Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Manoel Carlos fala sobre beijo entre Laerte e Luiza: "Antes terá que ficar demonstrado que ele não é pai dela"

04 de março de 2014 47
João Miguel Júnior, TV Globo

João Miguel Júnior, TV Globo

Para os que ainda desconfiam da paternidade de Luiza (Bruna Marquezine) e acham que a menina pode ser filha de Laerte (Gabriel Braga Nunes), fim do mistério. Manoel Carlos deixou bem claro que eles não são pai e filha e que vai sim rolar um romance.

Por enquanto, Luiza está apenas encantada pelo ex-noivo da mãe, deixando Helena (Júlia Lemmertz) apavorada. As duas ainda brigarão muito por causa de Laerte e a situação só vai piorar quando a jovem se apaixonar por ele.

Mas Manoel Carlos garante à colunista Patrícia Kogut que antes do primeiro beijo do casal, não deixará qualquer suspeita sobre a paternidade de Luiza:

- Antes disso (do beijo) terá que ficar demonstrado que ele não é pai dela, já que a novela não terá incesto na sua história. Logo veremos.

É, pelo jeito a polêmica ficará mesmo por conta do velho clichê “mãe e filha disputando o mesmo homem”. Em Laços de Família, Maneco deu “ganho de causa” para Camila (Carolina Dieckmann), mas acho que agora a balança pende para o lado de Helena, já que há uma forte história do passado.

Bookmark and Share

Comentários (47)

  • Fabio diz: 4 de março de 2014

    E quanto mais a mãe proibir, mais a guria vai querer o Laerte.

  • Lidiane Karla Alves Feitoza Fidelis diz: 4 de março de 2014

    Ótimo! Já tinha sido divulgado que “Em Família” seria uma “mistura” das histórias das novelas anteriores. Não gosto da Helena de Julia, e assisto esperando justamente um romance entre Laerte e Luiza, já que como vi no capítulo de ontem não há química entre os atores Julia e Gabriel, ao contrário dele com a Bruna. Agora é aguardar!

  • jenn diz: 4 de março de 2014

    QUERO LARTE COM LUIZA

  • Conselheira diz: 5 de março de 2014

    Realmente Bruna e Gabriel têm muita química, os olhares não enganam ninguém. Estou gostando da historia, e adoraria ver Laerte e Luiza juntos sim. Muito sem sal o romance de Helena e Laerte, sem química, no episódio de segunda feira ficou bem claro isso, esse casal acabou , ficou bem no passado. Acho que a ideia do Manoel Carlos foi ótima em fazer um romance entre esses dois, ficam muito bem na historia. Pois Helena casou com o Vergilio, refez a vida dela e em parte ela é feliz, tem um homem maravilhoso ao lado dela, eu me apaixonaria pelo Vergilio, um doce. Agora Laerte ficou com uma historia para refazer e concordo completamente com esse romance, visto que não são pai e filha, nem muito menos tio e sobrinha como andaram dizendo, Ele é primo dela de 2 grau, pois ele é primo da mãe de sangue mas dela jà não é é de 2 grau, então não há incesto.

  • Carmem diz: 5 de março de 2014

    Não gostei! Acho que deveria ter dado uma continuação ao romance passado,o começo da novela foi muito legal,mas está ficando chato!!!!

  • Larissa diz: 5 de março de 2014

    Não gostei. Acho que o chato, louco, e criminoso Laerte deveria morrer logo para deixar todo mundo ser feliz em paz. Bom, PELO MENOS não é pai da menina, porque se fosse, seria mais um motivo para jogar ele na cadeia e nunca mais deixar sair.

    Aguardando os dramas e barracos entre Luiza e Helena, isso sim vai ser bom! rs

  • Soellyn diz: 5 de março de 2014

    Acho ridiculo Luiza querer Laerte agora, o caso das duas é TOTALMENTE diferente de Laços de Familia. Helena tem uma HISTÓRIA com Laerte, uma historia forte como a propria Luiza descreve que a mãe nao pode ser feliz pois Laerte estragou tudo!
    Vamos nos colocar no lugar do outro..
    Agora poxa vida! Eu sei de toda essas historia da minha mãe e agora que Laerte volta para o Brasil, EU, justo eu que sou filha, me meto nessa historia e me aproximo de Laerte, aproveitando minha semelhança com minha mae quando jovem. Pq pra mim, Laerte só quer Luiza pela lembranca que ela transmite a ele, pela semelhanca com Helena jovem.
    Isso pra mim nao passa de caprixo mimado de Luiza e Laerte quer atingir Helena, faze-la sofrer se aproximando da filha dela.

  • Soellyn diz: 5 de março de 2014

    E eu amei a cena do embate entre Helena e Laerte!
    Todo o ódio que Helena diz sentir de Laerte pra mim não passa de paixão reprimida. A grande historia de amor sempre será a deles.
    Pra mim os dois tem química, a história que vem junto da um peso a mais nessa relação.
    Estou na torcida para que Helena e Laerte fiquem juntos, esse amor merece outra chance.

  • Lucas diz: 5 de março de 2014

    Gostei! o casal tem Química! a mãe e casada! Luiza nem Laerte não são casados, só namoram. vai ser confusão mãe e Filhas disputando um Homem só! quero ver!

