Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Hoje em Amor à Vida: Neide briga com Linda: "Por sua causa, não posso fazer nada"

20 de janeiro de 2014 33
Fotos: Divulgação, TV Globo

Fotos: Divulgação, TV Globo

A situação entre mãe e filha ficará insustentável em Amor à Vida. Neide (Sandra Corveloni) terá um acesso de raiva com Linda (Bruna Linzmeyer), pois não aceita que a filha pode superar as limitações. Ao contrário, a mãe insiste em impedir o progresso para a filha ter mais independência.

O que já não estava bom ficará ainda pior no capítulo desta segunda-feira. Neide irá culpar Linda por não poder ir à festa de Pilar (Susana Vieira) e Maciel (Kiko Pissolato). A mãe perde a paciência e briga com a menina. Impressionada, Linda acaba tendo mais um surto.


Ao invés de ajudar a filha, Neide esbraveja:

- Está vendo? Eu não posso te levar para lugar nenhum! Por sua causa, eu não posso fazer nada. Eu sou prisioneira aqui nessa casa, prisioneira!

A forma como a mãe vem reagindo é absurda! Ela deveria estar feliz pelo progresso de Linda e de como a filha pode ser alegre, mesmo com as suas limitações, e viver uma vida mais próxima do normal.

Bookmark and Share

Comentários (33)

  • Claudia diz: 20 de janeiro de 2014

    Acho forçada e desnecessária essa cena. A Neide é uma mãe superprotetora, castradora e na tentativa de proteger acaba impedindo a Linda de se desenvolver e socializar. Agora, ela nunca foi ruim e a Linda já esteve bem pior do que está agora, não há razão para ela maltratar a menina e dizer coisas desse tipo. O romance da Linda já foi bem aceito, as pessoas torcem pelo casal, não precisava fazer essa cena da mãe maltratando a menina para justificar o retorno do Rafael para a vida dela, a infelicidade e regressão da Linda já eram motivos suficientes.

  • Caldeira diz: 20 de janeiro de 2014

    Essa novela é uma afronta ao bom senso de qualquer indivíduo. O Ministério da Saúde deveria providenciar no seu imediato cancelamento em face dos males que está causando à saúde mental dos brasileiro. Os personagens formam um grupo de imorais, corruptos e cínicos, bem ao gosto do sr. Carrasco. Até quando os telespectadores que apenas podem ter a TV aberta terão que aguentar os desvarios da rede Globo, cujo objetivo e exclusivamente comercial, sem um pingo de respeito àqueles que assistem sua programação.

  • Cátia Medeiros diz: 20 de janeiro de 2014

    Bom dia!!
    Sou mãe de um autista de 21 ano, por isso bem atualizada sobre o autismo, esta novela está somente confundindo os leigos, não é construtiva é fantasiosa, claro que sabemos que cada autista tem um nível de desenvolvimento e muitos até casam, mas no caso da linda ela tem uma família de médicos donos de um hospital e iniciou um tratamento na fase adulta, começou andar na esteiras e pintar, ai se deu o desenvolvimento me poupem coitada da atriz que fez um rico laboratório e está apresentando uma face do autismo que confunde e ignora a realidade. O autismo é um tema que poderia ser abordado de maneira rica, mostrando o que vive o autista e seus familiares.
    fica a dica.

  • Andy diz: 20 de janeiro de 2014

    Cláudia e Cátia estão com a razão!

    E pelas imagens já deu para sentir que essa cena vai ser INSUPORTÁVEL. Vai ser o momento de ir no banheiro e dar uma voltinha…

