Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 21 julho 2014

Deborah Secco será filha de Francisco Cuoco em Boogie Oogie

21 de julho de 2014 1
Divulgação, TV Globo

Divulgação, TV Globo

Hora de renovação na teledramaturgia da Globo. O Rebu estreou no horário das 23h, Império entra no ar amanhã às 21h e Meu Pedacinho de Chão sai de cena em breve para dar lugar a uma nova trama.

Boogie Oogie estreia dia 4 de agosto e promete ser uma trama alegre e divertida. A novela se passa em 1978 e o clima deve lembrar bastante o sucesso Dancin’ Days.

Depois de estrelar várias tramas no horário nobre, Deborah Secco está de volta aos finais de tarde. A última participação dela em uma novela das seis foi em A Padroeira, de 2001. De lá pra cá, já vieram Sol, Natalie Lamour, Darlene e outras personagens de sucesso.

Em Boogie Oogie, Deborah será a aeromoça Inês, uma moça batalhadora que reforça o orçamento trazendo mercadorias do exterior para revender por aqui. A maior preocupação dela é com o pai, Vicente (Francisco Cuoco), um homem mal-humorado e que insiste em morar sozinho. Teimoso, ele vive implicando com os cuidados da filha.

A julgar pelo clima descontraído durante as gravações, essa dupla promete ser um sucesso.

Bookmark and Share

Saiba por que Império deve ser melhor do que Em Família

21 de julho de 2014 14

 

Sai, Manoel Carlos, entra Aguinaldo Silva no horário nobre. A mudança de autor promete atrair o público de volta para a frente da televisão, afinal, se depender de alguns fatores, vem sucesso por aí.

Confiram alguns motivos que antes mesmo da estreia já tornam Império melhor do que Em Família:

 

- Vilões de peso

Se Em Família tinha como um dos pontos negativos a falta de um bom vilão, a nova trama terá maldades de sobra. Drica Moraes, Lilia Cabral, Paulo Betti e Caio Blat prometem aprontar muito na telinha. Alguém duvida da capacidade de Aguinaldo Silva para criar vilões? Só digo duas coisas pra vocês: Nazaré Tedesco e Perpétua.

 

- Mocinhas fortes e batalhadoras

As chatíssimas Helena (Júlia Lemmertz) e Luiza (Bruna Marquezine) saem de cena e dão lugar a mocinhas pelas quais vale a pena torcer e se identificar. Maria Clara (Andreia Horta) e Cristina (Leandra Leal) se apaixonarão pelo mesmo homem, mas nem imaginam que além de rivais são também irmãs.

 

- O anti-herói

Em Família pecou muito pela confusão de personalidade de Laerte (Gabriel Braga Nunes). Ele começou violento, depois ficou meses inexpressivo, até voltar a ser psicopata na reta final. Império traz Alexandre Nero na pele de um homem ambicioso, cheio de fantasmas do passado, mas que no fundo é apenas uma pessoa amargurada pela vida e que perdeu a esperança de ser feliz. Um protagonista mais humano, com defeitos e qualidades, muito mais real.

 

- Idades mais coerentes

Em Família confundiu o público ao mostrar Natália do Vale como mãe de Júlia Lemmertz, Vanessa Gerbelli como tia-avó de Bruna Marquezine e por aí vai… Em Império, Alexandre Nero (44 anos), interpreta o pai de Andreia Horta (31 anos) e Caio Blat (34 anos). A diferença é que conseguimos imaginar Nero como um homem de 50 e poucos anos devido à caracterização do personagem. O importante em novelas não é “ser” mais velho ou mais jovem, mas sim “parecer” ter a idade que o personagem pede. Sentiram a diferença?

 

- Núcleo cômico

Manoel Carlos tentou inserir algumas cenas cômicas em sua trama, mas a vontade era de chorar de tanta vergonha alheia. Império deve divertir o público com as personagens Xana Summer (Ailton Graça), Juju (Cris Vianna) e Naná (Viviane Araújo).

