Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Último capítulo de Amor à Vida: Aline morre ao tentar fugir da prisão

27 de janeiro de 2014 28
Divulgação, TV Globo

Divulgação, TV Globo

Bem que eu estava achando o final de Aline (Vanessa Giácomo) muito sem graça… É claro que a vilã não se conformará com a prisão assim tão fácil, como conta o Extra.

Lembram que ela entregou um pacote de dinheiro a seu cúmplice (aquele que receitou o “remedinho” pra cegar César e se fez passar por gerente do banco), uma espécie de “fundo de emergência”. E a pilantra espera dar a volta por cima no último capítulo.

Ao visitar Aline na cadeia, o capanga entrega a ela o dinheiro, que servirá para negociar uma fuga. Porém, o tiro sai pela culatra e a vilã acaba morrendo ao tentar escapar.

Por mais que a vingança de Aline tenha sido meio surreal, temos que reconhecer que Vanessa Giácomo fez um trabalho brilhante. Ela deu um banho em Paolla Oliveira e mostrou que uma boa atuação está no olhar, nos gestos e nos detalhes que tornam a personagem convincente. Não precisa fazer biquinho ou exagerar nas caretas e gritos, viu, Pamonha?

Bookmark and Share

Comentários (28)

  • Larissa diz: 27 de janeiro de 2014

    A Pamonha Oliveira é péssima atriz! A Vanessa Giácomo e o Mateus Solano pra mim foram os melhores atores!

  • Jeferson diz: 27 de janeiro de 2014

    Essa mulher matou a pau no papel da novela e na beleza também!!!

  • Janaina diz: 27 de janeiro de 2014

    Como disse no site, a Paolla Oliveira é muito ruim, sem sal, não convence como personagem, com certeza a Vanessa Giácomo foi uma excelente atriz, muito boa mesmo, embora vilã.

  • jose diz: 27 de janeiro de 2014

    Isto para vcs, para a mim a Paloma não precisa fazer nada, é divina linda maravilhosa, sonho de qualquer homem de verdade. A Está sem sal, na minha vida……acordar com ela a meu lado.. todos os dias, as mulheres não entendem nada dos homens mesmo.

  • Fatima diz: 27 de janeiro de 2014

    Incrível como tem gente imbecil que posta em sites, não só imbecis como ignorantes, fora da casinha.Ninguem tá discutindo qual das duas é mais bonita,ou mais sensual falam apenas dos papéis que fizeram e para quem de fato presta atenção, tanto Aline quanto Paloma são excelentes atrizes, são convicentes de fato.

  • Clau diz: 27 de janeiro de 2014

    Vanessa Giácomo subiu mil andares como atriz em meu conceito. O olhar gélido dela para suas vítimas, sejam elas César (este já cego) ou para Rebeca quando já capturada ou ainda a maior e a mais quietinha das vítimas de Aline: o bebezinho. A maneira fria como ela fala com o filho, o jeito agressivo e debochado, a risada debochada diante daqueles que ela odeia… Ela mostrou um excelente trabalho! E concordo Michele, a outra, a Pamonha, vive de biquinhos, mordidas no lábio inferior, faz caras e bocas…. Mas falta a ela EXPRESSÃO. Ela não expressa o que sente. Em mais de um capítulo quando atuava com Matheus Solano ou Ary Fontoura, Paolla Oliveira parecia que estava fora do ar. A expressão facial não acompanhava o diálogo. Eles falavam empolgados sobre como tirar César das garras de Aline e em momento algum, não vi um olhar que fosse vindo dessa atriz que pudesse mostrar preocupação, desespero…. Falo no OLHAR. E pra um bom ator/atriz, o rosto todo deve “falar”. Principalmente os olhos. basta ver Matheus Solano, Tiago Fragoso, Vanessa Giácomo… até Susana Vieira que, mesmo perua, mostra olhar de preocupação, de alegria, de ódio… Expressões que definitivamente Paolla Oliveira não tem. Se agrada aos homens? ora… mas o que querem os homens? atuação é que não é! Já disse: Paolla é linda, maravilhosa, divina… mas numa CAPA ( ou páginas) de revista, e só.

