Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Atrizes de Em Família fazem campanha para Clara assumir romance com Marina

22 de maio de 2014 40
Fotos: Divulgação, TV Globo

Fotos: Divulgação, TV Globo

Pelo jeito não é só o público que torce para que Clara (Giovanna Antonelli) e Marina (Tainá Müller) engrenem logo o romance na novela Em Família. O elenco também está fazendo até campanha para que as duas fiquem juntas de uma vez.

Depois que uma enquete no site da novela mostrou que 97% do público torce por “Clarina”, algumas atrizes entraram na campanha:

“Chuta o balde, Clara”

Tainá Müller, intérprete de Marina, foi a primeira a aderir à campanha e posou até com um cartaz bem ilustrativo. Maria Eduarda de Carvalho e Luisa Moraes, que vivem Vanessa e Flavinha, também torcem para que Clara se decida de uma vez pela fotógrafa.

duda-luisa

 

Falando nisso…

Maria Eduarda até revelou ao Uol que o público já elegeu até uma candidata para consolar Vanessa:

- Tem uma torcida para que a Marina a valorize e há também quem queira ver Vanessa com Flavinha (#Flanessa).

E vocês, também torcem para que Clara chute o balde e assuma seu amor por Marina?

Bookmark and Share

Comentários (40)

  • Juliano diz: 22 de maio de 2014

    Mentira pouca é bobagem. A globo não sabe mais o que fazer pra alavancar a audiência desta novela, que anda em baixa, e inventa esse tipo de enquetes falsas e sem qualquer conteúdo. Tem que ser mto retardado (ou bem pago) pra fazer um cartaz deste e publicar uma foto destas. Lamentável.

  • Andres diz: 22 de maio de 2014

    Eu já estou tentando digerir algumas coisas que a globo nos impõe guéla abaixo, tem como esperar eu fazer minha digestão ?

  • Fabio diz: 22 de maio de 2014

    PREFIRO A CAMPANHA #ChutaAGLOBOBrasil !!! ou então: #GloboNaoSomosIdiotasTeLiga

    Essa emissora merece um BOICOTE para parar com essa palhaçada!!

  • Bel diz: 22 de maio de 2014

    Fala sério que enquete é essa? Esta ficando cada vez mais difícil assistir novelas na Globo ou em qualquer outra emissora, pois uma esta sempre copiando a outra, mas infelizmente só no que é ruim.

  • denis diz: 22 de maio de 2014

    A agenda global de incentivo à promiscuidade e ao homo e bi-sexualismo, masculino e feminino, bem como a depreciação da figura masculina ( em todas as novelas os homens são ou mau-caráter, bundões, vagabundo, burro…) tem na Globo e na mídia propagandística, em geral, fortes aliados. Por isso, me alio a campanha #ChutaAGLOBOBrasil…ou qualquer outra no mesmo molde…

  • Andred diz: 22 de maio de 2014

    Globo ja chutei o seu balde , seus programas são muito ruim ;proxima novela das 21:00 hrs TITULO a volta da gaiola das loucas , e é só na globo bando de transformistas………..que meda………….

  • sincero diz: 22 de maio de 2014

    O nome da novela é ‘Em Família’ e tão fazendo campanha pra uma mulher casada, mãe, até então hetero, chutar o balde e assumir um caso com outra mulher. É isso mesmo? Muito bem, parabéns, depois não sabem pq o mundo tá virado desse jeito…

  • Lisiane diz: 22 de maio de 2014

    Não querendo ser repetitiva mas …poxa…tá muito ruim esta novela!!! Eu já desisti, termina o jornal eu busco outros programas nos outros canais (Discovery, GNT), não dá mais pra aguentar essa novela, sei lá..não mostra mais nada de interessante, o oposto da novela anterior que tinha o Félix e era muito divertida! Vou tentar ver a nova novela da Record, “Vitória”, talvez seja interessante…

