Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

O pior da semana: Pé na Cova tem humor negro e sem graça

17 de fevereiro de 2013 66

Sempre que Miguel Falabella anuncia uma nova criação, eu digo pra mim mesma: “abre teu coraçãozinho, Michele, veja sem preconceitos, vai que é bom…”

Foi o que aconteceu com Pé na Cova, seriado que estrou dia 24 de janeiro na Globo. Deixei de lado minha má vontade com o autor (e ator, no caso) e comecei a ver o primeiro episódio cheia de esperança.

Faltando dez minutos pro final, desisti. Pé na Cova não tem a menor graça e parece uma versão requentada de Toma Lá Dá Cá (este sim, admito que era bom). Mário Jorge agora atende por Ruço e é dono de uma funerária. Apesar da mudança de cenário, estão lá os mesmos tipos: a filha periguete, o filho metido a esperto (vivido pelo mesmo Daniel Torres), a empregada intrometida… Pé na Cova é mais do mesmo, com a diferença que a Funerária Unidos do Irajá não tem um décimo da graça do Jambalaya.

Sem falar nos nomes estranhos, marca registrada de Falabella. Adenóide, Alessanderson, Soninja, Giussandra… Haja paciência!

Até Marília Pêra, que poderia salvar a série com seu talento, degringolou de vez. A personagem Darlene é caricata e exagerada demais, não convence.

Por sorte, Louco por Elas está de volta e salva a semana com seu humor sutil e sem apelação. Tudo isso sem deixar de ser fofo e cheio de ensinamentos, com direito a cenas cada vez melhores de Gloria Menezes, Du Moscovis e cia.


Como sempre, sintam-se à vontade para discordar da minha opinião. Alguém aí curtiu a estreia de Pé na Cova?

>>> O Noveleiros também tem um espaço no Facebook. Clique aqui, curta, compartilhe e comente.

Bookmark and Share

Comentários (66)

  • Joice diz: 17 de fevereiro de 2013

    Eu gosto de Pé na Cova, como tudo que Miguel Falabella faz, é uma série fora dos padrões, fora do comum…a vida nã é feita só de “humor sutil”…faça-me o favor!

  • José diz: 17 de fevereiro de 2013

    Até que um dia concordei contigo. Pé na Cova é um lixo!!!!

  • claudia collares diz: 17 de fevereiro de 2013

    Humor chulo,prevoncrituoso e baixo.

  • claudia colares diz: 17 de fevereiro de 2013

    Ops preconceituoso.

  • claudia colares diz: 17 de fevereiro de 2013

    Ops preconceituoso

  • joao sorrisão diz: 17 de fevereiro de 2013

    ESTAMOS PASSANDO POR UMA FASE MUITO RUIM NO HUMOR, TER COMO PRINCIPAIS HUMORISTAS PESSOAS COMO ADNET, RAFINHA BASTOS, DANILO GENTILI, ABOBADOS DO PÂNICO, SAFENADOS DA ZORRA TOTAL E ZUMBIS DO PÉ NA COVA É O FUNDO DO POÇO. AINDA BEM QUE TUDO É CICLICO E EM BREVE TEREMOS GENTE DE TALENTO E PROGRAMAS HUMORISTICOS QUE VALEM A PENA SER VISTOS.

  • Josi diz: 17 de fevereiro de 2013

    No primeiro episódio sentei no sofá e obriguei minha família a sentar também..pessoal este programa vai ser tri engraçado..lembram do Toma lá da Cá? Então acho que é tipo assim, falei ..e no final não tinha mais ninguém no sofá quando terminou .Muito chato, muito sem graça.Viva Louco por elas! E que volte logo Tapas e Beijos!!

  • Márcia ferreira diz: 17 de fevereiro de 2013

    Realmente o seriado é muito sem graça, mas a Martinalia como o “Tamanco” é sensacional, adoro, alias é a única coisa que eu gosto.

