Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Polêmica em Amor à Vida: Rafael será preso após beijar Linda

26 de dezembro de 2013 31
João Miguel Júnior, TV Globo

João Miguel Júnior, TV Globo

Walcyr Carrasco insiste nas polêmicas em Amor à Vida. Mesmo causando um certo estranhamento, o autor resolveu mostrar um romance entre a autista Linda (Bruna Linzmeyer) e o advogado Rafael (Rainer Cadete).

O assunto é polêmico e a discussão promete esquentar ainda mais nos próximos capítulos. Inocente, Linda se encantará ao ver Jonathan (Thalles Cabral) beijando a nova namorada. Tomada pela curiosidade, ela pergunta a Rafael como é beijar.

O advogado não vê mal nenhum e beija delicadamente a jovem. O problema é que eles são flagrados pela família de Linda, que arma uma grande confusão. Neide (Sandra Corveloni) denunciará o rapaz e ele acabará sendo preso.

Segundo o blog Folhetim, a novela mostrará exatamente o que aconteceria na realidade em um caso como esse. Rafael será enquadrado pelo crime de “sedução de incapaz”, como afirmam especialistas consultados a respeito do assunto. É claro que existem vários graus de autismo e tudo depende do desenvolvimento de cada um, mas em se tratando de Linda, a própria família nunca permitiu que a jovem fizesse o tratamento adequado, portanto, ela se comporta e raciocina como uma criança. Pois é, a vilã Leila (Fernanda Machado) não está errada ao chamar a irmã de “incapaz”, já que legalmente ela pode ser considerada assim.

Como explica a advogada Danielle Perazzi, Linda não poderia nem se casar legalmente:

- Ela não pode celebrar negócio jurídico, ou seja, não pode casar, se for considerada incapaz, pois isso significaria que a doença mental retirou seu total discernimento.

Segundo as leis brasileiras, portanto, Rafael está sim cometendo um crime. E aí está o grande furo da história, afinal, como advogado, ele teria obrigação de saber o risco que corre ao se relacionar intimamente com uma moça autista. Matou essa aula, Dr. Rafael?

Walcyr Carrasco mexeu num vespeiro ao abordar isso no horário nobre, mas é importante esclarecer como essa delicada questão funciona na realidade.

O que vocês acham dessa polêmica?

Bookmark and Share

Comentários (31)

  • ale diz: 26 de dezembro de 2013

    na novela é tudo lindo e maravilhoso, mas as dificuldades de viver com uma pessoa autista não são mostradas realmente… Como naquela outra novela em que a mocinha casou-se com um esquizofrênico. Na vida real tudo é muito mais complicado…

  • Paulo fe diz: 26 de dezembro de 2013

    Parabéns Rede Globo, mais uma vez mostrando que o deficiente não deve ter o direito de nada, ao invés de fazer uma novela apoiando e indo contra essas leis ridiculas, não mostram o contrario e o errado, REDE GLOBO LIXO.

  • Sissida diz: 26 de dezembro de 2013

    É bem difícil opinar sobre isso.A mãe dela não deixa de ter razão,porque se o rapaz só se aproveitasse da menina e depois sumisse,podiam haver consequencias psicológicas,e ate mesmo uma gravidez e quem iria assumir?Com certeza a mãe,que já deixou tudo de lado para cuidar da filha.Todos condenam a Neide,eu acho que sim,ela poderia ter feito mais pela filha,assim como ter afofado a Leila pra ver se virava gente!Mas como ela pode saber das reais intençoes do Rafael,e mesmo que sejam boas,ninguem,com ou sem autismo,pode dizer que uma relação vai ser boa.E deve ser esse o medo dela:que a filha sofra e piore!Acho muito boa a polemica pois alem do aspecto jurídico,fica o emocional,e nos leva a pensar:E SE FOSSE COM MINHA FILHA,O QUE EU FARIA???