  • Sissida diz: 20 de janeiro de 2014

    Acho que esse núcleo está,no mínimo,estranho.Primeiro,são parentes da Pilar,mas quase nunca se falam e Bernarda nem tocou no nome deles a maior parte da novela! Leila era uma verdadeira peste! Daniel,apesar de ter uma irmã autista,mais preconceituoso não podia ser! Agora transformam essa mãe,que dedicou a vida por essa filha,numa vilã? Quem tem filhos especiais pode dizer que se larga tudo pra cuidar bem deles,que se abdica e se dedica mesmo! Mas acredito que todas pensem que deixaram de fazer muitas coisas pelos filhos,e isso não só mães de especiais,mas mães em geral,muitas vezes tem que mudar seus planos,mas nunca precisam jogar na cara dos filhos isso,que se faz por amor!Sempre fui a favor da Neide,porque se num afastamento a Linda já ficou nesse estado,imagina se ele a tivesse usado e abandonado,porque NINGUÉM pode garantir que isso nunca ia acontecer,então eu achava justificada a proteção,só exagerada a forma como procede,apesar de que ela poderia sim ter ajudado a filha a ser independente,ao invés de se acomodar e deixar ela como uma flor de estufa.Agora,apesar de dominadora,Neide sempre demonstrou amor pelos filhos e essa atitude é totalmente incoerente com a personagem.E a permissividade e passividade do pai de Linda só acentua a vilania de Neide,mas ele também podia ter ajudado,agora se faz de vítima e diz que sempre deixou tudo nas mãos da mulher e então vai lá e faz tudo ao contrário do que ela pede pra mostrar sua macheza?Que lindo! Podiam ter explorado esse amor de uma forma pura,sem esse auê todo,porque Linda e Rafael juntos são ótimos,e conquistaram o público! E essa novela deveria se chamar AMOR AO PRECONCEITO!!!

  • Lana diz: 20 de janeiro de 2014

    Bem, os comentários acima já dizem tudo. Agora a mãe que sempre foi amorosa passou a ser um monstro e a doença da Linda é culpa dela. A doença estava sendo abordada com tanta delicadeza e realismo, pena que deixaram o autismo em segundo plano e resolveram retratar um romance como solução para o problema e para isso avacalharam com o personagem da Neide.

  • Nana diz: 20 de janeiro de 2014

    É tudo culpa desse autor. Aceitou o desafiu de prolongar essa historia que ja tava confusa, e ficou pior e sem nexo. Ate parece que o autor não acredita mais na sua propria novela e so tem vontade de escrever pro Felix.

  • Paula diz: 20 de janeiro de 2014

    Sempre achei a Neide péssima mãe. Castradora, não protetora. Sempre impediu o desenvolvimento da Linda, reclamava dos tratamentos e desqualificava os progressos da filha, afastou o Rafael por ciúmes, por se sentir desnecessária, e se pode ver na frase “mas a mamãe tá aqui” que ela quer ser a única referência da filha. Nunca a deixava seguir os tratamentos. Uma mãe assim explica uma filha como a Leila, e um filho preconceituoso como o Daniel.

  • Rafaella Villaça diz: 20 de janeiro de 2014

    Concordo c/ a Paula,a Neide n protegia a filha,sempre atrapalhava o desenvolvimento da menina,agora a Linda tava ficando melhor atraves do Rafa,ele ensinou mta coisa pra ela,odeio a Neide,n só como personagem,ms tbm a pessoa dela,já li doc.sobre ela,nada agradável,A vdd é q, oq salva na novela é Félix e Valdirene,eles sim nos alegram.

  • lays diz: 20 de janeiro de 2014

    afff essa neide ta passando dos limiti com a linda a menina nao pode fazer nada que e prisioneira e a linda

  • Clau diz: 20 de janeiro de 2014

    Mais uma vez as pessoas confundem atos de superproteção com maldade. NINGUÉM, e creio que até o WC, quer dizer que Neide é MÁ. Ela é INFELIZ. É RECALCADA, INVEJOSA (de Pilar),e JAMAIS aceitou a filha como ela é. Um pai ou mãe de um deficiente pode ser um bom pai e boa mãe mas não precisa ser SANTO e nem ACEITAR o filho como ele veio ao mundo. Esta é a provação de Neide. Mas nada e em momento algum ela foi proibida de ter sua vida. Poderia ter tido, e acredito que WC quis dizer isso. Neide IMPEDIU SIM Linda de crescer pois sempre fez trudo pra ela. E quem aqui está defendendo Rafael? Lembram quando Linda urinava na cama? Lembram quando o psicólogo Renan (creio ser este o nome dele) insistiu muito para Neide deixar Linda fazer sua cama, limpar suas coisas, aprender a ter horários?… O irmão inclusive fez um quadro para ela aprender! Rafael aparece DEPOIS que Linda começava a se libertar das garras de uma mãe muito zelosa de fato, mas muito, muito obsessiva. Neide já deu mostras de ter problemas com desordem e sujeira. Já ficou zangada por Linda pintar e deixar a casa desarrumada pois poderiam ter visitas. Amadeu até lhe recriminou pois eles nem recebem visitas.

