Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Amarelou? Manoel Carlos diz que ainda não decidiu se haverá beijo entre Clara e Marina

31 de março de 2014 27

625_315_1393288980clara_e_marina_angra620x315

Apesar dos fortes rumores a respeito de cenas mais ousadas entre Clara (Giovanna Antonelli) e Marina (Tainá Müller), a tão esperada cena do beijo gay ainda não é certeza nos bastidores da novela Em Família.

Segundo o blog da Patrícia Kogut, Manoel Carlos revelou que mesmo que a cena seja escrita, não cabe a ele decidir se irá ou não ao ar:

- O que eu tenho dito sempre é que poderei escrever a cena do beijo, o Jayme (Monjardim, diretor) poderá gravar, mas a decisão de se exibir esse beijo só poderá ser tomada pela direção da Globo. Obviamente vai existir a oportunidade mais do que necessária, já que estou escrevendo uma história de amor não platônica. Espero que possa fazer.

Por enquanto, o que sabemos é que haverá um “quase beijo”, depois de mais uma briga de Clara com o marido Cadu (Reynaldo Gianecchini). Mas do jeito como a história das duas está sendo contada, acredito que o beijo é fundamental, dada toda a sedução explícita nas cenas.

Enquanto isso, os fãs do casal “Clarina” se movimentam nas redes sociais. No Facebook, a página das personagens já tem mais de 5 mil seguidores.

Reprodução, Facebook

Reprodução, Facebook

Já no twitter, há até uma interação dos seguidores com as atrizes Giovanna Antonelli e Tainá Müller.

Reprodução, twitter

Reprodução, twitter

Pois é, não fossem as cenas de Clara e Marina, Em Família seria um tédio total. Melhor sonífero da atualidade…

Bookmark and Share

Comentários (27)

  • Ricardo diz: 31 de março de 2014

    Cada vez essa novela me desanima. Pensei que veria uma historia com amplas possibilidades, no entanto, vejo uma campanha gls forçada. Aposto como o autor vai destruir o personagem Cadu só pra ajudar elas mais uma vez.

  • Clau diz: 31 de março de 2014

    Ricardo… Maneco NÃO VAI DESTRUIR CADU. Este personagem é importante para a trama, além dele ter um filho pequeno. Não teria razão para fazer Cadu morrer. Não sei por que estás tão preocupado com uma possível morte de Cadu? Isto não vai acontecer. Provavelmente o personagem vai ficar na cama por algum tempo, e haverá uma campanha para doação de órgãos ou algo parecido. Mas duvido que Cadu morra. Isto não vai acontecer pois não tem lógica. Já morreu gente demais nesta novela. Agora então é só DOENÇAS: alcoolismo de Felipe, Parkinson de Joaquim, psicose de Juliana, agressividade de Laerte, neurose de Helena, retardamento mental de Chica, e pra fechar com chave de ouro, vem aí o ALZHEIMER DE SELMA, Alzheimer precoce, diga-se de passagem. Mas ela terá algum “vácuos” que vai lembrar Alzheimer. Será portanto uma novela BEM como Maneco gosta. Dentro de hospitais.

    Mas olha, quanto a possibilidade de não haver um beijo gay, pra mim, é a mesma coisa que dar pra trás. O que o MEDO pode fazer para uma emissora… Por que isso veio à tona agora? Se já havia sido liberado o beijo entre uma casal gay na novela anterior? por que não haver um beijo entre lésbicas agora? Alguma coisa já está rolando e Maneco não quer contar. Ou a cúpula da Globo está com medo do que a “família brasileira” pensa ou como vai reagir? é isso? De ver uma dona e casa apaixonada ou encantada por outra mulher? Pois vou repetir aqui o que deixei em outro tópico, mas cabe aqui também:

