Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Em Família: Clara confessa à mãe que é bissexual

05 de maio de 2014 36
Alex Carvalho, TV Globo

Alex Carvalho, TV Globo

Clara (Giovanna Antonelli) já não consegue mais esconder seus sentimentos por Marina (Tainá Müller), tanto que a família inteira já sabe que a moça está dividida. Todos, menos Chica (Natália do Vale), que parece viver em outro mundinho desde que se casou com Ricardo (Herson Capri).

Mas nos próximos capítulos, segundo a colunista Patrícia Kogut, Chica começa a desconfiar da amizade da filha caçula com a fotógrafa. Direta, ela pergunta a Clara:

- Confirme: você está tendo uma relação com ela? Uma relação homossexual?

Clara tenta explicar que ainda não aconteceu nada entre ela e Marina, mas que está confusa sobre o que sente. Chica interrompe a filha:

- Sei o que você vai dizer: que se pode mudar a preferência em qualquer idade, por qualquer circunstância. Foi o que aconteceu com você? Você deixou de ser hétero e passou a ser homo?

- Não, mãe. Eu acho que não sou uma coisa ou outra coisa. Talvez eu seja as duas coisas.

- Bissexual - afirma Chica.

Clara tenta explicar à mãe o que está sentindo:

- Afeto. Amor. Eu amo os dois. Só isso. Não quero um só, quero os dois. E, quando estou com um, sinto falta do outro. Entenda, mãe, que eu não estou entre meu marido e a Marina. Entre um homem e uma mulher. Eu estou entre duas pessoas que eu amo. Dividida. Querendo as duas com o mesmo desejo. Mas pode ser que isso seja dessa maneira enquanto eu não vivo esse lado B da minha sexualidade. Pode ser.

Pois é, o discurso é muito bonito, mas vai chegar uma hora em que Clara terá que se resolver entre um ou outro. Não é justo deixar os dois no banco de reservas, esperando por uma decisão que nunca chega. O mais justo é escolher um de uma vez e liberar o outro para ser feliz com outra pessoa, não acham?

Bookmark and Share

Comentários (36)

  • Simone diz: 5 de maio de 2014

    ESPERO QUE ELA ESCOLHA MARINA, O AMOR DAS DUAS É LINDO, UMA HISTÓRIA EMOCIONANTE, O MELHOR NÚCLEO DA NOVELA.

  • saki diz: 5 de maio de 2014

    Simplesmente acho que clara esta sendo muito gulosa ( que ser DONA FLOR E SEUS DOIS MARIDOS ñ dá), mas acredito muito naquilo que dizem, quem quer tudo muitas vezes acaba ficando sem nada por não fazer suas escolhas. Essa semana Caduco será curado por meio do transplante acho legal Clara dar assistência e apoio ao companheiro de tantos anos por quem ela nutri o sentimento de AMIZADE, mas após o pós-operatório que ainda ele precisará de cuidados e da ajuda dela, não concordo com MC ter estagnado a historia no tempo e espaço, o autor continua batendo nessa mesma tecla de que Clara esta dividida e ama os dois (Sinto muito querido já esta mais que claro como a água, alias transparente que Clara AMA Marina, pois em meio a uma situação tão dramática como é a doença do marido dela, a mesma “NÃO PARA DE PENSAR EM MARINA”. Enquanto isso Marina esta se destruindo, por não ter esse amor correspondido e/ou dividi-la com Cadu, não gosto de Vanessa mais que as verdades sejam ditas Marina tem que foca mais na vida dela trabalhar devido aos problemas financeiros e deixar de lado as crises existenciais de Clara. Não estou falando que ela tem que desistir desse Amor (jamais), porém ela ñ pode deixar de viver a vida dela e fica vivendo em função de Clara que esta apoiando o marido. Clarina (FOREVER), mas bem que MC poderia da um UP nesse núcleo, tipo coloca uma mulher jovem, rica, sedutora, predadora que seja fã do trabalho de Marina, chegando para abalar as estruturas daquele estúdio. Ela no caso contrataria Marina (ajudando com os problemas financeiros) e ainda de quebra daria em cima dela na maior cara de pau, no minimo seria engraçado Marina passaria de predadora para a presa. E Clara teria uma concorrência no intuito dela sair dessa muralha da china em que ela se encontra, entretanto só MC poderá guiar esta historia tá nas mãos dele, eu gostaria de ver o circo pegando fogo logo, pronto falei.