  • Pri diz: 17 de fevereiro de 2013

    Realmente o seriado é muito sem graça e de péssimo gosto. Amo o Léo – Louco por elas e o seriado americano Prova do Crime.

  • Leandro diz: 17 de fevereiro de 2013

    Sem dúvida, respeito teu ponto de vista, e também me parece bem diferente do que estávamos acostumados a ver nos seriados do Miguel, mas a tua reportagem vai bem na direção oposta àquela publicada no site da revista Veja…creio ser importante a todos os leitores fazerem esse balaço.

  • Cassio Pereira diz: 17 de fevereiro de 2013

    Fazer crítica usando a expressão “humor negro”, já anuncia a que veio. FORA PRECONCEITO.

  • mateus diz: 17 de fevereiro de 2013

    to vendo q para critica d tv vc deve ser uma otima cozinheira.. eh excelente pena q vc nao sabe aprecia um humor negro e diferente desses seriado com Louco por Elas q eh fraco e sem graça..

  • Ricardo diz: 17 de fevereiro de 2013

    O nome já diz tudo, o seriado já começou com o pé na cova. Só discordo quanto aos nomes dos personagens, que são característica suburbana, quanto ao resto, pode até dispensar o caixão e jogar tudo na cova rasa.

  • Mariglei diz: 17 de fevereiro de 2013

    Desculpe, mas não concordo. Assisto o seriado desde o primeiro e achei engraçado e divertido. Adoro os personagens principalmente o Jucelino e a Darlene. São caricatos sim, mas acho que aí é que está a graça. Eu continuarei assistindo.

  • Luiz H. S. Valente diz: 17 de fevereiro de 2013

    Obrgado por ter deixado à vontade para discordar, mas de qualquer forma eu iria fazer isto! Eu curti um monte! Criei-me em vila, hoje, graças a Deus, consegui sair de lá, mas me identifiquei muito com os personagens! Estão perfeitos! Parece que eu já conhecia todos eles da vida real! É pena que estas opiniões de gente da imprensa influencie muito o povo e aliado a uma natural perda de qualidade com o tema, acabe a emissora, com o tempo, dando razão à tuas ponderações e tirando o programa do ar! Até mesmo por tratar-se de humor negro, daqui a pouco a turma do politicamente correto entra em cena e começa a fazer pressão! Daí sobra mais espaço para Big Brothers e novelas absurdas e clichezada passadas em países estrangeiros ou programas com as mesmas fórmulas de sempre! Não te preocupa, deste o pontapé inicial, daqui a pouco o programa sai do ar e para de te incomodar! Aí eu vou ler um livro!

  • ANGELA STOLL diz: 17 de fevereiro de 2013

    NÃO DEU.. MUITO FEIO, MIGUEL DEU AZAR…. QUEM QUER SENTAR E ASSISTIR UM PROGRAMA DE “HUMOR” (SERÁ???) NO QUAL O ATOR PRINCIPAL É UM CAIXÃO DE DEFUNTO E O SECUNDÁRIO É UMA FUNERÁRIA??? É RUIM NÉ???

  • claudia,eu diz: 17 de fevereiro de 2013

    vou discordar de ti:eu gosto do pé na cova,e ja acho muito chato o “louco por elas”. alias,acho q por ter muitos programas chatos e sem graça na tv aberta,eu acabei optando por tv a cabo!

  • Fernanda diz: 17 de fevereiro de 2013

    Para o Cássio Pereira .. E viva o policiamento do politicamente correto ao extremo. Estamos vivendo o tempo da ditadura na linguagem com os seus censores sempre a espreita. É a pior praga que já apareceu na sociedade atual. Agora não se pode mais usar a expressão “humor negro” porque é preconceito …. Senhor, jogue luz a mente das pessoas e as tire da escuridão que o mundo está ficando chato demais ……. nem meus amigos negros aguentam mais .. o será que é proibido dizer que tem amigos negros também ????

