Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Dê sua opinião: Júlia Lemmertz é a Helena mais chata de todos os tempos?

21 de fevereiro de 2014 21
Renato Rocha Miranda, TV Globo

Renato Rocha Miranda, TV Globo

As Helenas de Manoel Carlos costumam ser mulheres sofridas, mas que geralmente ganham o apoio do público por seus gestos extremos de amor aos filhos ou à família. Mas a protagonista interpretada por Júlia Lemmertz só está conseguindo colecionar críticas nessas primeiras semanas de novela.

A Helena atual vive obcecada pelo passado, não pode nem ouvir falar o nome do ex-noivo e primo Laerte (Gabriel Braga Nunes). Até mesmo Virgílio (Humberto Martins), que quase morreu nas mãos do rapaz, já perdoou e tenta convencer a esposa a fazer o mesmo. Mas Helena não quer nem saber e dá um piti cada vez que o assunto é mencionado.

Ok, Laerte aprontou muito, mas é primo, antes de ter sido namorado. É impossível apagar a existência do cara de uma hora pra outra, muito menos impedir que Luiza (Bruna Marquezine) o conheça. E vamos combinar que a jovem Leninha, na época, deu bastante corda pro ciúme doentio do amado. Se ele explodiu e cometeu um crime, quem acendeu o pavio foi ela, com aquela história de “meus dois amores”.

Mas será que essa Helena de Júlia Lemmertz é a mais chata de todas? Até mais do que a chorona vivida por Taís Araújo em Viver a Vida? Ou que Regina Duarte em Por Amor? Participe da nossa enquete e vote na Helena mais mala de todos os tempos!

Bookmark and Share

Comentários (21)

  • Andy diz: 21 de fevereiro de 2014

    ~Se ele explodiu e cometeu um crime, quem acendeu o pavio foi ela, com aquela história de “meus dois amores”~

    NADA DISSO CARA BLOGUEIRA!

    Laerte sempre foi doente e psicopata. E, pelo visto, continua sendo se considerarmos o seu comportamento recente com Luiza.
    Helena era jovem, atrevida e até irresponsável. Mas NUNCA poderia ser considerada culpada ou parcialmente responsável pelo assassinato de Virgílio – pq era isso que Laerte pensava ter feito.
    Impressiona como o comportamento feminino pode ser julgado com mais severidade (e até responsabilizado pelas atitudes de outrem) do que o comportamento criminoso em si. Larte, dono de um temperamento visivelmente violento, frio, possessivo e machista é quase isento de culpa na maioria dos comentários. Sobra para a Helena, sobra para a mãe, sobra para a sogra, sobra para a vítima… sobra para todo mundo, menos para o criminoso!
    Helena pode não agradar em muitas coisas, mas ela, ao contrário de Larte, não cometeu crime algum e não pode ser responsabilizada pelo comportamento agressivo – e RECORRENTE – de um homem obcecado como Larte.
    Devo dizer que não gosto do comportamento de Helena, mas nunca poderia afirmar que esse comportamento legitima o cometimento de um crime. Dizer isso, além de perigoso, colabora pra uma cultura de violência e opressão, em especial contra a mulher. Muita gente justifica crimes bárbaros como estupro com essa mesma justificativa – ELA PROVOCOU! E isso é terrivelmente triste.
    É dever DELE ter consciência do que é certo e errado. É dever DELE fazer um julgamento de proporcionalidade adequado. É dever DELE respeitar as pessoas que diz gostar. Então vamos parar com esse papo de responsabilizar os outros pelos nossos atos, principalmente quando estamos falando de crimes.

  • Le diz: 21 de fevereiro de 2014

    Amor a Vida por mais defeitos que tivesse prendia a gente. Comecei a assistir por causa da Tatá, depois o Felix pegou de vez. Via na internet durante a semana pq estudo a noite, e na tv de sábado. Já Em Família começou nas minhas férias, achei que ia continuar a ver como Amor a Vida mas não da vontade de perder tempo vendo algo tão chato.

