Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Em Família: Helena dá uma surra em Laerte para defender Luiza

01 de julho de 2014 6
Divulgação, TV Globo

Divulgação, TV Globo

A passividade de Helena (Júlia Lemmertz) diante do casamento de Luiza (Bruna Marquezine) soa um pouco estranho na novela Em Família. Afinal, antes do início do romance, a leiloeira tinha ataques histéricos só de ouvir o nome de Laerte (Gabriel Braga Nunes). Agora, simplesmente se afastou da filha e segue a vida como se estivesse tudo bem. Até o passivo Virgílio (Humberto Martins) já disse poucas e boas para a menina, só Helena continua com cara de paisagem…

Mas as coisas devem mudar nos próximos capítulos, segundo a colunista Patrícia Kogut. Com Laerte cada vez mais doente de ciúmes, Luiza passará por maus bocados e o sofrimento acabará fazendo com que ela se aproxime da mãe. As duas fazem as pazes e Helena até promete ir ao casamento. Como assim, gente? Tudo na maior normalidade, como se Laerte não fosse um louco psicótico?

Enfim, o que importa é que Helena vai tomar uma atitude, apesar de não adiantar muito… Ao ver Laerte arrancar Luiza à força de uma aula de dança, a mãe da garota se intromete:

- Sai de perto dele, filha! … Eu ouvi o que você falou, pelo menos o fim do discurso que eu conheço muito bem. De que armadilhas você vai livrar a minha filha, se é você quem arma todas elas?

Furiosa, Helena parte pra cima do ex-noivo/primo/futuro genro e o enche de tapas. Bem feito! Mas se vocês pensam que Luiza se convence de alguma coisa depois dessa briga, podem esperar sentados. A mimadinha simplesmente grita:

- Não quero ver vocês dois brigando assim, eu vou embora, desapareço pra sempre.

Ai, meu Deus! Quem tinha que levar uma surra é essa menina, não acham?

Após a confusão, Helena confessa a Cadu (Reynaldo Gianecchini) e Verônica (Helena Ranaldi) que já pensou até em matar Laerte para proteger a filha.

- Não sabem o que uma mãe pensa diante de qualquer ameaça a um filho. E não apenas pensa, mas faz. É capaz de fazer - comenta ela, nervosa.

Enquanto isso, Luiza comenta com a amiga Sandra (Roberta Almeida) que está muito triste com essa situação:

- Meu Deus do céu, como é que eu vou entrar numa igreja e casar, nesse clima? Como vou me sentir feliz, sabendo que a minha mãe está morrendo de dor, infeliz, o coração sangrando (…) Ela acredita que ele vai fazer comigo o mesmo que fez com ela. E que eu vou ser infeliz para sempre. Como aconteceu com ela.

Haja paciência… Falta muito pra acabar?

Bookmark and Share

Comentários (6)

  • Clau diz: 2 de julho de 2014

    Pelo visto a ficha não cai na cabeça dessa nojentinha da Luíza. Se Helena matasse Laerte a guria iria culpar a mãe pelo reso da vida. Pior seria pra Helena pois Luíza teria a falsa imagem do psicopata como um homem maravilhosos e só com alguns “defeitinhos’ para o resto da vida. Pior morrer como herói ou vítima do que como um vilão, um algoz… Laerte tem que morrer sim, mas de acidente. Pra mim, o ideal era ele estar dentro do carro dirigindo, perseguindo Luíza ou indo atrás dela em algum lugar em que ela e Helena teriam se escondido dele. Luíza, fuje de Laerte e liga pra mãe pedindo ajuda. Helena vai ao encontro da filha. Laerte descobre e ruma atrás delas. Louco, pega o carro em um dia de muita chuva e alagamentos. As estradas estão com queda de terra e alagadas. Nessa insanidade ele sai do Galpão Cultural e Shirley vai com ele, pois não quer deixá-lo sozinho. No caminho para a serra carioca, eles Laerte perde o controle do carro, devido à velocidade e cai num grande penhasco. Ele e Shirley morrem. O detalhe: ela está usando a Fênix em seu próprio pescoço. Isso porque Helena enviou para Laerte a Fênix, dentro de um envelope. E junto uma carta mandando ele ficar longe de Luíza. Ele vê aquilo como um fim e então fica transloucado. Como Shirley está perto, ela resolve pegar o medalhão sem que ele veja, e coloca em seu pescoço. Como ambos morrem, a Fênix passa sua energia à Shirley, ou seja, o amor que renasce é de Shirley que vai grudar em Laerte por toda a eternidade. Assim, Helena fará uma longa viagem com Luíza, para ambas juntarem os caquinhos da relação mãe e filha. Luíza então decide ficar na Itália, já que ambas estão viajando por lá. Luíza quer estudar História da Arte e ficará na Europa por um bom tempo. Helena fica com ela e depois retorna. Nesse meio tempo Virgílio vai cuidar de sua vida em Goiânia e espera por Helena que ao retornar ao Brasil ficará com o marido em Goiânia. Vai se dividir entre Goiânia e Rio pois terá outra casa de leilão na capital de Goiás.

    Leila será seu braço direito e substituta quando Helena estiver ausente.
    Selma enlouquece de vez e é internada.
    Felipe fica com Sílvia e Cadu fica com Verônica.
    Clara e Marina adotam uma criança. E Clara toma conta do trabalha de Marina.
    Vanessa pede as contas e vai investir na carreira de Flavinha, bem como nela mesma, que agora é sua namorada oficial.

