Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Helena abre os olhos da irmã Clara: "É um amor homossexual"

06 de abril de 2014 20

E sempre que Clara (Giovanna Antonelli) tem um problema, ela recorre a sua irmã mais velha. Na novela Em Família, mesmo Helena (Júlia Lemmertz) não sabendo tomar conta da própria vida, ela sempre se dispõe a ajudar a irmã.

Segundo a coluna Telinha, as duas irmãs terão uma conversa franca. Helena  já havia percebido que existe algo a mais entre a irmã mais nova e Marina (Tainá Müller), contudo, Clara vai confessar o que está sentindo pela fotógrafa.

Divulgação

Divulgação

“Quando estamos perto uma da outra, o próprio ar fica carregado de sensualidade. De eletricidade. Se você tocar em mim, é bem capaz de levar um choque. E nela também”, afirma.

Helena dará um ultimato na irmã e falará a verdade que ela mesma não quer enxergar.

“Vocês estão apaixonadas. Só causa mais curiosidade porque são duas mulheres, é um amor homossexual. Se ela fosse um homem seria normal. Como é que você pode pensar que o seu marido, que é hétero, pode entender uma coisa dessas? Pensa bem: ele ser trocado por uma mulher! Caramba! Mil vezes um homem, ele há de pensar”.

Será que deste vez Clara vai ter coragem de assumir verdadeiramente o que sente?

Bookmark and Share

Comentários (20)

  • Clau diz: 6 de abril de 2014

    Está havendo algum problema com o blog? ou com Michele? Lucilene… Pois percebo que os posts de Michele ficam mais de um dia sem haver comentário algum. Depois ela “libera” os comentários e enche muito – indicando que muita gente participa – mas como não é liberado, nada aparece. Me lembro que este blog era bem movimentado antes… Com muitas notícias não somente da TV, mas também sobre famosos. Agora as notas que surgem são “requentadas”, antigas, já saíram em outros sites e faz tempo… Bom, só pra constar. No mais é isso.

  • Will diz: 6 de abril de 2014

    Essa Helena é chata,sem carisma,sem graça e ainda por cima preconceituosa,o que se salva nessa personagem?Por isso que a audiência dessa novela tá lá “em cima”.

  • Clau diz: 6 de abril de 2014

    Tens razão Will. Li em outro site que haverá um briga grande entre Helena e Luíza, por exemplo. A ponto de Luíza querer sair de casa com Alice e irem morar num apartamento em que a mesadinha que recebem do papai, caiba no orçamento.

    Mas até dou força neste ponto para a guria. Não vejo nada agradável Helena ficar controlando a vida de todos no PRETEXTO de ajudar. A briga feia que ela terá com Luíza vai sair até unhada, se aparecer na telinha. Tudo porque Luíza está aprendendo flauta e Helena descobre. Acreditas? E pior! a guria vai reclamar para o pai que suas gavetas são abertas, seus e-mails controlados, seu celular vasculhado nas mensagens…. Juro que não acreditei que a personagem Helena faça isso tudo para a filha de 18 anos. Helena quer agora cuidar e educar a filha, com 18 anos na cara e uma adulta?????? e depois vem a velha frase: “ENQUANTO ESTIVER DEBAIXO DESTE TETO DEVE SATISFAÇÕES A MIM”. É assim. Os pais investem pesado em um filho, sem este pedir nada, pois somente nasceu. E depois os mesmos pais exigem obediência até quando são adultos, pois afinal INVESTIRAM no tal filho.

    E depois que eu digo que Helena é neurótica e tirana, ainda tem gente que a defende. Mas será bem feito, quando Luíza jogar na cara de Helena que ela ainda AMA Laerte. Não defendo Luíza, mas Helena precisa ouvir umas verdades. Todos vivem bajulando esta neurótica.

  • Nhyala diz: 6 de abril de 2014

    A Clara está mesmo a precisar de um empurrão… Até que enfim a Helena deixa de lenga-lenga e vai directo ao assunto.

    Resta saber como a Clara irá se posicionar daqui pra frente….