  • JENNY L♥VE diz: 21 de fevereiro de 2014

    A MELHOR ERA REGINA DUARTE, 4EVER ♥

  • Juliana diz: 21 de fevereiro de 2014

    Olha, eu não concordo com toda essa implicância que vocês tem com a Helena. Ela é uma mulher forte sim! Com um passado doloroso como o dela, mais do que justo ela querer esquecer. Ela parece a matriarca da família e carrega tudo nas suas costas, como por exemplo ter que cuidar da tia doida e do irmão alcoólatra. Ainda mais com uma filha mimada e respondona como aquela Luiza, dou total razão para ela ser pavio curto como ela é, dar conta de todas essas coisas e ainda ser leiloeira não é fácil. Agora, ela está certa em afastar a Luiza daquele homem que tentou matar seu marido no passado, eu também não iria querer que minha filha tivesse convivência com um louco como ele. Até a própria Verônica já percebeu que aquele homem não é normal! Onde já se viu sair correndo atrás de uma menina só porque ela lembra sua “ex”.

    E outra, a Helena não tem culpa de nada que aconteceu. Ela estava mais do que certa naquelas brigas com o Laerte, porque ela sempre deixou claro que nunca pertenceu ao Laerte, o corpo era dela, a mente era dela, nada ali pertencia ao Laerte, ele queria controlá-la, mas ela nunca deixou. Ela amava o Virgílio também, como um melhor amigo, quando ela tinha o papo de “dois amores” é porque ela sinceramente amava os dois, mas de maneiras diferentes. Quando ela disse que queria um coração para amar cada um, é porque o amor pelos dois era tão grande que não cabia em um só coração. O que ela sempre quis é que o Laerte a deixasse livre, mas isso nunca aconteceu. Ela não tinha obrigação de perceber o psicopata que ele estava se tornando, até porque nem sua própria mãe o fazia. Ela estava muito assustada sim, mas ela achava que era a personalidade, que ele nunca seria capaz de cometer o crime em nome do ciúmes, como aconteceu. Ela não podia prever isso. Ela só viu a gravidade do assunto quando o seu noivo foi preso em pleno altar, humilhada na frente da cidade inteira.

    É claro que ela guardou muita mágoa no seu coração, ela sempre foi esquentadinha, mas as pessoas só pedem que ela esqueça, mas não tem como esquecer, ela quer esquecer. O que ela deve fazer é superar, mas não pode fazer isso sozinha.

  • Nana diz: 21 de fevereiro de 2014

    Adoro Thais Araujo e acredito que é uma das melhores da sua geracão mas aquela Helena mal construida por Maneco me deu nos nervos. Chorava por tudo, ela me cansou quando a Teresa foi culpa-la do acidente, disse poucas e boas e ela lá chorando, se lamentando e se culpando. Ainda ta cedo pra falar na nova Helena, mas essa tambem é chatinha e sem carisma.

  • Clau diz: 21 de fevereiro de 2014

    Eu acho que é ESTA atual, com Julia Lemmertz. A culpa nem é de Julia, e sim da personagem. Ocorre que como disseste Michele, ela vive obcecada pelo passado e não entende que não pode guardá-lo dentro da caixa onde guarda seu vestido de noiva. A filha é maior de idade e vai conhecer quem quiser e tirar suas próprias conclusões em relação ao primo. O marido que foi quem mais sofreu, é o tipo de cara que não guarda mágoas, passa adiante e segue sua vida. Mesmo porque eles não precisam ficar grudados no primo, ainda mais um cara que vive viajando pelo mundo. Então não tem cabimento Helena agir assim. Ela sabe que provocou o ciúmes entre os dois, aliás, do Laerte. Mas não quer admitir seus erros. Tem tudo. Um marido legal, uma vida legal, faz seu horário, tem grana, mora numa cidade linda, um amplo apartamento, um negócio de família lucrativo… O que mais ela quer? Faz um escândalo por dia e pra nada. É muito chata!

    Já a Helena de Taís Araújo, era de fato chorona, mas pelo menos se arrependia do que fazia. Sem querer ela foi “responsável” pelo acidente que afetou a personagem Luciana, interpretada por Alinne Morais. Mas Helena sabia que errou – e nem foi culpada pois foi uma fatalidade que poderia ocorrer mesmo ambas estando dentro do mesmo carro – então não acho que a Helena de Taís tenha sido tão chata assim. Ela era muito politicamente correta e isso sim era chatinho, mas no todo, não afetou tanto. Ela nem foi tão marcante mesmo, como Helena.

