Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Amor à Vida: Edith flagra encontro de Félix com outro homem

22 de maio de 2013 4

Mateus Solano está perfeito como o vilão Félix de Amor à Vida e já ganhou uma legião de fãs no Brasil inteiro. Mas as polêmicas em torno do personagem estão apenas começando…

Já no capítulo de hoje à noite, segundo o site da novela, virá à tona um grande segredo do vilão. Ou nem tão grande, pra quem prestou atenção no jeito afetado do personagem logo nas primeiras cenas.

Edith (Bárbara Paz) descobre uma conversa comprometedora do marido na internet:

“Hoje, anjinho. Quero te encontrar hoje, sim. Estou morrendo de saudades! Onde?”

Ela continua lendo e descobre que o encontro será no shopping. Achando que Félix vai se encontrar com outra mulher, a estilista o segue, mas nem imagina o que está por vir.

Edith flagra o marido no maior clima romântico com um belo rapaz! Os dois conversam intimamente e Félix até presenteia o amante com um relógio.

Apesar dos apelos de sua mãe, que a aconselha a fingir que não sabe de nada, Edith resolve confrontar o marido. Félix se defende e explica:

- Falam muito em opção, mas opção é a palavra errada. Eu sou assim porque nasci assim. Mas eu nunca quis ser desse jeito. Eu batalhei para mudar, tive namoradas. Prometo que isso não vai mais acontecer. Eu abri uma frestinha na porta do armário. Dei uma escapadinha para fora. Eu entro no armário de novo e tranco a porta. Boto cadeado, juro!

A princípio, ela não aceita as desculpas do marido e insiste na separação. Mas Félix quer a todo custo manter o casamento de aparências, por isso, cancela os cartões de crédito da esposa e promete deixá-la na miséria.

Sem saída, Edith aceita continuar casada, mas faz o marido prometer:

- Você consegue mesmo sufocar esse lado? E se tornar um marido como os outros?

Ele jura que irá se comportar, mas resta saber até quando…

No lugar de Edith, vocês aceitariam essa situação?

Bookmark and Share

Comentários (4)

  • Soní diz: 22 de maio de 2013

    Um casal gay, um bi, o autor caprichou. Espero que ele mantenha em alto nível essas relações, com diálogos inteligentes e dentro da realidade, para que os personagens nos “convençam”. Estou gostando inclusive do ritmo dessa novela até aqui. As coisas acontecem sem muita enrolação.

  • Soní diz: 22 de maio de 2013

    Quanto a aceitar essa situação, sempre é muito difícil julgar sem estar vivendo o problema, mas no caso da Edith, uma mulher totalmente dependente do marido, em todos os sentidos, realmente ficou complicado. Com a influencia da mãe vai aceitar, me parece, ou por interesse, talvez. Nada fácil uma decisão dessas, com certeza, ainda mais que o casal tem um filho, ainda criança, o que pesa mais ainda.

  • Clau diz: 23 de maio de 2013

    Tens razão Soni, não deve ser fácil para uma mulher como Edith viver essa história. E não ter a certeza que ele vai ficar, como ele mesmo disse, dentro do armário. Quanto aos diálogos inteligentes, eu acredito que Walcyr irá manter sim. Porque agora, mais que nunca, o preconceito precisa ser vencido. Se a Globo interferir na trama e querer mexer no casar representado por Marcelo Anthony e Tiago Fragoso (como anda um boato por aí), vai acabar mexendo em vespeiro. A comunidade gay em peso vai criticar tal atitude. O melhor é deixar tudo como está sem querer mudar a natureza dos personagens. Mas a crise existencial do personagem de Marcelo Anthony, que é bi e se envolve com a personagem de Danielle Winitis e acaba em dúvida quando a ficar com ela ou com seu parceiro, isso é muito interessante. Mesmo porque haverá um criança envolvida no caso. E isso vai mexer com o personagem.

    Agora, esta frase do Félix: “…. Eu abri uma frestinha na porta do armário. Dei uma escapadinha para fora. Eu entro no armário de novo e tranco a porta. Boto cadeado, juro!”, é de uma sacada sensacional, de Walcyr Carrasco. A inteligência do cara! Foi um comentário engraçado sem cair no escracho. Muito bom! Se Félix continuar assim vai conquistar muitos corações. O meu ele já conquistou. A RATINHA…. DOCINHO…. ANJINHO… APLICOU A ELZA (se referindo ao pseudo roubo do celular da irmã)… É maldade com humor puro! Era isso que faltava em Salve Jorge. E como Soni comentou sobre o ritmo, de fato está bem movimentada a trama. Torço para que assim continue!

    Mas darei minha critica: Posso e quero estar enganada, mas Paola Oliveira não me convence! Não sei exatamente a razão…. Mas ela não me cativa como atriz. Não duvido que mais uma vez – como ocorreu em Insensato Coração – outra atriz acabe se sobressaindo na trama e volte os holofotes para si. Basta lembrar de Glória Pires na mesma trama de Gilberto Braga, e mais recentemente a personagem Helô interpretada magistralmente por Giovana Antonelli. Acabou sendo ela a atriz protagonista, sem nem ter sido escalada para tal função. TALENTO, é coisa que se tem ou não. Mateus Solano está aí pra provar.

  • Soní diz: 23 de maio de 2013

    Isso aí Clau. Também não me “apaixonei” por essa atriz, boa atriz mas está longe de ser uma Gloria Pires, por exemplo. Apesar de ser bem mais jovem e com muita estrada para melhorar. Bonita ela é e faz bem o papel de “mocinha”. Bom mesmo são aqueles atores que transitam bem entre um vilão e/ou um “mocinho”, como Mateus Solano, por exemplo. Temos muito pela frente, está só começando, espero que tenhamos gratas surpresas.

Envie seu Comentário