Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Félix tem ataque de raiva ao descobrir que Paloma sobreviveu

21 de maio de 2013 3

A estreia de Amor à Vida foi impactante e os próximos capítulos parecem seguir a mesma linha. No capítulo desta terça-feira, Félix (Mateus Solano) terá uma grande surpresa. O vilão achou que tinha se livrado de Paloma (Paolla Oliveira) e da sobrinha, abandonando a recém-nascida em uma caçamba de lixo.

De acordo com o site oficial da novela, Dissimulado, ele vai para o hospital San Magno e acaba tendo uma grande surpresa.

“Pois é, mãe, tenho péssimas notícias. Procurei a Paloma por todo lado, mas não achei! Ela evaporou!”, mente para Pilar (Susana Vieira).

“A Paloma está aqui”, responde a mãe, interrompendo.

E é aí que Félix tem um ataque!

“Aqui?!”, reage.


Pilar conta a história sem imaginar o que o filho mais velho foi capaz de fazer momentos antes.

O primogênito tenta disfarçar o choque, pedindo para ver a irmã, na UTI. Sarcástico, ele não consegue conter a raiva:

“Se eu pudesse, desligava essas máquinas, meu doce. Inclusive o seu oxigênio. Como foi que você sobreviveu?”

Félix olha para trás, vê que a mãe o observa e faz cara de sofrimento.

“Ainda bem que já me livrei da ratinha. É uma a menos no meu caminho”, pensa sozinho, sem imaginar que a sobrinha jogada no lixo dorme no berçário, amparada por Bruno (Malvino Salvador).

Bookmark and Share

Comentários (3)

  • Clau diz: 21 de maio de 2013

    A “ratinha”.. tadinha da menina! kkkkkkkkkkk… Já estou gostando do malvado Félix. Mas uma coisa não entendi, por que Luana (Gabriela Duarte) teve um parto normal se ela tinha problemas de pressão alta? E quando ela faleceu, não tinha outro médico para salvar a criança? Achei muita irresponsabilidade da médica fazer o parto nas condições de Luana e ainda ela ali sozinha e sem outro médico. Entendi que somente havia enfermeiras com ela. E o pediatra? que sempre está presente nessas horas? e outro médico para caso de emergência, como de fato ocorreu? Achei furo isso, mas tudo bem… Desconto por ser o primeiro capítulo. Mas Walcyr precisa ficar atento já que em 2001 a medicina estava bem evoluída e uma mulher morrer no parto, só tendo um grande problema ou alguma imprevidência por parte do corpo clínico.

  • Fabio diz: 22 de maio de 2013

    Como todas, uma sucessão de furos da globo. NINGUÉM faz parto normal quando a parturiente está com eclampsia (pressão alta). Faz cesárea e resolve a coisa toda. Muita besteira.
    Ah, e claro, na Bolívia só tem brasileiro…

  • fernando diz: 22 de maio de 2013

    xiliquenta-ta-ta-ta-ta!

Envie seu Comentário