    A Helena de Regina Duarte em Por Amor, errou feio na troca de bebês e eu, na época, tinha um sentimento de raiva por ela agir assim, enganado a todos. Mas agiu como muitas mães que conheço e conheci, achando que mentir vai resolver tudo, que elas podem tudo… Enfim, não acho que Helena de Por Amor fosse chata. Ambas Helenas, tanto de Taís quanto de Regina tinham motivos SÉRIOS para agirem como agiram. Uma enfrentou a paralisia da enteada e a outra enfrentou a morte do neto e um possível descontrole da filha mimada, se esta ficasse sabendo da verdade. Agora, esta atual Helena de Julia Lemmertz, que problemas ela tem? O marido, então na época amigo, Virgílio, nem morreu!! Ficou marcado no rosto mas também não ficou deformado, aleijado ou o que seja. O primo se arrependeu do que fez, PAGOU pelo o que fez, foi preso. O que Helena quer afinal? Voltar ao passado e CASAR com Laerte que ela nunca esqueceu??!! Ela SABIA BEM o que fazia com AMBOS. Brincou como os sentimentos de AMBOS, e agora se faz de ofendida???? Ah por favor! Vai se tratar Helena! Aproveita e leva a tia Juliana junto. É mal de família essas atitudes rompantes e obsessivas.

  • Carol diz: 21 de fevereiro de 2014

    Todas as Helenas do Manoel Carlos têm essas cores meio cinzas. Não assisti Viver a Vida, então as que eu menos gostei foram as Helenas de Mulheres Apaixonadas (a novela tinha outros personagens melhores) e Laços de Família (talvez por ser muito poderosa…). As minhas preferidas foram as personagens da Regina Duarte em Por Amor e da Maitê Proença em Felicidade, que na minha opinião foi a melhor novela do Manoel Carlos. Essa novela também tinha uma das melhores personagens que ele escreveu: a Amestista, que era mãe da Helena.

  • Clau diz: 21 de fevereiro de 2014

    ANDY, desculpe se algum momento esta novela te tocou a tal ponto que estás aqui acusando a blogueira de insuflar ânimos a favor de Laerte. Em MOMENTO ALGUM Michele fez isso. E ASSASSINATO??????? DE QUEM???? ALGUÉM MORREU????? O Virgílio está BEM VIVO e FELIZ. O pai de Helena de fato morreu MAS ele já sentia DORES ANTES do casamento e isso foi mostrado. Além do quê, Chica já comentou VÁRIAS VEZES que o marido dela não era santo coisa alguma e muito aprontou com ela. Então mais cedo ou mais tarde ele morreria. Não se cuidou, acabou morrendo. Mas claro que com a emoção do que ocorreu no casamento da filha, ele se foi antes.

    Laerte EM MOMENTO ALGUM está sendo inocentado pelo o que fez. ELE PAGOU pelo o que fez. ELE FOI PRESO, se não te lembras. Ele é de fato DESEQUILIBRADO, e Helena mocinha SABIA. Não venhas agora tu defendendo a mocinha ingênua porque de ingênua ela nada tinha.

    É chocante essa maneira de pensar, de defender a heroína como se esta não tivesse defeitos e dos piores. O da hipocrisia. Sim, porque Helena SABIA SIM que AMBOS lhe adoravam. E USOU OS DOIS, justificar seu imenso EGO. Se ela tivesse se afastado de Laerte bem antes, se ela tivesse ouvido sua mãe, Chica, que VÁRIAS vezes avisou a filha para se afastar dele, e Helena insistia. Brigaram, se esbofetearam, quase se mataram, e ELA queria e ficava.

    Assim como até hoje tem mulheres que QUEREM manter uma relação com um cara desequilibrado. Que apanham do cara, dão parte dele na delegacia e depois voltam atrás e retiram a queixa por causa de uns beijinhos. Ora por favor…. Se há essa violência contra mulheres é porque ELAS MESMAS deixam isso acontecer. E não é por causa de um biquíni, uma sainha curta, um shortinho, não. É porque ACEITAM um cara violento de volta ao lar. Aceitam serem destratadas, maltratadas…. Acham que eles vão mudar e que elas os farão mudar. É um erro e elas sabem disso. Assim como esta Helena sabia o tempo todo, mesmo sendo jovem no alto de seu 18 anos mas muito INDEPENDENTE por sinal. Não era nenhuma menininha de 14 anos sem noção da vida. Se ela soube fazer filho com o primo, também deveria saber que ao lado dele traria muito sofrimento a todos. Portanto ela foi sim CO-AUTORA do que aconteceu com Virgílio. E de mais a mais, se nem Virgílio parece se importar com o que lhe aconteceu, porque ELA, Helena vai se importar? Isso aí é PAIXÃO RECOLHIDA! O MEDO de perder o maior amor da vida dela para filha,jovem, mais bela, e com a imagem da Helena que tanto Laerte é obcecado. De fato que nossa HELENINHA é tão DOIDINHA quanto o PRIMINHO dela. E quanto a TIAZINHA também, não vamos nos esquecer.