  • Roberta diz: 17 de fevereiro de 2013

    Não concordo contigo! Me divirto d+ com este programa, pois eh algo q nunca se viu na tv! Achei o máximo o Falabella conseguir fazer comédia onde o cenário tem tb uma funerária. Os personagens são nada convencionais talvez pra mim, mas muito engraçados, o que eh aquela babá?! Adoroooo, q não termine tão cedo..

  • marcio silva diz: 17 de fevereiro de 2013

    nossas vidas já estão cheias de violências gratuítas e parece que estamos nos acostumando com isso e quando aparece um programa que lida com a morte com o maior bom humor criticamos? acho que não é por aí!

  • André diz: 17 de fevereiro de 2013

    Particularmente, gostei do seriado, poderia ser um pouco melhor?, acredito que sim, porem não fugiu da proposta inicial e acredito que agrada uma boa parte da população que curte esta forma de humor um pouco mais pesado, ou como a autora diz: “humor negro”.
    Está longe de ser uma unanimidade, mas agrada no pacote geral.

  • bsb diz: 17 de fevereiro de 2013

    Realmente acho que podia ser melhor, mas é muito mais pela falta de humor de alguns atores do que qualquer outra coisa. Acho que a Marilia Pera está muito bem e é quem mais faz rir, agora dizer que Louco por Elas é melhor ou “salva” a semana é ter um péssimo gosto. Louco por Elas consegue ser pior que Casseta e Planeta.

  • Patric diz: 17 de fevereiro de 2013

    Haja Paciência!!!! é uma porcaria este PÉ NA COVA, concordo. Agora, dizer que a outra porcaria chamada LOUCO POR ELAS salva a semana, por favor. A Glória MENEZES se arrasta, a Débora Secco e o Moscovis estão na geladeira na Globo e arranjaram este programazinho infame para eles.

  • Juju diz: 17 de fevereiro de 2013

    Horrível! De péssimo gosto! Não consigo ver graça em um seriado que o ator, dono de funerária, diz sorrindo ” oba,está chegando o carnaval, essa é a melhor época do ano, trabalhamos muito…

  • Juju diz: 17 de fevereiro de 2013

    Horrível! De péssimo gosto! Não consigo ver graça em um seriado que o ator, dono de funerária, diz sorrindo ” oba,está chegando o carnaval, essa é a melhor época do ano, trabalhamos muito…

  • Junior diz: 17 de fevereiro de 2013

    Deve discordar da opinião do redator da matéria, a série é ótima, contendo um humor escrachado e caricato do “povão”.
    Não sou fã do Miguel Falabella, mas seus trabalhos são inteligentes e apreciados por um público que entende meia palavra.

  • Paulo Pecker diz: 17 de fevereiro de 2013

    Como todos os trabalhos de Falabella, ótimo. Se não gosta, muda de canal, ou deixa de ser ciumenta das pessoas que fazem sucesso… Tu é muito chata, hein ???

  • Tim diz: 17 de fevereiro de 2013

    Pobre! Utiliza de uma fórmula batida: a caricatura. A filha do Martinho da Vila quando fala parece que tá drogada.

  • Solimar Veiga Freitas diz: 17 de fevereiro de 2013

    Olha, Michele, pelo que eu pude ver o teu problema com o Falabella é de ordem pessoal, pois eu prefiro um humor negro do que esses programas de humor que a Globo insiste em nos empurrar goela abaixo aonde o único assunto é “homem querendo comer todas as mulheres” e “mulheres encalhadas querendo loucamente dar pra qualquer um dos personagens”, ou seja, são todos apelativos, inclusive esse que você elogiou, “Louco Por Elas” e também, Iapas e Beijos, um programa totalmente sem graça. Tu precisas rever os teus conceitos antes de querer ter coluna de comentarista na internet.

