Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Lado a Lado: Zé Maria ganhará muito dinheiro como administrador do jornal

12 de janeiro de 2013 22

A mudança do status financeiro do personagem Zé Maria (Lázaro Ramos) vai ocorrer nos próximos capítulos de Lado a Lado. Depois de muita dificuldade para conseguir um emprego, ele finalmente terá sucesso profissional no jornal.

Como administrator, o capoeirista vai se sair muito bem, conseguindo colocar as finanças da empresa em dia.

Segundo a colunista Patrícia Kogut, vai tirar o jornal do vermelho com a venda de vários anúncios. Como Guerra (Emílio de Mello) havia prometido uma comissão, ele começara a ganhar muito dinheiro.

Com essa novação situação financeira e posição, o ex-marinheiro ficará cada vez mais confiante para estar ao lado de Isabel (Camila Pitanga).

Bookmark and Share

Comentários (22)

  • Anjo Colorado – Zé diz: 12 de janeiro de 2013

    Muito tri. Como boa pessoa e herói ele merece mesmo um final feliz.

  • m_sinistra diz: 12 de janeiro de 2013

    Eu só quero saber como os autores da novela vão conseguir reunir esse casais porque até agora eu só vejo as separação dos casais na novela E os vilões da novela se dando bem.
    Vocês podem me responder?

  • Kicka-São Paulo diz: 12 de janeiro de 2013

    Boa tarde queridos!

    Imagina se o Zé Maria não ia ficar rico, kkkk
    Ooooohhh My!
    Tão clichê que chega a ser engraçado, rsss.
    Sempre me lembro de uma frase que a Claudia postou uma vez, e que cai como uma luva nesta novela!
    Criatividade mandou um abraço!
    Já que o casal vai ficar junto de qualquer maneira, muito mais bonito seria se o Zé conseguisse sim um emprego e que melhorasse de vida, mas não a ponto de ficar rico, acredito que a idéia de “superação” de diferenças em nome do amor que os autores querem passar teria mais consistência se fosse desta forma.
    O que é mais difícil do Zé Maria superar é justamente esta diferença de situação financeira que existe entre eles, com o Zé ficando rico, ele não vai ter que superar esta diferença porque vai ter o mesmo status financeiro que a Isabel, ou seja, o maior obstáculo a ser superado, simplesmente não vai ser superado, porque não vai existir mais.
    Na minha opinião com este fato a idéia da superação se perdeu.
    Chato ao extremo vezes 2!.
    É forçar a barra demais, não havia necessidade!
    Bjo no coração de todos!
    Bom fds!

  • Rita Porto Alegre diz: 12 de janeiro de 2013

    Essa informação, não surpreende. Lógico que os autores teriam que fazer algo para que o Zé Maria se tornasse financeiramente a altura da Isabel, podendo assim assumí-la, sem poréns e porquês. Bah, quanta chatisse!!!

  • m_sinistra diz: 12 de janeiro de 2013

    Eu só quero ver quando tudo que a constãncia fez vier a tona porque isso sobre o filho da Isabel e só a ponta do aisibeque

  • Marta diz: 12 de janeiro de 2013

    O final feliz dele seria que ele poderia encontrar outra pessoal pra ser feliz,e não ficaria o tempo todo falando que só poderia casar com a Isabel só se ele tivesse um emprego.Isso já ficou chato,ele sinceramente não convenceu,a Isabel e o Zé Maria não tem química o bastante.
    O melhor era o autor mudar o final,o Albertinho e a Isabel juntos e o Zé Maria iria encontrar alguém pra ser feliz.
    Beijos!!!

  • anjo Colorado – Zé diz: 12 de janeiro de 2013

    Marta… Esse final, a esta altura dos acontecimentos, não teria sentido algum. Por que, diabos, isso ocorreria? A Isabel iria repentinamente perceber que Albertinho era o grande amor de sua vida? Depois de todo esse tempo desprezando o janota e correndo atrás do Zé Maria?

    E quem seria esse alguém para o capoeira ficar? No começo da trama, tudo bem, mas agora? Simplesmente não existe esta mulher. Teria que ser criada agora.

    Rita… Era a lógica, né? A gente já esperava por essa. Não sabíamos exatamente como isso ocorreria.

    Kicka… Concordo em dizer que esta novela não foi em nada surpreendente ou inovadora. Ela se tornou muito previsível.

    M_Sinistra… É fácil solucionar o problema entre os casais.

    Laura vai começar a ganhar o dinheiro dela, a se sustentar com seu trabalho e voltará para Edgar. Lembre-se que ela não tem uma concorrente. O que mantém este casal separado é o orgulho da filha de Constância. Ela é uma versão branca e feminina do Zé Maria. Ambos se valem do mesmo motivo para não ficar com aqueles que amam: Não querem ser sustentado.