  • KATIA SURAMA diz: 5 de março de 2014

    Eu concordo Helena já tem marido e uma familia lindaaaaaaaaaa, ela deve ficar com Virgilio sim , ele é o marido dela e ele é uma pessoa encantadora, e não é justo o Laerte aparecer para estragar uma familia , ele chegou para ter uma segunda chance de ser feliz , e nada mas justo do que com Luiza. vocês acham justo Helena acabar o casamento e ficar com Laerte? será que o Virgilio merece isso ? eu acho que não. O amor do passado acabou no dia que ela casou com o Virgilio e teve uma filha com ele.

  • Soellyn diz: 5 de março de 2014

    Luiza virou a queridinha do publico pois Bruna Marquezinne esta em alta.
    Nao acho justo Helena continuar com Virgilio, as pessoas merecem ser felizes por inteiro, Virgilio deixou bem claro numa discussao com Helena que ele pode nao ser tão feliz como ela pensa, Virgilio tem plena consciencia de que Helena casou com ele por pena, remorço, por culpa. Eles tem sim respeito um pelo outro, carinho e uma grande amizade, mas esse casamento nao existe, é apenas cordialidade.
    Acho que Virgilio merece um amor de verdade isso sim! Uma mulher que o ame, que se apaixone por ele… Quanto a Helena e Laerte, enquanto eles nao acertarem as contas com o passado nao serao felizes.

  • Vera Angela Pinto diz: 6 de março de 2014

    Gostei da quimica entre Luiza e Laerte….eles são perfeitos.

  • Clau diz: 6 de março de 2014

    Soellyn está certa. É preciso muito estômago pra se aceitar na mesa na hora do almoço ou jantar, um genro ex da sogra. O que é isso???? Me perdoem por parecer moralista ou conservadora, mas creio que toda transgressão tem limites. Aqui falamos de SENTIMENTO e não de QUÍMICA. E serei bem sincera com vocês: acho profundamente irritante certos termos tais como QUÍMICA entre as pessoas. Nem sei porque que se usa isso. É o mesmo que POLITICAMENTE CORRETO. Ora essa! Há momentos que nem o politicamente correto resolve! E química? onde há amor??? Não sei, posso estar velha, mas na minha época era chamado de PAIXÃO, ATRAÇÃO, não química. E muita química pode ser perigosa. Algumas até explodem!

    O que vi na briga entre Laerte e Helena foi um casal ainda apaixonado porém muito doído. Há muito ódio misturado com paixão recolhida, mágoas, revoltas… Um mar de sentimentos todos díspares. Nem eles se seguram mais. Julia Lemmertz pode até parecer mais velha mas está dando um banho de interpretação! O OLHAR dela para Laerte era de dor, de carinho, de revolta.. tudo misturado e a atriz soube como ninguém demonstrar isso. Só com a expressão do olhar! Coisa que sempre critiquei e irei criticar em Paolla Oliveira que nem sequer tem expressão. De jeito algum.

    Agora, voltando para a vida normal, suponhamos que Laerte e Luíza se entendam e vivam juntos. Vão se unir à família? Nas festas de família estarão lá os dois? Não sei se isso ocorre na vida real, mas não na minha família e nem na família de muita gente que conheço.

    Essas tramas do Manoel Carlos são como o ibope. Todo mundo fala do ibope mas ninguém foi consultado por ele. Ou seja, só existe pra quem inventou. Maneco já aprontou em outras novelas com coisas assim. Lembram de Páginas da Vida? Morreu a personagem de Glória Menezes. O patriarca da família, interpretado por Tarcísio Meira ficou viúvo por um bom tempo. Nem olhava pra mulher alguma. Já uma de suas filhas interpretada por Ana Paula Arósio, era casada com o personagem de Edson Celulari. O casal se desentende ao longo da trama e ela se envolve com o personagem de Thiago Rodrigues. Já Celulari se envolve com a personagem de Sônia Braga. A relação entre ela e o piloto de caça não dá certo e então o velho patriarca, Tarcísio, se envolve e se casa com a personagem de Sônia Braga. E toda família se encontra sentada em torno daquela imensa mesa que até o programa Casseta e Planeta fazia uma paródia e eu morria de rir pois a mesa aumentava cada vez mais de tamanho com o volume de gente que entrava na família. kkkkkkkkkkk…. Esta novela marcou o afastamento de Ana Paula Arósio das novelas pois ela se irritou com Maneco. Ele daria toda atenção pra Ana Paula na trama, mas Grazi Mazzafera estreou muito bem e Maneco modificou até o roteiro para que ela ficasse com o personagem de Thiago Lacerda.
    Também houve queixa de atores e atrizes que ficaram à deriva na trama, com poucas falas e atuações, lembram? Antônio Caloni, seu personagem até morreu na trama para poder ficar liberado para outros compromissos.

    Em suma: a filha se casa, depois se separa. O ex marido se envolve com uma mulher que era amiga da ex-mulher dele. A relação não dá certo e então a tal mulher que ficou com o ex da filha, se apaixona pelo pai da filha, a noiva, que depois casou e descasou. Entenderam??? Nem eu.
    E isso foi só um desses devaneios do Maneco pois precisaríamos voltar no tempo e lembrar de outros lances assim nas novelas dele. As pessoas todas muito civilizadas, se aceitando numa boa, assim como se mágoas ressentimentos e tudo mais fosse colocado debaixo do tapete.