  • Clarissa diz: 22 de maio de 2014

    Falou a patrulha da moral e dos bons costumes…rs…dentre os vários clichês derramados: “É por isso que o Brasil está desse jeito” “Globo incentivando a promiscuidade”…mimimimi…
    Eu me pergunto quem seria a Rede Globo da antiguidade? Quem será que influenciou o filósofo grego SÓCRATES quando este declarou sem o menor constrangimento e sendo muito respeitado que :
    “o coito anal era a melhor forma de inspiração – e o sexo heterossexual, por sua vez, servia apenas para procriar. Para a educação dos jovens atenienses, esperava-se que os adolescentes aceitassem a amizade e os laços de amor com homens mais velhos, para absorver suas virtudes e seus conhecimentos de filosofia.” HAHAHAAHAHA Nem tinha TV nessa época, quem será que “pervertia” a sociedade meu Deus?
    As pessoas nasceram com a capacidade de pensar, sentir, concatenar idéias, acreditar que a orientação sexual de A ou B é “definida ou manipulada” por um canal de televisão é reduzir o humano à condição ridícula de nada…Quem se coloca tão psicologicamente frágil e sujeito à manipulações dessa categoria temendo ser “conduzido” rs…precisa de ajuda imediata. Eu assisto a Globo e não mudo uma linha da minha vida por causa de seus programas…rs…tenho cabeça pra que? Leiam mais e TEMAM menos.A informação é maior arma contra a ignorância.

  • Ana Lucia G Martins diz: 22 de maio de 2014

    Todo mundo reclama da novela, da rede globo, mas não trocam de canal.
    Sabem tudo o que acontece. Parece que não tem outra coisa pra esse povo ver. Vão achar o que fazer em vez de ficar reclamando, muda de canal então.

  • andreia diz: 22 de maio de 2014

    Adorei é isso ai ta mais do que na hora de Clara assumir o que ela sente. Tem pessoas que comentam e dizem que nem assistem mais
    Então nem precisa set levado em consideração. Eu assisto e quero vê a história delas já.

  • Lúcio diz: 22 de maio de 2014

    Eu acho engraçado que as pessoas acreditam que tu escolhe desejar uma pessoa do mesmo sexo como quem escolhe uma marca nova de carro que viram num comercial de TV. Se convençam de uma vez por todas!!! Existem muitas “Claras” e “Félix” por aí enganando os outros e A SI MESMOS vivendo uma vida de mentira!!!

  • Nhyala diz: 22 de maio de 2014

    Meu cepticismo não me deixa acreditar nesta campanha…. porquê? Simples.
    Ontem demanhã, subiram hashtags no twiter com as denominações “globo homofobia is so last century” – sim, porque as (os) “Clarinas” não tem só “adolescentes sem mais do que fazer” como algumas vezes aparece citado nos media, mas um leque variado e enorme de apoiantes do casal, dentro e fora do Brasil. Para além dessa, outras hashtags citando patrocinadores da novela e citando “fim da censura” tb estiveram bom tempo circulando…

    Resultado: pânico geral, e a emissora lança, no fim da tarde, essa campanha de apoio… estranho é que só coloquem as atrizes do núcleo do estúdio a apoiar!

    Minha opnião, é só uma estratégia pra acalmar os fãs, e continuar a enrolar a história. Uma pena!
    Tinham aí uma bela oportunidade de contar (bem) uma linda história de amor – apeasr dos precalços, freios e censura brava, ainda há tempo de concertar pelo menos parte disso – e liberar logo o romance do capítulo 105 até o fim. Terão coragem de mandar pastar a hipocrisia?

    Já passou da hora deste romance acontecer, a enrolação está a ponto de estragar a história, desacreditar as personagens, e o próprio autor (e a emissora). Mas enfim… só esperar pra ver.

