel, ela está se movimentando exatamente como a Constância. Poderia enriquecer sem ficar metida, e é essa a impressão que ela está me passando. Preferia ela antes. Ela poderia ficar mais requintada sem ter essa postura de madame.

    Então, espero que essa novela tenha um movimento porque tá bem chatinho mesmo. Quanto ao Zé Maria, volto a repetir que ele teria que mudar de personalidade para aceitar uma mulher dançarina (na época comparada à prostituta), rica e com um passado duvidoso. Fora isso, já cansou também a Isabel se arrastando atrás do pai dela.

    Acho que com a personalidade da Esther, se o autor desse uma chance ao casal Albertinho/Esther, talvez desse certo. Nem sempre o casal principal agrada, mas pode ficar junto e as histórias laterais terem mais interesse. Quem sabe assim todo mundo não ficaria feliz? O autor faz o que ele quer e não perde a audiência.

  • Cris diz: 9 de dezembro de 2012

    Já que o autor não quis fazer o triângulo que o público tanto pediu, só restou fazer o Zé Maria brigar com ele mesmo para não encerrar a novela. Agora vem um blá, blá, blá até ele finalmente aceitar o passado e o presente da Isabel.
    Vamos combinar que o autor tá forçando a barra porque é muita coisa para um homem conservador e moralista aceitar. Saber que ela dançou no exterior já é muita coisa, pensem só ver ela se exibindo para os conhecidos dele. Um homem como o Zé Maria continuaria apaixonado pela Isabel, mas encontraria uma moça certinha para se casar, seria o provedor da casa e enalteceria por aí as virtudes de sua esposa.

  • Anjo Colorado – Zé diz: 9 de dezembro de 2012

    Como Zemarista fico meio chateado com essa atitude do herói negro, mas creio na força do amor para vencer este preconceito. Eu creio no amadurecimento do Zé Maria. É bonito ver o amor vencendo obstáculos.

    As barreiras mais difíceis de serem vencidas são aquelas que estão dentro de nós. Acredito que essa novela está mostrando isto muito bem.

    Achar alguém que se encaixe qualquer um pode fazer, mas aceitar a pessoa amada do jeito que é somente os fortes podem fazer.

    Um grande amor é para poucos.

    E eu sou um deles!

    UHU!

    Hinvegem!!!!

  • ZUZU diz: 9 de dezembro de 2012

    Esse Zé Maria é moralista,inseguro,extremamente preconceituoso,é o tipo “politicamente correto” em exagero.Chega a ser TOSCO! Portanto, por favor sr. autor da novela, ele não tem nada a ver com a doce, educada, meiga, sonhadora,guerreira,lutadora e evoluída Isabel.

  • m_sinistra diz: 9 de dezembro de 2012

    Querida Cris
    Quando as coisas que a catarina faz virão a tona?
    Já está mais que na hora das maldades da catarina vim atona.

    Zé Maria repreende Elias e exige que o menino peça desculpas a Isabel. Teresa, Eulália e Praxedes marcam o batizado do bebê. Edgar se infiltra como oficial da Marinha. Jurema incentiva Isabel a se apresentar com seu espetáculo no teatro Alheira e divulgar a cultura dos negros na Brasil. Edgar fica horrorizado com a violência que presencia na Marinha. Laura consegue um novo emprego. Guerra se declara para Celinha, e os dois se beijam. Constância admira Elias. Isabel anuncia a Mario que se apresentará no teatro. Zenaide permite que Elias aprenda capoeira com Zé Maria. Celinha ajuda Alice a se encontrar com Jonas. Zé Maria ouve Isabel dizer que voltará a dançar.

  • Anjo Colorado – Zé diz: 10 de dezembro de 2012

    Eu não entendo os Albertinistas. Segundos alguns os defeitos de Albertinho o humanizam, mas os de Zé Maria os demonizam.

    Isto quando o Zé Maria é acusado de ter defeitos.

    Ora, pensei que o amor amadurecendo um personagem fosse algo bonito. É evidente que isto acabará sendo superado em algum momento.

    Por que o amadurecimento só é válido pro Albertinho? Ah, é!

    Química.

  • Claudia diz: 10 de dezembro de 2012

    Anjo Colorado,

    Ser conservador e moralista não é um defeito do Zé Maria. Eu não consigo ver assim. É simplesmente o pensamento dominante e considerado correto na época. Naquela época querer uma mulher pura, que ficasse em casa cuidando dos filhos significava seguir a lei de Deus e também a dos homens (homens leia-se homens e mulheres). Tanto que Laura e Isabel são massacradas pelas mulheres, as que vão na igreja e são os pilares da sociedade.

    O preconceito dele, é, hoje, um defeito, mas na época não. Ele continua perfeito e tendo que brigar com sua moral para aceitar a Isabel, essa sim, CHEIA de defeitos para a época. Então, Zé Maria é um herói sem defeitos que está tendo que abrir mão de sua moral e suas crenças para aceitar a Isabel.