    Enfiam… não torço pelo casalzinho. Mesmo porque Bruna Marquezine não está lá essas coisa nesta novela. A dicção dela é PÉSSIMA! Mas pode melhorar. Acho que Laerte precisa se entender com Helena. E quanto a Virgílio, precisa encontrar uma mulher que lhe dê o devido valor. A relação dele com Helena acabou. Não tem mais fogo ali. E ela será infinitamente infeliz enquanto não colocar tudo às claras para Laerte. Nem precisa ficar com ele, pode até terminar sozinha, por que não? Mas não dá mais pra ela viver do jeito que está vivendo. ELA não é feliz. E acredito que nem faz Virgílio feliz.

  • Clau diz: 6 de março de 2014

    Esqueci de mencionar outras esquisitices de Maneco: A obsessão dele por PRIMOS. SEMPRE tem romance entre primos nas tramas dele. Deve ser algo do passado do Maneco, assim coma as HELENAS. Deve ter sido uma paixão do autor.

    Outra coisa que ele leva como regra é que TODA filha gosta mais do pai do que da mãe. E que vive às turras com a mãe. NÃO É VERDADEIRO ISSO. Muitas jovens gostam e se entendem melhor com a mãe do que com o pai. Alguns pais até abandonam suas famílias e elas se voltam muito para suas mães. Maneco coloca as coisas como se mães e filhas vivessem se competindo na vida. Assim foi em Laços de Família e agora em Em Família. A diferença, como Soellyn comentou, é que em LAÇOS, Helena recém havia conhecido seu amor. DEPOIS que a filha voltou e viagem, foi que o cara se interessou por ela. E ele ali teve muita parcela de culpa, não foi somente a filha. Mas NESTE CASO de Helena de EM FAMÍLIA, Luíza SABE da história da mãe e todo sofrimento da família. Então é muita cara de pau ela se envolver com o ex-noivo da própria mãe como se nada representasse para Helena. Se Luíza sabe o que sente ainda sua mãe por Laerte, se sabe de toda história, porque vai se deixar envolver? Me admira ela uma estudante de psicologia não se dar conta que Laerte só está de olho nela pois ela lembra a Helena que ele perdeu. E ele quer voltar ao passado agora, coisa que é impossível. E mai suma vez ele vai colocar os pés pelas mãos e ser o causador do atrito entre mãe e filha. As duas não têm uma boa relação e vai ficar pior.

  • Soellyn diz: 6 de março de 2014

    Clau, minha querida Clau.
    Concordo com seus comentarios, vc sempre muito sensata, concordo em cada palavra.
    Julia esta arrazando com esse papel, o misto de sentimentos que ela demonstra na cena da briga com Laerte impressiona. É uma atriz maravilhosa. Bruna Marquezine é uma linda menina, mas tem muito a aprender ainda, tem talento, mas não esta com essa bola toda, minha opinião. Nao me deixo levar por quimica, o que levo em conta é a história, a paixão, o amor!

  • Conselheira diz: 6 de março de 2014

    Gente, isto é uma NOVELA e não VIDA REAL, uma historia inventada, e em filmes e novela existe a QUÍMICA entre os autores, e isso é que faz nos prendermos aos personagens, pois se eles tem química fazem a historia ficar mais empolgante, mais quente, e a Bruna e o Gabriel têm isso, ficam bem, têm pegada. Parem de levar a coisa para o realismo, isto é ficção… Se isto é uma novela tem que ter historia interessante, e acho interessante sim um romance com a Luiza e Laerte, não pela atriz estar em “alta”, mas pela historia em si. Ao menos falo por mim.
    Novela com muito realismo torna-se chata… Deixem rolar…
    Pode ser que o autor seja um pouco repetitivo nas historias, mas existem escritores assim, já leram os livros do Nicholas Sparks? Todos os livros dele são tocantes, viciantes, e apesar de historias com personagens diferentes, são dentro do mesmo estilo, ele escreve romances muito idênticos. Não levem tão a sério, curtem a historia e ponto final…

  • laiane diz: 6 de março de 2014

    Helena e Laerte não dá.Gabriel e Júlia não funciona.
    Ja Luiza e Laerte tem muita química,é claro isso.
    Na fase anterior deu certo porque os atores tinham quimica,a Bruna e o
    Guilherme também deu muito certo,nas cenas de Luiza e Laerte é forte os olhares,
    a força que o casal funciona é nítida não dá pra esconder .

  • Clau diz: 6 de março de 2014

    Pois é Soellyn… Eu penso que as coisas estão indo num ponto em que as pessoas já nem ligam mais pra sentimento. “Ah! não é feliz? então dá um pé e resolve tudo.” No caso de Helena não é possível, porque eles simplesmente ficaram vivendo uma ilusão. A família toda viveu esta ilusão. Helena casou-se por pena de Virgílio e agora com a volta de Laerte reacendeu a fogueira da paixão. Acredito que ela não queira que a filha passe por tudo o que ela passou. Mas também ela se ressente de ver que a filha esta dando corda demais para o grande amor da vida de Helena. E como ficará isso? Se chegarem a ter um romance ou até ela engravidar dele? continuarão todos se vendo? se falando? como se o passado não tivesse existido? Isso aconteceria SE esta gente fizesse uma profunda terapia familiar e de casal. A família TODA tem problemas psicológicos. Nisso Manoel Carlos se superou!!! kkkkkkk

    Helena vive do passado. Guarda mágoas profundas, mas também um amor profundo que ela confunde com ódio. Imagina se viver assim por 20 anos?! Que vida miserável a pessoa deve ter?! Devia ter procura ajuda psicológica para lidar com isso tudo.