  • eva gabriela diz: 22 de maio de 2014

    Genial la campaña, es bueno saber que rede Oglobo está atento a esa torcida llamada clarina. Si no les gusta la novela, están en su derecho de no verla, a mucha gente le gusta el casal, el mundo es de todos, no creo que el odio y el desprecio ayuden hacer un mundo mejor…

  • Jéssica diz: 22 de maio de 2014

    Pelo menos estão reconhecendo o esforço do público que tanto deseja vê-las juntas. E tô cansada desses comentários de pessoas que sequer assistem a novela, mas adoooram comentar sobre o casal gay, pessoas totalmente ignorantes, machistas e homofóbicas, ai, ai. Enfim, a globo ainda ouve essas pessoas e esse romance não desenrola nunca! Que ela chute todos esses baldes e vá ser feliz com a Marina logo!

  • HELENA diz: 22 de maio de 2014

    Novela não ensina nada e nem influência na vida de ninguém. Ela somente mostra o que tem na realidade do mundo. Querendo ou não, só o que tem por aí, são “Claras”. Já está na hora de vivermos sem hipocrisia e com mais aceitações de diferentes realidades no amor, na família, nos relacionamentos, no trabalho, enfim, na vida. Sou a favor do amor, seja ele como for.

  • vera diz: 22 de maio de 2014

    Desisti da Globo e das suas tentativas de antecipar o futuro das relações inter pessoais.

  • Edgar Marques Ferrari diz: 22 de maio de 2014

    Não sou homofóbico nem retrógrado mas, no Brasil a defesa das minorias (será que são mesmo?) gays, lésbicas e outros, está tomando uma dimensão que beira o absurdo. É uma verdadeira apologia! Onde fica o direito das famílias tradicionais? O Estado tomou a si o direito de controlar o que falamos, o que pensamos , o que escrevemos e, agora até a forma que devemos educar os nossos filhos. Palmada é agressão? A meu ver, palmada não é espancamento. Há uns meses atrás presenciei uma criança, de mais ou menos 7 ou 8 anos, sair correndo de um mini mercado , com um chocolate nas mãos………a mãe correu atrás , trouxe a criança e fez ela passar pelo caixa e pagar o produto, deu umas palmadas e deu uma lição de moral na criança, na frente de todos. É desta forma que se forma a índole. Se as mães e pais desses políticos corruptos, traficantes, usuários de drogas, ladrões e estupradores, pedófilos e outros meliantes, tivessem voz ativa e força moral para educar os seus filhos, é possível que este mar de lama , para não escrever coisa pior, em que se encontra o Brasil, não estivesse alcançado tamanha dimensão. A caixa de pandora, está nas famílias, ao abri-la saem todas as mazelas e desgraças, ficando a esperança. A família é a esperança, o baluarte da moral e é, para isso, que somos pais responsáveis e Brasileiros honestos!

  • Sincera diz: 22 de maio de 2014

    Acredito que quem tem sua opção sexual definida,não se deixará ser influenciado(a) pela novela. Ha!! que psicológico é esse? Que deixa ser “levado” por um canal de tv? Existem vários outros temas que já foram abordados em outras novelas, como : Drogas, Prostituição,Doenças Sexualmente Transmissíveis, Abuso sexual.. Se os mesmos são influenciados a trocar/mudar de opção sexual por causa de Marina e Clara, não quero nem pensar que reações tiveram ao assistirem um problema maior (Drogas). Pessoal, a novela relata o que acontece hoje em dia, e não adianta fechar os olhos não, se não acontecer dentro da sua casa, acontece em sua vizinhança, não há porque se esconder, não há o que temer. Quem tem mente aberta, enfrentará qualquer dos temas citados de frente, mantendo sua opinião sem deixar se levar.
    #MenosPreconceito #MaisAmor #MaisRespeito.

  • Michaela diz: 23 de maio de 2014

    Se até elas são a favor, quem sou eu pra ir contra? Ainda mais que eu luto por esse casal desde o primeiro olhar. Ah, Clarina é vida! Sem mais!