    “Se preocupam TANTO com dois seres do mesmo sexo que possam a vir a ter um romance. Mas não se preocupam com o péssimo exemplo que as periguetes dão nas novelas ou que mulheres balzaquianas e virgens dão nas novelas ou ainda que mães quase “vendam” suas filhas para viverem bem… Ou ainda o sexo casual, com surras e pegadas fortes… Tudo isso ali escancarado nas telas. Mas olhares e beijinhos singelos entre pessoas do mesmo sexo, isso causa TRAUMA nas pessoas.”…

    E CLARISSA me lembrou muito bem da cena de Aline ESFAQUEANDO Ninho, depois de tê-lo amarrado em uma cama. Ou ainda de terem amordaçado, amarrado e colocado em cativeiro a personagem Rebeca, na mesma novela, Amor à Vida. Então isso tudo pode? periguetes ávidas para dar o golpe da barriga, virgens atrás de machos (qualquer um) pra lhes tirar a virgindade, mães que estimulam suas filhas a darem golpes de barrigas… oportunistas que se casam por dinheiro e depois matam, esfaqueiam, odeiam seus próprios bebês e planejam (com seu amante) a morte de seu cônjuge… ISSO PODE? Um casal de sexo oposto se transando por puro prazer sexual e nada de amor, pode também? Mas um beijinho não? ah tá…. bom saber pra ONDE vai nossa humanidade. Para ignorância absoluta! E até, o retorno do primitivismo. E estas mesma pessoas que se preocupam TANTO com a FAMÍLIA BRASILEIRA, que se chocam com um casal gay, não disseram uma palavra contra todos estes abusos que mencionei e que acontecem nas novelas todos os dias. Mas contar um romance gay, não pode?

  • Sonia diz: 31 de março de 2014

    Eu ví ontem o filme FLORES RARAS com a Gloria Pires e a Miranda Otto, que vivem um romance gay, baseado em fatos reais sobre a escritora americana Elizabeth Bishop e a arquiteta brasileira Lotta de Macedo. As cenas íntimas delas foram muito bem feitas, os beijos entre elas não me ofenderam de modo algum. A Glória Pires é maravilhosa como atriz e nesse filme, ela estava fora de série. Pena que não se pode fazer o mesmo numa televisão aberta. Se não houver o beijo entre as duas meninas ( Clara e Marina ) será frustrante. Como bem disse o autor Manoel Carlos em entrevista sobre o assunto, “afinal elas vivem um romance sem nada de platônico” e, o beijos seriam naturais, como em qualquer outro casal, independente de sexo.

  • Leyla diz: 31 de março de 2014

    Será que decidiu isso pra não perder mais audiência? Acontece que
    esse casal é que move a novela. As duas estao tão confiantes no papel, que
    me fez assistir a novela, o resto é tartaruga numa estrada.

  • Janise Machado diz: 31 de março de 2014

    O Ricardo está em todas!!! Nem pisca… fica só esperando sair uma nota sobre a história de Clara e Marina para dar a alfinetada básica. Cara histórias são contadas de formas variadas essa é só mais uma e o autor aborda de uma forma que nem todo mundo entende. Qual é o problema de retratar uma história dessas? Traição? Esse é o problema? Se for eu sinto muito mas isso acontece e muito de várias formas e modos infinitos. Vocês não deixam a história desenvolver. E se o autor quer mostrar que o amor da Clara pode mudar a futilidade que a Marina carrega naquele corpo? Não pirem simplesmente assistam e pronto, se não gosta troca de canal. Todo mundo é adulto e sabe interpretar qualquer história. Não é o fim do mundo! Acho muito válido todas essas questões levantadas pelo autor independente da sexualidade dos personagens. Mas sério, vamos ser honestos, não vejo outro assunto mais interessante que esses três personagens e seus dramas na trama. Não tem como chegar a uma conclusão tão rápido sobre eles pois além da novela andar a passos de tartaruga os personagens não desenvolvem e as pessoas ficam sem saber como realmente eles são. O que sabemos é muito superficial,a própria Clara está se desenvolvendo agora e mostrando como é, Cadu ainda não mostrou muito sobre ele e Marina tem muito que desenvolver. Esse é meu ponto de vista só isso. Fiquem em PAZ galera!!!

