Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Vale a Pena Ver de Novo exibirá duas novelas ao mesmo tempo

07 de janeiro de 2014 11
Divulgação, TV Globo

Divulgação, TV Globo

Não é de hoje que se fala no fim do Vale a Pena Ver de Novo, já que a atração não dá mais o ibope que dava antigamente. Além do mais a falta de novelas mais antigas no horário acaba irritando o público.

Mas ao contrário das previsões, o Vale a Pena Ver de Novo não só continuará no ar como apresentará duas novelas ao mesmo tempo! Segundo o blog Folhetim, será apenas por alguns dias, mas uma inovação na grade de programação da Globo.

Entre os dias 13 e 17 de janeiro, o público assistirá cerca de 30 minutos dos primeiros capítulos de Caras & Bocas logo após O Cravo e a Rosa, que está chegando ao final. Com o término da trama de Petruchio (Eduardo Moscovis) e Catarina (Adriana Esteves), apenas a história do macaco Xico ocupará o horário.

Detalhe: ambas são de Walcyr Carrasco, portanto, durante uma semana teremos o autor em dose tripla na Globo, se contarmos com Amor à Vida.

Será interessante ver três tramas bem distintas e de diferentes horários, escritas pelo mesmo autor. O Cravo e a Rosa, exibida em 2000 no horário das 18h, foi Walcyr Carrasco em seu melhor momento, com uma história divertida e inesquecível. Caras & Bocas, de 2009, foi ao ar às 19h e tinha uma trama interessante, apesar da pouca química do casal principal (Malvino Salvador e Flávia Alessandra). Já em Amor à Vida, parece que Walcyr perdeu a mão, não soube conduzir uma história do horário nobre e acaba irritando o telespectador com situações inverossímeis.

Bookmark and Share

Comentários (11)

  • Clau diz: 7 de janeiro de 2014

    É, o interessante é isso. É ver a partir de onde ele passou a perder a mão. Afinal quando só escrevia para as 18 horas, era sempre um sucesso. Quando foi para as 19 horas, nem tanto, vide Os 7 Pecados e também Tempos Modernos que não foi lá essa maravilha. Quando resolveu partir para as 21 horas, com um om enredo, falando abertamente sobre homossexualismo, relações difíceis entre pai e filho, sobre doenças graves e a esperança de se curar… enfim, se tinha uma certeza que seria um grande sucesso. Tanto que deu grande ibope nas primeiras semanas e meses. Depois a coisa começou a complicar a hoje está como está;.

    WC volta para as 18 horas, mas dá um grande tempo pra REATIVAR tua criatividade. E que saudade de Eduardo Moscovis nas novelas… Faz falta.

  • M diz: 8 de janeiro de 2014

    Não costumo defender o Carrasco, mas ae vai:
    O autor não é um autor de tramas dramáticas, e soa muito melhor em tramas de época. Não mesmo.
    Você percebe que o estilo do texto do autor tem tudo a ver com O Cravo e a Rosa, mas quando ele o exerce em Amor a Vida, ele fica destoante.
    Ver os personagens chamarem outro de “Jornalista Serafim” em oCeaR não incomoda, pela leitura teatral e pela forma de se falar da época. Agora, ver o elenco de AaV chamando uma personagem ou outro de Enfermeira Fulana ou Advogado Ciclano soa de uma breguice sem tamanho.
    Eu não gosto do humor do Carrasco, mas Caras e Bocas é passável (coisa que Morde e Assopra não foi), mas parece que ele reuniu todos os seus vícios de linguagem, todas as piadas ruins e toda a teatralidade forçada que tanto gosta e colocou no máximo em Amor a Vida.
    Uma pena.
    Um ótimo enredo – os segredos obscuros de uma família considerada perfeita a vista da sociedade – além de excelentes ideias de subtramas – a solidão e a doença de Nicole, o autismo, a formação de uma família moderna com dois pais, a busca insensata pela fama e dinheiro fácil – tudo desperdiçado por um texto raso e pobre que parece ser Carrasco em sua pior forma.