    Sim, ele e Isabel não tem química, isso não vai mudar. O buraco entre eles ficou ainda maior depois que ela voltou com essa pose de baronesa. Não falo do dinheiro, mas da pose. Laura se porte de forma muito mais humilde e natural que Isabel e Laura sempre foi rica. Anjo, numa novela o casal precisa combinar e eu, que torcia para o casal ficar livre do seu Afonso para ver seu romance com o Zé agradar, me decepcionei. Mas a culpa não é do Albertinho, é dos dois juntos, que não nos fazem viajar na história.

  • Kicka- São Paulo diz: 10 de dezembro de 2012

    Boa tarde queridos!
    A realidade é que não tem mais história para Isabel e Zé Maria (como casal), por isso o autor vai ficar nesta nessa enrolação, com os preconceitos e machismo dele unindo e separando os dois até a novela acabar.
    Ultimamente estou assistindo a novela pelo site, pra ver só as cenas que acho interessantes, eu até tentei, me esforcei mesmo, mas Isabel e Zé Maria, é chato demais, pra mim não rola de jeito nenhum.
    Bjos no coração de todos vocês, meus queridos
    Boa tarde!

  • Dani diz: 10 de dezembro de 2012

    Oi, gente!

    Como prometido, parei de assistir a novela! Mas, ainda passei aqui para ver toda essa discussão.

    Como a Apaixonada também não me empolguei nada com essa briguinha do Zé Maria. Já me adiantei nos resumos e os dois farão as pazes. É como a Apaixonada falou, vai ficar nesse chove e não molha a novela toda. De fato tá tudo muito previsível.

    Anjo Colorado,

    Quanta “resistência” à química que existe ente Albertinho e Isabel. Inflizmente, Zé Maria e Isabel não transmite nenhuma emoção! Zero pro casal.

    Abraços!!!!!

  • Cris diz: 10 de dezembro de 2012

    m_sinistra,
    Acho a Catarina uma vilã de araque, cheia de caras e bocas. A atriz faz o melhor que pode, mas as cenas são fracas, na minha opinião. Muita armação meia boca, forçada.
    Edgar é tão apegado à filha e nunca percebeu que tinha uma coisa errada ali? Não falo em descobrir porque a menina não contaria as maldades da mãe, mas algum comentário, alguma desconfiança, nada. Acho tudo muito estranho, muito fácil para a vilã, como se o Edgar não fosse um homem inteligente. Pelo jeito ele vai descobrir na última semana porque até agora ele se sente em dívida com a Catarina por ela cuidar tão bem da filha. E o Fernando entra e sai da casa e a criança não comenta, não vê? Parece até que a Catarina mora sozinha. E a empregada?

  • Apaixonada diz: 11 de dezembro de 2012

    Dani, como eu já previa eu não consigo deixar de assistir. Estou fazendo cursinho à noite e depois que chego cuido dos filhotes e do maridinho, venho para net assistir a novela kkk
    Claro que aí assisto só o que me interessa.

    Claudia falou tudo, ficou fantástica sua colocação. Também não vejo como defeito e claro Anjo Colorado que eu torço para ele superar e claro que já sabemos que ele vai conseguir ou então a outra opção seria a Isabel deixar tudo que ela conquistou por ele, e isso não é justo e nem real.

    M_Sinistra você é muito divertida. Não não está na hora de descobrirem nada da Catarina, ainda estamos no meio da novela. Mas a Laura enfrentá-la isso eu quero ver mais vezes. kk

    FUI!!!

  • JENNY L♥VE diz: 11 de dezembro de 2012

    ZÉ MARIA E O PAI DA ISABEL SÃO BEM HIPOCRITAS NÉ?
    NA HORA DE LUTAR CONTRA A DISCRIMINAÇÃO CONTRA OS NEGROS TUDO BEM, COITADINHOS E BLA BLA BLA, QUEREMOS IGUALDADE!
    TÁ, MAS PERAI…E A IGUALDADE ENTRE HOMENS E MULHERES FICA ONDE??????
    SÃO PRECONCEITUOSOS E DISCRIMINADORES COMO OS BRANCOS DAQUELA ÉPOCA….

  • Anjo Colorado – Zé diz: 11 de dezembro de 2012

    Claudia e Apaixonada. Para vcs e alguns Albertnistas o Zé Maria não tem defeitos, mas para outros, sim.

    Eu prefiro que eles os tenha porque uma das mais graves acusações é ele ser perfeito. A perfeição acaba sendo vista que torna um personagem não humano, portanto, fafado ao desprezo.

    Basta ver que uma das principais defesas do Albertinho é “que ele tem defeitos e por isso é mais humano que Zé Maria”.

    E mais: hoje em dia o termo “herói” virou um pejorativo usado mais para denegrir um personagem. Eu tenho percebido. Eu não acompanho SALVE JORGE, mas sei que oo tal de Théo vem sendo “acusado” de heroísmo.