  • Pri diz: 23 de maio de 2014

    Vocês que se acham moralmente corretos já esta enjoando, um vê o comentário do outro e se inspira pra começar a vomitar suas criticas…
    Em primeiro lugar não deveriam nem assistir tv ver filmes series ou ler livros, nem mesmo ficar na internet, por que se vocês acham assassinatos, estupros, roubos, violências, traição e etc normal, e se sentem ofendidos com uma historia de amor homossexual é por que tem algo de errado com vocês não e possível, se não for isso é pura ignorância mesmo.
    A historia da novela nada mais é que a dramaturgia da vida real, algo que pode acontecer com qualquer um, independente de sexo, idade, situação matrimonial, feliz ou infeliz, o amor acontece, talvez nunca aconteceu com vocês por isso não entendem.
    Na verdade eu não consigo entender porque esse tema incomoda tanto as pessoas que se dizem moralmente corretas… De que vocês tem medo?
    Vamo cuidar da própria vida né gente!

  • Família diz: 23 de maio de 2014

    Essa globo só ensina como uma pessoa não deve se portar!!!

  • celso diz: 23 de maio de 2014

    Em familia???????????????
    Só se for a delas!!!!!

  • Paulo Antonio diz: 23 de maio de 2014

    CONCORDO PLENAMENTE…no Brasil a defesa das minorias gays, lésbicas e outros, está tomando uma dimensão que beira o absurdo. É uma verdadeira apologia!

  • Maria diz: 23 de maio de 2014

    Acho esta novela chata, não gosto da marina e clara e tbm laerte e marquezine (nem lembro o nome da personagem). Novela chata. Sou mais geração brasil.

  • Michaela diz: 23 de maio de 2014

    Então, eu passei aqui pra ver os comentários e me deparo com um senhor que se diz não ser homofóbico, vindo com aquele mas… Nem parei pra ler porque a gente já até sabe o que vem por aí. Aí, eu percebo que tem comentário a favor e resolvo dizer isso…
    Quando umas mulheres saíram à luta por seus direitos, muitas mulheres e homens foram contra. Por que? Porque a sociedade só aceitava que os homens mandavam e as mulheres obedeciam. Graças a essas mulheres, hoje podemos ter os direitos iguais. Mas ainda continuamos lutando. Porque a sociedade é machista. Sempre aparece um machão, dizendo que é bom bater em uma mulher. Mas vai ele apanhar de um homem por esse homem achá-lo inferior, ele vai querer, vai achar certo? Aí vem os aidéticos, uma minoria, que de minoria não tem nada porque são homens e mulheres de todas as raças, sexos, gêneros… Então, vem essa minoria lutar pra ser aceita, pras pessoas não terem nojo, não terem medo… Vai aparecer alguém aqui e vai dizer ”eu não tenho preconceito mas não namoraria um, vai que passa pra mim”. Só que você tem plena certeza que você é limpo da aids? Fez o teste pra comprovar? E se você tem e já passou? Mas é claro que a pessoa não preconceituosa não vai aceitar que ela tenha porque ela é perfeita, não pode pegar aids! Então, eu venho com uma minoria, que é tão minoria, que o Brasil é a maior parte da população… Os negros! Os negros sofrem preconceito por existir. E eles lutam todos os dias para serem aceitos, tanto pelos brancos quanto pelos negros. Porque tem negros que tem preconceito contra negro, gays que tem preconceito contra gays, aidéticos que tem preconceito contra aidéticos e mulheres que amam servir de bife para o marido e acham que todas devem fazer o mesmo e deixar um homem mandar na sua vida como se a sua não lhe pertencesse e acham ruim de lutarmos contra a igualdade. Mas o pior é ver quando um negro tem preconceito contra um gay, que tem preconceito contra um bi, que tem preconceito contra um aidético, que tem preconceito contra o direito da mulher, duma mulher que tem preconceito contra o negro… E fica nesse ciclo vicioso. Todo mundo que sofre preconceito sente preconceito. Porque preconceito gera preconceito. Só que ninguém quer assumir que sente preconceito. Ninguém é perfeito! Então, você, que ”não” tem preconceito, abra os olhos e perceba, pois você pode ”não” estar sofrendo preconceito agora. Ah, e antes que alguém venha me dizer que eu não tenho preconceito, eu tenho, não sou perfeita, mas procuro lutar contra o meu próprio preconceito porque eu não quero fazer contra os outros, o que os outros fazem comigo. Sem mais!