  • Solimar Veiga Freitas diz: 17 de fevereiro de 2013

    Juju, quando ele fala “Oba, está chegando o carnaval, essa é a melhor época do ano, trabalhamos muito…”, ele não está falando nenhuma mentira, muito pelo contrário, é a pura realidade das festas populares do nosso país, principalmente em festas onde tudo pode, tudo é liberado. É um verdadeiro oba-oba!

  • Eletrikus Brasiliensis diz: 18 de fevereiro de 2013

    Pé na cova começou bem, admito que gostei do primeiro episódio, mas depois, a coisa foi pro buraco, tinha tudo pra ser uma boa série de comédia, mas o Miguel resolveu usar um humor nada inteligente, sem graça e sem nenhuma lógica.

    Louco por elas, é o oposto, tem um humor inteligente e leve, sem forçar a barra como em Pé na cova, tomara que acabe logo este programa e peço desde já que o Sr Miguel, reveja seus conceitos quando se fala em humor, seus trabalhos de diretor tem deixado muito a desejar.

    Abraço.

  • Karla Alves diz: 18 de fevereiro de 2013

    Eu gosto. Prá dizer a verdade, gosto porque é diferente, caricato, etc….. Se fosse “normalzinho” como tudo que a Globo faz, eu detestaria.

  • Ci diz: 18 de fevereiro de 2013

    Não gostei mesmo de “Pé na Cova”. Insisti, por causa do Miguel Fallabela. Mas não deu. Cada vez pior. Frustração. A idéia de funerária acho que poderia ser ótima. A miséria também, assim como os nomes esquisitos. Não sei o deu errado. Mas deu MUITO errado. Talvez seja “over”; sei lá. “Louco por Elas” é bom dentro do que se propõe. Simplezinho, mas dá para agüentar. “Entre Tapas e Beijos” é bem melhor.

  • Ronaldo diz: 18 de fevereiro de 2013

    Até me interessei em ver, entretanto devido a ouras prioridades acabei não conseguindo ver siquer um episódio. Entendo que M. Falabella é um cara talentoso e criativo, entretanto é empregado da Globo, a qual sempre soube engessar os talentos que contrata, assim, a criatividade destes sempre será limitada pelos preceitos e interesses momentâneos daquela. Confesso que após a crítica de M. Pradella, perdi totalmente o interesse na série, pois, sou humano e consequentemente influenciável, entretanto continuo confiando no talento de Falabella e acredito que a similaridade com um modelo anterior de sucesso deve-se a imposição do “padrão de qualidade” global.

  • lelio diz: 18 de fevereiro de 2013

    CONCORDO plenamente . O tal de “Pé na cova” É MUITO RUIM !!! Mas que negócio mais sem graça . Sou até insuspeito pra criticar, pois sou muito admirador do talentoso Fallabela . Me surpreende tamanho mau gosto desse trabalho dêle . Bola murcha .

  • Roberto Serfes diz: 18 de fevereiro de 2013

    O primeiro episódio enterrou a série. As histórias são chatas e o Miguel Falabella só sabe fazer o personagem de sempre. Ruim. Sem trocadilho, a série já nasceu morta.

  • Marcelo diz: 18 de fevereiro de 2013

    Assino embaixo! Síntese perfeita de mais uma produção global imperfeita.

  • EDUARDO GOMES diz: 18 de fevereiro de 2013

    DESCULPA, MAS SE VOCÊ 10 MINUTOS ANTES DO FINAL DESISTIU DE ACOMPANHAR O PGM, ISSO É NO MÍNIMO FALTA DE PROFISSIONALISMO. SE TODO MUNDO NAQUELE DIA DE TRABALHO CHATO RESOLVER ABANDONA-LO 10 MINUTOS ANTES… E VALE LEMBRAR QUE O QUE NÃO É ENGRAÇADO PRA VOCÊ PODE SER PARA OUTRAS PESSOAS.

