Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Nathalia Timberg fala sobre personagem lésbica em Babilônia: "Deve ser abordada de forma natural"

28 de agosto de 2014 2
Estevam Avellar, TV Globo

Estevam Avellar, TV Globo

Por mais que a sociedade esteja mais aberta à abordagem da homossexualidade em novelas, casais gays da ficção sempre acabam causando certa polêmica. Mas e se esses personagem forem interpretados por duas das maiores atrizes do Brasil, como será a aceitação do público?

Em Babilônia, próxima novela das 21h, Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg prometem surpreender como duas lésbicas, casadas há mais de 50 anos. Com a experiência de seus 85 anos, Nathalia acredita que não há por que continuar nessa discussão:

- Nós temos é que acabar com esse enfoque de casal gay. Essa história deveria vir tranquila, abordada de forma natural.

A atriz ressaltou, segundo o Uol que a sociedade precisa entender e aceitar as diferenças:

- É a vez da sociedade acolher isso com uma abertura, para entender que nosso universo é variado. Nós ficamos ainda com aquele frisson de escândalo.

Nathalia Timberg acredita que o importante são os conflitos dos personagens, e não a orientação sexual. Se o objetivo é quebrar mais uma barreira contra a homofobia, a trama de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga deve ser mais um marco na televisão brasileira.

Em Império, por exemplo, não é o fato de Cláudio Bolgari (José Mayer) ser um gay enrustido que interessa, mas sim o estrago que a revelação desse segredo pode causar na família. Aguinaldo Silva questiona se alguém tem direito de levar a público a vida pessoal de outra pessoa, afinal, se alguém quer viver “no armário”, o que os outros têm a ver com isso? É essa a grande questão. E como comentou a grande Nathalia Timberg na entrevista, os conflitos devem ser o enfoque principal de todas as novelas, não uma discussão inútil sobre ter ou não beijo gay.

 

Bookmark and Share

Comentários (2)

  • Clau diz: 29 de agosto de 2014

    - Nós temos é que acabar com esse enfoque de casal gay. Essa história deveria vir tranquila, abordada de forma natural.

    - É a vez da sociedade acolher isso com uma abertura, para entender que nosso universo é variado. Nós ficamos ainda com aquele frisson de escândalo.

    Falou tudo Nathalia!!!!

  • carlos diz: 29 de agosto de 2014

    No caso dela chama atençao nao por ser uma lesbica e sim pq ela vai viver o personagem e pela tv nunca ter abordado isso antes. Quando uma pessoa tem uma carreira como a dela ate se interpretar uma cadeira vai virar noticia. Creio que a sociedade esta no caminho certo mesmo tendo muito que avançar esses ultimos anos teve grandes avanços

Envie seu Comentário