  • Fernanda diz: 7 de abril de 2014

    A Helena segue mudando de lado, uma hora apoia a Clara, outra deixa ela ainda mais confusa, pelo tom dessa conversa.
    Acho que a Clara tem mais eh que parar de se questionar e se jogar de corpo e alma e esse amor com a Marina!
    Quanto ao senhor Manoel Borges, sera que alguem pode ser mais preconceituoso?

  • Karen diz: 7 de abril de 2014

    Não se trata de preconceito! O que estamos assistindo é uma inversão de valores! Pergunto: Se fosse um homem dando descaradamente em cima de uma mulher bem casada e com um filho pequeno existiria toda essa torcida para Clara se jogar de alma nesse romance? Ou ela seria vista como leviana e ele um cafajeste?? O que acontece é que hoje tudo o se mostra contra um romance homossexual é tido como preconceito! O que irá acontecer se esse romance acontecer é uma traição! E me desculpem, mas isso é errado em qualquer relacionamento!

  • Daniela diz: 7 de abril de 2014

    Manoel Borges, TODOS são seres humanos NORMAIS, apenas com diferenças fisicas (todos temos diferenças físicas uns dos outros). Sobre a matéria, cada um sabe o que é melhor para si, namora, casa, se relaciona com quem quiser.

  • Janise Machado diz: 7 de abril de 2014

    Para Karen: Uma mulher bem casada não dá entrada para quem quer que seja. (só isso!)

    A Clara era feliz com o Cadu sim, uma felicidade que temos quando vivemos com pessoas que amamos(isso não quer dizer que ela ainda deseja ou veja o marido como antes), mas já estava saturada das coisas que o maridão fazia, com a falta de compromisso dele com a família que tanto a galera gosta de dizer que a Marina está destruindo. Vamos ser adultos e admitir que isso é um preconceito sim e que a desculpa de inversão de valores que as pessoas dão é para justificar este pensamento. A Clara não traiu o Cadu e se ela se separar para ficar com a Marina ela não estaria traindo o marido. E tem os que dizem que só pelo fato dela estar pensando e flertando com a Marina já é uma traição. Bom isso pode ser considerado realmente, mas quem nunca? Vamos parar com essa hipocrisia meu povo. Tem uma galera que trata o Cadu como um pobre coitado que ele não é e faz da família deles um escudo para argumentar contra o interesse da Clara na Marina. Você tem o direito de ser contra a Clara largar o marido para ficar com outra pessoa mas pelo menos escreva isso de forma transparente com argumentos realmente válidos ou simplesmente sincero.

  • TAMARA diz: 7 de abril de 2014

    Tudo que envolve o o relacionamento de Clara e Marina me soa desrespeitoso. Clara é casada com Cadu e independente de estar se apaixonando por outra pessoa deve respeito, respeito ao casamento, ao filho, a casa onde moram. Torço pra que as duas fiquem juntas no final, mas vamos fazer as coisas direito. Acho Marina uma intrometida, entra na vida dos outros, é descarada, sabe que o Cadu já percebeu e se incomoda mas mesmo assim insiste de pisar na casa do cara.
    Não é porque o relacionamento é homossexual que devemos aceitar esse tipo de coisa.

    Pontos para Helena que sempre abordou esse assunto com Clara com muita sutileza, e que agora que está mais claro o que se passa fala diretamente. Vamos ver se Clara se decidirá logo.

  • nidi diz: 7 de abril de 2014

    a marina deu em cima com indiretas e muita atenção e mimo, a clara gostou e permitiu o cadu ignorou , depois a marina passou das indiretas a diretíssimas e clara continuou permitindo e ate incentivando e o cadu percebendo em vez de tentar reconquistar reclamou e reclamou e brigou , uma vem com atenção , carinho e mimo o outro vem com brigas , reclamações e cobranças fica difícil de querer uma luta justa ,pois um é historia e o outro esta se tornado presente , um é compreensão o outro cobrança ainda não deslealdade por parte da clara mas se continuar esse casamento desse jeito vai haver sim , pois ele não tentou salva-lo com mimo , atenção e amor e charme será que ele esqueceu como se faz isso ou é puro comodismo mesmo , já que estamos juntos ela é minha mulher pronto, acabou o esforço da conquista ,do flerte do romantismo.