  • Roberta diz: 23 de maio de 2014

    Geeeente, foi demais pra mim. Eu li mesmo um comentário aqui ligando “HONESTIDADE” à “típica família tradicional”???? Não né… Ah! Capaz! Li sim? E ainda querem prosear sobre o que beira o absurdo? Absurdo, minha “boa e honesta” gente, é criança passando fome e sede no nordeste; são os traficantes de colarinho branco; é chegar no Supremo o caso de uma galinha furtada quando temos “Pasadena”… Absurdo é um estádio de bilhões e escolas sem teto. Absurdo é um marido com duas amantes; estupro ser considerado resultado de uma saia curta. ABSURDO É O BOM E BRAVO POVO CRER QUE UMA NOVELA É CAPAZ DE INSTITUIR UAM DITADURA DE ORIENTAÇÃO SEXUAL… Daí, quando me pergunto que país é esse, sou obrigada a me responder em voz alta (que é pra me forçar a crer): Brasil. ‘Bora evoluir? Tornarmo-nos mais humanos? Faria bem. Sou HETERO, mas, vejo tanta mediocridade sendo dita a favor da “boa família” que meu coração não ficou quieto, comprou a briga. Senhor! Dói ler os comentários e constatar que são nossos compatriotas nesse atraso todo. Daí fica fácil admitir o porque o país tem todo esse atraso em TODOS os âmbitos. Conclamo-os: sejamos VERDADEIRAMENTE MAIS HUMANOS, JUSTOS E “HONESTOS”. Que tal?

  • Laurinha diz: 23 de maio de 2014

    Querem impor limites até na forma de amar?? Amar vai além!!! Não está sendo feito apologia a nada. Casos assim existem a mil por aí. As pessoas é que se fazem de cegas para isso. Agora que as coisas não são mais feitas às escondidas pq ninguém agüenta mais se privar do que de direito(liberdade) ficam aí de mimimi. Cuidem da família de vcs! Da vida de vcs! Os homossexuais lutam pelo direito que era para ser pra todos. Igualdade! Só!

  • Carlos diz: 23 de maio de 2014

    As pessoas falam tanto na defesa da família tradicional porém esquecem que os casais homoafetivos tem todo direito de serem representados na tv ,esquecem que ninguém deve pedir para o outro restringir seu direito de nao viver uma vida plena com seu amor tendo todo direito de se abraçarem em público, andarem de maos dadas e de se beijarem e esquecem que homossexuais tem família e formam família . A globo apenas acompanha os acontecimentos mesmo tendo muito pudor sobre o assunto o preconceito sobre o tema ainda é grande .Os indices de criminalidade de pessoas que morrem por sua sexualidade sao enormes fora aquele preconceito velado, porém o mundo mudou as pessoas estao se assumindo , taxa de aceitaçao é maior , além do combate a homofobia ser maior ter um grande apoio das ong e dos jovens que sao o futuro. O mundo esta tolerando cada vez menos o preconceito entao só posso dizer sinto muito para alguns, isso nao é o fim do mundo e sim o começo para o respeito a diversidade. Obs: nao foi colocado alguns acentos pela situaçao do meu teclado.

