Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Aguinaldo Silva sobre Félix e Niko: "Nada de beijo gay nas minhas novelas"

03 de fevereiro de 2014 36

Depois do beijo gay entre Félix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso) em Amor à Vida, muitos intelectuais e artistas do Brasil se posicionam nas redes sociais. Entre eles Aguinaldo Silva.

O autor que escreveu Tieta, Senhora do Destino, entre outras novelas , foi categórico em afirmar que em tramas escritas por ele não haverá o falado beijo gay – que a propósito já estava na hora de aparecer nas novelas da Globo.

Divulgação

Divulgação

“Quanto a mim, continuo mantendo o que sempre disse: nada de beijo gay nas minhas novelas, beijo gay só se for aqui em casa”, manifestou.

Lembrando que o mesmo Aguinaldo Silva foi quem escreveu Fina Estampa. Na história o personagem Crô, vivido por Marcelo Serrado, era homossexual e também caiu nas graças do público. Contudo, em nenhum momento foi mostrado cena de beijo entre ele e qualquer outro personagem masculino.

Aguinaldo precisa cuidar com as declarações sobre esse assunto. Ainda mais nesse momento em que a polêmica do beijo gay está fervilhando no Brasil.

Bookmark and Share

Comentários (36)

  • Larissa diz: 3 de fevereiro de 2014

    Não gosto dele, mas pela primeira vez na vida, concordo com o que ele falou. Essa história de beijo gay não deveria ser exposta em novelas, assim como cenas tórridas de sexo, mas é minha opinião, e como sei que não mudará em nada, opto por não assistir mais novelas.

  • Paulo Pedreira diz: 3 de fevereiro de 2014

    Rede globo! o maior lixo da televisão brasileira!

  • Yasmin diz: 3 de fevereiro de 2014

    Esse Aguinaldo Silva é ridículo como pessoa e um péssimo autor! Odeio suas novelas (só se salva Senhora do Destino, e apenas pela Nazaré, pq o resto…).
    Pra ele, gay caricato tudo bem, agora um casal gay se beijar é o apocalipse (como diria o Felix). Esse cara não passa de um recalcado, que só tem escrito lixos como Fina Estampa e Duas Caras.

  • Clau diz: 3 de fevereiro de 2014

    É público e notório que Agnaldo Silva ADORA polemizar em relação a trabalhos de colegas. Já fez isso com Sílvio de Abreu quando este escreveu Belíssima e o papel de Carolina Dieckman ficou apagado a ponto de o público mandar ele matar a personagem.
    Mas o desafeto maior do Agnaldo parece ser mesmo o Walcyr Carrasco. Agnaldo quando pode criticar o trabalho de WC ele o faz. Assim foi com Gabriela também, quando Juliana Paes foi escolhida. Mas também concordo contigo Lucilene Atahide. Agnaldo não tem porque ficar falando disso agora. Dando uma de moralista… Quer dizer que ele pode fazer um personagem caricato, cheio de trejeitos mas sem beijo? Ok, escolha dele. Mas vamos esperar a novela dele pra ver se ali não há sexo ou violência que perto de beijo gay, este último é pinto.

    Uma coisa é certa: provocações entre Agnaldo Silva e Walcyr Carrasco não passa de briga de meretrizes por ponto de rua. Coisa ridícula!

  • maria duarte diz: 3 de fevereiro de 2014

    Se as pessoas insistem em dizer que ser homossexual é normal, porque, então, Félix e Niko, em nenhum momento disseram um ao outro “Eu te amo”. Era melhor isso do que o beijo gay. De fato, agora sempre tem que ter um gay nas novelas da Globo. As novelas sempre foram as melhores do Brasil, mas agora está ficando chata essa insistência em mostrar “casais” gays. A próxima novela terá sapatões. É o fim!

  • Antonio diz: 3 de fevereiro de 2014

    Atar uma pessoa na cama e esfaqueá-la é bonito, mandar matar uma pessoa porque esta incomodando é bonito, enterrar no jardim é bonito, beijo gay é fichinha perto do que acontece nas novelas.