  • Mauricio diz: 18 de fevereiro de 2013

    Achei bem ruim e sem graça também. Só vi metade do 1° episódio e troquei de canal.

  • Lucas diz: 18 de fevereiro de 2013

    Sem correr riscos de ser mal interpretado, na minha opinião, nada proveniente da globo presta… PIADAS PRONTAS – HUMOR VENCIDO – SEMPRE AS MESMAS CARAS – EFEITOS ESPECIAIS RIDICULOS – SONOPLASTIA DEPRIMENTE…. nestas horas que dou graças a deus por ter TV contratada (Sky).

  • André diz: 18 de fevereiro de 2013

    Não concorto o que falta é senso de humor de vcs dou eu e minha famila damos muitas risadas não só pelo texto mas com os personagens também.

  • Carol Moneiro diz: 18 de fevereiro de 2013

    Humor? Cadê humor naquilo???

  • Ana c diz: 22 de fevereiro de 2013

    Ah eu gostei do seriado! Gosto da ótima Marília Pêra e do Miguel! O cara q falou q p “comentarista vc é uma boa cozinheira” , foi totalmente machista e preconceituoso, ignorante!! Fala sério pô!

  • Ricardo França de Abreu diz: 22 de fevereiro de 2013

    Produção,estou com muita inveja de não poder esta ai com vocês.nao sou ator,mais sei isenar muito bem e gostaria de esta tendo um chance com vcs.amo PE NA COVA tinha que ser uma novelha ai não tinha pra ninguém,me convada e02169193525

  • pamela diz: 23 de fevereiro de 2013

    gosto muito do seriado e dei muitas risadas,não gosto de louco por elas,acho um seriado de loucos mesmo,muito sem graça,o Léo não é tudo isso e só quem salva o programa é a GIovana.

  • LEONARDO diz: 28 de fevereiro de 2013

    Para! E um lixo , nao sei como tem gente que adora essa porcaria , sem talento que e esse Miguel falabessa , péssimo humor , baixo astral, critica negro , pobre , e brasileiro e ainda tem alguns que perdem tempo assistindo , francamente . Tentou novela foi um fracasso , teatro nem se fala , ou se alguém conhece tão bem sua obra que apresente aqui nesse blog.

  • Luiz H. S. Valente diz: 2 de março de 2013

    Leonardo, também não sou lá muito fã do Falabella, mas tu dizer que o cara é um fracasso em novela e teatro só revela todo o teu despeito! De onde tu tiraste a ideia de que ele é um fracasso? O simples fato de estar sendo comentado aqui já mostra o contrário! Dá uma revisada nos teus conceitos!

  • Ricardo Schmitz diz: 19 de março de 2013

    Nossa discordo totalmente de você, louco por elas é um saco, pé na cova é muito bom….!
    http://nilsonxavier.blogosfera.uol.com.br/2013/02/15/humor-negro-de-pe-na-cova-critica-o-preconceito-e-o-politicamente-correto/

  • Hierofante diz: 2 de abril de 2013

    É uma paródia de um ótimo seriado da HBO chamado Six Feet Under que passou no SBT como A Sete Palmos. Se irá fazer o mesmo sucesso já não sei..

  • Bruna diz: 8 de abril de 2013

    Gosto demais de Miguel Falabella e muito de Marília Pera, mas verdade seja dita, Pé na cova é mesmo uma verdadeira chatice. Um lixo!
    Miguel pode muito mais. A personagem “Adenóide” é a mais chata de todas. Dá vontade de desligar quando ela aparece.
    Quase morro de tédio com “as gêmeas”, o “Tamanco”, o motorista e cia. Tudo uma porcaria.
    A tal da Odete é um saco. O filho um idiota. A babá, (como já era de se esperar), uma coisa medonha. Nada se salva nesta série.
    Quando ouço que Miguel vai escrever uma novela ou uma série, fico doida pra começar logo. Desta vez quebrei a cara.
    Nunca vi Marília Pera tão chata e canastrona.
    O miguel parece que vai chorar a qualquer momento. Uma tristeza!
    Uma pena! Pois o Miguel e a Marília poderiam levantar um pouco este grande fracasso, mas estão muito mal em cena. Nesta série não tem como melhorar, (nem piorar. rs…), pois os personagens são horríveis e muito chaaaaatos.
    Mas o super Miguel talvez consiga mudar este quadro. Assim espero, pois ele é show!