  • michel diz: 27 de janeiro de 2014

    essa novela foi otima nao deveria acabar

  • Cristal diz: 28 de janeiro de 2014

    Nada ver a tanto a PAOLA OLIVEIRA como a VANESSA GICCAMO sao maravilhosas atrises quem fala q PAOLA nao soube ser atris vai faser o papel na novela praver se sai melhor que ela, porquer pra ser ator nao basta crava um teinho sor nao tem quersim entrega ao palpel q o altor passa ou vçs acha q o alutor da novela tambem n presta,porquer pra escolher um ator ele presa tar seto quer o ator vai faser com perfeisao o papel q ele espera…………………..

  • Edson Mello diz: 28 de janeiro de 2014

    A Pamonha Oliveira é péssima atriz! A Vanessa Giácomo e o Mateus Solano pra mim foram os melhores atores! concordo c/ a Larissa esses dois deveriam receber o trofeu de melhor ator e Vanessa o troferu de revelação do ano, porque eu gosto muito da Adriana Esteves que fez a Carminha é pra mim é a melhor atriz de 2013. A Vanessa realmente nesse papel foi magnifica, os olhares de desprezo, p/ Cesar e o riso maroto p/ o Felix, Paloma e outros. foram demais, parabéns a ambos.

  • Edson Melo diz: 28 de janeiro de 2014

    concordo c/ a Larissa esses dois deveriam receber o trofeu de melhor ator e Vanessa o trofeu de revelação do ano, porque eu gosto muito da Adriana Esteves que fez a Carminha é pra mim é a melhor atriz de 2013. A Vanessa realmente nesse papel foi magnifica, os olhares de desprezo, p/ Cesar e o riso maroto p/ o Felix, Paloma e outros. foram demais, parabéns a ambos.

  • Clau diz: 28 de janeiro de 2014

    “Bárbara Paz, por exemplo, não é nenhum modelo de beleza (apesar de estar fazendo um papel bem sensual com veracidade), mas tem um talento arrasador, fez uma dobradinha ótima com Mateus Solano, já que ambos “se jogam” em cena, são intensos em cada gesto, em cada olhar de seus personagens.” – MICHELE VAZ PRADELLA

    Bárbara Paz! Lembram quando ela começou a atuar? No SBT ainda! Depois foi se aprimorando e hoje atua muito bem. De fato Michele, bela ela não é. Mas ela trabalhou muito bem nesta novela. Como disseste, ela se JOGOU em cena. Assim como Mateus, claro. Quanto a Paolla Oliveira, ONTEM foi outro capítulo onde pude ver a falta de talento, tanto dela quanto de Malvino também. Que é maravilhoso com seu corpo bem torneado, barriga tanquinho, um espetáculo!!! Mas está TRAVADO em cena. Já outros se jogam. Até Juliano Cazarré, pelo menos na minha opinião, atuou bem. Mas ontem Paolla/Paloma, mais uma vez sua boca falava e seus olhos não tinham expressão alguma. É apenas a minha opinião, certo?

    Só gostaria de ver Palloma Oliveira fazendo um papel que fosse algo inusitado. Uma nordestina morena da caatinga, uma retirante… Com sotaque e tudo. Ou uma personagem sofrida, da segunda guerra mundial, com cabelos raspados ou curtinhos. Personagens que não seja sempre o da mocinha chorosa e chata. Isso cansa!