  • Keka diz: 26 de dezembro de 2013

    E outra,se ele sente mesmo amor por ela e está disposto a viver isso,tbm deve ser barra alem de nao poder ainda ser preso?O lado dele nao é mole,nao.E ainda tem os sentimentos da propria linda nessa história toda…Q babado!!!

  • Clau diz: 26 de dezembro de 2013

    Se este é o fato, então WC deve mudar a personalidade de Rafael. No fundo, ele é um tipo excêntrico em se tratando de amor ou sexo. Ou então, WC enfia a cabeça dele dentro de um saco, de tanta vergonha, por ter feito uma história entre casal, que nem poderia ter começado. Um advogado que se encanta por uma autista mas passa dos limites com tal. Ele conhece as leis. Ou será que ele não é tão confiável quanto parece? Aí seria o fim da picada porque com Eron já cairam todos os butiás que eu tinha no bolso (expressão gaúcha), e se me decepcionar também com Rafael, aí sim, até as calças caem junto com os butiás.

  • Clau diz: 26 de dezembro de 2013

    Se este é o fato, então WC deve mudar a personalidade de Rafael. No fundo, ele é um tipo excêntrico em se tratando de amor ou sexo. Ou então, WC enfia a cabeça dele dentro de um saco, de tanta vergonha, por ter feito uma história entre casal, que nem poderia ter começado. Um advogado que se encanta por uma autista mas passa dos limites com tal. Ele conhece as leis. Ou será que ele não é tão confiável quanto parece? Aí seria o fim da picada porque com Eron já cairam todos os butiás que eu tinha no bolso (expressão gaúcha), e se me decepcionar também com Rafael, aí sim, até as calças caem junto com os butiás.

  • Guilherme diz: 26 de dezembro de 2013

    Eu cantei essa pedra logo que ele começou a se relacionar com ela. Acima de crime este rapaz está demonstrando ser portador de uma parafilia e como ela tem a mentalidade de uma criança, talvez seja inclusive do tipo pedofilia. É um rapaz que precisa de tratamento psicológico, pois nossas normas sociais não permitem este tipo de relacionamento.

  • m_sinistra diz: 26 de dezembro de 2013

    querida Clau e Guilherme

    Sabemos que a irmã dela e uma cobra vcs acha mesmo que ela ia deixar a irmã ser feliz e eu também acho que a linda não e tão incapaz assim eu acho mesmo que e mais medo da mãe dela

  • Fabio diz: 26 de dezembro de 2013

    O problema é que “sedução de incapaz” NÃO EXISTE. É mais uma vez a Globo inventando crimes.
    O art. 217 do Codigo penal previa o crime de “sedução”, que diz respeito a desvirginar mulher “inocente”, mas isso não mais existe desde 2005 (ou 2007).
    O que existe é estupro de vulnerável, considerando a situação da Linda (incapaz), mas para isso tem que haver conjunção carnal ou outro ato libidinoso. Um simples beijo não configura o crime.
    Lamentável, com tantos advogados, o autor não fazer uma pesquisa de 5 minutos e escrever essas bobagens.

  • G.Med. diz: 26 de dezembro de 2013

    O que são normas sociais ???????????????

  • Claudia diz: 26 de dezembro de 2013

    Quem tem uma pessoa assim na família sabe muito bem que é inviável um relacionamento entre um autista no nível da Linda e uma pessoa sem nenhum problema mental. Que pessoa se interessa por alguém que mal consegue montar uma frase? Quem quer namorar com uma pessoa que tem crises histéricas por qualquer coisa e não pode sequer ficar sozinha por algum período porque pode se machucar? Pessoas assim não são capazes de fazer a própria comida, precisam de horários fixos para tudo para estabelecer rotina, não ficam sozinhas em casa, não andam sozinhas na rua… Gente, isso não é real, eles podem sim ter relacionamentos, com pessoas com limitações semelhantes e sempre sob supervisão e acompanhamento psicológico. Que homem se interessa por uma mulher com comportamento e compreensão de criança? Pode ser tudo muito florido na novela, mas na vida real, esse tipo de relacionamento não acontece porque seria como se relacionar com uma criança pequena no corpo de uma mulher. Eles não estão mostrando todas as dificuldades da vida de uma pessoa com essa doença.

