Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Em Família: Juliana deixa escapar suposto envolvimento na morte de Gorete

21 de fevereiro de 2014 1

A cada dia que passa nos surpreendemos mais com a loucura de Juliana (Vanessa Gerbelli) pela pequena Bia. Nos próximos  capítulos de Em Família, a personagem dará a entender que foi responsável pela morte de Gorete (Carol Macedo), isto é , nada diferente do que já desconfiávamos.

Tudo acontece quando ela percebe que Jairo (Marcello Melo Jr.) levou a filha embora. Desesperada ela vai gritar que quer a menina de volta:

“Não podia, não podia. Não podia pegar a minha filha, levar embora, como se fosse filha de ninguém! E aquele desgraçado do Jairo vai me pagar! Mato ele também!”.

Divulgação / Globo

Divulgação / Globo

Sensibilizado pela dor da moça, Jairo até levará Bia para ela ver. Contudo, Chica ((Natália do Vale) e Fernando (Leonardo Medeiros) não vão gostar da ideia de Juliana se apegar ainda mais com a criança. Escondido da esposa, Fernando irá pedir que Jairo suma com a menina para bem longe da vida do casal.

Juliana poderá se tornar a grande psicopata da novela. O caso todo não é simplesmente o desejo de ser mãe, mas sim de querer pra si uma filha que já tem família.

Bookmark and Share

Comentários (1)

  • Clau diz: 21 de fevereiro de 2014

    Ainda insisto em dizer que isso é mal de família. Helena tem um piti por dia quando ouve o nome de Laerte. Quer apagar um passado que não pode ser apagado. Mas ela insiste como se fosse vítima de um triangulo amoroso que ELA mesma promoveu. Sinceramente não me apiedo em nada em relação a Helena. Já sabia do primo que era desequilibrado, e assim mesmo assumiu uma relação de risco. Foi avisada e mesmo assim quis. Deu no que deu e agora posa de vítima.

    Laerte, obsessivo, alucinado, ciumento ao extremo, desmedido nas atitudes, violento. Age por espasmos, com rompantes… Quando contrariado, fica pior.

    Juliana, obsessiva, alucinada, desmedida nas atitudes, planeja seus desejos passando por cima de quem estiver na sua frente. Não age por espasmos como o sobrinho, porém é PIOR, pois age com planejamento bem arquitetado. Não sente remorso, não sente pena, não se preocupa com os outros. Só com seu próprio desejo.

    Diria que nesta família há sérios problemas mentais. Há dois irmãos que se casaram com duas irmãs. Ok, tudo bem… Mas o histórico de saúde deles se mesclam. Não é a toa que Laerte é como é e nem Juliana é como é. O sangue de ambos mostra o que são capazes de fazer.

    A diferença é que Laerte sendo mais explosivo, acaba por pagar por seus atos e deixa as pessoas de sobreaviso. Já Juliana age na surdina, nas sombras, como quem nada quer. Não penso que Laerte seja psicopata, pois ele não tem um perfil de psicopata. Um psicopata age na calada, e geralmente é um tipo que atrai a si muita gente por ser gentil, educado e quieto. Já Laerte é desequilibrado mesmo, pode até ser bipolar, quem sabe? Mas Juliana sim, é perigosa. É a cobra peçonhenta que ninguém enxerga e acaba se camuflando para dar o bote. É doente, tanto quanto o sobrinho. Mas é pior. Ele age como um búfalo que enfia os cornos e sai desembestado passando por cima de todos. Mas há como se precaver, como EVITAR um ataque dele. Já ela não. A cobra não avisa quando chega e nem demonstra o que pretende.

Envie seu Comentário