  • fernando diz: 3 de fevereiro de 2014

    grande coisa, nos estados unidos a questão do beijo gay na tv já estava resolvido desde a década de 90. meus pais acharam essa cena chocante

  • Bruno Magalhães diz: 3 de fevereiro de 2014

    Ele esta certíssimo, nada contra gays em novelas, mas não acho correto colocar beijo gay em novelas, pois isso colabora com o fim da população brasileira!

  • Clau diz: 4 de fevereiro de 2014

    ERRATA: onde se lê AGNALDO, é na verdade AGUINALDO. Este é com GUI, mas tem outros que é só GN. Credo! Parece placa de carro. kkkkkkkkk

    Antônio, é bem isso que comentaste. A violência parece que é muito bem aceita. Já um beijo, mesmo sendo de boca fechada, tipo Tarcísio Meira ou Tony Ramos – dois atores que beijam sem abrir a boca – mesmo assim ainda causa comoção nas pessoas.

    Mas uma coisa é certa e Maria Duarte tem razão. As novelas da Globo sempre forma as melhores do Brasil. E de uns tempos pra cá,… Não é somente por ter personagens homossexuais, é por tudo mesmo. Todo contexto. Não sei se é falta de imaginação…. Mas por que as das 18 horas são tão boas?? As das 21 horas começa bem, parece que vai decolar, e depois cai vertiginosamente. Desde Salve Jorge vem ocorrendo isso. Pelo menos o final de Amor à Vida eu gostei. Sim gostei muito do beijo, mas a cena entre pai e filho, esta achei linda demais!

  • Camargo diz: 4 de fevereiro de 2014

    Olha! Como já referi antes, todas as opniões devem ser respeitadas (tal da democracia), todavia, acho uma forçação estas personagens gays… será que quando um mulher está grávida alguém pergunta para ela se a criança é menino, menina ou homoxessual!!?? Que coisa, agora serão Sapatões. Ah! vale lembrar que todo mundo acaba “vendo” as novelas, mesmo que seja por “respingos”… e isto engloba também as criancas. O que está ocorrendo é pura falta de respeito.

  • marcelo diz: 4 de fevereiro de 2014

    Engano seu Camargo eu não vejo novela e mais 33% da população brasileira que prefere o entretenimento da internet. Que alias dissemina uma cultura menos inútil, pela liberdade de escolha do que queremos assistir. Quem defende o beijo gay nos comentários acima provavelmente são todos gays. O único comentário descente foi da Maria Duarte. Concordo com ela, ao dizer que ao invés de um beijo gay, porque não colocam; eu te amo? Os gays são tão perseguidos, não por causa de sua escolha sexual e sim da promiscuidade que a maioria deles insistem em deixar evidente para todos. Poucos procuram um relacionamento fixo e verdadeiro. A esses eu tenho o maior respeito e inclusive admiração. Quanto aos promíscuos, pra mim não passam de meras prostitutas e garotos de programa que denigrem a imagem dos que tentam levar uma vida corretamente.

  • Lia diz: 4 de fevereiro de 2014

    Não gostava de Amor a Vida, nem via. Prefiro as novelas do Manoel Carlos. Tinha muita violência e nada demais pra mim.

  • Roberto Rustucini diz: 4 de fevereiro de 2014

    Boa tarde.Sou crítico de telenovelas há 20 anos,e vejo que o Aguinaldo não têm mesmo pretensão de escrever uma cena de beijo gay.Não é inveja da novela do Walcyr,que vai ficar na história com o primeiro beijo gay,mas é que mesmo sendo o Aguinaldo do “contra” em várias cenas polêmicas de outros autores,ele continuará escrevendo personagens caricatas como o Crô.E sobre o beijo de Félix e Niko,foi chocante.Não adianta querer falar que não.Todos nós sabemos que o nosso país é super machista,preconceituoso,retrógado e tal.Porém no enredo da história,os dois (Niko e Félix),só ficaram juntos por interesse financeiro.Se o Niko fosse pobre,igual o mecânico que cantava o Félix,no bairro que a Márcia morava,vcs acham q o Félix ficaria com ele?Porém é a cena real do mundo gay.Quantos “casais” gay convivem e mantém algum convívio apenas pela conveniência…muitos.