  • Michaela diz: 7 de abril de 2014

    Nossa, pelo título eu pensei… ”Lá vem o preconceito da Helena, tava demorando…”. Mas depois, lendo, percebi que é um diálogo natural. Pois nem todas as pessoas aceitam. E o Cadu, certamente não aceitara mesmo. Mas acho que essa lenga lenga vai durar muuuuuuuito ainda! Só peço… Pai, dai-me paciência pra aguentar essa novela… Acordada. Clarina é vida! Sem mais.

  • Mel diz: 7 de abril de 2014

    Gente, com essa sociedade machista que temos, se a Marina fosse um homem, a Clara tb seria crucificada. O que tem que ser enxergado é o sentimento e não o sexo (incluir raça, cor, religião, classe social) de cada pessoa. Há diversos tipos de amor e todos devem ser respeitados, sem dúvida. O que se vê é que Clara tem um amor de convivência pelo Cadu, o que é normal em muitos casais.
    Dá pra se ver tb que Clara quer um amor cheio de energia e, nota-se tb que isso nunca existiu entre eles, nem da parte do Cadu. Se existisse motivação nesse amor deles, o Cadu, provavelmente, teria amadurecido e Clara tb. Ninguém muda, só que a motivação faz a gente querer crescer sim. Cadu queria uma mulher que trouxesse café na cama, aguentasse os sonhos não realizados e pagasse as contas. Clara, na verdade, nem sabe o que queria e resolveu apostar pra ver se sentiria algo muito especial nesse casamento.
    Deu certo? Claro que deu, todo relacionamento dá certo enquanto dura. Não há nada de desrespeitoso em acabar um relacionamento. Desrespeitoso sim e ficar em um relacionamento e trazer infelicidade para si e para os demais (marido, esposa, filhos). Remendos não seguram nenhum tipo de relacionamento. O bom é estar perto de pessoas inteiras e não de pessoas remendadas

  • Karen diz: 7 de abril de 2014

    Ah obrigada Tamara!! Alguém que pensa para além da questão homossexual!! Disse tudo: desrespeito! E a Marina é uma metida egoísta que não respeita o espaço do outro! Tua frase final é o que tento dizer ” Não é porque se trata de um relacionamento homossexual que devemos aceitar tudo!” Se querem respeito se deem ao respeito e comecem aceitando opiniões que nem sempre vão de encontro com o que pensam!!!! Torno a dizer: todos que não concordam com esse romance são taxados de preconceituosos, hipócrita etc!

  • Ionara diz: 7 de abril de 2014

    Li, reli, li de novo, li mais uma vez, li again, e li, li, li e até agora estou procurando o preconceito no comentário da Helena.

    A mulher fez um comentário natural .”Só causa mais curiosidade porque são duas mulheres, é um amor homossexual. Se ela fosse um homem seria normal.” Seria normal AOS OLHOS DA SOCIEDADE. Porque todos nós sabemos que a sociedade no geral ainda não vê com naturalidade um relacionamento homoafetivo, e isso não vai mudar amanhã e nem depois de amanhã, é um longo processo.

  • Clau diz: 7 de abril de 2014

    Não vejo como preconceito de Helena. Vejo como chatice mesmo O rasgado falando… ou melhor ACONSELHANDO o esfarrapado. Tudo bem, ela é irmãzinha mais velha e até é legal dar conselhos, ajudar amigos, etc e tal. Mas Helena não tem esse cacife moral todo, não. Ela mal fica de pé com suas neuroses. É uma neurótica e vou dizer isso até o final da novela. A não ser que ela procure um psiquiatra e se trate. Uma louca que vive do passado. Simples assim. O que a grande Helena fez? ANULOU VIRGÍLIO. Da mesma maneira ela acha que Clara tem que anular. Transformou Virgílio em um pateta que AMA o campo mas se enfurna na Casa Fernandes para cuidar dos negócios da família que nem dele é! Helena é uma egoísta dramática!