  • Nana diz: 26 de dezembro de 2013

    Essa situaçao é bem dificil. Eu nao conheço todas as leis, mas ir preso por ter dado um beijo, em alguem que voce gosta, ja é demais, né? E a familia sabe que Rafael gosta dela,af. O erro foi da familia em nao fazer um tratamento bem no inicio. Ou então é W.C que nao esta sabendo lidar com a historia. Vamos ver o que vai sair disso.

  • Cristina diz: 26 de dezembro de 2013

    Desculpe, mas essa abordagem já está saindo fora do controle. Eu não sou nenhuma especialista, mas eu já estudei o autismo e sei que a realidade não é bem essa. Sim, existem vários níveis de autismo, sim, eles podem melhorar com acompanhamento de vários profissionais e até mesmo com a educação, mas um relacionamento desse tipo, sinceramente, não acho possível. É possível eles terem relacionamentos sim, mas com pessoas em condições semelhantes. Nesse caso, está fora de cogitação. Se é difícil surdo se relacionar com ouvinte, imagine um autista com alguém que não tem problema nenhum. Até os surdos admitem que a vida é mais difícil para eles se for para se relacionar assim com um ouvinte, porque é outro mundo, outra cultura. A mesma coisa pode se dizer do autismo, ou mesmo da esquizofrenia ou do transtorno bipolar. Isso não dá para engolir mesmo. Definitivamente, Walcyr Carrasco não está sabendo conduzir essa história. A Linda tem corpo de mulher, mas raciocina como criança. Rafael é um adulto. Isso é impossível de acontecer na realidade.

  • Edu diz: 26 de dezembro de 2013

    Tá certo, ela tem mentalidade de criança gente. É como se fosse pedofilia. Ele beijando ela é o mesmo que um homem adulto beijar uma menininha 4 anos. Você deixaria? Duvido. Ele ter um relacionamento afeituoso ok, maravilha, mas beijo pra frente não pode.

  • Ieda diz: 26 de dezembro de 2013

    AMAR NESSE PAÍS NÃO PODE!!
    MATAR,ESTUPRAR,ENGANAR,FURTAR,ATACAR…..PODE…
    TEM QUE MUDAR ESSA LEI ARBITRÁRIA, QUE CONFUNDE O AMOR COM ALGO PROIBIDO,SUJO,IMORAL…
    QUERO VER ESSE AMOR SIM….ELES SÃO LINDOS…EXEMPLOS QUE ESSE AMOR PODE SIM DAR MTO CERTO…TALVEZ MAIS CERTO QUE O CONVENCIONAL…

  • Jony Santos diz: 26 de dezembro de 2013

    A globo gosta de manipular vc’s Walcyr Carrasco envergonha com essa historia de casal gay e gays adotando filhos e se casando isso envergonha a sociedade tentam implementar essa ideia quer ser gay é bonito e qualquer coisa é motivo de bulling e homofobia chega disso por isso o Brasil ta onde tá. Ninguém incentiva a educação só a homosexualidade.