  • Lucas diz: 21 de abril de 2013

    Sempre fui fã do Falabella, mas esse seriado é no mínimo esquisito, haja vista que todos os personagens são caricatos ao extremo, em um verdadeiro circo de horror, me causando uma profunda amargura e depressão.
    Fallabela tentou um estilo Rodriguinano, ao trazer à tona, o que as famílias tentas que permaneçam submersas, mas de uma maneira exagerada e melancólica. Ademais, será sempre uma cópia mal feita do original.

  • maxcabelera diz: 25 de abril de 2013

    eu adoro e não perco um capitulo.maxcabelera…

  • Kamilla Salgado diz: 5 de maio de 2013

    Concordo com você Maxcabelera.Pé na Cova é muito legal e eu também não perco um capítulo.O Dentista Mascarado é um lixo e Louco por Elas também.

  • Nuelle Alves diz: 6 de maio de 2013

    Quem detesta Pé na Cova e gosta de O Dentista Mascarado é burro.
    Acho Pé na Cova muito legal e não suporto O Dentista Mascarado.

  • Sergio H diz: 24 de maio de 2013

    Não entendo como a Globo ainda mantém este seriado. Totalmente sem graça. Admiro muito o Falabella e Marilia Pera por trabalhos anteriores porem mesmo o talento deles não consegue fazer nada com textos muito ruins, sem graça. Em certo momento do episódio de ontem, ficou a discussão se céu seria com “s” ou “ç”. Pergunto qual a graça disso?
    Seria melhor a Globo retirar este seriado do ar, pois vem denegrindo os atores (as) que participam.
    EM MINHA OPINIÃO, ESTE SERIADO ACABA DENEGRINDO O TÃO FALADO PADRÃO DE QUALIDADE DA GLOBO.

  • liza diz: 24 de maio de 2013

    Acho esse programa de péssimo gosto usando a “Morte” para fazer piadas.

  • Adalberto Silva diz: 12 de junho de 2013

    Pé na cova, é um Pé no Saco!

  • Juan Ch. diz: 22 de junho de 2013

    o melhor seriado agora mesmo…
    nao pode comprarar pe na cova con ‘louco por elas’ ooh seriado chaato.

    A historia e os personagems de pe na cova e o maximo!
    e un seriado que me prende .. (sou do paraguay) rsrs.

  • marcelo diz: 28 de setembro de 2013

    pior não existe no mundo

  • Luiz H. S. Valente diz: 29 de setembro de 2013

    Graças a Deus, está voltando para uma nova temporada! Até pensei que não voltaria, com tanta gente burra e ignorante que não entendeu a proposta! Vão olhar o Chaves e deixem este programa pra quem entende!

  • Aluninha diz: 12 de outubro de 2013

    Me desculpem sou mesmo politicamente correta e chata pra caraca mesmo ….

    Odeio com todas as minhas forças essa porcaria !
    Esse programa só vim assistir agora com a chegada de uma segunda temporada , mas odiei mesmo , é um preconceito danado travestido de humor , Humor negro é uma porcaria, vivemos numa sociedade que não sabe fazer a ponte entre fantasia e realidade que faz dos programas de tv e novelas um exemplo a ser seguido , como então pedir que essa mesma sociedade saiba que as pessoas não são assim caricatas e merecem respeito ?
    Pois é vivo numa vila dessas de classe baixa e não vejo graça alguma as pessoas não terem educação , limites, e se comportarem de forma baixa . Se isso ocorre? Mas e claro , porém ñ é só isso ! Um cara rico tirando sarro de pobre num programa mediocre não tem graça nenhuma !