    Chica parece que durante 20 anos viveu flanando. Tudo está bem tudo é lindo, tudo é felicidade… Parece uma Polyanna (do romance), muito querida, meiga e otimista. Mas a vida não é somente ter uma posição assim. Há momentos que é preciso ser mais rígida com as pessoas. Olha o Felipe como é? Vive bêbado, vomitando pelos cantos… Que nojo me deu ontem quando ele foi dormir no quarto de Luíza e comentou pra sobrinha que ali estava pois ele havia vomitado no quarto dele e estava insuportável o cheiro. Ah por favor!!!! O cheiro de vômito leva um tempão pra sair! Aquele quarto deve estar impregnado de cheiro de vômitos e bebidas alcoólicas e ELE MESMO FEDE A ÁLCOOL!! O que aquela gente faz? Nada. Chica já tinha que ter tomado uma atitude há muito tempo. E achei muito bem feito a surra que ele levou de Helena, mas mostrou também que Felipe é um idiota, pois apanha da irmã, sabe que está errado, continua errando e aceita esta vida. Já deveria ter perdido o direito de clinicar faz tempo!

    E temos também Juliana, que é obsessiva, carente, com sua autoestima extremamente baixa… Grudou na Bia e ali não larga e está tão desnorteada que não ouve o que lhe explicam. O Maneco está fazendo bem esta parte da novela, pois Juliana mostra mesmo que não está bem. E parabéns para Vanessa Gerbelli que está excelente neste pepel. Até magra ela ficou! mostrando como a personagem esta indo para o poço. Li em uma entrevista dela que ela se entrega aos personagens que faz. Mais um exemplo para Paolla Oliveira seguir. Aprenda Paolla!!!!! (meu desafeto) kkkkkkkkkkkk…

    Ah… e tem outra personagem na família que ia esquecendo. Apesar de gostar dela, não posso deixar de comentar seus erros. Selma. Ela fez a maior loucura não deixando seu marido ir ao enterro do próprio irmão. E depois ficaram 20 anos sem falar com os demais familiares. Olha, isso não é coisa de gente normal. Portanto se eu fosse o Maneco, aproveitava e colocava na trama um psiquiatra. Assim a família inteira seria atendida por um justo preço. Pacote completo e bom desconto.

  • Clau diz: 6 de março de 2014

    CONSELHEIRA, muito grata por seus CONSELHOS, mas aqui creio que todos sabem se tratar de uma FICÇÃO. Mesmo assim debatemos todos os dias. É pra isso que servem os FILMES, LIVROS E NOVELAS…. ah também peças de TEATRO. Se debate naturalmente a trama sem nos preocuparmos em se tratar de ficção ou não. Na vida real, como colocaste, pode nem acontecer, mas existe gente que se DEIXA LEVAR pelo o que vê na TV. Mais em TV, porque cinema, teatro e literatura, nem todos seguem acompanham e gostam. A TV é muito mais exposta e serve de ponto positivo ou negativo dependendo do que é passado ali. A TV fica ligada, e em algumas casas ligada o dia todo. Coisa que na minha casa não, mas sei que muita gente tem a TV e seus programas como parâmetro de vida. E seja lá o que for mostrado e COMO for mostrado, pode sim influenciar algumas cabeças, principalmente as mais jovens. É nessa linha que sigo, Nada de preconceito ou outra BOBAGEM qualquer que as pessoas têm a MANIA de TAXAR os outros só porque não compartilham da mesma opinião. As pessoas reclamam tanto de preconceito, de intolerância e clamam por liberdade, mas NÃO ACEITAM as opiniões diversas das suas e nem atitudes. É estranho isso… Só uma maneira de me expressar pelo o que estou assistindo na TV e fora dela também. Apenas uma ANÁLISE dos fatos debatidos aqui no blog. Nada de mais.

  • Carol diz: 6 de março de 2014

    Concordo com a Claúdia. E ainda diria que existe uma certa implicância estranha do público com Júlia. Acho que as pessoas não estão conseguindo virar a página de que a Júlia parece mais velha que o Laerte, que ela tem 50 anos…blá blá blá.etc. Martela-se muito nisso e se perde a história e a chance de ver uma bela atuação da atriz. Me desculpem fãs da Marquezine, mas acho ela fraca. A Globo quer que a gente engula ela de todo jeito desde que ela começou o romance com o Neymar ( que acabou). Notícias dela o tempo todo…overdose. O público tá levando muito do entorno e da vida extra-novela dos atores para o sofá na hora de ver novela

  • Soellyn diz: 6 de março de 2014

    Ótimo comentario Carol.
    As pessoas parecem ter pegado birra com Julia, transferiram para a personagem, colocaram isso na mente e parece que vão levar até o fim da novela, realmente, perde-se a grande atuação de Julia. Dizem muito que essa Helena é muito chata! Gente! A Helena agora adulta mantem o MESMO TEMPERAMENTO da Helena jovem (feita por Bruna) que todos estavam amando até entao…
    Clau, poderia passar horas conversando com vc sobre essa novela, rs que familia complicada viu! Ta na hora de Chica se colocar no lugar de mae de Felipe, ela ajuda tanto a irma Juliana e o proprio filho parece um visitante na propria casa.