  • Anna diz: 21 de fevereiro de 2014

    Então quer dizer que a culpa é da mulher? O ciúmes doentio sempre é justificado, claro, o moço é ciumento porque a namorada dá “corda”. De fato, deve ser por isso que uma mulher morre a cada três dias nas mãos dos companheiros, elas devem dar “motivo” para ele sentirem ciúmes/possessão e quererem matá-las. Além de antiético o comentário da autora do blog foi extremamente machista. Nada justifica um ciúmes doentio, nada justifica metade das ações do personagem Laerta na novela. Infelizmente vivemos em um país que permite que novelas que perpetuam situações de machismo e submissão da mulher permaneçam sendo veiculadas. Tudo graças a justificativa esdrúxula de “ciúmes provocado pela mulher”.

  • Lidiane Karla Alves Feitoza Fidelis diz: 21 de fevereiro de 2014

    Não simpatizo com a Helena de Julia Lemmertz. Ela não é cativante. A cena em que ela olha para o colar da fênix como se estive com saudades do Laerte não convence. Ao contrário da opinião dos votantes na enquete acima, torço sim pelo romance entre Luiza e Laerte. Eles tem química. Basta ver quando Helena e Laerte ficarem cara a cara (e entre tapas como já descrito) se torcerei por eles. Mas no momento, só assisto a novela para ver Luiza e Laerte.

  • Berenice diz: 21 de fevereiro de 2014

    A Helena – Julia Lemmertz ainda não encontrou a essência da Helena das fases anteriores ela expressa agressivamente as suas emoções em relação ao seu passado nada haver. Agressiva com a filha com o Virgílio chega a ser incômodo . MENOS!

  • Fabio diz: 21 de fevereiro de 2014

    Concordo com a Clau e resumo: família de doentes, não se salva um.
    Essa novela está pra lá de chata, com personagens rasos e mau escritos. Simples.

  • Tatiana diz: 21 de fevereiro de 2014

    Andy disse tudo, faço minhas as suas palavras:

    “~Se ele explodiu e cometeu um crime, quem acendeu o pavio foi ela, com aquela história de “meus dois amores”~

    NADA DISSO CARA BLOGUEIRA!”
    “… Impressiona como o comportamento feminino pode ser julgado com mais severidade (e até responsabilizado pelas atitudes de outrem) do que o comportamento criminoso em si.”
    “…Dizer isso, além de perigoso, colabora pra uma cultura de violência e opressão, em especial contra a mulher. Muita gente justifica crimes bárbaros como estupro com essa mesma justificativa – ELA PROVOCOU! E isso é terrivelmente triste.”

  • Liane diz: 21 de fevereiro de 2014

    Que bom que tenho um canal para dar a minha opinião. Adoro atores! O que me motiva a ver um filme, assistir a uma novela, ir ao teatro, sempre foi e será o elenco, antes de tudo. E a JULIA LEMMERTZ é uma atriz ma-ra-vi-lho-sa. Ela dá o tom certo, as nuances mais equilibradas, a intensidade no ponto SEMPRE. As novelas do Manoel Carlos são as melhores para mim. Parabenizo todo o elenco, até aqui a trama e os personagens são muito bem construídos. Dizer que a Helena desta novela é a mais chata é precoce e injusto.

  • Clau diz: 22 de fevereiro de 2014

    Parece que as pessoas leem as coisas e não entendem NADA. Michele, tu foste BEM CLARA em tua colocação no texto, não te preocupa. Eu acredito que muita gente entendeu tua opinião.

