Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Lado a Lado: Rogéria será mãe de Diva e desvendará os mistérios da filha

27 de janeiro de 2013 7

Rogéria vai voltar às novelas. Dessa vez, no papel de Alzira, mãe de Diva (Maria Padilha) em Lado a Lado. A personagem deve trazer mais animação e confusões ao Teatro Alheira e ainda desvendará os mistérios da filha, entre eles, que ela é a mãe de Luciano (André Arteche).

A atriz já autou em Paraíso Tropical, Duas Caras, Malhação, entre outras novelas. Alzira também será muito amiga de Mário (Paulo Betti). Ela ajudará o dono do teatro a acabar com as brigas entre Diva e Neusinha (Maria Clara Gueiros).


Bookmark and Share

Comentários (7)

  • m_sinistra diz: 28 de janeiro de 2013

    S auma olhada no que eu lir
    O Guerra não vai ser enganado pela cobra mor

    Guerra (Emílio de Mello) até pensou em desistir do jantar de noivado, mas decidiu ir em consideração à noiva, Celinha (Isabela Garcia). Ao chegar, a futura cunhada e anfitriã da noite, Constância (Patrícia Pillar), o arrasta para apresentá-lo à família. Guerra nota a quantidade de políticos e gente estranha presente e percebe que pode estar sendo envolvido em uma armadilha.

    Em seguida, o senador Assunção (Werner Schunemann) assume as honras da casa e anuncia o noivado. Guerra se aproxima de Celinha e faz o pedido oficial. “Célia, diante da sua família e dessa plateia tão ‘íntima’, eu peço que você se torne minha noiva”, diz. Celinha aceita imediatamente, se sentindo nas nuvens. Eles trocam as alianças e dão um beijo discreto.

    Constância se aproxima e provoca, dizendo que agora ele é praticamente um membro da família. Farto de tudo aquilo, Guerra responde à altura: “Engano seu, senhora. Eu agora sou noivo da mulher que amo. Mas isso não me faz amigo dos seus amigos nem faz de mim um Assunção. Eu vim para um noivado, não para um conchavo”.

    Os convidados ficam pasmos com a ousadia do jornalista, mas ele não se abala. Guerra puxa Celinha de lado e avisa que vai embora. Ela fica chocada, mas Guerra se dirige para a porta mesmo assim. “Continuem sem mim. E não deixem de provar o patê”, diz com ironia. E agora? Será que vai sair casamento? A cena vai ao ar na terça-feira, 29/01. Não perca!

  • m_sinistra diz: 29 de janeiro de 2013

    Da uma olhada no que eu lir que eu gostei
    A celina dando um chega e um basta nas duas

    Depois que Guerra (Emílio de Mello) percebeu que poderia estar caindo em uma armadilha da família Assunção e foi embora da festa do próprio noivado, as irmãs partem para cima de Celinha (Isabela Garcia) como urubus! Constância (Patrícia Pillar) diz que a escolha dela não poderia ser pior, afinal, o m homem rude, sem polidez alguma! Carlota (Christiana Guinle) faz coro às críticas da ex-baronesa.Elas continuam falando mal do noivo até que Celinha se irrita e decide falar umas verdades para as duas, começando por Constância. “Você positivamente se enganou achando que o Carlos é homem de abandonar seus valores para entrar nessa família! Que grande porcaria é essa família! Filha banida, filho que seduz e abandona uma mulher, mãe que rapta e esconde o próprio neto! (…) E você, Carlota, uma viúva amarga e macilenta, que espera que a filha seja tão infeliz quanto você sempre foi e continua sendo! E que só se compraz na cumplicidade com a irmã que você sempre invejou! Que bela família!”, despeja.

    Constância não acredita no que está ouvindo e pergunta se ela está renegando a família. Altiva, Celinha responde que está é orgulhosa da integridade de Carlos Guerra, deixando todo mundo de boca aberta. Será mesmo possível que Celinha esteja se libertando do controle das irmãs? A cena vai ao ar na terça-feira, 29/01. Não perca!