  • Clau diz: 27 de dezembro de 2013

    Rafael não é somente um adulto. É um advogado. Então deve entender o que está fazendo. Agora se ele não entender, aí fica bem difícil alguém contratá-lo como advogado. Geralmente advogados não se interessariam por uma pessoa assim. Na área científica, médica, se interessariam como uma amizade para poder estudar, ajudar… Enfim, o jeito é esperar pra ver o que WC apronta. Mas como M_SINISTRA disse, a família dela não ajudou em NADA. Aquele irmão fisioterapeuta é um idiota que quis casar com uma gorda pra DEPOIS encher o saco da coitada. Por que quis casar então? Mas dá bombons de presente de Natal???? Até o outro médico dá bombons????? Leila é uma criatura deformada espiritualmente. Ela vai morrer queimada dentro da mansão adorando as joias que Nicole deixou pra ela. A mesma cena WC fez na novela ALMA GÊMEA quando Cristina se olhava no espelho adorando o diadema que pertencia a sua prima e que foi motivo de tanta desgraça na trama. A casa pega fogo, Cristina se olhando no espelho e de repente sai do espelho ou sei lá de onde, um ser como uma tocha humana e agarra Cristina levando-a com ele. Devia ser o demônio, quem sabe… Pois no caso de Leila, Thales só consegue salvar Natasha e Leila morre queimada. WC de fato precisa mais criatividade. Os autores começam a se repetir nas tramas e personagens.

    Quanto ao caso da Linda, ela devia ter estudado em escolas especializadas e ter tido contato com outros autistas. De quebra aquela mãe dela deveria fazer uma análise com um ótimo terapeuta. Não é fácil ter filhos assim, e ainda tomar conta de uma casa. Se ela abdicou de tudo por Linda, não deve agora se fazer de vítima. Por que ninguém naquela casa foi procurar um especialista em autismo para saber como agora diante da relação da filha com Rafael?
    Parece que aquela família é bem devagar em muitas coisas.

    Mas o que se esperar? se diante de PALOMA A PAMONHA, Linda é muito mais esperta! Pode uma criatura médica, adulta, mãe de adolescente, se fazer de ofendida com o marido porque viu o que não viu entre ele e Aline? Está traumatizada, não quer contato direto, …. Paloma é a personagem perfeita de uma descerebrada. A cada cena dela com Bruno e fazendo o teatrinho de esposa traída que ela faz, dou gargalhadas. Nunca vi algo tão ridículo em toda minha vida assistindo novelas. Amélia!!!!! Larga Joia Rara por um segundo e vem dar AULAS de como CONFIAR no seu homem. Porque Bruno NUNCA DEU MOTIVO pra retardada da Paloma desconfiar dele. Muito pelo contrário! A tratava como rainha! E o que ela viu afinal? Uma louca deitada na cama de robe,o Bruno saindo do banheiro com uma camisa suja de chocolate (mancha que não sai assim numa lavadinha só e ele poderia ter esfregado na cara de Pamonha a roupa), mas estava vestido de calças e sapatos. Antes porém, lembremos que Aline avisou Pamonha que deixaria a porta aberta para Pamonha entrar e atender seu maninho que estava ardendo em febre. Ok… Então peloamordedeussssss!!!!!!! COMO, COMO QUE ALI SE CONFIGURA UM CASO AMOROSO??????? Walcyr Carrasco deve ODIAR Paolla Oliveira para ter lhe dado um papel tão, mas tão imbecilizado.

  • Alex Santos diz: 27 de dezembro de 2013

    Como diria a minha mãe, o autor deve ter dormido com os pés destapados. Já repararam que não existe ninguém que tenha tido uma postura legal ao longo de toda a novela. Até o casalzinho água com açúcar. Sim pq, o Bruno adotou a filha após tê-la encontrado em circunstâncias duvidosas, a Paloma, no início da novela, era mulher de bandido…

    Ô povo da pá virada…

  • Ana diz: 27 de dezembro de 2013

    Na verdade o tipo de estupro foi alterado, até um beijo forçado pode ser considerado estupro. O problema é alguém ir preso porque beijou à força alguém (se considera à força porque ela é incapaz). Me poupe, né.