    Lembram lá no início da trama, quando Leila foi trabalhar de secretária de Pilar? A cara de desaprovação de Neide foi clara. E depois a própria Pilar comentou com Leila que esta deveria se afastar da família pois daquele momento em diante ela viveria na mansão, teria outro núcleo social…. Ou seja, Pilar foi extremamente preconceituosa com sua própria família, seu próprio irmão. E WC poderia ter explorado mais essa invejinha de Neide por Pilar e sua vida glamourosa. Mas perdeu tempo com Michel e Patrícia, Valdirene e Perséfone. Deu no que deu, agora tudo é a toque de caixa.

    Neide, não vejo Neide como uma pessoa boníssima que quer defender a filha. Ela tem sérios problemas psicológicos. Uma pessoa normal não vai numa delegacia acusar uma outra pessoa que sua família conhece, e que mal algum está fazendo pra filha e nem pra eles.E Neide ouviu muito bem de Leila que esta não fez a denúncia por Linda pois estava pouco se ligando para a irmã e por ela a colocaria numa clínica para loucos. NEIDE OUVIU ISSO DE LEILA. E fez O QUÊ?? NADA. Só ficou chocadinha com o comentário de sua filha com mentalidade assassina, pois criminosa já era. Que então fosse num psicólogo, num psiquiatra e junto com Rafael resolver essa questão. Mas se deixou levar por Leila, uma pessoa mau caráter que retornou à casa, e sempre maltratou Linda. Neide se uniu a essa filha imoral. Bem feito que perdeu a filha queimada! E ainda assim, vendo que perdeu a filha, não aprendeu a dar valor ao ser humano. Neide é uma desequilibrada. Poderia ter feito trabalhos manuais com Linda e até ganhar uma grana com isso. Mas preferiu se DOAR à filha pra depois jogar na cara. Ela não joga somente na cara de Linda e sim de todos, o que ela faz, o tempo que perde, que cozinhou, lavou, passou, limpou… Neide é aquela dona de casa INSUPORTÁVEL, que vive reclamando de tudo, mas nada faz pra melhorar sua vida.

    Neide é moralista, preconceituosa, radical, obsessiva ao extremo. Quer tudo como ELA quer. Limpinho, arrumadinho, bonitinho. Mas a alma é podre de tanto veneno. Tudo o que aconteceu e acontecer à Linda de mal, será por obra e graça de Neide. Uma mãe como outras que existem por aí e que precisam aprender que seus filhos não são seus filhos. Como Amadeu falou pra Neide… “E quando a gente morrer? quem ficará com Linda?” Leila nem viva ficaria. Já deixou claro que internaria Linda. Menos mal que essa mulherzinha nojenta morreu. E Daniel? quem é Daniel? Um filhinho mimado, cheio de marra querendo dar uma de machinho. Carinha insuportável esse…. Espero que Perséfone fique com Vanderlei, um HOMEM ADULTO e que gosta dela como ela é.

    Não vamos nos esquecer a maneira com que Neide tratou Perséfone. O preconceito por ter uma nora gorda. E ESTA CRIATURA é boa mãe??????? É um PÉSSIMO exemplo, isso sim.

    Torço pela felicidade e evolução mental de Linda ao lado de Rafael. Se tiverem uma relação sem sexo? e daí? Até o momento ele NUNCA demonstrou querer algo mais dela senão sua sincera companhia e poder ajudá-la a se libertar da prisão em que vive. Por que não um autista ser livre? Se há condições, ele pode ter uma qualidade de vida melhor. O mesmo que uma pessoa com Síndrome de Down. Por que confinar em casa como Neide quer? Neide precisa ELA se libertar dessa vidinha mais ou menos que ela tem. Os filhos cresceram e ela não pode ficar a vida toda cuidando de uma jovem que pensa, fala, caminha e pode ainda ser muito útil.