  • Andy diz: 4 de fevereiro de 2014

    Em todo o tempo que acompanho o blog (diariamente) nunca senti tanto asco lendo os comentários. Lamentável como o público gaúcho, que se julga tão desenvolvido, ainda está eivado de ignorância e preconceitos de toda sorte. Desculpem, mas não dá para tratar homofóbicos com o argumento “respeito a diversidade de opiniões” pq é tudo que eles desconhecem.

  • Adriana diz: 4 de fevereiro de 2014

    Concordo Plenamente, beijo na novela, beijo no cinema e também concordo com Aguinaldo: tem todo o direito de não colocar beijo gay nas suas cenas. O ideal mesmo é que os brasileiros desligassem a televisão e estudassem mais, educassem melhor seus filhos. Menos intolerância.

  • Carlos diz: 4 de fevereiro de 2014

    Concordo plenamente com Andy, lembrando apenas que beijo gay ou hetero não tem classificação indicativa podendo ser passado a qualquer momento e que mesmo assim passou em uma novela que tem classificação indicativa para 12 anos e que a grande maioria do público estava torcendo para o beijo dos dois. Não sei qual é a grande dificuldade de respeitar a diferença , amor é amor seja hetero ou homo e um beijo é a maior demonstração de amor. Se as pessoas ensinassem mais amor e menos ódio teriamos um mundo melhor

  • Clau diz: 4 de fevereiro de 2014

    ANDY e CARLOS. Não adianta fazer belos e inteligentes comentários quando a intolerância é FEROZ. Observem que SÓ FOI um BEIJINHO, boca colada a outra boca. Mas muitos classificaram de CHOCANTE. Já as facadas de Aline em Ninho, provavelmente foram COISA NORMAL pra esse povo. Mas enfim… cada um com sua consciência. Clodovil, que era gay, vivia dizendo um ditado: “Prefiro afrontar o mundo e servir a minha consciência a afrontar minha consciência para agradar o mundo” – não sei o autor. Mas é uma frase maravilhosa e me identifico muito com ela.

    “Quem defende o beijo gay nos comentários acima provavelmente são todos gays.” – MARCELO.
    Bah Marcelo! nem te conto! Eu, gorda e velha só apronto por aí!!!! Nem imaginas!!!! Calço muitos SAPATOS. Aliás, te confesso que, no meu caso, são mais CHINELOS mesmo. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…. Desculpe amigo, mas não dá pra dar uma resposta SÉRIA com este teu comentário acima. Afirmas que TODOS os que gostaram do beijo gay SÃO GAYS?? Ok, então tá. Não me ofende em NADA se pensas que sou gay (afinal estou entre os comentários “acima” como disseste), porque isso não é ofensa alguma. Homofobia sim. E homofobia não é simplesmente PENSAR contra gays, mas também vir a público OFENDER os gays.

  • Clau diz: 5 de fevereiro de 2014

    “Os gays são tão perseguidos, não por causa de sua escolha sexual e sim da promiscuidade que a maioria deles insistem em deixar evidente para todos. Poucos procuram um relacionamento fixo e verdadeiro. A esses eu tenho o maior respeito e inclusive admiração. Quanto aos promíscuos, pra mim não passam de meras prostitutas e garotos de programa que denigrem a imagem dos que tentam levar uma vida corretamente.” – MARCELO

    Só pra TENTAR explicar uma coisa aqui… Talvez não tenhas te dado conta que na novela Amor à Vida o que NÃO FALTOU foi PROMISCUIDADE HETEROSSEXUAL.
    O que foi o agarramento entre os personagens Patrícia e Michel?? Não foi PROMÍSCUO? Fazer SEXO (não AMOR e sim SEXO no caso deles) em todos os lugares PÚBLICOS, como hospital, loja de departamentos, estacionamento, elevadores… ISTO não é PROMÍSCUO??? E Perséfone? querendo perder sua virgindade a todo custo e se pegando nos homens que apareciam? não é PROMISCUO?
    E Valdirene? que se metia nos camarins de famosos e se envolveu com um cara rico só por dinheiro, isto não é PROMISCUO???? Mas um SELINHO entre pessoas do mesmo sexo, SEM LÍNGUA, SEM CHUPÃO, SEM SEXO sendo abertamente mostrado, isto vira ESCÂNDALO???