  • rodrigo diz: 31 de março de 2014

    Vai ficar enrolando com isso até sei lá quando.
    Tudo igual essas novelas desse cara.
    Se liga que ninguém mais tá nem ai pra esses beijos gays de novela.
    Fazem o maior auê e chega na hora rola um selinho, se rolar.

  • Lady Hawker diz: 31 de março de 2014

    Já ouviram o comentário: muito barulho por nada?? pois é… com o que tem que se preocupar não se preocupam. É disso que vive a TV

  • Lady Hawker diz: 31 de março de 2014

    É disso que vive a TV e o povo: Já ouviram o comentário: muito barulho por nada?? pois é… com o que tem que se preocupar não se preocupam.

  • Ricardo diz: 31 de março de 2014

    Clau

    Qdo digo destruir o Cadu nao me refiro a morte e sim a sabotar ele perante o publico como foi feito no inicio. Fazendo de tudo para q o publico deteste ele para justificar o abandono da Clara.

  • Clarissa diz: 31 de março de 2014

    É Manoel…
    Não seja tolo…se resolver pegar o caminho de volta na história das duas aí que essa novela flopa de vez. Acredito que essa declaração seja mais um recuo estratégico do q um movimento covarde.
    A história das duas já é sucesso, polêmica, gera assunto…
    Não tinha parado pra fazer a contabilidade de todas as doenças abordadas kkkkkkkkkkk valeu viu rs.
    Quero mais é q o Cadu engate logo um romance pra parar com todo esse recalque de marido pré chifrado. Aonde já se viu, ir atrás da Marina tirar satisfação? Quem deve explicação pra ele é a Clara sua esposa. Aff só se rebaixa fazendo isso…
    Seria bacana ver a reação da sociedade na novela, principalmente o preconceito. Pq o mundo cor de rosa da fotógrafa n retrata essa parte, quem sabe qnd ficar pobre…Pq salvo engano tá na cara q ela vai ficar pobre e o Cadu rico rs…apartamento ele já vai ter ou o da Sílvia ou o da Verônica.

  • Carlos diz: 31 de março de 2014

    Com Amor a vida foi a mesma coisa e acho muito dificil não rolar quando a globo fizer a pesquisa de opinião e notar o público que elas estão gerando. Tem muita gente torcendo por elas e diferentemente do outro casal a relação das meninas é quente e merece beijos da mesma forma. Colocar um beijo gay em uma novela ,seriado( a seria da fernanda montenegro também teve beijo gay) e não passar mais não faz sentido. Os autores e direção seguem o público e esse pelomenos aqui do blog parece querer

  • Eduardo diz: 31 de março de 2014

    Isso eh só pra não fazer alarde. Walcir Carrasco vivia dizendo que não sabia se ia escrever, soh que depois revelaram que a globo tinha aprovado uns 4 meses antes (quando nem existia Felix e Niko ainda).

    No BBB eles jah mostraram vários beijos Clanessa, não vejo pq eles n liberariam Clarina.

    O que eles querem eh que não tenha alarde. O beijo vai acontecer e n vai ser “um acontecimento” como foi o do Felix no ultimo capítulo. Vai ser num capítulo normal, por isso o Maneco não tah dizendo que eh certeza pra n ter aue (sendo positivo ou negativo).