    A maior prova de o que estamos falando é FATO, basta irem no portal da Globo e acessarem os capítulos de ontem e de quinta-feira. Observem Helena DOIDA pra se atirar nos braços daquele que ela chama de ASSASSINO, mas que ela AMA, ADORA, É APAIXONADA por ele. Aqui o acusam de tudo, mas esquecem que ele pagou pelo crime que cometeu. Esquecem que Virgílio está vivo e até PERDOA o ex-amigo. Esquecem que Helena FALOU com Clara e CONFESSOU que ela HELENA, foi CULPADA TAMBÉM. ELA CONFESSOU, não eu e nem Michele e nem Fabio e nem ninguém mais aqui.
    Helena CONFESSOU que casou-se com Virgílio por PENA, por CULPA, por favor noveleiros… Aqueles que ainda acham que Heleninha é pura e coitadinha, façam o favor de irem ao portal da Globo e acessaram os últimos capítulos desta semana, a conversa de Helena e Clara, dentro do quarto de Helena.
    Quando Helena se queixa que as mães estimulam suas filhas a casarem, e Clara afirma que Helena casou com Virgílio porque QUIS. E logo Helena confessa sua culpa e sua piedade por ele. Então de onde Helena é coitada?? Ela AFIRMA que provocou os dois.
    Lembram da festa de despedida de solteiro? Lembram de Virgílio se preocupava com as atitudes de Laerte? Antes Virgílio tivesse deixado Laerte se deitar com quem quisesse, mas não, Virgílio preocupado com Helena, quis alertar o amigo. Mas na hora da briga, Laerte provocou ao máximo Virgílio, a tal ponto que este pega Laerte e o joga sobre uma mesa de vidro. A partir daí a briga fica feia e Laerte pega a espora, marca o rosto do amigo que cego pelo sangue e pela dor profunda, acaba caindo sobre uma tora de madeira. Laerte, covarde e desequilibrado, pensa que o outro morreu e o enterra vivo. O cachorro de Virgílio (que foi presente de Laerte para o amigo), segue seu instinto animal e vai atrás do carro de Laerte., E o final todos sabem (ESPERO), pois parece que muita gente nem assistiu a novela desde o início e depois se sentem ofendidos aqui no blog, acusando a autora do blog de fazer apologia à violência contra a mulher…. Ah me poupem! Vão assistir aos capítulos! PRESTEM ATENÇÃO à novela e não apenas olhem por olhar a TV. Prestem atenção ÀS FALAS dos atores, dos personagens, para entenderem o que se passa de fato.

    Tenho uma amiga que é DOIDA por um cara. Tal cara já a humilhou, agrediu com palavras e atos, a desprezou, a ponto dela ficar depressiva e perder a vontade de viver. Inclusive, ela contou ter tido vontade de matar este ex a atual mulher com quem ele está. Pois bem, minha amiga enfim encontrou uma homem muito bacana! A trata super bem, é carinhoso, parceiro, amigo… Bom amante, segundo ela… Enfim um tipo Virgílio. Eu feliz da vida pensei que ela tivesse superado a paixão antiga e agora estava equilibrada e feliz. Pois não é mesmo com tudo isso que ela tem, ela ainda fica em sintonia com o tal machista agressivo?! Pois fica. Segue ele no Facebook, vê as fotos dele com a outra… O cara nem quer mais saber dela e ela ali, grudada no cara, na imagem dele… Eu fico PDC com mulher assim!!!! Que se ANULA por VONTADE PRÓPRIA. Isso não é amor. Amor de verdade não é obsessão. Se Laerte é obcecado por Helena e sua imagem na juventude, Helena TAMBÉM é obcecada por Laerte, pois guarda até os dias atuais a caixa com um vestido amarelado, buquê de noiva, cartas -que segundo Luíza nem foram enviadas para Laerte – diário de mocinha… Recortes de jornal sobre a prisão dele.. E depois Helena é NORMAL????? Credo!!!

    Digo e repito e pensem o que quiserem: HÁ MULHERES QUE PERMITEM SEREM ATACADAS. Tudo porque elas ACEITAM esses tipo de homem a seu lado. A família avisa, os amigos avisam, até filhos avisam suas mães, mas elas continuam com maridos e amantes agressivos. A polícia dá cobertura pra elas, e elas RETIRAM a queixa sobre eles. Depois aparecem mortas sim, porque retiraram a queixa ou os aceitaram de volta em casa. Observem bem isso! Ninguém aqui defende a violência contra a mulher. Mas também mulheres ACEITAREM uma relação doentia?? faça-me o favor!!!!

    Helena sabia do amor de Virgílio por ela. Helena sabia do temperamento agressivo de Laerte e Chica avisou a filha desde o começo da novela, que ela sofreria muito com ele e por isso ela, Chica não queria os dois juntos. ISSO APARECEU NA NOVELA, pra quem não viu ou não sabe. Selma também não queria a relação porque era demais as agressões do Laerte. Se todos viam, se todos falavam, se todos alertavam, e mesmo assim Helena se deitou com o primo e engravidou, então ela queria SIM. Bastava ele olhar pra ela com aqueles belos olhos azuis e ela se derretia toda. E mesmo sabendo que ele era violento, obsessivo, agressivo, hiper ciumento e machista, mesmo assim ela o aceitou. E até os dias atuais ela o QUER MUITO. Por que então guardaria a tal caixa e ficaria tão agressiva com a filha e com o marido? Virgílio nem no quarto pode entrar pois dona Heleninha ficou ali olhando para o teto, lembrando do passado, chorando…. Se fosse outro cara já teria feito a mala e se mandado dali. Que homem em sã consciência aceitaria viver ao lado de uma mulher que vive do passado e do amor do passado??? Só santo Virgílio mesmo.