    Acho que até vou parar de me referir ao capoeira como “o herói negro” pra não atrair ainda mais antipatia contra o coitado, pois já vi comentários pedindo que ele morra numa revolta.

    Olha só por exemplo o que este comentário:- ZUZU diz:9 de dezembro de 2012

    Esse Zé Maria é moralista,inseguro,extremamente preconceituoso,é o tipo “politicamente correto” – .

    Politicamente correto. Ser politicamente correto é um acusação. Geralmente os heróis são politicamente corretos. Nunca, por exemplo, o Albertinho será um dia acusado disto. Este é justamente um dos poucos defeitos que o janota mais amado do Brasil não tem.

    E pra mim, como um Zemarista, é duro admitir: Zé Maria é mesmo politicamente correto, o sujeito é de fato um heroí e o pior de tudo: honesto e trabalhador.

    Neste ponto de vista quem merece mesmo a Isabel é o sujeito que a fez de idiota. Quem merece mesmo é o sujeito sempre foi um covarde, preguiçoso, mimado e mulherengo. Nesta visão de ver as coisas Albertinho é verdadeiramente o mais digno por sua falta completa de qualidades.

    Mas eu gostaria mesmo de saber se Albertinho estivesse com Isabel ele apoiaria Isabel apresentar sua dança sabendo que todos os seus amigos estariam no teatro para vê-la. Queria saber o quão liberal ele seria.

    Mas acho que bastaria que empresária teatral dar um presentinho que a “fera” seria amansada.

  • Carlos diz: 11 de dezembro de 2012

    Esse nome “Zemarista” é mui to feio. A Isabel ama o zé Maria e deve ficar com ele e estou torcendo para isso agora c oncordo que a vida da Catarina é muito facil falta-lhe mais problemas e uma maldades melhores ou melhor piores a novela ficaria bem mais interessante. Concordo quando falam que a Isabel veio meio Constancia mais continuo gostando dela

  • Dada83 diz: 11 de dezembro de 2012

    Apaixonada, concordo com vc literalmente. O Ze Maria não tem defeito nennhum, ele é perfeito, para a época. E por isso acho que não combina com a Isabel, ela é liberal demais para ele. Ele não vai mudar porque acredita que ta certo e realmente esta. A Isabel se perdeu e acabou escolhendo outro caminho e não se importa com a opinião dos outros. O Ze Maria se importa. Como eles vão viver bem e felizes desse jeito??…..acho dificil
    Eu tambem parei de ver a novela…..uma pena porque é muito dificil eu gostar de uma, e eu gosto muito do conteudo historico que o autor inseriu na trama, mas ela ta chata demais e com acontecimentos meio incoerentes e historias mal contadas, por isso agora terei que encontrar outro entretenimento como passatempo…..so vou acompanhar pelo resumo……e se alguma acontecer eu vou assistir pela internet

  • Sra. Karina Assunção diz: 11 de dezembro de 2012

    Eu também como as outras, não fiquei com esperança nenhuma. Acho que tudo está como tem que estar, tudo está como deve estar.

    Espero mesmo que o autor não tente remontar mais o “passado”. Fazer o Albertinho continuar atrás da Isabel. Melhor virar o disco de uma vez. Não adianta forçar a barra, forçar amizade. Não existe um relacionamento e nem mesmo a Isabel gosta dele. Ponto final.

    E disse em outro post, agora tudo que vier é por conta do próprio casal, Isabel/Zé Maria. Mesmo porque o Albertinho não é e nunca foi adversário do Zé Maria.

    O Zé Maria é honesto e trabalhador. Merece ficar com a Isabel, e vice-versa. Apesar de achar que há uma personagem que “morreu” nessa história, e esta é a Isabel. Tudo bem que todo mundo acaba mudando, ela passou por muita mágoa e adversidade. Porém não encontro mais aquele “encanto” nela, nem nada daquilo do início da novela. E foi esse começo, até mesmo com o pseudo-relacionamento dela com o Albertinho, que tanto encantou.

    Foi aí, por curto espaço de tempo, que tantos torceram pelo casal Isabel/Albertinho. Acho que em parte é culpa dos atores. Eles foram excelentes (Rafael Cardoso e Camila Pitanga). Houve sim nas cenas uma coisa forte, principalmente da parte do Albertinho, mesmo que todo mundo sabia que não passava de engodo.

    Depois só houve o sofrimento da Isabel e a falta de mudança do Albertinho, então tudo isso que ocorreu em pouco espaço de tempo, se perdeu. Ficou naquilo mesmo.

    E voltando ao assunto do post, o Zé Maria vai superando. E vai aceitando as coisas. Afinal, quem ama, procura compreender e aceitar.

  • Marcos diz: 3 de janeiro de 2013

    essa autora estragou a novela pra mim os melhores pares são: Albertinho e Isabel, Laura e edgar ela viaja muito!!!! novela anti-patica!!!! e ja vai acabar muito melhor!!!!

Envie seu Comentário