Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Diretor de Amor à Vida não descarta o beijo gay entre Félix e Niko e afirma que o futuro do casal ainda não está definido

11 de janeiro de 2014 24

Mauro Mendonça Filho, um dos diretores de Amor à Vida, está contente com o sucesso do casal formado por Félix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso).

Ao Uol, ele e Thiago Fragoso falaram da trama e da polêmica que ainda ronda as relações homoafetivas no Brasil e que são retratadas nas novelas.

“A grande dificuldade do brasileiro mediano, quando se trata de personagens homossexuais, é a aceitação de que existe afeto. Porque as pessoas sempre gostaram do gay cômico, mas quando é o gay amoroso, as pessoas não aceitam”, alertou o diretor.

Divulgação

Divulgação

Já o ator Thiago Fragoso, que no final da novela caiu nas graças do público e virou o grande mocinho desbancando Malvino Salvador, falou da visão que as pessoas têm sobre a homossexualidade.

“O que afasta uma pessoa conservadora, tradicional, é quando ela vê uma relação sexualizada entre dois homens”, opina Thiago.

Divulgação

Divulgação

Contudo, ao ser questionado sobre o futuro do casal que conquistou o Brasil, o autor foi categórico: nada está decidido. Ele ainda não sabe se o casal vai terminar junto a trama ou se vai realmente acontecer o beijo gay.

“Acho que a novela já quebrou tantos paradigmas que esse vai ser o de menos. Se acontecer (o beijo), vai ser lucro”, afirmou Mauro Mendonça Filho.

Bookmark and Share

Comentários (24)

  • Maria Helena diz: 10 de janeiro de 2014

    Tenho que concordar com o diretor Mauro Mendonça, a aceitação do publico foi quase unânime e o carisma dos atores trouxe uma nova interpretação a família entre pessoas do mesmo sexo.
    Nunca tive preconceito sobre gays,porem sempre fui contra adoção por achar que o exemplo é o maior dos ensinamentos.
    Hoje estou revendo este conceito baseada na atuação de Niko e Feliz, juntamente com as crianças do trama.

  • Nana diz: 11 de janeiro de 2014

    Ia ser otimo. Disseram que a Globo esta pensando em permitir o tal beijo gay na novela Em Familia. Será. Essa podia ser a primeira. Mas acho que a Globo quer preparar o publico primeiro, porque muita gente acha menos vergonhoso duas mulheres juntas, do que dois homens. O que acho não fazer o menor sentido.

  • Leila diz: 11 de janeiro de 2014

    Não vou dizer ate enfim, porque muitos paises ainda não permitem, claro os mais conservadores. Mesmo aqui na Hollanda so foi ao ar o primeiro beijo gay num novela(não tão bom quanto os da terra) Holandesa em 2012. Claro que a reaçao foi normal e aceitada e bem vista pelo publico. Afinal aqui onde voce vira há gay. Mas é concederado normaal. Claro não pelos velhinhos Turcos e Maroquinos. Ia ser bom ver o Brasil progedir mais um pouco, afinal de contas, são pessoas que se amam.

  • Ana diz: 11 de janeiro de 2014

    Maria Helena, ninguém vira gay por observar comportamentos. Não é a criação que torna a pessoa gay. Caso contrário não haveria gays filhos de casais heteros. O que uma criança precisa é de uma família que a crie com atenção e amor. Isso pode vir de um casal hetero, gay, ou pai/mãe solteiro.

  • Sem Nome diz: 11 de janeiro de 2014

    Maria Helena você acha que um casal homosexual adotar uma criança é um mau exemplo, mas diz ‘nunca tive preconceito sobre gays”.. Desculpe.. mas você é PRECONCEITUOSA sim! E é o tipo de preconceito que eu acho pior.. aquele enrustido!

  • juca diz: 11 de janeiro de 2014

    Pelo que li a serie A Teia ja gravo um beijo entre duas mulhers. Pelos vistos é um casal na serie. Vamos ver se ate lá, a Globo não cancela.

  • Eduardo diz: 11 de janeiro de 2014

    Maria Helena, se orientação sexual servisse como exemplo, todos os filhos de heteros seriam heteros. Não é isso que acontece. Eu a minha vida toda tive exemplos heteros (e masculinos). Por exemplo, meu irmão, sempre tentei imitar meu irmão, mas ele tem uma namorada, isso eu não tenho vontade de copiar.

    Vem do instinto, eu já sabia que eu era “diferente” desde 5 anos de idade. Meninas não me interessavam, e eu achava garotos muitos mais interessantes. Não tive nenhum “exemplo gay”, achava que tinha alguma coisa errada comigo porque alem do eu não querer meninas as bichas espalhafatosas da TV não tinham nada a ver comigo, que sou bastante masculino.