  • m_sinistra diz: 29 de janeiro de 2013

    Da uma lida que eu lir no site da globo

    Zé Maria (Lázaro Ramos) não engoliu a história de a Marinha contratar um japonês para ensinar jiu-jítsu aos marujos brasileiros. A mesma Marinha que expulsou e humilhou muitos capoeiras na Revolta da Chibata. E o orgulho de Zé vai fazê-lo desafiar o tal estrangeiro – isso se Isabel (Camila Pitanga) não conseguir impedí-lo.Assistindo à exibição, estão Edgar (Thiago Fragoso), Guerra (Emílio de Mello), Jonas (George Sauma) e Zé Maria. Na hora que o apresentador pergunta se tem mais algum valentão na plateia, Zé Maria se oferece.

    “Ora, ora, temos um homem de fibra no recinto!”, responde o mestre de cerimônias. Na hora em que Zé está se encaminhando para a luta, Isabel surge desesperada. “Se você me ama, não vai”, pede a dançarina. “Se você me ama, vai entender que eu preciso ir”, responde Zé.
    E agora? Não perca a cena, que vai ao ar na quarta-feira, dia 30/01

  • Anjo Colorado – Zé diz: 29 de janeiro de 2013

    Vai se imteressante a inserção da mãe da Diva. Finalmente todos saberão que Luciano é filho de e não amante da cômica atriz do Alheira.

    Só uma correção ela ajudará a DONA do treatro que é Isabel.

    Rogéria é um travesti, mas é claro que pode fazer papel de mulher. Tem experiência em interpretar. Acredito que se sairá bem. A agitação que trará a trama é bem-vinda.

    Sobre o que a M_Sinistra trouxe aqui sobre o Zé Maria desafia o lutador de Jiu-jítsu… Realmente em 1910 a Marinha trouxe um mestre desta arte marcial para ensiná-la aos seus marujos. Houve verdadeiramente um desafio entre o japonês contra um capoeira… Sendo que o embate foi vencido… PELO BRASILEIRO!

    Sim, em 1910 aconteceu p primeiro desafio entre Jui-jístu e capoeira e o praticante da arte marcial brasileira foi o vencedor.

    Mas eu pensava que em 1910 foi o ano em que a Marinha tentou ensinar Judô. Bem, eu posso estar enganado e sendo informado corretamente pela novela.

  • Claudia diz: 29 de janeiro de 2013

    Espero que essa entrada movimente o teatro. Não aguento mais aquela mesmice com o Luciano. Já era para ter sido mostrada essa história. Muito repetitido.

    m_sinistra, não acredito! Esse cara sou eu foi escrito para o Zé Maria. Até isso vai acontecer? Por isso essa novela ficou chata, o Zé é muiiiito herói, não perde uma. Poderiam dar essa honra para o Chico que também é capoeira e tirar um pouco o foco do Zé Maria. Só dá o Zé nessa novela e isso desgasta o personagem.

  • Anjo Colorado – Zé diz: 30 de janeiro de 2013

    Eu estava mais enganado que pensava. Uma pesquisa minha revelou que o primeiro combate entre um lutador de Jiu-jítsu e um capoeira ocorreu em 1904 com vitória do capoeira contra o japonês.

    Depois houve outro confronto em 1915 também vencido por um capoeira.

    Claudia. Tu não entende muito de heróis. Tirar o foco do Zé Maria para o Chico é como fazer o mesmo com o Batman e Robin. O Caveleiro das Trevas precisa de maior destaque.

  • Claudia diz: 30 de janeiro de 2013

    É, talvez eu tenha passado um pouco da idade… Ver o Batman todo dia me cansa rsrsrs Herói o público escolhe, na minha opinião.

Envie seu Comentário