  • Cristina diz: 27 de dezembro de 2013

    Por isso que eu digo, Clau, que esse tema está muito fora da realidade. Pessoas como o Rafael não se interessaria por alguém como Linda dessa forma. Se interessaria em ajudar, claro, em ser amigo, mas não dessa forma. Acho muito difícil. E você bem falou, ele é advogado. Por isso acho essa abordagem surreal. E por que raios a família não procurou ajuda profissional, não a colocou em contato com os outros de casos semelhantes? Isso já é um crime, porque isso é um direito da pessoa com deficiência. Linda teve sim, seus direitos negados, tudo por superproteção. Nunca ouvi falar de um caso de que os pais se recusassem a procurar ajuda. O problema não é nem financeiro, porque conheço famílias pobres ou remediadas, mas que estão na luta, sempre, para procurar ajuda para seus entes com alguma deficiência, seja autismo ou não. A sociedade já é meio omissa, precisa os pais serem omissos também? Muito surreal essa abordagem.

  • Amanda Gomes diz: 28 de dezembro de 2013

    Na minha opinião um altista pode e tem o direito de Amar alguém.. sendo ele altista ou não… O Amor vence qualquer obstáculo acho lindas as cenas e dou toda força para Linda e Rafael! só fico triste por saber q existem pessoas q não concordam com isso.. e tem um olhar completamente preconceituoso! prq quando o sentimento é de verdade agente sente!

  • Cristina diz: 28 de dezembro de 2013

    Amanda, ninguém aqui está falando que um autista é incapaz de amar. A questão aqui não é esta. Apenas acredito que é difícil uma pessoa como Rafael se interessar por ela dessa forma. Tudo é preconceito, para vocês? Por favor, né? Eu sou realista, apenas isso. A Linda é uma criança, para se relacionar precisa evoluir muito ainda. O nível de autismo dela é muito severo, não sei se você percebeu. Eu acho que essa novela está mesmo influenciando as pessoas a pensar fora da realidade, pronto, falei. Eu detesto este politicamente correto e mais ainda quando a pessoa cai completamente neste discurso politicamente correto. Definitivamente, romantismo não cabe nesta abordagem. Aliás, o grande problema é que você parece ter uma visão romântica do assunto. Enfim, não entro mais aqui para discutir com gente que não entende a nossa posição e ainda quer nos rotular.

  • m_sinistra diz: 29 de dezembro de 2013
  • m_sinistra diz: 30 de dezembro de 2013

    agora só falta ver como que ele planeja leva a história do Rafael e da linda os dois são lindos juntos os dois vão acabar juntos na novela ou não

  • m_sinistra diz: 31 de dezembro de 2013

    Agora só falta ele fazer o Rafael ter autismo mais leve se ele separar os dois vai ser um tiro no pé mesmo

  • João diz: 11 de janeiro de 2014

    Só esqueceram que o crime foi revogado, ou seja, não existe mais (vide Lei nº 11.106/2005). Teria que ter conjunção carnal ou prática de ato libidinoso pra se enquadrar em outro crime: estupro de vulnerável.

    Sem falar que delegado tem mais autoridade do que juiz nessa novela… Pode mandar prender, mesmo não havendo situação de flagrante delito e sem ordem judicial.

    Haja liberdade poética…

  • WISARD diz: 12 de janeiro de 2014

    Sissida a Neide é bem idiota que nem a filha superimbecil Leila e vc dá razão a ela?isso significa q vc é bem idiota também O Daniel é bem idiota com essa história também ele surrou o advogado sem nenhum motivo A única pessoa certa é o Amadeu idiota

  • Larissa Dourado diz: 13 de janeiro de 2014

    O crime de sedução de incapaz já foi revogado há muito tempo pelo nosso Código Penal. Walcyr Carrasco errou feio! No caso ele PODERIA responder por Estupro de vulnerável previsto no 217-A, §1º do CP. Mas, tendo em vista que foi apenas um beijo dado em público e que o personagem Rafael frequentava a casa da Linda com consentimento dos pais, dificilmente ele seria enquadrado nesse crime.
    Art. 217-A. Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos:
    Pena – reclusão, de 8 (oito) a 15 (quinze) anos. (Incluído pela Lei nº 12.015, de 2009)
    § 1o Incorre na mesma pena quem pratica as ações descritas no caput com alguém que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência. (Incluído pela Lei nº 12.015, de 2009).

