Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Boogie Oogie: Rafael pode perder licença para pilotar

18 de agosto de 2014 4
Estevam Avellar, TV Globo

Estevam Avellar, TV Globo

Alguém espanta a nuvem cinza que paira sobre Rafael (Marco Pigossi), por favor? Desde o primeiro capítulo de Boogie Oogie, o bonitinho anda numa maré de azar, e as coisas vão piorar ainda mais…

Depois de quase morrer em um acidente de avião e ser salvo por Alex (Fernando Belo), Rafa começou a ser acusado por Sandra (Isis Valverde) de ser o responsável pela morte de seu noivo. Justo ela, a moça por quem o piloto havia se apaixonado dias antes. Pra piorar, o rapaz vem sendo pressionado pela família a se casar com a mimada Vitória (Bianca Bin), já que a moça é milionária.

No capítulo desta segunda-feira, Rafael vê sua vida piorar ainda mais. Prestes a perder sua licença para pilotar, ele desabafa com os tios sobre o acidente:

- Já repassei o momento do acidente na minha cabeça um milhão de vezes, cada detalhe. O motor falhando… Os comandos não respondiam… Uma fumaceira… Eu com medo de cair em cima de uma casa, matar pessoas.

Depois de toda a fantasia de Meu Pedacinho de Chão, a Globo resolveu apostar no clássico “novelão” no horário das seis, e foi um tiro certeiro! Boogie Oogie atraiu a atenção do público, seja pela coleção de clichês (moça abandonada no altar, amor à primeira vista, troca de bebês…), seja pela reconstrução fiel da década de 1970, a trama de Rui Vilhena teve ótima repercussão e boa audiência nos primeiros capítulos. Isso sem falar na trilha sonora maravilhosa, que dá vontade de dançar no meio da sala. Império e Boogie Oogie provam que é o “mais do mesmo” que faz sucesso, pode ser um investimento muito mais seguro do que inovações como Geração Brasil e Além do Horizonte. Será que é do bom e velho “novelão” que o povo gosta?

 

Bookmark and Share

Comentários (4)

  • Fabio diz: 18 de agosto de 2014

    Reconstrução fiel dos anos 70? Ah para.
    Tirando o cara que usa a camisa aberta o tempo todo, o figurino passa muito longe daquelas roupas ridículas que se usava nos anos 70. Vocês não tem fotos de pais e tios naquela época, por acaso? Era um festival de sapato de salto, ternos xadrez e ombreiras. Nada disso aparece na novela.

  • ed diz: 18 de agosto de 2014

    Eu tenho 17, minha irmã 25, minha mãe 43 e minha tia mais de 50 e todas nós adoramos um clichê quem não gosta basta mudar o canal e ir pra Warner Bros

  • Nina diz: 19 de agosto de 2014

    Eu penso que quem gosta de novela quer mesmo é assistir a um bom NOVELÃO!
    Porque quem prefere inovações, normalmente não olha novela e busca outras coisas, como seriados americanos, vídeos na internet, etc.

    O que não entendo é como as pessoas que trabalham diariamente com isso não se dão conta de algo tão simples…

  • Karla diz: 19 de agosto de 2014

    Adoooro o Pigossi, ótimo ator e muito lindo. Só acho que o personagem está um pouquinho chato, mas pode melhorar.
    Em relação à novela, amooo!! Eu era bebê nessa época, mas lembro de várias modas/objetos que alguns anos depois ainda eram muito usados, como máquina de escrever, telefone de discar, máquina de moer carne, etc.
    Acho que os figurinos estão sim de acordo (comparados com os álbuns de fotos antigos dos meus pais). Só os cabelos que estão um tanto qto “modernos”. O que mais retrata a época é o da Gilda, com aquele repicado estilo Panteras.
    A novela é tão boa que estou gostando até da Bianca Bin (que sempre achei fraca e sem sal), ela está se saindo muito bem como vilãzinha mimada!

Envie seu Comentário