    Exemplos só fui pegar na adolescencia com series e internet mesmo, que mostrava que eu era tão normal quanto qualquer um, apenas gostava do mesmo sexo.

    Ou seja, Niko ser gay não fará nenhuma diferença pra criação do Fabricio e Jaiminho, a diferença será ele ser um pai amoroso e cuidadoso, isso sim fará diferença na criação deles. Se algum for gay, vai crescer num lar harmonioso (e não num lar homofobico como Felix cresceu), se for hetero, vai ser alguem que abomina preconceito não só homobico, como racismo, etc, pois saberá o que o pai passa.

  • Diva diz: 12 de janeiro de 2014

    Toda a cena eu fico torcendo pra eles se beijarem, é de longe o melhor casal da novela, muito melhor que o casal de protagonistas.
    E sobre o beijo, por favor né, 2013 amigos, ta na hora de mostrar pra população um beijo gay pra ver como é que o público vai reagir, e um casal fofinho como o Niko e o Felix é o casal perfeito pra isso acontecer.Pode ser um beijo fofinho e curto, mas que seja um beijo

  • Diva diz: 12 de janeiro de 2014

    ou melhor, 2014*

  • Luísa diz: 12 de janeiro de 2014

    Acho bobagem extrema criar polêmica em cima de beijo gay. Primeiro, já acho bobagem chamar de “beijo gay”, é beijo e ponto. São o casal principal da novela, isso é fato, sem precisar de beijo pra comprovar isso, mas tomara que aconteça só pra parar de uma vez com tanto lenga-lenga desnecessário. Félix e Niko são a melhor chance da Globo dar esse passo, já que é difícil algum outro casal conseguir tanta aceitação do público.

  • Clau diz: 12 de janeiro de 2014

    Concordo com Luisa. E essa dupla de atores têm nos brindado com o melhor da interpretação. O jeito de olhar, as expressões, nada lembra os personagens que ambos fizeram em outras novelas. ISSO SIM É ATUAR DE VERDADE. Por isso, pra mim que venha o beijo. Porque beijo é beijo. Há tantos beijos escandaloso entre homens e mulheres, quem disse que um beijo gay vai escandalizar? O que me escandalizou foram as muitas cenas desnecessárias entre Patrícia e Michel, um casal hetero. E depois ver Pilar FUMANDO enquanto Maciel tirava a roupa em sua frente. Não… Meu… Vamos combinar?… RIDÍCULO!!!! KKKKKKKKKKKKK….. Não por ser uma mulher mais velha com um cara novo. Mas me pergunto até hoje, a razão do cigarro, já que Pilar JAMAIS deu uma tragada num cigarro a novela inteira!! Que viagem do WC…. E que PÉSSIMO exemplo, quando todos sabem dos malefícios do cigarro para a saúde.

  • Cristina diz: 13 de janeiro de 2014

    A minha crítica vai para o pessoal que praticamente rechaçou a Maria Helena só porque ela manifestou a sua opinião. Essa é a maior prova que ninguém sabe respeitar o ponto de vista do outro e depois vem falar em democracia, e tal, puro discurso, que nada é traduzido na prática. E eu entendo o seu ponto de vista, Edu, mas como você mesmo disse e deu a entender, cada caso é um caso. Pode até ser questão de instinto, mas a criação conta e influencia sim, nesse quesito. Você mesmo disse que a criança sendo criada por gays não vai crescer com “preconceito”, como você diz e vai ter um olhar mais positivo para esse lado. Mas a família, sendo formada por homem e mulher, deve sim, ensinar a não discriminar ninguém, inclusive gays. Isso é problema de formação moral. Não é porque a família é heterossexual que vai necessariamente ser homofóbica. Por outro lado, eu entendi os argumentos da Maria Helena. Não havia motivo para essa retaliação toda, sendo que ela disse que estava mudando os conceitos.

  • Eduardo diz: 13 de janeiro de 2014

    Não foi uma retaliação (pelo menos nao da minha parte), apenas uma constação de um conhecimento equivocado dela. Não acho ela homofobica, se eu que tive que crescer assim demorei quase 20 anos pra entender, imagina pra alguem que não é e nem conhece ninguem assumido (porque conhecer alguem gay com certeza conhece).

    E sim é claro que um filho com pais gays vai ser anti-homofobico. Assim como quem tem mãe negra, e é branco vai repudiar qualquer atitude racista.

    Não quer dizer que familia hetero = homofobico não. Longe disso. Preconceito vem da (falta de) educação.