  • Giovannio diz: 21 de janeiro de 2014

    Duvido muito a Globo por seu personagem ao ridículo de tipificação nos termos do artigo 217-A, §1º, CP, sendo acusado por ESTUPRO DE VULNERÁVEIS. Daí inventou qualquer termo para simbolizar o crime. No jogo dos erros, o autor pecou, além da tipificação, a questão de o advogado ter sido preso como em flagrante e não mediante mandado de prisão preventiva, que seria ilegal, fora as prerrogativas que garantem ao advogado a formar sua defesa em liberdade e, neste caso, se fosse real ele não seria preso ou até mesmo enquadrado pelo fato concreto.
    Outro erro grotesco é a encenação da atriz para uma portadora de altismo com tanta desenvoltura chegando quase a perfeição de uma pessoa com total debilidade, já que com o rapaz ela demonstra grande evolução como uma altista, seguindo a realidade de poucos. Mas segundo relatos de pessoas que convivem com este problema na família, a representação da personagem não tem nada a ver com os reais altistas.
    Portanto, mais uma vez a Globo rasga com mãos de ferro a vida de muitas pessoas, além das religiões, orientação sexual, agora chega a gozar com a cara dos telespectadores na área jurídica. ABSURDO, ISSO!

  • Giovannio diz: 21 de janeiro de 2014

    Cara Amanda Gomes, você autorizaria, caso tenha, sua filha de 5 anos de idade namorar um rapaz de vinte e poucos anos? Responda sem hipocrisia, por favor. Na minha opinião, claro que não. Independentemente da violação dos direitos de Linda por parte dos pais, que foram negligentes com o tratamento da filha, ela é uma criança de apenas 5 anos de idade num corpo de uma mulher bem formada fisicamente. A questão levantada é que o autor não se preocupou com os direitos de Linda, mas somente com o romantismo impossível pelas circunstâncias e realidades que vivem as personagens em foco. O amor supera tudo, quando este amor é possível, bom e viável, que não é este o caso. É mais fácil uma pessoa se APAIXONAR por outra pela atração física, pelo jeito de ser (que é o caso de Rafael) ou até mesmo pela compaixão pela sua deficiência. Mas desenvolver AMOR verdadeiro, isso não. Não se desenvolve amor vendo que vai sofrer ou fazer a outra pessoa sofrer, isso não é amor, mas apenas paixão ou simples atração e tudo isso passa um dia.

  • Maria Inês diz: 27 de janeiro de 2014

    Tenho um filho especial e sei que um relacionamento homem-mulher para ele seria uma aberração. Essas pessoas não têm noção de coisa alguma, têm que estar sempre acompanhadas. Não vejo possibilidade alguma delas saberem o significado, as consequências e as responsabilidades advindas de atos como um beijo e de tudo que vem depois. Na novela é tudo muito romântico, bonito. Mas, na realidade, creio ser impossível um homem “sem problema” se relacionar com uma mulher com necessidades especiais. Imaginem só, em um dado momento ela não consegue ir ao toilette e se suja toda. É inimaginável este homem fazendo a higiene dela. Ainda, no momento da relação sexual se ela sentisse vontade de começar a se bater, ela o faria. Não creio que um homem tenha este nível de compreensão. Realmente, ele pode até gostar dela. Mas, daí para a frente , creio de total impossibilidade. Ela não tem senso de responsabilidade, não mede as consequências de seus atos, não sabe o significado daquele beijo, como no caso. Ela pode até ter uma sensação de que aquele ato é gostoso mas, o significado ela não sabe e a responsabilidade daquele ato ela não tem.
    Jamais permitiria também que meu filho tivesse este tipo de relacionamento.

Envie seu Comentário