    E como tu podes classificar que somente gays sejam promíscuos? Como se na vida heterossexual não haja promiscuidade… Ora essa… Meu filho, vai dar uma olhadinha nos bailes FUNK nas grandes cidades e lá verás MENINAS SEM CALCINHA, rebolando e “dando” em “trenzinhos” pra qualquer um. Depois nem sabem quem é o pai da criança. Sem falar nas doenças sexualmente transmitidas.

    E ainda podemos fazer uma estatística pra provar que atualmente os gays são os que menos têm Aids, pois depois dessa epidemia, se cuidam mais. Ao passo que senhores da terceira idade, nem usam preservativos com suas amantes, muitas delas meretrizes de rua. E depois estes “responsáveis” velhinhos passam as doenças sexuais para suas esposas, que estão dentro de casa para apenas SERVIR tal MACHO VELHO. E aí? quem é promíscuo? E aposto que muitos desses homens que USAM garotos de programa ou travestis e depois vem em blogs quaisquer pra fazer discurso moralista. Isso está cheio por aí!

    “Poucos procuram um relacionamento fixo e verdadeiro. A esses eu tenho o maior respeito e inclusive admiração.” – MARCELO

    Como podes saber? Fizeste uma enquete pra saber quem fica anos com um parceiro ou não? Olha que vais ter grandes surpresas se fizeres! Há muitos casais gays vivendo há anos junto. Assim como há muitos casais hetero que fazem até SWING, coisa que penso ser desnecessária pra te explicar o que vem a ser isso. E tem coisa mais suja e nojenta que um SWING???? Tem MUITA senhora da alta sociedade que DÁ pra quem quiser por aí e depois faz cara de paisagem. Vide a personagem de Edith na novela de Walcyr Carrasco.

    Quanto a casais gays que vivem muitos anos juntos e portanto tem teu respeito e admiração, … Será que de fato tens tal RESPEITO e ADMIRAÇÃO? Duvido. Porque se tivesses, não estarias julgando as pessoas somente por estas terem gostado do beijo e nem terias feito comentários pejorativos contra gays. Tal como PROMISCUIDADE. Quando tal promiscuidade existe e muito! no mundo heterossexual.

  • Clau diz: 5 de fevereiro de 2014

    “Engano seu Camargo eu não vejo novela e mais 33% da população brasileira que prefere o entretenimento da internet. Que alias dissemina uma cultura menos inútil, pela liberdade de escolha do que queremos assistir.” – MARCELO

    Se não vês NOVELA, estás fazendo O QUÊ AQUI? num blog referente a novelas, principalmente? E quanto a internet… Podes achar de TUDO ali. Claro que a teu livre arbítrio. Mas muita coisa inclusive PROMÍSCUA podes encontrar na INTERNET. Portanto cultura menos INÚTIL, olha… não sei não! Até BEIJO LÉSBICO já mostrou ali, nas manchetes de principais portais. Beijo este que aconteceu no BBB, se não me engano. E se és uma pessoa altamente evoluída que JAMAIS entra em portais assim… fúteis, inúteis… que tratam de FRIVOLIDADES, pergunto a mim mesma,…. O que fazes por AQUI comentando sobre BEIJO GAY se de fato não assistes a novelas????
    Quanto ao entretenimento na internet.. ah tem! tem muitos!!!! E o ideal deles é que as pessoas podem se ESCONDER sob tantos nomes…. E fazer tanta coisa que só Deus sabe e até o diabo tem vergonha de ver.

