Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Faltou alguma coisa: O Rebu merecia um final melhor

14 de setembro de 2014 16
Estevam Avellar, TV Globo

Estevam Avellar, TV Globo

Foram dois meses de muito suspense, ótimas atuações, fotografia impecável e qualidade indiscutível. Mas depois de assistir ao capítulo final, senti que O Rebu ficou devendo alguma coisa.

A revelação de que a verdadeira assassina de Bruno (Daniel de Oliveira) foi Angela (Patrícia Pillar) não me surpreendeu. Para proteger Duda (Sophie Charlotte), a megera não só deixou o rapaz dentro do freezer, como diminuiu a temperatura, matando-o de frio e sufocamento. Cúmplices do primeiro ao último capítulo, Duda e Angela foram castigadas.  jovem acabou sendo presa e assumiu o crime sozinha. A milionária, que fazia tempo que estava na mira do assassino de aluguel Severino (Cláudio Jaborandy), levou um tiro certeiro nos últimos minutos da trama.

Tudo encaixadinho, sem furos e coerente. Mas então, por que muita gente não curtiu? Acho que faltou o elemento surpresa no final, até porque o penúltimo capítulo já havia revelado metade do mistério. No desfecho, aconteceu tudo rápido demais e não deu tempo de nos fazer refletir sobre a qualidade da história.

Qualidade esta, que é indiscutível. Um elenco competente deu brilho a uma história envolvente, mas não salvou a novela da confusão causada pelos inúmeros flashbacks e pela demora no andamento das investigações. A história poderia muito bem ser contada em forma de microssérie, com 5 a 10 capítulos, preservando o que havia de positivo e consertando os erros que a longa duração provocou. Além disso, os horários de exibição desse tipo de série sempre acabam sendo um inconveniente para o público. O fato de não exibir o capítulo de quarta-feira por causa do futebol também confundiu bastante o telespectador. Foi difícil se manter fiel a uma produção que começava a cada dia num horário diferente…

Falhas à parte, O Rebu provou que a Globo tem material e condições de criar um produto de alta qualidade, que não fica devendo em nada aos melhores seriados americanos. Talento de atores, roteiristas, produção e direção, pelo que pudemos ver, é algo que temos de sobra.

E vocês, o que acharam do final de O Rebu?

Bookmark and Share

Comentários (16)

  • Jorge Marinho diz: 14 de setembro de 2014

    Previsível demais, mais muito interessante, só ficou faltando acertar os dias e horários da exibição.

  • Régis diz: 14 de setembro de 2014

    Como sempre, material reciclado. O que virá em seguida? Os ossos do Barão? O bofe?

  • Carla diz: 14 de setembro de 2014

    Obrigada Michelle pelo post. Afinal ainda hoje havia “reclamado” a falta dele :) Foi um final algo previsível, mas ainda assim estou a gostar da história. Em Portugal ainda não acabou e acompanho-a desde o início. Do final só não entendi porque a Duda quis colocar o amado no congelador, por vingança do caso dele com Gilda? Por questões da empresa?

  • Carlos diz: 14 de setembro de 2014

    Deveria ter sido 15 capítulos no geral foi genial ,só acho que a melhor programação da globo passa muito tarde os melhores filmes e programas eles colocam de madrugada não tem como assistir.

  • Mauricio diz: 14 de setembro de 2014

    Tb não gostei muito do final ……a produção realmente de qualidade tanto direção e atores ….só achei aquele delegado devagar demais …..e ainda por cima quantas coisas aconteciam na cara deles e eles so descobriam depois …..fora que o assassino de aluguel eles não conseguiram prender …..não gostei de a Angela ser a assassina e ser assassinada no final ….ficou muito obvio que ela teria matado o Bruno …gostaria que tivesse sido outro personagem …..pra poder confundir nossas cabeças …..o horário tb não ajudou …..qto uma atração é boa fica jogado sempre em horários que nem sempre é possível poder acompanhar …..Parabêns a todos envolvidos na produção …..

  • Jussara diz: 14 de setembro de 2014

    Eu não entendi porque a policia abandonou a casa sabendo que tinha um matador querendo matar a Angela e ele não tinha sido preso. A casa de uma hora para outra ficou vazia,todo mundo sumiu, e a própria Angela se expor sabendo que corria risco de ser assassinada.Tudo muito rápido.Não gostei do último capitulo mas foi um seriado maravilhoso!

  • Clau diz: 14 de setembro de 2014

    Em relação ao horário, sempre acontece isso, mas também não se pode exigir muito, pois há o tenebroso horário – OBRIGATÓRIO – (coisa ridícula) político. E isto já cansa o telespectador, porque depois vem a novela e tudo atrasa. Quem precisa acordar cedo, já reclama.

    Também muito agente não gosta desse estilo de trama, não quiser pensar, não se interessa e prefere as traminhas mastigadas, misturando periferia com alta sociedade, filhos bastardos, e coisas assim. É questão de gosto mesmo.

    Gostei do final e achei coerente. Ângela enfim mostrou ter o sangue frio que tem. Embora ainda sou da opinião que a personagem, tão inteligente, subestimou a polícia e perícia. Mesmo jogando dentro da piscina, se morto já estava, era evidente que saberiam que ele não morreu afogado. Nisto os autores erraram.

