Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Em Família: Helena terá que dividir a atenção da filha com a vilã Shirley

26 de fevereiro de 2014 6

Parece que Maneco está com muita vontade de apimentar ainda mais a relação entre Luiza (Bruna Marquezine) e Helena (Julia Lemmertz). Se não bastasse mãe e filha viverem aos trancos e barrancos por causa de Laerte (Gabriel Braga Nunes), agora é a vez da menina bater de frente para poder visitar e ter contato com Shirley (Vivianne Pasmanter).

Divulgação / Globo.com

Divulgação / Globo.com

Quem assistiu às primeiras fases de Em Família vai lembrar das peripécias que  a megera aprontava por pura inveja de Helena. De um modo divertido ela vai tentar agora conquistar a filha da rival. Em um almoço com a família de Shirley, Luiza vai se sentir entrosada e se encantará com o jeito despojado da vilã. Esta, não vai perder tempo e irá contar histórias do passado no interior com a mãe de Luiza, Virgilio (Humberto Martins) e Laerte.

Divulgação

Divulgação

Irritada com a amizade repentina da filha com Shirley, Helena vai explodir:

” – Você vai ver no que isso vai dar! Espera para ver! E lembra depois do que eu te falei!”, gritará ela segundo O Globo.

Já pensaram no que vai acontecer quando a loira má descobrir que Laerte está caidinho por Luiza? Acho que é bom esperarmos o retorno de Laura da novela Por Amor.

Bookmark and Share

Comentários (6)

  • Fabio diz: 26 de fevereiro de 2014

    Eu trocaria a chatice da Helena pelo bom humor da Shirley sem pensar em nada. A Helena é insana, não tem outra palavra. Deve ser mal de família, todos tem um parafuso a menos.

  • Clau diz: 26 de fevereiro de 2014

    Concordo em gênero, número e grau com FABIO. Parabéns Fabio!!!! Está totalmente certo!!
    Tenho certeza de que com a entrada de Shirley, esta novela terá mais ação, mais divertimento. A personagem que mais adoro de Manoel Carlos, de todas as novelas dele, foi BRANCA de Por Amor. Como me divertia com ela… Não tinha papas na língua, era irônica, descarada… kkkkk…. E o marido, interpretado pelo falecido Carlos Eduardo Dolabella, ficava apavorado de Branca saber da traição amorosa dele com a personagem de Cássia Kiss.

    Gosto de personagens assim. Agora que mal há em falar sobre o passado? Helena é neurótica! A tia é psicopata, A mãe, Chica é “aérea” e parece que PAIRA sobre os problemas da família. Seu filho, e irmão de Helena, é bêbado turno integral. Clara, a caçula, não sabe o que quer da vida… Sem contar o Laerte que é desequilibrado.
    É melhor Luíza ter filhos de outro homem totalmente fora da família, pois a genética familiar dessa gente é podre. Vai nascer cria ruim.

    E viva Shirley!!!! Já estou amando esta personagem sem nem ainda vê-la na telinha. kkkkkkkk … Porque como FABIO comentou, Helena é INSANA! … E CHATA!!!!

  • Aline diz: 26 de fevereiro de 2014

    Comecei assistindo essa novela achando que teriamos uma historia de amor…ou um triangulo amoroso…mas a cada dia fico mais perdida e sem enteder a proposta do Maneco que sempre gostei…Como um amor que existia entre Helena e Laerte que o mesmo dizia que era como a fenix, se perde desse jeito? Tudo bem que ele era louco, mais se alguem fica 20 anos sem ver o seu grande amor, quando retorna quer ve-lo novamente e não ficar dando em cima da filha da pessoa que vc diz amar e que compôs até uma musica…O Virgilio é um pomba sem fé…a Helena surtou e o Laerte é surreal…tristes personagens para uma novela do Maneco..Queria que a Luiza fosse filha do Laerte, que o mesmo lutasse (como uma pessoa normal) pelo amor da Helena e que o Virgilio fosse feliz com outra, sei que é uma historia repetida, mais acho que seria mais envolvente e logico do que essa que esta se traçando…aff

  • Nanda diz: 27 de fevereiro de 2014

    Aline,

    Na minha opinião Laerte ama Helena, mas ele ficou preso àquela Helena de 20 anos atrás, aquela é a Helena que ele quer. Por isso toda essa obsessão por Luiza (que por sinal é a cara da mãe, kkk). E depois de tudo o que ele aprontou Helena deveria ficar bem longe dele. Mas ao que tudo indica ela ainda possui um amor recolhido por ele ou uma obsessão tbm por tudo o que não viveram. Eles não puderam saber se o casamento ia dar certo ou não, se iriam se separar um tempo depois ou se viveriam felizes para sempre. Ainda tenho dúvidas sobre os sentimento de Helena. É uma mistura de raiva com amor, com ódio, com mágoa (isso mesmo, tudo junto, kkk). Vamos esperar pra ver como Maneco irá desenrolar essa história.

  • TAMARA diz: 27 de fevereiro de 2014

    A Helena é amargurada pois foi privada de viver o seu grande amor e se desespera ao ver sua filha se aproximando do antigo namorado. Na verdade, acredito q a historia com o tempo fique mais movimentada.
    Só não gosto da posição em que o autor põe mãe e filha. Não deve existir competição entre as duas, deve ser uma relação de amizade e cumplicidade. Não gostei de Laços de Família justamente por causa disso, eu nunca olharia para o namorado da minha mãe, e se caso acontecesse de me apaixonar, sumiria! Jamais ia ficar competindo com ela.

  • Clau diz: 1 de março de 2014

    Ontem tive a convicção de que Shirley tomou muita vitamina depois do quase afogamento (ou afogamento, como queiram) de Helena. Shirley lembrando da cena quando criança, observei que ela era MENOR em tamanho do que Clara que era bem mais novinha que Helena e Felipe e que a própria Shirley. Bastava ver Laerte, Virgílio e Helena como eram adolescentes, PRÉ-adolescentes, porém mais corpulentos. E Shirley era uma coisica de nada, magrinha, miúda… Com toda certeza ela deve ter tomado muito fortificante pra ficar depois uma jovem linda, cheinha sem ser gorda… Só pode ter essa explicação! Mais um enigma dos tantos que a novela tem em relação a idades e parecências…kkkkkkkkkkkkk

Envie seu Comentário