    Com todo respeito, peço perdão pela sinceridade que usei em relação as tuas palavras mais acima. Mas sinceramente, é muito incoerente tua colocação. Se não assistes novelas, mas estás aqui neste blog debatendo sobre gays e beijo gay… Falas de respeito e admiração aos gays fixos, como se no mundo hetero não houvesse promiscuidade e das piores!…. Então… desculpe, mas…

  • Claudia diz: 5 de fevereiro de 2014

    Direito dele não mostrar o que entende que não precisa ser mostrado em suas novelas. Não vejo razão pra reclamação. Já pediram isso em outras novelas dele e ele sempre falou que acha que esse não é o caminho. Democracia é isso, nem todos precisam concordar.

    Quanto ao beijo em si, não sei avaliar se era necessário, se o Brasil estava pronto, embora eu torcesse para um final entre Félix e Niko. Sei que não podemos exigir que pais com baixa renda cuja única diversão é ver TV não deixem que seus filhos assistam, mas gente, essas crianças assistem coisas bem piores do que as que ocorreram na novela em seu dia a dia. A classificação indicativa da novela é 12 anos, mas qualquer pai com bom senso não deixa uma pessoa nessa idade assistir àquele lixo cheio de pessoas interesseiras, más e sem nenhum senso moral. 12 anos é idade de formação ainda e cabe aos pais escolher um programa adequado para a família e não à uma emissora de TV fazer uma novela adequada à família.

    Eu assisti, não concordei com o fim de vários personagens, com a falta de punição para os crimes, com a forma como todos conseguiam o que queriam com mentiras e em cima do sofrimento alheio… Eu sou adulta, jamais deixaria um filho meu assistir isso. Acho que as pessoas tem que parar de culpar a televisão pela falta de educação e começar a culpar a si mesmas, afinal, se não querem fazer nenhum sacrifício para bem educar seus filhos por que uma emissora de TV que tem como objetivo o lucro faria?

  • marcelo diz: 5 de fevereiro de 2014

    Outra coisa Clau, não sou homofóbico e muito menos penso contra eles ou vim a publico criticar na exclusividade a todos os gays. Critiquei apenas os que são promíscuos. Leia novamente antes de escrever um texto gigante e repetitivo, tentando defender uma coisa que eu não falei. Mais uma coisa, falei especificamente sobre gay porque é o assunto da manchete, mas tanto para héteros quanto gays, eu tenho a mesma opinião. Por sua radicalidade, aceitar uma discussão com você torna-se inviável pois “Nunca discuta com um idiota, ele te rebaixa ao nível dele e te vence pela experiência.” É uma frase feita mas muito boa para a ocasião. Você venceu!!

  • Marcelo diz: 5 de fevereiro de 2014

    Ah e Clau, com todo respeito e desculpe a sinceridade nos meus comentários acima, mas você gastou um tempão de seu tempo criticando o que falei sobre promiscuidade como se eu tivesse defendendo os héteros e crucificando os gays e quando falei sobre o respeito que tenho sobre os que não são você gastou um paragrafo apenas. E eu sou radical!!!??? E é tanta bobagem que você fala sobre internet, confunde tudo, acha que eu defendo um e condeno outro, que prefiro escutar o FUNK da Tati Quebra Barraco que é menos ruim (e olha que eu odeio funk: só não vai criticar isso também porque eu tenho direito de gostar do que quiser)

  • Cesar Augusto Silva diz: 5 de fevereiro de 2014

    Pela primeira vez,

    Concordo plenamente com vc, Clau. É impressionante o julgamento dos raivosos e dos moralistas de plantão neste blog. Alguns chamam de “chocante” o beijo entre o sacripanta Félix e o Niko. E a cena de “Highlander”, o Guerreiro Imortal, de Ninho sobrevivendo às SETE OU DOZE facadas de Aline é perfeitamente normal.
    E continuam com a ladainha contra os gays, um internauta acima faz o papel inclusive de “sociólogo”, acredito que deve ter feito alguma pesquisa empírica para saber que a maioria de gays é promíscua e os heterossexuais não.
    E lembrando sou heterossexual, casado, com filhos e netos, e adoro esta condição. E assisto novelas desde os anos 70., mas nunca gostei dos conservadores exagerados, pois normalmente sempre ameaçam a sociedade com o “apocalipse” se acontecer alguma mudança de costume ou alteração do seu cotidiano. E chega ser cômica, para não dizer outra coisa, estes ataques aos homos de maneira geral, com base na promiscuidade, interesse financeiro e de que a “raça humana” está “ameaçada”. Como se a promiscuidade e o interesse financeiro não existissem em casais heterossexuais, além da raça humana ser formada em sua grande maioria por heterossexuais, até prova em contrário.
    Ou o raciocínio do internauta Marcelo de que quem defende o beijo gay são provavelmente todos gays. Ou seja, só pode defender uma causa se você é diretamente interessado. Ele provavelmente nunca ouviu falar em pensamento coletivo, ou defesa de minorias perseguidas por quem não faz parte desta minoria.