  • Anderson diz: 5 de maio de 2014

    Que lixo!
    oque eu estou fazendo aqui com este tipo de leitura?

  • denis diz: 5 de maio de 2014

    Lixo. Novela lixo. Maldito marxismo cultural. Lixo.

  • Mel diz: 5 de maio de 2014

    Bom, Clara só pode se declarar mesmo como bissexual. Ela ainda não teve nada com a Marina, então, não pode se definir. Talvez depois até se defina como bissexual, há muitos casos. Seguir amando os 2 é que não faz sentido. Quando se está com um homem, ama-se esse homem. Quando se está com uma mulher, ama-se essa mulher. O ser humano pode se apaixonar inúmeras vezes, agora por mais de 01 pessoa ao mesmo tempo, passa pouca credibilidade de sentimentos.
    Acho que foi muito certo ela não abandonar o Cadu nesse momento (eu teria agido da mesma maneira), só que depois do transplante ela precisa dar rumo para a vida dela e Cadu e Marina tb não podem ficar nesse clima de incertezas.
    Desde que começou a novela, não vi Clara olhando para o Cadu com felicidade, já o olhar dela pra Marina é puro brilho. Marina bateu na porta e Clara abriu. Se o relacionamento Clara e Cadu estivesse cheio de amor, ela nem olharia para Marina e nem para ninguém. Marina já teria caído fora, é uma mulher inteligente e tb percebeu que o relacionamento Clara e Cadu é bom, só que não tem mais o amor homem/mulher, não tem mais brilho. Clara disse que queria uma felicidade que trouxesse alegria.
    Não existe o certo ou o errado, existe sim o que cada um quer pra si
    Como defendo o amor, seja qual for a situação, continuo torcendo para o brilho de Clara com Marina.
    Não devemos pensar em hétero, homo, bi, etc… Isso não importa pq o diferencial do ser humano está no amor e no caráter.

  • Marcela diz: 5 de maio de 2014

    Acho muito engraçado gente que vem aqui comentar apenas “que lixo”. Meu amigo, o que vc faz num site voltado a novelas? Porque não vai “ler um bom livro” ao invés de perder seu tempo com comentários nada construtivos?

    Quanto à história, mas que enrolação. Não dá mais pra ficar nesse impasse. Sejam os defensores fervorosos de Clarina, sejam aqueles que preferem o casamento margarina da Clara, ninguém aguenta mais essa indefinição. A história não anda, são semanas nesse lenga lenga. Agora vem mais essa, ela querendo os dois ao mesmo tempo, mudou todo o plano inicial e vão desenvolver um relacionamento a três? Tá péssimo isso.

    Que haja uma definição do caminho que a Clara vai seguir. Abandona o marido de vez ou deixa a Marina ser feliz com outra, ficar cozinhando os dois em banho maria é cruel. Quando for decidido, a história vai fluir pelo menos… apesar de achar que apenas tem alguma frente com a Marina, pois se a Clarq resolver ficar com o marido, não tem mais nada pra acontecer. Maneco, vai logo e não enrole mais! Tá andando pra trás essa trama!

  • Mayra diz: 5 de maio de 2014

    Clara e seu “mimimi” kkkkkk desce desse muro minha filha, salta aos olhos de um cego que Clara é apaixonada por Marina, Marina por sua vez nunca sentiu o que está sentindo, como a colega falou acima era predadora e agora se vê completamente entregue, apaixonada, por isso sofre muito…esse amor ta acabando com ela….manoel tem que movimentar isso logo…a leão de chácara tem razão, acorda Clara, até eu já to sofrendo junto com Marina.. kkkkk clarina forever!

  • Sophye diz: 5 de maio de 2014

    Pura manipulação do público galera. O autor arrumou a famosa doença de suas tramas e transformou o irresponsável Cadu , no coitadinho de Em Família. As personagens Clara e Marina foram jogadas para o espaço (não existe nem clima para romance com o caminhão de problemas que o autor arrumou para o personagem Cadu. Acho que ele inseriu a temática do transplante para tirar o foco de condução do núcleo Clara e Marina e ver se emplacava outra história) . Com a pretensa Bissexualidade da Clara, vai manter audiência de quem que torce pelas duas, sem deixar de mostrar a historinha básica de sempre…várias mulheres interessadas por Cadu agora ( Veronica, Silvia) e a Clara a com ciuminho dele. Sem noção . Nossa… decepcionada com os rumos em curso…lamentável

  • Nhyala diz: 6 de maio de 2014

    A Clara só diz que ama os dois porque ainda não teve nada com a Marina… assim que provar, verá.
    Se mesmo não tendo ainda sequer trocado um beijo ela já tem um sentimento tão grande, depois que se envolver, não terá volta… Acho muito bem ela ter ficado ao lado do Cadú durante este processo, isso só mostra o carácter dela, e tb porque ama sim o Cadú. Mas depois do transplante, tem que haver uma definição, o autor não pode continuar a enrolar porque cansa qualquer um.

