Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Glória Perez contará a vida de serial killer em nova série da Globo

17 de janeiro de 2014 4

Os fãs de Glória Perez podem ficar sossegados. A autora não está parada.

Glória estaria trabalhando em uma série para a Rede Globo. Segundo o Uol, nesta série que terá 13 episódios, a autora dos sucessos O clone e Salve Jorge, contará como é a vida de um serial killer.

Raphael Dias - TV Globo

Raphael Dias – TV Globo

Mesmo dedicada à novela Joia Rara, Amora Mautner já está escalada para a direção-geral da série e também já trabalha em busca do elenco. A novidade já tem inclusive nome: Dupla Identidade.

Pra quem gosta de emoções fortes esta série promete. Só esperamos não encontrar uma cópia dos gringos daquelas que estamos acostumados a ver no canal pago.

Bookmark and Share

Comentários (4)

  • Rafael diz: 17 de janeiro de 2014

    Que criativo… No futuro ela contará a história de um professor de química que resolve fabricar drogas e fica rico. Talvez a de um médico muito inteligente e excêntrico, com problemas de relacionamento com as pessoas… Ou… Opções para imitação não faltarão.

  • Mauri diz: 17 de janeiro de 2014

    na minha opinião, infelizmente não gostei do tema, pois acho que vai ser mais uma escola para estimular a violência. E isso já temos bastante!

  • Clau diz: 18 de janeiro de 2014

    Tema manjado. Embora eu tenha postado aqui sobre o tema, que na década de 80, em 1989 mais precisamente, Dias Gomes escreveu AS NOIVAS DE COPACABANA, que contava a estória de um serial killer muito bem de vida e acima de qualquer suspeita. O cara, de nome Donato, era interpretado por Miguel Falabella. Um homem tranquilo, noivo de uma mulher apaixonada por ele (Patrícia Pillar), filho extremado de uma mãe cadeirante. Vivia de procurar nos classificados de jornais por mulheres que queriam vender seus vestidos de noivas. Ele as procurava se dizendo interessado no vestido pois é noivo e coisa e tal e se envolvia com elas. Posteriormente as matava. Depois voltava pra casa e vivia sua vidinha até novamente aparecer outro anúncio e ele realizar o mesmo crime.

    Eu havia postado aqui inclusive o link do Wikepedia sobre a minisserie, mas lamentavelmente não foi Michele Pradella quem postou esta notícia. Ela nunca deixa de postar as opiniões do participantes do blog.

  • Michele Vaz Pradella diz: 20 de janeiro de 2014

    Bem lembrado, Clau, Donato foi o melhor psicopata retratado na televisão brasileira. Miguel Falabella deu um show, mostrando um cara que na frente das pessoas era um homem perfeito e gentil, mas a sós se transformava em um assassino frio e calculista. Vamos ver se dona Gloria vai saber criar um serial killer convincente.

Envie seu Comentário