  • Cristina diz: 31 de março de 2014

    ” CLARISSA me lembrou muito bem da cena de Aline ESFAQUEANDO Ninho, depois de tê-lo amarrado em uma cama. Ou ainda de terem amordaçado, amarrado e colocado em cativeiro a personagem Rebeca, na mesma novela, Amor à Vida. Então isso tudo pode? periguetes ávidas para dar o golpe da barriga, virgens atrás de machos (qualquer um) pra lhes tirar a virgindade, mães que estimulam suas filhas a darem golpes de barrigas… oportunistas que se casam por dinheiro e depois matam, esfaqueiam, odeiam seus próprios bebês e planejam (com seu amante) a morte de seu cônjuge… ISSO PODE? Um casal de sexo oposto se transando por puro prazer sexual e nada de amor, pode também? Mas um beijinho não? ah tá…. bom saber pra ONDE vai nossa humanidade. Para ignorância absoluta! E até, o retorno do primitivismo. E estas mesma pessoas que se preocupam TANTO com a FAMÍLIA BRASILEIRA, que se chocam com um casal gay, não disseram uma palavra contra todos estes abusos que mencionei e que acontecem nas novelas todos os dias. Mas contar um romance gay, não pode?”

    Não é que pode ter tudo isso e não pode ter romance gay. Esse mimimi todo, esse vitimismo todo, não cola. Acontece que tudo isso que foi mencionado, já foi banalizado, já é lugar comum. As pessoas não dizem nada porque não há o que dizer. Já é coisa banal. Mas não deixa de ser imoral só por causa disso. A mesma forma será com o homossexualismo. Se não é visto da mesma forma, vai passar a ser. Mas algumas pessoas não vão deixar de considerar o homossexualismo imoral por conta disso, só porque há bandeira a favor, ou porque um monte de gente concorda. Esse assunto nunca será unanimidade. Uma coisa é certa: tudo isso é primitivismo sim, estamos voltando à barbárie.

  • Ana Paula diz: 31 de março de 2014

    Eu acho que eles estão sem o que falar e levantaram essa polêmica, acredito que vai rolar beijo sim. A única coisa que salva nessa novela é o relacionamento delas.

    Uma coisa acho que foi errado, eles anunciaram a personagem da Giovanna assim:
    “Mulher larga marido para viver romance com outra mulher”

    Eles deveriam ter falado:
    “Mulher casada se apaixona por outra mulher”

    Desde que a novela inicio todos esperam logo que ela largue o marido, se tivessem anunciado diferente o pessoal teria mais paciência… Ou não, pq com o casal todos tem paciência, menos com o restante da novela que é terrível.

    hahahahahaha

  • Priscila Lina diz: 1 de abril de 2014

    Bom acompanho aciduamente a novela por causa das Duas, me sinto como a Clara pois fui casada com homem e hoje sou casada com uma mulher, mais o beijo não ė nada perto dos restos dos problemas enfrentados após essa descisão, como apresentar essa decisão pro resto da familia? Pra sociedadee ate mesmo pros pais dos coleguinhas dos nossos filhos na escola que ele tem duas maes, Maneco não tenha medo 5mil seguidores nas clarinas exirgismos respeito com nossa clase e defesas tambem!!!!

  • Ana Maria diz: 1 de abril de 2014

    Beijo???? SIM, tem que existir, afinal porque então criou esse Romance???? Deixem as Meninas Clara e Marina serem felizes, afinal vão enfrentar uma barra pesada com tanto preconceito… Quanto ao Cadu, por favor menos, o cara se dá bem em todas… Não trabalhava, vivia as custas da esposa, cara se preocupava com o salário da Clara, menos né…. sem falar que ainda vai trair a Clara, brigar com Marina e ceninhas de ciúme, menos, isso tá chatooooo de mais!!!!!! Paz para as meninas e suma da vida delas o Cadu, ninguém merece!!!!!! Caso contrário a novela, só afundará, deixando a desejar…..

  • Clarissa diz: 1 de abril de 2014

    Cristina,

    “Não é que pode ter tudo isso e não pode ter romance gay. Esse MIMIMI todo, esse vitimismo todo, não cola.”

    Acredito que ninguém aqui está buscando unanimidade, até pq toda unanimidade é quase sempre ignorante! Nem Jesus conseguiu isso, q dirá nós…
    O fato não é se fazer de vítima, o q choca é o alarde em torno d um carinho e um assassinato passar batido? Não é pq BANALIZOU que não vale a pena lembrar, refletir, até hoje muita gente vira a cara para os negros e aí? Por isso não vale a pena eles reagirem e se indignarem caso sofram racismo?

