Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Amor à Vida: Paloma leva Paulinha para morar na sua casa na intenção de não devolvê-la para Bruno

10 de junho de 2013 15

Bruno (Malvino Salvador) vai deixar que a filha Paulinha (Klara Castanho) vá morar com Paloma (Paolla Olveira) para que ela se recupere do transplante de fígado.


No entanto, a jovem médica está tomada de raiva achando que Bruno roubou sua filha recém-nascida. Assim, ela convence o corretor a deixar Paulinha sob seus cuidados:

“Ela ainda precisa se recuperar totalmente. Eu e ela vamos ter alta do hospital logo, mas a gente ainda vai ter que seguir uma dieta bem rígida, tomar remédios na hora certa… É o melhor jeito dela ter todos os cuidados que vai precisar.”

De início,  Bruno é contra e diz à namorada que sua família já estava preparada para receber a garota. Mas como a ideia do casamento está próxima, Bruno pensa melhor e diz que pretende morar com Paloma em breve. 

Como a loira não suporta nem olhar para o noivo, ela mente dizendo que não tem cabeça para pensar em casamento. 

Bruno se convence quando Ordália (Eliane Giardini) diz que Paulinha será mais bem cuidada na casa da noiva:

“Às vezes é egoísmo a gente querer uma pessoa perto da gente, se longe ela vai tar melhor”, diz Ordália ao filho.

O que a Bruno e sua família não esperam é que Paloma não pretende devolver a menina. Nervosa com a presença do noivo no hospital, a médica desabafa com a enfermeira Ciça (Neusa Maria Faro).

Pode ter certeza de uma coisa: o Bruno nunca mais vai levar a Paulinha pra casa dele”
, diz Paloma. Depois, em conversa com Amarilys (Danielle Winits), a Paloma reafirma o seu plano.

E continua:
“Eu vou levar a Paulinha pro meu apartamento, de um jeito ou de outro. Eu nunca mais vou entregar minha a filha pro Bruno. Nunca mais.”

Bookmark and Share

Comentários (15)

  • carlos diz: 10 de junho de 2013

    Por isto deixei de ver novelas..nada muda, sempre o obvio. desde o incio desta historia falei que iria acontecer a descoberta e a briga. Para que conversar um com o outro, se é melhor deduzir e condenar os outros e acabar tomando decisoes erradas. infelizmente a vida tambem é assim. é tudo sem inspiração. minha esposa me contou que em duas novelas de agora o paciente fugiu do hospital. Que falta de ideias e imaginaçaõ.

  • carine diz: 10 de junho de 2013

    Carlos mato a pau no comentário.

  • KEKA diz: 11 de junho de 2013

    SE ISTO REALMENTE ACONTECER DEIXO DE OLHAR ESSA NOVELA.

  • Soní diz: 11 de junho de 2013

    Essa Paloma, dona da verdade, já está cansando a paciência… julga, condena e quer afastar a menina do pai que a criou? Essa é a mulher que a dias atras estava apaixonada por Bruno e querendo casar com ele? Uma egoísta que quer tudo do jeito dela. Vai e volta com Ninho e agora com Bruno? Muito imatura para uma médica pediatra. Mesmo assim ela deve ficar com a menina pois a final é sua filha legítima, só não sei se com o Bruno ou com o Ninho, como pai.

  • NanadeSouza diz: 11 de junho de 2013

    Concordo Carlos. Tambem acho, que algums nucleos ja começam e nos ja sabemos o fim. Muitas historias tão privesiveis. Tambem gosto muito da parte da Nicole, mas é um nucleo que ja samemos o fim. Vai subriviver(o que espero tambem) e ficara com o mau caracter do Thales, que mudou pelo amor dela. afffffffffff Muda, ja teve isso noutras novelas. Uso as suas palavras: “Que falta de ideias e imaginaçaõ.”

  • marco diz: 11 de junho de 2013

    É por essas que eu deixei de ver novelas. Tudo a mesma coisa. Bandidos se dando bem até o penúltimo capítulo. No último capítulo todos casam, mulheres engravidam … Até o Ratinho é melhor.

  • carlos diz: 11 de junho de 2013

    Isso depende muito da novela em questão sim a maioria da novela já sabemos que o mocinho vai ficar com a mocinha e talvez por isso o final mais aguardado é o do vilão se vai se dar bem ou não. Em todas as novelas já sabemos que os mocinhos vão se dar bem apesar de ter novelas (raras) que não sabemos o final e essa é uma dessas. O bom de uma trama mesmo é o desenrolar dela são os acontecimentos porém concordo que hoje em dia a qualidade da novelas estão baixa já teve épocas de não assistir nenhuma novela de nenhum canal

  • rosangela diz: 11 de junho de 2013

    aqueles dois se pegando toda hora dentro do hospital,o caio castro e aquela atriz que não sei o nome,será que não tem coisas mais interessantes pra mostrar dentro de um hospital?tá ficando chata essa novela,caindo na mesmice.