    Só uma observação: Quando Leila estava ali, na mansão, no meio do fogo, olhando as joias, o que foi que Leila falou? quais foram as palavras dela? “Agora todos vão olhar pra mim, todos vão reparar em mim”… Agora eu sou importante, ela quis dizer. E de ONDE ela tirou o REPARAR EM MIM? já que sendo bela todos obviamente reparavam nela. Leila tirou isso de NEIDE. Neide NUNCA reparou em Leila. Neide sempre viveu por e para Linda e deixou a outra se virar. Daí o ódio de Leila por Linda. Daí a obsessão de Leila por riqueza…. Neide tem muita culpa sim, até por Leila ter sido o que foi. E Daniel não fica muito atrás não.
    Pra Linda ter uma vida, pelo menos, quase normal ela precisa se libertar de Neide. E esta, precisa se libertar dos panos, das panelas, da vassoura…

  • Clau diz: 20 de janeiro de 2014

    “Essa novela é uma afronta ao bom senso de qualquer indivíduo. O Ministério da Saúde deveria providenciar no seu imediato cancelamento em face dos males que está causando à saúde mental dos brasileiro. Os personagens formam um grupo de imorais, corruptos e cínicos,” – CALDEIRA

    Caldeira, me desculpe, mas há coisas muito mais graves para o Ministério da Saúde resolver neste pais. Como procurar quem ROUBA o dinheiro enviado por todos nós ao SUS. Também fazer campanhas diárias com hábitos de higiene por exemplo e tantas outras coisa mais.

    Concordo contigo que os personagens, praticamente todos, tem seus desvios de caráter, agora dizer que ISSO está causando males à saúde mental dos brasileiros, é piada tua, não é? só pode! Porque temos um programa de origem HOLANDESA que passa ano após ano e na minha opinião ESTE TAL PROGRAMA causa males PIORES à saúde dos brasileiros. É o BBB. Mas como não sou a palmatória do mundo, assiste esse programa nefasto quem quiser. E lá se vão mais de 14 anos… Ou seja, uma nova geração de assistentes já está com os olhos bem grudados nesse BBB e suas BEBEDEIRAS, SEXO IRRESPONSÁVEL E BRIGAS EM GERAL. Isso sim é que deveria ser impedido já. Mas dá ibope e bem mais que as novelas, podes crer.

    Além disso também temos tanta coisa que faz mal à saúde mental do brasileiro que se formos aqui enumerá-las não vai haver espaço. Mesmo porque nosso governo é CONIVENTE com a grande maioria desses males. Porém, fico feliz com tuas palavras pois mostra que teremos em breve um vereador ou deputado Caldeira que IRÁ mudar radicalmente nosso país. Parabéns e continues TENTANDO mudar… Só que sentado, tá? Porque os que tentaram de pé, cansaram.

  • Clau diz: 20 de janeiro de 2014

    A TODOS.

    Li algumas pessoas comentando que têm filhos autistas e outras que conhecem quem tem e … enfim… Minha irmã mais velha que já é falecida, teve um filho com sérios problemas neurológicos. Seus vasinhos cerebrais estavam de um jeito que nem levando para o exterior poderia ser feito algo a respeito. A década era de 80, mas ele viveu por 16 anos quando os médicos só lhe deram 6 meses de vida. E uma vida VEGETATIVA. Talvez os pais de autistas talvez não saibam o que seja isso. Isso significa que teu filho não vive, praticamente, ou vive como um bichinho que chora quando tem dor ou fome, mas nunca, jamais abrirá seus olhos normalmente, nem vai falar, nem vai entender, nem via caminhar… NADA. Apenas ali deitado respirando. Até que um dia devido ao tempo, e muitos problemas, teve uma infecção urinária. Ele não urinava mais normalmente e sim foi preciso abrir uma cavidade na pele para sair direto da bexiga, a urina. Além disso ele teve umas duas ou três paradas cardíacas, muitas convulsões…. Minha irmã e cunhado tinham mais duas filhas normais e mais velhas que o menino. Elas sabem o que significa não ter a mãe totalmente para si, mas entendiam ou procuravam entender. Hoje elas são mulheres adultas, casadas e com seus filhos.

