Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Marcello Antony e Juliano Cazarré reclamam de seus personagens em Amor à Vida

14 de janeiro de 2014 19
Divulgação, TV Globo

Divulgação, TV Globo

Walcyr Carrasco tem fama, com perdão do trocadilho, de “carrasco” nos bastidores da Globo. O autor detesta ser contrariado e é capaz de castigar os atores que criam problemas, como foi o caso de Marina Ruy Barbosa. A menina se recusou a raspar os cabelos ruivos, por isso sua personagem acabou morrendo na trama. Pra piorar, ela ainda foi condenada a vagar como um fantasma pelas cenas.

Insatisfeito com seu personagem, segundo o F5, Marcello Antony resolveu criticar a forma como Walcyr conduziu a trama do casal gay Niko e Eron:

- Eu vejo uma trama mais preocupada com a comédia, em vez de mostrar gays que têm família. Eu sofro para dizer aquele texto.

O autor, é claro, deu sua resposta, até que bem diplomática (ou nem tanto):

- É óbvio que um ator diz textos que nunca diria, caso contrário só representaria a ele mesmo. A não ser quando o ator cria uma própria história na sua cabeça. Aí, o que ele acha incoerente é apenas a frustração de seus desejos.

Passados alguns dias, foi a vez de Juliano Cazarré falar sobre os rumos de Ninho, conforme o Uol:

- Continuo sem saber o que ele é. Ele é vilão, ele é mocinho? O Félix é vilão ou mocinho? Já não sei mais nada.

E a resposta de Walcyr:

- Bem, se ele matou uma mulher a tesouradas, ajuda a amante a roubar o dinheiro do marido e a beija na frente dele, que é cego, e ainda não sabe se é vilão, não tenho nada a comentar.

Vingativo e conhecido por odiar improvisos em seu texto, Walcyr Carrasco virou o terror dos atores. Quem se comporta bem só ganha elogios, como é o caso de Mateus Solano, o queridinho do autor. Já quem inventa de dar seu pitaco, pode ter um fim trágico na novela…

Bookmark and Share

Comentários (19)

  • Angela de Abreu Rodrigues diz: 14 de janeiro de 2014

    Essa novela é um horror, pois demonstra tudo de podre que o ser humano é capaz de fazer por dinheiro: roubar, matar os parentes, se prostituir, rejeitar a própria família. De ‘Amor à vida” ela não tem nada, pois só vejo traições, troca de casais, mulheres buscando dar o golpe da barriga solidaria para roubar um bebê, uma mãe xingando um bebê, que foi apenas um investimento para se dar bem. Já vai tarde essa trama…

  • fernando diz: 14 de janeiro de 2014

    ngm tem culpa se o autor foi ficando mais perdido q um espermatozoide dentro da valdirene depois q a novela foi esticada…

  • laura diz: 14 de janeiro de 2014

    é realmente um desperdício de talento o que fazem com o Juliano Cazarré com este personagem tão ridículo! ainda bem que ele não precisa desse pseudo-autor para fazer sucesso né, deve tá dando graças a Deus que essa porcaria de novela tá acabando.

  • laura diz: 14 de janeiro de 2014

    E tem outra coisa, o Walcyr diz que pelas coisas que o Ninho fez ele é um vilão, mas o e Félix hein? o Cara jogou uma criança numa caçamba de lixo e deixou de ser vilão, coerência zero do autor.

  • Luciana Conceição diz: 14 de janeiro de 2014

    A única coisa que não tem na novela é “Amor a vida”, tem amor a tudo, a maldade, a sacanagem, a malandragem, ao dinheiro, ao egoísmo et…, e realmente o autor é uma carrasco da paciência alheia.

  • Claudia diz: 14 de janeiro de 2014

    O comentário do Juliano foi pra matar. Como assim não sabe se é vilão ou mocinho? No início quando ele só fazia trapalhadas para tentar conquistar a Paloma tudo bem, mas depois do sequestro da Paulinha acho que ficou bem claro que o Ninho não tem nenhum caráter porque de lá pra cá ele só veio piorando e cometendo mais crimes. O fato de ter alguém incentivando não diminui a culpa dele, afinal, acho que o personagem passou dos 15 anos há um bom tempo né.