  • Conselheira diz: 7 de março de 2014

    Clau eu aceito todas as opiniões, só disse que tem gente que leva a ficção para o realismo, como as novelas de espiritismo, vidas passadas, religiões etc . Na novela o Clone muita gente ficou encantada com a cultura Muçulmana mas a Gloria passou uma ideia errada dessa religião, ela abordou a cultura de forma muito suave, que nada bate a realidade. Na realidade a Jade acabaria morta mesmo, jamais o tio Ali a iria perdoar e jamais o Said a deixaria ver a filha, mas mesmo assim, sem ela mostrar a verdadeira e assustadora religião, a novela foi muito boa com uma historia fantàstica, para mim a melhor novela de todos os tempos. Pessoas que não separam a realidade da ficção têm sérios problemas psicológicos, o mesmo acontece com vídeo games. De todos aqui acho que você Clau é a que faz comentários mais construtivos, e não quis dizer de forma alguma que você não sabe separar ficção da realidade. So que para a novela ter interesse tem que ter historia. Eu simplesmente não estou ligando a Helena ser mais velha , nem a Luiza ser bonita, nem nada disso, nem sou fã de nenhum desses autores, nenhum mesmo, eu nem sou de ser fã de atores, nem tenho paixões platónicas, pois me apaixonar por um personagem é ridículo visto não bater à “realidade”, mas tem louco para tudo e eu Graças a Deus sei separar bem as coisas, para mim TV= divertimento. So achei interessante a química desses 2 personagens, assim como achei em Araguaia uma química enorme entre Solano (Murilo Rosa) e a Estela (Cleo Pires). Mas respeito quem quer ver Helena e Laerte juntos, para mim qualquer final serve desde que tenha uma boa historia para ser contada e me faça divertir so isso.

  • Conselheira diz: 7 de março de 2014

    Depois Clau e escrevi o meu comentário não me dirigindo a ninguém mas de forma geral, não tenho culpa se a carapuça serviu para alguém, foi uma opinião assim como você da a sua, e digo e volto a dizer, não me importa o final nem mesmo se a Luiza vai acabar com o Laerte o que me importa é a historia em si, e com certeza iria ser interessante ver um romance entre esses 2, mas caso não aconteça que tenha outros motivos para nos entreter. Espero agora me ter explicado bem, e não estou aqui para discutir, pois respeito todas as opiniões, e dei a minha e ponto final.

  • Jhessica Coultinho diz: 7 de março de 2014

    acho muito bom O Gabriel e á Bruna tem muito mais ave do que o Gabriel e a Julia, deixa á Julia com Humberto mesmo, os dois estao velhos e foram feitos um pro outro. e outra Passado nao eh futuro…. nos telespectadores queremos ver algo novo romance novo, coisa nova e o manoel fez muito bem de deixar á Bruna com o Gabriel os dois são lindos e tem tudo super aver.

  • Aline diz: 7 de março de 2014

    Quero muito Laerte e Helena juntos…ridiculo Laerte e Luiza…

  • Sissida diz: 7 de março de 2014

    Clau,em Paginas da Vida,pra completar o circo,o personagem Silvio(Edson Celulari),termina a novela com Marcia(Helena Ranaldi) IRMÃ da sua ex Olivia(Ana Paula Arosio)…ou seja,no fim das contas,Tide(Tarcisio Meira) continuou sendo seu sogro…

  • Clau diz: 7 de março de 2014

    SISSIDA

    Obrigada! Eu sabia que Sílvio (nem lembrava mais o nome do personagem) terminava com alguém, as não me lembrava com quem era. Valeu pela lembrança! Nossa! mas que confusão foi naquela novela… E mai suam família complicada com troca-troca de gente na mesma família. O pessoal se divertia parodiando as cenas. kkkkkkk

  • Clau diz: 7 de março de 2014

    CONSELHEIRA

    Me perdoe se pareci rude, não foi esta minha intenção. Tenho uma crítica muito ácida, talvez culpa de meu signo ascendente que é muito detalhista e crítico. Por vezes, as pessoas acham que estou fazendo uma crítica mais pesada quando na verdade até faço certo humor. Mas como não estou ao vivo, ou seja, meu rosto e expressão não aparecem aqui, passo a impressão de estar zangada ou algo assim. Se assim pareceu, devo-te desculpas.

    De uma certa maneira me preocupa o fato de as pessoas confundirem a realidade da ficção. Não deixas de estar certa. Mas vejo aqui no blog, atualmente uma preocupação maior que muitos dirão ser PRECONCEITO e não é. Posso te garantir.
    Quando acompanhei Amor à Vida, gostei do casal gay Félix e Niko e em MOMENTO ALGUM vi, li ou ouvi aqui, ou em qualquer outro blog ou site, comentários como os que estou lendo aqui em relação ao casal Clara e Marina. O que muito chamam de preconceito eu chamaria de precaução. SOELLYN é testemunha de muitos comentários EXALTADOS, ACALORADOS por causa das duas personagens. Praticamente querendo cenas mais quentes entre elas em pleno horário nobre, Coisa que nós sabemos, a Globo jamais irá mostrar. Há moças e meninas aqui frustradas pois, com medo de tais cenas não aparecerem. Há moças e meninas aqui passando para realidade de suas vidas uma estorinha (com E mesmo), afirmando que somente na cenas delas tais moças e meninas assistem pois as demais cenas elas nem olham e nem ouvem. O que vem a ser isto?: tu sabes? não preciso ser mais clara do que já estou sendo. E somente sendo MUITO “ingênua” pra não perceber. O mais interessante é que eu ando por muitos sites e nem sinal de alguma matéria sobre o casal “clarina”. Coisa que na época de Amor à Vida, havia em TODOS sites mais conhecidos alguma matéria de CAPA. E quando isso ocorre, matéria de capa, aí sim é sinal de sucesso. E o que mais me impressiona e a AUSÊNCIA dos comentários masculinos em relação as duas. Somente UM ou DOIS no máximo como já comentei aqui. No entanto,na época de Amor à Vida havia muitos comentários em relação aos gays, sejam a favor ou contra. Alguns até bem fortes e com conotação homofóbica. De repente, aqui no blog, quando o assunto é CLARINA, só vejo comentários de mulheres e algumas EUFÓRICAS com algumas cenas que, meu Deus!!…. não tem nada de mais! E aí entra a confusão da realidade e ficção. Para ONDE estão levando a ficção? para suas vidas particulares? por moda? por gosto? Isso me faz pensar… Até onde uma pessoa se deixa levar por uma FICÇÃO? Porque o vejo e leio aqui sobre o assunto Clarina, chega às raias do FANATISMO. Pior é nem conta se dão.

