Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Disputa acirrada: Autores lutam por uma vaga no horário das 18h

05 de março de 2014 2
Elizabeth Jhin segue na fila de espera

Elizabeth Jhin segue na fila de espera

Principal alvo de autores iniciantes, o horário das 18h tem sido bastante disputado na Globo. Só pra se ter uma ideia, depois de Meu Pedacinho de Chão (que estreia em abril), pelo menos mais duas produções estão na lista de espera.

Boogie Oogie, do autor português Rui Vilhena, deve ir ao ar a partir de agosto. Depois, será a vez da dupla Alcides Nogueira e Mário Teixeira. E a concorrência só aumenta…

Como a fila é grande, autores consagrados acabam ficando para trás. Elizabeth Jhin, criadora de sucessos como Escrito nas Estrelas e Amor Eterno Amor, ainda não conseguiu uma vaga. Outro que já manifestou desejo de voltar ao horário é Walcyr Carrasco, consagrado nos finais de tarde com suas tramas leves e divertidas.

Nessa disputa, quem sai ganhando é o telespectador, afinal, sempre é bom conhecer o trabalho de gente nova e com boas histórias pra contar. Chega de “mais do mesmo”, o que o público quer é novidade, mas sem deixar de lado os bons e velhos clichês próprios de toda novela.

Bookmark and Share

Comentários (2)

  • Clau diz: 6 de março de 2014

    Isso porque diminuiu o tempo de novela no ar. Entusiasma a quem escreve pois dá pra desenvolver uma trama com o número de atores suficiente. Que bom! E além disso, o horário das 18 horas não é tão exigente. Pode-se ter uma bela trama sem precisar apelar para o sexo, violência e dramalhão. Se as novelas das 21 horas não mudarem, seus roteiros ou o tempo de vida no ar, o público vai começar a mudar de canal. Haja criatividade pra ficar mais de 8 meses no ar. Um parto, praticamente. Quem suporta isso? Pra quem escreve, pra quem atua e pra que assiste. Que venham as novelas com 4 meses de duração e a Globo vai ver como sua audiência vai crescer ainda mais.

  • Nana diz: 6 de março de 2014

    Pra mim os melhores desse horario, Walcyr C. e a autora de A Vida da Gente. Gosto tambem das autoras de Joia mas essa nao foi tao boa quanto Cordel Encantado.

Envie seu Comentário