  • Leandro diz: 14 de janeiro de 2014

    Esta novela é muito engraçada, quanto mais ela chega perto da chanchada mais ela fica interessante. Parabéns Carrasco, por fazer-nos dar risada após as 21 horas sem apelar.

  • Nanda diz: 14 de janeiro de 2014

    O Walcyr precisa aprender a aceitar criticas, afinal ele trabalha com e para o público. O tempo que ele gasta respondendo algumas criticas, ele poderia estar criando algo interessante para a sua história.

    Sem contar, que ele vive dizendo que muda de ideia a toda hora, mas quando um ator diz a mesma coisa, ele não gosta? Ou essa coisa de mudar de ideia só vale ser lembrada quando a mudança deu certo?

    E verdade seja dita, os dois atores em questão tem motivos para reclamar (O Cazarré nem chegou a reclamar) da incoerência de seus personagens durante a trama. Sim, o ser humano é um ser em transformação, mas sempre existe uma coerência por de trás das mudanças, principalmente dentro de uma narrativa.

  • leticia torres diz: 14 de janeiro de 2014

    a novela há muito tempo perdeu a coerência, e navega entre a realidade, a fantasia e a loucura em um mesmo capítulo… tudo bem ser fantasia, mas se vai no real e volta a uma situação impossível, fica sem conexão, e inaceitável… os gays são caricatos, as médicas são estúpidas e idiotas, tudo bem ser mau caráter, a mãe da autista nunca ouviu falar da doença, pois age de forma ignorante… mas acho que há uma homenagem à terceira idade, pois os únicos personagens mais normais são a Bernarda e o Lutero!

  • renato vagner melgarejo diz: 14 de janeiro de 2014

    Que saudades das novelas com conteúdo de verdade como “Escrava isaura,salvador da pátria,cabocla etc enfim tantas outras que infelizmente se postas hoje no horário nobre nao dariam grande audiência

  • Clau diz: 14 de janeiro de 2014

    “Eu vejo uma trama mais preocupada com a comédia, em vez de mostrar gays que têm família. Eu sofro para dizer aquele texto.”

    Certíssimo Marcello Anthony. É COMÉDIA. Basta ver o tempo perdido com Valdirene e Márcia discutindo quem tem inteligência pura. Basta ver Valdirene correndo atrás de celebridades masculinas. Basta ver Valdirene caminhando como se tivesse problemas neurológicos ou ortopédicos… Sim, peguei no pé de Valdirene, pois pra mim, foi uma criatura sem graça alguma e só perdeu o tempo dessa novela. Assim como as pegações entre Michel e Patrícia em locais inusitados, assim como a virgindade de Perséfone… e agora, o tal bigodinho íntimo da gordinha e mais coisa e tal. Ah.. esqueci do BBB, e toda função do grupinho no Rio, dentro da casa de vidro e outras besteiras que segundo WC deve ser COMÉDIA. Mas acontece que novela das 21 horas não é comédia. Pode ter um núcleo engraçado, mas não um besteirol chegando muitas vezes ao pastelão (vide Valdirene comendo, agredindo outras mulheres e coisas assim)… Isso é coisa de novela das 19 horas ou até das 18 horas. Coisa que ELE, WC. fazia bem. Então é perfeitamente natural a reclamação de Anthony. Só até as novelas atuais das 18 e 19 horas já nem usam de tanta comédia assim.

    Quanto a reclamação de Juliano Cazarré? de fato, tem fundamento. Eu mesma, no início da trama, até torcia por Ninho e tive pena dele. Depois o personagem foi se mostrando um vagabundo de marca maior, um tanto retardado e irresponsável ao extremo. Aí me deu nojo mesmo. Mas há momentos em que Ninho se porta como uma criança, uma vítima (não sei do que ou de quem) e em outros momentos ele agride, ele age com impulsividade, chega a ser obsessivo…. Então não sei QUEM É Ninho, tanto quanto Cazarré que atuou durante meses numa novela e até o final não descobriu quem de fato seu personagem é. kkkkkkkkkkkkkkkkk… DÁ-LHE WALCYRRRRRRRRRRR!!!!!

