Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Enrolação do sequestro de Pérola prejudica reta final de Joia Rara

02 de abril de 2014 6
Cynthia Salles, TV Globo

Cynthia Salles, TV Globo

A última semana de Joia Rara pode ser resumida em uma frase: Manfred (Carmo Dalla Vecchia) surta e sequestra Pérola (Mel Maia). Sim, porque a menina foi levada pelo vilão na segunda-feira e só deve voltar para casa na quinta. No capítulo de ontem, houve uma passagem de meses na trama, sem que a polícia tenha nenhuma pista do sequestrador.

Na verdade, o “super competente” delegado chegou até a porta do casebre onde Manfred mantém Pérola em cativeiro. Franz (Bruno Gagliasso) bem que tentou invadir o local, mas a polícia alegou que estava abandonado e pronto, foi todo mundo embora. Tudo pra manter o suspense até o penúltimo capítulo…

Essa enrolação toda na última semana, ao invés de prender o público diante da telinha, pode surtir o efeito contrário. É irritante ver como Manfred sempre se safa dos cercos policiais, circula pela cidade à vontade e ninguém o vê. Afinal, é ele quem sai pra comprar comida livremente, sem que uma viva alma o reconheça, mesmo com sua foto estampada em todos os jornais.

Enquanto isso, as histórias paralelas se desenvolvem: vedetes dão à luz, Toni (Thiago Lacerda) se acerta com Hilda (Luiza Valdetaro), Gaia (Ana Cecília Costa) passa mal e morre…

Apenas a família de Pérola segue “congelada”, esperando por notícias da pequena. Totalmente desnecessária a passagem de tempo de meses, poderiam ter deixado apenas alguns dias entre o sequestro e a resolução do crime.

Pobre Mel Maia, já é a segunda novela em que ela sofre nas mãos de psicopatas…

Apesar disso, dá um aperto no coração pensar que a única novela “assistível” do momento está acabando. Tirando a enrolação da reta final, a novela teve um ritmo ágil na maior parte do tempo. A cada semana, um conflito diferente aparecia e era rapidamente solucionado. Bem diferente da lentidão sonífera de Em Família…

Bookmark and Share

Comentários (6)

  • Clau diz: 2 de abril de 2014

    Verdade. Lembram quando Franz fugiu da polícia pois queria provar sua inocência? Ele foi parar em uma casa e até trabalhou por comida. O dono do local lendo jornal logo reconheceu Franz em uma foto. Então, Franz, baixinho, logo é reconhecido. Já Manfred um baita homem, tem a cara estampada nos jornais e ninguém o reconhece.

    As autoras poderiam nem esperar até o final da novela para ter um final feliz no sequestro. Pérola já poderia ter sido encontrada. Manfred ter morrido, Gertrud ter enlouquecido… Venceslau ter seus podres descobertos, o pai de Lindinha (dono do bar) ter seu castigo também, pois afinal ele escondeu a verdade por causa de Gertrud. E Josefina? a prima de Amélia? que aprontou tanto e nada vai acontecer?

    Essa mania de terminarem uma novela com tudo acontecendo nos dois últimos capítulos e a semana inteira sendo arrastada a trama.

  • Silvia Orchidea diz: 2 de abril de 2014

    Bela novela de época. Ágil. engraçada. Lindos figurinos. Excelente elenco na sua totalidade, exceto alguns jovens
    , que mesmo famosos…precisam de mais estrada teatral. Trilha musical emocionante( …se ela mora num arranha céu… entre outras).
    Alguns deslizes de gírias que não seriam da época que não comprometeram a trama. Mell Maia uma promessa, Ximenes causando de diva, as coristas e a pensão um retrato alegre da época. Que se repitam outras iguais!!! Parabéns elenco e direção e demais, que contribuíram nos bastidores!

  • Arlindo Borba Filho diz: 2 de abril de 2014

    Olha sinceramente, essa novela das 18 horas foi um saco mesmo, pra quem gosta do que não presta, foi um bom prato !@

  • Clau diz: 3 de abril de 2014

    Pelo visto tu também gostas do que não presta, não é Arlindo? Afinal se disseste que a novela foi um saco do início ao fim, é porque estavas ali atento a todos os capítulos.

  • Marcela Silva diz: 3 de abril de 2014

    Concordo com você quando diz que o final da novela foi prejudicado por causa de toda essa enrolação. Aliás, na minha opinião, esse foi o grande problema de Joia Rara muitas vezes. Foi uma novela linda, bem feita, com tramas interessantes, mas deveria ter se concentrado menos em Manfred e dado mais atenção á outros bons personagens. E sobre o filho de Matilde e Sonan, será que não vão dizer se ele será um mestre budista ou não? Mas no geral foi uma boa novela.

  • Barbara diz: 3 de abril de 2014

    Pois é, que irritante o capítulo de ontem? As cenas da Helena e do Virgílio, do Laerte com a Verônica, da Shirley e a Rafaela, não deu pra aguentar. O que será que eles querem com aquela novela? Bom a Helena sozinha já estressa, tentando fazer a boazinha com o Virgílio, é demais. Um horário ótimo para se assistir um bom programa de TV, porque é a hora que muitos já se livraram da correria do dia a dia. E aí, só tem isso?

Envie seu Comentário