Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Gloria Pires será protagonista de seriado de Aguinaldo Silva

07 de novembro de 2013 1
Zé Paulo Cardeal, TV Globo

Zé Paulo Cardeal, TV Globo

Enquanto não volta a escrever novelas (sua próxima trama só deve ir ao ar em 2015), Aguinaldo Silva prepara um novo seriado para a Globo. Intitulada “Doctor Pri”, a nova atração terá um elenco de estrelas e deve estrear no ano que vem, segundo o jornal O Dia.

A série terá como principal tema a traição. Gloria Pires será a protagonista Priscila, uma psicóloga cheia de problemas no casamento. José Mayer deve interpretar o marido e o português Paulo Rocha está cotado para ser o amante da personagem principal.

Com esse elenco, o seriado já é chamado de “all star” nos bastidores da emissora, já que só contará com um time de estrelas.

Gloria Pires é uma das poucas atrizes que salva qualquer produção. Mesmo em Guerra dos Sexos, o remake mal-sucedido que foi ao ar este ano, ela brilhou como a poderosa Roberta Leoni.

Aguinaldo Silva é um grande autor de novelas (apesar de eu não ter gostado muito das últimas, Duas Caras e Fina Estampa), mas os seriados criados por ele até agora me deixaram meio traumatizada. “Cinquentinha” e “Lara com Z” também contavam com grandes nomes no elenco, mesmo assim, foram as piores coisas que já assisti na Globo (se alguém gostou, por favor, se manifeste). Espero que “Doctor Pri” nos surpreenda positivamente, vamos aguardar…

Bookmark and Share

Comentários (1)

  • Clau diz: 7 de novembro de 2013

    Deixei de assistir as novelas de Agnaldo Silva depois de SENHORA DO DESTINO. E olha que havia erros naquela novela, erros grosseiros em relação a datas e outras coisas. Mas a trama era boa e Renata Sorrah ganhou todos elogios com sua Nazaré Tedesco. Depois veio DUAS CARAS e a coisa degringolou. Antônio Fagundes parecia um peão de fazenda. Susana Vieira estava HORROROSA com aqueles cabelos longos e louros. Renata Sorrah não teve seu talento a sua altura. Dalton Vigh parecia um personagem de história em quadrinhos, com caras e bocas, um canastrão. E Marília Gabriela? A novela, embora mostrasse o racismo que o país ainda tem, não foi uma novela que me agradou. Já Senhora do Destino foi muito melhor. E dei uma olhada no seriado das Cinquentinhas, cujas as ditas 50s eram mulheres acima de 60 anos. Ridículo! Mais ridículo é ver Agnaldo Silva se fissurar na Suzana Vieira e querer fazer dela uma eterna musa. Por favor! Atualmente se observa em Amor à Vida o quanto Susana está atarracada. Sem cintura, coisa normal para uma mulher de 71 ANOS DE IDADE. Para que Nathalia Timberg não parecesse IRMÃ de Susana vieira (Natália tem 84 anos), envelheceram a atriz de tal forma que Bernarda está sempre descabelada e quase sem uma maquiagem, nem um batonzinho rosa. Até quanto a Globo vai manter Susana Vieira num pedestal? O tempo de musa já passou há muito e para ela não cair num ridículo, é bom moderar seus personagens. Este como Pilar, está bem pra ela. Mas não precisava detonar Nathalia Timberg pra sobressair a figura de Susana Vieira como sua filha. Bom, mas também o que esperar da Globo, se em Passione, Fernanda Montenegro era nora de Cleyde Yáconis. E ambas só tinham – na vida real – 6 anos de diferença? Mas a personagem de Cleyde Yáconis pelo menos era mais vistosa, usava sua maquiagem, tinha porte. Não vejo isso na personagem de Nathalia Timberg.

Envie seu Comentário