  • Luiz H. S. Valente diz: 13 de outubro de 2013

    Aluninha, me desculpa, amiga, não te conheço mas realmente, deves ser extremamente chata! Tu achas que “tirar sarro de pobre não tem graça nenhuma”? Então tu achas graça em quê? Eu te pergunto: qual é a tua reação ao assistir alguém tirando sarro de gaúcho? ou de português? ou negro, papagaio, gay, padre, nordestino, rico, político, judeu, morto, alemão, patricinha, baiano, pelotense, gremista ou colorado, cego, ladrão, gordo, louco, jogador de futebol, prostituta, velho, magro, corno, etc, etc, e etc…? Hein!???…Aí pode? Qual é a diferença? Todo humor é preconceituoso, e não há como fazer humor sem caricaturizar ou satirizar alguém ou algum grupo ou classe de pessoas! Como já citei antes, me criei em uma vila deste tipo e adorei os personagens, parece que eu já os conhecia! Me identifiquei muito com eles e achei genial a caracterização! Além disso, sou gaúcho, pelotense e de origem portuguesa, um prato cheio para ser alvo de piadas! O que seria de mim se eu me incomodasse cada vez que ouvisse uma piada com estes temas? Quando alguém que sabe que sou de Pelotas, vem me contar uma piada de pelotense, aproveito a deixa e conto mais uma três ou quatro e damos boas risadas! Viu a diferença? Enquanto ficas odiando e destilando fel e todo o teu amargor, eu fico dando risadas e curtindo a vida com as mesmas situações! Quem é que está certo? Amiga, dá uma repensada nos teus conceitos (ou preconceitos) e faz uma avaliação: vê se vale a pena! Quanto ao programa, eu não apostava em uma segunda temporada, justamente por causa de de opiniões de gente como tu com relação ao tema! Ainda bem que a emissora fez uma avaliação correta e o manteve na grade de programação! Um conselho: se não gostas do programa, simplesmente troca de canal! Um beijo!

  • Aluninha diz: 13 de outubro de 2013

    Luiz H. S. Valente….
    Como volto a assinar em baixo sou realmente muito chata ; entendo que vc goste do programa; a maioria das coisas que a tv apresenta vem em conceitos inocentemente debochados e aparentemente involuntários ; mas não são !
    Como também era o programa anterior e de grande sucesso que confesso ria muito “Toma lá dá cá “; mas não era isento de ideologias e intencionalidades como nada é !Mas esse em especial além de impor sua ideologia como tudo que a globo faz é ofensivo a extremos … Existe uma grande diferença entre uma piada contada do seu amigo pobre que compartilha das suas mesmas vivências, do que de um cara rico, que olha do alto e faz chacota do nosso dia – dia sofrido, na sua vida mansa e bem estruturada … E como volto a dizer nossa sociedade tanto não sabe avaliar o que lhe é apresentado , que engole “bbbs”,” pé na covas” ,”fazendas”,”novelas”; e acham que a vida é como lá e pior ainda pensam que podem trazer todas essas temáticas para o icotidiano e incorporar; como se lhes coubessem agir e viver como na tv ! Meu caro tanto eu não acho graça que não vejo tv ,assisto estritamente o que me interessa e o que gosto , apenas me calhou esse programa e me indignou …Afinal não é possível obter conclusão do que desconheço ! Bjos não sou tão chata assim tenho até questões mais legais ; sou até aberta demais a tudo ; mas a tv ñ é uma delas !