    A questão é que a Clara precisa de amadurecer emocionalmente/sentimentalmente, e com isso perceber que o sentimento que tem pelo Cadú não é o mesmo que tem pela Marina. Cadú é o companheiro de anos, é segurança, e claro que tem uma ternura, companheirismo, amor mais fraternal por ele, mas não vejo o brilho no olhar que ela tem com a Marina.

    Sempre que está com o Cadú, até mesmo na cama ou durante esse processo dramático, ela pensa (com saudades) na Marina. O contrário não acontece… quando ela está com a Marina, fala muito no Cadú, mas não pensa nele com saudade/necessidade do outro – a única cena em que pensou nele, foi quando ele ameaçõu tirar o Ivan dela. Os ciúmes que teve da Marina, a reação no dia em que a viu na cama com a Vanessa entregaram os sentimentos que ela (tenta) camuflar.

    Por isso esta história de que quer os dois das duas uma: ou ela ainda não percebeu realmente que ama mais a Marina (o que eu duvido) ou é só pra enrolar a Mãe… ela não tem coragem de admitir que já não ama o marido e se apaixonou por outra pessoa.

    A cena em que ela fala com a Juliana foi bem reveladora… ela mesma admite a sua covardia/incapacidade de tomar decisões, de tomar as rédeas da própria vida. Até para perceber que estava apaixonada foi preciso a Helena (irmã mais velha) dizer-lhe isso. Temo que ela não seja capaz de decidir sozinha, só tenha coragem de se assumir se o Cadú resolver deixá-la livre ou se ela perceber que ele está em outra. Se isso acontecer, será a transformação/evolução total da personagem…

    O que não dá mesmo é pra continuar nessa lenga-lenga, com as vidas dos três congelados. Agilisa Maneco, agilisa….

  • Nhyala diz: 6 de maio de 2014

    Gente o que foi a cena de ontem… comidinha na boca, olhares apaixonados, nãos dadas, cumplicidade, amizade… tem casal mais casal do que este???

    Agilisa Maneco… que daqui a pouco os personagens todos já sabem que a Clara ama a Marina, menos a própria kkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Isabella diz: 6 de maio de 2014

    Chega d sofrimento para as duas rsrsr Clara esta louca por Marina, so esta com medo d assumir e isso é ate normal pq a maioria das pessoas q se relaciona com outra do mesmo sexo tem este bloqueio no inicio, por mais louco q seja o mundo são poucas as pessoas (independente da situação) q escancara sua vida e não esta nem aí p nada.

  • anne diz: 6 de maio de 2014

    clara você é uma boa mãe , é uma boa esposa , mas agora é hora de você ser feliz minha filha , não cansa não carrega tanta responsabilidade , de ficar fingindo e se controlando sempre , você ama o cadu mas esta apaixonada pela marina coragem filha , vai doer um pouco deixar sua vida confortável e estável com seu grande e querido amigo , mas você tem que viver e não sobreviver , quem manda na tua vida é você , que sabe o que te faz feliz é você não a juliana, helena , luiza , chica ou qualquer pessoa da sua vida , só você sabe , mas se não é paixão o que você sente pela marina então você é a pessoa mais maluca daquela sua família maluca ,porque helena infeliz porque não superou o passado se ama o larte corre atrás daquele mulherengo , egoísta e deixa o virgilio livre , a luiza trocar o andre pelo laerte é o cumulo o cara não respeitava a esposa , não dava valor, e nem coragem ele teve de terminar o relacionamento quem terminou foi a Verônica e ainda ele se acha no direito de ter ciúme dela , chica deveria apoiar mais o felipe e mandar a leninha esquecer ou lutar pelo laerte e não encher mais o saco do virgilio, se luiza quer sofre que sofra , sofrer amadurece se apreende , vai clara seja melhor que sua louca família tenha coragem e fique com sua marina .