    Meu sobrinho faleceu aos 16 anos em 2001. Durante os anos em que minha irmã e cunhado estiveram com ele, NUNCA desejaram sua morte. Mas NUNCA deixaram de viver. Meu cunhado trabalhava durante o dia e minha irmã trabalhava durante a noite como professora numa escola de Ensino Médio e preparação para o vestibular. Assim AMBOS tinham seus empregos e AMBOS cuidavam do menino.

    Além disso, nunca deixaram de ir a uma festa. Deixavam o filho com alguma pessoa da família que não iria a tal festa ou com uma enfermeira por algumas horas e sempre com o telefone grudado para qualquer problema. Iam à praia com ele, sim, iam até a beira do mar com meu sobrinho deficiente, vegetativo. Deixavam o carrinho de bebê ali na areia e nem ligavam as caras e bocas e expressões de horror dos demais banhistas ignorantes por verem uma criança diferente das demais; e participavam com os demais familiares e amigos de tudo e com as outras filhas também.,SEMPRE DERAM UM JEITO DE VIVER NORMALMENTE. Talvez por minha irmã ter sido uma pessoa que completou o terceiro grau, fez mestrado, sempre leu muito e nem assistia TV, ela nunca deixou de fazer as coisas dela e diferente de Neide, minha irmã cuidava da aparência mesmo trabalhando fora, cuidando do menino e das filhas, ainda cozinhando – muito bem por sinal – deixando tudo organizado, congelado para a semana e dias. Então este “ME DEDIQUEI A TI E ME LARGUEI”, é coisa de Neidinha mesmo.

    Talvez porque meu cunhado amasse DEMAIS esse filho, uns oito anos depois da morte do rapaz meu cunhado faleceu de câncer e posteriormente minha irmã também faleceu de câncer. Mas ambos tinham preocupação que se eles morressem seria uma carga muito grande para as filhas ficarem com o irmão. Porque ele não era AUTISTA, não era DOWN, era VEGETATIVO.

    Então me perdoem, mas essa conversa de coitadinha da Neide que deixou de viver pois cuidava bem de Linda isso é lorota e das piores. Se a família Khoury fosse de fato unida e não ESNOBE, César e Pilar triam ajudado Neide e Amadeu a resolver esses problemas com Linda. E Bernarda que sempre viveu no sítio, por que nunca deu apoio à nora? para que esta pudesse estudar, trabalhar, fazer uma academia, pois ter filhos assim é um problema sério para o psicológico. É preciso que a pessoa VIVA também e pra isso precisa da ajuda alheia. Se isso não apareceu na novela, foi porque WC perdeu tempo demais com tanta vulgaridade e palhaçada. Foi uma pena. Espero que um outro escritor mais sério aborde melhor o caso.

  • Jana diz: 20 de janeiro de 2014

    Ah tá, agora a mãe virou um bicho de ruim e os parentes que nunca se importaram com a Linda, inclusive a vó que sequer visitava a neta, são os santos salvadores e estão preocupadíssimos. Novela esticada dá nisso, os personagens mudam de perfil. Não consigo ver a Neide dando ataque histérico, não combina.

  • Michele Vaz Pradella diz: 21 de janeiro de 2014

    Tens toda razão, Clau, Leila é fruto de uma péssima criação, virou um monstro por nunca ter recebido atenção dos pais, que sempre se dedicaram exclusivamente à Linda. É o mesmo caso do Félix, que passou a vida mendigando o amor do pai e fez coisas horríveis para tentar ocupar um lugar de destaque na família. Linda e Félix, não à toa, foram cúmplices e confidentes uma época, pois ambos são resultado de famílias “doentes”. Por isso acho que a Paulinha deu muita sorte de ter sido jogada numa caçamba e encontrada por Bruno. Imagina o que seria dessa menina se tivesse crescido na família Khoury? Ou pior, se tivesse caído no mundo com Ninho e Paloma? Essa novela teve muitos defeitos, mas mostrou bem que a criação é muito mais importante do que os laços de sangue.