  • Clau diz: 12 de junho de 2013

    De nada vai adiantar o que Paloma fará, pois a guria já tem 12 anos e por lei pode escolher com quem quer viver. E Paulinha vai escolher viver com Bruno. Aí sim a insuportável da Paloma vai pagar os pecados. Só quero vê-la grudada no Ninho, que nem se preocupou com a filha, e acusar Bruno.

    Ok, concordo que isso nos desestimula a assistir a novela. Mas continuarei, mesmo porque a briga vai ser boa. Quem terá o direito de ficar com a menina? O sangue do sangue ou quem a criou? Só acho que Bruno deveria escolher uma advogada e esta se envolver com ele depois do caso. O Bruno não merece Paloma e eu particularmente me decepcionaria muito se Paloma se arrepender e quiser voltar com Bruno só por causa da filha e este ainda aceitá-la. Paloma não merece nada!!!

    Os agarramentos entre Patrícia e Michel deveriam parar sim. Já deu, né? Mas sabem o que é isso? Garanto que a censura na Globo já bateu o martelo por causa dos gays. Aí apelam com essa relação descabida entre Patrícia e Michel. Acontece que andam comentando que eles têm química e o povão gostou. Aí usam em overdose essas cenas.

    Uma coisa é certa: deveria haver mais cenas sobre os gays, casos mesmo. A vida do casal gay por exemplo, explorar mais isso, pois é algo novo ou que nunca mostraram abertamente em novelas. E se mesmo assim não tiverem mais criatividade, então que passem a reprisar novelas antigas neste horário. Pelo menos a gente não vai reclamar de ver de novo novelas que foram boas. E até poderiam reprisar neste horário, porque à tarde as novelas das 21 horas são raramente reprisadas e ainda com cortes, devido ao horário vespertino.

  • she diz: 12 de junho de 2013

    Esse casal Michel e Patricia já deu o que tinha que dar mesmo, só passa eles se pegando e diálages vazios.
    Enfim, n duvido que a Paloma ficará grávida do Bruno…talvez ele descubra que está grávida do cara que quer colocar atrás das grades e que quer afastar de sua primeira filha. A personagem continua impulsiva, mas isso é o de menos…o pior é ela continuar com a cabeça oca.

  • paula diz: 19 de junho de 2013

    Gente, realmente muita falta de imaginação….agora começa a ladainha de sempre…e vai ficar assim ate o fim da novela…e o personagem Ninho que não tem nada haver neste papel…vive de vento..ridículo…acho melhor assistir Dona Xepa…ou então Saramandaia…que já é fora da vida real…. como se diz…”nada se cria, tudo se copia”…

  • Mariles diz: 26 de junho de 2013

    Essa Paola não tem amor próprio: seu grande amor é um homem mimado, beberrão e eternamente irresponsável que entre outras coisas a deixou sozinha em uma bar, grávida, tendo que parir ali mesmo. Esse mesmo homem descaradamente recusou emprego do futuro sogro porque trabalhar não é com ele. Esse mesmo homem se lixou para o desaparecimento da filha. haja falta de amor próprio. Mas ela, Paola, também é da mesma estirpe, mimada e futil: em todas as brigas com a Pilar, foi ela quem começou, sempre incoerente, exemplo, dispensar a presença dos pais no jantar de noivado. Muito adolescente para quem já tem idade adulta, para uma médica etc. Acho que ela tem que ficar com o Ninho, combina totalmente com ela: eternos adolescentes e rebeldes sem causa. Deixa o Bruno pra quem tem cabeça!

  • elizabeth reitter diz: 27 de junho de 2013

    realmente essa novela ricula,amor a vida,como essa paola aceita fazer um papel desses,nossa to decepicionada.

  • Marcos diz: 27 de junho de 2013

    O Félix, se fosse na vida real, já tinha sido processado pelos funcionários do hospital por assédio moral. Novelas… Por um lado, temas modernos, como a inseminação de bebês por gays, e, por outro, mantida a era das cavernas, com um diretor que ofende aos empregados e fica ileso. Falta de criatividade para demonstrar o maucaratismo do protagonista. E o personagem do Antônio Fagundes preocupado com indenização por erros médicos, enquanto o filho, na sua frente, assedia moralmente um empregado idoso – e o advogado não alerta para riscos ainda maiores de processos trabalhistas. Novelas!!!!

  • Sérgia diz: 28 de junho de 2013

    Mas não é só o assédio moral. O Féliz assedia sexualmente o médico, inclusive indo as sua casa. Muita baboseira. Igual a Avenida Brasil, que a Rita não gravava nada no celular, num mundo em que tudo se grava… Começam bem, mas se perdem na criatividade coerente com a modernidade em que acontecem as novelas.O telespectador fica com as sluções à mão e os personagens perdidos na falta de ideia do autor.

Envie seu Comentário