  • Fernando diz: 6 de maio de 2014

    Se ela é hétero, bi, homo, tanto faz. A Clara se apaixonou pela Marina e até um cego percebe. Nascemos com uma orientação sexual, mas às vezes pode existir alguém, aquela pessoa especial que nos faça sair do caminho. Acho que é isso que aconteceu com a Clara, se apaixonou pela Marina, que por acaso é uma mulher. Acho q é isso que a família brasileira acha difícil entender, vive numa caixinha, acredita que nada pode ser diferente do comum. Mas a vida é cheia de surpresas e possibilidades, não estamos condenados a viver da mesma forma pra sempre.

    A Clara devia se jogar mesmo agora que o marido ficará curado. Vai conhecer as coisas boas que a vida pode oferecer, não deixe que sua aparente “felicidade” e acomodação impeçam de viver com intensidade. A vida é tão curtinha para ficarmos sob a expectativa alheia e não fazer o que nosso coração manda. Vai se sentir viva, mulher, ou ficará pra sempre presa num casamento de conveniência!!!

  • saki diz: 6 de maio de 2014

    olha o que eu achei: Clara contará para Marina que Chica a sondou e abrirá seu coração, dizendo que nem ela entende como a fotógrafa virou sua cabeça a esta altura da vida. A morena ficará feliz com o que ouve e as duas darão as mãos, carinhosas. Verônica (Helena Ranaldi) verá a cena e ficará mais atenta à proximidade das duas, já que Marina vai começar a ajudar Clara no bistrô, durante a ausência de Cadu (completa essa matéria em que Clara se assume para a família). Só não consegue ver o sentimento que rola entre elas quem é cego, a família e amigos já estão percebendo agora gostaria que Clara tomasse uma atitude em relação a isso. Quem vai querer comer o figado de Marina vai ser Vanessa devido a chefa esta abandonando o trabalho para ajudar clara, mediante a situação financeira em que a mesma se encontra, concordo parcialmente com a leão de chácara. Entretanto foi tão linda a cena de ontem (05/05), as duas na maior cumplicidade, adorei o olhar sedutor de clara, marina com ciumes dos clientes, mas o que me chamou mais atenção foi Clara olhar de uma forma tão intensa no momento de silencio (olhando para boca de marina) deixou Marina sem graça fazendo pergunta como estava a situação de Cadu.

  • Reginaldo Silva diz: 6 de maio de 2014

    O que Foi ontem aquele olhar de sedução da Clara pra Marina, gente a mulher ja nem disfarça mais, e depois, na hora do silencio entre elas, após a Clara dizer que quase foi até Santa Tereza por engano, se uma mulher me olhar daquele jeito, juro que eu agarro!!!

    Sou fã das duas atrizes, estão dando um show

  • Angel diz: 6 de maio de 2014

    …Que tudoooo…As pessoas estão viajando nas cenas entre duas ;) …aí sr Maneco está mostrando os detalhes direitinho. Vê se não estraga o durante e o desfecho dessa história #ClarinaFinalFeliz

  • Mayra diz: 6 de maio de 2014

    Música da Marina (entenda-se ela cantando p Clara)…
    “Você tem carta branca nesse meu coração, eu amo você. ..estou de corpo e alma entregue em suas mãos, quero dizer que ninguém no mundo vai te amar assim…É tanto amor que esqueço até de mim”

  • Marcela diz: 6 de maio de 2014

    Quanto à demonstração de sentimentos, as duas foram ótimas ontem. A Giovanna que andava meio apagadinha nos últimos capítulos deu uma secada na Marina que nossasinhora! A Tainá nem preciso falar, que toda cena é assim, com aquele olhar mata qualquer um. Sou hétero, mas com a Marina eu experimentaria com certeza. Quem não fica balançado com alguém te despindo com os olhos daquele jeito? Achava que era eu, mas conversando com algumas amigas, vi que não era a única, se tivessem uma assim experimentavam.