  • Jussara Fontes diz: 23 de maio de 2014

    Michaela, concordo com você. Tenho pensado sobre o fato de gente que sofre imenso preconceito ser tão preconceituosa também. São negros, mulheres, os próprios homossexuais, religiosos, gordos etc. Com exceção dos religiosos, que até se envaidecem com isso, elas sabem como é sofrido tentar convencer as pessoas a respeitá-las, a aceitá-las como são. Notar que há tantas mulheres amarguradas com a homossexualidade também dá um certo desespero, pois somos nós (e não os homens) que mais influenciamos as nossas crianças, que educamos os nossos filhos pequenos. Ao contrário do que se pensa, a rejeição vem também de mulheres jovens, inclusive daquelas sem religião. Quanto ao futuro casal homossexual da novela, acredito que se era pra levantar a bandeira da homossexualidade o autor poderia ter evitado colocar um casamento aceitável (?) e uma criança no meio. A sociedade machista em que vivemos acredita que, para a mulher, manter um casamento “mais ou menos”, é mais bonito e mais seguro. Geralmente, são os homens que pedem o divórcio! Aceitar que uma mulher deseje isso, sem sofrer punições, inclusive da própria família, é complicado. Ainda mais por se tratar de mulheres que têm demonstrado um lado da homossexualidade que as novelas geralmente não mostram: amor, delicadeza, relacionamento mais denso, não pautado em baixaria. Estamos todos acostumados aos gays caricatos, aqueles que nos fazem rir (eu ria muito com o Félix!). As pessoas os adoram porque não é necessário levá-los a sério, se relacional entre si, não trazem problemas (rs). Sociedade difícil de tolerar!

  • Jussara Fontes diz: 23 de maio de 2014

    Apenas uma correção ao final meu texto, pois algum inconformado vai corrigir: “As pessoas os adoram porque não é necessário levá-los a sério, se RELACIONAM entre si, não trazem problemas (rs). Sociedade difícil de tolerar!”

  • Andréia diz: 23 de maio de 2014

    Nossa até desanimei com esses comentários, credo! Depois dizem que o povo gaúcho é mais erudito e letrado. Pelo contrário, o padrão é ser reacionário e extremamente preconceituoso e ignorante.
    Não sei qual é o pior tipo, o radical “globo apoia a ditadura gay” ou o dissimulado “não sou preconceituoso/racista/homofóbico/machista, MAS…abobrinha, abobrinha, abobrinha…”

  • Pri diz: 23 de maio de 2014

    O pior de tudo, são as pessoas que comparam ou assimilam a homossexualidade com estupro, violência, roubo, pedofilia, criminalidade em geral… Eu leio e me da NOJO em saber que meu país abriga tanta gente ignorante, é só ler os comentários desse povo preconceituoso hipócritas que qualquer ser com um pingo de inteligência nota a falta de capacidade de raciocinar…. A comparação deles é como comparar água com pedra, credo!

  • Gláucia diz: 24 de maio de 2014

    O mundo ta de ponta cabeça mesmo,todo mundo pirado até os atores e atrizes,onde já se viu isso,quero Clara com o marido,a patricinha da Marina que fique com a Vanessa,que a ama de verdade.Se as 2 ficarem juntas Clara e Marina nunca mais assisto novelas da Globo,entendeu Sr Manoel,não é justo elas ficarem juntas.

  • Adriana diz: 25 de maio de 2014

    Acho que vocês estão desempenhando bem o papel de Sodoma e Gomorra e destruição da familia que é instituição sagrada criada por Deus. Parabéns. Saibam que estas cidades foram destruídas por Deus com fogo. Assim com será no cumprimento do Apocalipse.
    Odiamos sua novela maldita…

  • andreia diz: 25 de maio de 2014

    Existe muitas formas de familia. Clara e Marina se amam. E o amor vem de Deus. Cada encontro mais divino entre elas.

  • anne diz: 25 de maio de 2014

    sabe como eu imagino o inferno com gente que não respeita gente , de gente que quer saber e mandar nos sentimentos das outras pessoas , que usam a bíblia e o nome de deus em nome da intolerância e do preconceito, inferno para mim é julgar o que não me faz mal e o que não faz mal a ninguém , é o conformismo de não pensar, não mudar , não aceitar as mudanças dos sentimentos , do mundo , é imaginar que deus vai acabar com o mundo porque não aceita o amor seja ele qual for , que deus vai deixar de olhar e se importar com a pedofilia, com a agressão das mulheres todos os dias, com os estupros cometidos por pessoas doentes e perversas , com a fome , as injustiças , com os crimes banais em nome do amor ou do ódio , que deus seria esse que destruiria o mundo porque pessoas que optam por serem felizes e fazerem um outro feliz independente do sexo deste outro.