  • Mich diz: 28 de janeiro de 2014

    Sim, acho que o povo não consegue entender o que está sendo discutido aqui, a Paolla Oliveira é realmente lindíssima, é indíscutível a beleza dela!!! ela é de uma geração de atores belos e sem talento, como o Caio Castro, a Juliana Paes, o Julio Rocha, a Grazzi Massafera, o Malvino Salvador, Eriberto Leão, Marcello Antony, Marcos Pasquim…., e existem os que são bonitos e COM TALENTO PRA MUDAR DE PERSONAGEM E FAZER BEM FEITO, como o caso do Mateus Solano, da Marjorie Estiano, Cauã Reimond, Bruno Gagliasso, Leandra Leal, Tiago Fragoso,Humberto Carrão, Alinne Moraes… , REPITO: Ninguém está falando de beleza e sim de talento!! Clau e Michele,e por falar em olhares, o que é o César cego?por diversas vezes me peguei pensando: Será que ele ficou cego de verdade?Isso é um ator de verdade!!! vocês viram ontem a cena em que ele fica no quarto sozinho depois que o Félix sai, o homem mudou de expressão!!!! é como se ele colocasse uma máscara! A Vanessa fez um trabalho magnífico e merece sim ganhar um emmy!!! a vilã sedutora que na frente das suas vítimas se transforma em um carneirinho e pelas costas é um demônio!!! o legítimo tipo de psicopata que por anos ficam sem ser descobertos…
    ela não demonstra nenhuma emoção,inclusive quando tem que matar quem atravessa seu caminho!!!! isso é interpretação!!! aprende Paolla Oliveira!!!

  • Thiago diz: 28 de janeiro de 2014

    Também comparar o papel da mocinha e da vilã não dá né, os vilões nas telenovelas são os mais odiados também é o papel que da o maior destaque, mocinha não se destaca nunca, por isso é difícil julgar o trabalho da Paola que faz o papel da Paloma, isso é covardia, além disso, que vilã uma linda ordinária, o papel realmente caiu muito bem para a tal Vanessa que vai fazer fama com essa malvada Aline ai.

  • Clau diz: 28 de janeiro de 2014

    MICH! Gostei de tua lista. É bem por aí mesmo. E em relação ao Antônio Fagundes, ele está mais que perfeito. Nem sei se dá pra melhorar o que já está ótimo. A fisionomia dele decaiu. Ele conseguiu fazer de um homem cheio de charme e poder, uma criatura decrépita, rabugenta e frustrada. Até a boca ele deixa ficar pendente no rosto… Olhar vago.. perdido… Parece mesmo um cego. Impressionante! É talento puro. Antônio Fagundes vai se aperfeiçoando a cada ano. Também é ator de teatro o que ajuda muito. Estes têm uma técnica especial. E aqui louvo Paula Braun, a Rebeca da novela e mulher de Mateus Solano. Ela não é uma atriz bonita, mas tem um charme, algo que prende a nossa atenção, além de ser excelente atriz. Soube representar muito bem seu papel. Mateus já a havia elogiado quando foi no Programa do Jô e foi antes dela aparecer na novela. Ele disse que ela era ótima atriz. E falou a verdade.

    As pessoas confundem muito beleza com talento. E isso, como disse Michele, não está sendo discutido aqui. O talento é que está. Paolla Oliveira, me perdoem seus fãs, mas ela não tem talento. Chorar, qualquer um chora. Olha Danielle Winits que vive com lágrimas nos olhos em praticamente TODAS as novelas. Esta é outra que faz o papel de si mesma, sempre! E já está com 40 anos, portanto Danielle pode fazer papel de mãe de adolescente, e de adulto mesmo. Se Adriana Esteves pode fazer o papel de mãe de Cauã Raymond, por que Daneielle não pode? Ela que deixe de mexer tanto naquela cara com Botox e nariz repaginado e assuma a idade que tem pra conseguir melhores papéis. Hoje elas não querem aparecer feias nas tramas. Por isso as talentosas aparecem mais e merecem mais prêmios. Não se importam de envelhecer, de se transfigurar. Quem não tem talento só pode se segurar na beleza física.