  • saki diz: 7 de maio de 2014

    Trechos da conversa pelo celular que Chica escuta entre Clara e Marina: Clara diz a Marina que foi ao apartamento de Helena para falar tudo o que não teve chance enquanto trabalhava no galpão, cercada de gente, e, em casa, já que todos cobram dela atenção a Cadú (Reynaldo Gianecchini), recém-operado. A fotógrafa diz que se sentiu amargurada com a indiferença súbita dela. Clara a chama de ‘meu amor’ e afirma que avisou que os dias pós-cirurgia seriam difíceis, agradece que Marina aceite dividi-la e manda beijos estalados ( todos já sabem ou começaram a reparar na relação das duas mesmo Clara tentando ser discreta, ela não consegue esconder o Amor que sente por Marina quando estão juntas). Clara tenta se explicar para Chica e diz: Gosta deles e não espera que eu largue os dois e me case com ela (segundo Clara, Marina não se importa de dividi-la com Cadu e Ivan) por mais que Marina diga que não é exclusivista, acredito que ela queira Clara só pra ela, se não estaria sofrendo tanto. É claro que Marina gosta e adoraria ter Ivan com elas, mas coloca Cadu nesse balaio não rola mesmo.

  • Andy diz: 7 de maio de 2014

    Aiaiai…gostaria que o autor parasse com essa declaração de amor da Clara para Marina feita em pedaços soltos no meio da trama. Uma frase aqui outra ali, fala para a mãe que é Bi – ama e deseja Marina , telefona para Marina, pensa na Marina, sonha acordada com a Marina. Meuuuuu…Coloca essa mulher de frente para a Marina com aquele olhar de ternura dizendo…EU TE AMO… Na seqüência um beijo arrasa quarteirão … E deixa a audiência e o circo pegar…ATITUDE Manoel Carlos

  • Nhyala diz: 7 de maio de 2014

    Pois é Saki,

    eu fiquei um pouco confusa neste ponto da conversa…. isso porque a Clara sempre disse ao Cadú que pode ser ex-mulher, mas não ex-mãe. Faz todo o sentido.
    No entanto, agora, ela coloca tudo no mesmo saco, estranho e cada dia mais confuso. O Ivan é parte dela, é filho… naturalmente que a Marina jamais lhe diria para abandonar o filho (ele faz parte do pacote Clara) mas Cadú já é demais.

    Ela precisa se decidir, mas enquanto colocar Cadú e Ivan no mesmo saco, aí então não haverá decisão mesmo… ficará nesta posição confortável de ter um e outro (e a Marina coitada, mais uma vez, sofrendo). Será que ela não vê que apesar de ultra paciente, a Marina sofre com tudo isso???

    Das duas uma: ou a Clara não entendeu o que a Marinha quis dizer quando lhe disse que “amor e posse não combinam” (no fundo, deixá-la livre para fazer as suas escolhas sem pressão, nem chantagens) ou ela está cada dia mais sonsa!!!!!! Maneco mais uma vez erra a mão, e daqui a pouco todos odeiam a Clara, já que ele está a destruir a personagem com essa lenga-lenga e essas cenas dúbias.

  • Rosimeire diz: 7 de maio de 2014

    Claro que Marina e Clara tem que ficarem juntas, a novela só é boa com cena delas juntas!!!! Manoel Carlos mostre esse amor de Clara e Marina queremos um Brasil sem preconceitos.

  • Roberta diz: 7 de maio de 2014

    É de fato incrível o envolvimento das personagens. Também sou hetero, mas se acho uma Marina ao virar uma esquina, qualquer esquina, gente… juro… jamais me furtaria a experimentar tamanho carinho, interesse, entrega… São muitos os predicados que essa história tem me suscitado. Confesso a vocês, não assisto novelas, mas “esse núcleo” – porque foi o núcleo – me fez cair de amores pela história que conta. Mas, só a história desse núcleo mesmo porque todo o resto é um fracasso de absurdos.

  • Angel diz: 8 de maio de 2014

    Encontrei um motivo para Clara se definir se quer ou não a Marina. Eis que entra na novela uma mulher para despertar o ciúme de Luiza com Laerte. Lívia (DTuani),Talentosa, Linda, Maravilhosa. Ela será a Pianista que vai acompanhar Laerte em suas apresentações. Maneco podia jogar ela também no núcleo da Clarina e que ela se apaixone pela fotógrafa… Já que a Clara vai ter ciúme do Cadu com a Verônica… Podia também rolar um ciúme da Marina com esta pianista…Afinal, indecisão não é nada além de medo de viver. E ninguém espera as pessoas para sempre. Decide aí Clarinha!