    Juliana fica com Jairo, que tem pegada e ela ADORA. E vai morar na comunidade, porque precisa aprender que a vida não é só perfume francês. Apesar de Nando ser o pai de Bia, é Juliana quem a adota. Ambos fica apenas amigos. E Nando fica com Guiomar que sempre olhou pra ele com jeitinho de interesse e ele no fundo precisa de alguém como ela, só dedicada a ele.

    Chica descobre que príncipe encantado não existe depois de saber da traição de Ricardo coma sobrinha de Erikson. Branca dá muita risada por isso, afinal ela já conhecia o DNA do Ricardinho… e eu aqui, sempre disse que ele é mascarado. Perfeitinho demais para meu gosto. Romântico demais também e como diria o Padre Quevedo “ESTO NO EXISTE!”

    André fica com Bárbara, Alice com o policial, Dulce com o Pedro Paulo, Sandra com o aluno novo de dança (colocaram o rapaz nos 45 do segundo tempo do jogo, prestes a terminar a trama), Matias… coitado, não sei com quem fica.
    Murilo não sei também, talvez com Giselle ou esta fica com Gabriel… Ou este fica com Branca.. ou esta fica com o russo….

    E por favor! acaba logo esta droga!!!! É tudo muito bonitinho, perfeitinho, elegante…

    Uma novela que passou meses como sonífero, dando a impressão que todos vivem bem e têm dinheiro e luxo. Quem vive no morro é malandro,. Empregadas ou são quase escravas – pois não possuem vida própria – ou são safadinhas que transam com seus patrões na ausência das madames. Ou são periguetes da comunidade. ESTA É A VISÃO DE MANOEL CARLOS.

    De resto, pra elevar audiência (não sei pra quem!) colocam briga de facão, bofetadas, surras, gritaria, homens se ajoelhando aos pés de suas mulheres surtadas ou mimadas…. É uma lambança da pior espécia!!!!
    Acho que depois dessa novela, o que vai é LUCRO!

    PS: O que foi o tal BEIJO entre Clara e Marina??? AQUILO foi um BEIJO???????? kkkkkkkkkkkkkkkk… Os selinhos de Hebe Camargo eram mais eróticos!

  • Mari diz: 2 de julho de 2014

    Clau!!! Parabéns! Sua novela é muito melhor que a do Maneco!!!

  • Brisa De Verão diz: 2 de julho de 2014

    Clau é uma pessoa impagável! Deve ser uma figura, pessoalmente. Final bem interessante. Mas o comentário do beijo Clarina… Até meus avós beijam de um jeito mais interessante. E, olhem que eles nem beijam! Mas, sobre essa coisa que dá vontade de vomitar que se tornou Luerte… Me pergunto se ainda tem gente que torce por esse casal. Porque, antes, a gente vinha xingar e sempre aparecia aquela meia dúzia a favor. Aquela meia dúzia que nos fazia pensar… “O que se passa na cabeça dessas pessoas?’ Eu quero que morra Laerte e Luíza porque nunca vi uma pessoa tão cega na minha vida. Aposto que, nem se levasse uma surra de raquete (a la Mulheres Apaixonadas), Luiza veria que aquele homem é doido! Acho que se ele morre, ela se mata. Sério, o amoré cego mas isso não é amor, é uma doença!

  • Jamile diz: 2 de julho de 2014

    Também sou fã da Clau!! Venho sempre aqui não só pelo blog, mas pra ler os comentários dela!

  • Lana diz: 2 de julho de 2014

    A Clau é a melhor…deveria investir nisso!!!

  • Clau diz: 5 de julho de 2014

    Gurias! Estou pensando seriamente em substituir Manoel Carlos ou pelo menos ser sua assistente quando este estiver cansado de pensar. kkkkkkkkkkkkkk…. Obrigada pelo incentivo. Às vezes me irrito com tanta coisa sem nexo na trama. No capítulo de quinta-feira, por exemplo, eu assisti pela internet no site da novela. Contei o tempo. A novela inteira levou uns 54 minutos. Desses 54 minutos a grande maioria foi Virgílio fazendo um procedimento cirúrgico, Chica, Helena e Luíza conversando na feirinha no Leblon, Laerte surtado, Laerte seduzindo Lívia, Laerte brigando com Luíza…. Ou Selma falando com o fantasma do Itamar. Verônica e Sílvia disputando Cadu… E pensei comigo mesmo… QUE NOVELA CANSATIVA!!! Sério gente! Comecei a fazer uma contagem regressiva pra esta novela terminar logo e começar a próxima. Não aguento mais enxergar as mesmas caras. E pior é que ela vai terminando e não tem algo a mais pra prender a atenção. Ainda as conversas bobas, os contos de fadas, os surtos… Luíza defendendo Laerte, oferecendo carona para a mãe e Chica DENTRO do carro de Laerte e este dirigindo. Ainda Luíza critica a própria mãe por esta não querer a carona. Será que sou eu que sou muito moralista, hein???? Porque não entendo como as pessoas brincam com os sentimentos alheios assim… Marina não dá um chega-pra-lá definitivo em Vanessa e esta fica ali, obsessivamente esperando por algo que jamais terá de volta.
    Sílvia fala abertamente com Felipe sobre seu interesse por Cadu, mesmo sabendo que Felipe a ama. Luíza não se constrange em deixar a própria mãe numa saia-justa perante Laerte… Puxa vida!!! Isso é ser elegante? como assim?? Eu devo viver num mundo a parte…. Só pode ser isso! Não sei o mundo que Manoel Carlos vive… Não acredito que essa elite exista de fato. Acho que só na mente de Maneco. Ai que saudades de Por Amor… Laços de Família… Mulheres Apaixonadas…

Envie seu Comentário