    “As pessoas não dizem nada porque não há o que dizer”
    Será mesmo? Sempre podemos mudar as coisas, essa passividade de achar tudo normal é que não muda nada! Repito não é vitimismo NÃO, é a constatação de um fato irrefutável, quem levanta a bandeira da família só para se escandalizar com a vida sexual alheia mas acha “normal” um homicídio qualificado em pleno horário nobre sendo digerido junto com a janta, precisa urgentemente rever seus conceitos!

    “Nada é mais repugnante do que a maioria, pois ela compõe-se de uns poucos antecessores enérgicos, velhacos que se acomodam, de fracos que se assimilam, e da massa que vai atrás de rastros, sem nem de longe saber o que quer” (GOETHE)

  • Ionara diz: 1 de abril de 2014

    Eu sou totalmente a favor de mostrar romance homoafetivo em novelas, curti muito casais como os inesquecíveis Thales e Julinho (Ti-ti-ti), o casal feminino de Senhora do Destino que me fugiu o nome agora, Félix e Niko (não sei quanto a Clara e Marina, porque acompanho pouco essa novela) e outros. Acho que os homossexuais merecem ser representados sim, mas com naturalidade, com respeito, com verdade e não como uma política de cotas, não pra fazer média com o público. Acho que da mesma forma que uma pessoa tem o direito de gostar de um casal homossexual, tem o direito de desgostar, se a história parecer forçada ou mal construída. Enfim, eu adorei o beijo de Félix e Niko em Amor a Vida, e se tiver que acontecer, que aconteça na novela do Maneco tbm. Mas que seja natural, no tempo certo, não porque tem que acontecer pra agradar A ou B.

  • Raphanne diz: 1 de abril de 2014

    Clarissa e Clau arrasando!
    Gente, olha o Ricardo ai de novo. Presidente do fã clube Clarina? Kkk

  • Nhyala diz: 1 de abril de 2014

    Acho que a própria expressão “beijo Gay” e esse alarido em torno do facto é em si já desciminatório.

    O objectivo não é contar uma história de amor?? Então tem que ter NÃO 1 cena de beijo ensaiado, mas várias cenas, espontâneas, normais… o beijo é sinal de afeto, de carinho, qual é a lógica de deixar o relacionamento platónico?? Eu não entendo a lógica dessa discussão em torno de uma questão tao básica – e que sequer devia ser ponto de discussão mais. Espero ainda que role beijo, vários beijos, e não selinho só e tb cenas intimas, banho, etc… tudo pode ser feito de forma tão elegante, sem ofender ninguém… Quem se sentir incomodado que mude de canal.

    Ana Paula

    concordo com você em relação ao título. Aliás, as chamadas/títulos das cenas envolvendo as duas são muitas vezes sensacionalistas, e polêmicas, muitas vezes acabam por levar a interpretações erradas do que realmente é a história.

  • Fabiana diz: 1 de abril de 2014

    Já estou farta dessas chamadinhas sensacionalistas das matérias de blogs que comentam as novelas. Sinceramente, acho fim da picada. Outro dia um jornal desses aí afirmou na chamada que elas iam se beijar, já no corpo do texto falou que quase se beijariam… Me desculpe queridona, mas Maneco não vai amarelar P%##@@@@@@@ nenhuma, até pq desde o início ele afirma que escreveria, mas que dependeria da direção da Globo de veicular ou não…..

  • claudia diz: 2 de abril de 2014

    Interessante qdo Aline esfaqueava o amante,envenenava o marido,dormia com o amante debaixo do nariz do marido isso era relevante,isso criança podia assistir,até nissoo AUTOR ER A MELHOR,digamos de passagem acho que era mesmo, jogar criança na caçamba ,tudo isso foi maravihoso de assistir,agora um caso de amor só por que é entre mulheres NOSSA QUE HORROR…NÃO É…por que se amam sinceramente,sem prejudicar ninguem,um casamento falido? um babacda de um marido sustentado pela mulher? isto não e acabar nada isto já está acabado,Sou casada e muito bem casada com filhos e torço muito para as duas ficarem juntos e viverem esta linda história de amor.

