Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 29 dezembro 2012

Casa de Constância reflete a tradição e elegância, com inspiração francesa

29 de dezembro de 2012 1


Constância
(Patrícia Pillar) e Assunção (Werner Schüneman), de Lado a Lado, já tiveram título de nobreza e muito mais riqueza, mas perderam o prestígio com a chegada da República. Não foi fácil recuperar o status, mas como elegância vem de berço, eles mantiveram as aparências com maestria.


O cenógrafo Fábio Rangel, que projetou a casa, conta que se inspirou em fotos de prédios de embaixadas na França.

“A construção da casa segue o estilo neoclássico. Esse estilo é o mesmo dos grandes castelos da nobreza francesa, e por isso muito usado pelas famílias cariocas ricas que possuíram títulos de nobreza herdados ou comprados na época do período do café. Esse estilo estava associado ao status de nobreza e riqueza e por isso foi escolhido para compor o cenário da personagem. O mobiliário é baseado no estilo Luís XV, que foi e ainda é muito usado em palácios. Foi um dos estilos estéticos franceses de maior impacto no período de regência francesa e muito difundido pelo mundo.”

Bookmark and Share

Prêmio Noveleiros 2012: Qual foi o corno do ano?

29 de dezembro de 2012 4


O ano foi repleto de traições na telinha! Desde os personagens mais ingênuos até os que se achavam muito espertos, quase ninguém escapou de levar um par de chifres. Mas o troféu “chapéu de touro” do ano vai para…

CORONEL JESUÍNO

Ele tratava a mulher com violência e fazia dela o que bem entendia. Dona Sinhazinha deveria estar sempre à disposição do marido, para quando ele quisesse “lhe usar”. Quando conheceu o jovem dentista Osmundo, ela se entregou a uma forte paixão e enfeitou a cabeça do Coronel com um belo par de chifres.


NACIB

Nacib era louco por sua amada Gabriela, mas errou ao tentar fazer dela uma dama da sociedade. Infeliz no casamento, a morena se entregou a Tonico e foi pega no flagra pelo marido. Mas como o casamento não valia pelas leis de Deus nem dos homens, Nacib ficou feliz da vida ao dizer a todos: “se Gabriela não é casada mais eu, sou corno não!”


TUFÃO


Ingênuo e bom moço, Tufão sempre esperava o melhor das pessoas. Talvez por isso ele tenha caído como um patinho na lábia de Carminha. Durante anos, o ex-jogador foi traído pela esposa dentro de sua própria casa e ainda criou os filhos que a vilã teve com o amante Max.


ADAUTO

Outro bobão ingênuo de Avenida Brasil era Adauto, que mais parecia uma criança grande. Apaixonado por Muricy, ele custou a descobrir que a namorada continuava se encontrando com Leleco às escondidas. Mesmo depois de vários flagras, ele sempre acreditava nas desculpas da amada…

Qual foi o corno do ano?

>>> O Noveleiros também tem um espaço no Facebook. Clique aqui, curta, compartilhe e comente.

Bookmark and Share