  • anne diz: 25 de maio de 2014

    minha visão do inferno parte 2 seria uma vida ao lado de alguém que eu não amo ,de ver meus filhos serem estuprados e assassinados, de perder alguém que amo para a violência e a falta de amor e tolerância que falta neste mundo ,de ver crianças sendo espancadas e estupradas e humilhadas diariamente por vizinhos , pais e tios de ver gente se escondendo atrás de uma religião ou de um livro mesmo este sendo sagrado para cometer atrocidades com crianças indefesas , no inferno não poderia faltar políticos corruptos que tiram saúde , educação e oportunidades de varias gerações e não poderia faltar no inferno pessoas homofóbicas , racistas que repassam para seus filhos e amigos o ódio das diferenças e escolhas de vida dos indivíduos , o mundo não vai acabar porque homens gostam de homens, mulheres gostam de mulheres, homens e mulheres se gostam mas vai sim acabar com as pessoas acabando com nossos recursos naturais , com a impunidade que as pessoas que matam ,estupram e agridem recebem . estou aqui agora porque meu pequeno esta com sinusite e estava com febre dei um remédio de febre e estou esperado a febre baixar , mas ele já esta dormido e eu que fico sem dormir ate a febre não baixar, mas é bom que da tempo de ver as opiniões das pessoas e dar as minhas .

  • ro diz: 31 de maio de 2014

    Ainda bem que existem pessoas coerentes nesse mundo! rs
    Todas as vezes que eu assisti e via as duas juntas me questionava o pq de não engolir aquela relação já que pelo jeito a grande “maioria” apoia. Vai saber? Será que eu era a única? Bem dos fatos que não…e entao, sou contra gays? NÃO! Em absoluto! Eu sou a favor da família! Entendo perfeitamente a revolta de todos que se enquadram na categoria GLBT por um único papel gay ser rejeitado. Queridos, a rejeição (digo por mim) é da história dessa relação estranha e confusa. Acha mesmo correto ser feliz a custa da infelicidade do outro? Quantas vezes vimos e passamos por algo assim? Estamos num relacionamento quando de repente nos apaixonamos por outro alguém, é coerente deixar um amor por uma paixão? Repara que falo independente do sexo, falo da atitude. Não!!! Estes testes acontecem muitas vezes durante o namoro ou casamento. Cabe a nós ponderar e decidir pelo que primeiro fez o coração vibrar. Família é algo sério não dá pra jogar tudo pro alto por qualquer paixonite e é por alguns acharem que devemos sim jogar fora que os casamentos estão como estão,Banalizados. Gente! Elas não precisam ficar juntas. Acho que a Marina e a ruivinha seriam perfeitas. Agora,se o que o autor quer que é q sejam um trio, cadu, marina e clara…ahh não cola viu, nesse contexto nem pensar!!!bjs

  • clarina diz: 15 de junho de 2014

    ai gente tdo mundo quer um mundo melhor mais nem se esforçam para melhorar o homosexualismo existi e não vai deixar de existir temos que aceitar e é o que o ator quer passar para as pessoas a novela não influencia ninguem ”fato” mais ajuda as que não se aceitam a se assumir pq ninguem escolhe quem ama simplesmente ama! não é como uma roupa que vc escolhe ter alias muitos dos que falam mau da novela assistem com certeza ou não iam ficar palpitando e se assiste é pq gostam pq tenho certeza que ninguem os força então botem a mão na conciencia e assumam que estão sendo preconceituosos pq se fosse a mulher traindo o homem com outro homem tenho certeza que a maioria não estaria reclamando sejam realista! e comecem a melhorar o mundo deixando o preconceito de lado.

Envie seu Comentário