  • Jaque diz: 5 de fevereiro de 2014

    Não entendo o motivo de toda essa polêmica aqui. As pessoas defendem “direitos iguais para todos”, então por que não pode haver um beijo entre dois homens ou duas mulheres na TV? Sou heterosexual e vi aquele beijo como uma coisa completamente normal. O que me incomodava na novela era assistir com o meu pai de 78 anos aquelas cenas de sexo entre Patrícia e Michel.

  • marcelo diz: 5 de fevereiro de 2014

    Ah, CEZAR, eu não preciso relatar aqui, no que sou formado, qual o meu grau de instrução, nem mesmo minha especialidade porque isso me parece mais ridículo do que suas interpretações de texto; mesmo porque não é necessário nem mesmo o ensino médio para ser presidente nesse país não é mesmo? Mas se querem saber um pouco mais sobre a promiscuidade, façam uma pesquisa simples na internet. Descartem as fontes parciais e religiosas e depois podemos discutir sobre “sociologia”, “conservadorismo”, “moralismo” etc. Iria sugerir algumas leituras, não religiosas ou imparciais, mas tenho certeza que meu comentário seria excluído, como aconteceu anteriormente. Antes disso, quem não tem embasamento algum aqui são vocês dois.

  • marcelo diz: 5 de fevereiro de 2014

    Poxa três comentários deletados, sem nenhum conteúdo ofensivo. Só que faltava publicarem este agora!

  • Cesar Augusto diz: 5 de fevereiro de 2014

    Prezado Marcelo,

    O que me parece ridículo para quem se diz “formado” é você colocar defeito nos outros, ou seu domínio da língua portuguesa. E se você é formado, eu também sou, então você não tem vantagem alguma neste ponto. Além disso, você consegue escrever até mesmo meu nome de forma equivocada, então, realmente não há como debater com vc (tal como você criticou a Clau). E suas sugestões de leitura, eu dispenso, para quem se mostra tão melindrado ao ser criticado. E você também precisa procurar no dicionário o que significa “embasamento”, para depois falar. E vc mesmo disse que PROVAVELMENTE todos são gays, ao defenderem tal causa, está bem claro. E não parece que quis usar uma metáfora para falar disso.
    E se seus comentários são deletados, talvez seja porque apenas VC considere que não sejam ofensivos.

  • marcelo diz: 5 de fevereiro de 2014

    Admito que o que falei sofre “só defende um beijo gay quem é gay” foi um lapso de momento e retiro essa parte de todo o contexto. Quando você erra e admite pode estar fazendo desse erro um acerto. Mas antes de me criticar sobre tudo, você também deveria reler o que escrevi antes de falar esse monte de baboseira que escreveu também CEZAR. Ao que me parece só leu a parte da CLAU. Portanto eu continuo a acreditar que noveleiros, somente conseguem ler o que lhes bem convém de PREGUIÇA de tentar entender. Isso reflete muito bem a falta de educação do país sobre pessoas que não conseguem sequer interpretar um texto fácil. Eu defendi os héteros em detrimento dos gays? Não!! Vocês dois que estão dizendo. Alias todas essas conclusões absurdas foram tiradas de vocês dois internautas. Quem fica pasmo sou eu que cada vez que falamos sobre costumes, e isso envolve os gays, todo mundo é taxado de homofóbico, radical entre outros adjetivos mais. Quer vocês dois queiram, quer não, eu nunca concordarei com a promiscuidade seja ela de qual for a opção sexual. SE VOCÊ acha que sou conservador, por falar de questões morais meu amigo, então não quero viver no mesmo mundo que você. Ao que me parece ambos (voce e a Clau), não se importariam que o mundo se tornasse uma total orgia. E antes de falar um monte de bobagens sobre homofobia meu amigo, Leia com mais ATENÇÃO antes de postar algum comentário ridículo.

