Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Doce de Mãe estreia nesta quinta-feira com atuação premiada de Fernanda Montenegro

30 de janeiro de 2014 1


Vira e mexe, alguém diz para Fernanda Montenegro que a considera maluca por continuar trabalhando ativamente aos 84 anos. A atriz, que volta à tevê hoje, no seriado Doce de Mãe, não se ressente. Ao contrário.

- Não me acho maluca, mas é preciso arrumar um lugar para mim, na minha idade, com essa disposição de trabalho que tenho. Conheço muita gente de idade, absolutamente atuante, produzindo, mas fica essa coisa de que tem alguma loucura aí – afirma a atriz.

Agora, Doce de Mãe, que foi exibido como especial de fim de ano em 2012, vira seriado, que será exibido toda quinta-feira, logo após o BBB. Uma das criadoras da atração, Ana Luiza Azevedo salienta que vai ficar mais claro agora que a trama se passa em Porto Alegre. A série é produzida pela Casa de Cinema de Porto Alegre e pela TV Globo.

- Gravamos quase todas as externas em novembro e devemos voltar em fevereiro para finalizar as gravações. A escolha das locações mostra um pouco nossa relação com a cidade. Não mostramos obrigatoriamente o que é turístico. Queremos que o telespectador conheça também lugares especiais da cidade, que falam muito da capital gaúcha e que são pouco conhecidos. Filmamos na primavera, quando os jacarandás da cidade estão floridos – adianta Ana.


O seriado
Em Doce de Mãe, Fernanda volta a dar vida à divertida Dona Picucha. Eternamente jovem, de alma leve, coração aberto e olhos que só enxergam o lado bom das coisas, ela dá exemplo aos mais novos ao encarar qualquer dificuldade como um aprendizado. Ela é a vovó 2.0, que deixa os netos no chinelo ao viver suas tradições em perfeita conjunção com os avanços tecnológicos do novo século.

A família aumenta com o nascimento de Isaurinha (Letícia Sampaio), filha de Suzana (Mariana Lima) e Jesus (Daniel de Oliveira). Mas ao mexer em velhos papéis no armário, Picucha desconfia de que o marido teve uma filha fora do casamento: Rosalinda Bauer (Drica Moraes) _ o mesmo sobrenome de uma antiga babá de Suzana, que Fortunato despediu. Marco Ricca, Louise Cardoso, Matheus Nachtergaele, Elisa Volpatto e Francisco Cuoco completam o time.

Na estreia
Na estreia, o primeiro contato de Picucha com seus amigos da clínica geriátrica. Depois de receber em casa um estranho e assinar papéis de um suposto terreno do seu falecido marido, de secar no micro-ondas um livro que caiu na banheira e de dormir no banho, tanto ela quanto os filhos convencem-se de que não pode mais viver sozinha.
Antes que os filhos digam algo, ela pede para morar em uma clínica geriátrica. Já instalada, conhece Alfredinho (Emiliano Queiroz), Dora (Camila Amado) e Carlinda (Irene Brietzke) e agita a casa com jogos de pôquer e de mímica.

Papel rendeu Emmy
Em novembro do ano passado, Dona Picucha deu a Fernanda Montenegro o Emmy Internacional (oscar da tevê mundial) de melhor atriz.

- É um prêmio, de certa forma, com mais contundência internacional que o próprio Oscar. O Oscar é uma premiação do cinema americano, e eles dão a chance de um filme estrangeiro concorrer. O Emmy é gente do mundo inteiro, que abrange todo tipo de expressão na televisão – comemora a atriz.

Bookmark and Share

Comentários (1)

  • Clau diz: 30 de janeiro de 2014

    Quero acompanhar este seriado. Não pude ver o especial de fim de ano, mas o seriado agora quero ver. Não somente por ver nossa Porto Alegre linda, mas também por poder saborear a interpretação de Fernanda Montenegro. Belíssima! mesmo cheinha de rugas. Como esta, é difícil haver outra, talvez Glória Pires, mas só. Pensei em Marília Pêra mas esta enveredou para as novelas de Miguel Falabella e sinceramente, não me agradou nem um pouco. Então Fernanda, É Fernanda!!!! Pena que Cleide Yaconís já não esteja mais neste mundo. Outra atriz maravilhosa que poderia fazer parte do seriado também.

Envie seu Comentário