  • nidi diz: 8 de maio de 2014

    que ideia genial angel ,laerte já tem pretendentes demais , agora a marina coitada só tem a ciumenta possessiva da Vanessa , que dali pode espremer , espremer que não sai mais nada , não tem química nenhuma , apenas amizade e ate isso esta azedando , vai Manoel Carlos apimenta esta historia coloca a nova pianista para competir pelo amor de marina , mas sem lenga lenga pois a novela já vai acaba e o senhor parece que ainda não percebeu , agilidade, que a novela realmente comece pois pelo ritmo vai acabar antes de começar . eu já estou de saco cheio da clara com essa duvida cadu ou marina já cansou, minha filha decida logo.

  • Nhyala diz: 8 de maio de 2014

    Alguém explique à Clara (e ao Maneco) que ser bi-sexual não signifca ficar com as duas pessoas ao mesmo tempo?

    Maneco deixe a Clara sair de cima do muro e vai viver a vida, que já estamos fartos dessa lenga-lenga e e rolação.

  • Alex diz: 8 de maio de 2014

    Nooooossaaaaa …que garota é essa pianista que vai aparecer para provocar ciume na Luiza com o Laerte. Fantástica essa Lívia (D’Tuani), uma jovem talentosa e gente boa, segundo a personagem Verônica. Também achei excelente a ideia da Angel da moça se interessar pela Marina ( elas se conheceriam no Galpão) . Movimenta o núcleo para desenrolar isso de CLARA BI . Agilidade MC pq já passou do ponto de ‘cansativa’ e já chegou no ‘limite exaustivo’ toda essa enrolação.

  • Luana diz: 9 de maio de 2014

    Esse brilho no olhar que voces dizem que a Clara tem c/ a Marina é comum a todos inicios de relacionamentos.. é paixão! não é amor não! amor é oq a clara sente pelo Cadu, já teve essa fase “brilho no olhar” e depois que passou decidiu ficar com ele.. Amor é uma decisão! Paixão tem prazo de validade e acaba!! Quero só ver ela abandonar o cadu e depois q passar essa fase de Fogo de palha.. O q acontecerá???? Pode ser que a paixão vire amor também.. mas e se nao virar? trocar o certo pelo duvioso? eu fora!!

  • anne diz: 9 de maio de 2014

    E SE o mundo fosse quadrado e não redondo , E SE o sol fosse vermelho em vez de azul , E SE eu não tivesse casado ao me apaixonar e não arriscasse ao ter um filho e depois outro ,E SE a paixão acabar , E SE eu for traída E SE eu trair , esses E SE existe e vai existir sempre na vida, perguntas , duvidas , mas na vida temos que ter coragem E SE for fogo de palha , que queime , que acabe , E SE for para dar certo que der , que ao menos não se fique com mais um E SE , prefiro um eu fiz deu , eu fiz não deu , escolhas erradas ou certas não nos mata , apenas nos fere , mas ferida fecha a dor passa e nos fortalece mas o que vivemos , o que sentimos o que fazemos para sermos felizes não passa , jamais desaparece.
    sou casada a 10 anos , tenho 2 lindos filhos , adoro família, adoro ver o sorriso dos meus filhos , os sonhos e desejos do meu marido , adoro ate seu jeito resmungão de ser , estamos ficando velhos e mudando juntos e adoro isso , mas se um dia encontrar alguém que me faça mais feliz do que já sou , que me de novas pespequitivas, que me faça enxergar outro lado de mim que não sei se existe ,mas pode existir ,pode ser homem ou mulher não ficaria nesse E SE , mas por enquanto esse meu amor me da paixão e me da vontade de sorrir mais que chorar , mais de comemorar do que lamentar , casamento é bom mas não é eterno , mas acredito cegamente na frase que seja eterno enquanto dure.

  • rafa diz: 10 de maio de 2014

    Gente se isso virar relacionamento a três eu desisto de vez da novela .. AFF … Agora quer os dois ?? Nem sente nada pelo Cadu , agora com a marina é puro fogo é amor , paixão. Tomara que isso seja só confusão da clara, que ela veja que tem que ser da marina e so da marina , que deve ser uma santa coitada , correndo atrás por tanto tempo da clara , com tanto amor e carinho e tao linda que é ( eu já tinha pegado faz tempo ) agora aquele sonso do Cadu que nem amor entre os dois resta … Pode haver um grande carinho pelos anos de relacionamento, pela família construída mas amor não!!!! Essa novela pode trazer debates importantes e interessantes no caso de clarina. O preconceito da família, a briga por guarda de filhos, e que um relacionamento homo não tem nada de feio que é lindo ver um casal assim. Viva clarina

