Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Lado a Lado: Sandra conta a Teodoro que é mãe de Ângelo e é perdoada pelo marido

01 de março de 2013 7

Um dos grandes segredos de Lado a Lado virá à tona no penúltimo capítulo da novela. Sem saída, Sandra (Priscila Sol) acaba contando ao marido que o pequeno Ângelo é seu filho, segundo informações do Extra.

Eulália (Débora Duarte) pressiona Sandra e Tereza (Susana Ribeiro), pois acha que o bebê não é seu neto. Ao ver a mãe ser acusada de adúltera, Sandra acaba revelando a verdade diante de Teodoro (Daniel Dalcin):

- Chega, vó! Eu não aguento mais mentira! O Ângelo é meu filho, Teodoro! Meu filho!

A jovem revela que se envolveu com um homem casado e foi rejeitada por ele ao contar sobre a gravidez:

- Quando eu percebi que tava grávida… Ele simplesmente falou pra eu largar o bebê na roda.

Sandra conta ainda que foi Tereza quem se ofereceu para assumir o menino como se fosse seu filho, para evitar um escândalo.

Teodoro escuta as explicações da esposa, em silêncio, mas em seguida dá a solução ideal para o problema:

- Eu entendo a sua mãe. Ela quis te poupar, te proteger, e eu vou fazer a mesma coisa. A gente vai se mudar daqui, ter a nossa casa, os nossos filhos. O Ângelo vai ser sempre bem recebido lá, mas os nossos filhos vão chamar ele de tio. Ele já tá registrado como filho do seu Praxedes e da dona Teresa. É melhor pra ele, pra você, pra todo mundo dessa família, que ele continue sendo, pra sempre, seu irmão.

Pois é, engana-se quem imaginou que Sandra assumiria a maternidade de Ângelo diante de toda a sociedade. Impossível, já que naquela época ela seria humilhada e rechaçada em praça pública pelo fato de ser mãe solteira. A solução de Teodoro, no final das contas, era a única possível para evitar um sofrimento maior para toda a família…

>>> O Noveleiros também tem um espaço no Facebook. Clique aqui, curta, compartilhe e comente.

Bookmark and Share

Comentários (7)

  • Marta diz: 1 de março de 2013

    É só esperar pra ver,o que me revolta mesmo é saber que a Isabel não vai ficar com o Albertinho,o Zé é um chato,ele simplesmente devia sair da vida da Isabel,sair da vida do Elias,que alias nem filho dele é.
    Eu definidamente ODEIO,ODEIO,ODEIO E ODEIO PRA SEMPRE o personagem Zé Maria!!

  • m_sinistra diz: 1 de março de 2013

    Eu só quero ver a cara do edgar quando a constância conta que internou a laura a força
    Ai vai ser a derrocada da constância o que vcs acham?

  • Carlos diz: 1 de março de 2013

    Sandra vai ter um final realista e dolorido fiquei com muita pena dela

  • m_sinistra diz: 1 de março de 2013

    ia ser ótimo se a celinha fica gravida do guerra o que vcs acham?

  • Jaqueline diz: 2 de março de 2013

    Muito triste o final da Sandra, mas totalmente( a primeira vez nesta novela) coerente com a época em que a história se passa. Homens nenhum no inicio do do século passado, hoje mesmo ainda é uma situação um pouco complicada, aceitar filho de outro, ainda mais que a esposa mentiu para ele.
    É claro que dá pena ter que ver a mãe se afastar do filho.

  • m_sinistra diz: 2 de março de 2013

    No último capítulo de “Lado a Lado”, que vai ao ar dia 8 de março, Laura (Marjorie Estiano) receberá um importante prêmio de jornalismo, mas não poderá receber por ser mulher.

    Antônio Ferreira, o próprio Edgar (Thiago Fragoso), recebe a notícia de que ganhou um importante prêmio de jornalismo. Porém, Guerra (Emílio de Mello) conta a ele que foi Paulo Lima o verdadeiro ganhador, ou seja, Laura.

    Ao descobrirem que o pseudônimo pertence a uma mulher, os responsáveis pela premiação optaram por transferir automaticamente o título ao outro jornalista, Antônio Ferreira.

    Edgar fica indignado com a injustiça e faz uma homenagem à mulher no dia da premiação, surpreendo a todos e mostrando mais uma vez seu amor pela professora.

  • Mi diz: 3 de março de 2013

    Enfim um fim realista. Perdoar já é muita coisa, criar o filho de outro naquela época seria totalmente fora da realidade, humilhante demais. Claro que no caso do Zé Maria ele vai criar o filho de outro e ainda aceitar visita paterna, mas isso não acontecia. Aceitar que a mulher teve outro homem já era uma mega evolução e ficar com a criança não acontecia.

Envie seu Comentário