Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Imperdível: Elenco de estrelas e histórias polêmicas em nova série do Fantástico

08 de novembro de 2014 5
Estevam Avellar, TV Globo

Estevam Avellar, TV Globo

A nova série de teledramaturgia do Fantástico promete ser um sucesso. Apenas alguns motivos pra eu ter certeza disso:

- Susana Vieira, Mariana Ximenes, Carolina Dieckmann e Marjorie Estiano como protagonistas. Além do resto do elenco, que traz Antonio Calloni, Mel Maia, Paula Burlamaqui e outros.

- Direção da talentosíssima Amora Mautner.

- Texto inspirado no livro de Marília Gabriela, sobre as “mulheres que amam demais”.

- Histórias polêmicas, envolvendo abuso sexual na infância, homossexualidade e cenas picantes.

Pois é, só acho uma pena que não tenham criado um seriado à parte, exibido durante a semana no horário nobre. “Eu que amo tanto” estreia no Fantástico neste domingo, como uma tentativa de ressuscitar a dramaturgia dentro do programa.

Vale lembrar que isso deu muito certo na década de 1990, com “A vida como ela é”. Recentemente, produções como “A mulher da sua vida” teve pouca ou nenhuma repercussão. O Fantástico nem de longe manteve o sucesso que teve anos atrás, por isso tudo o que é veiculado no programa acaba passando batido.

Espero que essa nova série atenda às expectativas, vale a pena dormir mais tarde domingo à noite pra conferir a estreia. Depois conto pra vocês o que eu achei da novidade.

Bookmark and Share

Comentários (5)

  • Zeus diz: 9 de novembro de 2014

    Acho q tem uma ali que não combina muito…

  • Suzan diz: 9 de novembro de 2014

    Meu Deus, como é linda essa Marjorie. Como diria Nazaré Tedesco: “Impressionante como o tempo só te valoriza!”

  • Amanda diz: 9 de novembro de 2014

    Impossivel ver Susana Vieira e Carol Dieckmann juntas (mesmo que em uma foto) e não lembrar de Do Carmo e Isabel , impressionante!

  • Clau diz: 10 de novembro de 2014

    Eis uma série que de fato, deveria ser fora do Fantástico. Isso aí é pra elevar audiência desse programa. A pessoa pra poder assistir terá que ficar olhando as porcarias que aparece durante o programa a começar pelo futebol. Lamentável! Comecei a olhar o seriado do serial killer, Dupla Identidade, e só vi o primeiro capítulo. Muito bom! mas pesado. Desisti. Já este assunto, mulheres que amam demais, é algo muito interessante e importante ser mostrado. Mas não dentro de um programa e sim fora. Por que não em um dia da semana? um caso por semana? independente, desvinculado de qualquer outro programa de TV. Que pena… Depois vou ver se consigo acompanhar pela internet, em separado. Porque suportar o Fantástico (que deixou de ser fantástico há milênios!!!) não dá mesmo!

Envie seu Comentário