Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Premiação de TV consagra Amor à Vida e "esquece" Em Família

29 de julho de 2014 7
AgNews

AgNews

Ontem à noite ocorreu mais uma edição do Prêmio Contigo de Televisão, uma das premiações mais importantes para os profissionais da telinha.

O mais curioso (mas previsível) foi o fato de Em Família não ter levado nenhum prêmio. A grande vencedora da noite foi Amor à Vida, que ganhou quase todos os troféus.

Injustiça com Manoel Carlos e com os atores de Em Família? Claro que não. O fato de ter sido esquecida em uma premiação tão importante só confirma que a novela foi um dos maiores fracassos dos últimos tempos. Por melhor que fosse o elenco, a história fraca não deixou ninguém se destacar.

Amor à Vida, apesar dos muitos defeitos, pelo menos movimentou mais o público, principalmente devido à atuação de Mateus Solano e seu inesquecível Félix. Adivinhem quem levou o prêmio de melhor ator ontem à noite?

Bom, vamos aos ganhadores e minhas opiniões (favoráveis ou não) do Prêmio Contigo de TV:

 

MELHOR NOVELA: Amor à Vida
Talvez não tenha sido a melhor, mas sim a “menos pior”. Pela qualidade da história, eu votaria em Joia Rara ou Meu Pedacinho de Chão.

AgNews

AgNews

 

MELHOR DIRETOR: Luiz Fernando Carvalho, por Meu Pedacinho de Chão.
Merecidíssimo. A novela é mesmo de encher os olhos e encanta o público.

 

MELHOR ATOR: Mateus Solano
Impossível pensar em outro nome, troféu mais do que merecido.

AgNews

AgNews

 

 

MELHOR ATRIZ: Vanessa Giácomo
Justo. A morena arrasou como a fria Aline em Amor à Vida.

AgNews

AgNews

 

 

MELHOR ATOR COADJUVANTE: Thiago Fragoso
Já que Mateus Solano foi o melhor ator, nada mais justo do que seu par romântico também fosse premiado. Se houvesse o prêmio de “melhor casal”, também seria deles.

AgNews

AgNews

 

 

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE: Elizabeth Savalla
Ótima escolha, a ex-Chacrete Márcia roubou todas as cenas.

Divulgação, TV Globo

Divulgação, TV Globo

 

 

MELHOR ATRIZ INFANTIL: Mel Maia
Destaque em Avenida Brasil, a fofíssima surpreendeu mais uma vez em Joia Rara. Eu destacaria ainda Geytsa Garcia, a Pituquinha de Meu Pedacinho de Chão.

AgNews

AgNews

 

MELHOR ATOR MIRIM: Tomás Sampaio
O Serelepe de Meu Pedacinho de Chão mostra que tem talento de gente grande.

AgNews

AgNews

 

MELHOR ATOR DE SÉRIE: Cauã Reymond
Ele também participou de O Caçador, mas foi em Amores Roubados que arrasou como o sedutor Leandro.

AgNews

AgNews

 

 

MELHOR ATRIZ DE SÉRIE: Dira Paes e Fernanda Montenegro
Dira foi premiada por seu trabalho em Amores Roubados, mas a premiação também consagrou o talento indiscutível de Fernanda Montenegro, a Dona Picucha de Doce de Mãe.

AgNews

AgNews

 

 

Revelação: Tatá Werneck
A Valdirene de Amor à Vida foi o grande destaque do ano, mas eu escolheria também Paula Barbosa e Irandhir Santos, ótimos em Meu Pedacinho de Chão.

AgNews

AgNews

 

 

Melhor minissérie ou série: Amores Roubados
Boa produção, mas minha favorita foi Doce de Mãe, simples e tocante.

AgNews

AgNews

 

Prêmio Mulheres Extraordinárias: Dira Paes

AgNews

AgNews

Homenageada da noite: Nathalia Timberg

AgNews

AgNews

Bookmark and Share

Comentários (7)

  • Laura diz: 29 de julho de 2014

    Eu não gostava de Amor à Vida, nem da novela da Carminha, a Tatá escandalosa, o Matheus meio chatinho, a menina Mel nada demais…
    O menino Tomás está uma gracinha em Meu Pedacinho de Chão.