  • César Augusto Silva diz: 5 de fevereiro de 2014

    Eu li tudo, e foi proposital. E aí você chama de preguiça. Foi para defender a Clau mesmo, e meu ponto de vista. Então, você quer que NÃO interprete que você falou apenas dos gays, mas de forma geral. A intenção do seu texto não parece ser essa, e sim focar os problemas dos gays. E você chama isso de interpretação básica, e continua errando meu nome, além de não ter domínio BÁSICO da língua portuguesa. Quando você critica os problemas de “interpretação” de um texto fácil, me parece o “sujo” falando do “mal lavado”. Onde está escrito que estou defendendo a promiscuidade ou mesmo que a Clau tenha feito isso??? Apenas não é uma particularidade dos gays e lésbicas.
    E quanto ao fato de que não quer viver no mesmo mundo que eu, sinto muito. A não ser que você seja abduzido por ETs.
    E as “bobagens” são sua interpretação, melindrada com críticas.

  • Marcelo diz: 6 de fevereiro de 2014

    Opa, então chegamos a um acordo. Você não coloca palavras no meu texto e eu respeito sua opinião sem partir para o mesmo lado. Mas mesmo assim, baseado no que, você admite que não é um problema comum a eles? Como eu disse anteriormente, tem literatura a rodo por aí falando sobre isso. Não é uma opinião minha. É fato consumado, que a tv/novela, insiste em colocar em evidencia. Ora, será que é somente esse lado que existe? Porque não podem mostrar que entre duas pessoas do mesmo sexo também existe AMOR? Outra coisa, foi você CEZAR que concluiu que sou “formado”, pois minha frase não diz isso. Mas gostei de deixar a dúvida porque foi suficiente para manifestar sua soberba querendo mostrar seu lado instruído de doutor. Por outro lado, eu tenho por volta de 50 e tantos anos pra poder me equiparar ao seu “domínio da língua portuguesa”, haja visto (é haja vista ou haja visto professor?) a diferença de idade. Se hoje já estamos empatados, acredito que eu tenha tempo de sobra para melhorar minha escrita e vocabulário. Já que eu não fico na frente da tv assistindo novelinha, acho que terei muito mais tempo para aprimorar meus conhecimentos. Uma pena discutir com uma pessoa tão letrada quanto o senhor a ponto de isso levar para o lado pessoal. De certa forma gosto de aprender com as pessoas. Mas me parece que você não tem nada a contribuir para minha formação e de longe construir uma opinião melhor sobre o mundo. E para finalizar essa discussão de boteco: não adianta você tentar empurrar goela abaixo sua opinião por achar que ela é a verdade absoluta. Se nenhum de vocês dois tivessem levado esse papo para o lado pessoal, talvez pudéssemos discutir de forma mais saudável e enriquecedora para ambos os lados.
    Carpe diem meu amigo, siga em paz e desculpe-me minha falta de domínio da língua portuguesa. É que na internet escrevemos rapidamente sem revisar ou nos preocupar com nossa língua mãe. Valeu a dica, vou tentar melhorar, muito obrigado doutor. (blogueiro, por favor publique. Não vou mais responder ok! discussão encerrada de minha parte)

  • Cesar diz: 6 de fevereiro de 2014

    Só uma correção, “Dr.” Marcelo,

    Não existe diferença de idade entre você e eu. Além disso, vc não deixou nenhuma dúvida quanto ao fato de ser “formado”. Sua interpretação continua com problemas. Sua próprias palavras:
    “Ah, CEZAR, eu não preciso relatar aqui, no que sou formado, qual o meu grau de instrução, nem mesmo minha especialidade porque isso me parece mais ridículo do que suas interpretações de texto; mesmo porque não é necessário nem mesmo o ensino médio para ser presidente nesse país não é mesmo?”.