    PS: Sugiro ao autor que faça com que Ninho se submeta a muitos exames médicos e no final descubra que é BIPOLAR. Pronto. Assim estará explicado tanto descompasso no personagem.

  • Nana diz: 14 de janeiro de 2014

    É o que disse, esse autor so trabalha bem no horario das 19 e 18. 19h olha lá, sa novelas dessa hora ficaram repetitivas e sem graça. É melhor ficar só com ad das 18. Deixa 21h pra quem tem texto inteligente. Eu quero a autora de A vida da Gente nessa hora, pra substituir Maneco, seria bom.

  • klever diz: 14 de janeiro de 2014

    As novelas da globo estao perdendo em qualidade, o conteudo e muito pobre, que saudade do Rei do gado, o clone, entre outras, Gloria Peres volte a escrever por favor.

  • Fernanda diz: 14 de janeiro de 2014

    Gente a raiva do Juliano e pq ele nao pode mais agarrar a Paolla, por isso ele esta irritado!

  • Henrique diz: 14 de janeiro de 2014

    Juliano nao se preocupe, voce nao pega mais a Paolla mais quem sabe na proxima novela, aparece outra gostosa pra voce pegar.

  • Fabio diz: 15 de janeiro de 2014

    Clau, bipolar é o Carrasco.

  • Leandro Baraldi diz: 17 de janeiro de 2014

    Essa foi a última novela do Walcyr Carrasco (WC: banheiro) que assisto. Das novelas dele, a de que eu mais gostava era “Alma gêmea”, mas descobri que é um plágio de três livros. “O cravo e a rosa” é um plágio de “O machão”, várias cenas de “Amor à maldade (perdão, à vida!)” são plágio de séries americanas: Walcyr é o rei do plágio. Ridículo, se acha o rei da cocada preta, não pode ouvir “não” que castiga e revida. Se o Mateus Solano não reclama, é porque é sensato de não fazer isso e sofrer as consequências. Acorda, Mateus, você é um excelente ator, não perde seu tempo com esse autor chifrin e infantil, só atuando em novelas dele e se desvalorizando como ator. Pena que os atores da Globo não podem mais escolher em que novela vão atuar: coitado de quem cair nas garras do Carrasco: Alexandre Barillari, Cláudia Raia, Marina Ruy Barbosa, Leona Cavalli, Juliano Cazarré, Marcello Antony, Fernanda Machado e tantos outros que o digam. Walcyr vive puxando o saco do Mateus, mas ai do Mateus se ele disser não ao Carrasco.

  • Leandro Baraldi diz: 17 de janeiro de 2014

    Essa foi a última novela do Walcyr Carrasco (WC: banheiro) que assisto. Das novelas dele, a de que eu mais gostava era “Alma gêmea”, mas descobri que é um plágio de três livros. “O cravo e a rosa” é um plágio de “O machão”, várias cenas de “Amor à maldade (perdão, à vida!)” são plágio de séries americanas: Walcyr é o rei do plágio. Ridículo, se acha o rei da cocada preta, não pode ouvir “não” que castiga e revida. Se o Mateus Solano não reclama, é porque é sensato de não fazer isso e sofrer as consequências. Acorda, Mateus, você é um excelente ator, não perde seu tempo com esse autor chifrin e infantil, só atuando em novelas dele e se desvalorizando como ator. Pena que os atores da Globo não podem mais escolher em que novela vão atuar: coitado de quem cair nas garras do Carrasco: Alexandre Barillari, Cláudia Raia, Marina Ruy Barbosa, Leona Cavalli, Juliano Cazarré, Marcello Antony, Fernanda Machado e tantos outros que o digam. Walcyr vive puxando o saco do Mateus, mas ai do Mateus se ele disser não ao Carrasco.

  • Jaqueline Leal diz: 20 de janeiro de 2014

    A novela perdeu o enredo a graça, perdeu tudo. Alias as novelas da Globo não conseguem mais prender o publico, já foi o tempo em que ficávamos esperando o próximo capítulo. Essa novela já passou da hora, já vai tarde. Ela tem tudo menos demonstração de amor a vida.

Envie seu Comentário