Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O melhor da semana: Mateus Solano rouba todas as cenas em Amor à Vida

01 de junho de 2013 7

Desde a inesquecível Carminha, de Avenida Brasil, os telespectadores esperavam por outro vilão que roubasse a cena e trouxesse tiradas inteligentes para o horário nobre. Pois Mateus Solano conseguiu, logo na primeira semana de novela, arrebatar o coração do público com seu cruel Félix Khoury.

A novela, por si só, já é um grande sucesso e fez muita gente esquecer a sofrível Salve Jorge. Ou alguém ainda se lembra de Lívia Marini e sua seringa assassina? Mas tanta repercussão se deve, em grande parte, pelo vilão da trama. Félix é um gay enrustido que dispara frases sarcásticas pra todos os lados, tanto que suas frases já fazem o maior sucesso na internet.

Félix ganhou perfis nas redes sociais, montagens e gifs engraçadíssimos e se tornou o queridinho do momento. Ele é mau, foi capaz de jogar a própria sobrinha no lixo, odeia a irmã e desvia dinheiro do Hospital San Magno. Mas apesar de tudo isso (ou por causa de tudo isso), o Brasil caiu de amores pelo malvadão.

Afinal, foi impossível não rir, apesar da cena monstruosa, quando Félix conversava com a sobrinha recém-nascida antes de largá-la numa caçamba:

- Sabe que até simpatizo com você, né, ratinha? Vir ao mundo enrolada numa echarpe tão cara. Gloriosa! Um luxo!

Além disso, as expressões “meu doce”, “anjinho”, “eu salguei a Santa Ceia” e “pelas contas do rosário” caíram na boca do povo.

Por incrível que pareça, o vilão gay enrustido deveria ser, a princípio, uma vilã. Flávia Alessandra estava cotada para ser a malvada da trama, mas a atriz já estava comprometida com Salve Jorge. Azar de Flávia, que teve que se contentar com uma personagem ridícula na trama anterior. Sorte de Mateus Solano, que finalmente recebeu um papel à altura de seu talento.

Bookmark and Share

Comentários (7)

  • Soní diz: 1 de junho de 2013

    Sem dúvidas o personagem Félix está alavancando o sucesso dessa novela. Ainda bem que ele como vilão e fazendo parte do núcleo principal, apareça muito e nos presenteie com sua impecável representação. Óbvio que não torcemos por suas maldades, e sim pela maneira que ele conduz o personagem e queremos vê-lo “em ação”, mais e mais. Até torço, no bom sentido, que ele “apronte” cada vez mais pois está maravilhoso.

  • Clau diz: 1 de junho de 2013

    Faço minhas tuas palavras. Ele é o máximo! Só faltou mais uma expressão: CRIATURA. kkkkkkkk… Adoro! Aliás, uma expressão que eu já usava.
    Mas em relação a roubar cenas, essa atriz (desconhecida até então por mim) que faz a Patrícia, está roubando também a atenção na trama. Me lembro quando tu, Michele, fizeste um comentário aqui sobre Paolla Oliveira e que em breve uma outra atriz iria roubar a cena e Paolla ficaria em segundo plano. Não exatamente com essas palavras comentaste, mas foi algo assim que quiseste dizer. Pois concordo. E essa atriz que faz Patrícia traz movimento à trama. Mesmo que alguns achem chato essa eterna indecisão dela, se fica com Michel e assume uma relação ou simplesmente continua a se fazer de difícil, dá uma boa movimentada na trama. Porque, por melhor que Paolla trabalhe, sempre vai chegar o momento da mocinha chata ficar nessa de “Não sei…”, “Não quero te magoar..”, “Não resisti aos encantos do ex…”, e por aí vai. Espero que Paloma concentre toda sua energia no embate com Bruno pela Paulinha.

  • carlos diz: 1 de junho de 2013

    Nada contra a Flavia mais ainda bem que foi o Mateus o grande diferencial desse personagem é por ele ser homem, gay e um vilão com umas boas pitadas de comédia. O Feliz é o famoso mal amado que está sendo super bem amado pelo Brasil é invejoso até dizer chega , quer ser aceito por todos ,tem inveja da relação do pai com a irmã e ao meu ver muita inveja da liberdade e coragem da irmã em ser quem realmente é e não fingir um personagem para agradar papai. Ninguém realmente sabe que é o Feliz acho que nem ele sabe que é , esse personagem procura por aceitação

  • ana maria diz: 2 de junho de 2013

    É perveso demais! Não consegui mais assistir!!

  • laura diz: 3 de junho de 2013

    Indo ao contrário de todo mundo, esse Mateus Solano não me convence mesmo. Vamos ver se com essa personagem ele consegue me convencer. Mas por enquanto, to achando tudo muito forçado, não entende esse monte de elogios ao rapaz. Ainda o considero um baita canastrão!

  • Carol diz: 3 de junho de 2013

    Ele é bom pq é irônico! Muito melhor do que Carminhas/Lívias ou seja lá quem for (até agora nem sei pq a Carminha era tão boa, detestava ela e a sonsa da Nina)

  • MJ diz: 4 de junho de 2013

    Acho que o termo não seria “lembrar” de Lívia Marini, mas de sentir saudade mesmo. Eu, francamente, não sinto nenhuma, achava ela uma vilã tosca, robótica, sem expressão e nem emoção. Mas confesso que a única coisa que gostava nela era aquele tema maléfico, que com Félix ficaria soberbo, é o tom exato das maldades dele. Mais até que as da Lívia. Nas cenas dele com Atílio, só me vinha essa música, ficaria show na cena: http://www.youtube.com/watch?v=PSyn2x07hdA

    Mas Mateus Solano está BÁRBARO mesmo. Um misto de Nazaré Tedesco, Branca Letícia de Barros Mota, Carminha e Cristina Saboya. Excelente!

Envie seu Comentário