 

- Atores fora da zona de conforto

Um dos méritos de Império deve ser colocar atores em papéis bem diferentes aos quais estão acostumados. Marina Ruy Barbosa deixa a ingenuidade de lado e dá vida a uma jovem sensual e provocante. José Mayer, o eterno “pegador” das novelas, será um gay enrustido. Paulo Betti, geralmente em papéis mais sérios, encara o desafio de ser uma “bicha má” divertidíssima. Isso sem falar em Ailton Graça, que promete surpreender como o travesti Xana Summer.

 

- Autor de sucessos

Aguinaldo Silva se vangloria, e com razão, de ser responsável pelos maiores sucessos de audiência da história das novelas. Mesmo as tramas mais fracas dele, como Duas Caras e Fina Estampa, tiveram muito mais sucesso do que Em Família.

 

- Boa música

Só pelo tema de abertura, já vai valer a pena parar na frente da telinha. “Lucy in the sky with diamonds”, dos Beatles, embala a nova trama. Bem mais empolgante do que o “Vida, vidaaaaaa” de Daniel e “Eu sei que vou te amar” na voz de Ana Carolina, né?

Bookmark and Share

Novidade no ar! Conheça os principais personagens de Império

21 de julho de 2014 0

Segunda-feira pode ser um dia chatinho pra muita gente, mas a boa notícia é que hoje tem estreia de novela, eba! Não sei vocês, mas eu adoro ver primeiro capítulo de novela, mesmo que depois a trama acabe ficando chata e eu desista de acompanhar.

Na expectativa pela estreia de Império, vamos conhecer os principais personagens criados por Aguinaldo Silva? Aliás, a maioria deles a gente já cansou de ver na telinha, mas na arte pouco se cria, muito se copia.

 

Alexandre Nero é o Comendador José Alfredo, um homem que fez fortuna após achar uma mina de pedras preciosas. Hoje em dia, a fortuna da família é disputada pelos três filhos do milionário, isso sem contar uma filha perdida que deve aparecer mais adiante. Já viu isso em outra novela? Eu também! José Alfredo é um novo Waldomiro Cerqueira, papel de José Wilker em Suave Veneno.

Fotos: Divulgação, TV Globo

 

 

Maria Marta (Lilia Cabral) sabe muito bem que o casamento não tem mais jeito, mas adora infernizar a vida de José Alfredo. Lilia Cabral revive a “mulher amargurada que atormenta o marido”, assim como a Tereza de Viver a Vida.

 

Maria Clara (Andreia Horta) é a filha preferida do Comendador, e é claro que isso causa muita inveja em seus irmãos.

233582

 

José Pedro (Caio Blat) é o “filho mais velho que sonha em assumir o lugar do pai”. Assim como o Reginaldo (Eduardo Moscovis) de Senhora do Destino, José Pedro flerta com a bandidagem e chega a ser responsável pela morte de um homem.

 

João Lucas (Daniel Rocha) é o típico rebelde sem casa, o filho caçula que  só apronta e vive dando dor de cabeça para os pais.

233580

 

Cora (Drica Moraes) é a grande vilã da história, sempre morreu de inveja da irmã Eliane (Malu Galli), tanto que no passado a separou de José Alfredo. Ao descobrir que a sobrinha é herdeira de uma fortuna, a malvada fará de tudo para lucrar com essa história.

233238

 

Cristina (Leandra Leal) é a mocinha batalhadora da história. Após a morte da mãe, ela descobre que seu pai verdadeiro é José Alfredo e, portanto, tem direito a uma grande fortuna. Mas como toda mocinha humilde de novela, ela deve demorar a lutar pelos seus direitos, ainda mais que terá que disputar a herança com os irmãos.

233256

 

Tuane (Nanda Costa) preenche a cota de periguetes da novela. Assim como Teodora (Carolina Dieckmann) em Fina Estampa, Tuane também abandonou o filho com o pai e volta para recuperá-lo após ficar milionária.

233391

 

Paulo Betti será o “gay do mal” Téo Pereira. Blogueiro de fofocas, ele sonha em desmascarar seu maior desafeto, Cláudio (José Mayer) e arrancá-lo à força de dentro do armário. Com a ajuda de sua fiel escudeira, Érika (Letícia Birkheuer), ele vai atormentar a vida de muitos poderosos, inclusive de José Alfredo.

Se depender desse elenco e dos personagens marcantes, essa novela tem tudo para ser um sucesso.

 

Bookmark and Share