    Claro que Cadu jamais vai aceitar Clara largá-lo para ficar com Marina. A mamata dele vai acabar. Os caras daquela família adoram as mulheres Fernandes. Afinal, se houver divórcio (como houve com Nando) como Cadu via ficar? Nando ainda é advogado, trabalha e não depende de ninguém. Mas Cadu??? É muito querido, muito gracinha, mas parece que vê a esposa como sua lacaia. Essa dele querer que ela trabalhe com ele no bistrô, foi o fim! “ah! por quê?” perguntarão alguns. Ora, porque ela já está sonhando com outras coisas e aqui me refiro à fotografia. Mas pra Cadu não interessa isso. O que interessa é ver a mulher esfregando a barriga no balcão e ficar com os pés inchados depois. Na hora de dormir cada um vira para um lado e deu, acabou. A vida passa, o filho cresce, e eles serão felizes? Qual o quê! Clara será uma frustrada por nunca ter mudado sua vida ou pelo menos tentado mudar. Daí dou valor à Juliana, sabem? pois mesmo louca ela foi atrás do que quis. Pode se arrepender, mas o arrependimento é dela. Pior é nunca ter tentado.

    Esse rosário de lamentações, do coitadinho do maridinho que fica ali doentinho e sozinho, não cola mais. Não sou lésbica e estou casada a mas de 30 anos. Meu casamento não é cheio de mimimis, de agradinhos o tempo todo. Mas há AFINIDADE. E honestamente, NÃO VI AFINIDADE ENTRE CADU E CLARA. Ambos têm sonhos diferentes, projetos de vida profissional diferentes, simplesmente nada a ver. Ele quer sua mulher para AJUDÁ-LO. Mas não preciso ser idiota pra notar que a personagem está mal. Sempre critiquei Clara por ficar sem ação, por deixar a coisa crescer. Muita gente a defendia pois achavam ela uma pobrezinha que estava vivendo uma novidade. No entanto,agora mostra a realidade e a situação em que ela se enfiou. Para Clara, a situação é cômoda, confortável. Ela fica como a SEDUZIDA e a Mariana a SEDUTORA MÁ. Chega a ser piegas isso…. Parece novela mexicana. Só falta os mariachis tocando e cantando.

    Marina, na minha opinião é a que MENOS tem responsabilidade nesta estória. Desculpem as amigas que pensam o oposto. Mas chega a ser ridículo culpar Marina pelo o que está ocorrendo entre o casal. Primeiro porque se Clara nada quisesse, Marina já teria tirado seu time de campo há eras! Segundo porque Marina não está forçando nada, e sim o casamento de Clara é que está mal… mal demais! Então se querem crucificar alguém, crucifiquem a família Fernandes. Afinal este bando de retardadas é que inspiraram e ensinaram suas gerações a como ser uma bela anta em termos de amor.

    E VIVA A CASA DE LEILÃO FERNANDES!!!! a grande teta dessa família. Que alimenta a todos (sabe-se lá como) como uma grande porca gorda. Uma auditoria JÁ nesta casa de leilão. É muita grana pra todo este povo… E pagando empregadas, e dando dinheiro para Luíza patricinha… e bandando Juliana e suas loucuras….

    EM TEMPO: Quer dizer que uma mulher ou homem CASADOS não podem PENSAR em outros e nem terem um FLERTE? kkkkkkkkkkk…. Dou minha cara à tapa se aqui mesmo neste grupo de debates não há uma pessoa que NUNCA tenha lembrado, pensado, sonhando com um ex-amor, um galãzinho qualquer ou uma pessoa conhecida sua.. DUVIDO que tenham sido tão fiéis assim. Casou, tá preso? NEM PENSA! NEM SONHA! NEM FLERTA! É PECADO. O diabo vai puxar as pernas de noite. Ainda mai sem tempos de INTERNET em que qualquer um pode ser TODOS. E SALVE! a igreja católica apostólica romana,… SALVE! bispos puritanos… SALVE! todos aqueles que ADORAM usar a moral e os bons costumes, mas que ocultam seus mais íntimos segredos. Porque todo mundo tem um… ah isso tem!