    Parece que os trabalhos de todos artistas da novela, e aqui incluo (Gabriel Braga Nunes, Julia Lemmertz e até Bruna Maquezine) de nada valem. O que na verdade querem é ver não Tainá Müller ou Giovanna Antonelli e sim Marina e Clara juntas e do jeito mais íntimo que for. Então propus em outro tópico que Maneco faça uma minissérie usando as mesmas personagens de Tainá e Giovana. Mas depois das 23 horas até nuas ambas podem aparecer, sem problemas.

    O caso de Julia Lemmertz ter química (como dizem) com Laerte, já nem digo isso. Na verdade, te confesso o que comentei com Carlos em outro tópico aqui no blog. EU prefiro que Helena termine sozinha. Seria a primeira vez em que uma Helena terminaria sozinha mas FELIZ. Imagino ela caminhando pelo calçadão do Leblon, num dia ensolarado e ela com um imenso chapéu cobrindo a cabeça, de óculos escuros, caminhando e dando um tremendo sorriso de LIBERDADE! Sim! liberdade do marido que ela não ama, do passado com Laerte – isso antes ter uma relação amorosa com ele para exorcizar o passado – liberdade da família problemática e que joga sobre ela todas as neuras… Porque Helena segurou todas as barras da família até então. Não sei se ela gosta de trabalhar onde trabalha ou de certa maneira foi forçada a fazer isso para ajudar a família que ficou sem o patriarca. Chica não tem pulso firme com ninguém. O Felipe é uma vergonha, agora Clara vai mudar a vida dela e é com a Helena que ela conversa. Depois vem Juliana e sua loucura… e por aí vai. Helena é amarga, não tem vida própria e até o sogro doente agora mora com ela. Pombas!!!! Há um momento que basta! Eu nãa aguentaria a metade do que essa criatura suporta. Então a personagem se torna chata, ranzinza, irritante… Porque na na verdade NÃO VIVEU. Casou-se cedo demais, teve a filha cedo demais, não viveu seu amor com Laerte e agora morre de medo da filha se envolver com ele pois aí a coisa fica pior para ela. Ela sofre muito mais com isso. Por esta razão sou a favor de Helena ter um caso com Laerte, para que eles tenham um momento DELES que nunca tiveram. Para ver se de fato se dariam bem, O que muito duvido depois de 20 anos, todos mudam. Mas pelo menos que exorcizem suas culpas, seus pecados, suas mágoas, seus remorsos…. E depois disso que Laerte fique com quem quiser. Mas quero pra isso ver uma Helena LIBERTA! Sem mágoas, sem culpas, sem se sacrificar pela felicidade alheia como ela sempre fez na vida. AGORA eu começo a entender Helena,por incrível que pareça! Aquela cena dela com Laerte, a briga deles, me deu uma percepção imensa da dor de Helena e de quem ela de fato é e o fardo que carrega há anos. E Laerte também me surpreendeu. Mostrou que ele ainda quer a Helena antiga, mas parece que percebendo que tal Helena não existe mais, ele tem a forte atração pela filha de Helena que é a cara e jeito da mãe. É como se Laerte quisesse parar o tempo, reter a época de jovem apaixonado. Isso ainda vai dar muito o que falar porque, ele se envolvendo com Luíza vai ter o mesmo ciúmes e controle que tinha com Helena. Com o agravante que agora Laerte é um homem mais velho e Luiza (Helena pra ele) é ainda jovem. Ela já mostrou que não gosta de ter coleira… Quem sabe a novela termine não com Helena caminhando sozinha pelo calçadão do Leblon? sozinha e feliz. Mas também na companhia da filha que cheia das loucuras de Laerte, acaba desistindo dele.

    Uma coisa é certa: ou Laerte muda ou SE mudam DELE.