    O outro casal é justamente Isabel e Zé Maria. Ele está ganhando bem agora administrando o setor financeiro do jornal do Guerra. O empecilho está sendo derrubado.

    Em algum momento todos saberão que Sandra é a mãe de seu “irmão”, não é mesmo? Ora, aposto que Teodoro iria aceitá-la mesmo asssim.

    Guerra e Celinha acabarão ficando juntos porque em algum momento o Guerra sentirá saudades e Celinha o perdoará.

    Albertinho ficará com Gilda. Aí não sei dizer como. Talvez o amor fale mais alto e desta vez ele crie jeito.

  • m_sinistra diz: 12 de janeiro de 2013

    Querida Marta
    O albetinho já deixou a Isabel faz muito tempo já
    O albetinho tem prazer de conquistar e depois deziste desta conquista
    e ele já está interesado em outra na Gilda que parece que vai ganha ele

  • carol diz: 13 de janeiro de 2013

    desde o começo todos nós sabiamos que zé maria e isabel iam terminar juntos, tava na cara até podia estar escrito na testa!!!!!!!!!

  • m_sinistra diz: 13 de janeiro de 2013

    Depois de ser denunciada por Constância (Patrícia Pillar) e ir para cadeia, Isabel (Camila Pitanga) conseguirá se livrar da prisão em “Lado a lado”. Nos próximos capítulos da trama de João Ximenes Braga e Claudia Lage, Edgar (Thiago Fragoso) vai conseguir devolver a liberdade à dançarina.

    O advogado entrará com o pedido de habeas corpus e Praxedes (Guilherme Piva) soltará Isabel. No entanto, todas as investigações contra ela e a baronesa por calúnia segurião. O delegado irá encaminhar todos os processos ao juiz, que decidirá o rumo da ação.
    Já imaginou ser a Isabel ganha essa parada?

  • m_sinistra diz: 13 de janeiro de 2013

    ado a Lado, trama que substituirá a espírita Amor Eterno Amor, na faixa das 18h na TV Globo, trará para as telinhas o Brasil do século XX, em que o preconceito contra os negros e a submissão feminina imperavam no País. A história central gira em torno de dois casais: Zé Maria (Lázaro Ramos) e Isabel (Camila Pitanga) e Laura (Marjorie Estiano) e Edgar (Thiago Fragoso). O primeiro mostra como os negros sofreram para se inserir na sociedade nos primeiros anos após a abolição da escravatura e o surgimento do samba. Já o segundo casal se conhece apenas no dia do casamento e estabelece um laço de amizade.

    De classes sociais distintas, Laura e Isabel se conhecerão no dia de seus casamentos e, desde então, nascerá uma amizade forte e especial entre elas. Após esse encontro, impulsionadas pela luta pelos direitos das mulheres e a busca de sonhos, as histórias de vida das duas mudará e elas terão que enfrentar diversos desafios, que testarão a coragem e a força das duas mulheres à frente de seu tempo.

  • m_sinistra diz: 13 de janeiro de 2013

    Oi anjo Colorado
    Vc esqueceu o casal Jornas e alice

  • Anjo Colorado – Zé diz: 13 de janeiro de 2013

    M_Sinistra… Acho que será necessário Alice cair em si e perceber que Jonas é o homem de sua vida. Em termos prático Alice pode se casar com quem quiser. Os pais encaminharem o casamento dos filhos era um costume, não uma lei.

    Ela fica com Jonas se quiser.

    Na prática a mãe de Alice não pode mais sujeitar sua filha, uma maior de idade, a fazer o que não quer.

  • m_sinistra diz: 14 de janeiro de 2013

    Oi Anjo Colorado
    Nem naquela epoca podia se obrigado a casa

  • m_sinistra diz: 14 de janeiro de 2013

    Querida Kicka…
    Para fala a verdade eu acho uma bobagem muito grande o Guerra terminar com a Celina só por causa da Bonstancia querer da palpite no jornal dele Ele vai casa com ela e não com a familia dela.
    E também eu lir quem iria implicar com esse romance era a carlota que esse romance seria a ponte para o romance do Jonas e da Alice Agora vem falando outra coisa.

  • Anjo Colorado – Zé diz: 14 de janeiro de 2013

    Sim, M_Sinistra. Nem naquela época se podia obrigar a casar. Creio que o destino de Jonas está nas mãos de Alice.

    Como disse antes: Na prática a mãe de Alice não pode mais sujeitar sua filha, uma maior de idade, a fazer o que não quer.

    Ela deve optar por Jonas ou não.