  • Nhyala diz: 8 de abril de 2014

    Clau

    Arrazou no comentário…. assino em baixo de tudo! Até já pensei, desde o dia em que a Clara falou com a Juliana, que apesar de ser uma louca, é a única que pelo menos (mesmo por meios tortos) vai a luta e a busca do que quer…

    Independente da Marina, o facto é que esse casal nunca convenceu… eu pelo menos nunca vi sintonia de casal (e não falo de química de atores) neles, pareciam mais um casal juvenil que não saiu dalí, não cresce e obviamente, pelo tempo de casados, dá pra ver que não têm perspectivas de crescer juntos. Sempre os achei mais interessantes separados.

    Os argumentos que o Cadú usou pra tentar convencer a Clara a trabalhar com ele foram de morrer de rir…. ele agrega tudo o que gosta a sua volta, e ela, se tem outros interesses… transforma-os em hobby. Haja paciência neh!!!

    Lembro-me no início da novela há uma cena em que os três conversam (Marina, Clara e Cadú) sobre a felicidade, e quando a Clara disse que “era feliz com reservas… e que o Cadú sabia o que ela pensava sobre o casamento”, ele cortou-a e disse-lhe pra falar com um analísta. Enfim, acho-o boa pessoa, mas péssimo marido mesmo… e ela foi uma mulhe acomodada.

    Enfim, a Clara tem é que parar de pedir opinião a Helena e quem quer que seja, tomar coragem e terminar o que já acabou (pq somente causará mais sofrimentos aos três) e vai ser feliz. Helena de certo há de querer que a irmã faça o que ela fez… colocu a sua vida numa caixinha e vive frustrada…

    Marina pode até ter dado em cima descaradamente no início, mas está longe de ser a “vilã” desta história (até porque não á vilões nem mocinhos ali) e a responsável pelos problemas do casal.

  • B diz: 8 de abril de 2014

    “é um amor homosexual”
    serio helena? juro q não sabia…

  • Ana diz: 8 de abril de 2014

    Realmente Clau, esse povo que diz que pessoas casadas não flertam, não sentem atração por outros, ou são muito ingênuas ou muito hipócrita. Vc pode amar seu marido/esposa e ter desejo por outra pessoa, sim. A questão é colocar em prática, isso é desrespeito. Desejo não se pode evitar. Agir sim.

  • Clau diz: 9 de abril de 2014

    Nhyala E Ana… Como dizem, sonhar e pensar não custa nada. É o que Clara tem no momento. Mas ela precisa ter atitude. Agora como saiu no início do blog, que ela vai sair de casa, pelo menos já é uma atitude. AH sim! claro que será crucificada, apedrejada, caçada até! a começar pela própria família. A surtada neurótica da Helena, que quase surrou afilha porque esta tocava uma singela flauta. E a flauta e todas flautas, lembra Laerte. Esta faltando humor à Helena. Alguém precisa fazer uma piada sobre a flauta com outra flauta que ela conheceu muito bem e talvez seja esta outra flauta que ela sente falta. O Virgílio coitado, não toca flauta. Entenderam? pois é…

    Clara precisa se libertar mesmo. Afinal ela só vive a vida dos outros. Segunda-feira, Cadu queria fazer uma viagem com ela. E o bistrô??? e a grana pra viajar???? E ela precisa viver ISSO???? só porque está casada? Penso que a missão dela ali, já foi cumprida. COMO ESPOSA, quero dizer. Se ele, Cadu, não mudou até agora? não muda mais.

  • anne diz: 9 de abril de 2014

    esta cansado esse chove não molha da clara , qual é o cadu é um ” bom” marido só porque ele não trai , mas acho que não trai por preguiça pois o cara é devagar quase parando , a única coisa que ele tem entusiasmo é em falar de comida e do bistrô , o cara é sem noção sai do hospital e no mesmo dia vai para cozinha da trabalho para clara , e não segue as recomendações de alimentação, parece uma criança e ainda chama a mulher para gastar dinheiro viajando, o cara não tem foco em nada o filho dele deve ter mais juízo que ele ,e ele ainda que a guarda do menino para quer.

Envie seu Comentário