  • Conselheira diz: 9 de março de 2014

    Clau não tem que pedir desculpas meu ascendente é carneiro talvez também me faça cabeça dura loooool… Eu já comentei aqui que adoro seus comentários pois são construtivos, e concordo com seu comentário. Mas como disse para mim uma novela para ser boa tem que ter historias envolventes (não barraco). Pois também concordo que Laerte ficou preso ao passado, por isso achei interessante ver esse romance a ver o que vai dar, pois somente o Maneco sabe como desenvolver a historia. Mas seria interessante ele reviver o passado de forma “diferenciada” digamos assim. Seria um reviravolta, ao menos penso dessa forma, mas caso até seja diferente, neste caso recomeçar com a Helena, também poderá ser interessante, depende do rumo que o Maneco dará aos personagens, esperar para ver, né? :)

  • Soellyn diz: 9 de março de 2014

    Clau!
    Esse foi seu melhor comentario.
    Eu li cada palavra concordando, refletindo, é exatamente assim que penso, adivinhou meus pensamentos e os colocou em palavras..
    Pobre Helena, chata? Queria eu ver alguem aqui carregando todos os fardos que ela carrega desde muito nova, quero ver quem suportaria essa vida.
    Lembro que antes do casamento de Laerte e Helena, os pais deles diziam que eles se mudariam para o rio para tocar o negocio da familia, nao lembro se foi Selma ou Chica que disse que nenhum dos dois tinha experiencia em leiloes…
    A partir dai vc percebe, Helena teve que se adaptar a essa nova vida, diferente do que ela queria, no casamento, na vida, em tudo… Chega ser triste de ver a vida que ela tem comparada aos sonhos que ela tinha.
    Torço para Helena ser FELIZ no final da novela, seja com quem for, mas queria ver felicidade nos olhos dela e nao o conformismo! Aguardamos os proximos capitulos rsrs

  • Isa diz: 9 de março de 2014

    Torço para que Helena e Laerte fiquem juntos! Amei a cena do reencontro deles e penso que ficou mais do que claro que ainda existe muita paixão entre os dois! Eles têm tudo para ainda serem felizes! Helena e Laerte já!

  • Aline diz: 9 de março de 2014

    Laerte e Luisa tem um química maravilhosa em cena, cativante que faz aguardar com ansiedade suas próximas cenas. Minha torcida é por esse belo casal. Gabriel Braga Nunes, Julia Lemmertz e Bruna Marquezine são atores maravilhosos.

  • livia diz: 10 de março de 2014

    quero ver juntos laerte e helena! grabriel braga nunes e julia lemmertz

  • laari diz: 10 de março de 2014

    Gosto do casal Laerte e Luiza! Acredito que a Helena é uma pessoa amargurada e egoísta, só porque ela é infeliz ela acha que ninguém tem o direito de ser. Não gosto do jeito que ela trata seu marido Virgílio, pois ela casou com ele porque ela quis então deve trata-lo com mais respeito. Não gosto dos conselhos que ela dá para sua irmã Clara ( insinuando que ela deva trair seu marido Cadu). Para mim os atores Julia e Gabriel não combinam. Apesar de a atriz Julia ser muito melhor que a Bruna ( concordo com o comentário sobre a dicção da Bruna é péssimo acho o choro dela muito forçado tb!) Também acho que a globo faz a gente ter que engolir ela pelo fato de ela ser namorada (ex) de um jogador famoso! Mas no contexto da novela acredito que um envolvimento entre Luiza e Laerte vai despertar o interesse pela novela. Não gosto do jeito dessa Helena desde a primeira fase. Por isso não torço para que ela fique com o Laerte, pois o que aconteceu no passado foi de fato grande parte de culpa dela que não se dava o respeito e provocava o tempo todo! Gostaria tb que o Virgílio encontra-se alguém que o trate melhor.

  • Lara Gutierrez diz: 10 de março de 2014

    Bruna Marquezine e Gabriel Braga Nunes tem a química perfeita! Todos torcem por Laerte e Luíza! Sem contar que essa Helena é insuportável \o/

  • Paula diz: 11 de março de 2014

    CLAU, ia dar minha opinião, mas, depois de ler o que você escreveu, restou-me reiterar cada palavra! Creio que também senti o que você sentiu ao assistir à cena entre Helena e Laerte. A Julia arrasa! Eu consegui sentir ódio, paixão reprimida e confusão de sentimentos não só transmitidos nos olhares dela, mas até na respiração. PS: Devo admitir que não gostei do tapa que ele deu nela, e que achei os argumentos dele bem egoístas e nada realistas. De fato, a família toda precisa de um bom terapeuta!kkk..a começar pelo próprio Laerte!
    Sinceramente, não acho que a Bruna tenha sido a melhor escolha para viver a personagem Helena mais jovem. Já não estava gostando do tom que ela vinha dando e, depois de passado os tais 20 anos, tive certeza!
    Sabe, assim como você, empolguei-me com esse reencontro, mas gostei muito da saída que você deu para o fim da novela. Seria uma boa maneira de fechar esse ciclo de Helenas, que no geral são sempre o muro das lamentações dos outros. As Helenas do Maneco são mulheres fortes, decididas, persistentes…enfim, que não se deixam abater facilmente, mas que sempre estão pensando mais na felicidade do outro no que na própria felicidade. Assim, seria interessante ela terminar COM ELA MESMA! Seria muito interessante ela terminar sentindo-se livre, feliz e vivendo a vida dela e de mais ninguém!