  • Fernando Dorneles diz: 21 de janeiro de 2014

    Não é apenas Neide que é uma pessima mãe….vejamos outros exemplos:

    - Cesar e Pilar, que pessimos exemplos, Pilar sempre tratou Paloma com indiferença e Cesar nunca amou Felix, veja no que Felix se tornou..
    - Marcia e Valdirene, outros pessimos exemplos, Marcia só pensa em riqueza, o que ela faz com o dinheiro que ganha com o Hotdog? não se tem comida normal naquela casa? e Valdirene! quantos capitulos faz que ela saiu do BBB? não vi ela nenhuma vez falar da filha, querer ver a filha, que personagem asquerosa, tomara que o Palhaço não fique com ela, ela não merece.

    Isso sem falar em Patricia que não sabe quem é o pai da criança, na mãe da Gina que fez de tudo prá separar ela do Herbert, dizendo que ela seu Pai e agora não tem certeza, para ficar com ele, que ao mesmo tempo dorme com outra.

    Essa novela já virou brincadeira há horas

  • Jana diz: 21 de janeiro de 2014

    Michele,
    A Leila não é fruto de uma péssima criação, a Leila era ruim mesmo. Não se esqueça que nessa família tem o Daniel também que é ama muito a irmã e cuida dela. A Leila tinha vergonha de ser pobre e sempre falou isso e achava a Linda um empecilho na vida deles.
    Todo mundo que tem um filho especial, digo porque conheço, acaba dando mais atenção para esse filho, não por ter mais amor, mas por necessidade. É impossível dividir o tempo igualmente com um filho com tantas necessidades. Ela cresceu numa família amorosa mas sem dinheiro e ela queria ser rica, só isso. Ela nunca foi maltratada ou deixou de ganhar amor. Nem tudo é culpa dos pais, muita gente bem criada e muito amada simplesmente não tem coração.
    Quanto à Neide, ela sempre foi dedicada à filha. Agora começou nessa versão maníaca e coitadinha. Ela era exagerada sim, mas sempre cuidou bem da Linda.

  • Clau diz: 21 de janeiro de 2014

    FERNANDO DORNELES, concordo totalmente com tuas palavras, relacionando os demais pais da novela. De fato, é BEM isso aí.

    MICHELE, é sim a criação como disseste. Félix e Leila foram o que foram devido à criação. Só que o WC fez Félix se regenerar pois o personagem é simpático e querido pelo público. Já Leila era muito chata e pedante. Mas AMBOS eram ruins e se sabe que um pela falta de atenção da mãe e pela inveja que sentia dos primos. O outro devido ao PAIDRASTO que tinha. E isso marca sim pelo resto da vida. Se a pessoa fizer uma boa análise, ainda se salva. Se não fizer, se não tiver quem lhe dê amor e lhes traga à realidade – como Márcia e Niko fizeram com Félix – a criatura ficará como Leila que só tinha aquele idiota do Thales. E quanto ao Daniel… pfff… Este não fede e nem cheira. Se amasse MESMO a irmã, ele teria ELE, se aproximado mais de Rafael para se inteirar de sue interesse. Mas Daniel é um CRIANÇOLA que só tem banca de machão.