  • Tyta diz: 4 de dezembro de 2013

    Confesso que ao assistir ao primeiro episódio, achei bem estranho e fiz logo uma comparação com o seriado americano Six Feet Under( A Sete Palmos) apesar de que o seriado norte-americano e brasileiro se diferenciam no humor, o seriado estadunidense explora mais os dramas pessoais e questões filosóficas,enquanto que o seriado brasileiro explora tudo isso também mais com muito humor, de forma irreverente .Eu adoro o seriado, me divirto com os absurdos da família, adoro as tiradas filosóficas do motorista Juscelino e das loucuras da Luz Divina.Chega do humor previsível do Zorra Total ou do humor pretensioso do Rafinha Bastos e cia, além do humor ridículo estilo Jackass do Pânico.É bom ver algo fora do comum na TV aberta.

  • claudio fonseca diz: 2 de novembro de 2015

    Talvez os que não gostaram se chocaram com a REALIDADE VERDADEIRA DA CLASSE D e E , na luta para sobrevivência. Ou não entenderam o propósito de mostrar as deficiências de linguagem, estudo e a diversiade do brasileiro. Não se consegue agradar a todos, mas finalmente uma série que mostra como vive o suburbano , os homossexuaius , as prostitutas , enfim, mosta uma familia destruida e desregrada , como MUITAS , mas que tenta fazer do limão uma limonada. VÁ CONHECER MELHOR , A realidade te morstra´ra coisas muiito piores. E Elogio a coragem de FALABELA em mostrar o BRASIL QUE NINGUEM QUER VER. NOTA 10 PARA O SERIADO. , e é a melhor audiência da Globo no horário. NINGUÉM SE VÊ UM POPUCO EM CADA PERSONAGEM. O POLITICO CORRUPTO, UMA DAS TANTAS TRAVESTIS QUE FAZEM PISTA NESTAS CIDADES BRASILEIRAS, E SE MOSTRAR NA INTERNET PELADA, ISTO É MODA. TER UMA FUNERÁRIA, OLHA SE VIVE DE MORTE. São analfabetos , pobres, mas mostram a realidade a qual fechamos os olhos deste imenso Brasil de mais de 60% Da população. MÈDIA AUDIÊNCIA ENTRE 15- 17 PONTOS, ACHO QUE ESTÁ OTIMA. FALABELA MEXE COM NOSSOS DEMONIOS. MAS QUEM NÃO GOSTA, FECHA OS OLHOS A QUEM PEDE UM PÃO EM SUA PORTA. DÁ O PÃO , MAS NÃO O QUER VER PERTO DE SUA CASA .. Isto chama-se hipocrisia. O Programa mais real . E HUMOR, É QUEM ENTENDE O QUE MOSTRA. DAI MUITOS NÃO GOSTAREM. PARABÉNS FALLABELA. nota 10

  • bento rodrigues diz: 2 de novembro de 2015

    estamos discutindo gostos. há os que gostam que dão uma audiência média de 16 a picos de 20 , e outros que não gostam , ou porque não conhecem o Brasil verdadeiro, ou preferem seriados feitos na porta de Copacabana ou em Mansões. É uma fuga da realidade . A realidade é esta . E as vezes, bem pior. Mas agradar todos é difícil, e nunca vi qualquer programa de televisão que tivesse uma unanimidade, sequer uns 70% de positivo. Aconselho a quem não gosta que não assita. Simples. Eu particularmente gosto das piadas cáusticas e das situações , diálogos, e todo tipo de estranheza que se possa ver. O ´Politicamente incorrreto é um porre, e que mais discriminatório que as novelas , que mostram o lado falso da vida, o que não existe. Enfim, parabéns Fallabela. Os gênios tem coragem de apresentar os que os recatados e falsos moralistas temem. Ele não teme nada. e Está certo , amparado por muito boa anduência. Como disse, vê quem quer. Certamente o programa que o articulista gosta eu não vou gostar. Assim é a democracia. Dá nos a opção do CONTROLE REMOTO. mas falar mal da série , acho politicamente incorreto também.

Envie seu Comentário