Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Amor à Vida: Após ser inocentada, Paloma rompe com a família e vai morar com Bruno

29 de agosto de 2013 1

Estevam Avellar, TV Globo

Como já contei aqui, Paloma (Paolla Oliveira) vai comer o pão que o diabo amassou nos próximos capítulos. Presa com drogas no aeroporto, logo em seguida ela será levada para uma clínica psiquiátrica, onde passará por um cruel tratamento.

Mas Bruno (Malvino Salvador) não vai medir esforços para salvar a amada e com a ajuda de uma verdadeira “legião do bem”, conseguirá tirar a moça da clínica. A situação de Paloma melhora mesmo depois que Alejandra (Maria Maya) confessa que colocou as drogas na bolsa da mocinha para incriminá-la.

Através de Bruno, Paloma descobre que sua família fez questão de mantê-la internada, por não acreditar em sua inocência. Decepcionada, ela decide começar uma vida nova e comenta com o noivo:

- Pelo que você me contou, a minha família me abandonou. O meu pai, em quem eu sempre confiei, me deixou ser internada numa clínica como aquela. Estou cheia desse mundo em que eu fui criada, decepcionada com a minha família. Eu quero morar no seu apartamento, sim. Mais do que isso, eu quero montar um consultório no seu bairro. Não quero mais atender só no San Magno. Quero tratar das crianças que precisam, mas nem sempre podem pagar o preço de uma consulta. Vou cobrar barato. Vou aceitar os planos de saúde mais simples, esses que custam pouquinho. E, se alguém não puder pagar, eu não vou cobrar.

Em seguida, segundo a colunista Patrícia Kogut, é a vez de Paloma ter uma difícil conversa com César (Antonio Fagundes). Ela revela ao pai que tem certeza de que Paulinha (Klara Castanho) é sua filha biológica e que pretende se casar com Bruno e formar uma família ao lado dele. Insensível, o médico sugere:

- Então você não precisa casar com ele. Nós abrimos um processo e arrancamos a menina do Bruno.

- Nem tudo se resume a dinheiro. Eu amo o Bruno, a Paulinha, amo a família maravilhosa que ele tem - retruca Paloma.

- Um bando de Zé ninguém! - diz César, furioso.

Paloma afirma que trabalhará só meio turno no San Magno, já que pretende cuidar de pacientes de baixa renda. Ela rompe de vez com o pai e anuncia:

- Pai, eu vou casar com o Bruno. Eu vou viver do meu trabalho e ele, do dele. E nada que você disser vai me impedir.

Finalmente Paloma resolve se libertar dessa família desequilibrada, né? Só vai faltar mesmo ela descobrir que foi Félix (Mateus Solano) quem roubou Paulinha e jogou em uma caçamba. Mas isso provavelmente será só no final da novela.

Bookmark and Share

Comentários (1)

  • Clau diz: 29 de agosto de 2013

    ALELUIA!!!!! Até que enfim Paloma fez algo decente! Será que foi a temporada dela na prisão e depois no hospício?? Será que vendo a realidade nua e crua ela acordou? Agora, interessante que Paloma viveu horrores dentro da prisão e do hospício e não ficou revoltada como Ninho alega que ficou, APÓS ter ficado preso. Será que foi a prisão mesmo que o tornou assim ou ele sempre foi e nunca quis assumir? Índole é índole e não tem jeito.

Envie seu Comentário