    Agora uma pequena parte de um fato que ocorreu comigo…. Quando minha filha estudava no ensino fundamental em uma escola da rede pública, estadual, havia as reuniões de pais e mestres onde somente OS MESMOS PAIS compareciam. E curiosamente pais estes de filhos que ganhavam as MELHORES NOTAS. E depois tem gente dizendo que os pais não tem culpa de nada…
    Pois bem, na sala de aula onde houve a tal reunião, a diretora nos mostrou as cortinas rasgadas, caídas, ventiladores de pás de METAL, suas hélices, torta, arrancadas… tudo pleos alnos. Quando eu vi isso, comentei que o aluno que fez isso, deveria fazer pior dentro de sua casa, pois se não respeita o que é público ou alheio, jamais vai respeitar dentro de sua casa. E falei que os pais tinham sim muita responsabilidade em relação a isso. Uma mãe quase pulou da cadeira e me disse que “NÃO! OS PAIS NÃO TÊM CULPA DE NADA!” .. ok.. ok… O garoto aprendeu sozinho tudo aquilo… ou com as MÁS COMPANHIAS (que geralmente tem, pois os pais nem sabem com quem eles andam) ou vai ver que a GLOBO lhes ensinou a se pendurar em ventiladores de teto e arrancar suas hélices, rasgar cortinas, escrever nas paredes da sala de aula…. É, vai ver foi a TELEVISÃO. Coitadinha…. E ninguém paga salário pra ela, nem 13º, nem férias…. Coitada da TELEVISÃO. Uma babá e professora full time…. Escravidão pura da televisão… Ensina TANTO nosso filhos e nada recebe?? Coitada dela.

  • Claudia diz: 21 de janeiro de 2014

    Concordo com a Jana. Dizer que a Leila é fruto da forma como foi criada é demais. Ela só recebeu amor a vida toda, não tem nem comparação com o Félix que foi humilhado e renegado pelo pai a vida toda. Também acho que a Leila é má, psicopata mesmo. Ela sentia prazer fazendo a Linda ter crises. As mãe da Leila sempre a tratou bem demais, só porque não ganhou toda a atenção que achava que merecia resolveu passar por cima de todos. Não consigo ver a Leila como um ser humano normal.

  • m_sinistra diz: 21 de janeiro de 2014

    da uma olhada no que eu achei no site da uol
    Em entrevista ao “Vídeo Show” que foi ao ar nesta terça-feira (21), Rainer Cadete e Bruna Linzmeyer defenderam o romance de seus personagens, Rafael e Linda, respectivamente, em “Amor à Vida”. O envolvimento do advogado com a autista chegou a ser criticado por mães que têm filhos com a mesma doença de Linda.

    “Existe um poema – de um escritor autista – onde ele fala de você construiur uma ponte entre minha alma e seu coração. É disso que estamos falando, de construir essa ponte entre o diferente. É um romance de almas”, disse o ator.

    Bruna pontuou que Linda se apaixonou por Rafael por ele ter dado a ela um “espaço no mundo”. “Existe um esforço dela para estar vivendo isso, nao é facil”, opinou. Rainer ainda afirmou que Rafael ama Linda, mesmo à revelia da família que não acredita no romance.

    “É um trabalho social de respeito e de tempo para as diferenças. É a luta pelo amor eterno, sempre. Que vença o bem”, torceu Bruna.

  • Clau diz: 22 de janeiro de 2014

    Legal o material M_SINISTRA. Ontem mesmo prestei bem atenção na conversa entre Neide e Bernarda. Penso eu que Bernarda quis falar sobre o amor incondicional, amor puro, raro de se encontrar hoje em dia entre um homem e uma mulher. Pra Linda se apaixonar por Rafael, é fácil. Ele lhe deu um mundo cheio de cores, de alegria, de vida. Já um homem como ele, que vem de um mundo moderno, competitivo, pensa-se o que ele viu nela, pois não pode esperar que ela aja de maneira adulta. Mas não deixa de ser um caso raro em que talvez ele cansado da vida que enxerga todos os dias e das mulheres que devem ter cruzado o caminho dele, se encantou por Linda, por sua suavidade, pureza e por tê-lo como um guia que está sempre ao lado dela, abrindo uh horizonte de novidades.

    Se isso é certo ou não… Essa relação, sinceramente não posso opinar. Só opinei sobre a CRIAÇÃO e percebe-se que Neide se neurotizou com a doença da filha. Se enterrou numa casa pra impedir que Linda se machucasse. E pra quem viu ontem a novela e esta cena entre Neide e Bernarda, nem precisa mais nada ser dito. Bernarda foi feliz em comparar os filhos a pássaros. E Linda goza de boa saúde portanto, não vai morrer de autismo. E quando Neide e Amadeu se forem? Linda que NUNCA foi a escola, que nunca conheceu nada, ficaria com quem? se a própria Neide afirma que é ELA quem tudo faz pela filha. Então está na hora de Linda voar mesmo. Saber se virar, pois ninguém é eterno.