  • Ana Paula diz: 29 de julho de 2014

    Melhor casal pra eles? É muito mais fácil fazer uma história rodar em 1 mês ou 1 mês e meio. Niko era casado com o Eron, quando um casal fica muito tempo junto em uma novela a rotina os torna chato.

    Todo mundo baba ovo do Niko e do Felix como se eles tivessem ficado junto a novela inteira… eles ficaram juntos, foi bonito, mas foi super rápido.

  • Ana Paula diz: 29 de julho de 2014

    É a mesma coisa que vc comparar uma novela a uma série.
    Obvio que a série é mais interessante… são apenas 24 dias uma novela tem cento e lá vai capitulos…

  • giovanna menezes diz: 29 de julho de 2014

    as duas foram chatas

  • Clau diz: 29 de julho de 2014

    O que mais passou além da MALA Em Família e Amor à Vida? para ser premiado. A segunda começou muito bem, mas depois decaiu e houve muitos erros. Porém a temática foi boa. Pessoas se arrependem do que fazem, principalmente depois de passar por provações. A pior provação de Félix foi ter empobrecido e depender do afeto e boa vontade de Márcia, pessoa a qual ele sempre humilhou. Mateus Solano PERFEITO como Félix. E Thiago Fragoso igualmente, como Niko.
    E sinceramente oque mais me chamou a atenção na trama de Walcyr Carrasco não foi o amor gay e sim a relação entre PAI E FILHO. Graças a Deus não me pego nessas “coisinhas” sobre gays ou lésbicas. São pessoas, apenas isso, como todo mundo. A trama de WC mostrando um pai tirano e intransigente e que no final precisou do amor e apoio do filho que tanto rejeitou, me tocou muito mais que qualquer beijo gay na trama.

    NÃO! Não é casal perfeito pra ELES. É casal MAIS QUE PERFEITO PRA MIM TAMBÉM. Muito melhor que Clara e Marina. Ambas foram lindas e chics. Mas só. Apesar de ter achado interessante a temática de uma mulher casada e mãe se interessar por outra mulher, faltou mais entusiasmo de Maneco para mostrar a realidade da vida de tal mulher, no caso Clara. Se ele tivesse se aprofundado mais na relação dela como o então ex-marido, a disputa pela guarda do filho, na justiça, o preconceito que sofreria da sociedade e de coleguinhas do filho…. A REALIDADE, faltou ali. Maneco preferiu fazer uma dramalhão HOSPITALAR de sua novela. O cardíaco digno de piedade e a esposa lésbica suspirando pelos cantos. ENCHEU!
    Além de enfiar surtados, depressivos, psicóticos, esquizofrênicos… Um manicômio inteiro numa mesma trama. Ah sim! não esquecendo o viciado em álcool que também passa pela ala psiquiátrica. Nem poderia receber prêmio algum. Provavelmente Maneco receba ainda um prêmio. Mas da OPAS e OMS (Organização Pan-Americana da Saúde / Organização Mundial da Saúde)

    Vanessa Giácomo enfim foi honrada. Assim como Dira Paes também. Eu daria o prêmio a Cauã Raymond mais por O Caçador do que por Amores Roubados. Gostei mais dele nessa série. Ali havia um ATOR e não somente um gostoso da Globo. Espero que ele invista cada vez mais nisso, em tramas que usem seu talento, que é muito, mas oculto pela beleza e charme.

  • Carlos diz: 30 de julho de 2014

    Conta-se nós dedos os conflitos explorados em família a novela realmente foi chata com um final pior ainda

  • Ionara diz: 30 de julho de 2014

    Michele, concordo totalmente com você sobre revelação, eu votaria no Irandhir Santos. Mas como novela das nove tem mais repercussão, né? No mais, acho que tá coerente.

Envie seu Comentário