    Quanto ao fator surpresa, também queria. Acho que ultima vez que assisti uma trama com fator surpresa no final no ‘quem matou’, foi na novela A Próxima Vítima, de 1993 ou 94… Jamais esquecerei que no último capítulo, quando o detetive reuniu todos na grande sala da matriarca Filomena e discorrendo sua investigação olha fixamente para o assassino em série. Não me recordo qual personagem estava na frente dele até confundiu o público, pois parecia que o detetive estava olhando para tal personagem. Na verdade o assassino estava atrás deste personagem, era ele! Adalberto (Cecil Thiré).

    Depois desta novela, as demais que vieram com o mesmo tema do Quem Matou, não ocorreu surpresa alguma. Em Celebridade, por exemplo, eu não gostei de Laura ter matado Lineu. E todas novelas com esta temática, os assassinos estão óbvios. Pensa-se ter uma grande surpresa e no final é tudo óbvio.

    Eu imaginava que Duda tivesse batido com o troféu na cabeça de Bruno e pensado que o tivesse matado. Também imaginei que Ângela soubesse de tudo. Mas jamais imaginaria que as duas, sozinhas o jogaram dentro da piscina.
    O tal homem que arrastava outro, pareceu suspeito e na verdade era Zé Maria tirando da chuva um bêbado.

    Mas olha, gostei sim, demais! Muito boa a trama! E espero que venham mais, até os Ossos do Barão!!! rsrs…. Pois se os autores atuais não conseguem mais ter criatividade, que peguem essas tramas antigas e refaçam seu texto. Deu certo com O Astro, agora com O Rebu, com Gabriela também. Por que não inovar o já escrito?? Acho que seria ótimo, só que colocado no horário nobre, às 21 horas. Pois 23 horas, muita gente está querendo dormir ou já está dormindo.
    Tramas reescritas, às 21 horas com tempo de duração de capítulos como uns 30 minutos, não cansaria ninguém.

    Parabéns equipe, elenco, roteiristas de O Rebu!!! Sensacional! Primoroso! Genial! Amei!!! e até que rever a trama. Agora, já sabendo quem matou, pra obter mais detalhes que possam ter passado batido. Sem contar as músicas… Muito bom! Enredo, direção, elenco.. tudo bem equilibrado e perfeito!

  • Daniela diz: 15 de setembro de 2014

    Assim como outros telespectadores eu também esperava mais do final de O Rebu . os personagens Angela e Braga tinham personalidades idênticas e podemos entender que tiveram o mesmo final uma vez que Braga estava com uma doença incurável . desde o início suspeitei da Duda só que imaginava que ela se revelaria no final como uma psicopata que teria inclusive planejado o acidente que matou o marido , os filhos da Angela e sua própria mãe . em síntese , ficou aquela sensação de que O Rebu foi uma trama com um potencial mal aproveitado , que poderia ter rendido bem mais. Concordo com aqueles que reclamaram do horário sempre inconstante e , em alguns dias com capítulos muito pequenos .

  • AChagas diz: 17 de setembro de 2014

    Não gostei do último capítulo e, para mim, comprometeu a obra, que estava indo prá lá de bem. O Pedroso que parecia exemplar não protegeu a Ângela como havia prometido, idealizou o vazamento do dossiê para a impressa, não prendeu o Severino, não provou a ligação da Ângela com o crime… O final romântico com a Rosa foi lamentável, uma vez que trabalhavam juntos e já haviam se separado. A Ângela como assassina foi um final muito pobre. Eu apostava em Bernardo ou outro qualquer, em um final mais interessante, mais ao estilo gato e rato. A morte da Ângela, beirou ao ridículo, um vez que todos sabiam da existência e da proximidade do Severino… Enfim, o último capítulo me deixou com a sensação de que perdi meu tempo. Assisti, mais uma vez, mais do mesmo.

  • Carla diz: 18 de setembro de 2014

    Em Portugal vai terminar esta semana. Pelos comentários imagino que não vai ser inesquecível, paciência, ainda assim foi uma série que primou pela qualidade, o que é raro.
    Em relação aos horários, não se queixem. Aqui são bem mais sofríveis: temos duas novelas durante o dia (sendo a “senhora do destino” que já tinha dado(!) e “em família” (essa novela insonsa!). À noite começa “amor à vida” por volta das 23 hrs, e depois começa lado a lado (que raio de horário para uma novela tão interessante!!) e finalmente por volta das 0:20 “o rebu”!
    Digam-me lá se estes horários são melhores que os vossos?!

  • Carla diz: 19 de setembro de 2014

    ah, aquela história da Duda usar 2 lindos vestidos numa só noite sempre achei muito estranha. Agora entendo o porquê, ele ficou suja com o sangue do Bruno, daí ter trocado.

  • Kátia diz: 19 de setembro de 2014

    Achei péssimo o final. Indiscutível a qualidade da trama, tinha tudo para ter um final espetacular ! A Maria Angelica merecia ficar com o Alan.
    A prisão da Duda foi muito sem graça… a morte da Angela então o ERROOOOO !!! A Dira Paes na personagem da Rosa também não gostei, muito forçado e o final dela com o Pedroso foi horroroso, achei q ele ia mesmo se apaixonar pela Angela .
    Uma trama perfeita com um final ridículo, o que vem acontecendo , como no caso de Amores roubados q teve aquela cena final patética !

  • Carla diz: 20 de setembro de 2014

    Alguém me pode explicar o porquê da morte do Pierre, quem matou e o motivo? Não vi alguns episódios e no último episódio não foi explicada essa morte..

  • Carla diz: 21 de setembro de 2014

    Olá Michelle. Pode me explicar o motivo da morte do Pierre? Eu não vi alguns episódios. Obrigada

Envie seu Comentário