  • Michaela diz: 2 de abril de 2014

    Eu sabia que esse beijo só ia sair no último capítulo. Só.pra arrastar a estória que tá dando certo. O famoso empurrar com a barriga. Fazer o que? Eu não vou lá apontar uma arma pra cabeça dele e obrigá-lo a andar mais rápido! O jeito é esperar porque se esse beijo não sair, vou fazer uma macumba virtual pra ele. Brincadeira. Mas que eu vou xingar, eu vou. Não mandei ele me prometer o beijo! Clarina é vida. Sem mais.

  • eusenira alves da silva borges diz: 3 de abril de 2014

    Amo as novelas de maneco, não existe nenhum autor com essa forma de escrever.Mas a verdade tem que ser dita:as verdadeiras protagonistas dessa novena são:giovanna e tainna. Elas dão show em cena, é uma carga de emoção, elas falam com o olhar. Só não entendo o porque da demora para o romance entre marina e clara acontecer. É uma linda história de amor, que tem que ser vivida. Quanto ao Beijo, ele tem que acontecer, pois faz parte desse sentimento lindo, que invade nosso lar todas as noites, alegrando nossos corações e a nossa alma.Marina tem um sentimento tão puro e forte por Clara, que mesmo ela sendo uma mulher linda, atraente, sedutora, não se envolve com outra mulher. Vai ficar esperando por Clara o tempo que for preciso. Maneco não ligue para as críticas, pois ninguém escreve como você. Parabéns para giovanna e tainna. Aliás giovanna e tainna vocês são verdadeiras deusas.

  • Diego diz: 6 de abril de 2014

    Tem que haver só se for do jeito de Felix e Niko.

  • inácio diz: 27 de abril de 2014

    Inácio:
    Sr. Manoel Carlos,te faço um apelo já que é a sua ultima novela, eu que te acompanho desde sol de verão.Suas novelas foi sempre voltadas para família, por favor não destrua o casamento da clara e do kadu, deixe a Marina ver que a clara não é do mundo dela, e ela que vá viver com a sua ex no seu mundo.não deixe que o tema sagrada família fuja do seu curso por causa do modismo.o sr. entendeu o que eu quero dizer,sem mais fico grato.

  • ELIZA diz: 29 de abril de 2014

    Não entendo porque tanta polêmica por causa de um beijo. Quando a gente ama alguém
    quer beijá-lo (a) a todo momento. Um beijo só? E depois?A trama acaba? O importante é
    o drama por traz dessa história: um menino traumatizado e uma família abalada. Preconceitos afloram de forma violenta. E não adianta romantizar: quem se descobre gay
    vai viver com esse estigma. Outro lado do drama a ser explorado é: cadê a mãe da
    Marina? Conheço mãe que rejeitou a filha gay. Esse drama é muito forte e está glamorizado. Todos recebem bem a Marina,uma moça muito bonita, cheia de estilo,e até frequentam as suas festas. Em geral quem frequenta a casa de gays, são outros gays
    e simpatizantes. A família e “amigos” mantém distância. Romance entre mulheres são
    muito mais comuns do que se pensa, mas em geral, são reservados: todos podem desconfiar, mas ninguém sabe. E esse romance foi logo escancarado entre os familiares. Considero que esse tema deve ser abordado com realismo para auxiliar aos que padecem com preconceitos, sobretudo entre seus familiares. Cumprimento o autor por incluir esse
    polêmico tema na novela e às atrizes pelo desempenho e coragem em interpretar papéis
    tão difíceis de serem aceitos por grande parte do público.

Envie seu Comentário