  • A. Bianco Johnson diz: 10 de maio de 2014

    É preciso paciência!Na última semana MC só fez a personagem Marina cair em queda livre no seu folhetim. A fotógrafa, uma mulher bem sucedida profissionalmente e resolvida quanto ao que quer na vida, passou a ser emburrecida pelo amor. O autor seguiu nos últimos dias distribuindo infinitas situações de incoerência em suas falas e atitudes. Clara por sua vez , não sai do lugar, segue definhando em uma crescente confusão e indecisão, e assim permanece na mesma toada do início, agora porém assumindo uma postura Bissexual para enrolar mais ainda a trama, e talvez justificar o que já deveria ter acontecido entre as duas- muito antes dos problemas enfrentados por Cadu. O enredo do núcleo parece sair do questionamento dos problemas enfrentados ( e que são muitos) ao se viver um amor homoafetivo e enveredar para aquela coisa básica do desejo de ‘experimentar’ algo diferente fora do casamento. Não sei se será desta vez que veremos o amor real entre duas mulheres. Se não acontecer, uma pena, depois de ter criado e emocionado tantas pessoas com cenas envolventes e o início de algo especial entre os personagens Clara e Marina ( excelente atuação das atrizes), na primeira parte de Em Família.Se a opção for evoluir com o tema- chega de colocar Mariana correndo atrás de Clara. É hora de inverter a história e fazer com que Clara tome uma atitude – se entrega e vive plenamente esse amor ou permanece com ele idealizado apenas para sempre .

  • Clarissa diz: 11 de maio de 2014

    Por isso ainda acho que ela deve escolher o marido,a família,o povo tá cego e seduzido por Marina,que é uma conquistadora.Clara fique com seu bom e maravilhoso marido.

  • Nhyala diz: 11 de maio de 2014

    A covardia está a acabar com esta trama… que é a melhor e mais instigante da novela. Fora as atrizes que são um show a parte.

    O que foi a sensualidade daquele beijinho na mão ontem que deixou a Clara visivelmente atordoada? Olha e ainda nem provou bem…

    Infelizmente não parece que o Maneco tenha intenção de seguir a premissa inicial de contar uma história de amor/romance entre elas. Querem transformar isso num você decide (uma disputa sem pé nem cabeça), que não agrada ninguém.

    Uma pena!

  • Flávia diz: 12 de maio de 2014

    Que stress. Não acredito que depois de criar a bela história de amor entre Clara e Marina o autor joga tudo no lixo para transformar isso num triângulo!!! Frustração infinita.

  • rafa diz: 12 de maio de 2014

    Só espero que seja confusão da clara e que não vire porcaria uma historia que tinha tudo pra ser linda …
    O Maneco ta com medo da reação do publico e esse é seu grande defeito .. Já era pra ter rolado algo entre as duas, ai ele fica só ensaiando e traz medo a algumas pessoas …. Se elas já estivessem juntas e ele não tratasse o relacionamento das duas como uma revolução seria mais fácil.. Tipo… Tratar com naturalidade … Exemplo : a marina que é resolvida e ate atirada não sofre o preconceito que a clara que tem aquele “q” da duvida … Se VC tratar naturalmente um casal homoafetivo como qualquer outro casal é bem mais aceitável .. Tem uma serie que caiu no gosto de muitas pessoas que faz o oposto do Maneco traz uma mulher que se relaciona tanto com homens quanto com mulheres e de maneira natural .. Sem aquele negocio de ficar cozinhando com medo de agir , a serie é lost girl eu adoro … Essa enrolação toda ta desperdiçando tempo pra retratar assuntos realmente importantes e mostrar esse amor lindo das duas.. Se continuar assim no final vai ser uma novela que mostrou que uma mulher que amou de verdade outra mulher passou todo o tempo sofrendo pra no ultimo episódio ganhar um selinho e a suposição de ficarem juntas … Acorda Maneco e povo preconceituoso , desligue a TV e vá lavar uma louça eu torço pros seus filhos não se tornarem homofóbicos como vcs

  • Angel diz: 14 de maio de 2014

    Bissexual!? Ta loca essa Clara. Pelo amooooooorrrrrr!!! Que é essa Marina naquele figurino de ontem ! Blusa com transparências, calça jeans e batom…Arrasadora! Maravilhosa! Acorda Clarinhaaaa… o_o

Envie seu Comentário