  • Clau diz: 8 de janeiro de 2014

    Meu Dues! cometi um erro grosseiro! Como tinha um robô em Morde e Assopra eu meti na cabeça que era Tempos Modernos. kkkkkkkkkk…. Credo! Que horror! Deve ser o calor intenso que derreteu meus neurônios. Obrigada Michele por me lembrar e também agradeço a M. Teu texto M. é perfeito! Disseste tudo. É bem assim mesmo em relação ao WC. E também torço, Michele, para que ele retorne às 18 horas com um enredo de época. De fato, O Cravo e a Rosa, Chocolate com Pimenta e Alma Gêmea foram as melhores, pelo menos na minha opinião. E todas elas novelas das 18 horas. Ele deveria continuar nesse horário. É arriscado tentar se manter num horário nobre se não tem o estilo o qual ele está acostumado.

  • Sissida diz: 8 de janeiro de 2014

    Engraçado que nas duas novelas (Caras e Bocas e Amor à Vida)Malvino Salvador tem pouca química com seus pares românticos,e a gente sempre botando a culpa na Pamonha…mas com Flavia Alessandra também não tinha química,então…cadê o Vitório de Alma Gêmea,que tinha ótima química com Drica Moraes,será que perdeu o jeito? Realmente,WC deve escrever tramas de época,todas foram sucesso e até hoje continuam sendo.Amor à Vida tem cenas ótimas,e o Felix é o que há de melhor ali.Pena que tem muita coisa sem coerência,muita baboseira numa novela tão cheia de assuntos perfeitos para serem discutidos e explorados.

  • Ana diz: 8 de janeiro de 2014

    Foi em Caras e Bocas que eu percebi como o Malvino é péssimo ator. Nunca esqueço da cena em que ele agarra a Flávia Alessandra pela primeira vez após o reencontro e fala algo do tipo “blablabla e sua boca pede um beijo”.. gente, que atuação RUIMMM SOCORROOO

  • Luziene diz: 8 de janeiro de 2014

    Bom gente, eu amo O Cravo e Rosa e adoraria rever Eduardo e Adriana contracenando novamente. Essa novela foi uma das melhores (se não a melhor) que já assistir, e ver o Edu e a Drica (lindos e excelentes atores) juntos novamente seria bom demais.

  • Sirene diz: 11 de janeiro de 2014

    Ola!!!
    Concordo plenamente com o comentário da Luziene, o Du e a Adriana estiveram perfeitos, a química entre os dois foi perfeita, pena que não os vimos mais trabalharem juntos, depois o Eduardo passou a fazer uns papéis tão pesados, que não vimos mais a doçura do Petruchio, sem falar na atuação primorosa da Marcela , Calixto, lindinha
    Mimosa, seu Batista.. Bem já assisti esta novela 3 vezes, pena que perdi o capítulo em que o Petruchio conhece a Catarina.

  • Rita Regina diz: 12 de janeiro de 2014

    vale a pena ver de novo tem que mostra as novelas antigas que as pessoas querem assistir como a viagem, terra nostra, era uma vez nao essas novelas mais recentes que ha pouco tempo passou na grade globo novelas antigas prendem a atencao dos telespectadores….

  • Beatriz C. diz: 12 de janeiro de 2014

    O Petruchio e a Catarina são inesquecíveis, o Cravo e a Rosa foi a melhor novela que já assisti e olha que eu já assisti a várias embora no momento não veja nenhuma a não ser o Vale a Pena Ver de Novo porque realmente vale a pena assistir mesmo, sentirei falta do Petruchio e da Catarina é uma novela que se passar 50 vezes será assistida e aplaudida em todas pela não terem feito dvds para vender…..

  • Valeria Tenorio Oliveira diz: 13 de janeiro de 2014

    vale a pena ver de novo tem que mostra as novelas antigas que as pessoas querem assistir como a viagem, cabocla, a padroeira, não essas novelas mais recentes que ha pouco tempo passou teve ter novelas antigas de época que prendem a atenção dos telespectadores de todas as idades….

Envie seu Comentário