    Verônica é outra que vive com Laerte sabendo da paixão dele pelo passado com Helena. Mas Verônica é mais esperta e vai dar um ultimato a Laerte. Porém, ela é mais uma que se deixa levar pelos belos olhos azuis…. Não adianta. Laerte e Gabriel Braga Nunes é o “bofe” da vez. Todos os personagens de José Mayer nas novelas de Maneco e o Atílio de Antônio Fagundes em Por Amor. Ou seja…. ELAS se RASGAM por ele. No caso de Laerte agora são QUATRO: Helena, Luíza, Verônica e Shirley. E elas GOSTAM dos “coices” do rapaz! Acho que gostam de serem agarradas pelos cabelos, levarem tapas na cara, empurrões… Que horror!!!! Enquanto isso, Virgílio, o BOM RAPAZ, fica às moscas.

    EM tempo, essa novela já vai acabar em julho. Não vai durar muito não. Se continuar esse arrasta de papo-furado entre Chica e Ricardo, a ex do Ricardo dando piti, queimando roupas, atacando o ex-marido…. Helena entre tapas e beijos com Laerte…. Juliana como a “velha do saco” que rouba criancinhas, e sem nem uma risadinha que se possa dar, pois não há um núcleo engraçado na trama e sim só drama mesmo.. A coisa vai terminar até antes de julho pelo visto.

  • Rosangela diz: 23 de fevereiro de 2014

    Na verdade, a Luisa esta parecendo que a helena é ela. Pois a Bruna Marchezine não conseguiu se desvencilhar da Helena, ou a filha é muitoidêntica a mãe. Já à Júlia Lemertz falta colocar todo o seu potencial, pois está feito água com açúcar e o Virgilio continua o mesmo babacão.

  • joana diz: 27 de fevereiro de 2014

    Andyyyyy! Finalmente alguém racional!! Ela ate o podia ter traído que não lhe dava o direito de fazer fosse o que fosse.. Não falava com os dois e pronto. Agora ela não cometeu crime nenhum! Você é que deveria ser dono de um site ou blog pelo seu pensamento imparcial, ou seja, não é fã da Helena mas consegue distinguir as coisas!

  • Cristiano diz: 3 de março de 2014

    Não sei o que a Helena da Regina Duarte faz na enquete.

    A Helena da Júlia está perfeita estou amando ela,
    Para mim a Helena é a segunda personagem melhor da novela só perde para a Vanessa Gerbelli.

  • Lady Zu diz: 4 de março de 2014

    Na minha opinião, toda Helena é chata, por natureza.
    Mas a mais chata de todos os tempos foi a da Thaís Araújo, não por culpa da atriz, mas por culpa do texto e de uma brilhante antagonista que conseguiu apaga-la completamente: Lílian Cabral.
    Chegava a ser sacanagem colocar as duas para contracenar.
    Essa Helena da Lemertz é apenas chatinha…
    A novela é tão meia-bomba, que não consegue nem ter a pior Helena… É tudo morno.

  • Suzy diz: 17 de março de 2014

    Concordo plenamente com o Andy. As coisas não mudam porque muitas mulheres pensam como os homens “machistas”, como a blogueira escreveu. Não adianta por panos quentes agora, o texto coloca bem claro: “Ok, Laerte aprontou muito, mas é primo, antes de ter sido namorado. É impossível apagar a existência do cara de uma hora pra outra, muito menos impedir que Luiza (Bruna Marquezine) o conheça. E vamos combinar que a jovem Leninha, na época, deu bastante corda pro ciúme doentio do amado. Se ele explodiu e cometeu um crime, quem acendeu o pavio foi ela, com aquela história de “meus dois amores”.” E ainda querem justificar a aproximação do Laerte com a Luíza, como se a Helena não tivesse seus motivos para querer vê-los distantes um do outro. Fico impressionada como o pensamento machista reina ainda na cabeça de homens, e mais impressionada ainda fico quando percebo que esse pensamento também está reinando na cabeça das mulheres. Desse jeito nunca vamos nos libertar disso.

Envie seu Comentário