    Taís Araújo que Michele citou, me lembro dela em Chica da Sílva, uma novela de Walcyr Carrasco que adaptou a história de Chica para a tela da extinta TV Manchete. E como trabalhou bem a Taís menina! Sim menina, pois tinha 17 anos quando começou a gravar as cenas de Chica. Logo chamou a atenção pelo talento que tinha. Foi pra Globo que começou a lhe dar papel secundário. Lembro dela em Anjo Mau, no remake. O papel dela não era assim tão importante. Depois que foi protagonista de A Cor do Pecado, aí sim ela voltou a esbanjar talento. E é do tipo que se dá qualquer papel e ela o faz com perfeição. Só lamento ela não ter conseguido espaço em Viver a Vida como Helena. Pois o talento de Alinne Moraes foi maior, interprtando a tetraplégica que era modelo e também o talento de Lilia Cabral que junto com Alinne roubaram as cenas durante toda a novela. Mãe e filha passando por toda aquela provação. E sem esquecer o Mateus Solano que novamente deu um show interpretando gêmeos. Logo de cara num horário nobre, um ator que não era tão conhecido do grande público e Maneco dá esta prova de fogo pra ele. E ele se sai perfeito… Havia dois homens iguais na trama, mas ao mesmo tempo muito diferentes um do outro e sendo interpretado pelo mesmo ator. E Bárbara Paz que deu outro show interpretando uma modelo alcoólatra? Por essas e outras o papel de Taís Araújo e sua Helena ficou pra trás. Culpado foi Maneco. Mas não é culpa do WC Paolla atuar como atua. Porque não é somente com ele. E sim como todos autores os quais a colocam como mocinha nas tramas, sempre.

  • Nana diz: 28 de janeiro de 2014

    Nao acredito Michelle, voce esqueceu a maravilhosa Debora Falabella. Tambem nao acho Paolla la grande atriz. Quando voltar, daqui uns 5 anos, que seja em um papel, completamente deferente. Eu acho tambem que Luiza Valdetaro e uma atriz que vai ainda dar oque falar. Nao sei como nao teve papel de principal.

  • Leandro diz: 29 de janeiro de 2014

    Olá, meu nome é Leandro e não assisto a novela, porém, minha mãe me forçou a deixar um comentário dizendo que quer que todos vocês que estão defendendo a Aline vão para os quintos dos infernos, porque não se deve defender quem faz o mal. O nome da minha mãe é Sônia, e ela está muito de cara com vocês.

  • Clau diz: 29 de janeiro de 2014

    Luiza Valdetaro que por muito tempo ficou esquecida diante da fama e agora volta com força. Já interpretou bem em Gabriela e agora como Hilda está ótima.
    Eu também gosto de Débora Falabella. Também se joga com suas personagens. Se não dão papel principal pra Luíza é por obra e graça dos autores que se reptem na mesma atriz. Acho que caberia a própria Paolla Oliveira negar papel de mocinha nas tramas de agora em diante. Ela deveria aceitar desafios. Mas como ela está na zona de conforto, ela não pretende mudar. Pra quê? Solta alguma lágrimas, morde o beicinho, faz biquinho ou suspiro e olhar perdido em cena, sem convencer ninguém a não ser seus fãs. Gostaria muito que a Globo VARIASSE suas atrizes em papéis de mocinha. Mas também depende do autor ou autora da trama. Se eles querem porque querem tal atriz, aí não tem jeito.

  • Sissida diz: 29 de janeiro de 2014

    Eu acho que a Paolla Oliveira deveria ganhar um papel de uma vilã bem pavorosa,daí ela pode mostrar se realmente tem talento,ou só beleza,porque como mocinha tá deixando a desejar! Luiza Valdetaro ficou um tempo afastada devido à doença de sua filha,talvez por isso que só agora esteja ganhando bons papeis. Maria Maia tbm podia estar na lista,acho ela muito talentosa,convenceu como vilã,já foi boazinha,sonsa…Por todos os nomes aqui citados,vemos que o que não falta são opções! Falta é fazer como Glória Perez e apostar em uma atriz menos conhecida (como Nanda Costa),ou numa dessas tantas que são ótimas invés de colocarem sempre as mesmas protagonistas…porque isso só funcionava com Regina Duarte,Glória Menezes,Marilia Pera e outras que tinham talento,pareciam outra pessoa de uma novela pra outra!