    Dica de filme que fala sobre autismo e muito bom, é Rain Man.

  • Michele Vaz Pradella diz: 25 de janeiro de 2014

    m_sinistra, desculpe, mas não podemos liberar comentários com link por aqui, ok?

  • m_sinistra diz: 25 de janeiro de 2014

    Querida Michelle
    vc gostou da cena onde a linda fala o quanto o Rafael e importante para ela e seus sentimentos para sua família.
    Eu acho que vai ser hoje que a cobra piranha vai ser desmascarada estou me referindo a aline

  • m_sinistra diz: 25 de janeiro de 2014

    Querida Clau
    O material que eu falo ai eu achei no site da uol

  • Michele Vaz Pradella diz: 27 de janeiro de 2014

    m_sinistra, achei a cena da Linda pedindo socorro à família maravilhosa, uma das melhores e mais emocionantes que já vi! Bruna Linzmeyer arrasou, ganhou o espaço merecido nos últimos capítulos, muitas palmas a ela. Essa menina merece ser protagonista, vilã ou um papel de maior destaque futuramente! Vocês sabiam que o discurso da Linda foi inspirado em palavras reais de uma jovem autista americana? No caso dela, foi por escrito, já que ela não tem o domínio da fala. Me arrepiei com a frase “eu mal existo”, de chorar, né?

  • m_sinistra diz: 27 de janeiro de 2014

    Querida Michele
    Hoje a novela amor a vida vai pega fogo

  • Michele Vaz Pradella diz: 28 de janeiro de 2014

    A semana inteira vai ser eletrizante, m_sinistra, não dá pra perder um segundo!

  • m_sinistra diz: 28 de janeiro de 2014

    Querida Michele
    O que vc achou da cena do pedido de casamento do Rafael e da linda
    E a Aline agora ela vai ser fazer de santinha
    tem muitas novidades no site da Globo

  • Michele Vaz Pradella diz: 29 de janeiro de 2014

    m_sinistra, confesso que o casal Linda e Rafael ainda me incomoda um pouco. Por mais bonita que seja a história deles, Linda tem a idade mental de uma criança de 5 anos, nem sabia o significado da palavra casamento. Claro que muitos autistas podem casar, construir família, mas no caso dela, é um grau muito severo da doença, mal consegue se comunicar e até pouco tempo nem saía de casa.
    Quanto à Aline, não é surpresa que ela tente se fazer de vítima, um comportamento bem típico de psicopata. Não é à toa que César continua achando que ela foi manipulada…

  • m_sinistra diz: 29 de janeiro de 2014

    Querida Michele
    Eu acho que a linda apreender rápido ela não e tão incapaz assim não podemos esquecer que foi ela que beijou o Rafael então ela pode surpreender muita gente ainda

  • m_sinistra diz: 29 de janeiro de 2014

    Querida Michele
    Em um outro site que eu vou eu vir uma frase assim

    Não valorize apenas quem diz que te amar, valorize quem te prova isso numa foto do Rafael e da linda o site se chama rede de noticia

  • m_sinistra diz: 30 de janeiro de 2014

    Querida Michele
    Vai no site da Globo tem uma foto do vestido de noiva da linda e muito bonito o vestido

  • m_sinistra diz: 2 de abril de 2014

    Querida Michele
    Da uma olhada na Matéria que eu achei
    Durante uma exposição em uma galeria, os quadros de Linda são muito elogiados. A família dela está presente e fica admirada quando a galerista conta que todas as obras da mulher do advogado foram vendidas e que há uma fila de gente esperando por uma nova remessa. A alegria de todos é tamanha, o que prova que Linda foi capaz de crescer através do amor e da arte.

    Isso que disse que o amor supera toda as barreiras

Envie seu Comentário