    Vc parece que esquece o que escreve….e depois interpreta como quer.

  • marcelo diz: 6 de fevereiro de 2014

    Não, não CEZAR. Foi você que falou que eu era “sociólogo” lembra? Eu apenas disse que não cabe eu mencionar no que sou formado, MEU GRAU DE INSTRUÇÃO… (e o restante do texto, é só ler de novo, bicho preguiça). Talvez com a idade você já esteja esquecendo das próprias coisas que escreve…..eheh. Ninguém merece uma discussão com um vovô…Você tem sérios problemas com interpretação mesmo. Sugiro que saia um pouco da frente da novela e comece a ler um pouco mais de revistas e jornais, ou até mesmo, entrar aqui neste blog de novela para treinar um pouco. No momento, ponto pra mim, e você está bem feio na fita. zero pra você “DOUTOR AURÉLIO”…kkkkk.

  • Vitor diz: 6 de fevereiro de 2014

    ahh eu acho normal um beijo gay ou beijo lesbico ‘-’ só fico assustado quando michel e patricia faziam sexo em todos os lugares acho que o brasil esta mudando logo logo acabara a homofobia porque acho que vão criar uma lei anti-homofobia que se trata de bullyng homossexual e se tiver agreção chigamentos , ja teve lei maria da penha pra proteger as mulheres do nosso pais , lei para acabar com racistas e agora com a homofobia

  • Cesar Augusto Silva diz: 6 de fevereiro de 2014

    “Dr. Marcelo”,

    Para quem “encerrou” o debate, percebe-se que continua melindrado. E ainda consegue colocar “KKKKK” na sua escrita como se fosse um adolescente. E continua com problemas de interpretação, pois quando falei “sociólogo”, fui claramente irônico, e vc mais uma vez não percebeu……e depois chama os outros de “bicho preguiça”. Continua sendo o “sujo” falando do “mal lavado”. E causa espécie escrever para quem pensa que domina o português, e comete um erro atrás do outro, principalmente ao não conseguir perceber uma ironia ou uma metáfora. E eu é que tenho problemas de interpretação.
    Sugiro que seja realmente abduzido por ALIENS, talvez vc consiga melhorar no “outro mundo”, “Dr”. Marcelo.
    E eu é que sou o vovô.,……….”e quando acabar o maluco sou eu”.

  • m_sinistra diz: 16 de março de 2014

    Em primeiro lugar todos tem o direito de fazer suas escolhas e ser feliz
    ninguém passou procuração para ser a palmatoria do mundo ser tem certeza de quem é

  • Flavia diz: 13 de março de 2015

    Defendo direitos iguais para todos, sou contra violência em relação aos gays, mas me reservo o direito de sentir por eles o mais profundo asco e repúdio. Não gosto dos gays não porque sejam pessoas biologicamente diferentes, pois (diferente de pessoas realmente diferenciadas pela biologia, como os hermafroditas, que, estes sim, merecem todo o respeito) nascem com órgãos sexuais como todos os heteros, e sim porque são via de regra promíscuos, têm um comportamento horrível e insuportável, quando não são debochados e caricatos, maioria.
    Assim como não tenho nenhum tipo de simpatia por pessoas emocionalmente desequilibradas que se comportam de forma histérica, independente do sexo, detesto pessoas que se comportam de maneira detestável e que usam a suposta “homofobia” como refúgio para posar de vítimas. Reservo-me o direito de não gostar de determinados tipos de pessoas pelo seu COMPORTAMENTO e não por sua condição biológica.
    Sendo assim, execro preconceitos de fato, como a aversão por negros, mulheres. Mas isso definitivamente não inclui a aversão por pessoas em razão não de suas condições inatas, caso das mulheres e negros, e sim por causa de seu comportamento, inclusive, mas não apenas, a promiscuidade extrema, como a que se vê nas novelas de pessoas perturbadas como Aguinaldo Silva.

Envie seu Comentário