    PS1: Espero que a novela consiga melhorar ao longo da trama!
    PS2: Não gostei do Virgílio 20 anos depois. Sinto que falta ação no Humberto Martins. Às vzs, tenho vontade de pegá-lo pelos ombros, sacudi-lo e dizer: acorda! Ok que ele sempre respeitou a Helena, ok que ela se casou por se sentir culpada, mas não gosto de como a relação dos dois está sendo desenhada. Até respeito tem limite! A impressão que me dá é que tudo o que a Helena diz para ele é lei. E isso é muito chato!
    PS3: voltando aqui à cena do reencontro, que fotografia linda! As novelas dirigidas pelo Jaime sempre me deixam extasiadas!
    PS4: espero que venham mais cenas de acerto de contas entre Helena e Laerte! Com muito ódio, amor reprimido e tudo mais que o Maneco quiser colocar, porque vai ser uma beleza de se ver! Afinal, Julia e Gabriel mostraram sintonia sim! Os corpos dos dois conversaram! Na verdade, apesar do rancor, só o que vi foram os corpos de Helena e Laerte pedindo e gritando um pelo outro.

  • Isa diz: 11 de março de 2014

    CLAU, você disse tudo! Concordo plenamente! Quanto a mim, acho as histórias de Maneco muito doidas e torço para que ele não leve a diante esse suposto envolvimento entre Laerte e a filha da Helena. Sou completamente contra. Prefiro que o ex casal de namorados resolva suas questões do passado, se perdoem e vivam felizes juntos.

  • Isis diz: 16 de março de 2014

    Será que eu sou muito antiquada? Gente, eu também nao gosto da Giulia de Helena, mas no contexto geral da trama, eu ler aqui que é normal a Luiza ter um romance com o grande amor da vida da mae, um cara 20 anos mais velho que ela, casado,que teve todo aquele problema com o pai dela, com um filho da mesma idade que ela.
    Será que é inversao de valores?
    E antes que comecem a dizer algo, nao tenho religiao. Mas tenho familia, pai, mae, avó, irmaos. Falta de respeito.

  • Denise diz: 21 de março de 2014

    Eu acho que a Julia pode ter sim, química com o Laerte.
    Lembro-me de uma cena que ficou gravada na minha memória dessa atriz, na novela Fina estampa ela era Esther Wolkoff, e fazia par com o ator Dan Stulbach. Eles brigavam bastante porque ela não poderia ter filhos. E numa cena em que eles estavam brigando feio, e levados pela paixão, começaram a se beijar, com aquela música do Steve Wonder My Love tocando no fundo… Ficou bárbaro. Porque a Julia é alta. Ela pode socar um homem de frente, enfrentar melhor, como um tigre. E ao mesmo tempo ela é delicada. Acho que se o Manoel Carlos tiver essa sacada, pode ser capaz de explodir em desejos esses dois atores, porque eles são fortes nisso. A Luísa poderia ficar com o namorado dela, extremamente ciumento. Ela pode desenvolver uma grande amizade com o filho do Laerte e a história pode ser repetida… Mas então ela poderia escolher: casar sem amor, como a mãe, por piedade ou assumir o amor pelo rapaz que ama. E Laerte, seria capaz de perdoar a moça que deixará seu filho no altar?

  • Patricia lima diz: 29 de março de 2014

    Eu torço muito por laerte e luiza ,
    laerte e Elena nao combinan nada ,nada..

  • JOVELINA diz: 15 de abril de 2014

    As grandes novelas da globo, tiveram um casal com bastante química, envolvente que fazem o público parar de respirar ( como Maya e Raje, Helena e Edu) entre outros. O personagem de Laerte tem muita personalidade principalmente pelo ator, ele é lindo, porém está apagado por causa dessa Helena, não rola nenhuma química. O autor tem que continuar este romance entre Luiza e Laerte para dar uma sacudida na novela, o público não quer só ver violência e casal gay, acima de tudo amor, muito amor, beijos romanticos e muita pegação entre atores que tem química.

  • FE diz: 21 de abril de 2014

    Acho que Laerte deve ficar com a Helena…a historia tem que continuar…e o amor que nunca morre? Nem teve cenas de amor enre Laerte e Helena porque a novela esta parada..eles nao se encontram…é ridiculo falar que eles nao tem quimica se nem rolou a cena ainda…essa é a pior novela de Manoel Carlos…esse romance deveria continuar mas sem a Luiza….

  • Eliza diz: 24 de abril de 2014

    Não tem nada a ver o Laerte com Luiza. Tinha que ter dado continuidade ao romance do passado.

  • CELI diz: 24 de abril de 2014

    Não concordo com este romance, entre Julia e Laerte, não pela diferença de idade, mas pelo contexto que ocorreu com sua mãe. É muito bom chegar em casa e assistir uma novela com tramas, amores, histórias, mas desta vez, sei que está mostrando problemas nas famílias, mas estamos tão cansados de ver coisas tristes, que destruir famílias como está sendo feito, não dá para assistir. Infelizmente a novela está apelando.

  • cristina diz: 30 de abril de 2014

    lindo o casal laerte e luiza tomara que fiquem juntos

  • ana diz: 30 de abril de 2014

    quero que laerte e luiza fiquem, pois fazem um lindo casal!

  • LUANE diz: 9 de maio de 2014

    NÃO ESTOU GOSTANDO MUITO DE ALGUMAS CENAS DESSA NOVELA ACHEI A MAIOR PALHAÇADA A LUIZA SE APAIXONAR PELO HOMEM QUE A MÃE DELA AMA FALTA DE RESPEITO PRA MIM O LAERTE NÃO PRESTA QUE AMOR É ESSE ESPERAMOS UMA REVIRAVOLTA NESSA NOVELA A HELENA MERECE FICAR COM O LAERTE ELA SEMPRE AMOU DESDE PEQUENA

Envie seu Comentário