    E repetindo de novo, orientação sexual não influencia nada na criação da criança. Associação de pediatras e não sei quantos estudos já provaram. A maioria dos filhos são heteros, do mesmo jeito que a maioria das pessoas são heteros.

    Só pra concluir, a mesma percentagem de gays que tem hoje é a mesma de 50 anos atras, e 100 atras. A diferença é devido aos movimentos civis (que começaram com as mulheres e depois negros), o mundo está cada vez mais tolerante e a cada vez mais gente tem coragem de ser honesto e buscar felicidade. Ainda tem muitos “casados”, a maioria dos homosexuais não são assumidos e vivem vida de mentira. Não existe isso da midia estar “criando” mais gays, e sim está dando força para que alguns tenham capacidade de ser honesto consigo e com os outros.

  • Eduardo diz: 13 de janeiro de 2014

    Quanto ao beijo, deve ser algo rapido e na rotina, tipo Felix dando selinho antes de ir trabalhar. Algumas pessoas vão perguntar “teve beijo? nem vi), “foi só isso?”.
    A polemica do beijo gay é totalmente sem sentido, é só um beijo, não vai ter ninguem se comendo na cena. Daqui uns anos vão se perguntar pra que tanta polemica pra algo tão futil.
    Na globo jah teve beijo no Programa da Fatima, Grande Familia, BBB, Tapas e Beijos filmes, series, etc.
    Mas as pessoas ficam “OMG primeiro beijo gay da globo” toda vez. Porque ninguem nem se lembra dos outros. Sabe pq? Porque não é nenhuma entidade do outro mundo.
    Esse “beijo gay na novela” foi só uma barreira ridicula que impulseram na novela America e ficou essa polemica. A relevancia de ter na novela agora vai ser só quebrar essa barreira inutil. Afinal é só um beijo. Pessoas sendo assassinadas e traição que devia ser polemica.

  • Sissida diz: 13 de janeiro de 2014

    Também acho que ja chega,tem que desmistificar essa história de “beijo gay”e bola pra frente! Mas isso se a “censura”permitir,já que Os Simpsons foram censurados(nao sei se voltaram atras) mas a Globeleza pode saracotear pelada a hora que quiser!Ou seja,a censura só vale pra jogo de interesses,senao Michel e Patricia nao podiam estar se pegando e falando de transar toda vez que aparecem.E daí implicam com um beijo,talvez só um encostar de rosto,porque é GAY??!! Avá!

  • Cristina diz: 13 de janeiro de 2014

    Só para complementar, não falei que você a rechaçou, Edu, falei mais pelos outros. Não sei se é impressão minha, mas os gays são mais compreensivos com quem ainda tem dificuldade de aceitar sua condição do que quem não é gay, digamos assim, é toda essa luta contra o preconceito a qualquer custo que vou te contar. As pessoas deveriam ser mais compreensivas umas com as outras, esta é uma questão muito difícil e você há de concordar que apesar do mundo estar cada vez mais tolerante, digamos assim, ainda existem pessoas que tem dificuldades de lidar com isso, sendo homossexual assumido ou não ou heterossexual.

  • Cristina diz: 13 de janeiro de 2014

    Quanto a pegação, ter ou não beijo, acho que isso não deveria ter tanta importância, mesmo para o caso dos heterossexuais. O problema é essa banalização do sexo. Eu não concordo com essa banalização nem entre os heterossexuais, essa coisa exagerada de cenas de sexo e agarramentos, quanto mais entre gays. Para mim deveria ser um selinho mesmo entre heterossexuais, não vejo tanta necessidade de cenas de sexo, explícito ou não. Eu pelo menos não aguento ver tanta agarração entre Michel e Patrícia. Em geral não gosto da novela porque acho o argumento ruim, mas uma das piores coisas são as cenas de agarramento entre Michel, Patrícia e a Sílvia e o Guto. Do resto, só traição e sacanagem. Tanto que a novela nem deveria se chamar Amor à Vida, pois não tem nada a ver. É a novela mais anti-família que eu já vi.

  • jonas fagundes diz: 14 de janeiro de 2014

    pow gente parem com essa bobagem, afinal nem deveriamos ter que precisar comentar isso pelo amor ne? e so um beijo porra e so apenas o sbt ja fez um beijo gay a globo deveria fazer tambem…. nao pra imitar e sim por ser algo que tem que mostrar o publico que e normallllllll e .

  • Claudia diz: 14 de janeiro de 2014

    Maria Helena, que bom que estás revendo o teu ponto de vista. Eu também já tive essa dúvida sobre o exemplo dentro de casa, mas depois que a gente adquire um pouco mais de experiência de vida se dá conta que os filhos repetem o comportamento dos pais na forma de agir na vida com bondade, generosidade, respeito ao próximo e não na escolha do parceiro. Isso se for uma família ajustada porque em caso de qualquer tipo de abuso e cabecinha da criança recebe um nó independentemente da orientação sexual dos pais.