    Creio que irá preferi-lo.

  • Apaixonada diz: 14 de janeiro de 2013

    Anjo Colorado,

    Era mais que um costume os pais encaminharem os filhos para o casamento ou aceitar ou não uma relação. A forma como eram criadas, as meninas morriam de medo de serem renegadas pela família. Se nem Laura com toda sua ousadia conseguiu se desfazer do casamento com o Edgar, imagina a Alice que sempre viveu sob a autoridade da mãe.

    Namorar escondido para a Alice já foi uma revolução, casar-se seria demais,

    Abraço!!!

  • Martha Santos diz: 14 de janeiro de 2013

    Anjo Colorado, Não sei porque o Albertinho ficar com a Gilda! Afinal de contas já que os autores não fizeram questão de transforma-lo em um homem de caráter, honesto e disposto a enfrentar Constância e se libertar de vez dessa cobra falsa , o certo seria casar com a Esther e continuar sendo o mesmo menino mimado e fútil de sempre nas farras e bebedeiras. deixando Constância e Esther de cabelo em pé. Seria mas original do que esse amor repentino por Gilda. Pois ate pouco tempo o mesmo declarou-se amar loucamente Isabel. Por isso parei de ver essa novela!!!! abraços p todos.

  • Claudia diz: 14 de janeiro de 2013

    Que pena, para uma novela que trataria de preconceito, acabou sendo muito preconceituosa.
    Quer dizer que o Zé Maria só pode ficar com a Isabel se for rico porque quem tem que bancar a casa é o homem? Preconceito racial não pode, mas financeiro sim? Ah, lamentável e RIDÍCULO! Os dois do morro ficaram ricos, sim, claro… Vou ali assistir Cinderela e já volto.

  • Kicka-São Paulo diz: 15 de janeiro de 2013

    Boa tarde queridos!

    M_sinistra, minha flor!

    A Constância e a Carlota passaram a vida inteira humilhando a pobre da Celinha, não me surpreende o fato delas terem interesse em atrapalhar o romance dela com o Guerra, primeiro acredito que seja por causa da parte da herança que cabe a Celinha, pois como a Célia mesmo disse uma vez para a Carlota, ela só mora com a irmã, porque a Carlota tem interesse na parte dela na herança da família. E segundo porque elas são más mesmo.
    Mas o Guerra além de não gostar das irmãs da Célia, também tem muito medo de assumir um compromisso, então acredito que isto seja mais um agravante para atrasar o relacionamento dos dois, mas com certeza eles ficarão juntos.
    Acho que a ajuda deles em relação ao romance do Jonas e da Alice é crucial, porém a Alice começou a se preocupar demais com a estabilidade financeira dela, e isto o Jonas não pode proporcinar a ela, então deduzo que esta indecisão da própria Alice entre escolher o amor ou a estabilidade financeira é que vai complicar um pouco mais a união dela com o Jonas.
    Bjo no seu coração minha querida
    Bjo no coração de todos!

  • Cris diz: 15 de janeiro de 2013

    Martha Santos, também acho que o certo seria o Albertinho se casar com a Esther e continuar galinhando por aí. Afinal, ele até pouco tempo era louco pela Isabel, mas não insistiu muito, agora é louco pela Gilda.
    Se mantiverem a linha do personagem ele terá algo com a Gilda e a abandonará. Se nem se comoverá com o filho e continuará ao lado da mãe sabendo o que ela fez, não há motivo para subitamente arriscar tudo pela Gilda que mais tá parecendo uma brincadeira para ele.
    Agora Zé Maria era o gênio da marinha. Fazia compra, tratava com dólares, euro. Só um pouco, ele não ficava trancado no porão e não levava chibatadas? Os homens brancos lá com altas patentes deixariam um negro tratar com tanto dinheiro e com os contratos da marinha? Não tá fechando. Ou ele apanhava ou era executivo, as duas coisas é ruim de acreditar.

  • Apaixonada diz: 15 de janeiro de 2013

    CRIS E MARTA

    Estou pensando como vocês… depois do que fizerem com o personagem do Albertinho, e desse romance dele com a Gilda não ter empolgado o melhor mesmo é ele se casar com a Esther e continuar com a vida boêmia, afinal era o que a maioria dos homens faziam na época. Quanto a reação dele com o Elias, fui eu que conclui gente pelo que li nos resumos e pela cena desnecessária dele humilhando o Elias, mas no fundo estou torcendo para ele se emocionar e querer o filho. Afinal mal ele não é ou não era.

    Quanto à ascensão social do Zé Maria , não que ele não mereça, mas é bem conto de fadas mesmo. Prefiro nem comentar.

Envie seu Comentário