  • Rogerio diz: 30 de janeiro de 2014

    Então, os colegas já disseram praticamente tudo, mas acrescentaria que ser ator não pode ser simplesmente decorar texto. Tem que haver interpretação, emoção, expressão facial, corporal, enfim, elementos fundamentais para que o personagem flua com naturalidade do ator/atriz.
    Claro que um ator que tem o papel de vilão em suas mãos tem o perfil de personagem que todo colega de cena gostaria de ter.
    Fazer vilão é muito mais prazeroso, rico, atrai o ódio do público… Repercute mais…
    Já fazer mocinho ou mocinha é mais fácil. Não dá para explorar tanto como acontece com o vilão ou vilã.
    Concordo que atualmente a TV está repleta de atores inexperientes, com beleza, mas sem talento, com muito a aprender, invertendo as profissões, que talvez fossem as passarelas.
    Já ficou claro que determinados autores de novelas sempre escalam os mesmos atores, a conhecida panelinha, mesmo que não tenham talento, pois o que importa é a ‘beleza’ e a audiência.
    Falando em atrizes, conheci Elizabeth Savalla pessoalmente, em 1997, quando ela veio até minha cidade para apresentar uma peça de teatro e tive a oportunidade de entrevistá-la para o jornal em que trabalhava. É uma pessoa muito simpática e super talentosa. Não é à toa que dizem que seu sucesso provocou inveja em alguns colegas de elenco.
    É atriz das antigas, que ainda vive também para o teatro.
    Na telinha sinto falta de Maria Zilda, atriz que fez inúmeras novelas, mas que por não pertencer a ‘panelinhas’, nos últimos anos não teve tantas oportunidades como suas colegas veteranas, como a própria Savalla, Renata Sorrah, Suzana Vieira, entre tantas outras.
    E Lúcia Alves? Faz falta…

  • claudio diz: 31 de janeiro de 2014

    eu adoro a Paolla Oliveira eu gosto muito dela eu sou o seu fã Paolla !!!!!!

  • Mariana Rocha diz: 31 de janeiro de 2014

    Há atores que já fizeram péssimas atuações e melhoraram com a prática do ofício. Como o caso de Gabriela Duarte. No início era mt fraquinha. Depois, deu um show como Chiquinha Gonzaga (uma das melhores interpretações que já vi) e daí pra frente fez ótimas atuações, como p.ex. a Jéssica de Passione. Quem sabe um dia, Paolla tb possa melhorar?
    Mas, falando em grandes atores, não posso esquecer nunca de Gabriel Braga Nunes. Que que era aquilo??? Que interpretação!!!! Como Léo de Insensato Coração. Perfeito! Era só tocar Satisfaction e a gente se deliciava com sua interpretação.
    Sai Matheus Solano, um deus na arte de interpretar, entra Gabriel Braga Nunes, pra não deixar a peteca cair.

  • Jorge Machado Curvello (ator – Arlindo Duplo)) diz: 1 de fevereiro de 2014

    Concordo com muitos desse comentários, mas como ator, gostaria de dizer que esse ou aquele cacoete ou estratégia de um ator se prende muita a observação do diretor e fica sendo dele a culpa desse bom ou mal trabalho. Atores são atores, não cópias disso ou daquilo, e a direção está li para ver o efeito de seu trabalho se bom, médio, ou ruim.
    Nesta novela levou mesmo o troféu maior o ator Mateo Solano com o seu inimitável FELIX.
    Essa moça que interpretou Aline tem futuro, mas a que interpretou paloma também e já provou isso em outras novelas.

  • Jorge Machado Curvello (ator – Arlindo Duplo)) diz: 1 de fevereiro de 2014

    Concordo com muitos desse comentários, mas como ator, gostaria de dizer que esse ou aquele cacoete ou estratégia de um ator se prende muita a observação do diretor e fica sendo dele a culpa desse bom ou mal trabalho. Atores são atores, não cópias disso ou daquilo, e a direção está li para ver o efeito de seu trabalho se bom, médio, ou ruim.
    Nesta novela levou mesmo o troféu maior o ator Mateo Solano com o seu inimitável FELIX.

Envie seu Comentário