  • Maria Helena diz: 14 de janeiro de 2014

    Boa noite aos amigos que comentaram minha opinião, em especial a Claudia, que respondeu por mim com todas as letras sobre minhas dúvidas.
    Tentei repassar a meus filhos muito do que tive em minha infância, pais amorosos de princípios rigorosos no que se entende por respeito, justiça e deveres,
    Os tínhamos como nosso ídolo, porque é muito mais fácil admirar e respeitar quando se tem harmonia e sucesso ao longo de nossos dias.
    Não discutíamos opção sexual e isto fez com que a criação elaborada por uma família tradicional ganhasse destaque.
    Era pensando neste exemplo que pensava sobre adoção e exemplos.
    Não sou preconceituosa, de forma alguma, e o enredo da novela me foi muito útil para angariar novos valores em meus conceitos e estabelecer uma nova visão sobre o assunto.
    Exatamente como a Claudia disse, uma família esta muito aquém da tradicionalidade, tornando os laços e estrutura muito além conceitos.

  • Augusto diz: 15 de janeiro de 2014

    Isso mesmo Luísa, esse foi um casal muito aceito por isso todos torcem pelo casal, essa seria uma otima oportunidade para acontecer o beijo. Pois do que adianta deixar par outra novela se está é a melhor que ja assisti, o beijo só trara mais audiencia e concerteza ai sim a novela podera ficar na memoria de todos…essa e a opiniao da maioria da cidade aqui! :D

  • Nicola Torre diz: 22 de janeiro de 2014

    O beijo dos dois tem mais que aparecer sim, igual a vó da linda disse ontem dia 21, o beijo e uma forma de amor, porque esse rotulo todo “beijo gay”,
    … É apenas um beijo nada mais, acho qie a Globo deveria rever seus conceitos, acho que se preocupa demais com a opinião dos seus superiores… O SBT ja teve no minimo uns 2 beijos homossexuais, isso nao tem nada de mais… Seria otimo se o beijo dos 2 acontecessem, a novela ganharia fama maior da que ja tem, e faria as pessoas verem que nao estamos no seculo 19, isso tudo e tão normal, ser feliz hoje é o que importa, um mero beijo, uma forma de demonstrar carinho, afeto, amor… demonstrar carinho e amor, é realmente uma forma de escandalo pra uma sociedade que vivemos? Brasil reveja seus conceitos, se nao nunca deixaremos de ser um País de 3° mundo e com razão neh…. Essa discussao de tr beijo ou nao e ridiculo, um beijo e uma forma de amor, em ambos os sexos…..

  • Leandro Baraldi diz: 26 de janeiro de 2014

    Mesmo que a novela felizmente tenha quebrado vários paradigmas horríveis da sociedade, em 2.011 63% de brasileiros ouvidos em uma entrevista alegaram que não desejariam ver um beijo gay em novelas: a homofobia infelizmente ainda existe e é incentivada por pessoas na religião. Se chamamos Deus de Pai, deveríamos aprender a chamar a comunidade LGBT de IRMÃOS. DIGA NÃO À HOMOFOBIA!

  • Cláudia Costa diz: 28 de janeiro de 2014

    Eu acredito que o público ficou realmente encantado com a relação entre o Félix e o Niko pela delicadeza deste relacionamento. Isso é algo pouco presente nos relacionamentos atuais. Independente do relacionamento, ser hetero ou homossexual, o carinho e a ternura demonstrado pelos personagens caracteriza o desejo de se viver um relacionamento como o de ambos pautados no carinho, na sinceridade, no respeito e preocupação com o seu companheiro; algo que está além de uma mera satisfação sexual. Devo dizer que eu sou uma das que se tornou fã desses personagens tão bem interpretados pelo Solano e Fragoso, já grandes atores e meus ídolos desde sempre. A atuação de ambos se preza pela sutileza e delicadeza dando a exata harmonia que cada cena exige evitando os exageros que poderiam cair no mau gosto.
    Por isso eu apoio o beijo final entre os dois. Porque não?! Assim como nos relacionamentos heteros , o beijo sempre foi visto como uma consequência normal de um relacionamento, porque então seria diferente em um relacionamento gay? Eles são tão normais quanto qualquer um que se apaixona. O amor é realmente lindo independente de ser gay ou não. O beijo é uma demonstração bonita de amor entre duas pessoas. Eu não vejo quem mereça mais esse beijo do que o Niko e o Félix para celebrar essa união linda e que sinceramente, deveria servir de exemplo para todos…

Envie seu Comentário